Paramentação cirúrgica em Cirurgia BMF 2013

9,113
-1

Published on

Paramentação cirúrgica em Cirurgia BMF 2013

Published in: Education
0 Comments
11 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
9,113
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
242
Comments
0
Likes
11
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Paramentação cirúrgica em Cirurgia BMF 2013

  1. 1. Prof. Ms. Guilherme TerraDisciplina de Cirurgia BMF Terra, G.
  2. 2.  Tem como finalidade a formação de uma barreira microbiológica contra penetração de microorganismos no sítio cirúrgico do paciente, oriundos dele mesmo, dos profissionais, materiais, equipamentos e ar ambiente. Terra, G.
  3. 3.  AVENTAIS: Evitar o contato da equipe com sangue e fluidos corporais que possam contaminar a roupa primitiva. MÁSCARAS: Proteger o paciente da contaminação de microorganismos, oriundos do nariz e da boca dos profissionais; protege a mucosa dos profissionais de respingos de secreções provenientes do procedimento cirúrgico. Terra, G.
  4. 4.  GORROS: Evitar a contaminação do sítio cirúrgico por cabelo ou microbiota presente nele. Evitar que os cabelos sejam sujos por aerossóis e fluídos. ÓCULOS DE PROTEÇÃO: Necessário para evitar contaminações por parte do profissional e como proteção do globo ocular. PROPÉS: Seu uso é atualmente uma questão muito polêmica. Consiste em manter o piso o mais limpo possível. Terra, G.
  5. 5.  ESCOVAÇÃO DAS MÃOS: Visa a remoção de sujeira e detritos, redução substancial da flora transitória e redução parcial da flora residente. É necessário a retirada de adornos na região das mãos, punhos e antebraços. A torneira deve ser acionada por pé ou cotovelo e não manualmente, e a escovação deve ser feita com água corrente. LUVAS: São utilizadas pelos membros de equipe cirúrgica com a função de proteger o paciente das mãos dos profissionais e proteger a equipe de fluidos potencialmente contaminados. Tem como finalidade reduzir e prevenir o risco de exposição ao sangue. Terra, G.
  6. 6. Terra, G.
  7. 7. Terra, G.
  8. 8. Terra, G.
  9. 9. Terra, G.
  10. 10. Terra, G.
  11. 11. Terra, G.
  12. 12. Terra, G.
  13. 13. Terra, G.
  14. 14. Terra, G.
  15. 15. Terra, G.
  16. 16. Terra, G.
  17. 17. Terra, G.
  18. 18. Terra, G.
  19. 19. Terra, G.
  20. 20. Terra, G.
  21. 21. Terra, G.
  22. 22. Terra, G.
  23. 23. Terra, G.
  24. 24. Terra, G.
  25. 25. Terra, G.
  26. 26. Terra, G.
  27. 27. Terra, G.
  28. 28. Terra, G.
  29. 29. Terra, G.
  30. 30. Terra, G.
  31. 31. Limagem e Cubetas Síntese curetagem Auxiliares Soro Lixo Anestésico Gaze http://Anestesia Corte Divulsão Exerése Afastamento
  32. 32. Terra, G.
  33. 33.  Assepsia: Realizada pelo próprio paciente, fora do ambiente cirúrgico, com sabonetes ou detergentes. Anti-sepsia: Realizada pelo profissional antes da colocação do campo fenestrado. Realizada na região Peri bucal com Clorhexidina 2% e intra bucal com Clorhexidina 0,12%. Terra, G.
  34. 34. Terra, G.
  35. 35. Terra, G.
  36. 36. Terra, G.
  37. 37. Terra, G.
  38. 38. Terra, G.
  39. 39. Terra, G.
  40. 40. Terra, G.
  41. 41.  Instrumentos utilizados na disciplina de Clínica cirúrgica e Cirurgia Buco Maxilo Facial. Instrumental para assepsia Instrumental para anestesia Instrumental para Incisão e Divulsão Instrumental para Exérese Instrumental para Síntese Instrumental auxiliar
  42. 42.  Espátula de Madeira
  43. 43. Terra, G.
  44. 44. Terra, G.
  45. 45. Terra, G.
  46. 46. Terra, G.
  47. 47.  Para pré- molares, caninos e incisivos maxilares. Terra, G.
  48. 48.  Para Molares maxilares. Terra, G.
  49. 49.  Para raízes residuais ou raízes seccionadas cirurgicamente. Pode ser utilizado em qualquer região. Terra, G.
  50. 50. Terra, G.
  51. 51.  Para pré- molares, caninos e incisivos mandibulares Terra, G.
  52. 52.  Molares mandibulares Terra, G.
  53. 53.  Molares inferiores com comprometiment o de furca periodontal. Terra, G.
  54. 54.  Para raízes residuais ou raízes seccionadas cirurgicamente. Pode ser utilizado em qualquer região. Terra, G.
  55. 55. Limagem e Cubetas Síntese curetagem Auxiliares Soro Lixo Anestésico Gaze http://Anestesia Corte Divulsão Exerése Afastamento
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×