Guia do tradutor: melhores práticas (PDF)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Guia do tradutor: melhores práticas (PDF)

on

  • 1,605 views

Este guia da carreira de tradutor é estruturado na forma de 82 perguntas e respostas sobre aspectos da tradução profissional, tais como: Por que e onde estudar tradução? Como traduzir melhor? ...

Este guia da carreira de tradutor é estruturado na forma de 82 perguntas e respostas sobre aspectos da tradução profissional, tais como: Por que e onde estudar tradução? Como traduzir melhor? Como pesquisar termos especializados na internet? Como tirar proveito das ferramentas de tradução? Como se comunicar profissionalmente? Como identificar clientes? Quanto custa uma tradução e como cobrar? Qual é a produtividade diária de um tradutor? Por que tantos tradutores desistem da profissão?

O livro discute essas e outras questões, expondo melhores práticas do mercado de tradução compiladas pelo autor, que há vinte anos tem atuado como tradutor freelancer nos mercados do Brasil, Europa e Estados Unidos. Acompanham um glossário da tradução profissional e uma bibliografia recomendada. Devido a seu caráter abrangente e pragmático, este guia é uma verdadeira bússola com orientações para quem quer viver de tradução ou ingressar no mercado com o pé direito.
=====================
Versão do livro IMPRESSO no Brasil:
https://clubedeautores.com.br/book/153341--Guia_do_tradutor_melhores_praticas

Versão do livro IMPRESSO fora do Brasil:
http://www.lulu.com/shop/fabio-m-said/guia-do-tradutor-melhores-pr%C3%A1ticas/hardcover/product-21260774.html

Versão do livro E-BOOK ePub:
https://clubedeautores.com.br/book/153485--Guia_do_tradutor_melhores_praticas

Versão do livro E-BOOK Kindle:
http://www.amazon.com.br/Guia-do-tradutor-melhores-pr%C3%A1ticas-ebook/dp/B00G1VRVJ0/

Mais informações:
www.GuiadoTradutor.com

Statistics

Views

Total Views
1,605
Views on SlideShare
1,552
Embed Views
53

Actions

Likes
1
Downloads
63
Comments
0

1 Embed 53

http://guiadotradutor.tumblr.com 53

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

CC Attribution-ShareAlike LicenseCC Attribution-ShareAlike License

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Guia do tradutor: melhores práticas (PDF) Guia do tradutor: melhores práticas (PDF) Document Transcript

  • (...) É muito fácil entrar no mercado de tradução. O difícil é permanecer nele. E é aí que está a prova de fogo. Se você perguntar a dez tradutores como foi o início da carreira, certamente ouvirá de pelo menos oito deles que o começo foi de “difícil” a “muito difícil”. A fase inicial – aquela ânsia de provar seu talento, aquele entusiasmo em aceitar qualquer projeto para ver qual área é a mais interessante, aquela ingenuidade de acreditar que se pode cobrar um preço irrisório agora para aumentá-lo gradualmente depois, aquele susto ao ver que o que você aprendeu no curso de tradução foi insuficiente para traduzir textos complexos de clientes de alto nível – é o verdadeiro aprendizado da profissão de tradutor. Ela pode durar um, dois, seis ou, quem sabe, dez anos. Mas se você sobreviver a essa fase mantendo uma boa reputação entre as pessoas que realmente importam (isto é, seus clientes e os colegas que te conhecem pessoalmente), pode ter certeza de que o resto será mais fácil. (...)
  • Fabio M. Said Guia do tradutor: melhores práticas 1a edição São Paulo Edição do autor 2013
  • Copyright © 2013 by Fabio M. Said. All rights reserved. Todos os direitos desta edição reservados a Fabio M. Said, Hauptstr. 47, 53359 Rheinbach, Alemanha Arte da capa, projeto gráfico e editoração eletrônica: Fabio M. Said Foto da capa: Shutterstock Para saber como e onde adquirir um exemplar deste livro, acesse GuiadoTradutor.com Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP): Said, Fabio M. Guia do tradutor: melhores práticas / Fabio M. Said. 1a ed. – São Paulo: edição do autor, 2013. ISBN 978-85-913192-8-2 (paperback) ISBN 978-85-913192-9-9 (hardcover) ISBN 978-85-916087-0-6 (e-book) 1. Tradução – Prática profissional. 2. Tradução – Profissionais da tradução. 3. Linguística – Linguística Comparada. I. Título. CDD – 418.02 CDU – 81.25 As informações contidas neste livro não devem ser interpretadas como padrão absoluto do mercado de tradução, nem como modelo de conduta ditado pelo autor, mas como resultados de experiências e aprendizados do autor durante duas décadas de atuação profissional e em seus contatos com tradutores profissionais dos mais diversos países, áreas de especialização e nichos de mercado. Ao implementar as práticas descritas neste livro, convém adaptá-las a seu próprio perfil.
  • Sumário Prefácio ...................................................................................... 9 Introdução: Radiografia do mercado de tradução .................... 13 1. Capacitação profissional de tradutores ............................... 17 Por que estudar tradução? ......................................................... 18 Onde estudar tradução? ............................................................. 20 Como se manter atualizado profissionalmente? .......................... 24 Como manter as competências linguísticas? ............................... 27 Há falta de tradutores capacitados? ........................................... 29 Vale a pena obter certificação como tradutor? ............................ 29 Como avaliar se eu tenho talento para traduzir?......................... 31 2. Procedimentos técnicos de tradução ..................................... 33 Como avaliar o texto-fonte para fazer orçamento?....................... 34 Como é feita uma tradução profissional? .................................... 38 Quais são os critérios de qualidade em tradução? ...................... 40 Como traduzir melhor e evitar o “tradutorês”? ............................ 43 Revisor deve ser mais experiente do que tradutor? ..................... 49 Até que ponto o tradutor pode interferir no texto? ...................... 51 Como traduzir textos extremamente mal escritos? ...................... 52 Traduções de direito/medicina são mais difíceis? ....................... 53 Como lidar com meus próprios erros de tradução? ..................... 55
  • Como receber e enviar traduções pela internet? .......................... 56 Como organizar arquivos de tradução? ....................................... 58 Como fazer backup e evitar perda de dados? .............................. 59 3. Pesquisa e gestão de terminologia ........................................ 61 Qual é a importância da terminologia? ....................................... 62 Quem veio primeiro: o dicionário ou a tradução? ........................ 64 Como pesquisar termos na internet? .......................................... 65 Como saber se determinado termo é consagrado?....................... 68 O Babylon é útil para tradutores profissionais? .......................... 69 Como usar ferramentas de terminologia on-line? ........................ 71 Como criar dicionários bilíngues personalizados? ....................... 74 Como aproveitar glossários de terceiros? .................................... 77 Qual é o melhor modo de organizar glossários? .......................... 77 Como pesquisar dados terminológicos no PC? ............................ 79 4. Ferramentas de tradução ..................................................... 81 Como tirar proveito das ferramentas CAT? ................................. 82 Ferramenta CAT serve em tradução juramentada? ..................... 84 Ferramenta CAT serve em tradução de livros? ............................ 87 Qual é a melhor ferramenta CAT? .............................................. 88 Vale a pena usar ferramentas CAT na nuvem? ........................... 91 Onde comprar ferramentas de tradução?.................................... 92 Qual é a lógica comercial das ferramentas CAT? ......................... 94 5. Imagem profissional de tradutores ....................................... 95 É vantajoso ser tradutor e ter outra profissão? ........................... 96 Por que investir em imagem profissional? ................................... 97 Como deve ser o site de um tradutor? ........................................ 98 Vale a pena criar um blog para atrair clientes? ......................... 100 Qual é o valor de mídias sociais para tradutores? ..................... 102 Por que filiar-se a uma entidade profissional? .......................... 104 Como se comunicar profissionalmente? .................................... 105 É útil exibir amostras e referências de tradução? ..................... 107 Como manter a reputação como tradutor? ............................... 109 Como saber se o marketing tem dado certo? ............................. 111 Como elevar o prestígio da profissão de tradutor? ..................... 113 6. Os clientes do tradutor ....................................................... 117 Quem, afinal, são os clientes do tradutor? ................................ 118 Como o cliente avalia serviços de tradução? ............................. 120 Como identificar e selecionar clientes? ..................................... 121
  • Quais são as maiores agências de tradução? ............................ 123 Como agregar valor a serviços de tradução? ............................. 124 Como dar e receber indicações de tradutores? .......................... 127 Vale a pena fazer testes de tradução? ....................................... 129 Concurso para tradutor juramentado vale a pena? ................... 130 Como é traduzir para editoras? ................................................ 135 Vale a pena ter perfil em portais de tradução? .......................... 138 7. Gestão financeira de traduções .......................................... 139 Quanto custa uma tradução? ................................................... 140 Como cobrar por serviços de tradução? .................................... 144 Quanto ganha um tradutor em média?..................................... 149 O que fazer para ganhar bem como tradutor? ........................... 150 É vantajoso publicar preços de tradução no site? ..................... 153 Que itens incluir em um orçamento de tradução? .................... 155 E se o cliente não aprovar o orçamento? ................................... 155 Qual é o prazo de pagamento mais comum? ............................. 156 Como receber pagamentos de outros países? ............................ 157 Como evitar cliente caloteiro? ................................................... 158 Como investir na carreira de tradutor? ..................................... 160 Tradutor precisa de software de gestão financeira? ................... 162 8. Gestão de tempo para tradutores ....................................... 163 Como organizar horários de trabalho? ...................................... 164 Qual é a produtividade diária de um tradutor? ......................... 166 Como traduzir com ergonomia? ................................................ 169 Como programar férias e descansos?........................................ 170 9. Planejamento da carreira de tradutor ................................ 173 Vale a pena mesmo ser tradutor? ............................................. 174 Por que tantos tradutores desistem da profissão? ..................... 176 Como encontrar motivação para ser tradutor? .......................... 178 Quantos tradutores atuam no mercado brasileiro? ................... 179 Que áreas da tradução estão em maior demanda? .................... 181 Como observar o mercado de tradução? ................................... 183 Como me especializar em uma área da tradução?..................... 184 A tradução automática ameaça os tradutores? ......................... 186 Como chegar ao topo da profissão de tradutor? ........................ 191 Glossário da tradução profissional ........................................ 193
  • Bibliografia recomendada ...................................................... 197 Livros sobre tradução ............................................................... 197 Dicionários essenciais .............................................................. 198 Sites de entidades profissionais de tradutores .......................... 198 Blogs sobre tradução................................................................ 199 Listas de discussão para tradutores de português .................... 200 Listas de discussão sobre ferramentas CAT .............................. 200 Outras fontes ........................................................................... 200 Índice remissivo...................................................................... 201
  • Prefácio A ideia de escrever este livro surgiu literalmente nas alturas. Eu estava fazendo uma caminhada em uma ilha montanhosa do sul da Itália e aproveitando as longas férias para fazer algumas reflexões pessoais e profissionais. Uma das coisas que percebi muito claramente naquele momento, devido ao fato de estar há mais de três semanas de férias e bem distante da labuta cotidiana como tradutor, foi o enorme salto dado pelo mercado de tradução nos últimos anos. Hoje em dia não dá mais para um profissional ver o mercado com os olhos de cinco anos atrás, muito menos continuar se apegando a práticas do século passado. É incrível como os processos que realizo hoje no meu dia a dia profissional são diferentes dos processos que eu realizava no início dos anos 90, quando ingressei no mercado recém-saído de um curso de tradução. Embora o núcleo seja o mesmo – afinal, a tradução e tradutores existem já há muitos milênios –, os aspectos secundários, que realmente fazem a diferença, estão em constante evolução e exigem dos profissionais competências cada vez mais especializadas e
  • Prefácio grande capacidade de adaptação. Os clientes querem cada vez mais, a quantidade de tradutores e pseudotradutores no mercado é cada vez maior e a tecnologia está cada vez mais difícil de domar. Isso tudo me veio à mente durante aquela caminhada. E, provando mais uma vez que é nos momentos de ócio que surgem as ideias inspiradoras, o pensamento seguinte foi: por que não escrever um livro para pôr no papel essas práticas contemporâneas do mercado de tradução e, com isso, ajudar a revelar a verdadeira cara dessa atividade que muitos ainda acham que é um bico para se ganhar uns trocados a mais e outros acham que é uma arte esotérica e coisa de iniciados? Aí nasceu o Guia do tradutor: melhores práticas. Mas por que escrever este livro se já existe outro livro meu – Fidus interpres: a prática da tradução profissional – discorrendo aparentemente sobre o mesmo assunto? Na verdade, o Fidus interpres – que, aliás, encerrou sua carreira nas prateleiras virtuais depois de três anos e meio e cerca de dois mil exemplares vendidos – tinha um caráter mais introdutório, disperso e sobretudo muito subjetivo, típico do formato do blog que lhe deu origem. Um dos problemas do Fidus, além disso, era concentrar-se em aspectos de marketing sem aprofundar certas questões técnicas ou estratégicas, dando a impressão equivocada, entre algumas pessoas, de que para ser tradutor basta ser bom marqueteiro. Este Guia do tradutor, ao contrário, visa a expor um conjunto de práticas profissionais de sucesso comprovado, servindo sobretudo como uma ferramenta de aperfeiçoamento técnico-profissional em vez de mera iniciação mercadológica. Além disso, o livro é estruturado na forma de 82 perguntas e respostas, com linguagem pragmática que põe você, leitor, no centro das atenções; graças a essa estrutura, ele serve também de livro didático para estudantes que querem conhecer de antemão o mercado em que estão prestes a entrar, complementando os estudos teóricos de tradução. Todas as perguntas, explícitas e implícitas, respondidas no decorrer deste livro reduzem-se a uma pergunta central que serve de fio condutor: quais são as habilidades, procedimentos e estratégias de tradutores bem-sucedidos que vivem exclusiva 10
  • Guia do tradutor: melhores práticas e confortavelmente de tradução? Com esse fio condutor, os conteúdos se distribuem em nove capítulos. O Capítulo 1 concentra-se na “Capacitação profissional de tradutores”, mostrando por que a formação profissional e a reciclagem de conhecimentos durante a carreira são elementos imprescindíveis para o sucesso de um tradutor. No Capítulo 2 (“Procedimentos técnicos de tradução”) são expostos os principais processos do trabalho de um tradutor e as principais estratégias para garantir a qualidade linguística de serviços de tradução. Nitidamente mais especializado, o Capítulo 3 explica processos e ferramentas de “Pesquisa e gestão de terminologia” para tradutores, mostrando como se pode usar os recursos tecnológicos disponíveis para elevar a uniformidade linguística e a qualidade técnica de traduções. Os estudantes e neófitos terão grande proveito no Capítulo 4 (“Ferramentas de tradução”), no qual são explicadas as vantagens e a lógica comercial das chamadas ferramentas de “tradução com auxílio do computador” e exemplos práticos de uso dessas ferramentas em diversas áreas da tradução. Demonstrando que as melhores práticas não se resumem a aspectos técnicos, o Capítulo 5 (“Imagem profissional dos tradutores”) mostra como o tradutor bem-sucedido comunica ao mundo suas habilidades e competências e constrói e mantém sua reputação profissional. O Capítulo 6 (“Os clientes do tradutor”) expõe as práticas e necessidades comuns dos tipos principais de compradores de tradução e as estratégias para identificar e selecionar clientes conforme o perfil e a área de atuação do tradutor, agregar valor aos serviços de tradução e influenciar o mercado por meio da indicação de colegas a clientes potenciais. Indo ao fundo das questões da vida financeira do tradutor, o Capítulo 7 (“Gestão financeira de traduções”), explica, por exemplo, as estratégias de cálculo do valor subjetivo e do valor objetivo de serviços de tradução, os métodos de cobrança mais 11
  • Prefácio comuns, como receber pagamentos de outros países, como fazer orçamentos para traduções, o que fazer para ganhar mais como tradutor e como evitar clientes caloteiros. O Capítulo 8 (“Gestão de tempo para tradutores”) pode parecer uma digressão do tema deste livro, mas é de fundamental importância para profissionais que querem ter longevidade no mercado de tradução. Nele são expostas as melhores práticas de organização de horários de trabalho, produtividade, ergonomia, descansos periódicos e saúde. Por fim, no Capítulo 9 (“Planejamento da carreira de tradutor”), o Guia explica, por exemplo, por que tantos tradutores abandonam o mercado, como se manter no mercado a longo prazo, como observar o mercado para saber aproveitar oportunidades e adaptar-se às mudanças, como chegar ao topo da carreira de tradutor e o que exatamente é esse “topo”. Acompanham ainda um “Glossário da tradução profissional” com termos comumente usados no mercado e uma “Bibliografia recomendada” com boas fontes de conhecimentos práticos sobre o ofício de traduzir. As versões impressas contêm um “Índice remissivo” para facilitar a pesquisa de assuntos; nas versões digitais, use a função de pesquisa do leitor de e-books). Como você já percebeu, a proposta deste livro não é nada modesta. Não por acaso, a ideia de escrevê-lo surgiu “nas alturas”, naquela ilha montanhosa! Se ele realmente conseguirá ou não fazer jus a essa proposta, isto só você será capaz de avaliar. Espero que você tire o máximo proveito das informações que reuni aqui e que este livro lhe traga a inspiração e a motivação necessárias para buscar o aperfeiçoamento contínuo de seus serviços de tradução, incrementando suas chances de sucesso no mercado e contribuindo para elevar o prestígio de nossa profissão perante a sociedade em geral. Boa leitura! Fabio M. Said, em outubro de 2013 12
  • Índice remissivo ABRATES 25, 30, 179, 180 Across 90 acúmulo de profissões 96, 149 add-on (complemento) 57, 72 Adobe Acrobat Professional 80 Adobe Acrobat Reader 80 agências de tradução 14, 49, 101, 118, 128, 138 abusivas 106 cadastro de tradutores 34 de grande porte 123 de médio e pequeno porte 124 que concorrem com base no preço 129, 182 agregação de valor 124 alinhamento 81, 83, 193 AnyLexic 76 Archivarius 3000 59 arquivos compartilhamento de ~ 57 complexos 36 organização de ~ 58 assinaturas de e-mails 105 ATA 25, 30, 158, 180 atalhos de teclado 170 Babylon 69 Babylon Glossary Builder 76 backup de dados 59 na nuvem 60 BDÜ 25 blog de tradução 15, 99, 100, 183, 199 cacófato 48 cacofonia 40 call to action 105, 155 calote 122, 139, 158 capacitação como fator de rendimentos 150 contínua 24 cursos on-line 26 seminários 26 carreira 130 início da ~ 13, 176 investimento na ~ 32, 161, 178
  • Índice remissivo planejamento da ~ 173 remuneração inicial 149 topo da ~ 191 cartão de visita 106 certificação 29 click.to 73 cliente direto 193 final 193 clientes abusivos 173 análise de crédito 159 base do mercado 117 caloteiros 158 clientela-alvo 121 como parceiros 114 de alto nível 63, 125 educação de ~ 115 empresariais 119 estatais 120 necessidades dos ~ 107 pessoa física 120 preferenciais 165 quem são 118 relacionamento com ~ 55 seleção de ~ 153 cobrança com base no texto-fonte 35 métodos 144, 154 por empreitada 147 por lauda 144 por linha 145 por palavra 146 por tempo 146 cognatos falsos e verdadeiros 46 Comissão Europeia memórias de tradução da ~ 67, 80 Common Sense Advisory 124 comprador de traduções 96 computador sincronização de dados 60 comunicação com cliente final 14 com clientes 105 investimentos em ~ 161 ruídos de ~ 62 202 via e-mail 165 via Skype 164 concordância 81, 83, 194 concorrência 97, 176, 177 com base no preço 19, 154 diferenciação da ~ 21, 32 congressos de tradução 25, 81, 98, 103, 138 contador 161 contagem de texto 34 programas 35 content management 99 contrato de cessão de direitos autorais 137 de confidencialidade 60, 108, 191, 194 controle de qualidade 14, 40, 78, 81, 84 convenções tipográficas 42 conversão (marketing) 111 coordenador de projetos 14, 93, 118, 124, 165, 194 corpus paralelo 83, 190 correção ortográfica em tempo real 39 corretor ortográfico 161 cotejo de traduções 39 credenciamento 30 criptografia 57 crowdsourcing 174 cursos de tradução 185 graduação 20 livres 23 pós-graduação 21 técnicos 23 Déjà Vu 89, 200 dicionários 198 bilíngues 64 colaborativos 68 de sinônimos 45 em formato PDF 80 monolíngues x bilíngues 45 no Babylon 69 digitação 167 digitalização 85 domínio do assunto 43 Dragon Naturally Speaking 168
  • Guia do tradutor: melhores práticas Dropbox 60 DTP 125 editoras 29, 42, 49, 101, 122, 129, 130, 135 boas 136 panelinha 135 e-mail envio seguro 57 gratuito x pago 56 empresa abertura de ~ 161 empresas de tradução 63 EN 15038 (norma para traduções) 18 entendimento do texto 43 entidades profissionais 25, 104, 179, 180, 184, 198 ergonomia 169 erros de tradução 55 ortográficos e sintáticos 41 especialização 21, 125, 142, 178 como fator de rendimentos 151 estratégias 184 limites 185 especificações do cliente 37 estilo propriedade estilística 41 ética profissional 27, 49, 69, 105, 107, 110, 111, 113, 138, 168 eventos para tradutores 184 Facebook 102, 128, 180 faculdades de tradução 20 feast and famine 163, 171 férias 112, 124, 140, 165, 170 anuais 172, 192 dos colegas 172 retorno das ~ 171 ferramenta CAT 16, 26, 35, 79, 81, 87, 190 a melhor ~ 88 assistência técnica 89 Cloudwords 91 Déjà Vu 89 descontos 92 Google Translator Kit 91 interoperabilidade 90 lógica comercial 94 memoQ 89 MemSource 91 na nuvem 91 OmegaT 90 onde comprar 92 preço 90 Trados 88 tutoriais 92 utilidade 82 Wordbee 91 Wordfast Anywhere 91 Wordfast Classic 88, 89 ferramenta de apoio 35, 38, 57, 59, 60, 69, 71, 72, 73, 80 AlignFactory 83 ferramentas CAT 194 FileZilla 57 finanças gestão de ~ 139, 162 Firefox 72 FireFTP 57 FLiP 161 fluidez 167 fóruns de tradutores 111 fracasso profissional 173, 176 FTP (file transfer protocol) 57 fuzzy match 81, 94, 194 gerúndio 47 gerundismo 47 gestão de tempo 163 globalização 15 glossários 58 bilíngues 39 em programas especiais 76 externos 77 na ferramenta CAT 75 no Excel 75 no Word 74 organização 77 validação 61, 77 Google 159 Google Tradutor 189 HD externo 60 hífen opcional 86 Hightail 58 horário comercial 164 horário de trabalho 164 idioma 203
  • Índice remissivo ~-alvo 27, 28, 31, 195 ~-fonte 28, 195 sigla para 58 indexação de arquivos no Archivarius 3000 80 no Windows Search 79 informalidade 180 Instagram 102 IntelliWebSearch 71 internet comportamento de tradutores na ~ 110 pesquisa na ~ 65 interoperabilidade 81, 90, 195 intraduzibilidade 44, 54 investimento 32, 37, 80, 140, 160, 178, 192 em marketing 95, 97 em atualização profissional 24 em marketing 14 em tempo 119, 151 inicial 160 ISO 17100 (norma para traduções) 18 ISO 639-1 (norma para idiomas) 58 ITI 25 Junta Comercial 131, 133 lauda 133, 136, 144 definição 35 leilão às avessas 195 leituras do tradutor 44 língua de apoio 66 linguagem controlada 187 línguas como manter o domínio 27 Linguee 67, 74 listas de discussão 15, 180, 200 livros sobre tradução 197 localização 182, 195 lucratividade 62, 120, 123, 174 do cliente 165 para tradutores especializados 174 x saúde 163 marketing 14, 172 off-line 106 204 mecanismos de busca 71, 72, 74, 100 melhores práticas para agregar valor a traduções 124 para avaliar o valor de uma tradução 140 para chegar ao topo da profissão 191 para cobrar por serviços de tradução 144 para comunicar-se profissionalmente 105 para criar dicionários e glossários 74 para elaboração de orçamentos 34, 155 para elevar o prestígio da profissão 113 para encontrar motivação 178 para entregar traduções 56, 126 para escolher ferramentas CAT 88 para especializar-se 184 para evitar cliente caloteiro 158 para execução de projetos de tradução 38 para fazer um site profissional 98 para identificar clientes 121 para indicar colegas 127 para investir na carreira de tradutor 160 para manter a reputação como tradutor 109 para observar o mercado 183 para organizar arquivos 58, 77 para organizar horários de trabalho 164 para pesquisar termos 65, 79 para planejar a produtividade 166 para programar férias e descansos 170 para reciclagem profissional 24 para traduzir com ergonomia 169
  • Guia do tradutor: melhores práticas para traduzir melhor 43 para usar ferramentas CAT 84 para usar ferramentas de terminologia 71 memoQ 89 memória de tradução 55, 58, 83, 187, 195 mensagens instantâneas 106 mercado de trabalho 23 falta de profissionais 29 mercado de tradução 21, 26, 81, 103, 123, 173, 183 acesso 15, 18 áreas em demanda 181 brasileiro 145 concorrência 15, 95, 97 diversidade 13, 94, 117, 174 editorial 135 em países de língua alemã 145 em países de língua inglesa 146 evolução 176 exigências tecnológicas 124 futuro 129 identificação de clientes 121 idiomas em demanda 183 internacional 124, 158, 171 juramentada 134 mão de obra 127 padrão de qualidade 115 padrões 24, 75 panelinha 135 potencial de exploração 123 práticas comuns 115 quantidade de profissionais 179 regras de ouro 50 tabu 116 tendências recentes 15 mestrado em Tradução 22 mídias sociais 15, 102 vantagens e desvantagens 103 Moneybookers (Skrill) 157 motivação 178 Multifultor 72 MyMemory 67 naturalidade de traduções 44 negociação 125 normas de qualidade em traduções 18 Nota do Tradutor 87 OCR 35, 38, 80, 85, 124 ABBYY FineReader 35, 85 orçamento 112, 155 organização falta de ~ 163 Orkut 180 OTM 162 pagamento 139 antecipado 159 de outros países 157 ética de ~ 158 prazos de ~ 155, 156 Payment Practices 158 PayPal 92, 157 PDF conversão 124 dicionários em ~ 80 imagem escaneada 34 protegido contra alterações 155 traduzir 145 portais de tradução 15, 138, 183 português variantes do ~ 49 pós-editor 188 preço 109, 140 aumento de ~ 152 de mercado 143 de tradução juramentada 134 e qualificação do profissional 116 justo 140 listas de preços 153 médio 143 medo de aumentar ~ 177 mínimo 148 prestígio da profissão de tradutor 12, 97, 101, 104, 113 procrastinação 168 produtividade 136, 147, 164 diária 166 profissionalização 15 programa de FTP 57 para administração de finanças 162 205
  • Índice remissivo para alinhamento 83 para back-up 60 para construção de dicionários 76 para indexação de dados 59, 80 para pesquisa de terminologia 71, 72, 73 para pesquisa em dicionários 69 para preparação de arquivos para tradução 38 para rastrear o tempo gasto no computador 169 para reconhecimento de voz 168 para reconhecimento óptico de caracteres 35, 85 ProZ.com 93, 138, 158 QuaHill 162 qualidade 82, 108 controle de ~ 84 critérios de ~ em traduções 40 normas de ~ 18 tradução de ~ 61 rastreamento (marketing) 112 reciclagem profissional 104 redes sociais 111, 168 referências profissionais 107 regulamentação profissional 18, 97, 160, 180 rendimentos 53, 123, 149, 150 repetições 167 reputação profissional 103, 109, 128, 177 revisão 87, 115 bilíngue 196 de provas 40, 195 monolíngue 195 monolíngue 40 revisor 49 perfil 49 saltos de lógica 40 saltos de tradução 41, 82 SDL Trados Studio 88, 89, 91 SEO 100 sigilo profissional 91, 107, 190 SINTRA 179, 180 206 site profissional 53, 98, 126 Skrill 157 Skype 105, 106, 160, 164, 168 socialização 179 subcontratação 119 SyncBack 60 tabela de descontos 94 TagEditor (Trados) 89 talento para traduzir 31, 162, 174, 178 taxa de urgência 148 tecnologia da tradução 10, 16, 88, 92, 176 tendências do mercado 15 terminologia 190 bilíngue 61 cálculo de esforço 36 como disciplina científica 62 conceitos x denominações 62 controle terminológico 42 pesquisa de ~ 65, 68 pesquisa em corpora paralelos 67 pesquisa na Wikipédia 66 pesquisa no Google 65 uniforme 61, 82, 120 termos consagrados 68 teste de tradução 101, 129 texto-alvo 196 texto-fonte 39, 196 preparação 38 textos mal escritos 51, 52 TO 3000 162 TOM 162 trabalho em final de semana 165 falta de ~ 32 fluxos de ~ 112 tradução amadora 43, 67 automática 16, 186 com lucratividade 175 com satisfação intelectual 175 de jogos eletrônicos 182 de legendas 175 envio on-line 56 financeira 182 fluente 49
  • Guia do tradutor: melhores práticas grau de dificuldade 53 informativa x definitiva 189 jornalística 167 jurídica 53, 134, 175 literal 41 literária 52 procedimentos 33 tradução automática definição 196 tradução de livros 87 normas 137 panelinha 135 traduzir sem contrato 137 tradução juramentada 84, 145, 182, 200 concorrência 182 tradutor nativo 195 tradutor de livros 135 rendimentos 136 seleção 136 tradutor juramentado 180 clientela 133 concurso 130, 131, 134 definição 131 rendimentos 133 requisitos 131 tradutores agenciadores 14, 119 amadores 43 assalariados 13, 149 com dificuldades financeiras 95 como commodities 124 falta de ~ capacitados 29 fatores de aptidão 31 freelancers 13, 149 imagem profissional 95 importância 17 interferências na tradução 51 motivação 19 que acumulam profissões 96 responsabilidade profissional 17 visibilidade 15 x revisores 50 tradutorês 43 traduzir melhor 114 Translator’s Workbench (Trados) 89 TranslatorsCafe 138 TransTools 38, 86 Twitter 102, 128, 168, 174 uniformidade linguística 41, 84 UniLex 76 valor da tradução 141 valor de mercado 143 vantagens competitivas 122 visibilidade do tradutor 174 webmaster 99 Wordfast 88 Wordfast Classic 89 WordPress 99 Worfast Professional 91 YouSendIt 58 207
  • FABIO M. SAID é tradutor desde 1993, quando obteve sua primeira qualificação ao concluir o Curso Técnico de Tradutor e Intérprete pela Fundação José Carvalho, na Bahia, mesmo estado onde anos depois foi Tradutor Público “ad hoc”. Desde 1999 vive exclusivamente de tradução e desde 2007 reside na Alemanha, onde é tradutor juramentado. Traduz sobretudo conteúdos jurídicos e financeiros e trabalha com os idiomas português, alemão e inglês. Também traduziu diversos livros de Ciências Humanas publicados por editoras brasileiras e europeias. Desde 2007 tem publicado artigos especializados sobre tradução e terminologia em blogs, revistas e livros. É associado a entidades profissionais de tradutores e terminólogos na Alemanha e Estados Unidos. Perfil profissional e contatos: GuiadoTradutor.com
  • Este guia da carreira de tradutor é estruturado na forma de 82 perguntas e respostas sobre aspectos da tradução profissional, tais como: Por que e onde estudar tradução? Como traduzir melhor? Como pesquisar termos especializados na internet? Como tirar proveito das ferramentas de tradução? Como se comunicar profissionalmente? Como identificar clientes? Quanto custa uma tradução e como cobrar? Qual é a produtividade diária de um tradutor? Por que tantos tradutores desistem da profissão? O livro discute essas e outras questões, expondo melhores práticas do mercado de tradução compiladas pelo autor, que há vinte anos tem atuado como tradutor freelancer nos mercados do Brasil, Europa e Estados Unidos. Acompanham um glossário da tradução profissional e uma bibliografia recomendada. Devido a seu caráter abrangente e pragmático, este guia é uma verdadeira bússola com orientações para quem quer viver de tradução ou ingressar no mercado com o pé direito.