• Like
Trabalho de midias
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

Published

 

Published in Education , Business
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
443
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
18
Comments
1
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. A História do Ballet
  • 2. - As origens do balé surgiram em celebrações públicas italianas e francesas nos séculos XV, XVI e XVII. Na Itália a impulsiva representação dramática resultou no balleto, --- de ballo (" dança" ) e ballare ("dançar" ) --- enormes espetáculos durando horas (e até mesmo dias) e utilizando dança, poemas recitados, canções e efeitos cênicos. - Os espetáculos eram apresentados em grandes salões ou em quadras de tênis (Teatros modernos não eram construídos antes do séc. XVI).
  • 3. Em 1460, Domenico da Piacenza escreveu um de seus primeiros manuais de dança.
  • 4. - O Ballet Romântico é um dos mais antigos e que se consolidaram mais cedo na história do Ballet. Esse tipo de dança atraiu muitas pessoas na época devido o Movimento Romântico Literário que ocorria na Europa na primeira metade do século XIV. - Os ballets que seguem a linha do Romântico pregam a magia, a delicadeza de movimentos, onde a moça protagonista é sempre frágil, delicada e apaixonada. Nesses Ballets se usam os chamados tutus românticos, saias mais longas que o tutu prato. Estas saias de tule com adornos são geralmente floridas, lembrando moças do campo. Como exemplos de Ballets Românticos podemos citar 'Giselle', 'La Fille Mal Gardèe' e 'La Sylphides'. Ballet Romântico
  • 5. O Ballet Clássico, ou Dança Clássica, surgiu numa época de intrigas entre os Ballets Russo e Italiano, que disputavam o título de melhor técnica do mundo. Sua principal função era expremer ao máximo a habilidade técnica dos bailarinos e bailarinas e o virtuosismo que os passos de ballet . Nestes Ballets procura-se sempre incorporar seqüências complicadas de passos, giros e movimentos que se adaptem com a história e façam um conjunto perfeito.A roupa mais comumente usada eram os tutus pratos, sainhas finas de tule, marca característica da bailarina, pois permitiam que as pernas da bailarina fossem vistas e assim ficasse mais fácil verificar se os passos estavam sendo executados corretamente. Como exemplos de Ballets Clássicos temos o já citado 'O Lago dos Cisnes' e 'A Bela Adormecida' . Ballet Clássico
  • 6. - O Ballet Contemporâneo, mais conhecido por Ballet Moderno, foi criado no início do século e ainda preserva o uso das pontas e gestuais ainda muito próximos do Ballet Clássico. - Muitos passos do ballet clássico misturados com sentimentos. As roupas usadas no Ballet Contemporâneo são geralmente colants e malhas, como em uma aula normal, para dar maior liberdade de movimento aos dançarinos. - Seu principal difusor foi George Balanchine, em Nova York, com belíssimas coreografias como Serenade, Agon e Apollo. Ballet Contemporâneo
  • 7. A Svetlana é uma das bailarinas mais bem pagas do mundo, também pudera né, ela é um arraso Svetlana Zakharova (Lutsk,10 de junho de 1979) é uma bailarina da Ucrânia , a mais influente do Bolshoi Ballet (companhia de dança associada ao Teatro Bolshoi , em Moscou ) e uma das mais bem pagas do mundo. Zakharova costumava trabalhar para o Mariinsky Ballet , companhia associada ao teatro de mesmo nome em São Petersburgo , mas por causa de certo descontentamento, mudou-se para o Bolshoi, para o qual já estava trabalhando há algum tempo. Também costuma trabalhar para outras companhias de balé ao redor do mundo
          • Svetlana Zakharova
  • 8. Ana Botafogo é a Primeira Bailarina do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, já tendo se apresentado na Europa, Américas do Norte, Central e Sul. É considerada, no momento, a mais importante bailarina brasileira, por sua técnica, versatilidade e arte. Ana Botafogo
  • 9. “ Ser bailarina não é só de corpo, é de alma. Ser bailarina é contagiar alegria e doçura no olhar. É dançar como o vento move as folhas, É sentir a música e emocionar-se, É amar e amar-se...”
  • 10. “ A dança é uma forma de vida que conduzirá a humanidade a um crescimento permanente e a uma maior dimensão de no ssa existência ”