Your SlideShare is downloading. ×
Mudanças climáticas
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Mudanças climáticas

777
views

Published on


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
777
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
7
Actions
Shares
0
Downloads
18
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. MUDANÇAS CLIMÁTICAS De Gabriel Lecoque Vitória 2013
  • 2. O efeito estufa Do total de raios solares que atingem o planeta, quase 50% ficam retidos na atmosfera; o restante, que alcança a superfície terrestre, aquece e irradia calor. Esse processo é chamado de efeito estufa. Apesar de o efeito estufa ser figurado como algo ruim, é um evento natural que favorece a proliferação da vida no planeta Terra. O efeito estufa tem como finalidade impedir que a Terra esfrie demais, pois se a Terra tivesse a temperatura muito baixa, certamente não teríamos tantas variedades de vida. Contudo, recentemente, estudos realizados por pesquisadores e cientistas, principalmente no século XX, têm indicado que as ações antrópicas (ações do homem) têm agravado esse processo por meio de emissão de gases na atmosfera, especialmente o CO2.
  • 3. O dióxido de carbono (CO2) é produzido a partir da queima de combustíveis fósseis usados em veículos automotores movidos à gasolina e óleo diesel. Esse não é o único agente que contribui para emissão de gases, existem outros como as queimadas em florestas, pastagens e lavouras após a colheita. Com o intenso crescimento da emissão de gases e também de poeira que vão para a atmosfera, certamente a temperatura do ar terá um aumento de aproximadamente 2ºC em médio prazo. Caso não haja um retrocesso na emissão de gases, esse fenômeno ocasionará uma infinidade de modificações no espaço natural e, automaticamente, na vida do homem. Dentre muitas, as principais são: • Mudanças climáticas drásticas, onde lugares de temperaturas extremamente frias sofrem elevações e áreas úmidas enfrentam períodos de estiagem. Além disso, o fenômeno pode levar áreas cultiváveis e férteis a entrar em um processo de desertificação. • Aumento significativo na incidência de grandes tempestades, furacões ou tufões e tornados. • Perda de espécies da fauna e flora em distintos domínios naturais do planeta. • Contribuir para o derretimento das calotas de gelo localizadas nos pólos e, consequentemente, provocar uma elevação global nos níveis dos oceanos.
  • 4. OS PRINCIPAIS VILÕES: -CO2 -GÁS METANO - CH4 (QUANDO MISTURADO AO AR TEM ALTO TEOR INFLAMÁVEL) -CFC´S
  • 5. O tema "efeito estufa" é bem difundido nos mais variados meios de comunicação do mundo, além de revistas científicas e livros, no entanto a explicação é razoavelmente simples. Em razão de os gases se acumularem na atmosfera, a irradiação de calor da superfície fica retida na atmosfera e o calor não é lançado para o espaço; dessa forma, essa retenção provoca o efeito estufa artificial. Texto modificado de Eduardo de Freitas (graduado de Geografia) Desaceleração do aquecimento global é temporária, alerta estudo Uma desaceleração no aquecimento global que os céticos do clima dizem enterrar a teoria dos gases de efeito estufa é simplesmente um "hiato" em meio a temperaturas mais elevadas, alertaram cientistas esta quarta-feira (28). Ao abordar uma das questões mais espinhosas das políticas climática, os cientistas afirmaram que a recente desaceleração se baseia em um resfriamento natural, porém temporário, do oceano Pacífico tropical. (...). Retirado de < http://noticias.uol.com.br/meio-ambiente/ultimas-noticias/redacao/2013/08/28/atual-desaceleracao-do-aquecime >.Acesso dia 30/08/2013.
  • 6. O aquecimento global O aquecimento global é o processo de aumento da temperatura média dos oceanos e do ar perto da superfície da Terra que ocorre desde meados do século XIX e que deverá continuar no século XXI, causado pelas emissões humanas de gases do efeito estufa.
  • 7. Fonte é a ONG americana Union of Concerned Scientists Fenômenos e Probabilidade de Tendência 01. Contração das áreas de cobertura de neve, aumento do degelo e diminuição da extensão do gelo do mar: Praticamente Certo. 02. Aumento da frequência de extremos de calor, ondas de calor e precipitação pesada: Muito provável de ocorrer. 03. Crescimento da intensidade dos ciclones tropicais: Probabilidade de ocorrer. 04. Aumento nas latitudes elevadas: Muito provável de ocorrer. 05. Diminuição da precipitação em regiões terrestres subtropicais: Muito provável de ocorrer 06. Diminuição dos recursos hídricos regiões semiáridas, incluindo EUA e oeste da bacia do Mediterrâneo: Confiança em alta.
  • 8. Percepção das Mudanças Climática As primeiras consequências das mudanças climáticas já podem ser vistas na Europa e no mundo. Os impactos são previstos para intensificar o poder de degradação nas próximas décadas. As temperaturas estão subindo, os padrões de chuva se encontram em modificação, as geleiras derretendo, os níveis do mar maiores e as condições meteorológicas extremas, resultando em riscos, tais como enchentes e secas. As temperaturas globais subiram 0,75ºC nos últimos cem anos. A temperatura média global deve aumentar ainda mais por algo entre 1,1ºC e até 6,4ºC ao longo do século, a menos que o mundo tome medidas para limitar a concentração de gases de efeito estufa na atmosfera.
  • 9. Um aumento de 2°C acima da temperatura na era pré-industrial (em torno de 1,2°C acima do nível de hoje) é visto por cientistas como o limite além do qual existe risco muito maior de ocorrer mudanças perigosas e possivelmente catastróficas no ambiente global. Os oceanos do mundo estão se aquecendo, expandindo o volume. Calotas polares começaram a derreter e geleiras ao redor do mundo estão encolhendo. A combinação das alterações é o aumento dos níveis do mar, que com o tempo vai ameaçar áreas baixas da terra e ilhas. Países como Holanda e Ilhas Maldivas correm riscos de sumirem do mapa.
  • 10. Com as mudanças climáticas, fenômenos climáticos extremos, como ondas de calor, chuva, neve pesada, tempestades e enchentes estão se tornando frequentes e mais intensos. Padrões de chuva também estão mudando. Na Europa, o Mediterrâneo está se tornando mais seco, ficando vulneráveis à seca e incêndios florestais. No Norte da Europa está mais úmido e as inundações do inverno podem se tornar comum. Vulnerabilidade à mudança climática varia muito entre as regiões. Muitos países pobres em desenvolvimento estão entre os mais vulneráveis à mudança climática porque possuem menos recursos para lidar com a problemática. Regiões européias que são particularmente vulneráveis às alterações climáticas incluem: Sul da Europa e bacia do Mediterrâneo (calor e secas); Alpes (derretimento rápido da neve e do gelo); Zonas costeiras, deltas e planícies aluviais (devido ao aumento do nível do mar, chuvas intensas, inundações e tempestades); Europa do Norte, Ártico e regiões ultraperiféricas (por causa de crescimento do aquecimento global). Eventos climáticos extremos, tais como ondas de calor e inundações representam um risco direto para a saúde e segurança das pessoas, como nos mais jovens, idosos, deficientes e famílias de baixa renda. Danos materiais e de infraestrutura impõe pesados custos para a sociedade e à economia. Texto retirado de um Artigo escrito por Renato Duarte Plantier (com modificações)
  • 11. Consequências das mudanças climáticas
  • 12. O outro lado Vídeo muito interessante: http://www.youtube.com/watch?v=WQrEFj56Xfw - Será que o aquecimento global é apenas uma desculpa para que países “subdesenvolvidos” não se industrializem? - Quais as provas reais do aquecimento global? - Quais são as pessoas e empresas que detém esse discursos? - O aquecimento global pode beneficiar alguém?
  • 13. A nova política climática que o presidente Obama delineou nessa terça-feira inclui ideias brilhantes e inúteis. A confusão decorre da falta de vontade de Obama de enfrentar três fantasias sobre o clima: • As energias renováveis são uma parte importante da solução hoje? Não, elas são quase triviais. Hoje, o mundo recebe 81% da sua energia a partir de combustíveis fósseis – e em 2035, no cenário mais verde, ainda vai receber 79% da sua energia a partir de combustíveis fósseis. Energia eólica e solar vão aumentar de 0,8% para 3,2% – impressionante, mas não é o que vai fazer a diferença. • Biocombustíveis devem desempenhar uma parte importante da solução? Não. Por enquanto, os biocombustíveis simplesmente desviam parte dos alimentos para os carros, elevando os preços dos alimentos e a fome, enquanto a substituição de florestas para novos campos agrícolas emite mais CO2 do que evitam os biocombustíveis. • A eficiência pode reduzir as emissões? Não. Embora a eficiência seja boa, os estudos mostram que as reduções das emissões têm pouco impacto no clima, pois suas economias são devoradas por mais uso. Como o seu carro fica mais eficiente, você o dirige ainda mais, e o dinheiro que você economiza ainda é usado para outras atividades emissoras de carbono. (...) O texto acima é uma tradução livre de um artigo de Bjørn Lomborg publicado em 25/06 no USA Today. Provavelmente desse ano.
  • 14. Referências: http://climasdomundo.blogspot.com.br/, acesso dia 29/08/2013. http://meioambiente.culturamix.com/natureza/consequencias-das-mudancas-do-clima-no-planeta-terra, acesso dia 29/08/2013. http://www.brasilescola.com/geografia/efeito-estufa.htm, acesso dia 29/08/2013. http://bloggerambiental.blogspot.com.br/2007/02/aquecimento-global-grficos.html, acesso dia 30/08/2013. http://ambientalsustentavel.org/2012/mudancas-climaticas-aquecimento-global-e-efeito-estufa/, acesso dia 30/08/2013. http://professorjbosco.blogspot.com.br/2013_05_01_archive.html, acesso dia 30/08/2013. http://www.silvaporto.com.br/blog/?p=698, acesso dia 30/08/2013. http://pt.wikipedia.org/wiki/Aquecimento_global, acesso dia 30/08/2013. http://blogdoricardoyoung.blog.terra.com.br/tag/mudancas-climaticas/, acesso dia 30/08/2013. http://www.ecodebate.com.br/2009/02/04/as-mudancas-climaticas-e-a-adaptacao-da-agricultura/, acesso dia 30/08/2013. http://www.greenpeace.org/brasil/pt/Noticias/amazonas-sai-na-frente-na-luta/, acesso dia 30/08/2013. lavrasdetodosnos.blogspot.com.br/2013/01/falta-de-transporte-escolar-prejudica.html, acesso dia 30/08/2013. http://agfdag.wordpress.com/, acesso dia 30/08/2013. http://sejalivre.weebly.com/aquecimento-global-uma-mentira-que-natildeo-deu-certo-especialista- desmascara-farsas-na-tv.html, acesso dia 30/08/2013.
  • 15. www.celeirogeografico.blogspot.com "Quando eu era jovem o meu sonho era tornar-se geógrafo. Entretanto, antes de ingressar no curso superior, quando trabalhei num escritório, numa atividade que envolvia consumidores de diversas partes, comecei a pensar mais profundamente sobre essa questão e concluí que essa disciplina deve ser extremamente complexa e difícil. Após alguma relutância, acabei optando pelo estudo da Física." (Albert Einstein). “Se A é o sucesso, então A é igual a X mais Y mais Z. O trabalho é X; Y é o lazer; e Z é manter a boca fechada.” (Albert Einstein).