Sinopse:  Você acredita em destino? Em predestinação? Edward também não acreditava e resolveu mudar o destino de sua famíl...
11. APAIXONADA - PVO NESS escrita por marcileide12. O NAMORO escrita por GLAUCIABLACK13. INESQUECÍVEL – PVO SETH escrita p...
35. COMO NINGUÉM JAMAIS TE AMOU. – PVO JAKE - P6 escrita por marcileide36. COMO NINGUÉM JAMAIS TE AMOU. – PVO JAKE - P7 es...
58. CASAMENTO - PVO NESS escrita por GLAUCIABLACK59. COMPLICAÇÕES - PVO NESS escrita por GLAUCIABLACK60. PENULTIMO CAPITUL...
PRÓLOGO escrita por GLAUCIABLACKNotas do Autor:                                     Oi amores,               Estou de volt...
bjusPRÓLOGOEdward e Bella foram para França em busca de mais uma lua de mel, afinal ter umavida romântica e viver no auge ...
- Seus poderes? Pode voltar ao passado e mudar o futuro das pessoas? - Eleintroduziu a conversa, bem constrangido de tocar...
- Eu tenho uma filha de seis anos, que tem o crescimento acelerado e agoraaparenta 17 anos. E está perdidamente apaixonada...
informou que destino cobraria o seu preço. E pediu que voltasse no tempo,exatamente no dia em que levaria Bella para uma p...
CIÚMES escrita por GLAUCIABLACKCIÚMESNessie e Jacob começaram a namorar há alguns dias e Edward estava em umestado de tota...
fosse madura o suficiente para entrar em uma relação amorosa. E é claro que issoincluía a parte dos muitos beijos, que ela...
Pois era a primeira vez que seus pais a permitiam sair à noite e sozinha com ele. Eplanejava uma noite linda e perfeita ao...
- Esse vestido é lindo, caro e perfeito para ela! – Alice se intrometeu novamente.- Filho! Seja razoável! Não tem nada de ...
chegaram a um impasse no momento da calorosa discussão, quando Bella disseque queria viajara para curtir uma nova lua de m...
Na manhã seguinte, ela e Alice começaram a arrumar as malas para viagem etrataram de comprar as passagens e reservar o hot...
VIAGEM escrita por GLAUCIABLACKVIAGEMEdward e Bella foram para a França, deixando a caminho livre para a felicidade deNess...
Durante um passeio ao Louvre, conheceram um estranho vampiro chamado Jean ese tornaram amigos de imediato. Mas Edward com ...
o que mais desejava na vida era se ver livre de Jacob Black. E não importava o quefaria para que o fato fosse uma realidad...
depois me diga o que decidiu, mas não esqueça que o destino é implacável esempre cobra o seu preço.- Pensarei bem meu amig...
- Lembra como o mocinho do filme sempre cometia erros quando tentava voltar aopassado? Como as coisas fugiram ao seu contr...
- Um dia você viajará por esse mundo a minha procura! Você desejará voltar atéesse instante que estamos agora. E posso-te ...
DE VOLTA AO PASSADO escrita por GLAUCIABLACKDE VOLTA AO PASSADO--------------------------------x--------------------------...
Minha voz caiu alguns oitavos.Ele sorriu. “Você não vai correr”.“Eu vou ficar enjoada”.“Mantenha seus olhos fechados que t...
- Bella! Você confia em mim?E se eu te disse que vi o nosso futuro e que nossafamília correrá um grande risco. E por isso ...
- E o que acontecerá se eu levar Bella para longe? - Edward perguntou nervoso,pois não imaginava que mudar o destino naque...
- Darei meu jeito! – Edward respondeu e desligou, para não dá maiores explicações.Ele continuou pensativo e voltou a falar...
- Um presente que comprei para Esme. – Ela disse enquanto subia as escadascorrendo, tentando não encarar seu pai.- Pai! Te...
- Como assim não vieram? - Charlie perguntou nervoso, passando as mãos sobre acabeça.- Ligarei para Edward, para saber ond...
- Então, por favor, ligue logo para o pai dela para tentar tranquilizá-lo. Nósficaremos mais uma semana na cidade e depois...
- Tudo bem pai! Eu só estou procurando a minha felicidade e não voltarei. E vocênão me considera mais sua filha, eu ainda ...
EXPLICAÇÕES escrita por GLAUCIABLACKNotas do Autor:Amores!! Estou muito feliz porque a fic tem menos de 24 horas e já tenh...
- Mãe! Sou eu, Bells! – Ela disse com a voz muito triste e com uma imensa vontadede chorar.- Filha! Onde você está? Por qu...
- Edward! Você conseguiu impedir que ela e o tal James se encontrassem. Entãonão precisava fugir com ela daquela maneira. ...
- E o que acontecerá de tão grave com a sua filha para justificar você tentar mudaro destino? - Carlisle conhecia bem Edwa...
- Por um grande egoísmo, Rosali me avisaria da morte de Bella e eu iria paraVolterra para morrer. Mas Bella e Alice conseg...
- Eu não suportava a idéia de ver a minha pequena nos braços dele. Mas quando ofato se consumou, não tive outra escolha e ...
- NÃO! VOCÊ NÃO É DEUS! NÃO PODE MUDAR O DESTINO DAS PESSOAS! NÃOPODE IMPEDIR QUE JACOB E SUA FILHA SE AMEM, E SE FOR O DE...
PRIMEIRA DECEPÇÃO escrita por GLAUCIABLACKNotas do Autor:Amores, na primeira fase da fic,o narrador explora mais a visão d...
passo que deu foi investir muito dinheiro em fontes que pudessem triplicar os seusganhos.A família Cullen achava bem estra...
sua esposa. Então planejava que tudo fosse perfeito e uma vida linda, perfeita efeliz iniciaria naquele dia, sem a presenç...
Naquela mesma semana, a pequena Ness nasceu e como esperado, teve que fazeruma vampirização de emergência para salvar a vi...
A MUDANÇA PARA FORKS escrita por GLAUCIABLACKNotas do Autor:                   Amores, preciso dos comentários de vocês!! ...
Bella voltou sozinha para Forks e ficou período com lá com o seu pai. E nesseperíodo, fez de tudo para convencer Edward a ...
Na tarde seguinte, Alice e Ness embarcaram para Washington. E mesmo arrasadacom a mudança, tinha que se acostumar com o fa...
Alguma coisa dentro de mim diz que encontrarei o amor da minha vida. E que sereimuito feliz ao lado dele, então aproveitar...
- Eu posso ir dirigindo para a escola¿ - Ness queria chegar em alto estilo na escola enão pegaria bem se sua mãe e tia a l...
Notas Finais:AMO COMENTÁRIOS!! COMENTÁRIOS!! COMENTÁRIOS!!BJUS                                                Voltar para ...
A PRIMEIRA VISTA – PVO NESS escrita por GLAUCIABLACKNotas do Autor:Amores, esqueci de dizer que essa trama será uma verdad...
BJUSA PRIMEIRA VISTA – PVO NESSPrimeiro dia de aula e estava bem nervosa, pois apesar de ser linda e admirada portodos os ...
- Olá! Você deve ser Rennesme Cullen. – Uma garota morena, com cabelos negrosque caiam até a cintura falou para mim. E nes...
A primeira aula foi chata, mas passou rápido e logo em seguida fui para literatura,que também foi um saco, levando-se em c...
Andei em direção a fila e aguardei pacientemente, enquanto meu coração quaseexplodia pela proximidade com aquele homem lin...
- Sim! Meu apelido. – Respondi sem graça.- Por algum acaso tem algo haver com o Lago Nessie? - Ele perguntou.- Sim! Meus t...
chamam de amor a primeira vista? Foi o que senti ao ver o seu rosto... Uma confusãode sentimentos!OH!OH! Tive que me mudar...
- Interessante! – Falei a única coisa que veio a minha cabeça, mas precisava ser umpouco mais inteligente naquele momento ...
- Desculpe se estou sendo inoportuno. – Ele respondeu sem graça.- Não! Não! Não é você! É a primeira vez que me sinto dess...
Conseguimos quebrar aquele clima de tensão e ficamos conversando por um bomtempo. E depois me levou até o meu carro, dando...
O RETORNO DOS QUILEUTS escrita por GLAUCIABLACKNotas do Autor:  Amores, esse cap é curtinho e mostra de uma forma geral co...
viviam juntos há três anos, e Jake com Anne, que também moravam juntos a dois ese casariam no final do ano.Os casais se fo...
Embry cursou economia em Columbia University e trabalhava na maior bolsa devalores de New York, mas sempre foi um mulheren...
autor aclamado, era muito humilde e não se negaria a suas fãs. Entretanto nãoimaginava que entre todas das garotas locais,...
CONTINUA – ENCANTADORA – PVO SETH                                    Voltar para o índice
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Implacvel destino
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Implacvel destino

5,726 views
5,739 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
5,726
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2,523
Actions
Shares
0
Downloads
13
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Implacvel destino

  1. 1. Sinopse: Você acredita em destino? Em predestinação? Edward também não acreditava e resolveu mudar o destino de sua família, tirando o seu antigo rival Jacob Black desuas vidas. Mas o destino é implacável e o que estava predestinado a acontecer, umdia será cobrado de uma forma ou de outra. E quanto ele tomou a decisão de voltar ao passado e alterar o futuro, não imaginou as terríveis conseqüências que seus atos teriam e como mudariam a vida de todos a sua volta, principalmente a da sua filha. Jacob e Renesmee - Realidade alternativa Categorias: Saga Crepúsculo Personagens: Gêneros: Romance Avisos: Sexo Desafios: Séries: Capítulos: Terminada: Sim Palavras: 312535 Leitores: Publicada: Atualizada:Notas da História:Todos os personagens pertencem a Stephenie MeyerEssa fic pode conter passagens impróprias para menores de 16 anos.1. PRÓLOGO escrita por GLAUCIABLACK2. CIÚMES escrita por GLAUCIABLACK3. VIAGEM escrita por GLAUCIABLACK4. DE VOLTA AO PASSADO escrita por GLAUCIABLACK5. EXPLICAÇÕES escrita por GLAUCIABLACK6. PRIMEIRA DECEPÇÃO escrita por GLAUCIABLACK7. A MUDANÇA PARA FORKS escrita por GLAUCIABLACK8. A PRIMEIRA VISTA – PVO NESS escrita por GLAUCIABLACK9. O RETORNO DOS QUILEUTS escrita por GLAUCIABLACK10. ENCANTADORA – PVO SETH escrita por GLAUCIABLACK
  2. 2. 11. APAIXONADA - PVO NESS escrita por marcileide12. O NAMORO escrita por GLAUCIABLACK13. INESQUECÍVEL – PVO SETH escrita por GLAUCIABLACK14. OS AMIGOS DE SETH – PVO NESS escrita por GLAUCIABLACK15. CONFRATERNIZAÇÃO DOS QUILEUTS escrita por GLAUCIABLACK16. DESCONFORTO - PVO JAKE escrita por GLAUCIABLACK17. CONTANDO DETALHES – PVO NESS escrita por GLAUCIABLACK18. A TRANSFORMAÇÃO DE SAM escrita por marcileide19. NOVO ENCONTRO - PVO JAKE escrita por GLAUCIABLACK20. NOVO ENCONTRO - NARRADOR escrita por GLAUCIABLACK21. INQUIETAÇÕES - PVO JAKE escrita por marcileide22. TRANSFORMAÇÕES - PVO JAKE escrita por GLAUCIABLACK23. O SOFRIMENTO DE LEAH escrita por GLAUCIABLACK24. ROMPIMENTO - NESS X SETH escrita por marcileide25. A IMPRESSÃO PVO EDWARD escrita por marcileide26. IMPRESSÃO - PVO JAKE escrita por marcileide27. QUADRILHA - PARTE 1 escrita por GLAUCIABLACK28. QUADRILHA - PARTE 2 escrita por marcileide29. SOFRIMENTO - PVO NESSE & JAKE escrita por marcileide30. COMO NINGUÉM JAMAIS TE AMOU. – PVO JAKE - P1 escrita porGLAUCIABLACK31. COMO NINGUÉM JAMAIS TE AMOU. – PVO JAKE - P2 escrita por marcileide32. COMO NINGUÉM JAMAIS TE AMOU. – PVO JAKE - P3 escrita porGLAUCIABLACK33. COMO NINGUÉM JAMAIS TE AMOU. – PVO JAKE - P4 escrita por marcileide34. COMO NINGUÉM JAMAIS TE AMOU. – PVO JAKE - P5 escrita por marcileide
  3. 3. 35. COMO NINGUÉM JAMAIS TE AMOU. – PVO JAKE - P6 escrita por marcileide36. COMO NINGUÉM JAMAIS TE AMOU. – PVO JAKE - P7 escrita porGLAUCIABLACK37. COMO NINGUÉM JAMAIS TE AMOU. – PVO JAKE - P8 escrita porGLAUCIABLACK38. COMO NINGUÉM JAMAIS TE AMOU. – PVO JAKE - P FINAL escrita porGLAUCIABLACK39. CONVERSA FRANCA - PVO JAKE escrita por GLAUCIABLACK40. SATISFAÇÕES - PVO NESS escrita por GLAUCIABLACK41. JAKE X EDWARD - O CONFRONTO escrita por GLAUCIABLACK42. O PLANO escrita por GLAUCIABLACK43. ROMPIMENTO escrita por GLAUCIABLACK44. TRAIÇÃO - PVO JAKE escrita por GLAUCIABLACK45. SINCERIDADE escrita por GLAUCIABLACK46. ATAQUE 1 escrita por GLAUCIABLACK47. ATAQUE 2 escrita por GLAUCIABLACK48. ATAQUE 3 escrita por GLAUCIABLACK49. RECONCILIAÇÃO escrita por GLAUCIABLACK50. BONUS ESPECIAL - EDWARD escrita por GLAUCIABLACK51. MEDO - PVO JAKE X NESS escrita por GLAUCIABLACK52. RECÉM NASCIDOS - P1 - NESS X JAKE escrita por GLAUCIABLACK53. RECÉM NASCIDOS - P2 escrita por GLAUCIABLACK54. RECÉM NASCIDOS - P3 escrita por GLAUCIABLACK55. CASA COMIGO? - PVO NESS escrita por GLAUCIABLACK56. PREPARATIVOS PARA O CASAMENTO escrita por GLAUCIABLACK57. CASAMETO - PVO JAKE escrita por GLAUCIABLACK
  4. 4. 58. CASAMENTO - PVO NESS escrita por GLAUCIABLACK59. COMPLICAÇÕES - PVO NESS escrita por GLAUCIABLACK60. PENULTIMO CAPITULO - REVELAÇÃO escrita por GLAUCIABLACK61. CAPITULO FINAL escrita por GLAUCIABLACK62. EPÍLOGO - E A HISTÓRIA SE REPETE escrita por GLAUCIABLACK63. cap bonus - final e epilogo escrita por GLAUCIABLACK
  5. 5. PRÓLOGO escrita por GLAUCIABLACKNotas do Autor: Oi amores, Estou de volta com mais uma novelinha emocionante. Dessa vez temos uma boa novidade!!! Estou com uma Beta, que é uma querida amiga aqui do Nyah! Marci e eu nos conhecemos quando comecei a postar Sol da minha vida. E estava bem desiludida com os comentários que recebia, por ser a minha primeira fic. E ela me ajudou bastante nessa época, pois estava disposta a excluir a fic e parar de escrever. Desde essa época, passamos a trocar diversas mensagens e nos tornamos amiga. E agora ela será a minha Beta nessa nova e em outras novelinhas. Marci! Seja bem vinda e espero que nossa parceria seja de grande sucesso!!! Amores, tenho que explicar uma coisinha sobre essa nova fic. Para que entendam a narrativa.Temos que contar uma trama que envolve muitos personagens, então usarei a figura de um narrador, para evitar o excesso e PVOs e a falta de informações que teríamosse um só personagem narrasse a trama. Mas em alguns momentos precisarei usar os PVOs da Ness, do Jake e do Seth, para demonstrar melhoro sentimentos deles. Apesar de parecer confuso, parece-me a melhor forma de trabalhar e de vcs entenderem todas as perspectivas da trama. Espero que goste dessa nova e emocionante trama!!AH!! Postarei um cap por dia, dependendo dos comentários que receber. Então se nãohouverem comentários, significa que não estão lendo ou não estão gostando. Por isso não deixem de comentar, para me estimular a escrever mais e mais.
  6. 6. bjusPRÓLOGOEdward e Bella foram para França em busca de mais uma lua de mel, afinal ter umavida romântica e viver no auge da paixão era bem complicado de se fazer em umacasa cheia de vampiros e uma filha adolescente, no auge da sua explosão dehormônios e ainda por cima com um namorado como Jacob Black.Ele se sentia desconfortável com a situação e era muito complicado aceitar o fatoque sua filha, de seis anos mesmo aparentando 17, estivesse namorando o seuantigo rival Jacob. E isso estava o deixando estressado e gerando alguns conflitoscom sua esposa e sua filha. Então naquele verão, decidiram tirar umas férias detoda aquela confusão e partiram para França, pensando curtir o casamentointensamente longe da presença de Jacob Black.Durante um passeio ao Louvre, conheceram um estranho vampiro chamado Jean ese tornaram amigos de imediato. Mas Edward com suas inquietações começou avasculhar a mente do vampiro e descobriu que ele possuía um dom distinto e queseria muito útil para ele.No inicio, ficou bem constrangido em tocar no assunto e perguntar sobre os seuspoderes, mas depois de uma semana de convivência o convidou para um passeiona Torre Eifel, somente os dois, e lá iniciou o assunto que o estava angustiandotanto.- Jean! Posso te perguntar uma coisa pessoal? - Ele perguntou com uma expressãoestranha.- Pode! Se eu for capaz de te responder. – Jean respondeu bem curioso sobre o quese tratava.
  7. 7. - Seus poderes? Pode voltar ao passado e mudar o futuro das pessoas? - Eleintroduziu a conversa, bem constrangido de tocar naquele assunto.- Como sabe sobre isso? - Perguntou, franzindo as sobrancelhas e o olhando deforma estranha.- Eu leio a mente das pessoas e vi que você tem esse dom especial. – Respondeu,dando de ombros e tentando parecer casual, mesmo com seu constrangimento.- Tudo bem! Eu posso levar uma pessoa ao seu passado e ela pode mudar as coisas,alterando o seu futuro. Mas isso é muito perigoso e coisas horríveis jáaconteceram. – Respondeu preocupado.- O que você me diria se eu te pedisse que me ajudasse? Que mudasse o meupassado. Faria? - Edward perguntou ansioso pela resposta, pois naquele momentoo que mais desejava na vida era se ver livre de Jacob Black. E não importava o quefaria para que o fato fosse uma realidade.- Você estaria preparado para sofrer as conseqüências?- Jean perguntou paraEdward, cruzando os braços e fazendo uma cara muito estranha, como quem diz:Está preparado para pagar o preço?- Sim! Mas o que pode acontecer de mal?- Perguntou para Jean.- O Destino sempre cobra o seu preço e quando mudamos o passado,inevitavelmente o futuro também é alterado. E todas as coisas que estavampredestinadas a acontecer, serão cobradas pelo destino de forma implacável. Entãopor mais que queria se livrar desse cara, se ele estiver no seu destino... – Elerespirou fundo e continuou – Um dia entrará novamente na vida de vocês e o queestava destinado a acontecer, acontecerá. Custe o que custar! – Concluiu.
  8. 8. - Eu tenho uma filha de seis anos, que tem o crescimento acelerado e agoraaparenta 17 anos. E está perdidamente apaixonada por um cara chamado JacobBlack, que um dia foi meu maior rival pelo coração de Bella. E não suporto verminha pequena em seus braços e estou disposto a tudo para tirar esse cara danossa vida.- Quando você altera os fatos, as pessoas também mudam. E sua filha também podesofrer as conseqüências disso. – Jean respondeu, virando o rosto para ver o oriente.- Como assim? Edward perguntou já com certa angustia.- Ela pode ser diferente, ter outra personalidade, forma física e não será a mesmafilha que têm hoje. Pense em um bolo que está assando no forno e alguém abreesse formo e coloca algo nele. O que aconteceria¿ Ele provavelmente iria solar. Então se escolher voltar ao passado e impedir que esse homem entre na vida devocês, corre o um grande risco de não ter essa filha. Então pense um pouco edepois me diga o que decidiu, mas não esqueça que o destino é implacável esempre cobra o seu preço.- Pensarei bem meu amigo. Edward disse com expressões preocupadas em seurosto.Edward passou dois dias pensativo e preocupado com as palavras de Jean, mas nofinal estava disposto a correr o risco, só para tirar Jacob Black de seu caminho.Então marcou um novo encontro com o vampiro e informou a sua decisão.Ele estava disposto a correr todos os riscos e voltaria no tempo, para impedir queBella e Jacob se tornassem grandes amigos. E principalmente que os garotos de LaPush sofressem as transformações em lobo, o que impediria uma possívelimpressão de Jacob com Nessie em um futuro distante.Ele achava que tinha tudo sobre o controle e resolveu manipular o destino emfavor do seu egoísmo, só que não se atentou para as palavras do seu amigo, que o
  9. 9. informou que destino cobraria o seu preço. E pediu que voltasse no tempo,exatamente no dia em que levaria Bella para uma partida de Baiseball com suafamília. Mas ao invés de leva - lá para a enorme lareira, convenceu seu amor a fugircom ele para longe de Forks e evitar que ela encontrasse com James e Vitória. Eesse foi o primeiro erro que cometeu!Edward e Bella foram para longe e só deixaram uma carta para Charlie,informando que eles tinham fugido juntos e a partir daquele dia, a vida de todosem Forks e La Push foi irremediavelmente alterada, sem uma forma de desfazer oerro que havia cometido.Muitos anos se passaram e as coisas começaram a mudar na vida de Edward eBella, principalmente quando resolveram voltar para Forks, depois de descobriremque Charlie estava à beira da morta. E por uma grande coincidência, na mesmaépoca a antiga turma de amigos de La Push voltou para a sua confraternização de10 anos, cruzando os destinos de todos e dando ao destino a chance de cobrar oseu preço.Notas Finais:Amores! Amo todos os comentários e para mim tudo o que escrevem é importante.Então não deixem de comentar!bjus Voltar para o índice
  10. 10. CIÚMES escrita por GLAUCIABLACKCIÚMESNessie e Jacob começaram a namorar há alguns dias e Edward estava em umestado de total desespero. Pois apesar de permitido o namoro, devida a óbviapressão que sofrera da família, era totalmente contra a sua garotinha namorandoum brutamonte como Jacob Black.Jacob era um cara bem grande e forte, chegando aos seus dois metros de altura. Epensar em toda aquela massa muscular pegando no corpo de sua pequena e frágilfilha, o deixava muito estressado. Fazendo-o dar ataques de ciúmes o tempointeiro e infernizar a vida de Ness.Ele e Jacob tivéramos seus problemas no passado, quando Jacob fora apaixonadopor Bella e disputara abertamente o amor dela. Mas nos últimos anos, depois dagravidez de Bella, ele estava mais próximo e ligado a família. Não ao acaso, maspela ligação que ele tinha com Ness, por causa da tal impressão que os lobos têmcom suas parceiras ideais. E mesmo com todos os motivos que Edward tinha paramanter o rapaz longe, não o fizera em consideração a sua amizade com Bella e porsaber que não havia, obviamente, nada de romântico em seu sentimento por Ness.Então os dois conviveram os últimos sete anos harmonicamente, na medida dopossível é claro, sem maiores problemas de relacionamentos e chegaram até a umpequeno limite que beirava a amizade.Como nem tudo é perfeito nessa vida, apesar de Jacob respeitar demais a casa dosCullens e principalmente a sua relação fraterna com a pequena Ness, as coisascomeçaram a mudar no sexto ano de convivência, quando Ness iniciou a suaexplosão de hormônios e logicamente começou a ver aquele monumento dehomem, muito gostoso, diga-se de passagem, como o homem da sua vida. E nessemomento ela passou a ter pensamentos mais ousados, chegando aos limites doerotismo, com o seu melhor amigo e protetor. O que obviamente começou a deixarEdward enraivecido, como se Jacob fosse culpado por ser tão lindo, e desejar tê-loa quilômetros de distâncias da sua família.A relação dos dois ficou estremecida e Edward pediu a Jacob que só se envolvessecom sua pequena e inocente filha, pelo menos isso era o que achava, quando ela
  11. 11. fosse madura o suficiente para entrar em uma relação amorosa. E é claro que issoincluía a parte dos muitos beijos, que ela queria demasiadamente, e do sexo, quesabia que aconteceria muito em breve. E mesmo achando aquilo um absurdo, Jacobcompreendeu a sua preocupação de pai zeloso e concordou com os seus pedidos.Mas os dois não contavam com a persistência da pequena Ness, que faria de tudopara ter aquele deus grego para ela.Depois daquela conversa, as coisas se complicaram para Jacob. Pois Ness começoua ficar mais atraente e sexy, mas o pior não era a sua beleza que o deixava louco esim as suas investidas, descaradas, sobre ele. E mesmo fazendo o impossível paranão se envolver, quando seu coração e seu corpo gritavam por ela, depois dealguns meses não houve como conter aquela explosão de sentimentos queacontecia quando estavam juntos.O primeiro beijo dos dois ocorreu no dia do seu aniversário de sete anos, que erateoricamente o de 17, quando ela pediu no lugar do presente que ele dera, umbeijo. Pois o beijo seria eterno em sua mente e mesmo não querendo romper apromessa que fizera para Edward, se deixou levar e a tomou finalmente em seusbraços ansiosos, em seu quarto, e a beijou apaixonadamente. O que deixou Edwardlouco da vida e o fez dá um maior escândalo no aniversário de sua filha, estragandoa sua alegria pelo beijo tão esperado. Edward expulsou Jacob da casa e o proibiu de ver a sua Ness. Mas essa idéia foipéssima e Ness ficou doente uma semana depois, pela saudade que sentia do seuJake. E o obrigou a permitir o namoro dos dois, mesmo com receio, ciúmes, raiva emedo que ela se envolvesse fisicamente com ela. Então fez de tudo para convencerBella que permitir o namoro era um erro, mas foi vencido pelos argumentos de suamulher e não houve mais jeito de impedir.Edward passou os últimos meses emburrado, insatisfeito e bastante apreensivo. Eo seu estado emocional o fazia torturar Jacob e Ness quase todos os dias, o quecausava um grande mal estar com a sua mulher e deixava a família inteira em umagrande tensão. Mas aquela noite ele levou Bella ao ápice da sua fúria e a obrigou auma atitude estrema.Tudo começou quando Ness pediu Jacob para levar a uma noitada, que incluíacinema, jantar e boate. Então a pequena Ness passou a dia inteiro se preparando,com a ajuda da sua tia maluquinha Alice, para estar maravilhosa para o seu amor.
  12. 12. Pois era a primeira vez que seus pais a permitiam sair à noite e sozinha com ele. Eplanejava uma noite linda e perfeita ao lado do amor da sua vida.Quando Ness desceu as escadas, naquele tubinho preto, e curto, que modelava olindo corpo de mulher, Edward quase enfartou e quis obrigá-la a trocar de roupa.Mas Bella foi enfática na defesa de sua filha e os dois tiveram um confronto bemfeio por causa do detalhe do vestido. E apesar de usar todos os argumentospossíveis, Bella tinha uma lábia e sabia convencer Edward de algumas coisas,quando era conveniente para ela. Enquanto Ness chorava pelo ataque do seu pai,que aquela altura a proibira de sair, Bella e Alice debatiam as suas acusações, empartido da pequena Ness.- Não Edward! Ela e Jake são namorados e você nunca os permitiu sair à noite. E sepensa que pode esconder a sua filha dentro de uma concha está enganado. Pois seeles tiverem que fazer algo, farão em baixo do seu nariz. Agora você não vai proibirminha filha de sair, depois dela se preparar o dia inteiro para esse encontro!– Eladizia de forma firme e segura.- Você é uma alcoviteira e Alice não fica muito atrás! Ela é uma criança e ele umgorila! Você acha que permitirei que se aproveite da minha filha? - Edward diziatranstornado.- Jake a ama! Você é louco! – Alice o acusava.- Ele vai se aproveitar dela! Eles estão em ponto de bala e não vai demorar muitopara arrastar minha filha para sua cama! – Ele dizia enfurecido.- Edward! Se for para acontecer, você não poderá impedir! Agora ela sairá linda emaravilhosa com seu namorado e nós vamos para o nosso quarto ter umaconversinha! – Bella dizia segura de si, levantando os braços para expressar suaexaltação.- Ela não sairá com esse vestido curto e apartado! – Ela rebateu nervoso.
  13. 13. - Esse vestido é lindo, caro e perfeito para ela! – Alice se intrometeu novamente.- Filho! Seja razoável! Não tem nada de errado com o vestido dela e você estácriando caso à toa. – Carlisle falou calmamente com o seu filho, que assentiu com acabeça.- OK! Todos estão contra mim! É isso! Tudo bem, Ness. Mas quero você aqui as dez.– Ele disse, olhando para o rosto choroso de sua filha.- Pai! Já são quase sete e quando chegarmos a Port Angeles já será mais de oito.Então não aproveitaremos nada. – Ness reclamou.- Filha! Pode chegar pouco depois da meia noite. Mas não abusa muito da paciênciado seu pai chatinho. – Disse Bella, fuzilando ele com o seu olhar repreensivo.- Não! Às dez! – Ele começou a teimar, esperando que Ness desistisse de sair.- Ela vai chegar depois da meia noite e pare com essa implicância! – Disse Bellapara ele, segurando-o pela mão e o conduzindo para a escada.- Bella! – Ele protestou.- Nada de Bella! Jake chegará daqui a pouco e não quero que presencie essa cenaridícula. Agora vamos para o nosso quarto conversar! – Ela estava decidida a lutarpela felicidade de sua filha, com uma leoa e Edward teria sérios problemas com suamulher, por causa dos seus ataques constantes de ciúmes.Quando chegaram ao quarto, brigaram feio e Bella deixou claro que ajudaria a suafilha a viver esse amor que sentia por Jake. E não permitiria que ele os separasse,ou prejudicasse o relacionamento que só estava começando. Então os dois
  14. 14. chegaram a um impasse no momento da calorosa discussão, quando Bella disseque queria viajara para curtir uma nova lua de mel.- Edward! Estamos vivendo momentos de estresse e tensão. Então decidi quequero viajar e aproveitar a lua de mel que foi interrompida pela gravidez da Ness...Quero conhecer a França, Itália, Espanha, Alemanha, Holanda, Inglaterra, Grécia,Istambul e muitos lugares lindos por esse mundo a fora. – Ela disse para ele,enquanto tirava a sua roupa para tentar seduzi-lo.- Não! Não mesmo! – Ele protestou, olhando sua mulher tirar a roupasensualmente.- Por que não? - Ela perguntou, alisando os seios.- Por que não deixarei Ness sozinha com Jacob. – Respondeu, olhando com desejo eluxuria.- Ela não ficará sozinha e posso apostar que Rosi adorará fazer o papel de Edward“O chato”! – Ela riu maliciosamente e começou a tirar a calcinha.- Você está jogando sujo! – Ele a acusou e caminhou lentamente em direção a cama.- Você acha? Pois se não formos viajar... Começo hoje uma greve de sexo! Então oque prefere ? - Ela disse mordendo os lábios e puxando o corpo dele para o seu.- Você venceu! Vamos viajar. – Ele respondeu e a beijou.Os dois fizeram amor freneticamente a noite inteira e ele nem se deu conta da horaque sua filha havia chegado a casa. E Bella conseguira mais uma vez distrair o seumarido, para que Ness tivesse um pouco de paz com o seu amor.
  15. 15. Na manhã seguinte, ela e Alice começaram a arrumar as malas para viagem etrataram de comprar as passagens e reservar o hotel em Paris. Pois temia queEdward mudasse de idéia e por isso precisavam ser muito rápidas.Os dois viajaram para França naquela mesma tarde, deixando o caminho livre paraNess e Jake viverem o seu amor em paz. Mas Bella não imaginava que aquelaviagem mudaria completamente o seu destino e o da sua filha, de formairremediável. Voltar para o índice
  16. 16. VIAGEM escrita por GLAUCIABLACKVIAGEMEdward e Bella foram para a França, deixando a caminho livre para a felicidade deNess e Jake. Mas as coisas não melhoraram muito com a partida, pois ele ficouainda mais frenético depois que chegaram a Paris. E ficou ligando de hora em horapara casa, perguntando onde Ness estava e o que fazia. Deixando Bella furiosa comele, pois mesmo a distância não deixaria de perturbar o namoro de sua filha econtava com Rosli,que não gostava nem um pouco de Jake.Depois que se hospedaram, ela começou o seu plano para distrair o seu marido eisso consumiria bastante do seu tempo, fazendo-o andar por todos os pontosturísticos tirando muitas fotografias dela. E nas primeiras horas isso até que deucerto, pois com a diversidade de lugares lindos que havia em Paris e cidadesvizinhas, sobrava pouco tempo para ele se pendurar no telefone com Rosali. Masno segundo dia de passeio, quando foram visitar o famoso museu o Louvre,conheceram um estranho vampiro chamado Jean. O que deixou Edward muitointeressado em conhecê-lo melhor e Bella preocupada pelos motivos que teria parase aproximar de um desconhecido.Jean fez alguns passeios com o casal e Bella ficava cada vez mais intrigada com acuriosidade de Edward sobre ele. E mesmo perguntando o que o novo amigo tinhade especial, Edward guardava o segredo a sete chaves.Edward e Bella foram para França em busca de mais uma lua de mel, afinal ter umavida romântica e viver no auge da paixão era bem complicado de se fazer em umacasa cheia de vampiros e uma filha adolescente, no auge da sua explosão dehormônios e ainda por cima com um namorado como Jacob Black.Ele se sentia desconfortável com a situação e era muito complicado aceitar o fatoque sua filha, de seis anos mesmo aparentando 17, estivesse namorando o seuantigo rival Jacob. E isso estava o deixando estressado e gerando alguns conflitoscom sua esposa e sua filha. Então naquele verão, decidiram tirar umas férias detoda aquela confusão e partiram para Franca, pensando curtir o casamentointensamente longe da presença de Jacob Black.
  17. 17. Durante um passeio ao Louvre, conheceram um estranho vampiro chamado Jean ese tornaram amigos de imediato. Mas Edward com suas inquietações começou avasculhar a mente do vampiro e descobriu que ele possuía um dom distinto e queseria muito útil para ele.No inicio, ficou bem constrangido em tocar no assunto e perguntar sobre os seuspoderes, mas depois de uma semana de convivência o convidou para um passeiona Torre Eifel, somente os dois, e lá iniciou o assunto que o estava angustiandotanto.- Jean! Posso te perguntar uma coisa pessoal? - Ele perguntou com uma expressãoestranha.- Pode! Se eu for capaz de te responder. – Jean respondeu bem curioso sobre o quese tratava.- Seus poderes? Pode voltar ao passado e mudar o futuro das pessoas? - Eleintroduziu a conversa, bem constrangido de tocar naquele assunto.- Como sabe sobre isso? - Perguntou, franzindo as sobrancelhas e o olhando deforma estranha.- Eu leio a mente das pessoas e vi que você tem esse dom especial. – Respondeu,dando de ombros e tentando parecer casual, mesmo com seu constrangimento.- Tudo bem! Eu posso levar uma pessoa ao seu passado e ela pode mudar as coisas,alterando o seu futuro. Mas isso é muito perigoso e coisas horríveis jáaconteceram. – Respondeu preocupado.- O que você me diria se eu te pedisse que me ajudasse? Que mudasse o meupassado. Faria? - Edward perguntou ansioso pela resposta, pois naquele momento
  18. 18. o que mais desejava na vida era se ver livre de Jacob Black. E não importava o quefaria para que o fato fosse uma realidade.- Você estaria preparado para sofrer as conseqüências?- Jean perguntou paraEdward, cruzando os braços e fazendo uma cara muito estranha, como quem diz:Está preparado para pagar o preço?- Sim! Mas o que pode acontecer de mal?- Perguntou para Jean.- O Destino sempre cobra o seu preço e quando mudamos o passado,inevitavelmente o futuro também é alterado. E todas as coisas que estavampredestinadas a acontecer, serão cobradas pelo destino de forma implacável. Entãopor mais que queria se livrar desse cara, se ele estiver no seu destino... – Elerespirou fundo e continuou – Um dia entrará novamente na vida de vocês e o queestava destinado a acontecer, acontecerá. Custe o que custar! – Concluiu.- Eu tenho uma filha de seis anos, que tem o crescimento acelerado e agoraaparenta 17 anos. E está perdidamente apaixonada por um cara chamado JacobBlack, que um dia foi meu maior rival pelo coração de Bella. E não suporto verminha pequena em seus braços e estou disposto a tudo para tirar esse cara danossa vida.- Quando você altera os fatos, as pessoas também mudam. E sua filha também podesofrer as conseqüências disso. – Jean respondeu, virando o rosto para ver o oriente.- Como assim? Edward perguntou já com certa angustia.- Ela pode ser diferente, ter outra personalidade, forma física e não será a mesmafilha que têm hoje. Pense em um bolo que está assando no forno e alguém abreesse formo e coloca algo nele. O que aconteceria¿ Ele provavelmente iria solar. Então se escolher voltar ao passado e impedir que esse homem entre na vida devocês, corre o um grande risco de não ter essa filha. Então pense um pouco e
  19. 19. depois me diga o que decidiu, mas não esqueça que o destino é implacável esempre cobra o seu preço.- Pensarei bem meu amigo. Edward disse com expressões preocupadas em seurosto.Edward passou dois dias pensativo e preocupado com as palavras de Jean, mas nofinal estava disposto a correr o risco, só para tirar Jacob Black de seu caminho.Então marcou um novo encontro com o vampiro e informou a sua decisão. Edwarddisse para Bella que precisava comprar algumas coisas, que Rosali havia pedido eque era surpresa para a Ness. Então ela não poderia ir com ele, para não ver o queestavam preparando. E Bella, mesmo cismada com as atitudes de Edward,acreditou naquela mentira e o deixou sair às compras sozinho.Ele foi até ao Arco do Triunfo e encontrou o seu amigo Jean introspectivo, então ochamou para reiniciarem aquela conversa tão difícil.- Jean! – Ele o chamou, enquanto se aproximava do vampiro que parecia perdidono tempo.- Jean! – Depois de uma segunda tentativa, Jean saiu do seu estado de transe.- Olá, Edward! Pensou no que conversamos? - Ele perguntou com um olharapreensivo.- Sim! Já tenho a resposta. – Edward respondeu.- Você já assistiu ao filme efeito borboleta? - Jean perguntou antes que desse aresposta.- Sim! Uma vez, acho. – Edward respondeu sem entender.
  20. 20. - Lembra como o mocinho do filme sempre cometia erros quando tentava voltar aopassado? Como as coisas fugiram ao seu controle?Então pense no que pode dáerrado se decidir voltar. Pois não haverá mais volta. – Jean disse virando a sua mãoe apontando para as linhas de seu destino.- O que você quer dizer? - Edward questionou- Você está prestes a mudar as linhas do seu destino e isso não terá volta! Éirremediável para você e todos que estão ligados de certa forma a sua vida. Entãotem certeza que correrá o risco? Mesmo sabendo que poderá nem ter uma filha?Que poderá perder sua mulher? Sua família? Tudo. E então ainda continua certo desua decisão?- Jean despejou tudo de uma única vez e aquela era a última chance dedesistir.Edward parou e ficou pensando por alguns instantes. E apesar de ser um carainteligente e muito perspicaz, não suportava a idéia de voltar para casa epresenciar sua filha tão amada nos braços de Jacob. Só que a idéia dela não nascerem um futuro próximo também era doloroso para ela. Mas o seu egoísmo naquelemomento foi tão grande que decidiu que não ter uma filha seria melhor que dividi-la com Jacob. Fazendo-o tomar a decisão mais desastrosa da sua vida.- Eu estou disposto a correr o risco. – Ele respondeu e Jean o fitou incrédulo, masestava disposto a acatar a sua vontade e ajudar naquela loucura, que tinha certezaque se arrependeria amargamente algum dia.- Eu farei isso por você, mas saiba que estarei te esperando. E um dia nosencontraremos novamente e me dirá se o que fez valeu à pena.- Eu não o procurarei no futuro, pois não será necessário voltar ao passado. –Edward respondeu teimoso, lendo os pensamentos de Jean, que afirmavam que elese arrependeria até o último fio de seus cabelos.
  21. 21. - Um dia você viajará por esse mundo a minha procura! Você desejará voltar atéesse instante que estamos agora. E posso-te dizer que poderá ser muito tarde paravocê e sua filha. – Jean disse com olhos chorosos.- Eu correrei os riscos e o futuro seguirá o rumo que eu escolher. – Edward disse.- Você quer brincar de ser Deus! Eu já quis isso e me arrependo muito! Perdi minhamulher, filha e meus pais. E todas as vezes que tentei voltar às coisas ficarãopiores. Então posso te garantir que o futuro pertence a Deus e quando tentamosnos rebelar contra ele, o castigo é muito grande. Mas a família é sua e como é meuamigo, o ajudarei a fazer isso. Mesmo sabendo que me procurará novamente algumdia! – Jean respondeu e segurou a mão de Edward.- Faça isso! Ajude-me! – Pediu ansioso e com medo que Jean desistisse de ajudá-lo.- Segure forte as minhas mãos e pense no momento que deseja voltar. E quandochegar lá, se lembrará de todas as coisas que aconteceram e a decisão de mudaralguma coisa será só sua. – Jean apertou as mãos de Edward e os dois seconcentraram por alguns momentos.Naquele momento o futuro seria reescrito pelas mãos de Edward e ele sabia asconseqüências que teria. Mas não imaginava quão terrível seria a cobrança dodestino. Voltar para o índice
  22. 22. DE VOLTA AO PASSADO escrita por GLAUCIABLACKDE VOLTA AO PASSADO--------------------------------x-------------------------------------N/A: Cap O Jogo do Crepúsculo:“Então, eu ouvi dizer que você vai levar minha garotinha pra jogar baseball”. Só emWashington o fato de praticar esportes ao ar livre num dia chuvoso era algo normal.“Sim, senhor, esse é o plano”. Ele não parecia surpreso pelo fato de eu ter dito averdade para o meu pai. No entanto, ele pode ter estado escutando.“Bem, mais poder pra você, eu acho”.Charlie sorriu, e Edward se juntou a ele.“Tudo bem”, eu disse ficando em pé. “Chega de piadas ás minhas custas. Vamos lá”. Eucaminhei de volta para o corredor colocando meu casaco. Eles me seguiram.“Não volte tarde, Bell”“Não se preocupe, Charlie, eu vou trazê-la cedo”, Edward prometeu.“Tome conta da minha garota, está bem?”....“Esse é um... hum... Jipe bem grande”.“É de Emmett. Eu não achei que você ia querer correr o caminho inteiro.”“Onde é que vocês guardam essa coisa?”“Nós remodelamos um dos prédios exteriores e transformamos numa garagem”.“Você não vai colocar o seu cinto de segurança?”Ele olhou pra mim sem acreditar.Então uma fichinha caiu.“Correr o caminho inteiro? Como se ainda fôssemos correr parte do caminho?”
  23. 23. Minha voz caiu alguns oitavos.Ele sorriu. “Você não vai correr”.“Eu vou ficar enjoada”.“Mantenha seus olhos fechados que tudo vai ficar bem”.Eu mordi meu lábio tentando lutar com o pânico.Ele se inclinou para dar um beijo no topo da minha cabeça, e então gemeu. Eu olheipra ele, confusa.“Você cheira tão bem na chuva”, ele explicou.“De um jeito bom, ou de um jeito ruim?”, eu perguntei cuidadosamente.“Dos dois, sempre dos dois”.--------------------------------x-------------------------------------Jean segurava as suas mãos e de repente sentiu um mal estar, uma vertigemestranha que escureceu tudo em sua frente. Então quando abriu os olhos, estava noenorme Jipe de Emmett a caminho da lareira, no exato dia em que James, Victoria eLaurent cruzaram os seus caminhos.Então parou o Jipe no acostamento e tentou colocar os seus pensamentos emordem naquele momento. Percebendo Bella olhar de forma estranha e enigmáticapara ele. Mas não conseguia abrir a boca para dizer uma só palavra que explicasseo seu súbito mal estar.- Edward! Edward! O que você tem? Por que parou? Está sentindo algo?- Bella diziacom o rosto vermelho de nervoso, passando as mãos sobre o seu rosto, que estavamais frio do que o normal.Ele viu como em um filme toda a sua vida e teve certeza que conseguira voltar aopassado, para mudar definitivamente o futuro e varrer Jacob Black de suas vidas.Então precisava convencer Bella a fugir com ele e iniciar uma nova vida longe deForks, e principalmente Jacob.
  24. 24. - Bella! Você confia em mim?E se eu te disse que vi o nosso futuro e que nossafamília correrá um grande risco. E por isso voltei do futuro até esse ponto, paraevitar que muitas coisas desagradáveis aconteçam em nossas vidas. Vocêacreditaria? Confiaria em mim? - Edward disse, abraçando-a fortemente.- É claro! Eu amo você! – Ela respondeu, olhando assustada para ele.- Nós não podemos ir até esse jogo, pois encontraremos um grupo de vampirosnômades, chamados James, Victoria e Laurent. E esses vampiros irão te perseguirpara te matar, então preciso tirar você de Forks agora e levá-la para bem longedesse perigo. – Ela disse temeroso para ela.- Eu confio em você. – Ela sussurrou amedrontada.Edward pegou o telefone e ligou para Alice.- Alô! Alice! Eu vi o futuro e três vampiros chegarão à clareira em pouco tempo.Eles se chamam James, Victoria e Laurent e são muito perigosos. O James é umperseguidor e tentará perseguir Bella. E por isso estou tirando-a de Forks nessemomento.Do outro lado da linha, Alice falava e os outros vampiros pareciam curiosos comaquela conversa tão estranha.- Edward! Você está louco? Eu não vi nada! – Alice responde do outro lado da linha- Então tente ver! Alice! Eles chegarão em alguns minutos. – Edward disse e ela seconcentrou.- Sim! Eu já os vejo!
  25. 25. - E o que acontecerá se eu levar Bella para longe? - Edward perguntou nervoso,pois não imaginava que mudar o destino naquele ponto poderia significar a vida deBella.- Eles virão e jogarão conosco, e depois irão embora sem maiores problemas. –Alice respondeu e enquanto os outros vampiros olhavam sem entender o que sepassava.- Levarei Bella para a Inglaterra e a manterei segura lá. Pois não sei o que podeacontecer quando esse James sentir o cheiro dela em Forks. – Ele disse para ela.- Não precisa levar Bella! Eu não o vejo a atacando. – Ela respondeu.- É mais seguro! Quando estivermos no avião, você avisa para Charlie que Bellafugiu comigo. E depois ela ligará para ele. – Edward disse, enquanto Bella choravabaixinho.- Será um choque para Charlie saber que sua filha fugiu de casa com você! – Aliceprotestou.- Isso é preciso! Confie em mim! Eu já vi isso tudo acontecer!- Desde quando você vê o futuro? - Ela perguntou.- Vi hoje e manterei Bella junto comigo, e protegida de tudo. Então explique tudopara Carlisle, pois vamos direto para o aeroporto.- Como vai fazer para tirá-la do país sem passaporte? - Alice questionou seu irmão.
  26. 26. - Darei meu jeito! – Edward respondeu e desligou, para não dá maiores explicações.Ele continuou pensativo e voltou a falar.- Bella, amor! Você tem passaporte? - Perguntou, alisando o seu rosto choroso eespantado.- Tenho! Tive que tirar quando minha mãe se decidiu casar em outro país. – Elarespondeu para ele.- Temos que voltar a sua casa e você precisa disfarçar o que sente. Então pegue osseus documentos e vamos direto para o aeroporto.- Mas Edward! Eu não entendo! – Ela protestou, ainda olhando assustada.- Você confia em mim? Sabe que te amo mais do que minha vida e farei tudo paraprotegê-la. Pode fazer isso? - Ele disse com olhar de pesar, vendo o sofrimentoestampado no rosto da garota que amava.- Eu confio em você e se diz que isso é o melhor... Vou com você! – Ela respondeu eele ligou o Jipe, e retornou para a casa de Charlie.Bella entrou rapidamente e mal falou com Charlie, pois a dor que sentia era tantaque se denunciaria. Então correu para o quarto e pegou os documentos, deixandoCharlie curioso.- Bells? O que foi? Esqueceu algo? - Ele perguntou.
  27. 27. - Um presente que comprei para Esme. – Ela disse enquanto subia as escadascorrendo, tentando não encarar seu pai.- Pai! Te amo muito! Nunca se esqueça disso! – Ela disse antes de sair pela porta,para viver uma nova vida ao lado do homem que amava, em um lugar distante elonge de sua família e amigos.Bella chorou o caminho inteiro e a dor que sentia por se separar de Charlie e saberque nunca mais estaria com ele ou com Rennê era tão grande, que senti seucoração sangrar. Mas sabia que precisava está ao lado de Edward e se ele dizia queera para o bem dela, aceitaria o seu destino e iria embora com ele, mesmo ferindo opobre coração de seu pai.Edward e Bella embarcaram para a Inglaterra naquela noite e durante todo ocaminho ela chorou nos braços do seu amor, ao imaginar como seu pai receberia anoticia de sua fuga.Enquanto eles fugiam para outro país, Charlie estava muito preocupado com ademora de sua filha. Então começou a procurar na lista o telefone dos Cullens, masnão encontrava. Então foi até o hospital e conseguiu a muito custo o número docelular de Carlisle.- Alô! Doutor Cullen? Aqui é o chefe Swan! Tudo bem? - Ele tentou introduzir aconversar.- Olá! Tudo, mas o que deseja o chefe da nossa cidade? - Carlisle perguntouapreensivo, mas tentando manter o clima mais leve, mesmo já sabendo queEdward havia fugido com Bella.- Minha filha saiu com seu filho e ainda não voltou. – Charlie disse.- Eles viriam nos encontrar, para um jogo de baseball, mas não vieram. – Carlisledisse.
  28. 28. - Como assim não vieram? - Charlie perguntou nervoso, passando as mãos sobre acabeça.- Ligarei para Edward, para saber onde os dois estão e dou noticias da sua filha. –Carlisle disse apreensivo, temendo a confusão que aquela noticia causaria.- OK! Ficarei aguardando. – Charlie disse e desligou.Carlisle estava muito zangado pela atitude de seu filho e precisava saber o quelevará a fazer aquilo. Então pegou o telefone e ligou para Edward.- Filho! Onde você está?¿ O que aconteceu com Bella? O pai dela está desesperado!- Pai! Confia em mim! Coisas irão acontecer e levei Bella para Londres. Sei que édifícil para entender agora, mas quando nos encontrarmos contarei tudo. Agorapedirei para Bella ligar para Charlie e dizer que fugimos porque a nossa família eracontra o namoro.- Você não pode fazer isso com essa garota!! Estragar a vida dela e da sua família!!Está louco!- Eu preciso! Por favor, me perdoe por isso!- Sabe que teremos que sair de Forks! Que será uma grande confusão!- É melhor saírem de Forks! Eu explicarei tudo! Prometo.
  29. 29. - Então, por favor, ligue logo para o pai dela para tentar tranquilizá-lo. Nósficaremos mais uma semana na cidade e depois iremos embora.- OK! Perdoe-me pai! – Edward disse com pesar e desligou.Ele ficou um tempo pensativo e pediu para Bella ligar para Charlie e repetir ahistória que contará para Carlisle.Charlie estava muito nervoso, pois eram quase meia noite e sua filha não deranoticias. Então o telefone tocou.- Alô! Pai! É Bells. – Bella disse com a voz rouca, pois havia chorado muito nasúltimas horas.- BELLA SWAN! ONDE VOCÊ ESTÁ? - Charlie gritou irritado.- Pai! A familia de Edward não gosta de mim e estavam tentando nos separar.Então fugirmos juntos.- O QUÊÊÊÊÊÊ??? – Você está me dizendo que fugiu com Edward Cullen? Nãoacredito que você foi capaz de fazer isso no que você estava pensando VOTA PARACASA IMEDIATAMENTE!! - Charlie estava histérico.- Pai! Amo você e a mamãe, mas não voltarei. – Bella respondeu com a vozengasgada.- Se você não voltar....- Um silêncio se fez – Esqueça que é minha filha! – Charliedisse com o coração doendo e esperando que Bella voltasse à realidade.
  30. 30. - Tudo bem pai! Eu só estou procurando a minha felicidade e não voltarei. E vocênão me considera mais sua filha, eu ainda o considero o meu pai. Mas não voltarei aligar para você, se isso o faz feliz. – Bella disse chorando muito e desligou otelefone.Edward a pegou em seus braços, tentando acalmar seu grande amor e enxugandoas lágrimas que insistiam a rolar pelo rosto de Bella, com tudo o que haviaacontecido. E mesmo vendo o desespero de Bella, achava que estava fazendo omelhor.A fuga de Edward e Bella caiu como uma bomba em Forks e La Push. E ninguémconseguia acreditar que uma garota tão ajuizada, como Bella Swan, havia fugidodessa forma tão estranha. Mas quem sentiu muito pelo falto, foi Jake que já aamava naquela época, mesmo sem ter muita intimidade e contato com a garota.Charlie ficou arrasado por muito tempo e tirou uma licença da delegacia de Forks,entrando em um estado de depressão profunda. E os Cullens se mudaram para aInglaterra, ao encontro de Edward e Bella que já estavam instalados em umagrande mansão. Voltar para o índice
  31. 31. EXPLICAÇÕES escrita por GLAUCIABLACKNotas do Autor:Amores!! Estou muito feliz porque a fic tem menos de 24 horas e já tenho mais devinte comentários!!Pessoal, continuem a comentar para me estimular a escrever!!A opinião de vcs é tudo de bom para mim e é um combustível para meusdedinhos!! kkkkkkkkkkA Marci está muito feliz pelo resultado da fic e nós estamos com todo gás parapreparar essa novelinha maravilhosa para vcs!!Ah!! ninguém comentou da linda Capa!! A Marci fez a capa com muito carinho,então digam o que acharam!!bjusEXPLICAÇÕESAlguns dias depois de se instalarem na grande mansão em Londres, os Cullenschegaram para ouvir de Edward uma explicação lógica para tudo aquilo que haviaacontecido. Pois de fato ninguém havia entendido o motivo dele fugir com Bellapara um país distante e obrigá-la a romper com sua família. E a primeira coisa quenotaram, foi a sua aparente tristeza diante daquela situação. Que no mínimo erabem estranha, pois ela e Edward dormiam em quartos separados, pois assim elefazia questão. E mesmo na companhia dele, o seu rosto era triste e abatido pelasaudade que sentia do pai, da escola e dos amigos.Após falar com o seu pai e ser rejeitada por ele, ligou para a sua mãe que nãoentendeu o que havia acontecido e se mostrou predisposta a recebê-la em sua casa.
  32. 32. - Mãe! Sou eu, Bells! – Ela disse com a voz muito triste e com uma imensa vontadede chorar.- Filha! Onde você está? Por que você fugiu? - Rennê perguntava muito preocupadacom a situação da filha, após uma conversa longa e muito difícil com Charlie.- Mãe! Edward e eu fugimos para viver nosso amor sem impedimentos. E vamosnos casar em breve, mas estou te ligando para saber do papai. – Bella dissechorando.- Charlie este muito magoado com essa sua decisão e disse que não quer mais saberde você ou ouvir o seu nome. Mas você sabe que é da boca para fora, pois ele teama. Dê um tempo a ele, poi foi um golpe muito grande pra ele. – Rennê respondeuchorando ao telefone.- Cuida dele, mãe! Eu não voltarei para ele, mas diga que eu o amo muito.- Filha, se algo der errado entre você e Edward, estarei de braços aberto teesperando. – Rennê falava e Bella se desmanchava em lágrimas em sua cama, porestá causando tanta dor para seus pais.Na sala da grande mansão, os vampiros ouviam atentamente a conversa e acharammais estranho ainda aquela situação. Então exigiram uma explicação de Edwardsobre aqueles acontecimentos.- Edward! O que aconteceu? Por que fugiu com Bella? - Esme perguntava com olharinquisitivo e ansioso.- Mãe! Eu vi o que aconteceria no futuro e sei que Bella estava correndo risco devida. Então resolvi fugir com ela.
  33. 33. - Edward! Você conseguiu impedir que ela e o tal James se encontrassem. Entãonão precisava fugir com ela daquela maneira. Tem noção de como o pai dela ficou eestá? Toda a cidade só fala na fuga de vocês! Acho que nos deve uma explicaçãomelhor para o que fez. – Rosali cobrou, com olhar tenebroso.- Eu já disse tudo o que podia falar. –Ele disse abaixando cabeça.- Quero conversar com você em particular. – Carlisle falou.- Certo! – Edward respondeu com olhar apreensivo, pois sabia que seria obrigado arevelar ao seu pai os seus reais motivos. Mas antes de sair, pediu a Alice queacertasse os detalhes do casamento com Bella. – Alice! Acerte com Bella osdetalhes do nosso casamento. E espero que faça uma cerimônia bem simples, porfavor. – Ele disse e se dirigiu ao escritório com seu pai.Quando chegaram lá, ele teve receios de contar o que havia feito e suas razões. Massabia que Carlisle era a única pessoa com quem poderia desabafar e contar tudo oque havia feito. Por isso decidiu contar a verdade para ele.- Edward! A verdade, por favor. – Carlisle disse, sentando-se no sofá e Edwardsoube que não haveria como fugir ou negar o que havia feito.- Eu encontrei um vampiro capas de voltar no tempo e permitir que as pessoasmudassem o seu passado. Então pedi que me ajudasse para voltar no tempo. – Elerespondeu sem coragem para enfrentar o olhar de seu pai.- Mas quais foram os seus motivos para voltar? - Perguntou franzindo assobrancelhas.- Minha filha! Rennesmme! – Respondeu.
  34. 34. - E o que acontecerá de tão grave com a sua filha para justificar você tentar mudaro destino? - Carlisle conhecia bem Edward, mas sabia que de certa forma aquelenão era o filho que amava e conhecia. E que algo nele estava muito mudado, entãoteve medo da resposta.- Não tenha medo pai! Estou ouvindo os seus pensamentos e sei que está commedo das revelações que irei fazer. Mas permita-me contar tudo antes de mejulgar.- Tudo bem! Ouvirei tudo atentamente e no fim farei os meus julgamentos. Masacho que é melhor irmos andar um pouco, pois as paredes dessa casa têm ouvidos.- Concordo com você! Vamos andar pelas ruas de Londres e eu me relatarei tudo oque me fez voltar no tempo. – Edward respondeu apreensivo, mas no fundo estavaaliviado por ter alguém para dividir o seu fardo.Os dois saíram da mansão e ficaram andando por horas, enquanto Edward contavatodos os acontecimentos dos próximos anos. E os seus motivos para desejar mudaro passado.- Pai! Eu conheci e me apaixonei por Bella Swan e desde a primeira vez que chegueiperto dela, coloquei sua vida em risco. E naquele dia na clareira, James e Victoriaperseguiriam Bella. Então depois de uma longa fuga, seguida de uma luta feroz nósmatamos James. Mas nos meses que seguiriam, Victoria perseguiria Bella, só queessa é só uma parte da história. – Edward respirou fundo e continuou.- No aniversário de Bella, Jasper a atacaria depois de cortar o dedo no papel depresente. E isso me faria abandoná-la de forma cruel. Fazendo Bella entrar em umestado terrível de depressão e se aproximar do filho de um velho amigo da família,chamado Jacob Black...O neto de Efraim Black! E os dois ficariam muito ligados poruma grande amizade, que chegaria aos limites do amor. Então Jacob, transformou-se em lobo, junto com sua matilha, para caçar Victoria que queria se vingar de Bellapara vingar a morte de James e deixaria Bella sozinha e naquele estado deprofunda dor. Então Bella pularia do penhasco, mas seria salva por Jacob. Só queAlice a veria cair, mas não a veria sair da água, achando que estaria morta. –Edward fez uma longa pausa e continuou.
  35. 35. - Por um grande egoísmo, Rosali me avisaria da morte de Bella e eu iria paraVolterra para morrer. Mas Bella e Alice conseguiriam me salvar. Só que nósficaríamos em dívida com os Volturis e nos comprometeríamos em transformaBella em vampira.- Depois da nossa volta, nós nos uniríamos aos lobos para salvar Bella de umexército de recém-nascidos, criados por Victoria. E nessa época, Bella descobriuque também amava Jacob. Mas depois da nossa batalha, aonde os Volturis viriamno final, ela decidiu se casar comigo por me amar mais. Então nós nos casamos edurante a nossa lua de mel, na ilha Esme, Bella engravidou de Rennesmee. Contudoteria uma gravidez complicada e quase morreria se não fosse pela a ajuda de JacobBlack. Que além de nos dá uma idéia de como manter o feto e Bella viva, ficoucontra a sua matilha para proteger a nossa família.- Porém assim como a gravidez o parto também foi complicado, que quase levouBella a morte, mas usei o recurso de vampirização diferente emergência com ela,injetando meu veneno diretamente em seu coração. Só que Jacob achando que elahavia morrido, estava disposto a matar a pequena aberração. Entretanto sofreuuma impressão com a minha filha e ficou ligado irremediavelmente a ela.- A impressão é uma coisa que os lobos sofrem, como se fosse amor a primeiravista só que de uma forma mais forte, na escolha da sua parceira ideal. E depoisdisso entramos em guerra com os Volturis, Irina morreu e muitas coisasaconteceram a nossa família, que nos ligaram a matilha de Jacob.- Desculpe, mas ainda não entendi o porquê de você ter mudado tudo isso? –Carlisle perguntou apreensivo.- Passamos sete anos vivendo em harmonia com Jacob e com a matilha. E nessaépoca ele foi como um pai para a nossa Ness. Mas quando ela começou a crescer ese apaixonou por ele. Então começou o meu tormento. E quando fez 7 anos, oumelhor 17 de aparência, começaram a namorar.- Você fez tudo isso porque Jacob e Rennesmee estavam apaixonados e começarama namorar? - Carlisle perguntou incrédulo.
  36. 36. - Eu não suportava a idéia de ver a minha pequena nos braços dele. Mas quando ofato se consumou, não tive outra escolha e Bella estava disposta a tudo para ficar alado de nossa filha. Então quando encontrei o vampiro que podia mudar o passado,não tive dúvidas que o faria e impediria Bella de se aproximar de Jacob.- Isso foi monstruoso e muito egoísta, como pode fazer isso filho? Você tem noçãode quantas vidas você alterou com isso? De como isso pode ser perigoso?- Eu só impedi Bella de se aproximar dele.- Não! Você alterou a vida dos lobos, que não se transformarão mais, dasimpressões que não terão, de James que continuará matar junto com seusparceiros, dos recém-nascidos que não morrerão, dos pais de Bella e todos quecruzaram de alguma forma o destino de vocês. Como pode fazer isso? - Pelaprimeira vez na vida Carlisle estava decepcionado com o filho e não fazia questãode ocultar o fato.- Eu fiz tudo para proteger a minha família! – Edward disse exaltado.- NÃO! VOCÊ QUIS PROTEGER A SI MESMO! QUIS NEGAR QUE SUA FILHA TIVESSEO AMOR QUE MERECIA! FOI O SEU EGO! SÓ ISSO! SÓ QUE VOCÊ MUDOU A VIDADE TODOS!- Pai! Compreenda, por favor! – Edward dizia com pesar ao perceber a raiva edecepção de Carlisle.Vou cuidar que tudo fique bem! – Edward disse sem olhar para ver a reprovaçãoque estava estampada em seu rosto, mas que pelos pensamos sábia exatamentecomo estava.
  37. 37. - NÃO! VOCÊ NÃO É DEUS! NÃO PODE MUDAR O DESTINO DAS PESSOAS! NÃOPODE IMPEDIR QUE JACOB E SUA FILHA SE AMEM, E SE FOR O DESTINO DELES! –Carlisle gritou com ele.- Eu manterei um detetive na cola dele. E farei o possível para que entre na melhoruniversidade, que arrume o melhor emprego e que nunca volte para a reserva. Elenão se transformará em lobo e não terá uma impressão com minha filha. – Edwarddisse baixinho.- Você vai manipular a vida dele para que não cumpra o seu destino? Não acreditonisso! E os outros lobos? O que será de todos? Vai arrumar a vida de todostambém? - Carlisle estava incrédulo com tudo que tinha ouvido.- Pode ser! Mas te garanto que Jacob nunca se aproximará da minha filha. – Edwardrespondeu com uma expressão de dor ao se lembrar dos beijos de Ness e Jacob.- Quero acompanhar tudo isso de perto e está ao seu lado no dia que sua filhaapresentar o seu novo namorado... Você não tinha o direito de manipular a vida daspessoas! Não! - Carlisle deixou Edward sozinho e ficou andando pensativo,imaginando tudo que poderia sair do controle depois da façanha do seu filho. Mascomo era pai, estava disposto a ficar ao seu lado, para ampará-lo no dia que tudodesmoronasse.Edward seguiu sozinho pelas ruas de Londres, pensando em como manter Jacobsob sua vigilância e impedir que um dia se aproximasse de sua filha. E mesmo apósas palavras de seu pai, não se arrependeu e continuo firme no intuito de impedir odestino de seguir seu curso.Notas Finais:AMAMOS TODOS OS COMENTÁRIOS!!BJUS Voltar para o índice
  38. 38. PRIMEIRA DECEPÇÃO escrita por GLAUCIABLACKNotas do Autor:Amores, na primeira fase da fic,o narrador explora mais a visão de Edward e Bellasobre os acontecimentos. Mas na segunda fase, entrará com a visão de Ness, Jake e Seth para explorar melhor os sentimentos dos personagens. Continuem comentando!! BjusPRIMEIRA DECEPÇÃOBella passou os dias seguintes em uma tristeza que dava dó e nem mesmo aproximidade do casamento a deixava mais animada. Entretanto, Edward tinhacerteza que ela seria muito feliz novamente com a perspectiva de ser mãe. E todoaquele desânimo passaria em algumas semanas.Ele estava totalmente cego e sem noção do mal que estava fazendo ao amor da suavida e principalmente que faria com a vida dos garotos de La Push. Pois suaintenção genuína não era ferir ninguém ou fazer algum deles sofrer. Pelo contrário,desejava dá uma vida feliz e confortável para todos. Então se concentrou no seuplano de impedir que Bella, Ness e Jacob se encontrassem algum dia e esqueceu-sede dá atenção que deveria dispensar a sua noiva, que estava arrasada.Ele precisaria de muito dinheiro para conseguir o que queria, todavia seconsiderássemos que ele sabia o resultado de todos os jogos, corridas, loterias equeda das ações na bolsa, seria algo insignificante para ele. Só que precisavadispensar certo tempo para começar a ganhar mais dinheiro, pois pagar umaagência de detetives para vigiar tanta gente sairia muito caro. Então o primeiro
  39. 39. passo que deu foi investir muito dinheiro em fontes que pudessem triplicar os seusganhos.A família Cullen achava bem estranho o fato de ele investir tanto tempo sepreocupando com bolsas de apostas. Mas Edward não era mais o mesmo e nãoestava tão unido, quanto deveria, com a sua família. Visto que ficará obcecado emuma única pessoa: Jacob Black. Enquanto Bella e Alice tratavam sobre os detalhes do casamento, ele viajou paraos Estados Unidos e contratou os serviços de uma das mais famosas agências dedetetives, solicitando que enviassem relatórios semanais para o seu email, sobre avida de Jacob Black e dos garotos de La Push. Pois tinha certeza que se conseguissefavores nas maiores Universidades do país, separaria definitivamente a matilha esem uma matilha não haveria um lobo Alfa. Sendo assim, mesmo que um dia Jacobse encontrasse com Ness, não haveria o vinculo da impressão e os dois não seapaixonaria. E ele tinha tudo muito claro em sua mente e estava disposto a dedicarsua vida para que seus planos dessem certos.Edward voltou para Londres na semana do casamento com Bella e estava cada vezmais distante das necessidades da sua amada. Contudo tinha certeza que emalgumas semanas estariam grávidos e felizes com a vinda da pequena Ness. E isso odeixava mais tranqüilo sobre os sentimentos dela em relação a ele.Então continuou aéreo e distante até o dia do casamento, sem conversarem sobreo que ela sentia ou queria. Mas Bella estava digamos que satisfeita, por está ao ladodo seu amor e não reclamava das suas ausências.O casamento dos dois foi quase perfeito, tirando o fato da noiva estátremendamente infeliz. E apesar de uma cerimônia bem simples, somente com apresença dos Cullens e dos parentes do clã de Denali, tudo estava organizado daforma mais elegante possível. E Edward até conseguiu relaxar um pouco no seucasamento, esquecendo-se completamente do seu calcanhar de Aquíles. E logodepois da cerimônia, partiram para o Brasil, pois passariam a lua de mel na ilhaEsme e faria tudo exatamente como da outra vez.Depois de muitas horas de vôo e alguns minutos de lancha, finalmente chegaram àlinda ilha, que recebera o nome de Esme por ser um presente de seu pai para a suamãe. E ele estava disposto a ter uma lua de mel mais tranqüila que a primeira, poisnão era mais um vampiro virgem e sabia exatamente como dosaria a sua força com
  40. 40. sua esposa. Então planejava que tudo fosse perfeito e uma vida linda, perfeita efeliz iniciaria naquele dia, sem a presença de Jacob Black.Edward levou sua esposa para a linda casa e lá passaram os momentos maisperfeitos de suas vidas. Fazendo Bella esquecer completamente de tudo o quehavia deixado para trás e como sua família sofrerá pela sua atitude. Etransformaram na lua de mel mais perfeita e feliz do mundo, onde passearam paraexplorar o oceano e a floresta, mas principalmente fizeram muito amor por todosos lugares, visto que já possuía experiência o suficiente e controlaria e sua força, oque não acontecera da primeira vez. E Edward tinha certeza que no final daquelalua de mel, sairiam dali com sua linda bebezinha se formando no ventre de suaamada esposa e nada mais atrapalharia a sua felicidade.Semanas depois da chegada dos dois na ilha, Bella começou a passar mal e ligarapara Carlisle, que confirmou uma possível gravidez. Então voltaram para Londres efizeram os exames para confirmar o diagnóstico, que ele já sabia. E ela, apesar deassustada, ficou radiante de felicidade com um bebê crescendo em seu ventre.Como Edward já sabia das complicações da gravidez e de como manter Bella forteaté o fim dela. Sugeriu ao Carlisle que aplicasse transfusões de sangue diárias emBella. E essa atitude assustou a família, mas concordaram que o bebê seria meiovampiro e precisaria de sangue para se alimentar. Então ela pode se alimentar decomidas humanas e se manter forte, devido as transfusões que fazia para alimentaro seu bebê, que crescia muito rápido e a deixou com uma barriga enorme em 4semanas.A vida de Bella deu um salto de um momento para outro, pois em um períodoinferior a três meses havia fugido casado e teria um filho com o amor da sua vida. Eapesar de confusa com a situação, estava muito feliz por saber que o fruto de seuamor por Edward, estaria em seus braços em tão pouco tempo.Edward por sua vez estava radiante de felicidade, por saber que em alguns dias suaRennesmee estaria em seus braços linda e feliz. E começaria uma nova vida, longede Jacob Black, como uma família feliz e perfeita. Mas apesar do seu estadototalmente elétrico pelo nascimento da filha, continuava a monitorar as ações dosgarotos de La Push e descobriu para onde Sam, Leah, Paul e Jared enviaram osformulários de inscrição para ingresso na Universidade. Então tratou de garantirque os três ficariam e Universidades separadas, gastando muito dinheiro comsuborno para isso.
  41. 41. Naquela mesma semana, a pequena Ness nasceu e como esperado, teve que fazeruma vampirização de emergência para salvar a vida da sua esposa Bella. Mas tinhacerteza que ela sobreviveria e seria uma vampira perfeitamente controlada depoisque tudo terminasse. Então a deixou no quarto com Carlisle e foi para sala, ondeRosi estava com a pequena Rennesmee nos braços. E foi no momento que pegou asua filha no colo, que teve a sua primeira decepção.Rennesmee era linda e perfeita, mas não a filha que ele conhecera no seu outrofuturo. E aquilo foi um grande choque para ele, mas a amava da mesma forma,apesar de desejar que fosse a outra que estivesse ali em seus braços. E naquelemomento percebeu que nem tudo sairia da forma como desejava, mas estava firmeem seu propósito em proteger o seu bebê da impressão de Jacob Black.Nos dias que se seguiram, a pequena Nessie cresceu rapidamente como o esperado.Mas não tinha os poderes e não era inteligente que a primeira. Além disso, tinhacabelos negros, com a pele morena, como os olhos azuis da cor do oceano e separecia muito com a sua avó Rennê, apesar de não ser loira. E quando Bella, jácomo vampira, viu sua filha pela primeira vez, ficou muito emocionada com as suassemelhanças com sua mãe. Mas Edward, apesar de amar a sua filha que cresciamuito rápido, continuava decepcionado por não ser a mesma criança que tantoamara e isso levaria consigo o restante da sua vida.CONTINUA – DE VOLTA PARA FORKSNotas Finais:COMENTEM!!! PRECISAMOS SABER O QUE VCS ESTÃO ACHANDO.O PROXIMO CAP BELLA E NESS VOLTAM PARA FORKS E AS COISAS COMEÇAM AMUDAR.BJUS Voltar para o índice
  42. 42. A MUDANÇA PARA FORKS escrita por GLAUCIABLACKNotas do Autor: Amores, preciso dos comentários de vocês!! Digam o que estão achando!! Estou frenética!! Louca!! Ai!!! bjusA MUDANÇA PARA FORKSA vida seguiu seu curso sem maiores incidentes para Edward e sua família. E comopassaram dez anos, ele achou que não havia mais a necessidade de monitorar avida e o destino dos garotos Quileuts. Então encerrou o seu contrato com a agênciade detetives e continuou a viver sua vida feliz.Ness era uma adolescente linda e encantadora, que era venerada por todos osgarotos e invejada por todas as garotas da escola onde estudava. E apesar de já terarrumado dois namorados, nunca teve realmente um amor. Mas a sua vida depatricinha era feliz, considerando-se que era a líder de torcida, linda e tinha umalegião de fãs. Contudo tinha uma personalidade um pouco infantil e se apegavamuito a coisas materiais, fama, beleza e coisas que não agregavam nada a sua vida.E apesar disso, Edward amava a sua filha e já estava acostumado com a novapersonalidade.A família Cullen fazia um grande sucesso na escola, apesar de terem que esconderos segredos da uma vida clandestina de vampiros. Mas as coisas começaram amudar quando o pai de Bella, o chefe Swan sofreu um enfarto e a deixou muitopreocupada. E com isso obrigou Edward a ceder aos seus apelos para voltar paraForks.
  43. 43. Bella voltou sozinha para Forks e ficou período com lá com o seu pai. E nesseperíodo, fez de tudo para convencer Edward a se mudarem para a antiga cidade.Mas ele estava irredutível em relação a isso e não aceitava a idéia de voltarem amorar na antiga cidade, insistindo para que sua esposa voltasse para casa logo.Contudo não voltou para casa e permaneceu mais um mês na antiga cidade, usandoalgumas maquiagens que Alice comprara para parecer mais velha. Pois se sentiaobrigada a cuidar do seu pai doente, porque uma enfermeira não resolveria oproblema de solidão do seu velo pai. Então deu um ultimato para Edward eobrigou-o a enviar sua filha para morar com ela na antiga mansão dos Cullens. Eapesar de irredutível, teve que aceitar o fato e ceder às investidas de Bella.Ness teve um ataque quando soube que abandonaria a sua vida de patricinha e semudaria para uma cidade provinciana, e que chovia a maior parte do ano. Entãochorou, disse que não, bateu o pé e fez bico como uma criança, mas no fim teve queaceitar o fato que se mudaria para aquela cidade.- PAIIIIII!! VOCÊS NÃO PODEM FAZER ISSO COMIGO!! VAI COMEÇAR ATEMPORADA DE JOGOS E EU SOU A LIDER DE TORCIDA!! TEM UMA FESTA NASEMANA QUE VEM E PERDEREI!! EU NÃO VOU PARA NENHUM FIM DE MUNDO!!NÃO!! – Ness chorava, gritava e esperneava, mas Edward não tinha como fazernada em relação a mudança.- Filha! Sua mãe não voltará para casa e quer você ao lado dela. E eu não posso ficarsem as mulheres da minha vida. Então arrumei um emprego no hospital de PortAngeles e começo no próximo mês.- Não!Não!! Você não podia ter cedido e arrumado um emprego naquele fim demundo!! – Ness estava inconformada por perder a sua vida boa. Então sentada emsua cama, batia com os pés no chão para fazer pirraça.- Não há mais o que discutir!!! Sua tia Alice a ajudará com as malas e vai com vocêna frente. E no próximo mês irei encontrar com vocês lá. – Edward foi firme comsua filha, que ficou ali chorando, ainda inconformada pela mudança.Ness chorou a noite inteira e não se conformava em abandonar a vida popular quetinha na escola em Londres. Mas não havia nada a ser feito para evitar o fato.
  44. 44. Na tarde seguinte, Alice e Ness embarcaram para Washington. E mesmo arrasadacom a mudança, tinha que se acostumar com o fato que aquilo era inevitável, entãosó restava fazer novos amigos e se tornar a garota mais popular daquela cidademedíocre e foi isso que deu coragem para continuar a sua viagem sem pirar.Quando chegaram ao aeroporto de Port Angeles, Bella a esperava ansiosamente.Pois estava arrasada de tanta saudade que sentia da sua amada filha. E o encontrodas duas foi no mínimo emocionante, no saguão do aeroporto, onde todas aspessoas olhavam mãe e filhas chorando abraçadas.As duas foram para a mansão dos Cullens, escondida no meio da enorme floresta. ENess gostou da casa logo na primeira vez que a viu. Além de amar o lindo quartoque sua mãe preparara com tanto amor. Mas ainda sentia falta dos seus amigos,escolas, das lideres de torcidas e de toda popularidade que tinha. Então ela sentouem sua cama e começou a chorar baixinho.- Minha sobrinha preferida!! Não fica assim tão triste!! Segunda feira pela manhãcomeçará na escola nova, fará muitos amigos, terá muitos namorados, seráconvidada para muitas festas e será a garota mais popular que essa cidade já teve.Anime-se!! – Alice saltitava alegremente pelo quarto e as duas começaram a dançare depois fazer guerra de travesseiros.- TIA!! EU TE AMO!! UAUAUAUAUAU!! EU VOU ARRASAR NESSA CIDADE!! – Nesssaltitava feliz da vida, com a nova vida que viria naquela cidade provinciana. Epensou em como seria divertido conquistar uma reputação novamente, seradorada, amada e invejada por todos. Mas não podia imaginar que aquelamentalidade de patricinha mudaria completamente aquela semana, quandoconhecesse o homem da sua vida.Ness tomou seu banho e depois se deitou na linda cama branca, no enorme quartopreparado pela sua mãe, no terceiro andar da mansão dos Cullens. E ficoupensando em sua nova vida naquela estranha cidade.Amanhã começo uma vida totalmente nova nessa cidade. E mesmo estando aquicontra a minha vontade, farei o possível para ser feliz nesse lugar.
  45. 45. Alguma coisa dentro de mim diz que encontrarei o amor da minha vida. E que sereimuito feliz ao lado dele, então aproveitarei todas as oportunidades que tiver.O fim de semana foi tranqüilo e Alice levou sua sobrinha para conhecer a cidade. Eno fim da tarde as duas foram fazer comprar em Port Angeles, voltando para casaabarrotadas de tantas futilidades que haviam comprado. Mas no fim, apesar de umpouco chateada pela mudança, Ness estava feliz e esperançosa de que sua novavida fosse feliz naquela pequena e chuvosa cidade.Segunda feira pela manhã, Ness acordou bem cedo para se arrumar. Pois estavaansiosa pelo primeiro dia de aula na nova cidade. Então começou a se produzirpara o seu primeiro dia às seis horas da manhã, com a ajuda de sua tia maluquinha,que estava tão ansiosa quanto ela por aquela nova experiência.- TIAAAAA!! – Ness gritou correndo do banheiro.- Calma!! Você ficará linda!! Vamos começar a produção!! – Alice disse saltitando nobanheiro, enquanto arrumava a sua sobrinha preferida.Depois de uma hora e meia fazendo a produção, Ness estava com uma calça branca,com a barriga de fora; um top vermelho, uma jaqueta branca, brincos e cordãovermelho, os cachos definidos simetricamente (não que os cabeços de delaprecisassem), sandália de salto branco e uma maquiagem clara, que realçava o seurosto lindo de diva.- Que tal¿ - Alice perguntou, colocando Ness de frente para o espelho.- Estou linda! Maravilhosa! Perfeita!! – Ness sorria diante do espelho,contemplando a sua beleza. - Tia! Você acha que vão gostar de mim¿ - Elaperguntou insegura para Alice.- Você é uma Diva!! Quem não gostaria de você. – Alice respondeu, beijando o rostode sua sobrinha que se admirava no espelho.
  46. 46. - Eu posso ir dirigindo para a escola¿ - Ness queria chegar em alto estilo na escola enão pegaria bem se sua mãe e tia a levassem.- É claro que pode! – Disse Bella, entrando no banheiro e sorrindo para a sua lindafilha.- Mãe!! Eu te amo!! – Ness a abraçou e as duas ficaram assim por alguns segundos.- Agora vamos mocinha!! – Bella a conduziu pela mão até o quarto e as duas saíramdo quarto, andando lentamente em direção as escadas.- Filha! Tente não chamar muita atenção. – Bella disse enquanto desciam asescadas.- Como se isso fosse possível. – Alice disse com a voz quase cantante e gargalhou.- Ela entendeu! – Bella sabia como sua filha sabia chamar os holofotes para si e nãoqueria que a presença de uma Cullen ali fizesse o povo se lembrar de sua fuga comEdward.- Tudo bem!! Farei o possível para ser discreta. – Ness respondeu, sabendo que nãocumpriria aquilo.Ness pegou a Mercedes branca, que ganhara de sua mãe e dirigiu para a escola,onde começaria uma nova vida e conheceria muitas pessoas interessantes. Mas nãopodia imaginar que naquele dia, conheceria o amor da sua vida.
  47. 47. Notas Finais:AMO COMENTÁRIOS!! COMENTÁRIOS!! COMENTÁRIOS!!BJUS Voltar para o índice
  48. 48. A PRIMEIRA VISTA – PVO NESS escrita por GLAUCIABLACKNotas do Autor:Amores, esqueci de dizer que essa trama será uma verdadeira quadrilha e teremos um triangulo amoroso. E estou pensando em transformá-lo em um quadrilátero. Sei que não vão entender porque a Ness ficou tão apaixonada por Seth, masconfiem em mim e não se desespere em um primeiro momento, pois só estamos no início da novelinha.Alguém lembra de um poema que dizia que Maria amava João, que amava outra e no final a pessoa não amava ninguém¿ Essa fic será uma verdadeira troca de casais, mas depois resolvo tudo. Tudo bem¿ Sei que não me mataram nem quando Matei Jake e Ness em alma gêmea, então confio que não vão morrer de véspera!! Outra coisa! Eu encontrei minhas novelinhas postadas em uma comunidade do Orkut e quase morri de tanta raiva, que quase nem dormi direito essa noite. Porque não achei justo postarem as minhas tramas sem minha autorização. Enviei um email para a dona da comunidade e acho que tudo se resolverá bem. Então se alguém quiser postar minhas novelinhas em comunidades ou blogs, eunão ligo desde que me avisem e que coloquem a autoria nelas. Pois não acho justo ralar para caramba e depois minhas novelinhas ficarem perdidas por ai. OK¿ Eu já estou com alguns caps prontos, mas estou revisando. BEM! NÃO PRECISO DIZER QUE SOU MOVIDA A COMENTÁRIOS E AMO TODOS.ENTÃO NÃO DEIXEM DE DIZER O QUE ACHARAM, MESMO QUE ESTEJA UMA “M”. PARA TER UMA IDÉIA, ESSE MÊS GASTEI MAIS DE 300 REAIS COM A CONTA DO CELULAR, PORQUE FICO ACOMPANHANDO OS MEUS COMENTÁRIOS O DIA INTEIRO. ESTOU VICIADA NISSO!!! ENTÃO NÃO DEIXEM DE POSTAR!!!
  49. 49. BJUSA PRIMEIRA VISTA – PVO NESSPrimeiro dia de aula e estava bem nervosa, pois apesar de ser linda e admirada portodos os que me conheciam, não sabia lidar muito bem com a rejeição. Exatamentepor isso tive medo do meu primeiro dia de aula. Mas usaria a máscara depatricinha metida que costumava a colocar, e me sairia muito bem com as pessoasnessa nova escola.Estacionei o meu carro e o meu coração disparou ao ver tantos jovens noestacionamento. E senti uma insegurança tão grande, que seria capaz de voltarpara a casa como uma covarde e me esconder de baixo da saia da minha mãe. Massabia que o medo era normal e me lembrei da primeira vez que pisei em umaescola, é claro acompanhada dos meus tios que também estudavam comigo. Só quenaquele momento estava sozinha e sem a proteção dos Cullens para amparar seprecisasse.Depois de alguns minutos no carro, com um imenso medo de sair e encarar amultidão abri a porta do carro e sai lentamente, jogando os meus cabelos para tráscomo uma forma de fazer charme. E vi naquele momento que todos paravam parame olhar admirados, espantados ou sem lá o que. Mas eu era Rennesme Cullen, afilha de Edward e Bella, o casal de vampiros mais lindos do mundo, e justamentepor ter mais lindos e ser tão linda quanto eles não deveria temer simples humanos.Contudo meu corpo protestava e não conseguia vestir a minha máscara depatricinha naquele momento.Fechei a porta do carro e andei como uma bailarina, lentamente, até a entrada daescola com todos os alunos me olhando e cochichando sobre mim. Mas fingi nãoperceber, ergui o meu nariz de princesa e continuei a caminhar, até que fuiinterrompida por um grupo de garotas muito bonitas.
  50. 50. - Olá! Você deve ser Rennesme Cullen. – Uma garota morena, com cabelos negrosque caiam até a cintura falou para mim. E nesse momento sorri para ela e respondicom amabilidade.- Oi! Sou eu mesma. – Respondi sorrindo, mas sem graça para puxar assunto.- Nós somos Lissa, Amanda e Melissa. – A Ruiva disse, estendendo sua mão paramim e apertei gentilmente.- É um prazer! – Respondi ainda apertando a mão da garota, enquanto todos nopátio nos olhavam interessados.- De onde você veio? - A loira de cabelos curtinhos perguntou.- Vim de Londres. – Respondi sorrindo.- Isso explica o seu sotaque. – A Lissa disse para mim.- Eu estou perdida e não sei aonde vou para buscar os meus horários. Será quepoderiam me ajudar? - Perguntei com olhar faceiro. E sabia que tais garotasdeveriam ser o time das populares do colégio e me unir a elas certamente seriaótimo para a minha reputação. Por isso tratei de ser o mais gentil possível.- É claro! - Amanda respondeu, apontando para o interior da escola e nós quatrocaminhamos lentamente até a secretária, onde peguei os meus horários e meapresentei.Depois que saímos da secretaria, fui para a minha primeira aula que seria dequímica. E odiava as aulas de química, apesar de saber tudo, devido aos anos deestudo com os dois médicos da família: Edward e Carlisle.
  51. 51. A primeira aula foi chata, mas passou rápido e logo em seguida fui para literatura,que também foi um saco, levando-se em consideração o fato de conhecer muitobem as obras de Sheaksper. Só que para o meu primeiro dia, o meu professorresolveu testar os meus conhecimentos e me fez diversas perguntas sobreHammelet. E no fim da aula estava admirado com o fato de eu conhecer a obra e asinquietações do autor mais famoso do mundo.Na hora do intervalo foi uma verdadeira festa, pois as garotas resolveram meapresentar para a escola inteira. E tive que vestir a minha máscara de diva einterpretar a linda estrela dos Cullens. Sendo apresentada mais de dez vezes econtando a mesma história da minha vida, que havia ensaiado exaustivamente commeus pais.Finalmente o dia de aula estava acabando, pois pela primeira vez na minha vidaestava cansada de toda aquela bajulação. E sentia uma imensa necessidade de saire andar um pouco pela cidade, repensando a mediocridade que era aquela vida dediva que levava. Por isso peguei meu carro e fiquei dirigindo bem de vagar pelasruas de Forks, até que vi uma pequena confusão na frente de uma livraria e resolviver do que se tratava. Pois no mínimo haveria um astro de rock, um ator ouqualquer celebridade para aquele pequeno tumulto.Andei até a pequena livraria e lá estava o homem mais lindo e encantador domundo. E mesmo sem conhecê-lo e sem se quer saber o seu nome, soube naquelemomento que era o amor da minha vida. Pois senti meu corpo trêmulo, meucoração acelerar e o ar me faltar por alguns segundos, enquanto o olhava fazer asdedicatórias com imensa paciência para as suas fãs. E uma idéia maluca me veio acabeça naquele momento, então peguei um exemplar do livro, que tinha na capa:UMA VAMPIRA ADOLESCENTE – POR SETH CLEAWATER.Fitei o livro e li rapidamente o seu prólogo para saber do que se tratava. Então melembrei as garotas da minha antiga escola comentando sobre o sucesso que eraesse livro, que contava os dramas de uma vampira adolescente, vivendo em ummundo doloroso de vampiros cruéis e que queriam transformá-la em uma arma dematar. E senti certa semelhança com minha vida, exceto pelo fato de viver em umafamília de vampiros bonzinhos e vegetarianos.
  52. 52. Andei em direção a fila e aguardei pacientemente, enquanto meu coração quaseexplodia pela proximidade com aquele homem lindo, atraente e muito sensual, quedeveria ter no máximo seus vinte de cinco anos. E quando chegou a minha vez, tivedificuldade de falar. Então coloquei a máscara de diva que sempre usava e meapresentei.- Olá! Você é o famoso Seth Cleawater? Para mim é uma honra conhecê-lo. – Dissesorrindo e percebi que me fitou com bastante interesse.- Famoso? OH! Não! – Ele balançou a cabeça em sinal de negativo.- Em Londres, onde morei até sexta feira, todas as garotas do colégio eram doidaspelo seu livro. – Disse sorrindo.- Seu sotaque é realmente diferente. – Ele disse rindo. – E como a senhorita sechama? - Perguntou, olhando nos meus olhos e quase me fazendo cair dura no chãonaquele momento.- Rennesme Cullen. – Respondi, mordendo a parte inferior dos meus lábios paraparecer sexy. Mas me senti muito insegura e não sabia o que fazer ou falar naquelemomento.- Nome diferente. – Ele disse, escrevendo a dedicatória no livro que passei paraele.- É uma mistura de Rennê com Esme, minhas avós. – Respondi sem graça e comvergonha do meu nome. – Poderia colocar Nessie na dedicatória? - Perguntei paratentar amenizar a coisa do nome.- Nessie? - Ele questionou, erguendo as sobrancelhas.
  53. 53. - Sim! Meu apelido. – Respondi sem graça.- Por algum acaso tem algo haver com o Lago Nessie? - Ele perguntou.- Sim! Meus tios me deram esse apelido, pois diziam que eu era um monstrinhoquando criança. E acabou ficando Ness. – Dei de ombro e ele riu.- Você deveria ser um monstrinho mais lindo do mundo. – Ele disse e senti minhasbochechas corarem na mesma hora. E um frio percorrer minha barriga, deixando-me completamente sem ação, pela primeira vez na vida.Depois que Seth fez a dedicatória, agradeci e me dirigi para o caixa para pagar olivro. Saindo da livraria logo depois, com medo de olhar para trás e ver o lindorosto daquele homem que arrebatou meu coração. Então caminhei até o meu carro,que estava estacionado do outro lado da rua, coloquei o livro no banco do carona eresolvi ir almoçar no restaurante ao lado.Sentei-me a mesa e pedi o cardápio para o garçom. E enquanto pensava nosentimento que acabara de me tomar a alguns segundos, vi o meu deus de Ébanoentra pela porta. Causando as sensações estranhas em meu corpo novamente eachei que fosse morrer de tanta emoção, medo, fragilidade, vontade e todas ascoisas que tomavam o meu corpo naquele momento. E para minha surpresa, eleveio até a minha mesa e pediu para se sentar ao meu lado, e quase sair correndo,gritando como uma louca desvairada.- Olá, Ness! Posse me sentar com você? - Seth perguntou com olhar enigmático.- É claro! Sente-se. – Só consegui falar isso e senti minhas bochechas coraremnovamente. O que estou sentindo? Como posso me sentir assim por uma pessoa que acabei deconhecer? Por que meu corpo inteiro reage ao seu olhar?Por que essa sensaçãoestranha está me inundando por inteira? Que sentimento é esse? Será que isso é o que
  54. 54. chamam de amor a primeira vista? Foi o que senti ao ver o seu rosto... Uma confusãode sentimentos!OH!OH! Tive que me mudar para esse fim de mundo para descobrir o meu amor?! Oque será de mim agora? E se ele não sentir o mesmo! O que será que estáacontecendo comigo?- Por que você se mudou para essa cidade? - Seth perguntou, fitando os meus olhos,que tentavam se desviar, mas ao mesmo tempo exigiam aquele olhar tãopenetrante.- Meus pais! Emprego novo. – Não conseguia formular uma frase de tão nervosa einsegura que me sentia. E pela primeira vez na vida não consegui colocar a minhamáscara de Diva, sentindo-me uma garota desprotegida e totalmentedespreparada para essa coisa de amor.- HUM! Entendo! – Ele assentiu com a cabeça.- E você? - Sussurrei baixinho, abaixando minha cabeça para desviar do seu olhar ecomecei a brincar com os talheres da mesa.- Um encontro! – Ele fez um silêncio e continuou. – Um encontro com grandesamigos que não vejo há dez anos. – Ele concluiu ainda me encarando e medeixando extremamente sem graça.- Com amigos? Não entendo. – Disse.- Eu vivi em uma aldeia Quileut há dez anos trás e fui cursar a universidade com 16.Então há alguns anos encontrei alguns amigos em uma comunidade do Orkut. Ecomeçamos a nos corresponder pelo MSN. – Mais um silêncio se fez – Então depoisde alguns anos nos comunicando, resolvemos nos reencontrar em LaPush. E porisso estou aqui hoje.
  55. 55. - Interessante! – Falei a única coisa que veio a minha cabeça, mas precisava ser umpouco mais inteligente naquele momento e me esforcei para tirar toda a vergonhae continuar a conversa. – E quando será esse encontro? Digo? Será hoje/ -Perguntei- Sábado! HUMM! Sabe, alguns amigos dessa turma irão se casar em alguns meses,incluindo a minha irmã Leah. Então faremos um noivado para Leah e Sam, Jake eAnne. – Ele respondeu.- Um noivado! Que legal! – Eu era uma idiota que não tinha assunto para conversarcom um escritor de um Best Seller famoso. Que “M”! – Pensei.- Eu não tenho ninguém para me acompanhar. Então pensei que de repentegostaria de ir comigo. – Ele disse, segurando a minha mão e nesse momento gelei.- OH! WOO!OH! Claro!! – Tentei respirar fundo, mas estava tudo perdido e elepercebeu que estava muito nervosa.- Você está bem? Está passando mal? - Ele parecia preocupado, enquantoacariciava minha mão. E eu me sentia muito estranha, com vontade de agarrá-lo eao mesmo tempo de sair correndo. Então puxei a minha mão e cruzei os meusbraços.- A sim! Só estou um pouco nervosa. – Admiti para ele.- Nervosa com o que? - Ele perguntou curioso.- Com você! – Fiz uma careta e abaixei a cabeça. – Que “M”!! Mil vezes “M”!! Estragoutudo!! Pensei.
  56. 56. - Desculpe se estou sendo inoportuno. – Ele respondeu sem graça.- Não! Não! Não é você! É a primeira vez que me sinto dessa forma e está tudo umpouco estranho. – Falei baixinho, olhando para a porta. E nesse momento o garçomtrouxe a minha comida, mas obviamente não conseguiria comer com aquelemonumento me olhando o tempo inteiro.- Você tem quantos anos? - Ele perguntou curioso.- Dezenove. – Respondi sem o encarar.- Parece mais velha! Desculpe se fui inoportuno e não percebi que ainda é umamenina.- Não sou uma menina! Sou uma mulher! – Respondi com raiva.- OH! Claro! Mas é muito novinha. – Ele balançou a cabeça.- Eu só estou me sentindo esquisita... Nunca senti isso perto de ninguém, masvocê... – Sussurrei e não consegui completar.- Eu vou te confessar que também estou me sentindo estranho. E que foi bem difícilver sentar ao seu lado, mas me enchi de coragem para fazer isso e agora me sintoenvergonhado. – Ele disse.- Então somos dois envergonhados. – Nós rimos juntos.
  57. 57. Conseguimos quebrar aquele clima de tensão e ficamos conversando por um bomtempo. E depois me levou até o meu carro, dando-me o seu cartão pessoal e euanotei o número do meu telefone para ele.Foi amor a primeira vista e tive a certeza depois que dei partida, pois meu corpo emeu coração exigiam que voltasse para ele, e me entregasse em seus braços. Masminha mente dizia que não daria certo me relacionar com um cara mais velho,como seus 23 anos, só que meu corpo exigia a presença dele. E naquele momentoagradeci minha mãe por me obrigar a vir para Forks. Voltar para o índice
  58. 58. O RETORNO DOS QUILEUTS escrita por GLAUCIABLACKNotas do Autor: Amores, esse cap é curtinho e mostra de uma forma geral como foi a vida dosamigos da reserva. E como as coisas mudariam quando Seth levasse a Ness para a pequena confraternização.No próximo cap, chamado Encantadora, teremos a visão de Seth sobre a sua volta,os motivos, como se sentiu em LaPus, o que sentiu no encontro com a Ness e como foi o primeiro beijo. A Marci achou esse cap um pouco exagerado e por isso eu preciso saber como vcsvêem um relacionamento entre o Seth e a Ness. Então comentem por favor, pois só postarei o próximo depois de muitos comentários! O team Seth não precisa se preocupar, pois não matarei o nosso segundo amorzinho!!! AMO TODOS OS COMENTÁRIOS!! Bjus!!O RETORNO DOS QUILEUTSMuitos anos se passaram desde que aquela turma de amigos saiu da reserva de LaPush, em busca de novas oportunidades em suas vidas, partindo para Universidadeem pontos distintos do país. E para os mais velhos como Sam e Leah, aquele anofaria exatamente dez anos de partida. Mas para os mais novos como Seth, Colin eBrad, apenas seis ou sete anos.Os velhos amigos foram reunidos por uma condescendência, quando seencontraram em um site de relacionamentos e restabeleceram os antigos laços deamizade que os uniu no passado, e se aproximando das suas antigas raízes,deixando os saudosos de sua terra natal. E depois de anos se comunicando peloMSN, Orkut e email, resolveram fazer um grande encontro de confraternização.Onde também aproveitariam para oficializar o noivado de Sam e Leah, que já
  59. 59. viviam juntos há três anos, e Jake com Anne, que também moravam juntos a dois ese casariam no final do ano.Os casais se formaram de forma aleatória e o destino parecia brincar com aquelesjovens, que acabaram ficando os parceiros “errados” e estariam frente a frentedepois de tantos anos. Sem ter noção do que poderia acontecer naquele encontro.Sam cursou odontologia na Pennsylvania University e era cirurgião dentista. Epassou sete anos separados, pela distância, de sua namorada de infância Leah, quecursou biologia na University of Chicago. E depois da especialização que Sam fizerano Canadá, resolveram viver juntos em Chicago e já estavam morando juntos hátrês anos.Quil depois de estudar quatro anos na Cornell University, se mudou para Michiganonde conheceu Emily, que estudou letras na University of Michigan. E depois dedois anos de namoro, se casaram e estavam juntos há quatro anos, vivendo umavida feliz e planejavam ter o primeiro filho depois que voltassem de La Push.Jared partiu na mesma época que Sam e Leah, há dez anos, e estudou direito emUniversity of California, Berkeley. E depois que terminou o seu curso, se mudoupara New York, onde reencontrou Rachel e os dois começaram a namorar,casando-se um ano depois e vivendo uma vida feliz há dois anos.Paul estudou administração em Princeton University e quando terminou o seucurso, se mudou para Los Angeles. Onde reencontrou uma antiga conhecida, Kim, ese casou há 4 anos. E os dois viveram uma vida feliz, de amizade, companheirinhose muita paixão nos quatro anos que estavam juntos.Seth foi o último a sair de La Push, apesar de ter iniciado na Stanford Universitycom dezesseis anos, quando partiu da reserva, todos os outros já haviam partidohá anos. E ele passou os seus quatro anos se dedicando a faculdade de letras edepois que terminou, fez o seu mestrado com louvor e iniciaria o seu doutorado nopróximo verão. Mas de todos os que saíram daquela reserva, se tornou o maisfamoso e ilustre filho Quileut, pois se tornou autor de um BESTSELLER aclamadoem todo mundo e possuía uma legião de fãs nos quatro cantos do planeta. Contudonão tinha uma vida amorosa muito boa e passou seus últimos anos sozinhos aespera de um grande amor.
  60. 60. Embry cursou economia em Columbia University e trabalhava na maior bolsa devalores de New York, mas sempre foi um mulherengo e não se ligou a nenhumamor nos últimos anos. Vivendo casos amorosos com muitas mulheres, na maioriacasada. Mas apesar disso, teve uma vida feliz e muito favorável, regada das muitasregalias que o seu trabalho lhe oferecia.Brad cursou análise de sistemas em Yale University e era responsável pelasegurança da rede de uma grande empresa americana. E lá conheceu Suzan, comquem casou há dois anos e tinha um filho lindo de um ano.Colin cursou análise de sistema e engenharia de software em MassachusettsInstitute of Technology. E atualmente trabalhava como analista da IBM, ondeconheceu Amanda e estava noivo a certa de um ano.Jacob Black foi o que “mais teve sorte na vida”, pois conseguiu uma bolsa deestudo, milagrosamente, para cursar engenharia em Harvard University. E no meiodo curso “deu muita sorte” de conseguir um est|gio da GM. E quanto terminou afaculdade já era treinee, passando a engenheiro chefe de produção no período deum ano. Quando foi transferido para New York e conheceu Anne, que era uma lindamusicista da orquestra local.Os dois foram morar juntos e quem via o casal dizia que ele era o cara mais sortudodo mundo, pois além de ter conseguido tudo o que sonhara na vida, tinha umnamorada que era a imagem perfeita da Tony Braxto, muito gostosa, diga-se depassagem. E que deixava todos os seus amigos com inveja do mulherão que oacompanhava para todos os cantos.Depois de muitos anos longe de sua terra de origem, aquela turma de amigoresolvera retornar para um grande encontro. Mas não imaginava que o destino detodos seria radicalmente alterado, pois a hora de pagar o preço finalmente haviachegado. E todos pagariam um preço muito caro, pela interferência de Edward emseus destinos.A primeira grande virada de jogo ocorreu quando Seth chegou a Forks, sendoconvidado para uma tarde de autógrafos em uma livraria local. E mesmo sendo um
  61. 61. autor aclamado, era muito humilde e não se negaria a suas fãs. Entretanto nãoimaginava que entre todas das garotas locais, encontraria o amor da sua vida.Ele estava assinando os livros quando viu a criatura mais linda e perfeita domundo adentrar o ambiente. E no mesmo momento, sentiu seu coração disparardescompassado e um frio percorrer a sua espinha.Ele trocara algumas palavras com a garota morena, linda, maravilhosa eextremamente gostosa. E se viu ligado a ela naquele momento. Então implorou aoscéus que aquela fila acabasse logo, para tentar alcançar aquele anjo em forma demulher.Depois que terminou de assinar todos os livros, ficou andando a procura do seuanjo. A viu sentada, sozinha, no restaurante que ficava quase em frente à livraria.Então tomou a liberdade de ir até e tentar puxar assunto com a garota.No início a conversa foi bem complicada, pois a linda criatura em forma de anjoparecia amedrontada e muito envergonhada. Mas depois de algum tempo, os doisse soltaram e conseguiram conversar como dois amigos. E Seth teve a certeza quenunca amaria uma mulher, como aquela perfeição que estava a sua frente, olhandopara ela com muito amor e paixão nos olhos. Mas também sabia que era apenasuma menina e teria que ser bem paciente e correto com ela. Contudo estavadisposto a esperar o tempo que fosse preciso para tomar a pequena para si etransformá-la em sua mulher.Antes de se despedirem, tomou a liberdade de convidá-la para o encontro com seusamigos no sábado. E os dois trocaram telefones, já ansiosos por uma novaoportunidade se verem novamente.Ali o destino começava a mudar a vida dos jovens amigos Quileuts, que cruzariamos seus caminhos com a meia vampira Ness Cullen, que fora convidada para oreencontro dos amigos, e que transformaria suas vidas em uma verdadeirabagunça.Amores!! Comentem por favor!!
  62. 62. CONTINUA – ENCANTADORA – PVO SETH Voltar para o índice

×