• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Erosão
 

Erosão

on

  • 607 views

Aulas básica de solos, vários autores

Aulas básica de solos, vários autores

Statistics

Views

Total Views
607
Views on SlideShare
607
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
43
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Erosão Erosão Presentation Transcript

    • EROSÃO Faculdade de Americana - SOLOS
    • Erosão Definição Erosão é o processo de desagregação e remoção de partículas do solo ou fragmentos e partículas de rocha, pela ação combinada da gravidade com a água, vento, gelo e organismos (plantas e animais) Seus efeitos nos recursos naturais
    • Fatores que influenciam na erosão A erosão é causada por forças ativas como: • Características da chuva; • Declividade e comprimento do declive do terreno; • Capacidade que tem o solo de absorver água. Forças passivas como: • Resistência que exerce o solo à ação da água; • Densidade da cobertura vegetal.
    • Fatores que influenciam na erosão CHUVA A água da chuva exerce sua função erosiva sobre o solo pelo impacto das gotas, que caem com velocidade e energia variáveis, dependendo do seu diâmetro, e pelo escorrimento da enxurrada. 
    • Fatores que influenciam na erosão Intensidade Quanto maior a intensidade da chuva, maior a perda por erosão.  Duração A duração é o complemento da intensidade. Quando inicia uma chuva de intensidade uniforme, á água se infiltra por um período mais ou menos longo. Depois, começa a enxurrada, que vai aumentando de volume em proporções cada vez menores até alcançar uma quantidade estável. 
    • Fatores que influenciam na erosão Freqüência Se o intervalo entre as chuvas for curto e o teor de umidade for alto, assim as enxurradas serão mais volumosas mesmo com chuvas de menor intensidade. Quando os intervalos são maiores, o solo esta seco, e não deverá haver enxurradas. 
    • Fatores que influenciam na erosão  Durante uma chuva muito forte, milhares de milhões de gotas de chuva golpeiam cada hectare do terreno, desprendendo as partículas da massa do solo. Muitas partículas podem ser atiradas a mais de 60cm de altura e a mais de 1,5m de distância. Se o terreno esta sem vegetação, as gotas desprendem centenas de toneladas de partículas de solo, que são facilmente transportadas pela água.
    • Fatores que influenciam na erosão
    • Fatores que influenciam na erosão INFILTRAÇÃO A infiltração é o movimento da água dentro da superfície do solo. Quanto maior sua velocidade, menor a intensidade de enxurrada na superfície , e conseqüentemente, reduz-se a erosão. O movimento da água através do solo é realizado pelas forças de gravidade e de capilaridade . Em solos saturados pela gravidade e em solos não saturados pela capilaridade 
    • Fatores que influenciam na erosão
    • Fatores que influenciam na erosão Durante a chuva , a velocidade máxima de infiltração ocorre no começo, e usualmente decresce muito rapidamente. O tamanho e a disposição dos espaços porosos têm a maior influência na velocidade de infiltração de um solo. Em solos arenosos, com grandes espaços porosos, pode-se esperar a mais alta velocidade de infiltração que nos argilosos, que têm relativamente menores espaços porosos.
    • Fatores que influenciam na erosão A velocidade de infiltração também é afetada pela variação da textura do perfil. A umidade e o grau de agregação do solo é um dos fatores que também afetam a infiltração. Se as partículas mais finas são bem agregadas, os espaços porosos entre elas são maiores proporcionando maior velocidade de infiltração.
    • Fatores que influenciam na erosão TOPOGRAFIA DO TERRENO A topografia do terreno, representada pela declividade e pelo comprimento da rampa, exerce acentuada influencia sobre a erosão. O tamanho e a quantidade do material em suspensão arrastado pela água dependem da velocidade com que ela escorre, e essa velocidade é uma resultante do comprimento da rampa e do grau de declividade do terreno. 
    • Fatores que influenciam na erosão Derpsch et al. 1991
    • Fatores que influenciam na erosão COBERTURA VEGETAL A cobertura vegetal é uma defesa natural de um terreno contra a erosão. Protege diretamente contra: • Os impactos das chuvas; • Dispersão da água, interceptando-a e evaporando-a antes que atinja o solo; • Canais no solo pelas raízes das plantas; • Adição de matéria orgânica aumentando a capacidade de retenção de água; • Diminuição da velocidade de escoamento. 
    • Fatores que influenciam na erosão NATUREZA DO SOLO A erosão não é a mesma em todos os solos. As propriedades físicas, principalmente estrutura, textura, permeabilidade e densidade, assim como as características químicas e biológicas do solo exercem diferentes influências na erosão. 
    • Fatores que influenciam na erosão Textura A textura ou seja, o tamanho das partículas, é um dos fatores que influem na maior ou menor quantidade de solo arrastado pela erosão. Solo arenoso: com espaços porosos grandes, durante uma chuva de pouco intensidade pode absorver toda água. Porem porque tem baixa ligação entre partículas, enxurradas são capazes de arrastar grande quantidade de solo. Ao contrário do solo argiloso penetração reduzida mas a coesão é maior, o que faz aumentar a resistência a erosão.
    • Fatores que influenciam na erosão Estrutura O modo como se arranjam as partículas de solo. As propriedades físico-química faz com que os agregados permaneçam estáveis em presença de água (argila). Propriedades biológicas causada pela abundancia de matéria orgânica. O conteúdo da matéria orgânica, a profundidade do solo e as características do subsolo também exercem efeito nas perdas por erosão.
    • Fatores que influenciam na erosão
    • Fatores que influenciam na erosão
    • Fatores que influenciam na erosão
    • EROSÃO – PARTE 2 Faculdade de Americana - 2010
    • Erosão   Erosão é um processo de desprendimento e arraste acelerado das partículas do solo causada pelo vento e pela água. A água é o mais importante agente de erosão; chuva, córrego, rios, todos carregam solo – onde há água em movimento, ela esta erodindo seus limites.
    • Erosão  A erosão afeta a produção de culturas. Seja através da perda de nutrientes, na redução da qualidade da cultura, reduz a capacidade de infiltração e na capacidade de retenção de umidade do solo. A sedimentação e deposição do material erodido nas baixadas de solo fértil reduzem a produtividade, destroem e prejudicam as plantas locais.
    • Mecanismos da erosão A água da Chuva A água da chuva exerce sua ação erosiva sobre o solo mediante o impacto da gota da chuva, a qual cai com velocidade e energia variável segundo seu diâmetro, e mediante a ação de escorrimento. As gotas de chuvas que golpeiam o solo contribuem para a erosão da seguinte maneira: a) desprendem a partícula do solo no local que sofre o seu impacto; b) Transportam por salpicamento as partículas desprendidas; c) Imprimem energia, em forma de turbulência. 
    • Mecanismos da erosão Derpsch et al. 1991
    • Mecanismos da erosão O processo erosivo começa quando as gotas de chuvas embatem a superfície do solo e destroem os agregados, e terminam com as três etapas seguintes: a) b) c) As partículas do solos se soltam; O material desprendido é transportado; Esse material é depositado.
    • Mecanismos da erosão A ação da compactação das gotas de chuva causa ao solo, rapidamente, a perda da sua capacidade de infiltrar água. O escorrimento da água na superfície é o maior agente de transporte de partículas do solo. A quantidade de força gerada pela enxurrada é relacionada com a concentração e velocidade que ela se move morro abaixo ou pela velocidade que ela adquire em uma rápida mudança de declividade do terreno.
    • Mecanismos da erosão Derpsch et al. 1991
    • Mecanismos da erosão Para controlar a erosão, é preciso deter não só o escorrimento da enxurrada que transporta as partículas de solo como também, e principalmente, o efeito da dispersão dos agregados do solo, eliminando o desprendimento das partículas causados pelas gotas de chuva.
    • Erosão Geológica A erosão geológica ou natural, que se manifesta como uma ocorrência normal dos processos de modificação da crosta terrestre, é reconhecível somente com o decorrer de longos períodos de atividade. Esses demorados processos são considerados benéficos, pois, com eles, foram, pela ação da erosão e das geleiras, formadas inúmeras colinas suaves, planícies extensa e vales férteis.
    • Erosão Geológica Quando o equilíbrio natural não é modificado, o processo se desenvolve com ritmo tal que a remoção de partículas se equilibra, em termos gerais, com a formação do novo solo.
    • Formas de Erosão Hídrica A erosão causada pela água pode se dar das seguintes formas: laminar, em sulcos e voçorocas: as três formas podem ocorrer simultaneamente no mesmo terreno. Erosão pelo impacto da chuva. Os danos caudados pelas gotas de chuva que golpeiam o solo a uma alta velocidade constituem o primeiro passo no processo da erosão.
    • Formas de Erosão Hídrica Quando a intensidade da chuva é maior que a capacidade de infiltração do solo, as depressões na superfície se enchem de água e causam a enxurradas; durante a chuva a enxurrada é salpicada milhões de vezes pelas gotas isso faz romper as partículas do solo, transformando-as em partes cada vez menores, que ficam em suspensão na água.
    • Formas de Erosão Hídrica Uma chuva de 50mm em um período de 30 minutos teria um peso de quase 560 toneladas em um hectare, o diâmetro médio das gotas seria aproximadamente 3mm e essa chuva cairia a uma velocidade aproximada de 8 metros por segundo toda essa energia tem que ser absorvida pelo solo. www.webartigos.com/.../pagina1.html
    • Formas de Erosão Hídrica  Erosão laminar. A remoção de camadas delgadas de solo sobre toda área é a forma menos notada de erosão. Em dias de chuva as enxurradas tornamse barrentas. A erosão laminar arrasta primeiro as partículas mais leves do solo, e considerando que a parte mais ativa do solo de maior valor, é a integrada pelas menores partículas, pode-se julgar os seus efeitos dobre a fertilidade do solo.
    • Formas de Erosão Hídrica Foto: José Eloir Denardin - Embrapa Trigo www.medianeira.com.br
    • Formas de Erosão Hídrica A erosividade da enxurrada depende da sua velocidade, turbulência, e quantidade e material que carrega. A velocidade aumenta com a quantidade da enxurrada e com aumento da declividade do terreno; a turbulência da enxurrada aumenta com o aumento da intensidade de chuva; a capacidade abrasiva da enxurrada depende da energia de escorrimento da água e da quantidade e tipo do material em suspensão na enxurrada.
    • Formas de Erosão Hídrica  Erosão em Sulcos. Resulta de pequenas irregularidades na declividade do terreno que faz que a enxurrada , concentrando-se em alguns pontos do terreno, atinja volume e velocidade suficientes para formar riscos mais ou menos profundos. www.rc.unesp.br www.portalsaofrancisco.com.br
    • Formas de Erosão Hídrica  Voçorocas. É a forma espetacular da erosão, ocasionada por grandes concentrações de enxurradas que passam, ano após ano, no mesmo sulco, que se vai ampliando, pelo deslocamento de grandes massas de solo, e formando grandes cavidades em extensão e em profundidade. A voçoroca é a visão impressionante do efeito da enxurrada descontrolada sobre a terra.
    • Formas de Erosão Hídrica hotsites.sct.embrapa.br : www.projetomariadebarro.org.br
    • Formas de Erosão Hídrica Quando os diferentes horizontes do solo são de material de competência uniforme a voçoroca esta sujeito a freqüentes desmoronamentos. Quando o material do subsolo ou de horizontes mais profundos é mais resistente que o horizonte superficial, as voçorocas apresentam as paredes em V.
    • Formas de Erosão Hídrica  Deslocamento e escorregamentos de massas de solo. O deslocamento e o escorregamento de grandes massas de terra são ocasionados, algumas vezes pelos cortes feitos nas bases dos morros bastante inclinados.
    • Formas de Erosão Hídrica O deslocamento de grandes massas de solo é ocasionado, em geral, quando em solos arenosos, um lençol freático aflora na encosta de um morro. As águas de infiltração, encontrando essa camada pouco permeável, movimenta-se até a nascente, e nela o sol arenoso começa a desbarrancar por efeito de solapamento que a água provocou
    • Formas de Erosão Hídrica   Erosão em pedestal: Ocorre quando um solo de grande susceptibilidade a erosão encontra-se protegido da ação de salpicamento por uma pedra ou raízes de árvores, ou seja, material mais resistente à erosão. Erosão em pináculo: Caracterizada por deixar altos pináculos no fundo e nos lados das voçorocas, está geralmente associada a condições altamente erosionáveis de alguns solos. É um tipo de erosão sempre associado a sulcos verticais profundos nas voçorocas.
    • Formas de Erosão Hídrica  Erosão em túnel: Ocorre em solos sujeitos a erosão em pináculos, formando túneis contínuos ou canais subterrâneos. Ocorrem quando a água de superfície se movimenta dentro do solo até encontrar uma camada menos permeável, arrastando partículas mais finas da camada mais porosa
    • Erosão eólica A erosão eólica, ocasionada pelos ventos, ocorre em geral em regiões planas, de pouca chuva, onde a vegetação natural é escassa e sopram ventos fortes. Constitui problema sério quando a vegetação natural é removida ou reduzida. http://www.brasilescola.com
    • Erosão eólica A erosão pelo vento, geralmente considera de sérias conseqüências nas regiões áridas e semi-áridas, pode ocorrer também em outras regiões, desde que haja condições de solo, vegetação e clima, como as seguintes:
    • Erosão eólica • • • • Solo solto, seco e com granulações finas; Superfície lisa e, a cobertura vegetal, rala ou inexistente; Grandes lançantes sem nenhuma obstrução para o vento; Ventos suficientemente fortes para iniciar o movimento das partículas de solo.
    • Erosão eólica Além de empobrecimento do solo, a erosão eólica ocasiona morte das plantas, prejudica as estradas e rodovias. As tempestades de areia ocasionada por severas erosão eólica causam problemas adicionais aos homens e animais. Os principais fatores que afetam a erosão eólica são o clima, o solo e a vegetação
    • Erosão eólica O processo de erosão eólica consiste em três fases distintas envolvendo as partículas do solo: o início do movimento, o transporte e a deposição. • O movimento das partículas do solo é causado pelas forças do vento exercidas contra a superfície do terreno. • O transporte das partículas é influenciado pelo seu tamanho, velocidade do vento e distância a percorrer.
    • Erosão eólica • A deposição do sedimento ocorre quando a força da gravidade é maior que a força de sustentação das partículas no ar. As partículas de solo se movimentam no processo de erosão eólica e são depositadas em um novo local quando o vento diminui.
    • Erosão eólica Três métodos básicos para o controle da erosão eólica: a) Aumentar a estabilidade do solo; b) Manter uma vegetação ou resíduos de culturas, ou outros tipos de coberturas; c) Colocar barreiras perpendiculares à direção dos ventos dominantes.
    • Erodibilidade do Solo Alguns solos erosionam mais que outros, mesmo que a chuva, a declividade, a cobertura vegetal e as práticas de manejo sejam as mesmas. Essa diferença, devida as propriedades do próprio solo, é denominada erodibilidade do solo. As propriedades do solo que influenciam a erodibilidade pela água são:
    • Erodibilidade do Solo a) b) As que afetam a velocidade de infiltração da água do solo, a permeabilidade e a capacidade de absorção da água. Aquelas que resistem a dispersão, ao salpicamento, a abrasão e as forças de transporte da chuva e enxurrada.
    • Erodibilidade do Solo A erodibilidade do solo é a sua vulnerabilidade ou suscetibilidade à erosão, que é recíproca da sua resistência a erosão. Um solo com alta erodibilidade sofrerá mais erosão que um com baixa erodibilidade se ambos estiverem expostos a uma mesma chuva.
    • Tolerância de perda de Solo A tolerância de perda de solo é a quantidade de terra que pode ser perdida por erosão, expressa por tonelada por unidade de superfície e por ano, mantendo ainda o solo elevado nível de produtividade por longo período de tempo. Essa tolerância reflete a perda máxima de solo que se pode admitir, com grau de conservação tal que mantenha uma produção econômica em futuro previsível.
    • Tolerância de perda de Solo O estabelecimento de tolerância de perda para solos e topografia tem sido geralmente uma questão de julgamento coletivo, em que fatores tantos físicos como econômicos são levados em consideração. Essa tolerância depende das propriedades do solo, profundidade, topografia e erosão antecedente.
    • Tolerância de perda de Solo Progressos têm sido alcançados na determinação da intensidade de erosão de muitos solos sob grande variação climática, mostrando que as medidas de conservação reduzem a erosão, mas raramente a eliminam completamente.
    • Tolerância de perda de Solo Os limites de tolerância não impõem restrições arbitrárias para o uso e manejo do solo, mas simplesmente estabelecem limites dentro dos quais as escolhas das técnicas adotadas devem ser feitas. O conhecimento dos limites de tolerância de perdas de solo é importante na aplicação de equação de perdas de solo no planejamento conservacionista.
    • Bibliografia Bertoni, José. Conservação do solo. São Paulo. Ed. Ícone, 2008