Ensino religioso, desafios e perspectivas
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Ensino religioso, desafios e perspectivas

on

  • 14,612 views

 

Statistics

Views

Total Views
14,612
Views on SlideShare
13,326
Embed Views
1,286

Actions

Likes
0
Downloads
157
Comments
1

11 Embeds 1,286

http://crunicap.blogspot.com.br 1090
http://educarerenovar.blogspot.com.br 135
http://crunicap.blogspot.com 29
https://cursosrapidosonline.com.br 19
https://cesbonline.com.br 5
http://estudosdereligiao.blogspot.com.br 2
http://crunicap.blogspot.de 2
http://crunicap.blogspot.in 1
http://crunicap.blogspot.it 1
http://crunicap.blogspot.com.es 1
http://crunicap.blogspot.ca 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Ensino religioso, desafios e perspectivas Ensino religioso, desafios e perspectivas Presentation Transcript

  • ENSINO RELIGIOSO:enfoque, desafios, perspectivas Gilbraz Aragão http://crunicap.blogspot.com
  • • Como entender o fenômenopopular de se atribuir forças"sobrenaturais" a certos fatos,objetos e ritos, tais como búzios,cartas, rezas-fortes, fitinhas,horóscopo, patuás, imagens, etc?• Como explicar o crescimento da féna reencarnação, aqui no Ocidente?E o crescimento do Islamismo nomundo?
  • • Por que será que os Orixás doXangô são demonizados pelosPentecostais? E por que um deleschutou a imagem de Nossa Senhorana TV?• Quais as razões do impedimento deum padre católico celebrar a liturgiacom um reverendo anglicano?• Ateu vai pro inferno?!
  • PLURALIDADE RELIGIOSA
  • Vivenciamos culturas pluralistas: mudançasconstantes, profundas, de cunho universal, ondecrescem as aspirações e questionamentos sobre osentido da vida e da sua história.Já não é possível pensar em educação dequalidade que não contemple a dimensão religiosado ser humano, dimensão essa que muitas vezes éconfundida com o ensino da religião e/oucatequese.No Brasil, o Ensino Religioso faz história porcaminhos diferenciados: o caminho daconfessionalidade, o caminho dainterconfessionalidade e o caminho dareligiosidade.
  • Com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN),pela primeira vez pessoas de várias tradiçõesreligiosas, enquanto educadores, conseguiram juntasencontrar o que há de comum numa propostaeducacional que tem como objeto o Transcendente.Como os PCN do Ensino Religioso compreendem asistematização do fenômeno religioso a partir dasraízes das Tradições Religiosas (orientais, ocidentais,africanas e indígenas), há necessidade de umprofissional de educação sensível à pluralidade econsciente da complexidade sociocultural da questãoreligiosa.Um educador que garanta a liberdade do educando,sem proselitismo e/ou catequização.
  • ENSINO RELIGIOSO
  • MODELOS DE ENSINO RELIGIOSOMODELOS CATEQUÉTICO TEOLÓGICO CIÊNCIAS DA RELIGIÃOCOSMOVISÃO Unirreligiosa Plurirreligiosa TransreligiosaCONTEXTO Aliança Igreja- Sociedade Sociedade Estado secularizada globalizadaFONTE Conteúdos Antropologia, Ciências da religião doutrinais teologia do pluralismoMÉTODO Doutrinação Indução TransduçãoAFINIDADE Escola tradicional Escola nova Epistemologia da ComplexidadeOBJETIVO Expansão das Formação religiosa Educação do Igrejas dos cidadãos cidadãoRESPONSABILIDADE Confissões Confissões Comunidade religiosas religiosas científica e do EstadoRISCOS Proselitismo e Catequese Neutralidade intolerância disfarçada científica
  • Os PCN pressupõem elaboração ou revisão doscurrículos escolares e formação do magistério. O CNEentende a necessidade de um professor habilitado enão representante de uma denominação religiosa.Esse posicionamento consubstancia o que reza anova redação do Artigo 33 da LDB 9394/96.O formador de Ensino Religioso vive em contexto queexige constante busca de conhecimento; reverênciapela alteridade; consideração de que família ecomunidade são espaço para vivência religiosa e paraopção de fé; colocação do seu conhecimento eexperiência a serviço da liberdade do educando,subsidiando-o no entendimento do fenômenoreligioso.
  • Exige-se que o profissional do Ensino Religioso:• Compreenda o fenômeno religioso, contextualizando-o espacial e temporalmente;• Conheça a sistematização do fenômeno religioso pelas Tradições Religiosas e suas teologias; faça a exegese dos Textos Sagrados orais e escritos das diferentes matrizes religiosas;• Analise o papel das Tradições Religiosas na estruturação e manutenção das diferentes culturas e manifestações socioculturais;• Relacione o sentido da atitude moral, como consequência do fenômeno religioso sistematizado pelas Tradições Religiosas e como expressão da consciência e da resposta pessoal e comunitária das pessoas.
  • EPISTEMOLOGIA E CONHECIMENTO
  • O profissional do Ensino Religioso faz sua síntese dofenômeno religioso a partir da experiência pessoal,mas necessita, continuamente, apropriar-se dasistematização das outras experiências que permeiama diversidade cultural. O objeto do Ensino Religioso é,portanto, a investigação do fenômeno religioso e asimplicações na/da ação humana.Epistemologicamente o Ensino Religioso ocupa-se doconhecimento religioso, situado num espaço paraalém das instituições religiosas. O espaço onde sesitua o conhecimento religioso é “o humano”. Seufundamento é antropológico. O enfoque é o serhumano, em busca da Transcendência.
  • Ultrapassa, então, o conhecimento comum aoscrentes, que têm um conhecimento “dado” eaceito pelo ato de fé. O conhecimento religioso éuma construção, fruto do esforço humano. Emrazão disto, o conhecimento religioso precisa serepistemologicamente enfocado nas dimensõesantropológica, sociológica, psicológica eteológica.Trata-se de fazer história comparada dastradições religiosas e hermenêutica de umaexperiência – o fenômeno religioso – que semanifesta entre e para além dessas tradições.
  • Como na sociedade democrática todos necessitam daEscola para ter acesso à parcela de conhecimentohistórico acumulado pela humanidade, através dosconteúdos escolares, o conhecimento religioso enquantopatrimônio da humanidade necessita estar à disposição naEscola. E preciso, portanto, prover os educandos deoportunidades de se tomarem capazes de entender osmomentos específicos das diversas culturas, cujosubstrato religioso colabora no aprofundamento para aautêntica cidadania.Essa responsabilidade atribuída à Escola comoconsequência do projeto educativo, comprometido com ademocratização social e cultural, coloca o EnsinoReligioso na função de garantir que todos os educandostenham a possibilidade de estabelecer diálogo.
  • CIÊNCIAS DA RELIGIÃO
  • Com tais fundamentos, o Ensino Religioso articula conteúdos em torno dos seguintes eixos:CULTURAS E TRADIÇÕES RELIGIOSASFilosofia da tradição religiosa: a ideia do transcendente, na visão tradicional e atual;História e tradição religiosa: a evolução da estrutura religiosa nas organizações humanas no decorrer dos tempos;Sociologia e tradição religiosa: a função política das ideologias religiosas;Psicologia e tradição religiosa: as determinações da tradição religiosa na construção mental do inconsciente pessoal e coletivo.
  • ESCRITURAS SAGRADASRevelação: A autoridade do discurso religioso fundamentada na experiência mística, como verdade do transcendente;História das narrativas sagradas: o conhecimento dos acontecimentos religiosos que originam os mitos;Contexto cultural: a descrição do contexto sócio-político- religioso determinante na redação final dos textos sagrados;Exegese: hermenêutica atualizadas dos textos sagrados.TEOLOGIASDivindades: a descrição das representações do transcendente nas tradições religiosas;Verdades de fé: o conjunto dos mitos, crenças e doutrinas que orientam a vida do fiel em cada tradição religiosa;Vida além da morte: as possíveis respostas norteadoras do sentido da vida: a ressurreição, a reencarnação, a ancestralidade e o nada.
  • RITOSRituais: descrição de práticas religiosas significantes, elaboradas pelos diferentes grupos religiosos;Símbolos: a identificação dos símbolos mais importantes de cada tradição religiosa, comparando seu(s) significado(s);Espiritualidades: o estudo dos métodos utilizados pelas diferentes tradições religiosas no relacionamento com o transcendente, consigo mesmo, com os outros e o mundo.ETHOSAlteridade: as orientações para o relacionamento com o outro, permeado por valores;Valores: o conhecimento do conjunto de normas de cada Tradição Religiosa apresentado para os fiéis no contexto da respectiva cultura;Limites: a fundamentação dos limites éticos propostos pelas várias tradições religiosas.
  • Quem desenvolve tais conteúdos são asCiências da Religião. Sobre a base da históriageral das religiões elas erguem um estudocomparativo, que aborda as religiões comquestionamentos sistemáticos ehermenêuticos, donde transparecem linhasfundamentais e transversais.O campo de conhecimento das Ciências daReligião organiza-se com uma epistemologiadas controvérsias em torno do Sagrado, comaproximações interdisciplinares,fenomenológicas e hermenêuticas.
  • Campo epistemológico das Ciências da Religião: Antropologia Lévi-Strauss - Geertz Psicologia SociologiaJung - Vergote Durkheim - Berger História-geografia comparadas Fenomenologia (Sagrado) Eliade--- Hermenêutica Filosofia TeologiaHegel - Ricoeur Smith, Wilfred - Geffré Linguística Muller - Dumézil
  • contato: gilbraz@unicap.br