Your SlideShare is downloading. ×
Gramática na escola
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Gramática na escola

468

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
468
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Profº Ms. Valdriano Ferreira do Nascimento
  • 2. ● Surgimento:- século XVII- Comênio – Didática Magna- Objeto de Estudo - ensino ● Fases Iniciais:- Naturalista-essencialista – até o princípio do século XIX - Ensino à luz das leis da natureza - Ênfase – conteúdos culturais a serem dominados pelos homens- Psicológica – início do século até 1879 - Ensino – instrução - Conteúdo – métodos e procedimentos de ensino - Desenvolvimento harmônico do aluno- Experimental – 1879 até meados do século XX - Caráter técnico e científico - Substituição dos métodos verbais por métodos ativos de ensino - Procedimentos técnico-metodológico com inspiração escolanovista
  • 3. 1 – Construção na perspectiva do liberalismo (1950 – 1970) - Conjunto de procedimentos e técnicas de ensino; - Defesa da neutralidade científica; - Planejamento, execução e avaliação; - Ensinar a aplicar regras e técnicas; - Não preocupação com os objetivos políticos; - Influências – Piagetiana e Skinneriana
  • 4. 2 – CRÍTICAS – NEGAÇÃO DO MOMENTO ANTERIOR (1970 – 1980) - À não cientificidade; - Às visões parciais na abordagem do ensino pela didática, que enfatizam sua dimensão ora humana, ora técnica, ora político-social; - Ao caráter ideológico da didática e à funcionalidade em relação ao papel do ensino e da escola ligado a reprodução das relações sociais e de produção.
  • 5. - Didática crítico-social dos conteúdos;- Didática como prática social;- Transformação social;- Relação teoria e prática;- Emancipação das classes menos favorecidas;- visão global;- Papel da didática na formação do educador crítico-reflexivo.
  • 6. A didática, como área da pedagogia, estuda ofenômeno ensino. As recentes modificaçõesnos sistemas escolares, e especialmente naárea de formação de professores, configuramuma “explosão didática”. Sua ressignificaçãoaponta para um balanço do ensino comoprática social, das pesquisas e dastransformações que têm provocado naprática social de ensinar. Em que medida osresultados das pesquisas têm propiciado aconstrução de novos saberes e engendradonovas práticas, superadoras das situações dasdesigualdades sociais, culturais e humanasproduzidas pelo ensino e pela escola?(PIMENTA, 2011)

×