Formatação do trabalho científico

57,203 views
56,889 views

Published on

3 Comments
7 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
57,203
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
17
Actions
Shares
0
Downloads
576
Comments
3
Likes
7
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Formatação do trabalho científico

  1. 1. NORMAS TÉCNICAS PARA O TRABALHO CIENTÍFICO‘
  2. 2. ASPECTOS FÍSICOS FOLHAS Papel Ofício Formato A4 ( 21cm x 29,7cm)
  3. 3. DIGITAÇÃO Cor da letra: preta Tipo de letra (recomendação) Arial ou Times New Roman Tamanho: 12 para o texto 10 para as citações e notas
  4. 4. MARGENS E ESPAÇOS Para todos os tipos de Trabalho Científico 3cm 3cm SUPERIOR 3cm INFERIOR 2cm ESQUERDA 3cm 2cm DIREITA 2cm 2cm
  5. 5. Trabalho CientíficoPARTE INTRODUÇÃOS DESENVOLVIMENT O CONCLUSÃODESENVOLVIMENTO CAPÍTULO S
  6. 6. TÍTULOS das PARTES SUMÁRIO RESUMO Centralizados INTRODUÇÃO a 8cm ( desenvolvimento) da borda superior CONCLUSÃO REFERÊNCIAS
  7. 7. TÍTULOS DOS CAPÍTULOS Distantes 3cm da borda superior; Alinhados à esquerda; Separados do numeral por apenas um espaço; Separados do texto por uma linha em branco*. As subseções ficam alinhadas à margem esquerda, separadas do texto que as precede e que as sucede por uma linha em branco.
  8. 8. ESPACEJAMENTO Em TODO O TEXTO (entre as linhas do espaço 1,5 texto e entre parágrafos) Entre as linhas de citações longas, notas, referências, espaço resumo, obras consultadas simple ou rodapé s
  9. 9. INÍCIO DE PARÁGRAFOS  Parágrafo 1,5cm  Citações longas 4cm
  10. 10. EXEMPLO DE UMA PÁGINA 3cm da borda superior Número da páginaTítulo alinhado à margem Linha em branco Espaço 1,5 Parágrafo – 1,5 cm 2cm de margem 3cm de margem Linha em branco Citação sem Espaço simples aspas Letra tamanho 10 Linha em branco 4cm de margem 2cm
  11. 11. PAGINAÇÃO Número da página: CANTO SUPERIOR DIREITO a 2cm das bordas; Algarismos arábicos; Inicia-se a contagem na Folha de Rosto, mas os algarismos somente aparecem a partir da Introdução – as anteriores são contadas mas não numeradas.
  12. 12. Números das páginas Canto superior direito, 2cm das bordas superior e direita
  13. 13. ESTRUTURA DO TRABALHO  Elementos pré-textuais Capa (obrigatório); Folha de Rosto (obrigatório); Dedicatória (opcional); Agradecimentos (opcional); Epígrafe (opcional); Sumário (obrigatório); Listas (opcional).
  14. 14. ESTRUTURA DO TRABALHO  Elementos textuais INTRODUÇÃO DESENVOLVIMENTO CONCLUSÃO
  15. 15. ESTRUTURA DO TRABALHO  Elementos pós-textuais Referências (obrigatório); Apêndices (opcional); Anexos (opcional).
  16. 16. CAPA Nome da Instituição; Nome do autor; Título do Trabalho; Local; Ano.
  17. 17. EXEMPLO DE CAPA 3cm UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS MARIA DO CARMO BARROS BERNARDES 5cm11cm A PRÁTICA PEDAGÓGICA DE PROFESSORAS ALFABETIZADORAS25,5cm26,5cm Manaus 2007
  18. 18. FOLHA DE ROSTO Nome do Autor; Título do Trabalho; Natureza e Objetivo do Trabalho, instituição a que é apresentado, área de Concentração; Nome do Orientador; Local; Ano.
  19. 19. Exemplo de Folha de Rosto 5cm MARIA DOCARMO BARROS BERNARDES 11cm A PRÀTICA PEDAGÒGICA DE PROFESSORAS ALFABETIZADORAS 17cm Dissertação apresentada para obtenção do título de Mestre em Educação na Universidade Federal do Amazonas-Faculdade de Educação. 22,5cm Orientadora: Profa. Dra. Antonia Silva Lima. 25,5cm Manaus 2007 26,5cm
  20. 20. DEDICATÓRIA AGRADECIMENTOS EPÍGRAFE Opcionais; Feitos ao gosto do autor; Localizados no canto inferior direito.
  21. 21. Exemplo de epígrafe “Quem ensina aprende ao ensinar e quem aprende ensina ao aprender” Paulo Freire
  22. 22. SEÇÕES Seções primárias = capítulos 1, 2, 3, ... Seções secundárias = subdivisões dos capítulos 1.1, 1.2, 1.3 ... Seções terciárias = subdivisão das secundárias 1.1.1, 1.1.2, 1.1.3, ... 1.1.1.1, 1.1.1.2, 1.1.1.3 ... 1.1.1.1.1, 1.1.1.1.2, 1.1.1.1.3 ...
  23. 23. INDICATIVOS DAS SEÇÕES No corpo do texto, e no sumário (até a seção terciária) Maiúsculo negrito 1 HISTÓRIA DO CINEMA 1.1 O CINEMA EUROPEUMinúsculo 1.1.1 O Cinema Italiano negrito 1.1.1.1 Bangue-banguesMinúsculo 1.1.1.2 MelodramasNão negrito 1.2 O CINEMA AMERICANO
  24. 24. SUMÁRIO Apenas seções primárias, secundárias e terciárias; Indicativo numérico, título e paginação; Espacejamento simples Entre títulos, espacejamento duplo; Não deve haver reentrada; Seções grafadas como no corpo do texto.
  25. 25. Exemplo de Sumário Centralizado 8cm SUMÁRIO INTRODUÇÃO ..................................................... 12 1 ENTENDENDO O FRANCHISING ...................... 14 Espaço simples 1.1 FRANCHISING NO BRASIL ............................ 16 1.2 CONCEITUANDO FRANCHISING ................... 18 1.2.1 Sistema Americano .................................... 19 1.2.2 Sistema Inglês ............................................ 22 1.3 VANTAGENS E DESVANTAGENS .................... 25 Espaço duplo 2 FRANCHISING NO BRASIL .............................. 28 2.1 INÍCIO NO BRASIL ........................................ 32 2.2 CRESCIMENTO ............................................... 35 3 CAPITAL E SEGURANÇA ................................... 39 CONCLUSÃO ......................................................... 45Não numeradas OBRAS CONSULTADAS ........................................ 48 ANEXOS ................................................................ 50
  26. 26. ALÍNEAS As alíneas, para serem consideradas corretas pelas Normas,obedecem às seguintes regras: a) o texto anterior termina com dois pontos; b) são reentradas como se fossem um novo parágrafo; c) começam com letra minúscula e terminam com ponto-e- -vírgula; d) segunda linha começa sob a primeira letra do texto da própria alínea.
  27. 27. CITAÇÕESINDIRETAS Apresenta-se o pensamento do autor diluído no texto, usando nossas próprias palavras.DIRETAS Transcrevem-se exatamente as palavras do autor: Breves - até três linhas Longas - mais de três linhas
  28. 28. CITAÇÕES (a) INDIRETAS - (livre – paráfrase) Apresenta-se o pensamento do autor diluído no texto; Nome do autor: - em letras minúsculas no corpo do texto, - em letras maiúsculas dentro dos parênteses; Ano da publicação;
  29. 29. Citação Indireta Depois de analisar a situação, Nóvoa (1993) chegou a afirmar queo brasileiro ainda não está capacitado para escolher seusgovernantes por causa de sua precária vocação política e daabsoluta falta de escolaridade, já que o homem do povo, o zé--povinho, geralmente não sabe sequer em quem votou nas últimaseleições, não sabe sequer quem são seus governantes, não sabersequer quem determina seu próprio meio de sobreviver. Depois de analisar a situação, chegou-se a afirmar que obrasileiro ainda não está capacitado para escolher seusgovernantes por causa de sua precária vocação política e daabsoluta falta de escolaridade, já que o homem do povo, o zé-povinho, geralmente não sabe sequer em quem votou nas últimaseleições, não sabe sequer quem são seus governantes, não sabersequer quem determina seu próprio meio de sobreviver (NÓVOA,1993).
  30. 30. CITAÇÕES (b)DIRETASTranscrevem-se exatamente as palavras do autor. BREVES até três linhas: Integram o texto; Letra = mesmo tamanho do texto; Entre aspas; Indicação da(s) página(s).
  31. 31. Citação Direta Breve Vimos que, para nosso esclarecimento, precisamos seguir os preceitos encontrados, já que Guimarães estabelece: "A valorização da palavra pela palavra encarna o objetivo precípuo do texto literário" (1985, p.32) e, se isso não ficar bem esclarecido, nosso trabalho será seriamente prejudicado. Vimos que, para nosso esclarecimento, precisamos seguir os preceitosencontrados, já que ficou estabelecido que "a valorização da palavra pela palavraencarna o objetivo precípuo do texto literário" (GUIMARÃES, 1985, p.32) e, seisso não ficar bem esclarecido, nosso trabalho será seriamente prejudicado.
  32. 32. CITAÇÕES (c) LONGAS mais de três linhas. Reentrada de 4cm; Fonte tamanho 10; Sem aspas; Espaço simples na citação; Espaço duplo entre o texto anterior e o posterior.
  33. 33. Citação Longa Há uma certa dificuldade quanto aoreconhecimento de O, A, OS, AS como pronomesdemonstrativos, mas essa dúvida é muito bem dirimidapor Fernandes: Os pronomes O, A, OS e AS passam a ser pronomes demonstrativos sempre que numa frase puderem ser substituídos, sem alterar a estrutura dessa frase, respectivamente, por ISTO, ISSO, AQUILO, AQUELE, AQUELES, AQUELA, AQUELAS(1994, p.19).
  34. 34. CITAÇÃO de CITAÇÃO  Sobrenome do autor da citação;  apud ;  Sobrenome do autor da obra consultada;  Ano;  Página(s). (COSTA apud FERREIRA, 2004, p.123). Costa apud Ferreira (2004, p. 123). Costa (apud FERREIRA, 2004, p.123).Citação de citação de citação : Comofazer?
  35. 35. Sistemas de chamada da Alfabético citação “As redações deste ano estão num nível bem melhor” (MARTINS, 2006. p. 123). De acordo com Martins, “as redações deste ano estão num nível bem melhor” (2006, p. 123). Numérico “As redações deste ano estão num nível bem melhor”. 8 8 MARTINS, 2006. p.123.
  36. 36. RODAPÉ Separadas do texto por um filete de 3cm; Tipos: Notas de referência; Notas explicativas; Notas mistas. Chamada: sobrescrito³, parênteses (3). Expressões auxiliares: apud, idem, ibidem, opus citatum...
  37. 37. ILUSTRAÇÕES Tipos: tabelas; figuras. Podem figurar no corpo do trabalho ou no final como anexos; No corpo do trabalho devem ficar o mais próximo possível de sua referência;
  38. 38. TABELAS Numeradas consecutivamente com algarismos arábicos: Tabela 1, Tabela 2, Tabela 3; Pode ser colocada longitudinalmente; Se ultrapassar a página = título + cont. Aberta nos lados.
  39. 39. coluna indicadora Exemplo de Tabela Tabela 8 Distribuição dos ocupados por setor de atividade econômica nalegenda Grande São Paulo em 1996/97 Índices do nível de ocupaçãocabeçalho Períodos Setor de atividade econômica total Indústria Comércio Serviços(1 Outros(2) ) jan./dez./02 33,0 14,8 41,3 10,9 100corpo jan.dez./03 31,2 16,0 42,5 10,3 100 jan./dez./04 32,4 17,3 39,3 11,0 100 jan./dez./05 30,9 18,4 38,1 12,6 100 Fonte: Serpro/SP rodapé (1) Excluídos os empregados domésticos; (2) Englobam construção civil, serviços, etc.
  40. 40. FIGURAS Quaisquer outros: quadros, mapas, desenhos, lâminas, organogramas, esquemas, gráficos, fotos ... Figura 1, Figura 2, Figura 3 ... Se forem todas do mesmo tipo, pode-se nomear: Quadro 1, Quadro 2, Quadro 3 ... Mapa 1, Mapa 2, Mapa 3 ... Foto 1, Foto 2, Foto 3 ...
  41. 41. ANEXOS Material não elaborado pelo autor; Identificação: Anexo A, Anexo B, Anexo C ... APÊNDICES Material elaborado pelo autor; Identificação: Apêndice A, Apêndice B, Apêndice C ...
  42. 42. REFERÊNCIASa) especifica os elementos a serem incluídos em referências;b) fixa a ordem dos elementos das referências;c) estabelece convenções para transcrição e apresentação da fonte consultada.
  43. 43. As Referências podem ser localizadas: a) no rodapé; b) no final de capítulos; c) em lista de Referências, no final do Trabalho. Diferença REFERÊNCIAS X OBRAS CONSULTADAS ?????
  44. 44. Elementos essenciais Autor(es); Título , subtítulo (se houver); Edição (a partir da segunda); Imprenta (local, editora , ano).
  45. 45. Um só autor:SOBRENOME, Prenome. TÍTULO DA OBRA . Local: editora, ano.CARDINALE, Elpídio. OS SONHOS MARAVILHOSOS DAS CRIANÇAS. 6.ed.Pouso Alegre: Imagem, 2004.Dois autores:SOBRENOME, Prenome; SOBRENOME, Prenome. TÍTULO DA OBRA . Local: editora,ano.SANTOS, Lucas; CÂMARA, Ricardo. A FLORESTA NEGRA. Campinas: Polux,2003.Três autores:SOBRENOME, Prenome; SOBRENOME, Prenome; SOBRENOME, Prenome. TÍTULODA OBRA . Local: editora, ano.SARTOR, Lúcia; BENTO, Márcio; CARDOSO, Gilberto. GNOMOS E ODESTINO. Caxias: Ideal, 2005.Mais de três autores:SOBRENOME, Prenome do primeiro. et al. TÍTULO DA OBRA . Local: editora, ano.EICHENBERG, Marília. et al. COMO MANTER A FAMÍLIA UNIDA. PortoAlegre: Global, 2005.
  46. 46. Capítulo ou parte de obra: - sem indicação do autor:SOBRENOME, Prenome do autor da obra. TÍTULO. Local: editora, ano.Localização da parte referenciada: volume, tomo, parte, capítulo...SOARES, Fernandes; BURLAMAQUI, Carlos K. PESQUISASBRASILEIRAS, 1. e 2. graus. 4.ed. São Paulo: Formar, 1992. p.201-11. cap. VII. v. 3. - com indicação do autor:SOBRENOME, Prenome do autor da parte. Título da parte. In:SOBRENOME, Prenome do autor da obra. TÍTULO DA OBRA. Local:editora, ano.TRAN, Valdemar. A Comida Chinesa. In: CHAVES, Válter. AGastronomia Mundial. 3.ed. Rio de Janeiro: Codecal, 2004. - autor do capítulo é o mesmo da obra:SOBRENOME, Prenome do autor. Título da parte. In: traço de seis toques.TÍTULO DA OBRA. Local: editora, ano.NETO, Antonio Gil. Gramática: apoio ou opressão. In: _____. A PRODUÇÃODE TEXTOS NA ESCOLA . São Paulo: Loyola, 1998.
  47. 47. Artigo de revista:- sem autoria explicitada:Título do artigo. TÍTULO DA REVISTA , Local, volume, número, páginainicial e página final, data.CABELOS por um fio. CRIATIVA , São Paulo, v.IX, p.59-60, jul.1999. - com autoria explicitada:SOBRENOME, Prenome. Título do artigo. TÍTULO DA REVISTA , Local,volume, número, página inicial e página final, data.FERREIRA, Jeferson. As Abelhas como Elementos de Ligação. SAÚDE EVIDA , Belo Horizonte, v. 24, n. 1334, p. 23-4, jan.-fev. 1998.
  48. 48. Artigo de jornal:- sem autoria expressa:Título do artigo. NOME DO JORNAL , Local, data.TAIM será reserva modelo no país. ZERO HORA, Porto Alegre, 27mar. 1993.- com autoria expressa:SOBRENOME, Prenome. Título do artigo. NOME DO JORNAL , Local,data.NAVES, Paulo. Lagoas andinas dão banho de beleza. FOLHA DESÃO PAULO. São Paulo, 28 jun. 1999. Folha Turismo. Caderno 8.Enciclopédia:SOBRENOME, Prenome do autor do verbete (se houver). Título do verbete.In: NOME DA ENCICLOPÉDIA . Local: editora, ano. Página inicial epágina final.MONTEIRO, Abigail. Os Seres Vivos. In: MUNDO NOVO. SãoPaulo: Ritter, 1975. v. 4, 123-35.
  49. 49. Referências - Internet AS MESMAS INFORMAÇÕES DAS OBRAS CONVENCIONAIS, ACRESCENTANDO: URL completo do documento naInternet entre os sinais: < ... > antecedido da informação: Disponível em : seguido da informação: Acesso em:
  50. 50. DICIONÁRIO da Língua Portuguesa . Lisboa: PriberamInformática, 1998. Disponível em: <http://www.priberam.pt/dlDLPO>.Acesso em: 8 mar. 2000.SILVA, I. G. Pena de morte para o nascituro. O Estado de SãoPaulo. São Paulo, 19 set.1998. Disponível em:< http://www.providafamilia.org/pena_morte_nascituro.htm > Acesso em17 jan. 2001.CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFPe, 4., 1996, Recife.Anais eletrônicos. Recife: UFPe, 1996. Disponível em:< http://www.propesq.ufpe.br/anais/anais.htm> Acesso em: 21 jan.1997.
  51. 51. MOURA, Gevilácio Aguiar Coêlho de. Citações e referências adocumentos eletrônicos. Disponível em:<http://www.elogica.com.br/users/gmoura/refere.html> Acessoem:10 fev. 2000.HACHIMU, Ricardo E. Primeiro Acampamento Modelo.Disponível em: < http://www.onix.unic.edu/pub/users/esa> Acessoem: 12 fev. 2001.LIMA, Helena. Receitas deliciosas de Tia Helena .Mensagem pessoal. Mensagem recebida por:<pitágoras@vector.com.br> Acesso em: 16 jan.2001.
  52. 52. OBSERVAÇÕES FINAISa) as referências das Obras Consultadas são indicadas em ordem alfabética, não devendo ser numeradas;b) na indicação das referências deve-se manter a margem esquerda sem reentrada da segunda linha em diante;
  53. 53. Para maiores detalhes e explicações, consulte olivro: NORMAS TÉCNICAS PARA O TRABALHO CIENTÍFICO Prof. Pedro Augusto Furasté Em sua 14ª Contato direto com o autor: edição pedro@furaste.com.br 2006

×