Viabilidade economica de projetos agrossilvipastoris montes claros 2010
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Viabilidade economica de projetos agrossilvipastoris montes claros 2010

on

  • 3,915 views

 

Statistics

Views

Total Views
3,915
Views on SlideShare
2,622
Embed Views
1,293

Actions

Likes
1
Downloads
120
Comments
0

2 Embeds 1,293

http://exagro.com.br 1292
http://webcache.googleusercontent.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Viabilidade economica de projetos agrossilvipastoris montes claros 2010 Viabilidade economica de projetos agrossilvipastoris montes claros 2010 Presentation Transcript

    • Viabilidade econômica de projetosagrosilvipastoris Leonardo Siqueira Hudson Exagro - Excelência em Agronegócios 31 9213 7125 leonardohudson@exagro.com.br 1
    • Exagro 31 Consultores com formação e pós graduação em ciências agrárias e administrativas Início das atividades em 1991 www.exagro.com.br
    • Onde Atuamos  Atuação em todas as Regiões do Brasil e no Uruguai  Mais de 300 Clientes Ativos  Banco de Dados com resultados de mais de 600 EMPRESAS cadastradas
    • Introdução -Pastagens degradadas. -Baixa produtividade. -Morte braquiarão- Região Norte
    • Pasto degradado
    • Pasto degradado
    • Morte Braquiarão
    •  Desmatamento?????? Brasil desmatador ou preservador?
    • Biomas brasileiros
    • PARTICIPAÇÃO DA AGROPECUÁRIA E DAS ÁREASDE CONSERVAÇÃO NO TERRITÓRIO BRASILEIRO Especificação Área %Brasil 851.000.000 %Pecuária 170.000.000 20,0%Grãos 47.000.000 5,5%Soja 22.000.000 2,5%Cana de açúcar 7.500.000 0,9%Total de áreas em uso produtivo (agropecuária, 280.500.000 33%Estradas, Cidades)Unidades de Conservação da Biodiversidade 128.000.000 15,71%APP´s + Reserva legal 416.340.000 48,9%Terras Indígenas 120.000.000 12,7%Áreas em superposições 226.387.000 -10,52%Áreas preservadas em lei 67,0%
    •  -Necessidade de recursos e investimentos - revitalização. – Oportunidade de integração de atividades buscando rentabilidade.
    • Conceitos-São sistemas de uso da terra e dos recursos naturais (SAFs- sistemas agroflorestais) que combinam a utilização de espécies florestais , agrícolas, e, ou, criação de animais (corte, leite, eqüinos, ovinos e caprinos), numa mesma área , de maneira simultânea e, ou, escalonada no tempo. 13
    • Grupo Votorantim
    • 15
    • 16
    • 17
    • 18
    • Objetivos: Combinação de atividades (agrícolas, florestais e pecuárias) buscando otimização de recursos e rentabilidade por área de modo sustentável. Preservação ambiental através de práticas adequadas de manejo. Diversificação de atividades com intuito de amenizar riscos de mercado. Aumento de produtividade devido a fatores interligados do sistema (sombra + conforto animal).
    • Pasto recuperado
    • Pasto Recuperado
    • Pasto recuperado pelaAgricultura
    • Potencial do sistema: 1- Conservação de solo e água. (Sanchez, 2001) 2- Melhoria das propriedades químicas e físicas do solo. (Castro et al.,2007) 3- Aumento da atividade microbiana do solo. (Rangel, 2005). 4- Melhoria do valor nutricional da forragem produzida. (Paciullo et al., 2007). 5- Maior retenção de carbono. (Tksukamoto Filho et al., 2004).
    • Potencial do sistema: 6- Conforto térmico para os animais. (Pires et al., 2007). 7- Suplementação alimentar com arbustivas e arbóreas/forrageiras. (Rangel, 2006). 8- Diversificação de produtos comercializáveis e incremento da renda da propriedade. (Vale, 2004) 9- Pagamento por serviços ambientais. (Murgueitio, 2006). 10- Redução das emissões de GEE (gases do efeito estufa).
    • Oportunidades: Venda de créditos de carbono (CER). (empresas e indivíduos) Ferramenta de marketing empresarial (ex: Sabão Ipê, Aracruz celulose). 27
    • Parâmetros de seqüestro de carbono sistema silvipastoril Parâmetros 1 árvore 20 co2/kg/ha/ano333 árvores 6660 co2/kg/ha/ano 11 anos 73260 co2/kg/ha/período ch4 média 1 boi 40 a 70 kg/metano/animal/ano 55 kg/metano/animal/ano co2 25 vezes o metano 1375 kg/co2 equivalente/animal/ano 28
    • Cada hectare de silvipastoril pode neutralizar aemissão dos bovinos sob pastejo e mais 2,95hectares de pastejo convencional com a mesma taxade lotação desde que bem manejado. Potencial de neutralização de GEE de um sistema silvipastoril com 333 árvores por ha com taxa de lotação de 1,2 cabeças por ha num sistema de recria e engorda à pasto. 60000 50000 Kg de Co2 por ha 40000 Saldo Acumulado Silvipastoril 30000 Emissão média pelos bovinos em kg/co2 por ha/ano/ recria e engorda Sequestro em kg/co2 por ha com 333 20000 arvores silvipastoril Saldo kg co2 por ha/ano 10000 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 Idade das árvores do silvipastoril em anos 29
    • Créditos de carbono 30
    • Valorização das ações de empresas segundo oÍndice Dow Jones de Sustentabilidade emcomparação ao índice Dow Jones Geral. 31
    • Fundo ABN ETHICAL 32
    • Potencial do sistema: 11- Evitar desmatamentos ilegais e queimadas. 12- Produção de madeira com conseqüente diminuição pela pressão de desmatamento das florestas e biomas naturais. 13- Buscar alternativas que possibilitem a produção animal em condições climáticas adversas. 14- Perspectivas de aumento da demanda mundial de alimentos, madeira e energia. 15- Diminuição da temperatura média (quebra ventos).
    • Potencial do sistema: 16- Melhoria na condição de preservação da fauna. (corredores ecológicos). 17- Ferramenta de marketing para o produtor (sair do estigma de desmatador para o status de reflorestador). 18- Possível adequação de questões ambientais com relação a áreas de reserva. 19- Custo relativamente baixo de implantação da floresta quando integrado na recuperação de pastos degradados através da integração com a agricultura ou simplesmente na reforma ou recuperação de pastagens degradadas.
    • Eucalipto Paracatu aos51 m de idade 95,76 / 127,16 = 75,3%
    • Projeções segundoProf. Falconi (INDG). 37
    • Eucalipto = bombril 1001 Utilidades.
    • Linhas de Financiamento: BNDES: -BNDES Florestal -BNDES PRODUSA -BNDES PROPFLORA 42
    • 43
    • Compromisso governoCOP 15 em 10 anos. -Recuperação de áreas degradadas= 15 milhões de hectares. -Integração lavoura,pecuária e floresta= 4 milhões de hectares. Plantio direto na palha = 8 milhões de hectares. Plantio de florestas= 3 milhões de hectares. Substituição de fertilizante químico = 5,5 milhões de hectares 44
    • Índice pluviométrico e produtividade doeucalipto 45
    • Normais Climatológicas 1961-1990 BRASIL INMET
    • NORMAIS CLIMATOLÓGICAS 1961-90 - INMET Precipitação anual Evaporação anual
    • Estimativa de Produtividade de Madeira de Eucalipto Limitada pelo Clima, no Brasil Fonte: NuTree 2004
    • 49Fonte: Prof. José Luiz Stape
    • 50Fonte: Prof. José Luiz Stape
    • 51Fonte: Prof. José Luiz Stape
    • O sistema na prática: Dependendo do grau de degradação da área podemos utilizar as seguintes alternativas:
    • O sistema na prática: -Recuperação de pastagens com correção de solo, adubação e veda.
    • O sistema na prática: Neste modelo deveremos implantar a floresta que deverá ficar sem a presença de animais até que as arvores dependendo da espécie atinjam um porte tal que os animais não venham a danificar as mesmas. No caso do eucalipto temos colocado animais na área com aproximadamente 12 meses de plantio dependendo do índice pluviométrico da região, do desenvolvimento da floresta e do tipo de animal (bovino ou caprino e ovino). Neste caso como já era necessário o investimento para recuperação da área os custos de implantação da floresta serão exclusivamente os inerentes à sua implantação - Custo marginal- (controle de formigas, subsolagem, fosfatagem, plantio, adubação e tratos culturais). Existem varias modalidades de composição de espaçamentos já determinados pela pesquisa que vão determinar tanto o custo como a produtividade do sistema.
    • 22/11/2007
    • Cedro AustralianoFaz. Morada Nova Inhaúma- MG
    • 05/07 09/07 Faz. Córrego d`ouro – Papagaios – MG. Prop. Israel Capanema 04/09 04/08
    • Fazenda Aroeira – Candiota RS – segundo ano
    • O sistema na prática: -Recuperação de pastagens na integração com a agricultura.
    • O sistema na prática: Neste modelo pode-se recuperar a área com plantios seqüenciais de arroz, soja e implantação da forrageira. A implantação da floresta ocorrerá no primeiro ano e após a implantação da forrageira as árvores já tem porte suficiente para receber os animais. Pode-se também dependendo da necessidade de cada projeto e da fertilidade de solo fazer apenas um plantio de milho, por exemplo, com a implantação da forrageira na adubação de cobertura do milho. Assim a área ficará apenas 12 meses sem a entrada de animais. Buscamos com esta metodologia que a receita de produtos agrícolas possa pagar a recuperação total ou parcial da reforma da pastagem.
    • Viveiro de mudas clonais
    • Pasto degradado
    • Morte Braquiarão
    • Implantação da Floresta
    • Implantação Floresta
    • Implantação da Floresta
    • O sistema na prática:
    • Silagem Pré-secada
    • 97
    • 98
    • 99
    • 101
    • 102
    • 103
    • 104
    • Análise Comparativa deSistemas Silviculturais
    • ANÁLISE COMPARATIVA DE SISTEMAS DE SILVICULTURACARVÃO OU LENHA (C ou L) CVALOR CARVÃO mdc R$ 90,00VALOR LENHA estereo R$ -VALOR @ BOI R$ 80,00ÁREA FIXA ha 100 29,9%EUCALIPTOespaçamento 10x3 10x2 3x3 Nº plantas 333 500 1111custo plantio R$ 122.470,26 R$ 149.902,66 R$ 228.783,85custo manutenção R$ 44.137,04 R$ 56,8% 48.416,79 R$ 64.109,20custo total R$ 166.607,29 R$ 198.319,45 75% R$ 292.893,06Produção carvão(mdc/ha) 125,5 127,6 166,7Prod. Lenha (estereo/ha) 225,9 229,6 300,0receita total R$ 643.872,29 R$ 654.495,91 R$ 855.000,00saldo R$ 477.264,99 R$ 456.176,46 R$ 562.106,94 84,9%
    • ANÁLISE COMPARATIVA DE SISTEMAS DE SILVICULTURAÁREA FIXA ha 100EUCALIPTOespaçamento 10x3 10x2 3x3 Nº plantas 333 500 1111custo total R$ 166.607,29 R$ 198.319,45 R$ 292.893,06receita total R$ 643.872,29 R$ 654.495,91 R$ 855.000,00saldo R$ 477.265,00 R$ 456.176,46 R$ 562.106,94GADOprodução @ líquida/cab 2 2 0No. Cabeças total 135 118 0 102 %suporte UA/ha 0,71 0,62 0lucro da pecuária R$ 97.200,00 R$ 79.734,38resultado R$ 574.465,00 R$ 535.910,84 R$ 562.106,94
    • ANÁLISE COMPARATIVA DE SISTEMAS DE SILVICULTURAINVESTIMENTO FIXO R$ 292.893,06EUCALIPTOÁrea (ha) 175,8 149,7 100espaçamento 10x3 10x2 3x3Nº plantas 333 500 1111custo plantio R$ 233.959,07 R$ 224.371,78 R$ 228.783,85custo manutenção R$ 71.542,29 R$ 68.521,28 R$ 64.109,20custo total R$ 305.501,36 R$ 292.893,06 R$ 292.893,06Produção (mdc/ha) 125,5 127,6 166,7receita total R$ 1.131.927,48 R$ 979.919,21 R$ 855.000,00saldo R$ 826.426,12 R$ 687.026,15 R$ 562.106,94 147 %
    • ANÁLISE COMPARATIVA DE SISTEMAS DE SILVICULTURAINVESTIMENTO FIXO R$ 292.893,06EUCALIPTOÁrea (ha) 175,8 149,7 100espaçamento 10x3 10x2 3x3Nº plantas 333 500 1111custo total R$ 305.501,36 R$ 292.893,06 R$ 292.893,06receita total R$ 1.131.927,48 R$ 979.919,21 R$ 855.000,00saldo R$ 826.426,12 R$ 687.026,15 R$ 562.106,94GADOprodução @ líquida/cab 2 2 0No. Cabeças total 255 177 0suporte UA/ha 0,71 0,62 0 176 %lucro da pecuária R$ 160.197,75 R$ 119.379,27resultado R$ 986.623,87 R$ 806.405,42 R$ 562.106,94TIR 31,2% 28,0% 21%VPL R$ 384.071,82 R$ 292.430,74 R$ 150.332,93
    •  Avaliação de um sistema de recria e engorda de bovinos e a integração com a silvicultura nas áreas de reforma de pastagens. 110
    • Parâmetros utilizados no sistema derecria e engorda:-Área de pasto:4124 ha-Reforma de 1450 ha em quatro anos.-Ágio de 10% na reposição.
    • Potencial do sistema com recria e engorda R$ 600,00 R$ 539,03 R$ 500,00 R$ 400,00Margem Liquida da Pecuaria por ha ano R$ 300,00 R$ 200,00 R$ 147,03 R$ 147,03 R$ 147,03 R$ 147,03 R$ 147,03 R$ 147,03 R$ 63,04 R$ 72,00 R$ 79,22 R$ 100,00 R$ 0,00 Anos -R$ 100,00 -R$ 200,00 -R$ 197,51 Evolução em anos
    • Fluxo de caixa acumulado da recria e engorda R$ 7.000.000,00 R$ 6.067.224,59 R$ 6.000.000,00 R$ 5.000.000,00 R$ 3.844.250,02 R$ 4.000.000,00 R$ 3.237.883,45Valores R$ 3.000.000,00 R$ 2.631.516,89 R$ 2.025.150,32 R$ 2.000.000,00 R$ 1.418.783,75 R$ 1.000.000,00 R$ 812.417,19 -R$ 336.971,61 R$ 206.050,62 R$ 0,00 -R$ 92.110,33 1 -R$ 528.533,20 -R$ 1.000.000,00 Evolução em anos
    • Resultado do sistema de recria e engorda:
    • Parâmetros utilizados na integração com o silvipastoril:-Área de pasto:4124 ha-Reforma de 1450 ha em quatro anos com implantaçãode 333 arvores de eucalipto por ha.-Custo de implantação do silvipastoril de R$1100,00 porha.-Ágio de 10% na reposição.
    • Potencial do sistema com recria e engorda na integração do sistema silvipastoril R$ 1.400,00 R$ 1.233,88 R$ 1.200,00 R$ 1.000,00 R$ 841,88 R$ 841,88 R$ 841,88Margem Liquida do Silvipastoril por ha ano R$ 800,00 R$ 600,00 R$ 400,00 R$ 131,21 R$ 111,87 R$ 121,54 R$ 200,00 R$ 0,00 Anos -R$ 60,92 -R$ 200,00 -R$ 78,29 -R$ 86,68 -R$ 400,00 -R$ 346,52 Evolução em anos
    • Fluxo de caixa acumulado da integração da pecuária com o silvipastoril R$ 16.000.000,00 R$ 15.321.849,59 R$ 14.000.000,00 R$ 12.000.000,00 R$ 10.233.312,52 R$ 10.000.000,00 R$ 8.000.000,00Valores R$ 6.761.383,45 R$ 6.000.000,00 R$ 4.000.000,00 R$ 3.289.454,39 R$ 2.000.000,00 -R$ 1.190.659,11 -R$ 723.591,25 -R$ 1.686.199,38 R$ 0,00 -R$ 182.474,68 -R$ 927.283,20 -R$ 2.000.000,00 -R$ 1.456.922,83 -R$ 1.224.832,81 Evolução anual do fluxo de caixa acumulado
    • Resultado da integração como sistema silvipastoril: Diferença = R$4.334.429,00
    • Plano de NegóciosGrupo Mogiguaçu 2010-2027 Leonardo Siqueira Hudson Exagro - Excelência em Agronegócios 31 9213 7125 leonardohudson@exagro.com.br 119
    • Fluxo de caixa:
    • Fluxo de Caixa do Projeto - Implantação do Projeto com financiamento bancário35.000.00030.000.00025.000.00020.000.00015.000.00010.000.000 5.000.000 R$ 0 (5.000.000)(10.000.000)(15.000.000) 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 2021 2022 2023 2024 2025 2026 2027
    • Fluxo de caixa:
    • Fluxo de Caixa do Projeto - Implantação com Capital Próprio 35.000.000 30.000.000 25.000.000 20.000.000 15.000.000 10.000.000 5.000.000 R$ 0 (5.000.000)(10.000.000)(15.000.000)(20.000.000) 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 2021 2022 2023 2024 2025 2026 2027
    • Fluxo de caixa:
    • Fluxo de Caixa do Projeto - Compra da Fazenda no estado atual80.000.00060.000.00040.000.00020.000.000 0 R$(20.000.000)(40.000.000)(60.000.000) 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 2021 2022 2023 2024 2025 2026 2027
    • MUITO OBRIGADO ! Deus sempre perdoa... O homem às vezes... A natureza nunca... (autor desconhecido) Leonardo Siqueira HudsonExagro-Excelêcia em Agronegócios 31 9213 7125 130 leonardohudson@exagro.com.br