Resenha do Livro Esquadrao Pitaluga
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Resenha do Livro Esquadrao Pitaluga

on

  • 697 views

Agradecemos ao Prof Dennison de Oliveira pela brilhante resenha do livro "Esquadrão Pitaluga", cujo manuscrito está previsto para final de Agosto de 2013.

Agradecemos ao Prof Dennison de Oliveira pela brilhante resenha do livro "Esquadrão Pitaluga", cujo manuscrito está previsto para final de Agosto de 2013.

Statistics

Views

Total Views
697
Views on SlideShare
318
Embed Views
379

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

4 Embeds 379

http://esquadraopitaluga.blogspot.com.br 372
http://esquadraopitaluga.blogspot.com 5
http://131.253.14.98 1
http://esquadraopitaluga.blogspot.pt 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Resenha do Livro Esquadrao Pitaluga Resenha do Livro Esquadrao Pitaluga Document Transcript

  • Esquadrão PitalugaHistória do Esquadrão de Reconhecimento da Força ExpedicionáriaBrasileira na Segunda Guerra MundialDennison de Oliveira – UFPR/IMM-ECEMEEste livro se propõem a descrever e apresentar, de forma sucinta eacessível ao leitor não iniciado no assunto, a História do Esquadrão deReconhecimento da Força Expedicionária Brasileira na Segunda GuerraMundial (1939-45). Como era usual, essa unidade militar se tornou conhecida apartir do nome do seu comandante mais importante, capitão Plinio Pitaluga.Essa é a história doEsquadrão Pitaluga.O Esquadrão Pitaluga (doravante EP) foi a única unidade dereconhecimento mecanizado da Arma de Cavalaria do Exército Brasileiro aatuar em combate na Segunda Guerra Mundial. Seu tempo de serviço emcombate na linha de frente como parte da Força Expedicionária Brasileira(FEB) na Campanha da Itália (1944-45) foi ocupado tanto por missõesexercidas a pé (ou “desmontados” no jargão dos cavalarianos) quantoempregando seus veículos (“montados”).A considerável experiência acumulada por essa unidadetanto emfunções de infantes quanto de cavalarianos pode ser considerada única emnossa História Militarsob vários aspectos. Em particular o emprego do EP nafase de perseguição às tropas alemãs na fase final da Campanha da Itáliaseprestará ainda durante muito tempo a todo tipo de estudo e pesquisa por partedos profissionais, estudantes e interessados em História Militar. Trata-serealmente de um episódio de grande importância e de extremo interesse queainda não foi devidamente tratado pelos pesquisadores da História Nacional.O propósito desse livro é oferecer um amplo, preciso e reveladorpanorama da História do EP abordando a sequencia de eventos com recurso ànarrativa histórica organizada de forma cronológica. Além das atividades do EPem sentido estrito, serão também descritas e analisadas diferentescomponentes da conjuntura histórica na qual sua ação se insere.
  • O livro será dividido em quatro partes. Destas, duas são relativas aocombate em si, cobrindo as ações “montadas” e “desmontadas”. As outras sãomaterial de introdução e conclusão, cobrindo o contexto pré e pós guerrarespectivamente. Em todas as partes mencionadas o fio condutor da narrativaserão os diferentes depoimentos concedidos por Plinio Pitalugano pós-guerra,onde rememora os principais fatos e personagens da Campanha da Itália.Existem diferentes depoimentos dele, disponíveis tanto sob forma escritaquando audiovisual. Isso permite ao pesquisador conhecer em detalhe a formapela qual o comandante do Esquadrão de Reconhecimento da FEB refletiu eavaliou diferentes situações e contextos em que se viu envolvido. Tanto quantopossível, será a partir do ponto de vista do comandante do EP que serácontada sua história.Aprimeira parte do livro se refere ao contexto histórico que antecede aentrada em combate da unidade. Serão examinados os principais componentesda conjuntura que antecedeu a entrada do Brasil na Segunda Guerra Mundial.Isso se dará de forma breve e sintética, sempre com referência aoscomentários e depoimentos de Plinio Pitaluga a respeito. Também haverá umapequena biografia dele com ênfase no seu processo formativo de oficial doExército.Será concedido espaço considerável para se descrever o processo deformação e treinamento da unidade, bem comoo material por ela empregado.Particular ênfase será dada à descrição e análise do principal veículoempregado pelo EP, o blindado leve sobre rodas de origem norte-americanaM8, produzido pela empresa automobilística Ford. Os pontos fortes e fracos, asvicissitudes do seu emprego e referências ao uso dado ao veículo pelo Exércitodos Estados Unidos da América (EUA) serão descritos e analisados.Encerrando essa primeira parte do livro será feita menção ao cenárioonde se desenrolaram as ações do EP. Serão narradas e interpretadas asimplicações do teatro de operações brasileiro na Campanha da Itália. Nessaparte em diante será imprescindível o recurso a abundantes fontescartográficas de diferentes escalas.A segunda parte do livro se refere a fase inicial de emprego do EP emcombate. Será descrito de que forma a Cavalaria se converteu em Infantaria equais as implicações disso. As diferentes missões, a natureza do combate em
  • montanhas no inverno europeu, os armamentos e táticas empregadas serão ostemas aqui abordados, sempre numa sequencia cronológica. A partir daquiserá feito amplo uso das fontes documentais da FEB e do EP.Encerrando essa segunda parte cabe descrever em que circunstâncias aCavalaria voltou a ser empregada em sua função original deproverreconhecimento blindado.Serão apresentado ao leitor alguns dosprincipais elementos do contexto histórico que se abre com a Batalha deMontese (14/04/1945) e a Ofensiva da Primavera na qual se insere.A terceira parte do livro se refere a ação em combate do EP quando elese torna decisivo. Serão tratados aqui os decisivos episódios relacionadosaocerco e captura em combate do Exército da Ligúria, uma das últimas tropasdos exércitos do Eixo com efetivo poder de combate. Provavelmente essa seráa parte mais extensa do livro, uma vez que se pretende inserir a ação do EP noquadro mais geral da Ofensiva de Primavera dos exércitos Aliados em ação naItália. Particular atenção será dada à inserção da FEB na ação de guarda deflanco do IV Corpo de Exército dos EUA, ao qual estava subordinada.Encerrando essa parte serão tratadas as operações do Esquadrão Pitaluga aofinal da guerra.A última parte do livro trata do contexto do pós-guerra. Dentre osepisódios aqui tratados cabe mencionar os eventos decorridos antes do retornoao Brasil, como aalegria das “tochas” e o luto pelos mortos. No que diz respeitoao retorno do EP à pátria é o caso de se mencionar tanto os festejoscomemorativos quando o quadropolítico e partidário em rápida transformação.Esse tópico é de particular importância para se entender o processodereintegração social dos ex-combatentes da Segunda Guerra Mundial, doqual Plinio Pitaluga foi um ativo participante até praticamente o final dos seusdias.Para se lograr a realização dessa obra serão fundamentais, como jámencionado, o acesso a fontes históricas sob guarda de diferentesorganizações militares do Exército Brasileiro (EB). Para a consecução dosobjetivos aqui propostos seria importante que o EB colocasse à disposição doautor o acesso tão amplo e franco quanto possível aos seus acervos históricos,em particular aqueles sob guarda do Arquivo Histórico do Exército (Rio deJaneiro/RJ) e do Museu Capitão Pitaluga (Valença/RJ). View slide