Biologia – Ana Fatima
Mutações <ul><li>São alterações ou modificações súbitas em genes ou cromossomos, podendo acarretar variação hereditária. <...
Mutações <ul><li>As  mutações são espontâneas  e podem ser  silenciosas , ou seja, não alterar a proteína ou sua ação. Pod...
Agentes Mutagênicos <ul><li>Físicos     radiações ionizantes (raios X, radiações alfa, beta e gama) e radiação ultraviole...
Mutações Cromossômicas Numéricas <ul><li>Provocam alterações no número típico de cromossomos da espécie (cariótipo). </li>...
Euploidias <ul><li>Monoploidias   (n)     quando há apenas um genoma. </li></ul><ul><li>Triploidias  (3n)     quando há ...
 
Aneuploidias  <ul><li>Nulissomia  (2n-2)     perda de um par inteiro de cromossomos. No homem é letal. </li></ul><ul><li>...
Síndrome de Turner <ul><li>Monossomia  do cromossomo X, cariótipo 44A + X0 = 45. </li></ul><ul><li>Sexo feminino com ovári...
Síndrome de Turner
 
Síndrome de Klinefelter <ul><li>Trissomia  do cromossomo X, cariótipo 44A + XXY = 47. </li></ul><ul><li>Sexo masculino, te...
Síndrome de Klinefelter
SÍNDROME DE TURNER (ESTÉRIL) DISGENESIA GONADAL 2n:45,X0 2n: 46,XX SÍNDROME DE  KLINEFELTER (ESTÉRIL) 2n: 47,XXX 2n:46,XY
Síndrome de Down <ul><li>Trissomia  do cromossomo 21, cariótipo 45A + XX = 47 ou 45A + XY = 47. Mais raramente pode aconte...
Síndrome de Down
Síndrome de Patau <ul><li>Trissomia  do cromossomo 13, cariótipo 45A + XX = 47 ou 45A + XY = 47. </li></ul><ul><li>Ambos o...
Síndrome de Patau
 
Síndrome de Edwards <ul><li>Trissomia  do cromossomo 18, cariótipo 45A + XX = 47 ou 45A + XY = 47. </li></ul><ul><li>Ambos...
Síndrome de Edwards
 
Síndrome do Duplo Y <ul><li>Trissomia  do cromossomo Y, cariótipo 44A + XYY = 47. </li></ul><ul><li>Sexo masculino, sem mo...
Síndrome do Duplo Y
 
Síndrome do Triplo X <ul><li>Trissomia  do cromossomo X, cariótipo 44A + XXX = 47. </li></ul><ul><li>Sexo feminino, distúr...
Síndrome do Triplo X
 
Mutações Cromossômicas Estruturais <ul><li>Provocam  alterações na estrutura dos cromossomos , podendo ocasionar a perda d...
Mutações Cromossômicas Estruturais <ul><li>Deficiência ou deleção     quando ocorre a perda de um pedaço do cromossomo, c...
Mutações Cromossômicas Estruturais <ul><li>Duplicação     quando ocorre a presença de um pedaço duplicado do cromossomo, ...
Mutações Cromossômicas Estruturais <ul><li>Translocação     quando ocorre a troca de pedaços entre cromossomos não homólo...
Mutações Cromossômicas Estruturais <ul><li>Inversão     quando ocorre a quebra de um pedaço do cromossomo que se solda in...
Mutações Gênicas <ul><li>As mutações gênicas são responsáveis por  alterações nos genes e conseqüentemente nas proteínas ,...
Mutações Gênicas <ul><li>Alteram uma ou mais bases do DNA, o que afetará a leitura durante a replicação ou durante a trans...
Tipos de Mutações Gênicas <ul><li>Substituição     ocorre a troca de um ou mais pares de bases.  </li></ul>
 
Mutações Gênicas <ul><li>Adição     acontece quando uma ou mais bases são adicionadas ao DNA, modificando a ordem de leit...
Mutações Gênicas <ul><li>Deleção     acontece quando uma ou mais bases são retiradas do DNA, modificando a ordem da leitu...
 
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Mutação2

2,720

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
2,720
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
51
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Mutação2

  1. 1. Biologia – Ana Fatima
  2. 2. Mutações <ul><li>São alterações ou modificações súbitas em genes ou cromossomos, podendo acarretar variação hereditária. </li></ul><ul><li>As mutações podem ser gênicas ou cromossômicas. </li></ul>
  3. 3. Mutações <ul><li>As mutações são espontâneas e podem ser silenciosas , ou seja, não alterar a proteína ou sua ação. Podem ainda ser letais , quando provocam a morte, ou ainda acarretar doenças ou anomalias. </li></ul><ul><li>As mutações também promovem a evolução já que determinam aumento na variabilidade genética. </li></ul>
  4. 4. Agentes Mutagênicos <ul><li>Físicos  radiações ionizantes (raios X, radiações alfa, beta e gama) e radiação ultravioleta. </li></ul><ul><li>Químicos  colchicina, gás mostarda, sais de metais radioativos, alcatrão, benzeno, benzopireno, etc. </li></ul>
  5. 5. Mutações Cromossômicas Numéricas <ul><li>Provocam alterações no número típico de cromossomos da espécie (cariótipo). </li></ul><ul><li>Podem produzir anomalias graves e até a morte do organismo. </li></ul><ul><li>Se dividem em Euploidias quando há a alteração de um genoma inteiro e Aneuploidias quando acrescentam ou perdem um ou poucos cromossomos. </li></ul>
  6. 6. Euploidias <ul><li>Monoploidias (n)  quando há apenas um genoma. </li></ul><ul><li>Triploidias (3n)  quando há três genomas. </li></ul><ul><li>Poliploidias (4n, 5n, ...)  quando há quatro ou mais genomas. </li></ul>
  7. 8. Aneuploidias <ul><li>Nulissomia (2n-2)  perda de um par inteiro de cromossomos. No homem é letal. </li></ul><ul><li>Monossomia (2n-1)  um cromossomo a menos no cariótipo. </li></ul><ul><li>Trissomia (2n+1)  um cromossomo a mais no cariótipo. </li></ul>
  8. 9. Síndrome de Turner <ul><li>Monossomia do cromossomo X, cariótipo 44A + X0 = 45. </li></ul><ul><li>Sexo feminino com ovários atrofiados, deficiência hormonal, esterilidade, ausência de menstruação, mamas pequenas, vulva infantil, pescoço alado, deficiência cardíaca, cromatina sexual negativa, raramente deficiência mental. </li></ul>
  9. 10. Síndrome de Turner
  10. 12. Síndrome de Klinefelter <ul><li>Trissomia do cromossomo X, cariótipo 44A + XXY = 47. </li></ul><ul><li>Sexo masculino, testículos pequenos, esterilidade, genitais infantis, mamas desenvolvidas (ginecomastia), estatura elevada, cromatina sexual positiva, deficiência mental. </li></ul>
  11. 13. Síndrome de Klinefelter
  12. 14. SÍNDROME DE TURNER (ESTÉRIL) DISGENESIA GONADAL 2n:45,X0 2n: 46,XX SÍNDROME DE KLINEFELTER (ESTÉRIL) 2n: 47,XXX 2n:46,XY
  13. 15. Síndrome de Down <ul><li>Trissomia do cromossomo 21, cariótipo 45A + XX = 47 ou 45A + XY = 47. Mais raramente pode acontecer por translocação entre o cromossomo 21 e o 14. </li></ul><ul><li>Ambos os sexos, deficiência mental, fendas palpebrais mongolóides, pescoço curto e grosso, cardiopatias, uma única linha transversal na palma da mão, genitália pouco desenvolvida, grande flexibilidade nas articulações. </li></ul>
  14. 16. Síndrome de Down
  15. 17. Síndrome de Patau <ul><li>Trissomia do cromossomo 13, cariótipo 45A + XX = 47 ou 45A + XY = 47. </li></ul><ul><li>Ambos os sexos, cabeça pequena (microcefalia), olhos pequenos ou ausentes, orelhas deformadas e com baixa implantação, pescoço curto, lábio leporino, palato fendido. </li></ul>
  16. 18. Síndrome de Patau
  17. 20. Síndrome de Edwards <ul><li>Trissomia do cromossomo 18, cariótipo 45A + XX = 47 ou 45A + XY = 47. </li></ul><ul><li>Ambos os sexos, deformidade facial, anomalias nas mãos e pés, malformações cardíacas, renais e genitais, grave distúrbio psicomotor. </li></ul>
  18. 21. Síndrome de Edwards
  19. 23. Síndrome do Duplo Y <ul><li>Trissomia do cromossomo Y, cariótipo 44A + XYY = 47. </li></ul><ul><li>Sexo masculino, sem modificações fenotípicas aparentes. Raramente déficit mental e agressividade acentuada. </li></ul>
  20. 24. Síndrome do Duplo Y
  21. 26. Síndrome do Triplo X <ul><li>Trissomia do cromossomo X, cariótipo 44A + XXX = 47. </li></ul><ul><li>Sexo feminino, distúrbios sexuais, retardamento mental, sem outras modificações fenotípicas aparentes. </li></ul>
  22. 27. Síndrome do Triplo X
  23. 29. Mutações Cromossômicas Estruturais <ul><li>Provocam alterações na estrutura dos cromossomos , podendo ocasionar a perda de genes, a leitura duplicada ou erros na leitura de um ou mais genes. </li></ul><ul><li>Podem acontecer por deleção, duplicação, translocação ou inversão de partes de cromossomos. </li></ul>
  24. 30. Mutações Cromossômicas Estruturais <ul><li>Deficiência ou deleção  quando ocorre a perda de um pedaço do cromossomo, com conseqüente perda de genes. </li></ul>
  25. 31. Mutações Cromossômicas Estruturais <ul><li>Duplicação  quando ocorre a presença de um pedaço duplicado do cromossomo, acarretando uma dupla leitura de genes. </li></ul>
  26. 32. Mutações Cromossômicas Estruturais <ul><li>Translocação  quando ocorre a troca de pedaços entre cromossomos não homólogos, provocando erros na leitura. </li></ul>
  27. 33. Mutações Cromossômicas Estruturais <ul><li>Inversão  quando ocorre a quebra de um pedaço do cromossomo que se solda invertido, provocando erros na leitura dos genes. </li></ul>
  28. 34. Mutações Gênicas <ul><li>As mutações gênicas são responsáveis por alterações nos genes e conseqüentemente nas proteínas , determinando, muitas vezes, a formação de novas proteínas ou alterando a ação de enzimas importantes no metabolismo. </li></ul>
  29. 35. Mutações Gênicas <ul><li>Alteram uma ou mais bases do DNA, o que afetará a leitura durante a replicação ou durante a transcrição. </li></ul><ul><li>Podem ser transmitidas hereditariamente quando ocorrem nas células germinativas . </li></ul><ul><li>Quando ocorrem em células somáticas podem provocar a formação de tumores. </li></ul>
  30. 36. Tipos de Mutações Gênicas <ul><li>Substituição  ocorre a troca de um ou mais pares de bases. </li></ul>
  31. 38. Mutações Gênicas <ul><li>Adição  acontece quando uma ou mais bases são adicionadas ao DNA, modificando a ordem de leitura da molécula durante a replicação ou a transcrição. </li></ul>
  32. 39. Mutações Gênicas <ul><li>Deleção  acontece quando uma ou mais bases são retiradas do DNA, modificando a ordem da leitura, durante a replicação ou a transcrição. </li></ul>
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×