• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Gb2013 celso gnecco_sherwin williams
 

Gb2013 celso gnecco_sherwin williams

on

  • 603 views

 

Statistics

Views

Total Views
603
Views on SlideShare
603
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
15
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Gb2013 celso gnecco_sherwin williams Gb2013 celso gnecco_sherwin williams Presentation Transcript

    • PAINEL 3 Sistema Duplex: Alinhando estética a maior durabilidade de estrutura II Congresso Brasileiro de Galvanizaçao – GALVABRASIL dia 22/10/13 às 15:00 h Hotel Caesar Park, Rua Olimpíadas, 205 – Vila Olimpia – SP/SP. PAINEL 3 – Sistema Duplex: Alinhando estética a maior durabilidade de estrutura Aumento da vida útil das estruturas do esquema de pintura para aço galvanizado Como obter benefícios plenos do sistema Duplex, usando o processo de pintura correta Sustentabilidade do sistema Palestrantes 15:00 – 15:20 h Preparação da superfície para a aplicação do esquema de pintura para o aço galvanizado Eng .Fernando de Loureiro Fragata 15:20-15:40 h Especificação para o esquema de pintura para o aço galvanizado (20 min) Sherwin Williams Sr. Celso Gnecco 15:40 – 16:00 h Perguntas Moderador ABRACO – Sra. Rosileia Mantovani
    • PAINEL 3 Sistema Duplex: Alinhando estética a maior durabilidade de estrutura
    • PAINEL 3 Sistema Duplex:
    • Tipos de tintas usadas na pintura de galvanizados
    • Tipos de tintas usadas na pintura de galvanizados Tinta Alquídica Sofre destacamento por ser saponificável
    • FALHA DA TINTA ALQUÍDICA SOBRE GALVANIZADO PERDA DA FLEXIBILIDADE E DA ADERÊNCIA vapor de água e oxigênio ALQUÍDICA (ácidos graxos vegetais dos óleos) ALQUÍDICA (glicerina + óleos + anidrido ftálico) ZINCO AÇO UMIDADE HIDRÓXIDO DE ZINCO (E/OU ÓXIDO DE ZINCO) SABÕES DE ZINCO Hidróxido de Sódio (Soda Cáustica) + Ácido Graxo (Sebo)  Sabão
    • FALHA DA TINTA ALQUÍDICA SOBRE GALVANIZADO PERDA DA FLEXIBILIDADE E DA ADERÊNCIA Pintura de chapas e perfís de aço galvanizado com destacamentos devidos a formação de produtos de corrosão alcalinos do zinco.
    • FALHA DA TINTA ALQUÍDICA SOBRE GALVANIZADO PERDA DA FLEXIBILIDADE E DA ADERÊNCIA Pintura de chapas e perfís de aço galvanizado com destacamentos devidos a formação de produtos de corrosão alcalinos do zinco.
    • Tipos de tintas usadas na pintura de galvanizados Tinta Vinílica (Wash Primer) Contém Ácido Fosfórico Não é mais usada por conter tetróxicromato de zinco (cromatocromometal pesado) Wash Primer  tinta tão fina (7 a15 mm) quase como uma lavagem de tinta.
    • Tipos de tintas usadas na pintura de galvanizados Tinta Acrílica a base de água Fundo e acabamento com o mesmo tipo de tinta Pintura Acrílica aplicada sobre telhado de zinco FUNDO Há mais de 15 anos sem falhas ACABAMENTO
    • Tipos de tintas usadas na pintura de galvanizados Estufa do Jardim Botânico de Curitiba/PR Por dentro: Acrílica a base de água Por fora: Poliuretano DF branco
    • Tipos de tintas usadas na pintura de galvanizados Tinta Poliuretânica DF Fundo e acabamento na mesma tinta (DF - dupla função) Acabamento Poliuretano Acrílico Alifático DF Torre TV TEM - Globo – Avaré/SP Torre de telefonia celular em Sumaré/SP pintada em 1997 (foto em 2011) 14 anos Hoje com 16 anos
    • Tipos de tintas usadas na pintura de galvanizados Tinta de fundo Epóxi-Isocianato É a mais usada para galvanizados novos (acabamento Poliuretano) Fundo Epóxi-Isocianato e Acabamento Poliuretano Acrílico Alifático Epóxi-isocianato Poliuretano Acrilico Alifático Está lá há mais de 15 anos
    • Tipos de tintas usadas na pintura de galvanizados Tinta de fundo Epóxi-Isocianato Fundo Epóxi-Isocianato, e Acabamento Borracha Clorada Alumínio Está lá há mais de 30 anos Torres galvanizadas em S.Bernardo do Campo-SP durante a pintura com Epóxi-Isocianato e acabamento Alumínio
    • Tipos de tintas usadas na pintura de galvanizados Tinta de fundo Epóxi-Isocianato Fundo Epóxi-Isocianato, Intermediária Epóxi e Acabamento Poliuretano Acrílico Alifático Está lá há mais de 5 anos Condição: a beira-mar
    • Tipos de tintas usadas na pintura de galvanizados Tinta de fundo Epóxi-Isocianato Fundo Epóxi-Isocianato e Acabamento Poliuretano Acrílico Alifático AES - Água Vermelha
    • Tipos de tintas usadas na pintura de galvanizados Tinta de fundo Epóxi-Mastic Fundo Epóxi-mastic e Acabamento Poliuretano Acrílico Alifático Pintura de torres de alta tensão da CPFL em Campinas-SP lixamento manual + 1 demão Epoximastic Alumínio + 1 demão Poliuretano cinza
    • Tipos de tintas usadas na pintura de galvanizados Tinta Epóxi-Mastic Tinta Epóxi-Mastic Alumínio Pintura de defensas metálicas rodoviárias com epoximastic-alumínio
    • Tipos de tintas usadas na pintura de galvanizados Tinta Epóxi-Mastic Fundo Epóxi-mastic e Acabamento Poliuretano Acrílico Alifático COMO ESTAVA DURANTE A LIMPEZA PINTANDO APÓS A PINTURA Está lá há mais de 25 anos Pintura de telhado galvanizado enferrujado
    • normalizados
    • ABNT NBR 10253:1988
    • SISTEMA DE PINTURA PARA AÇO GALVANIZADO 5 CONDIÇÕES ESPECÍFICAS 5.1 Superfície de aço-carbono zincado novo 5.1.1 Com tratamento químico 5.1.1.2 Aplicar uma demão de tinta de aderência, bicomponente, a base de resina epóxi curada com isocianato alifático, pigmentada com óxido de ferro, na espessura da película seca de 10 a 20 mm. 5.1.1.3 Aplicar as demãos de tintas subsequentes do esquema de pintura especificado, obedecendo-se aos intervalos entre demãos recomendados pelo fabricante das tintas. Notas: a) O tratamento acima é o mais adequado. No caso da impossibilidade de realizar o mesmo, poderão ser indicados os tratamentos citados nas subseções 5.1.2 e 5.1.3 b) Em alguns casos, é utilizada a cromatização, porém, deve-se tomar cuidado para selecionar as tintas a serem aplicadas, para garantir a aderência destas ao substrato cromatizado.
    • SISTEMA DE PINTURA PARA AÇO GALVANIZADO 5.1.2 Com tratamento por jateamento abrasivo (somente para superfícies zincadas a quente) 5.1.2.3 Aplicar uma demão da tinta de aderência bicomponente a base de cromato básico de zinco e polivinil butiral, na espessura de película seca de até 12 mm ou conforme subseção 5.1.1.2.(epóxi isocianato alifático). 5.1.1.2 Aplicar uma demão de tinta de aderência, bicomponente, a base de resina epóxi curada com isocianato alifático, pigmentada com óxido de ferro, na espessura da película seca de 10 a 20 mm. 5.1.2.4 Aplicar as demãos de tintas subsequentes do esquema de pintura especificado, ...
    • SISTEMA DE PINTURA PARA AÇO GALVANIZADO continuação 5.1.3 Com tratamento mecânico e manual 5.1.3.4 Aplicar uma demão da tinta de aderência bicomponente a base de cromato básico de zinco e polivinil butiral, na espessura de película seca de até 12 mm ou conforme subseção 5.1.1.2 (epóxi-isocianato alifático). 5.1.1.2 Aplicar uma demão de tinta de aderência, bicomponente, a base de resina epóxi curada com isocianato alifático, pigmentada com óxido de ferro, na espessura da película seca de 10 a 20 mm. 5.1.3.5 Aplicar as demãos de tintas subsequentes do esquema de pintura especificado, ...
    • SISTEMA DE PINTURA PARA AÇO GALVANIZADO continuação 5.2 Superfície de aço-carbono zincado envelhecido 5.2.1 Sem corrosão no substrato ferroso . 5.2.1.4 Aplicar uma demão de tinta de aderência, bicomponente, a base de resina epóxi curada com isocianato alifático, pigmentada com óxido de ferro, na espessura da película seca de 10 a 20 mm. 5.2.1.5 Aplicar as demãos de tintas subsequentes do esquema de pintura especificado, ...
    • SISTEMA DE PINTURA PARA AÇO GALVANIZADO continuação 5.2 Superfície de aço-carbono zincado envelhecido 5.2.2 Com corrosão no substrato ferroso . 5.2.2.3 Aplicar uma demão de tinta rica em zinco, somente nas partes jateadas, conforme alternativa descrita na Tabela abaixo. TABELA – Tintas para aplicação nas superfícies jateadas Tinta Pigmento Nº demãos Espessura (mm) Epóxi-poliamida Zinco metálico 01 60 + 5 Etil-silicato de zinco Zinco metálico 01 60 + 5 Silicato alcalino de zinco Zinco metálico 01 60 + 5 Fundo para montagem (shop-primer) Zinco metálico 01 20 + 5
    • SISTEMA DE PINTURA PARA AÇO GALVANIZADO continuação 5.2.2.4 Aplicar uma demão de tinta de aderência, bicomponente, a base de resina epóxi curada com isocianato alifático, na espessura da película seca de 10 a 20 mm. 5.2.2.5 Aplicar as demãos de tintas subsequentes do esquema de pintura especificado, ... Nota: Caso não seja possível o jateamento abrasivo, o uso cuidadoso de processos mecânicos pode proporcionar um preparo aceitável, porém este método é inferior ao jateamento abrasivo. Utilizar somente tinta epóxi-poliamida. Ex.; SSPC SP 11 Tinta Epóxi-poliamida Pigmento Nº demãos Espessura (mm) Zinco metálico 01 60 + 5
    • SISTEMA DE PINTURA PARA AÇO GALVANIZADO
    • SISTEMA DE PINTURA PARA AÇO GALVANIZADO a) sem corrosão; 1.2 Na aplicação desta Norma, as superfícies galvanizadas do substrato são classificadas em três categorias, em função da área afetada pela corrosão: b) com área de corrosão localizada; c) com área de corrosão generalizada
    • SISTEMA DE PINTURA PARA AÇO GALVANIZADO 3 Condições Específicas 3.1 Pintura de Aço Galvanizado 3.1.1 Pintura de Aço Galvanizado sem Corrosão 3.1.1.4 Aplicar uma demão de tinta de aderência epóxi-isocianato-óxido de ferro, especificada na PETROBRAS N-2198, por meio de pistola convencional, pistola sem ar ou trincha, de maneira a formar sobre a superfície galvanizada uma película com espessura compreendida entre 15 mm e 20 mm. 3.1.1.5 Após a aplicação da tinta de aderência e decorrido, no mínimo, 1 hora e, no máximo, 24 horas, aplicar o esquema de pintura previsto. 3.1.2 Superfície de Aço Galvanizado com Área de Corrosão Localizada 3.1.2.4 Aplicar uma demão de tinta de fundo epóxi-pó de zinco amida curada, especificada na PETROBRAS N-1277, por meio de pistola convencional (com agitação mecânica) ou trincha, com espessura mínima de película seca de 50 mm, nas regiões que foram submetidas a limpeza com ferramenta mecânica, procurando evitar sobreposição da tinta sobre a galvanização.
    • SISTEMA DE PINTURA PARA AÇO GALVANIZADO 3.1.2.5 De 18 horas a 24 horas após a conclusão do descrito em 3.1.2.4, efetuar nas áreas com galvanização sem corrosão, os procedimentos indicados em 3.1.1.1 a 3.1.1.5. 3.1.2.6 Após a secagem de tinta de aderência e decorrido, no mínimo, 1 hora e, no máximo, 24 horas, aplicar o esquema de pintura previsto, com exclusão do preparo de superfície e da tinta de fundo. 3.1.3 Superfície de Aço Galvanizado com Área de Corrosão Generalizada 3.1.3.1 Locais em que for Possível Efetuar Jateamento Abrasivo 3.1.3.1.2 Efetuar jateamento abrasivo ao grau Sa 2 1/2, conforme a ISO 8501-1, de maneira a remover toda a galvanização; aplicar o esquema de pintura completo previsto para uma superfície não galvanizada.
    • SISTEMA DE PINTURA PARA AÇO GALVANIZADO 3.1.3.2 Locais em que não for Possível Efetuar Jateamento Abrasivo 3.1.3.2.4 Aplicar uma demão de tinta de fundo epóxi pigmentada com alumínio, especificada na PETROBRAS N-2288, por meio de pistola sem ar ou trincha, segundo as instruções da PETROBRAS N-13, com espessura mínima de película seca de 100 mm. 3.1.3.2.5 De 18 horas a 24 horas após conclusão do indicado em 3.1.3.2.4 aplicar o esquema da pintura previsto, com exclusão do preparo da superfície e da tinta de fundo.
    • SISTEMA DE PINTURA PARA AÇO GALVANIZADO 1 OBJETIVO 1.1 Esta Norma tem por objetivo fixar os esquemas para a pintura em torres galvanizadas segundo a norma ABNT NBR 6323:2007 - Galvanização de produtos de aço ou ferro fundido. 1.2 Para efeito de definição dos esquemas de pintura são considerados 3 tipos de ambientes: •a) ambiente úmido; •b) ambiente industrial; •c) ambiente marinho (ou próximo da orla). 3 CONDIÇÕES GERAIS 3.1 Toda estrutura ou instalação que estiver dentro de um plano da zona de proteção de um aeródromo deve atender ao que prescreve o Decreto N° 83.399. As cores branca, vermelha e laranja citadas no Decreto No 83.399 correspondem aos seguintes códigos de cores da norma N-1219: código 0095 branca, código 1547 vermelhosegurança e código 1867 alaranjado-segurança.
    • SISTEMA DE PINTURA PARA AÇO GALVANIZADO Sistema para Ambientes úmidos (Aço Galvanizado sem Corrosão) Tipo Tinta No Demãos EPS p/demão (mm) 15 a 20 Tinta de aderência Epóxi-Isocianato-óxido de ferro norma N-2198 1 Acabamento Tinta Poliuretano Acrílico norma N-2677 1 EPS Total (mm) 85 a 90 70 Observações Conforme a norma N-1021: Limpeza com água doce e escovamento simultâneo ou por hidrojateamento com pressão mínima de 5000 psi. Para galvanizado novo, jatear com abrasivo ao grau Sa 1 (jato ligeiro) da norma ISO 8501-1 Sistema para Ambientes Industriais e Marítimos (Aço Galvanizado sem Corrosão) Tipo Tinta No Demãos EPS p/demão (mm) 15 a 20 Tinta de aderência Epóxi-Isocianato-óxido de ferro norma N-2198 1 Intermediária Tinta Epóxi Poliamida norma N-2628 1 100 Acabamento Tinta Poliuretano Acrílico norma N-2677 1 70 EPS Total (mm) 185 a 190 Observações Conforme a norma N-1021: Limpeza com água doce e escovamento simultâneo ou por hidrojateamento com pressão mínima de 5000 psi. Para galvanizado novo, jatear com abrasivo ao grau Sa 1 (jato ligeiro) da norma ISO 8501-1
    • SISTEMA DE PINTURA PARA AÇO GALVANIZADO Ambiente urbano ou industrial pouco agressivos ACABAMENTO POLIURETANO FUNDO EPÓXI – ISOCIANATO 70 mm Total: 90 mm 20 mm Zinco Aço ou Ambiente urbano ou industrial agressivos ACABAMENTO POLIURETANO INTERMEDIÁRIA EPÓXI 100 mm FUNDO EPÓXI – ISOCIANATO Zinco Aço 70 mm 20 mm Total: 190 mm
    • PADRÃO INTERNACIONAL ISO 12944-5 Segunda edição 2007-09-15 Tintas e vernizes – Proteção contra a corrosão de estruturas de aço por sistemas de tintas protetivas – Parte 5: Sistemas de tintas protetivas
    • SISTEMA DE PINTURA PARA AÇO GALVANIZADO INTERNATIONAL STANDARD ISO 12944-5 Tabela A.7 – Sistemas de pintura para aço galvanizado a quente para as categorias de corrosividade C2 a C5-I e C5-M Substrato: aço galvanizado a quente A ISO 12944-4 apresenta alguns exemplos de preparação de superfície. O tipo de preparação depende do tipo de sistema de tintas e deve ser indicado pelo fabricante da tinta. Tinta(s) de fundo Sistema Nº Resina Nº de demãos EPSN b mm Demão(s) subsequent Tipo de Resina Sistema de tintas Nº de demãos EPSN b mm PVC = Poli(cloreto de vinila); AY = Acrílica; EP = Epóxi; PUR = Poliuretano Espectativa de durabilidade g (ver 5.5 e ISO 12944-1)
    • SISTEMA DE PINTURA PARA AÇO GALVANIZADO INTERNATIONAL STANDARD ISO 12944-5 Tabela A.7 – Sistemas de pintura para aço galvanizado a quente para as categorias de corrosividade C2 a C5-I e C5-M Sistema de pintura A7.13: Exemplo de um sistema de pintura para Aço Galvanizado (expectativa min. de 15 anos H)) Sistema A7.13 PREPARO DE SUPERFÍCIE: Proceder conforme ABNT NBR 10253 ou PETROBRAS N-10221-E FUNDO (PRIMER) EPÓXI-ISOCIANATO 1 demão de 20 mm INTERMEDIÁRIA EPÓXI-POLIAMIDA 2 demãos de 100 mm ACABAMENTO POLIURETANO ACRÍLICO ALIFÁTICO 1 demão de 100 mm Total: 320 mm
    • SISTEMA DE PINTURA PARA AÇO GALVANIZADO INTERNATIONAL STANDARD ISO 12944-5 Da Tabela A.7 – Sistemas de pintura para aço galvanizado a quente para as categorias de corrosividade C2 a C5-I e C5-M Sistema A7.13 ACABAMENTO POLIURETANO 100 mm INTERMEDIÁRIA EPÓXI 100 mm INTERMEDIÁRIA EPÓXI 100 mm FUNDO EPÓXI – ISOCIANATO 20 mm Zinco Aço Total: 320 mm
    • Sinergia do sistema Zinco/Tinta 4 3 GALVANIZAÇÃO 7 GALVANIZAÇÃO + PINTURA GALVANIZAÇÃO + PINTURA 11 PINTURA Tempo para a 1ª manutenção (anos) A explicação é a sinergia: Do dicionário Aurélio sinergismo 1. Ação cooperativa de duas ou mais substâncias, de modo que o efeito resultante é maior que a soma dos efeitos individuais destas. sinergia 2. Associação simultânea de vários fatores que contribuem para uma ação coordenada. Australazian Zinc Development Association O aço pintado levou cerca de 3 anos para apresentar ferrugem. O mesmo aço, porém galvanizado, durou cerca de 4 anos e este aço galvanizado e pintado, durou 11 anos.
    • Sinergia do sistema Zinco/Tinta AÇO COMUM PRODUTOS DE CORROSÃO AÇO GALVANIZADO PRODUTOS DE CORROSÃO 1500 g/m2/ano 60 g/m2/ano Os produtos de corrosão do aço são mais volumosos, possuem maior solubilidade e em 3 anos levantam e destroem a tinta. Já os do zinco são menos volumosos, menos solúveis e após 11 anos ainda não afetam a camada de tinta, que continua protegendo. O tempo total (11) é maior do que a soma das parcelas individuais (3 + 4 = 7). A tinta é a mesma, a espessura da camada é a mesma, mas a sua durabilidade sobre o zinco é maior do que sobre o aço (sinergia).
    • Sinergia do sistema Zinco/Tinta Nesta região a camada de zinco foi removida para fazer a rosca: Não houve sinergia Ambiente C5-I (siderúrgico) Foto cortesia de Fernando de Loureiro Fragata Tubos de aço galvanizado pintados Sistema de pintura: fundo epóxi-isocianato + alcatrão de hulha epóxi
    • Conclusões O aço galvanizado tem grande durabilidade por si só, mas pode oferecer uma vida útil maior ainda, se pintado com sistemas de pintura convenientemente, selecionados em função da agressividade do meio ambiente e com espessuras adequadas, sobre superfícies corretamente preparadas. As pinturas contribuem para que a proteção ao aço perdure por tempos maiores pelo benefício pleno do sistema Duplex (sinergismo zinco/tinta). Pintura não compete com Galvanizado, completa.
    • celso@tintassumare.com.br Celso Gnecco Pincelzinho Sinto-me muito honrado em participar deste painel com o Grande Fernando Fragata