Gb2013 murilo furtado_instituto aço brasil

570 views
397 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
570
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
17
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Gb2013 murilo furtado_instituto aço brasil

  1. 1. Cenário Mundial do Aço Murilo Furtado Gerente de Mercado GALVABRASIL 2013 São Paulo, 22 de outubro de 2013 1
  2. 2. Situação atual e perspectivas da indústria do aço Mundo e Brasil • Evolução no Mundo • Evolução no Brasil • Situação Atual – Mundo e Brasil • Principais Desafios 2
  3. 3. Evolução Mundo 3
  4. 4. Evolução da Produção Mundial de Aço Bruto 1950 - 2012 1600 106t ANO 1950 347 1970 595 1980 717 1990 1200 189 1960 1400 PRODUÇÃO 770 2000 1.249 2007 1.347 2008 1.341 2009 1.236 2010 1.431 2011 1.536 2012 600 1.144 2006 800 1.071 2005 1000 Crescimento Acelerado da China 848 2004 Crise do Subprime 1.547 1º Choque do Petróleo 2º Choque do Petróleo Fragmentação da URSS 400 Média de Crescimento Anual nos períodos 200 1,2 % a.a 5,9% a.a 4,2 % a.a 0 1950 1960 1970 1980 Fonte: worldsteel 1990 2000 2012 2011 4
  5. 5. Privatização e Participação Estatal • MUNDO A participação de empresas estatais na produção siderúrgica mundial que era de ordem de 70% até meados dos anos 80 reduziu-se para cerca de 52% em 1992 após a fragmentação/reestruturação da União Soviética e continuou em processo de redução. Atualmente cerca de 25 - 30% da produção mundial de aço apresentam participação estatal relevante, cabendo destaque a China, Índia e Irã. • AMÉRICA LATINA No caso da América Latina a participação estatal de 52% observada em 1990 reduziu-se a 7% ao final de 1993. Nesse ano apenas Cuba e Equador mantinham siderúrgicas estatais. Presentemente somam-se a estes a Venezuela, após a reestatização da SIDOR. • BRASIL No Brasil o processo de privatização implantado no final dos anos 80, concluído no final de 93, abrangeu cerca de 70% da capacidade instalada de produção do país. 5
  6. 6. Evolução da Produção Mundial de Aço Bruto 106t 1800 China 1600 Demais Países Total Mundo 1400 1200 1000 800 600 400 200 0 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 A China responde por 84% do aumento da produção mundial entre 2001 e 2012 Fonte: worldsteel 6
  7. 7. Produção de Aço Bruto - 2012 Maiores produtores mundiais Produção mundial total = 1.547,4 milhões toneladas 106t 800,0 716,5 700,0 600,0 500,0 400,0 300,0 168 34,5 33,0 20,7 18,1 14,5 13,5 Canadá Coreia do Sul Rússia India Japão UE (27) China 0,0 EUA 35,9 Irã 69,1 México 70,4 Taiwan 77,6 Ucrânia 88,7 Brasil 107,2 100,0 Turquia 200,0 A produção da China em 2012 superou a produção acumulada dos 10 players seguintes no ranking mundial 7
  8. 8. EVOLUÇÃO DO CONSUMO APARENTE DE AÇO NO MUNDO 2000/2012 2000 2012 Crescimento Médio Anual (%) 2000/2012 UE (27) Outros Europa CIS NAFTA América do Sul e Central África Oriente Médio Asia Oceania 167,7 17,7 32,9 152,0 28,1 14,5 19,5 321,5 6,6 140,1 34,7 56,5 131,2 46,9 26,6 48,9 920,4 7,2 -1,49 +5,77 +4,61 -1,22 +4,36 +5,19 +7,96 +9,16 +0,73 Mundo China Mundo (excl. China) 760,5 124,3 636,3 1.412,6 646,2 766,4 +5,30 +14,72 +1,56 16,0 25,2 +3,86 (106t) Brasil • • • Mundo desenvolvido manteve-se estagnado ou cresceu pouco Países em desenvolvimento cresceram a taxas modestas (3% a 6%) China cresceu a taxas muito elevadas Fonte: worldsteel 8
  9. 9. Evolução do Consumo Per Capita de Produtos Siderúrgicos Unid: kg por habitante 1980 2000 2012 China 34,1 97,9 477,4 Coréia do Sul 160,0 817,7 1.114,1 Japão 610,5 600,5 506,7 USA 376,0 425,3 306,2 Alemanha 469,4 474,8 459,8 Espanha 202,1 434,8 228,4 Brasil 100,6 92,6 128,1 Chile 56,4 96,7 172,0 México 120,2 141,5 172,8 Média Mundial 151,7 132,9 216,9 9
  10. 10. Evolução BRASIL 10
  11. 11. Importação Exportação Produção de Aço 2012 2011 2010 2009 2008 2007 2006 2005 2004 2003 2002 2001 2000 1999 1998 1997 1996 1995 1994 1993 1992 1991 1990 1989 1988 1987 1986 1985 1984 1983 1982 1981 1980 1979 1978 1977 1976 1975 1974 1973 1972 Brasil – Histórico do crescimento do mercado de aço 40 35 30 25 20 15 10 5 0 Consumo Aparente 11
  12. 12. Participação das Importações no Consumo de Aço 30 % 25 24,5 20 20,6 15 14,4 10,4 5,7 3,5 3,9 3,4 3,4 4,5 2,9 2,2 3,7 6,7 5,4 14,4 16,3 8,0 10,9 11,7 Total 8,7 4,5 0 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Planos 340 246 373 503 920 1.448 1.548 3.855 2.379 2.245 Longos 207 287 378 501 589 807 683 1.621 1.222 1.327 Total 547 533 751 1.004 1.509 2.255 2.231 5.476 3.601 3.571 Fonte: Aço Brasil/MDIC-SECEX Longos 14,2 9,4 6,9 6,8 6,8 15,0 12,0 10 5 Planos 17,2
  13. 13. Comércio Indireto de Aço (aço contido em bens) Unid: 1000 t 6000 5000 4000 3000 2000 Exportação Indireta Importação Indireta 1000 0 Exportação Indireta Importação Indireta Saldo 2001 1637 1275 2002 1719 1101 2003 2282 1039 2004 3282 1184 2005 3439 1409 2006 3382 1705 2007 3583 2348 2008 3418 3238 2009 2097 2648 2010 2.695 4.243 2011 2.887 5.015 2012 2.792 4.767 2013* 2.828 5.476 362 618 1243 2098 2030 1677 1235 180 -551 -1548 -2128 -1975 -2.648 (*) Ritmo dos meses decorridos no ano. Fonte: worldsteel / MDIC-SECEX 13
  14. 14. Situação Atual MUNDO 14
  15. 15. Mercado Mundial de Aço – Situação e Tendências BLOCO DO ATLÂNTICO x BLOCO DO PACÍFICO 34% 66% Maduro e Estagnado POPULAÇÃO 2.4 BILHÕES Novo e Crescente 53% POPULAÇÃO 4.6 BILHÕES 47% PIB (US$) 37,3 TRILHÕES MERCADO ESTÁVEL MERCADO CRESCENTE 23% PRODUÇÃO AÇO 400 MILHÕES t PIB (US$) 32.7 TRILHÕES 77% MINÉRIO DE FERRO CONSUMO AÇO 417 MILHÕES t PRODUÇÃO AÇO 1.300 MILHÕES t CARVÃO MINÉRIO DE FERRO CONSUMO AÇO 1.068 MILHÕES t Novo Estagnado 72% 15 Fontes: World Bank, ONU, worldsteel (atualização 2011)
  16. 16. Indústria do Aço no Mundo Excesso de Capacidade Mundial de Produção de Aço Bruto 2000-2014 (Mt) 2,500 1.968 2,000 1.694 1,500 1,000 1.050 1.059 205 207 1.090 180 1.168 195 1.243 183 1.576 1.442 255 1.345 203 207 345 1.795 546 2.069 1.879 484 501 544 2.158 587 2.242 622 500 - 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 China Fonte: worldsteel 16
  17. 17. Indústria do Aço no Mundo Aumento de capacidade por região 2013-2015 17
  18. 18. Mercado Mundial de Aço Regional Summary Apparent Steel Use, finished steel (SRO April 2013) REGION / YEAR % Mt 2012 2013 2014 1.412,6 1.453,9 1.500,3 1,2 2,9 3,2 123,0 140,1 139,5 144,1 -9,3 -0,5 3,3 71,8 Other Europe 34,7 36,9 38,4 4,1 6,1 4,1 122,0 CIS 56,5 57,6 59,8 3,3 2,0 3,8 106,2 131,2 135,0 139,0 7,8 2,9 3,0 98,1 46,9 49,8 52,0 2,6 6,2 4,3 126,8 25,2 26,2 27,2 0,8 4,0 3,8 123,1 Africa 26,6 28,8 31,0 6,8 8,3 7,6 136,8 Middle East 48,9 49,3 52,3 -1,2 0,8 6,1 127,7 927,6 957,1 983,8 1,8 3,2 2,8 143,8 Japan 64,0 62,6 62,2 -0,2 -2,2 -0,6 79,8 China 646,2 668,8 685,5 1,9 3,5 2,5 153,4 World European Union (27) NAFTA Central & South America Brazil Asia & Oceania 12/11 13/12 14/13 2014 as % of 2007 18
  19. 19. Produtores Mundiais de Aço – Posição Competitiva EMPRESAS NACIONAIS ESTÃO BEM POSICIONADAS COMPETITIVAMENTE, PORÉM ATUAM EM MERCADO LIMITADO. China Grande Situação Favorável UE Situação Desconfortável Austrália Argentina Situação Difícil EUA Índia Japão Coréia Rússia Brasil Pequeno Situação de Esperança Venezuela Menor Custo Fonte: Bank of America Merril Lynch (slab cost 2012) Maior Custo 19
  20. 20. Competitividade e Sustentabilidade Comitê do Aço da OCDE (Julho 2013) 20
  21. 21. Atratividade: Transferência de margens para fornecedores de matérias-primas Fonte: McKinsey. Basedo na produção de bobinas laminadas a quente. Premissa: a carga metálica contém 85% de ferro-gusa.
  22. 22. Situação Atual BRASIL 22
  23. 23. Situação da Indústria 23
  24. 24. Aço - Nível de Utilização da Capacidade Capacidade 2013: 48,9 milhões t 24
  25. 25. Aço – Síntese Brasil 2010 2011 2012 2013 (Previsão) 13/12 (%) 32.948 35.220 34.524 34.499 (0,1) 20.716 21.431 21.603 22.756 5,3 8.988 10.847 9.805 8.532 (13,0) 5,8 8,4 7,0 5,7 (18,6) 5.898 3.783 3.784 3.240 (14,4) 5,5 4,5 4,5 4,0 (11,1) 26.104 25.032 25.181 25.994 3,2 20,6 14,4 14,2 12,5 - PRODUÇÃO AÇO BRUTO VENDAS INTERNAS COMÉRCIO EXTERIOR EXPORTAÇÕES TOTAL (10³t) (US$ Bilhões) IMPORTAÇÕES TOTAL (10³t) (US$ Bilhões) CONSUMO APARENTE* % Importação * Vendas Internas + importação de distribuidores e consumidores finais Fontes: Aço Brasil e MDIC/SECEX 25
  26. 26. Importações Diretas e Indiretas de Produtos Siderúrgicos 26
  27. 27. Custos de Investimentos
  28. 28. Perda de Competitividade / Assimetrias 28
  29. 29. Perda de Competitividade / Assimetrias 29
  30. 30. Aço: Distribuição por Setores Consumidores Mundo e Brasil A construção civil (pesada e habitacional) é considerada o “driver” de consumo de aço no mundo e prevê-se que sua participação crescerá até 52% na distribuição setorial mundial em 2021 16.1 26.0 28.1 18.6 15.0 8.1 20.5 19.7 14.6 Bens de Capital 13.0 21.8 22.1 46.0 35.5 Países em Desenvolvimento Fonte: worldsteel / Aço Brasil Automotivo Construção Civil 57.3 Mundo Outros Setores 37.7 Países Desenvolvidos Brasil Brasil 30
  31. 31. Principais Desafios para a Indústria do Aço • Competição com outros materiais • Suprimento de matérias-primas. Concentração de Fornecedores • Mercado – Concentração de Consumidores • Posicionamento da China • Restrições ambientais • (Possível) Excesso de Capacidade e Subsídios • Volatilidade dos Mercados / Atritos Comerciais / Barreiras de comércio • Preservação de margens e atratividade para investidores 31
  32. 32. No Brasil... Medidas Necessárias ao Desenvolvimento do Setor Promoção do crescimento do mercado interno (ampliação da cultura da construção em aço e dos mecanismos de incentivo ao “Compre Nacional”) Eliminação de assimetrias que favorecem importações/ correção de práticas desleais de comércio Melhoria da Competitividade do Setor O crescimento sustentado da indústria brasileira do aço depende, basicamente, da elevação da taxa de investimento da economia do país. 32
  33. 33. Obrigado www.acobrasil.org.br 33

×