Handebol   teórica
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Handebol teórica

on

  • 23,608 views

 

Statistics

Views

Total Views
23,608
Views on SlideShare
23,088
Embed Views
520

Actions

Likes
7
Downloads
841
Comments
1

4 Embeds 520

http://eabbotafogofundamental2.blogspot.com 288
http://eabbotafogofundamental2.blogspot.com.br 230
http://74.6.239.84 1
http://eabbotafogofundamental2.blogspot.pt 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • to precisando disso pra aula de ED.fisica
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Handebol   teórica Handebol teórica Presentation Transcript

  • HANDEBOL Prof ª : Gisele Cristina Dias
    • Em 1919, o professor alemão Karl Schelenz reformulou o "Torball", alterando seu nome para "Handball" com as regras publicadas pela Federação Alemã de Ginástica para o jogo com 11 jogadores. Em 1920, o Diretor da Escola de Educação Física da Alemanha tornou o jogo desporto oficial.
    • A divulgação na Europa deste novo desporto não foi difícil, visto que Karl Schelenz era professor na então famosa Universidade de Berlim, onde seus alunos, principalmente os estrangeiros, difundiram as regras então propostas para vários países.
    • Com as dificuldades do rigoroso inverno europeu, o Handebol de Campo foi aos poucos sendo substituído pelo "Torball" que passou a ser o "Handebol de 7", chamado de "Handebol de Salão", mostrando-se mais veloz e atrativo. Em 1972, nos Jogos Olímpicos realizados em Munique-Alemanha, o Handebol não mais utilizava o complemento "de salão".
    • O Handebol no Brasil chegou após a I Grande Guerra Mundial, quando um grande número de imigrantes alemães veio para o Brasil estabelecendo-se na região sul por conta das semelhanças climáticas.
    HISTÓRICO
    • O Handebol é entre os esportes coletivos, o mais fácil e o mais benéfico de todos. O mais fácil porque não oferece qualquer dificuldade na execução dos seus movimentos e pela rapidez com que é compreendido pelo iniciante. Engloba três qualidades físicas fundamentais: velocidade, habilidade e força.
    • A prática do Handebol pode ser realizada tanto em campo,na areia, como em salão, sendo que em ginásio fechado vem encontrando maior aceitação, dada a maior velocidade empregada e a constante sensação de gol que se lhe oferece.
    HISTÓRICO
  •  
  • CARACTERÍSTICA DO JOGO O Handebol é um esporte coletivo jogado com as mãos, por duas equipes de 12 jogadores, sendo 7 titulares e 5 reservas. OBJETIVO DO JOGO O objetivo do jogo é fazer gol no gol adversário e impedir que o mesmo aconteça em seu gol ou que o adversário tome posse da bola.
  • A BOLA
    • A bola deve ser de couro ou material sintético, esférica e sua superfície não pode ser brilhante nem escorregadia.
    • As medidas da bola (circunferência e o peso), que serão usadas pelas diferentes categorias de equipes são as seguintes:
    • 58-60 cm e 425-475 g (tamanho 3) para homens e equipes masculinas jovens (acima de 16 anos);
    • 54-56 cm e 325-375 g (tamanho 2) para mulheres, equipes femininas jovens (acima de 14 anos) e equipes masculinas jovens (entre 12 e 16 anos);
    • 50-52 cm e 290-330 g (tamanho 1) para equipes femininas jovens (entre 8 e 14 anos) e equipes masculinas jovens (entre 8 e 12 anos).
    • As partidas oficiais das categorias maiores tem duração de 2 tempos de 30 minutos com intervalo de 10 minutos entre eles.
    • Para categorias menores a duração pode ser menor dependendo do regulamento da competição.
    DURAÇÃO DA PARTIDA
    • TIRO DE SAÍDA
    • O jogo inicia com as duas equipes no seu meio campo.
    • A escolha da posse de bola é por sorteio. No começo do jogo, o tiro de saída é executado pela equipe que venceu o sorteio e escolheu começar com a posse de bola. Os adversários, então, tem o direito de escolher o lado da quadra.
    • Depois do intervalo as equipes mudam de lado e inicia o jogo a equipe contrária que começou o jogo.
    • Após acontecer um gol, a equipe que levou o gol reinicia o jogo com um tiro de saída.
    REGRAS
    • TIRO DE LATERAL
    • Um tiro lateral é marcado quando a bola tiver cruzado completamente a linha lateral, ou quando um jogador de quadra da equipe defensora foi o último a tocar na bola antes que ela cruze a linha de fundo de sua equipe.
    • O tiro lateral é executado sem o apito do árbitro pelo adversário da equipe cujo jogador tocou por último na bola antes que ela tenha cruzado a linha. O tiro lateral é executado do ponto onde a bola cruzou a linha lateral ou, se ela cruzou a linha de fundo, da intersecção entre a linha lateral e linha de fundo daquele lado.
    • O executante deve permanecer com um pé sobre a linha lateral até que a bola tenha saído de sua mão. Ao jogador não é permitido colocar a bola no solo e pegá-la de novo, ou quicar a bola e agarrá-la novamente.
    • Enquanto o tiro lateral está sendo executado, os adversários não podem estar a menos de 3 metros do executante.
    • TIRO DE META
    • Um tiro de meta é assinalado: quando o goleiro controlou a bola na área de gol; ou quando a bola cruza a linha de fundo, depois de ter sido tocada por último pelo goleiro ou pelo jogador da equipe adversária. O tiro de meta é executado pelo goleiro, sem o apito do árbitro.
    • O goleiro não deve tocar a bola após um tiro de meta, a menos que ela tenha tocado outro jogador.
    • TIRO LIVRE
    • Os árbitros interrompem o jogo e o reiniciam com um tiro livre quando a equipe de posse da bola comete uma violação e determinados tipos de faltas.
    • O tiro livre é normalmente executado sem nenhum apito do árbitro, no local onde a violação ou infração tenha ocorrido.
    • Quando um tiro livre está sendo executado, os adversários devem manter uma distância de pelo menos 3 metros do executante.
    • O jogador executante do tiro livre deverá estar com a bola na mão, não devendo colocá-la no solo e pegá-la novamente, ou quicá-la e agarrá-la de novo.
    • TIRO DE 7 METROS
    • O tiro de 7 metros é marcado sempre após uma falta grave, uma conduta irregular numa ocasião flagrante de gol, violação intencional da própria área da trave numa tentativa de defesa e lançamento intencional ao próprio goleiro.
    • O tiro de 7 metros será executado como um arremesso ao gol, dentro de 3 segundos após o apito do árbitro.
    • O jogador que está executando o tiro de 7 metros não deve tocar ou cruzar a linha de 7 metros antes que a bola tenha saído da sua mão.
    • Na execução, os companheiros do executante devem permanecer fora da linha de tiro livre, até que a bola tenha saído da mão do mesmo.
  •  
    • São feitas automaticamente sem nenhum necessidade de comunicar a equipe de arbitragem. Deve ser feita na zona de substituição. O jogador que irá entrar deverá esperar que o jogador que deverá ser substituído sair completamente da quadra para poder entrar. Se houver irregularidade na substituição o jogador que entrou deverá ser excluído por 2 minutos.
    Substituições
    • É permitido:
        • Lançar, bater, empurrar, socar, parar e pegar a bola, mas com as seguintes partes do corpo:
          • Mãos, braços, cabeça, tronco, coxas e joelho.
        • Ficar 3 segundos e dar no máximo 3 passos com a bola na mão.
    Manejo de bola
    • Não é permitido:
      • Lançar a bola de uma mão para a outra, mas é permitido trocar a bola de mão ao quicá-la.
      • Quicar com as duas mãos.
      • Utilizar os pés para interceptar ou receber a bola.
      • Quicar, segurar e quicar novamente a bola.
    Manejo de bola
    • É permitido barra a ação do adversário com o tronco.
    • Não é permitido agarrar ou empurrar o adversário.
    • Não é permitido empurrar o jogador adversário para dentro da área do gol.
    • Não é permitido lançar-se sobre o adversário correndo ou saltando.
    Conduta com o adversário
    • Cartão Amarelo
    • Exclusão por 2 minutos ( 1 jogador a menos até terminar os 2 minutos)
    • Desqualificação (cartão vermelho)
    • Expulsão ( jogador não pode ser substituído)
    As Sanções
    • Empunhadura
      • É o fundamento mais
      • importante no Handebol
      • pois é a base para os outros fundamento.
    • Domínio de bola
      • Muitas vezes é realizado através de batidas sucessivas da bola no solo ( drible)
    FUNDAMENTOS
    • Quando estiver quicando a bola (com apenas 1 mão) o jogador poderá deslocar-se pelo espaço que desejar, sem entrar na área do goleiro.
    • O jogador não poderá realizar o duplo drible, ou seja, quicar a bola segurá-la na mão e quicar novamente.
    • O jogador poderá:
      • dar 3 passos com a bola na mão e depois quicar.
      • se já estiver quicando, segurar a bola e realizar os 3 passos com a bola na mão.
      • realizar 3 passos com a bola na mão depois quicar e dar mais 3 passos.
    DRIBLE DRIBLE
    • É o fundamento que deve ser realizado sempre com ambas as mãos, para garantir a eficiência de sua execução. As recepções podem ser feitas em várias alturas:
      • Acima da cabeça (Alta)
      • Altura do peito
      • Altura do quadril
      • Altura do joelho
      • Junto ao solo.
    RECEPÇÃO
    • É o fundamento que é utilizado para que seja dada sequência ao jogo. A boa execução desse fundamento pode alterar a velocidade do jogo. O movimento técnico do passe e do arremesso é o mesmo o que muda é a força. Tipos de passes:
      • Altura do ombro, lateral ou pronado, altura do quadril,por trás das costas e por trás da cabeça.
    PASSE
    • São as formas utilizadas pelo atleta para se deslocar no campo de jogo, quando está com a bola. A progressão pode ser feita das seguintes maneiras:
      • Em batidas sucessivas
      • Em ritmo trifásico
      • Combinações ( 3 passadas +passe, 3 passadas + arremesso, drible + e passadas)
      • Com duplo ritmo trifásico
    PROGRESSÃO
    • São os fundamentos que são executados para tentar fazer o gol. Podem ser executados da seguinte maneira:
      • Em apoio
      • Em suspensão
      • Com queda para frente
      • Com giro e queda ( dois lados)
      • Com queda lateral
    ARREMESSOS