• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Soja 2010 Hectare Forcelini
 

Soja 2010 Hectare Forcelini

on

  • 8,077 views

Soja 2010 Hectare Forcelini

Soja 2010 Hectare Forcelini

Statistics

Views

Total Views
8,077
Views on SlideShare
7,828
Embed Views
249

Actions

Likes
1
Downloads
232
Comments
0

9 Embeds 249

http://getacs.blogspot.com.br 120
http://getacs.blogspot.com 114
http://www.getacs.blogspot.com.br 6
https://cursosrapidosonline.com.br 3
https://www.xn--cursosonlinedaeducao-7yb1g.com.br 2
http://www.getacs.blogspot.com 1
http://www.docseek.net 1
http://getacs.blogspot.com.au 1
https://www.cursosonlinecursos.com.br 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Soja 2010 Hectare Forcelini Soja 2010 Hectare Forcelini Presentation Transcript

    • Manejo de doenças em soja C.A. Forcelini UPF
    • Por que controlar doenças em soja?
    • Área foliar ideal = 4 a 5 m2 por 1 m2
    • Cultivar precoce Cultivar tardia - menos folhas - mais folhas - menos tempo enchimento - mais tempo enchimento - “soja magra” - “soja gorda”
    • Componentes do rendimento de grãos Floração Canivete Enchimento
    • Morte antecipada por doenças: - 80/ha dia
    • Ganho médio com controle de doenças 13,4 14,2 15,2 19,1 scs/ha Safra 2007/08
    • Quando controlar?
    • Tratamento de sementes
    • Reduzir morte de plantas
    • Plantas com mais vigor
    • Proteção do baixeiro
    • Número de plantas por metro linear Sem tratamento Inseticida Inseticida + Inseticida + Fungicida Fungicida UPF, 2009
    • Vigor das plantas Inseticida + Inseticida + Sem tratamento Inseticida Fungicida Fungicida UPF, 2009
    • Rendimento de grãos Inseticida + Inseticida + Sem tratamento Inseticida Fungicida Fungicida UPF, 2009
    • Quando controlar na parte aérea?
    • Oídio
    • 27 38 50 a 58 39 42 41Uma aplicação 14 dias antes42
    • Safra 2009
    • Controle e rendimento em função do número de aplicações, 2009 Aplic. 1 Aplic. 2 Aplic. 3 Rendimento Diferença (V9) (21) (21) (scs/ha) (scs/ha) - - - 31,8 - T+E T+E T+E 52,3 +20,5 - T+E T+E 46,2 -6,1 T+E T+E - 47,5 -4,8 T+E - T+E 44,2 -8,1
    • Soja super-precoce Sem fungicida V9 + 20 dias 48 56 55 54 R1 + 20 dias Primeiros sintomas + 20 dias
    • Soja precoce Sem fungicida V9 + 20 dias 45 59 57 55 R1 + 20 dias Primeiros sintomas + 20 dias
    • Soja ciclo médio Sem fungicida V9 + 20 + 15 dias 33 48 39 49 R1 + 20 + 15 dias Prim. sintomas + 20 + 15 dias
    • BRS 246 45 V9 + 20 dias 39 R1 + 20 + 15 dias
    • Comparativo de programas de aplicação, UPF, 2009-10 28,5 54,8 52,5 54,6 36,2 57,5 53,3 54,3 38,5 57,1 55,6 52,8 35,4 52,7 48,7 52,4 37,4 56,8 53,8 56,2 39,7 55,0 52,3 55,8 42,7 58,9 60,6 57,4 41,9 57,4 54,6 60,2 Apolo Fundacep 53 - Testemunha: 40,4 scs/ha - Testemunha: 34,4 scs/ha - Normal: 55,2 - Normal: 52,4 - Mais cedo: 57,2 - Mais cedo: 54,4
    • Doenças de final de ciclo Mancha-alvo Mofo branco Antracnose Alternaria
    • Distribuição das gotas na planta 82,9% 13,3% 3,8% Ulisses Antoniassi, UNESP
    • 2009 R1 + 21 + 14 dias V9 + 21 + 21 dias
    • Componentes do rendimento de grãos Variável V9 + 21 + 21 R1 + 21 + 14 Vagens/planta 49,9 47,6 Grãos/planta 95,2 90,9 Peso grãos/planta 15,7 14,7
    • Sugestão de manejo + seguro: 1a: pré-fechamento 2a: 18 a 20 dias após 3a: a) Ciclo precoce, plantio no cedo: monitorar b) Ciclo médio-longo, plantio normal-tarde: 14 a 20 dias
    • Que fungicida utilizar?
    • 2010
    • Consórcio Anti-ferrugem – Passo Fundo Sem fungicida Triazol A (3x) 36 38 46 53 Triazol B (3x) Triazol + estrobilurina (3x)
    • Consórcio Anti-ferrugem, 2010 - média de 15 locais -
    • Consórcio Anti-ferrugem, 2010 - média de 15 locais - Diferença em Fungicida Controle (%) sacos/alq Triazóis 28 a 39% 7,6 a 11,6 Misturas de 74 a 81% 18,4 a 25,2 Triazol + estrobilurina
    • Doenças de final de ciclo Mancha-alvo Mofo branco Antracnose Alternaria
    • Estrobilurinas
    • Triazol e Benzimidazol
    • Resultados safra 2010, UPF Tratamentos (3x) Exper. 1 Exper. 2 Testemunha 35,6 30 Triazol + estrobilurina 53,2 53,2 Triazol + estrob. + benzimidazol 55,6 56,4
    • Manejo necessário Rotação e Arranjo de Resistência Semente plantas genética Fungicida
    • Podridões de raiz e haste
    • Podridão de Macrofomina
    • Manejo da Macrofomina o Buscar cultivares mais tolerantes o Minimizar o stress de seca o Rotação com gramíneas o Estrutura do solo o Arranjo de plantas o Boa palhada o Planejamento da semeadura
    • Mofo branco
    • Manejo do mofo branco o Evitar adensamento de plantas o Cuidar a origem da semente o Tratar a semente com fungicida o Manter boa palhada o Preferir soja de hábito determinado o Controle biológico ? o Estimular germinação e matar o fungo para evitar novos escleródios
    • Controle químico Período crítico: R1 até R3-R4 Diferença em rendimento: até 26% Volume de água: 500 a 600 L/alq Benzimidazol Fluazinam 1,7 a 2,2 L/alq Procimidone Uma aplicação Duas aplicações Até R1 Até R1 + 10-15 dias