Relatório Anual de Atividades 2011 - ChildFund Brasil
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Relatório Anual de Atividades 2011 - ChildFund Brasil

on

  • 5,148 views

O Relatório Anual de Atividades 2011 do ChildFund Brasil – Fundo para Crianças traz informações sobre as ações, programas e projetos sociais desenvolvidos pela organização no último ano, ...

O Relatório Anual de Atividades 2011 do ChildFund Brasil – Fundo para Crianças traz informações sobre as ações, programas e projetos sociais desenvolvidos pela organização no último ano, além das demonstrações financeiras de 31 de dezembro de 2011 auditadas pela empresa de auditoria independente Ernst&Young Terco. A proposta deste instrumento de comunicação é prestar contas das atividades desenvolvidas para todos os nossos doadores, parceiros, apoiadores e para a sociedade de um modo geral. E também busca fortalecer o compromisso do ChildFund Brasil com a transparência na governança institucional, gestão de processos e aplicação dos recursos para a promoção do bem estar de crianças e famílias que vivem em situação de privação, exclusão e vulnerabilidade no Brasil.

Statistics

Views

Total Views
5,148
Views on SlideShare
4,041
Embed Views
1,107

Actions

Likes
0
Downloads
24
Comments
1

3 Embeds 1,107

http://www.childfundbrasil.org.br 1088
http://publica.fundocristao.com.br 18
http://translate.googleusercontent.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • 17-Ola,sou o Pr1nceMG,Divulgador oficial do Servidor de Mu online do Brasil
    lhes convido para nos fazer uma visita e desde já,sejam todos benvindos..
    O jogando.net/mu/ Brazil
    É UM SERVER DE MU ONLINE SEASON 6,
    QUE ESTÁ ON HÁ MAIS DE 5 ANOS,Produzindo sua Diversão com qualidade.
    TODOS OS SERVERS ficam ON 24 horas por dia, Sempre Buscamos o Melhor para os Gamers.
    São varios Server esperando por você :
    ** Venha conhecer o mais novo Servidor 'MuWar' 1000x/1500x
    ** Super - 10.000x
    ** Pvp 15.000x
    ** Very Easy - 5.000x
    ** Hard 100 x
    ** Extreme 10x
    ** Novo servidor Phoenix: Free 3000x | Vip: 4000x Phoenix
    Os Melhores itens e kits mais tops de um server De MU Online:
    ** NOVOS KITs DE RINGs E PENDANTs + SOCKETs + ancients;Novas asas lvl 3 com sockets;
    ** NOVOS SHILDs POWER V3
    ** NOVOS KITS OLD SCHOOL
    ** Novos sets especial de Futebol
    ** Novos Kits Devastador
    ** Novos Kits DIAMOND v3 + Kit Mystical (a combinação da super força)
    ** CASTLE SIEGE AOS SÁBADOS e DOMINGOS.
    Esperamos pela sua visita.Sejam todos muito benvindos ao nosso Servidor.
    E obrigado pela atençao de todos voces !!!
    CONHEÇA TAMBÉM ANIME CLOUD! são mais de 20.000 mil episódios
    BY: Pr1nceMG Divulgador oficial do Mu.jogando.net
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Relatório Anual de Atividades 2011 - ChildFund Brasil Relatório Anual de Atividades 2011 - ChildFund Brasil Document Transcript

  • www.childfundbrasil.org.brRELATÓRIO ANUAL de Atividades 2011
  • www.childfundbrasil.org.brCONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO2009|2012Presidente Rosber Neves Almeida Gerson Carlos de SouzaVice-Presidente Ednilton Gomes de Soárez Ricardo Pires1º Tesoureiro Valseni José Pereira Braga Amadeu Roselli Cruz2º Tesoureiro Jadyr Elon Braga Ami Ribeiro de Amorim1º Secretário José Júlio dos Reis Ângela Rodrigues Guimarães2º Secretário Airton Maia Nogueira Gilberto Madeira Peixoto Carlos Alberto de SousaDIRETOR NACIONALGerson Pacheco CONSELHO CONSULTIVO FORTALEZA -CEASSEMBLEIA GERAL Ednilton Gomes de SoárezRosber Neves Almeida Othoniel Silva MartinsEdnilton Gomes de Soárez Airton Maia NogueiraJadyr Elon Braga Germano Francisco de AlmeidaOthoniel Silva Martins José Rosa Abreu ValeRaymundo Rabello Mesquita Maria do Perpétuo Socorro França PintoJosé Júlio dos Reis Júlio Alexandre Damasceno RochaAirton Maia Nogueira Sinézio Bernardo de OliveiraJosé Raimundo da Silva LippiMaria do Perpétuo Socorro França Pinto CONSELHO CONSULTIVONavantino Alves Filho BRASÍLIA - DFNatalia Jereissati Rosber AlmeidaValseni José Pereira Braga Gilson MagalhãesPriscila Soares Herbert BarrosGilson Magalhães José Júlio dos ReisAmi Ribeiro de Amorim Ronaldo MartinsHerbert Borges Paes de BarrosGuilherme Soárez CONSELHO CONSULTIVO SÃO PAULO -SPCONSELHO FISCAL2009/2012 Priscila Soares Flávia LippiTITULARES Natalia JereissatiPriscila Soares Thais CorreiaJosé Raimundo da Silva Lippi Elisabete WallerAmi Ribeiro de Amorim Mário Mariz Guilherme SoárezSUPLENTES CONSELHO CONSULTIVORaymundo Rabello Mesquita RIO DE JANEIRO –RJNatalia JereissatiVAGO Maria Aparecida Carneiro da Cunha Davidson FreitasCONSELHO CONSULTIVO Marcos SimasBELO HORIZONTE -MG Rogério GarberJosé Raimundo da Silva LippiNavantino Alves FilhoHélio BitarRelatório de Atividades 2011
  • APADRINHE UMA CRIANÇA AGORA!Ficha TécnicaDiretor Nacional: Gerson PachecoRedação e edição: Patrícia BragançaProjeto Gráfico: Brígida MattosRevisão: Versão FinalFotos: Centro de Documentação e Memória - ChildFund BrasilGerente de Marketing e Mobilização de Recursos: Mauricio BiancoGerente de Relacionamento: Denise SantosGerente de Recursos Humanos e Administração: Joyce MaraGerente de Programas Sociais: Dov RosenmannGerente de Auditoria: Ozeas FreireGerente de Processos: Andrew JohnsonGerente Financeiro: Cláudia GontijoExpedienteChildFund Brasil – Fundo para CriançasCNPJ: 17.271.925/0001-70Inscrição Municipal: 404.447/004-8Inscrição Estadual: IsentoEscritório NacionalRua Curitiba, 689 - 5º andar - CentroCEP 30170 -120 - Belo Horizonte - MGFone: (31) 3279-7400 - Fax: (31) 3279-7416www.childfundbrasil.org.br
  • www.childfundbrasil.org.brSUMÁRIOMensagens 1ChildFund Brasil em números 4Quem Somos 5Onde Atuamos 745 anos 8Estrutura Institucional 9O que fazemos 12Como fazemos 13Programa de Apadrinhamento 26Nossos Parceiros 33Pesquisas 35Canais de Comunicação 40Administração e Finanças 42ANEXOS 45- Relatório dos auditores independentes- Demonstrações Financeiras Auditadas- Balanços Patrimoniais- Demonstrações do resultado- Demonstrações das mutações do patrimônio líquido- Demonstrações dos fluxos de caixa- Notas explicativas às demonstrações financeiras- Parecer do Conselho Fiscal ChildFund Brasil - Fundo para Crianças
  • APADRINHE UMA CRIANÇA AGORA! MENSAGEM DO PRESIDENTE Encerramos as atividades do ChildFund Brasil – Fundo para Crianças em 2011 com resultados positivos, mas também com muitos desafios para os próximos anos. Dentre os 16,2 milhões de pessoas que vivem em situação de pobreza extrema no Brasil, 8 milhões são crianças e adolescentes. O cenário atual nos move em direção a novas iniciativas. Assim podemos contribuir para que mais crianças, adolescentes e jovens possam romper o círculo vicioso da desigualdade social e suas consequências, que transmitem a pobreza de uma geração à outra. Unir esforços com outros atores sociais é imprescindível para o fortalecimento do círculo virtuoso do desenvolvimento humano e social. Essa é a condição para potencializar talentos e aumentar o impacto do crescimento econômico sobre a pobreza e a igualdade de oportunidades. Durante o ano que passou, o ChildFund Brasil buscou consolidarRosber Almeida novas parcerias, fortalecer a governança institucional ePresidente do ampliar a atuação da equipe de profissionais que trabalhaChildFund Brasil - Fundo para Crianças nas comunidades. Foi também um momento de inovação ao incorporar novos mecanismos de gestão com foco em resultados para as crianças e comunidades em que o ChildFund Brasil atua. Outro passo importante em 2011 foi a mudança da marca. O antigo Fundo Cristão para Crianças assume uma nova identidade: ChildFund Brasil – Fundo para Crianças. Com a proposta alinhada à padronização da marca com a rede ChildFund International, a organização consolida o apoio para a superação da pobreza em dezenas de países. Após 45 anos de dedicação a crianças, adolescentes e famílias em situação de privação, exclusão e vulnerabilidade, mais uma vez agradeço a todos os parceiros, doadores, padrinhos, madrinhas, voluntários, apoiadores e fornecedores que tornam viável e transitável essa caminhada que transforma tantas vidas. De mãos dadas, esperamos contar com você para que a realidade da infância, adolescência e juventude brasileiras seja mais digna, oportuna e igualitária.Relatório de Atividades 2011 1
  • www.childfundbrasil.org.brMENSAGEM DO DIRETOR NACIONALTrabalhamos para promover o acesso aos Direitos da Criança,na convicção de que as crianças têm a capacidade de realizarmelhorias em suas vidas e podem se tornar jovens, adultos, paise líderes que vão gerar mudanças sustentáveis e positivas naspróprias vidas e nas de suas famílias e comunidades.Fundamentados nessa crença, encerramos o ano de 2011 coma execução de 301 projetos sociais nas comunidades em queatuamos. Para alcançar essa marca, contamos com o apoioda rede de organizações sociais parceiras, sem as quais seriaimpossível beneficiar mais de 140 mil crianças, adolescentese jovens e suas famílias. Só no último ano, o ChildFund Brasilaportou R$ 22,8 milhões na superação da pobreza infantil dascrianças brasileiras.O investimento para a superação da desigualdade extremavivenciada por milhares de crianças que sofrem com asviolações de direitos e as vulnerabilidades do contextourbano e rural é fruto de atos de grande solidariedade. Ocomprometimento de milhares de padrinhos e madrinhas Gerson Pachecoconfirma a crença no poder transformador das oportunidades Diretor Nacional dooferecidas a cada criança por meio das doações. ChildFund Brasil - Fundo para CriançasÉ na expectativa de que brasileiros possam apoiar odesenvolvimento de outros brasileiros em situação deexclusão social que o Programa de Apadrinhamento vemse consolidando no país. O apadrinhamento de crianças éuma opção para aqueles que desejam atuar na valorização,proteção e promoção dos direitos das crianças na sociedade.Para as corporações que desejam realizar investimentossociais, o ChildFund Brasil tem se tornado uma referência,porque oferece experiência, comprometimento comimpactos sociais e transparência nas ações que desenvolvecomo contrapartida.É com esse espírito de transformação que caminhamosrumo a novas metas para os próximos anos com foco nodesenvolvimento e na justiça social.Juntos podemos mais! ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 2
  • APADRINHE UMA CRIANÇA AGORA! MENSAGEM DO VOLUNTÁRIO Após dez anos de trabalho voluntário, eu me emociono muito ao falar sobre minha história! Antes de conhecer esse trabalho, eu me sentia muito pequena e não imaginava onde poderia chegar. Após participar de diversas oficinas e treinamentos, eu me tornei uma liderança comunitária. Hoje sou uma mulher grande em meus valores, nos meus conhecimentos, na minha cultura e na vivência com as famílias. Aproveitei todas as oportunidades que me foram apresenta- das, quis mudar e ser diferente. Não me intimido mais. Hoje sei os meus deveres, mas principalmente luto e reivindico os meus direitos. Sou uma mulher realizada e enxergo o mundo com outros olhos. Agradeço ao Projeto Caminhando Juntos (Procaj), do qual atualmente sou presidente voluntária, e à equipe do ChildFund Brasil, porque juntos todos acreditamos no potencial das nossas famílias e comunidades. A vocês, minha gratidão!Vilma de Fátima Ferreira Almeida é voluntáriana organização parceira Projeto CaminhandoJuntos (Procaj), localizada em Diamantina (MG)MENSAGEM DO EX-APADRINHADOOlhar para trás e ver que o tempo passou... Com ele vieram osfrutos da solidariedade, e hoje eu sou um deles. Com o apoiodo ChildFund Brasil, consegui vislumbrar uma vida melhor pormeio dos estudos. Com o apadrinhamento, recebi o incentivonecessário que me impulsionou e me fez alcançar uma vidamais digna!Tenho certeza de que outras milhares de crianças tambémtêm recebido as oportunidades que um dia recebi e fico felizpor saber que o ChildFund Brasil continua firme no propósito deinvestir no futuro de cada uma.Parabéns a todos que construíram essa trajetória de tantosucesso! O meu muito-obrigado! Hélcio Martins é engenheiro e ex-apadrinhado do ChildFund Brasil – Fundo para CriançasRelatório de Atividades 2011 3
  • www.childfundbrasil.org.br ChildFund Brasil – Fundo para Crianças em númerosCHILDFUND BRASIL - FUNDO PARA CRIANÇAS 2011EM NÚMEROS140 milcrianças beneficiadas 220 milpor programas sociais pessoas atendidas 92 organizações sociais parceiras Presente em Mais de 862 5 mil voluntários comunidades brasileiras10 mil crianças apadrinhadas por doadores brasileiros e 42 mil por doadores estrangeiros 301 projetos sociais executados em 2011R$ 22,8 milhões investidos em projetos sociais 195 mil cartas trocadas entre padrinhos e afilhados ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 4
  • APADRINHEQuem somos UMA CRIANÇA AGORA!QUEM SOMOSHá 45 anos, o ChildFund Brasil – Fundo para Direitos com a execução de programas eCrianças acredita e investe no potencial projetos sociais integradores e a participaçãodas crianças, especialmente daquelas que de atores sociais em diferentes níveis davivem em situação de exclusão, privação e sociedade. É intensificando essa atuação quevulnerabilidade. A convicção que permeia o ChildFund Brasil busca promover o bem-estaresse trabalho se apoia no poder das crianças de crianças, adolescentes e jovens do país ede contribuir substancialmente para realizar priorizar a promoção, defesa e proteção dosmudanças sustentáveis em suas vidas, nas direitos de cada um.famílias e nas comunidades. O ChildFund Brasil acredita que asNos últimos três anos, foram revisados os crianças possam se tornar adultosprogramas e projetos do ChildFund Brasil com ointuito de fortalecer as ações para a superação mais bem-preparados, com habilidadesda pobreza infantil no Brasil, começando necessárias para melhorar as suas vidaspelas comunidades em que a organização e as daqueles que vivem à sua volta.atua. As ações são fundamentadas em umaanálise profunda do contexto urbano e rural O ChildFund Brasil atua como agente integradorem que as crianças vivem e na compreensão de recursos, tecnologias sociais e ferramentasde suas vulnerabilidades, angústias, anseios e de gestão que permitem a modelagem depercepções em relação às condições de vida, soluções para os problemas enfrentados pelasviolação dos direitos e expectativas. crianças e pelas comunidades em situação de pobreza. A estratégia da organização valoriza oO ChildFund Brasil desenvolveu processos papel da família, criando um ambiente propícioparticipativos nas comunidades para ouvir a para o desenvolvimento das crianças nos“voz da criança” e pesquisar sobre as possíveis diferentes ciclos de vida: infância, adolescênciacausas da pobreza. De posse dos dados com e juventude.abrangência nacional, a proposta do ChildFundBrasil é fortalecer o Sistema de Garantia deRelatório de Atividades 2011 5
  • www.childfundbrasil.org.br Quem somosIdeologiaO ChildFund Brasil – Fundo para Crianças é uma organização de desenvolvimento social aliadaa uma ampla e experiente rede internacional – o ChildFund International - comprometida com asuperação da pobreza infantil no mundo.O propósito da organização é promover a transformação social e a superação da pobreza.Para isso, o ChildFund Brasil – Fundo para Crianças promove a integração e a articulação comcrianças, famílias, comunidades, apoiadores e parceiros que atuam como agentes de mudançassustentáveis, com foco no desenvolvimento e no bem-estar das crianças.MissãoApoiar o desenvolvimento de crianças em situação de privação, exclusão e vulnerabilidadesocial, tornando-as capazes de realizar melhorias em suas vidas e tenham oportunidade de setornarem jovens, adultos, pais e líderes que possam levar mudanças sustentáveis e positivas paraàs comunidades.Mobilizar pessoas e instituições para que atuem na valorização, proteção e promoção dos direitosdas crianças na sociedade.Visão Ser referência na gestão de excelência de programas e projetos socioambientais para a supe- ração da pobreza infantil e na promoção dos direitos da criança e do adolescente. Ser reconhecida como promotora do desenvolvimento sustentável local, por meio da mobiliza- ção de recursos diversificados. Ser gestor do conhecimento produzido pela Organização de forma sustentável, utilizando tecnologias digitais. Ser percebida como uma organização que compartilha conhecimentos e o modelo de gestão com outras organizações sociais no Brasil e em outros países. Alcançar a marca de 77 mil crianças apadrinhadas, com o apoio de 17 mil padrinhos brasileiros e 60 mil estrangeiros até 2020. E beneficiar 380 mil pessoas com a execução dos programas sociais desenvolvidos pelo ChildFund Brasil.Valores Defesa e promoção dos direitos da criança Honestidade e integridade Respeito e valorização das pessoas Diversidade de pensamento e experiência Desafio gerando inovação Proatividade e colaboração ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 6
  • APADRINHE UMA CRIANÇAOnde Atuamos AGORA!ONDE ATUAMOSNo mundoO ChildFund Brasil é parceiro do ChildFund International, uma experiente rede mundial que atuaem prol da superação da pobreza infantil no mundo. Com mais de 70 anos de experiência, a redetem presença global e por meio de uma aliança com outras organizações do ChildFund Allianceatua em mais de 55 países, beneficiando mais de 15 milhões de pessoas no mundo. In India, ChildFund is improving the lives of children in its U.S. programs. In Brazil, In Afghanistan, students from internallyNo Brasil in formal schools.O ChildFund Brasil atua em 862 comunidades brasileiras urbanas e rurais nos estados de MinasGerais, Ceará, Rio Grande do Norte e Pernambuco, beneficiando cerca de 220 mil pessoas, dentreelas, mais de 140 mil são crianças, adolescentes e jovens. Nordeste 1 2 3 CE 1 Fortaleza 4 2 Noroeste Cearense PE 3 Sudeste Cearense RN 4 Sertão 8 7 Sudeste 6 5 Belo Horizonte 5 6 Alto Jequitinhonha MG 7 Médio Jequitinhonha 8 Baixo JequitinhonhaRelatório de Atividades 2011 7
  • www.childfundbrasil.org.br 45 anos transformando vidas45 ANOS TRANSFORMANDO VIDAS Em 2011, o ChilFund Brasil – Fundo para Crianças foi homenageado pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais pelos 45 anos dedicados ao apoio a crianças, adolescentes, jovens e famílias em situação de exclusão, privação e vulnerabilidade social, trazendo oportunidades para que todos desenvolvam plenamente seu potencial. O ChilFund Brasil, antigo Fundo Cristão para Crianças, atua no país desde 1966. O principal impacto dessa trajetória é a transformação realizada na vida de milhares de crianças e famílias que recebem apoio e afeto de doadores por meio do Programa de Apadrinhamento.Gerson Pacheco, diretor nacional do ChildFundBrasil, à direita, recebe placa de homenagemdo Deputado Dinis Pinheiro, presidente daAssembleia Legislativa de Minas GeraisDurante a cerimônia, o ex-apadrinhado e engenheiroHélcio Martins,  50 anos, falou sobre a sensação de serapadrinhado e participar das atividades educativas.“Estudo é tudo! O conhecimento nos prepara,é essencial para a vida, e o Childfund Brasil meproporcionou isso”, relembra Hélcio. Hélcio Martins, ex-apadrinhado, falou sobre sua experiência com o Programa de Apadrinhamento A cerimônia foi abrilhantada com performances de Samba Reggae,  Papa-Funk e  Sexta Tribo apresentadas pelo grupo  de percussão Batukalata. O grupo é formado por 25 crianças de 7 a 16 anos integrantes dos projetos sociais na organização parceira Centro Social Conjunto Paulo VI. Utilizando instrumentos feitos de material reciclado, o Batukalata executa ritmos brasileiros e temas de dança de rua para sociabilizar crianças e adolescentes por meio da arte.Grupo de percussão Batukalata, formado porcrianças e adolescentes da organização socialparceira Centro Social Conjunto Paulo VI, localizadoem Belo Horizonte (MG) ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 8
  • APADRINHE UMA CRIANÇAEstrutura Institucional AGORA!ESTRUTURA INSTITUCIONALGovernançaA gestão do ChildFund Brasil é fundamentada comprometidos com a conduta ética daem processos de governança que organização.respeitam os conceitos de transparência,equidade, prestação de contas, eficiência e No cotidiano, a gestão administrativa doresponsabilidade. ChildFund Brasil é feita por um corpo técnico de profissionais dedicados a promover oO ChildFund Brasil tem uma ideologia focada crescimento sustentável. Com o apoio deno bem-estar da criança e na superação da parceiros, a equipe busca as melhores práticaspobreza infantil. A organização utiliza um para aprimorar os processos institucionais derobusto modelo de governança estruturado apoio à criança.e profissional que norteia sua administração,a direção e o controle sobre as operações e Para assegurar a transparência na gestãoo relacionamento que estabelece com seus dos recursos e realizar o monitoramento dosdiversos públicos. investimentos sociais, o ChildFund Brasil e a rede de organizações sociais parceiras de todo oOs membros dos Conselhos de Administração, país são auditados anualmente pela empresaFiscal e Consultivos são voluntários que internacional de auditoria Ernst & Young Terco.dedicam tempo, conhecimento e reputação Os relatórios das demonstrações financeiras sãoao ChildFund Brasil. Essas instâncias prestam publicados anualmente para que os doadoressuporte à gestão e são responsáveis pelos e os demais públicos possam monitorar adirecionamentos e por decisões estratégicas. aplicação dos recursos.E os integrantes estão profundamenteModelo de Gestão Assembleia Avaliações Comitê Conselho ADM Independentes Executivo Conselho Fiscal (Auditorias) Nacional (NET) MUNIDADE CO S FAMÍLIAS Mobilização de Recursos Marketing Comunicação CRIANÇAS, Aquisição de Doadores ADOLESCENTES Atendimendo aos Doadores E JOVENS Linha de Frente Desenvolvimento Comunitário Desenvolvimento de Programas Sociais Gestão de Projetos Relacionamento Criança e Padrinho Monitoramento e Avaliação Privação Financeira/ Recursos Humanos/ Assessoria Exclusão Tecnologia Executiva/ Administração Asseguramento VulnerabilidadeRelatório de Atividades 2011 9
  • www.childfundbrasil.org.br Estrutura InstitucionalEstrutura Organizacional Assembleia Conselho Fiscal ChildFund Conselho Consultivo Conselho de International Administração Minas Gerais Ceará Brasília America’s Region Diretor Nacional Gerson Pacheco Assessoria Executiva 2 1 1 Mobilização Linha de Frente Suporte de Recursos Mobilização Programas Relacionamento Asseguramento Finanças e Pessoas e de Recursos Sociais Criança Padrinho Ozeas Freire Tecnologia Administração Mauricio Bianco Dov Rosenmann Denise Mello Welbert Luis Joyce Mara 2 1 Rede de Atendimento Contabilidade Marketing Organizações aos Padrinhos Comunicação Tesouraria Unidade de Relacionamento Aquisição de Campo Criança - Padrinho Controladoria Doadores 14 2 7 Time de Qualidade Tecnologia Programática 1 13 Gestão de Projetos 1 13 Total 53 funcionários 5 estagiários ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 10
  • APADRINHE UMA CRIANÇAEstrutura Institucional AGORA!Nova MarcaUm novo nome com os valores de sempreO ChildFund Brasil faz parte uma ampla rede A nova identidade da organização reafirma ointernacional formada pelo ChildFund Interna- compromisso com a criança e está fundamen-tional – uma organização mundialmente respei- tada em uma profunda análise sobre a situaçãotada e conhecida. Há mais de 70 anos, o Child- de privação, exclusão e vulnerabilidade que asFund atua em prol da superação da pobreza crianças enfrentam todos os dias. Além disso, ainfantil no mundo. A organização beneficiou nova marca reflete a proposta de soluções quemais de 15 milhões de pessoas em situação de envolvem a participação ativa das crianças, ovulnerabilidade social. envolvimento da comunidade em que vivem e o fortalecimento da rede de parceiros sedi-Para fortalecer a estratégia internacional dos mentada nos princípios da defesa, proteção epróximos anos, a organização reformulou a sua promoção dos Direitos da Criança.marca. No Brasil, o antigo Fundo Cristão paraCrianças agora é o ChildFund Brasil – Fundo O ChildFund Brasil – Fundo para Crianças separa Crianças. A estratégia da organização apoia no conjunto dessas ações, por consi-é alcançar a superação da pobreza infantil, derá-las a melhor maneira de gerar impactoso bem-estar da criança em todas as etapas positivos em curto e longo prazos na vida dedo ciclo de vida - infância, adolescência e quem mais precisa: as crianças.juventude - e a unificação da identidadeinstitucional com foco na atuação global dotrabalho que desenvolve em mais de 50 países.Confira a linha do tempo e veja as mudanças ocorridas na logomarca do ChildFund Brasil, nasúltimas décadas: 1970 1980 2004 2010 2011Relatório de Atividades 2011 11
  • www.childfundbrasil.org.br O que fazemosO QUE FAZEMOSO ChildFund Brasil é um integrador de recursos, e avaliação de cada projeto. As crianças, ostecnologias sociais e ferramentas de gestão que adolescentes e os jovens participam ativamentepermitem a criação de soluções para problemas desses processos. Dessa forma, fica asseguradosociais enfrentados por crianças, adolescentes, que suas opiniões sejam consideradas ejovens, famílias e pelas comunidades em que respeitadas em todas as etapas de cadavivem. A estratégia da organização valoriza o processo.papel da família e cria um ambiente propíciopara o desenvolvimento infantil, humano e As organizações sociais parceiras recebemsocial. capacitação técnica e apoio financeiro e tecnológico que garantem o suporte paraPara executar os programas e projetos sociais, os processos de gestão organizacional,o ChildFund Brasil conta com o apoio de vários planejamento, execução, monitoramento eparceiros locais. São organizações sociais, avaliação dos projetos sociais. Para assegurarlideranças comunitárias, voluntários e instituições a transparência na gestão dos recursos, essasque ajudam a promover mudanças positivas nas organizações são auditadas anualmente ecomunidades em que atuam. estão comprometidas com a conduta ética e o modelo de gestão do ChildFund Brasil.O ChildFund Brasil trabalha com umarede formada por 92 organizações sociais Os atores e parceiros locais são preparados paraparceiras. Com a utilização de metodologias atuar de forma independente e sustentável. Oparticipativas, a rede envolve cada comuni- ChildFund Brasil atua nas comunidades pordade na proposição de soluções voltadas para tempo determinado. Depois de concluída ao desenvolvimento local. participação do ChildFund Brasil, a organização social parceira dá continuidade às atividadesAs comunidades participam dos processos de previstas nas metodologias adquiridas quediagnóstico, problematização, priorização, estejam ligadas ao desenvolvimento dasdesenvolvimento, execução, monitoramento comunidades. Modelo de Governança Capacitação Técnica Apoio Financeiro e Tecnológico Suporte à gestão organizacional (planejamento, execução, monitoramento e avaliação dos projetos sociais) Auditoria Demais parceiros (voluntários, lideranças comunitárias e instituições) Organizações Sociais Parceiras Metodologias participativas voltadas para o MUNIDADE desenvolvimento local CO S Atores sociais envolvidos nos processos de diagnóstico, FAMÍLIAS problematização, priorização, desenvolvimento, execução, monitoramento e avaliação dos projetos sociais. CRIANÇAS, Depois da atuação por ADOLESCENTES O ChildFund Brasil migra tempo determinado, para outras E JOVENS as organizações comunidades, estão prontas para dar reiniciando continuidade às atividades o processo de e seguir promovendo desenvolvimento mudanças positivas social em suas comunidades. ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 12
  • APADRINHE UMA CRIANÇAUm olhar para a superação da pobreza infantil AGORA!COMO FAZEMOS: UM OLHAR PARA ASUPERAÇÃO DA POBREZA INFANTILEm 2010, o ChildFund Brasil elaborou uma nova Inspirada na estrutura da flor do maracujá, aestratégia de atuação programática. A organi- estratégia considera quatro tópicos que funda-zação promoveu uma construção participativa mentam a atuação do ChildFund Brasil: vínculocom famílias, crianças, adolescentes, jovens e criança-padrinho (Eixo Vital), programas sociaisvários atores locais. Cerca de 1,8 mil pessoas (Sistema Central), Enfoques Estratégicos, re-contribuíram para a elaboração da estratégia, lações influentes e governança (Coroa de Sus-denominada Passiflora. A estratégia definiu os tentabilidade Sistêmica).novos programas e projetos sociais para o perío-do de cinco anos (2010 - 2015). Para consolidaro documento e comparar com as informações Modelo da estratégialevantadas nas comunidades, também foi reali-zada uma robusta análise sobre o contexto programática (2010 -2015)da pobreza infantil no Brasil, baseada emdados nacionais.I. Eixo vital III. Enfoques Estratégicos1. Vínculo criança-padrinho 7. Participação Autêntica Comunicação autêntica 8. Valorização de todas as pessoas 9. Desenvolvimento Institucional 10. Incidência em Políticas PúblicasII. Sistema Central2. Famílias e Organizações Protetorase Integradas para o Desenvolvimento IV. Coroa de Sustentabilidade3. Infância Saudável e Segura Sistêmica4. Crianças Educadas e Confiantes 11. Relações Influentes5. Jovens Capacitados e Participativos 12. Governança6. Sociedade comprometida com a defesae promoção dos Direitos das CriançasRelatório de Atividades 2011 13
  • www.childfundbrasil.org.br Um olhar para a superação da pobreza infantilApós a conclusão desse trabalho, desde 2011 o ChildFund Brasil tem orientado as suas atividadesprogramáticas sob o tripé programas sociais por ciclos de vida, Estatuto da Criança e do Adoles-cente e conceitos de privação, exclusão e vulnerabilidade.A atuação fundamentada nesse tripé amplia a visão sobre as questões que afetam diretamenteas crianças e os esforços a serem destinados para a promoção, defesa e proteção dos direitosatinentes a cada criança.Outra vertente de atuação do ChildFund Brasil são os enfoques estratégicos que perpassam osprojetos sociais. Esses enfoques estão fundamentados nos seguintes conceitos: Participação Autêntica e Enfoque de Direitos Enfoque de Gêneros e Capital Social Desenvolvimento Institucional Incidência em Políticas PúblicasO ChildFund Brasil entende que, para a criança crescer saudável, é preciso cuidar do seu en-torno: família e comunidade. Só assim é possível garantir a ela a saúde física, social e emocionalnecessária para o seu pleno desenvolvimento.Por isso, os programas e projetos sociais do ChildFund Brasil buscam soluções de forma global ecompleta e conta com a participação efetiva de crianças, adolescentes, jovens, famílias e atoreslocais que realizam trabalhos em cada comunidade.Para monitorar a execução dos projetos e estar bem próximo das famílias e comunidades benefi-ciadas, o ChildFund Brasil tem quatro Unidades de Campo nas regiões em que atua. As unidadesestão divididas pelos seguintes territórios: Unidade de Campo Jequitinhonha (MG) Unidade de Campo Belo Horizonte e Região Metropolitana (MG) Unidade de Sertão do Campo Cariri (CE) Unidade de Campo Fortaleza e Região Metropolitana (CE)Todas as unidades contam com o suporte de uma equipe técnica.Diariamente os responsáveis pelo suporte acompanham os projetosdesenvolvidos pelas organizações sociais parceiras. A equipetambém é responsável por fortalecer a articulação institucionalcom outros atores nas regiões para estabelecer parcerias em prol dagarantia dos Direitos da Criança. ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 14
  • APADRINHE UMA CRIANÇAUm olhar para a superação da pobreza infantil AGORA!Programas e ProjetosO ChildFund Brasil desenvolve cinco programas sociais, cada um composto por modelos de pro-jetos que apoiam o desenvolvimento por ciclo de vida de crianças, adolescentes e jovens. Osprojetos também envolvem diretamente a participação das famílias, dos atores sociais locais e dasociedade.Em 2011, o ChildFund Brasil executou 301 projetos sociais em 92 organizações sociais parceiras debase comunitária. A execução dos projetos sociais está alinhada às políticas públicas do Ministériode Desenvolvimento Social e à Política Nacional de Assistência Social (PNAS). No mesmo ano, oChildFund Brasil investiu R$ 22,8 milhões em projetos sociais nas comunidades em que atua.Programa Famílias e organizações protetoras eintegradas para o desenvolvimentoInvestimento em 2011: R$ 5.527.329,59O objetivo do programa é promover ações de integração entre crianças, famílias e organizaçõessociais. Isso possibilita o trabalho em conjunto nos processos de elaboração, implementação emonitoramento de propostas de desenvolvimento para suas comunidades. Todos participamativamente e envolvem diversos atores locais, como representantes do poder público, organizaçõesnão governamentais e outros que atuam nas comunidades. Essa integração fortalece o Sistema deGarantia dos Direitos. Para atingir esse objetivo, o programa é composto pelos seguintes modelosde projetos sociais: Fortalecimento dos vínculos interpessoais - Ações de prevenção contra a violência doméstica e de construção de vínculos familiares saudáveis. Sustentabilidade do lar - Ações que contribuem para a garantia do direito à sobrevivência e o desenvolvimento das crianças e suas famílias com melhorias na geração de renda: agricultura familiar, hortas comunitárias, criação de grupos produtivos e apoio na aquisição de equipamentos. Convivência comunitária: participação e cidadania - Fortalecimento dos conhecimentos e afetividade familiar, com enfoque nas mulheres para que elas assegurem a suas crianças cuidados, nutrição e proteção em casa e na comunidade. “É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao es- porte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária.“ (Estatuto da Criança e do Adolescente - art.4º).Relatório de Atividades 2011 15
  • www.childfundbrasil.org.br Um olhar para a superação da pobreza infantilHorta Comunitária de São João da Chapada – Diamantina (MG) “Participo da Horta Comunitária desde o começo. Eu e as mães da comunidade éramos desacreditadas, pois muitos falavam que não gostávamos de trabalhar e que só queríamos ganhar. Mas o Projeto Caminhando Juntos (Procaj) nos deu confiança e acredita no nosso esforço, na boa vontade de crescer e vencer na vida. Com a horta, tivemos muitas mudanças, comemos verduras fresquinhas e ajudamos na alimentação da escola com verduras. Hoje as crianças têm verduras na mesa todos os dias e até a comunidade dá preferência para nossa horta. Agradecemos a todos vocês que acreditaram em nós, ao nos dar essa oportunidade de viver em um mundo melhor.” Maria da Glória Vieira tem 69 anos e participa do Projeto Plantar, Colher e Comer na Comunidade São João da Chapada, localizada em Diamantina (MG) ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 16
  • APADRINHE UMA CRIANÇAUm olhar para a superação da pobreza infantil AGORA!Programa Infância Saudável e Segura(0 – 6 anos de idade)Investimento em 2011: R$ 743.556,77Os seis primeiros anos de vida são fundamentais para o desenvolvimento integral de meninase meninos. A atenção integral nessa faixa etária contribui para o sucesso escolar, para odesenvolvimento de fatores de resiliência e autoestima necessários para a aprendizagem, paraa formação das relações sociais e para a autoproteção requeridas para a independênciaeconômica e o preparo para a vida familiar.O desenvolvimento integral da primeira infância - Early Childhood Development (ECD) - inclui odesenvolvimento físico, social, emocional, linguístico e cognitivo e considera aspectos fundamentaispara a vida da criança como sobrevivência, saúde, nutrição, participação, proteção e educação.Esses fatores influenciam diretamente o bem-estar e desenvolvimento dos indivíduos ao longo detoda a vida.Com a finalidade de garantir às crianças condições de sobrevivência e desenvolvimento dignoe assegurando seus direitos humanos, o ChildFund Brasil desenvolve os seguintes projetos sociais: Competências familiares - Fortalecimento dos conhecimentos e afetividade familiar com enfoque nas mulheres para que elas assegurem a suas crianças cuidados, nutrição e proteção em casa e na comunidade. A criança e o ambiente favorável para seu desenvolvimento - Ações locais que contribuem para organizações comunitárias trabalharem pelo desenvolvimento integral da criança pequena com melhorias na pré-escola e creche, atividades de recreação e cultura, estímulo ao aprendizado, Casinha de Cultura e brinquedoteca. “Eu aprendi muita coisa. Eu achava que filho era tudo igual, mas vi que é totalmente diferente. Eu aprendi que o Hugo, meu neném, é ciumento e agitado, porque às vezes eu cedo muito pra ele. Com chorinho e com beicinho, ele vai conseguindo as coisas comigo. Agora eu vou agir diferente: vou ficar firme na minha posição, conversar mais com ele, dedicar mais um pouquinho do meu tempo pra ele, contar histórias, brincar mais com ele e dar muito carinho para ele, quando ele estiver mamando. Mas sentar para contar história, eu só conto para todos os filhos juntos. Nunca tive assim um tempo só para mim e pra ele. Vou dedicar mais e corrigir o que preciso para ele crescer um menino seguro e educado. Mesmo já sendo mãe, estou aprendendo muita coisa...” Angelita César participa das oficinas de orientação às mães na organização social parceira Grupo de Educação, Desenvolvimento e Apoio ao Menor (Gedam), localizada em Belo Horizonte (MG)Relatório de Atividades 2011 17
  • www.childfundbrasil.org.br Um olhar para a superação da pobreza infantilPrograma Crianças educadas e confiantes(6 a 14 anos de idade)Investimento em 2011: R$ 3.404.604,53A escola é essencial no processo de aprendizagem. Mas para garantir o direito de aprender épreciso que a escola esteja integrada a outros espaços. Afinal, a educação ultrapassa os limitesdos espaços escolares, como a sala de aula. Ruas, parques, centros de convivência comunitária,organizações sociais e outros espaços de socialização têm potencial para se tornar lugares deaprendizagem, onde crianças brincam, experimentam e descobrem o mundo. Destaca-se oambiente familiar como o espaço prioritário para o desenvolvimento de processos educativos e aconstrução da identidade das crianças.Além de ser um direito fundamental, a educação amplia e garante os demais direitos humanos esociais. Em todas as ações, a escola deve considerar as desigualdades, como de gênero, raça eetnia, e ser um lugar para a participação de crianças e adolescentes expressarem os sentimentos,o potencial e as próprias ideias.O ChildFund Brasil atua para promover a educação e o aprendizado para todos os espaços deconvivência da criança e do adolescente. Assim a organização trabalha para que o lar, a escolae a comunidade ofereçam ambientes acolhedores e estimulantes para o favorecimento daaprendizagem e da criatividade. O objetivo é garantir que cada criança cresça com confiançae desenvolva seu pleno potencial. Para isso, o ChildFund Brasil desenvolve os seguintes modelosde projeto: Eu, você e minha escola: integração que transforma - Promoção da participação de crianças, adolescentes e seus pais no ambiente escolar em trabalhos de oficinas de reforço escolar, educação ambiental e iniciação científica para crianças, capacitação para educadores e pais, bibliotecas itinerantes, campanhas educacionais, jardins de infância e apoio educacional. Eu, você e a paz: um pacto que se faz - Ações socioeducativas realizadas fora da escola, complementando atividades escolares e despertando em crianças, jovens e nas famílias a busca pela cidadania, justiça social e paz. “Participei das oficinas de karatê, flauta, violão, coral, inclusão digital, recreação e percussão. Com as oficinas, eu me tornei mais dinâmica, participativa, companheira e tive mais conhecimento básico na área de informática. Os passeios culturais me ajudaram a conhecer a vida como ela é e a ser uma boa cidadã. Nos passeios aprendi muito sobre meio ambiente, família, etc. Gosto muito das oficinas do projeto, porque, quando eu entrar no mercado de trabalho, vou saber basicamente como fazer.” Adrielle L. Paulino tem 12 anos e participa dos projetos executados pela organização social parceira Projeto Frente Beneficente para a Criança, localizado em Fortaleza (CE) ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 18
  • APADRINHE UMA CRIANÇAUm olhar para a superação da pobreza infantil AGORA!Programa Jovens capacitados e participativos(15 a 24 anos de idade)Investimento em 2011: R$ 1.927.260,46Com a participação de adolescentes e jovens, o programa visa desenvolver estratégias deenfrentamento de situações de risco pessoal e social. São ações de prevenção contra a violênciaque estimulem a convivência social, a participação cidadã e a formação para o mundo dotrabalho.A família e a comunidade constituem espaços de proximidade para a efetivação da inclusãodo jovem. Assim, é fundamental promover o fortalecimento de sua convivência familiar ecomunitária, favorecendo o diálogo e a construção de conhecimentos, além do desenvolvimentode competências e habilidades que apoiem o jovem na escolha racional e consciente de suavisão de futuro.Com a finalidade de garantir que cada jovem possa participar ativamente da vida social, serincluído no mundo produtivo e viver em paz, o ChildFund Brasil desenvolve os seguintes modelosde projetos sociais: Promoção da participação ativa dos jovens - Envolvimento dos jovens no debate político de seu município e na definição de políticas públicas. Qualificação pessoal e profissional - Capacitação dos jovens para o mercado de trabalho como forma de sobrevivência e de combate a drogas e à violência. Identidade e cultura cidadã - Fortalecimento da identidade dos jovens, melhorando sua autoestima, os vínculos fami- liares, comunitários e sociais. “Entrei na Soprafi (Sociedade de Promoção e Apoio à Família) aos 2 anos de idade e estou até hoje. Eu participei de várias atividades, como arte e cultura, computação, grupo peraltinhas e dança. Hoje estou com 15 anos e participo da dança. Gosto muito de participar, pois nos apresentamos aqui na instituição e fora, onde conhecemos outros grupos de dança. A dança é uma das coisas mais importantes da minha vida, e na Soprafi eu tenho a oportunidade de participar de um ótimo grupo. Agradeço muito, pois aprendi muitas coisas e continuo aprendendo com todos os professores. Recentemente fui convidada para participar de uma companhia de dança da cidade – o Balé Baião. Para mim está sendo uma experiência maravilhosa e uma conquista, pois o grupo representa o município em várias cidades do Ceará. Eu não teria a possibilidade de fazer parte desse grupo, se a Soprafi e meus padrinhos não tivessem estimulado o meu talento.” Francisca Helena tem 15 anos e participa das atividades da Sociedade de Promoção e Apoio à Família (Soprafi), organização social parceira, localizada em Itapipoca (CE)Relatório de Atividades 2011 19
  • www.childfundbrasil.org.br Um olhar para a superação da pobreza infantilPrograma Sociedade comprometida com a defesa epromoção dos direitos da CriançaInvestimento em 2011: R$ 57.617,14Influenciar as políticas públicas, estimulando a implementação de planos, programas e projetosvoltados para a promoção, proteção e defesa dos direitos de crianças, adolescentes e jovensem situação de privação, exclusão e vulnerabilidade: essa é a principal estratégia do programapara responder aos efeitos da falta de investimento e de valorização das instâncias de controlee participação popular. Políticas públicas que coloquem em primeiro plano a melhoria de vidade crianças e adolescentes são essenciais para empreender transformações sociais. Além decaptar recursos, as ações mobilizam a atenção do poder público e da sociedade em geral paraas questões relacionadas com a infância e a adolescência. Para que sejam abrangentes, essaspolíticas devem considerar questões como raça, etnia, gênero e região.O objetivo é buscar o engajamento de todos – seja na forma de ação direta, seja na forma departicipação e cobrança das instâncias responsáveis – para garantir o cumprimento, o respeito ea proteção dos direitos. Com a finalidade de buscar o engajamento de todos, o ChildFund Brasildesenvolve os seguintes modelos de projeto: Competências municipais - fortalecimento da capacidade institucional dos setores de saúde, educação e assistência social do município. Sociedade mobilizada para a defesa dos direitos à educação, participação e proteção - ações para reforçar o compromisso da sociedade com os direitos humanos da criança e a construção de uma rede de organizações (públicas, privadas e da sociedade civil). Organizações juvenis influenciando as políticas públicas nacionais - incentivo à criação de comitês comunitários juvenis e à capacitação para que os jovens possam intervir na criação de políticas públicas que garantam os direitos de crianças, adolescentes e jovens. A Frente de Assistência à Criança Carente (FACC) vem abrindo pra mim diversas oportunidades de es- tar me protagonizando no meio social. Eu tive opor- tunidade de estar envolvido em busca de defender meus direitos como adolescente. Todas as oportuni- dades me deram muitos ensinamentos. Sem sombra de dúvidas, vou levar essas oportunidades de ensi- namento para a minha formação como cidadão, porque, como diz Augusto Boal, “Cidadão não é quem vive em sociedade, mas quem a transforma”. Algumas dessas oportunidades são de grande valor para mim. Eu faço parte do grupo Juventude Positiva e atuo nos espetáculos “Juventude Muda” e “Reflexus”. ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 20
  • APADRINHE UMA CRIANÇAUm olhar para a superação da pobreza infantil AGORA! As apresentações sempre levam reflexões e muitos ensinamentos por onde passam. Também fui delegado da Conferência Municipal dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes, em 2011. Fui a festivais latino-americanos que aconteceram em nosso estado e, por fim, a minha mais recente participação foi na IX Conferência Estadual dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes. Na Conferência Estadual, acredito que eu tenha conseguido minha maior oportu- nidade de conhecimento e até de protagonismo. Com muito esforço, eu consegui uma vaga para ir a Brasília, como educomunicador, para fazer a cobertura de mí- dias (Rádio, blog, etc.) durante a Conferência Nacional dos Direitos de Crianças e Adolescentes. Os educomunicadores são um grupo de adolescentes criado para fazer a cobertura da IX Conferência Estadual dos Direitos da Criança e Adoles- centes do Ceará. Esse grupo foi preparado com profissionais em mídias capacita- dos na Conferência para nos orientar somente o necessário, pois havia um grande empenho por parte dos adolescentes. O grupo era composto por 15 jovens. Dentre eles, dois saíram para a Conferência Nacional: um homem e uma mulher. Foi mui- to trabalhoso conseguir essa vaga, pois havia jovens preparados pela FACC e por outras instituições. Estou me preparando da melhor forma possível, mas sem me esquecer de maneira nenhuma do que precisa ser feito agora. Eu só tenho a agradecer à FACC e dizer que o que está acontecendo vem me trazendo muito mais do que conhecimentos: estou conquistando grandes amizades e experiências inesquecíveis que vou levar para a vida toda. Tenho que agradecer às gestoras Mônica Sillan e Ana Lídia, além dos meus mediadores Fernando Prado e Andreison Quintela, enfim, à toda a equipe e ao grupo Juventude Positiva. Eles estão sempre presentes e contribuindo para minha formação social e cidadã. José César Nogueira tem 16 anos e participa dos projetos sociais da organização social parceira Frente de Assistência à Criança Carente (FACC), localizada em Fortaleza (CE).Relatório de Atividades 2011 21
  • www.childfundbrasil.org.br Um olhar para a superação da pobreza infantil Distribuição dos gastos nos 301 projetos sociais executados em 2011: (Em milhões de reais) Programa Famílias e organizações protetoras e integradas para o desenvolvimento R$ 3,98 18% Programa Infância saudável e segura (0 – 6 anos de idade) R$ 5,53 Programa Crianças educadas e confiantes 24% (6 a 14 anos de idade) Programa Jovens capacitados e participativosR$ 7,16 (15 a 24 anos de idade) 31% Sociedade comprometida com a defesa e promoção dos Direitos da Criança Outros projetos R$ 0,74 Programa de apoio para a coordenação, o moni- 3% toramento e a avaliação de projetos de desenvolvi- R$ 0,03 mento comunitário centrados na criança 0% Intermediação de presentes R$ 0,06 R$ 3,40 0% R$ 1,93 15% 9% Total investido: R$ 22,8 milhões Distribuição dos 301 projetos sociais executados por área programática 21% Programa Famílias e organizações protetoras e 2% integradas para o desenvolvimento 115 projetos executados Programa Infância saudável e segura (0 – 6 anos de idade) 33 projetos executados 38% Programa Crianças educadas e confiantes 28% (6 a 14 anos de idade) 85 projetos executados Jovens capacitados e participativos (15 a 24 anos de idade) 63 projetos executados Sociedade comprometida com a defesa e promoção dos Direitos da Criança 5 projetos executados 11% Projetos executados por Unidades de Campo (UC) em 2011 UC Fortaleza e RM: 105 projetos sociais UC Cariri: 60 projetos sociais UC Vale Jequitinhonha: 91 projetos sociais UC Belo Horizonte e RM: 45 projetos sociais 22
  • APADRINHE UMA CRIANÇAUm olhar para a superação da pobreza infantil AGORA!Articulação SocialParticipação em espaços de controle social para a ampliação dademocracia e o fortalecimento da cidadania Fórum Estadual de Combate ao Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador (Fectipa - MG) Comitê Gestor Estadual para Crianças e Adolescentes do Semiárido Mineiro Articulação da Frente Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente do Polo de Itaipé (MG), Caraí (MG), Catuji (MG) e Novo Cruzeiro (MG) Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (MG) – Cedca Fórum Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (FNDCA) Comitê de Mobilização Social pela EducaçãoRede de Organizações Sociais ParceirasA rede de organizações sociais parceiras é responsável pela execução dos programas e projetossociais do ChildFund Brasil. Conhecedoras da realidade e do contexto das comunidades atendidas,as organizações facilitam todo o processo de articulação e comunicação com famílias e atoreslocais. A parceria com essas organizações sociais viabiliza a proposta de atuação do ChildFundBrasil e torna possível beneficiar milhares de crianças e famílias que estão lutando pela superaçãoda pobreza e de suas consequências.Conheça as organizações sociais que compõem a rede parceira do ChildFund Brasil:1. Grupo de Desenvolvimento Comunitário - GDECOM (Belo Horizonte, MG)2. Creche Comunitária Maria Floripes (Belo Horizonte, MG)3. Centro Educacional Professor Estevão Pinto - CEPEP (Belo Horizonte, MG)4. Grupo de Crianças Carentes da Vila São Caetano - GRIASC (Betim, MG)5. Grupo Criança em Busca de Uma Nova Vida - GCRIVA (Vespasiano, MG)6. Instituto Educacional Fraternidade Cristã (Governador Valadares, MG)7. Associação Comunitária da Vila Presidente Vargas - VIVA (Belo Horizonte, MG)8. Grupo de Produtores Rurais de Tombadouro (Datas, MG)9. Associação de Desenvolvimento Com. e Ação Social do Clube de Mães de São Gonçalo do Rio das Pedras (Serro, MG)10. Associação Samuel Domingues Gomes - ASDOG (Governador Valadares, MG)11. Grupo de Apoio à Criança Cabana (Belo Horizonte, MG)12. Projeto Caminhando Juntos - PROCAJ (Diamantina, MG)13. Grupo de Educação, Desenvolvimento e Apoio ao Menor - GEDAM (Belo Horizonte, MG)14. Associação Comunitária do Bairro Felicidade - ABAFE (Belo Horizonte, MG)15. Federação das Associações Comunitárias de Felício dos Santos (Felício dos Santos, MG)16. Federação das Associações Comunitárias de São Gonçalo do Rio Preto (São Gonçalo do Rio Preto, MG)17. Creche Comunitária Pingo de Gente (Belo Horizonte, MG)18. Conselho dos Amigos das Crianças de Jequitinhonha - CONACREJE (Vale do Jequitinhonha, MG) ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 23
  • www.childfundbrasil.org.br Um olhar para a superação da pobreza infantil19. Associação Comunitária de Padre Paraíso - ASCOPP (Padre Paraíso, MG)20. Associação Comunitária do Município de Medina - ASCOMED (Medina, MG)21. Centro Social de Apoio à Criança e ao Adolescente (Belo Horizonte, MG)22. Associação de Promoção Infantil Social e Comunitária - APRISCO (Virgem da Lapa, MG)23. Associação Municipal de Assistência Infantil - AMAI (Francisco Badaró, MG)24. Associacao Beneficente de Itaporé (Coronel Murta, MG)25. Associação de Promoção ao Lavrador e Assistência ao Menor de Turmalina - APLAMT (Turmalina, MG)26. Associação Rural de Assistência à Infância - ARAI (Berilo, MG)27. Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais - APAE (Sete Lagoas, MG)28. Associação Comunitária e Infantil de Araçuaí - ASSOCIAR (Araçuaí, MG)29. Associação Minasnovense de Promoção ao Lavrador - AMPLIAR (Minas Novas, MG)30. Associação Chapadense de Assistência às Necessidades do Trabalhador e da Infância - ACHANTI (Chapada do Norte, MG)31. Conselho de Pais Criança Feliz (Belo Horizonte, MG)32. Projeto Semear Esperança de Carbonita - PROCESC (Carbonita, MG)33. Associação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente de Veredinha - ADECAVE (Veredinha, MG)34. Associação Jenipapense de Assistência à Infância - AJENAI (Jenipapo, MG)35. Associação da Criança e do Adolescente de Itaobim - ASCAI (Itaobim, MG)36. Associação Rural de Atendimento Infantil e Juvenil de Comercinho - ARAIC (Comercinho, MG)37. Associação Beneficente Infantil de Paracuru (Paracuru, CE)38. Conselho Beneficente de Crianças e Trabalhadores Carentes de Quitaiús (Lavras da Mangabeira, CE)39. Conselho Comunitário da Taíba (São Gonçalo do Amarante, CE)40. Esperança das Crianças Sertanejas (Itapiúna, CE)41. Projeto de Apoio à Criança Carente (Itapiúna, CE)42. Projeto de Ajuda Familiar (Caio Prado, CE)43. Associação de Promoção Social Feminina Carente (Baturité, CE)44. Sociedade em Benefício à Família (Barbalha, CE)45. Sociedade de Educação e Saúde à Família (Barbalha, CE)46. Projeto Guadalajara (Caucaia, CE)47. Associação Familiar do Parque Água Fria (Fortaleza, CE)48. Associação Unidos para o Progresso (Limoeiro do Norte, CE)49. Associação Futuro da Criança (Jaguaruana, CE)50. Associação Beneficente Tancredo Neves (Caucaia, CE)51. Associação Comunitária, Cultural, Educacional e Agrícola Vale do Curu (São Luiz do Curu, CE)52. Projeto Bem-Estar Comunitário (Fortaleza, CE)53. Projeto Alegria da Criança (Caucaia, CE)54. Projeto Feliz Jornada (Caucaia, CE)55. Criança da Comunidade Unida (Fortaleza, CE)56. Projeto Familiar do Jardim São Paulo (Fortaleza, CE)57. Projeto Sorriso da Criança (Fortaleza, CE)58. Projeto Famílias Reunidas (Fortaleza, CE)59. Frente Beneficente para a Criança (Fortaleza, CE)60. Associação Sonho Infantil (Fortaleza, CE)61. Frente de Assistência à Criança Carente (Fortaleza, CE)Relatório de Atividades 2011 24
  • APADRINHE UMA CRIANÇAUm olhar para a superação da pobreza infantil AGORA!62. Projeto Criança Feliz (Fortaleza, CE)63. Projeto União (Fortaleza, CE)64. Sociedade de Assistência à Criança (Milagres, CE)65. Associação Infantil da Palestina (Orós, CE)66. Associação Comunitária de Assistência à Família (Missão Velha, CE)67. Associação Comunitária Guarani (Campos Sales, CE)68. Associação Comunitária de Assistência à Família de Itapipoca (Itapipoca, CE)69. Sociedade Pró-Infância (Sobral, CE)70. Associação Comunitária de Travessia (Ibaretama, CE)71. Associação das Famílias do Pecém (São Gonçalo do Amarante, CE)72. Comunidade Educacional Padre Anchieta (Trairi, CE)73. Sociedade Nova Esperança (Russas, CE)74. Missão Ide (Maracanaú, CE)75. Creche Comunitária Padre Marcelino Zanella (Fortaleza, CE)76. Associação para o Progresso Infantil (Morada Nova, CE)78. Associação Menor Também Constrói (Fortaleza, CE)79. Associação Recreativa de Solonópoles (Solonópoles, CE)80. Sociedade de Apoio à Família Sobralense (Sobral, CE)81. Projeto União Popular pela Vida (Missão Velha, CE)82. Projeto Paz e União (Limoeiro do Norte, CE)83. Centro de Apoio à Criança (Itapiúna, CE)84. Sociedade de Promoção e Apoio à Família de Itapipoca (Itapipoca, CE)85. Associação União das Famílias (São Gonçalo do Amarante, CE)86. Centro Social de Orós (Orós, CE)87. Sociedade de Apoio à Família (Barbalha, CE)88. Conselho de Pais de Campos Sales (Campos Sales, CE)89. Movimento de Ajuda Familiar de Ocara (Ocara, CE)90. Comunidade de Base São Pedro (Jucás, CE)91. Sociedade de Apoio à Família Carente (Crato, CE)92. Associação dos Moradores de Cariri-Mirim (Moreilândia, PE) ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 25
  • www.childfundbrasil.org.br Programa de ApadrinhamentoPROGRAMA DE APADRINHAMENTOApadrinhar não é ajuda. É transformação.O Programa de Apadrinhamento de crianças é a força motriz do ChildFund Brasil. O padrinhoé uma pessoa que se compromete mensalmente com uma contribuição mínima de R$ 52 paramelhorar a qualidade de vida de uma criança, sua família e comunidade. O valor doado não éentregue à criança ou à sua família; é investido na execução de projetos sociais de acordo coma necessidade de cada comunidade.A proposta do apadrinhamento faz com que a distância geográfica tenha suas proporçõesreduzidas pela solidariedade. O relacionamento criança-padrinho favorece o desenvolvimentopessoal, humano e emocional para aqueles que participam do Programa de Apadrinhamento. Orelacionamento fundamentado na contribuição do desenvolvimento de crianças, adolescentes,jovens e famílias também proporciona uma enorme sensação de bem-estar para padrinhos emadrinhas. Além da contribuição financeira para a execução dos projetos sociais, padrinhos e madrinhas oferecem oportunidade, afeto, conselhos, estímulo e incentivos ao afilhado. Ao participar ativamente do desenvolvimento da criança, esses doadores se tornam verdadeiros mentores de pequeninos que vivem em situação de vulnerabilidade social. O relacionamento é intensificado, quando a comunicação entre padrinhos e afilhados é autêntica. A troca de correspondências, a realização de telefonemas e visitas são os caminhos mais curtos para romper as fronteiras das distâncias físicas e permitem que sentimentos, como carinho, amizade, admiração e gratidão, sejam efetivamente revelados.Relatório de Atividades 2011 26
  • APADRINHE UMA CRIANÇAPrograma de Apadrinhamento AGORA!Como apadrinhar?Para apadrinhar uma criança é muito fácil e rápido. Acesse www.apadrinhamento.org.br paraconhecer as histórias de crianças que estão na fila de espera por um padrinho ou uma madrinhaou ligue para 0300 313 2003. Apadrinhar é mais que uma doação: é uma experiência de vida.Seja um doadorOutra opção para as pessoas que desejam apoiar o desenvolvimento de crianças, adolescentese jovens é a realização de doações mensais ou esporádicas. Diferentemente do Programa deApadrinhamento, a opção como doador não implica vínculo direto com uma criança específica.A doação é direcionada a um projeto social que vai beneficiar muitas outras crianças, famílias ecomunidades. Para ser um doador, ligue 0300 313 2003 ou envie um e-mail paracomunicacao@childfundbrasil.org.br. ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 27
  • www.childfundbrasil.org.br Programa de ApadrinhamentoUm laço de carinho “Depois de um mês de planejamento... tive a grande felicidade e a honra de conhecer pessoalmente meu afilhado Alberto, sua família e a equipe maravilhosa da Associação Comunitária de Medina (Ascomed), no Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais. Sem dúvida, foi um dos momentos mais especiais da minha vida. Fui recebida na rodoviária de Medina pela Paula, coordenadora da Ascomed, e pela coordenadora pedagógica. Duas pessoas iluminadas que dedicam suas vidas àquela comunidade. Ao chegar à Ascomed, fui surpreendida por uma recepção calorosa, cheia de carinho e cuidados em todos os detalhes, desde a entrada, decorada com fotos do Alberto, até o delicioso café da manhã preparado com amor pelas cantineiras. O espaço estava todo enfeitado com fitas coloridas, faixa de boas-vindas e o melhor: em pleno feriado, todos os funcionários estavam lá com sorrisos nos olhos e de braços abertos para me receber. A Ascomed estava cheia de crianças, acompanhadas de suas famílias. Alberto saiu de surpresa de uma sala, tími- do e com um buquê de flores artesanais nas mãozinhas. Quando o vi, senti uma felicidade tão grande que nem consigo descrever. Logo depois fiquei conhecendo sua família: mãe, tios, primos, irmãos e Dona Maria Rita, a avó. Mulher iluminada, bonita e forte, que representa perfeita- mente as mulheres guerreiras do Vale, sempre com um sorriso no rosto, apesar de todas as dificuldades. Naquele momento senti um orgulho danado de fazer parte da história dessas pessoas. O dia passou cheio de surpresas e alegrias. A equipe da Ascomed preparou uma programação intensa, com apresentações de música, teatro, judô, capoeira e brincadeiras. Fiquei encan- tada com o trabalho desenvolvido naquela comunidade e com o carinho empenhado em cada atividade pelos educadores. Pude conhecer também outras crianças, cada uma com sua história, mas todas muito amadas pela equipe. As surpresas não pararam. Paula me levou para conhecer a área rural de Medi- na, onde as famílias também são atendidas pela Associação. O passeio me trouxe emoções variadas: fiquei impressionada com a secura do lugar, sem uma gota de chuva há um ano, mas encantada com a beleza natural, apesar das dificuldades do clima. Por fim, fiquei ex- tremamente comovida com a força das pessoas que moram ali. Em nenhum momento vi alguém reclamando. Conheci três casas e suas famílias guerreiras, com sorrisos abertos. Co- nheci também a Casinha de Cultura administrada pelos próprios moradores e que foi estrate- gicamente pensada para atender às comunidades mais distantes.Relatório de Atividades 2011 28
  • APADRINHE UMA CRIANÇAPrograma de Apadrinhamento AGORA! De volta à Ascomed, participei do almoço comu- nitário e assisti a mais apresentações culturais e a uma fala emocionada da equipe sobre a importância da atuação dos padrinhos para o trabalho desenvolvido. Nessa hora não teve jeito: a madrinha aqui deixou as lágrimas rolarem. Quando olhava para o rostinho de Alberto, que faz parte da minha vida há cinco anos e via como ele cresceu, como é inteligente e como esse projeto tem feito bem a ele, era impossível não me emocionar.Aqui vem a parte mais difícil: a despedida! Ah... Que momento complicado! Maisuma vez fui surpreendida, dessa vez, por uma cesta repleta de quitutes e artesanatosdo Vale e por um presente lindo da vó Maria Rita e da mãe Juscilene. Tive que voltarpra casa. O dia passou rápido, mas recheado de emoções fortes. Valeu cada minutode planejamento e cada segundo que passei no avião e no ônibus, ansiosa comouma criança que sabe que vai ganhar um presente.Agradeço a todos, um por um, que me receberamcom tanta generosidade e carinho. Mentalizo diariamenteenergias positivas para o trabalho de vocês. Como eu dissenaquele dia: vocês – equipe Ascomed – são anjos comuma linda missão neste mundo maluco. Força sempre!Nunca desistam e contem sempre comigo.Agradeço também à família de Alberto por me deixar par-ticipar da vida de vocês e do crescimento dele. Continuem participando do dia a diada ONG, pois vocês são muito importantes. Agradeço ao meu amor, Jack Lucas, pelo companheirismo e pela generosidade de sempre. Ele me acompanhou nessa linda viagem ao Sertão Mineiro. E finalmente agradeço ao ChildFund Brasil por me proporcionar essa oportunidade de fazer a diferença. Quero deixar registradas aqui a importância e a relevância que tem essa pequena ação de doar uma quantia mensalmente. Com esse gesto, nossa atuação como padrinhos se desdobra em algo bem maior e mais bonito.” Alessandra Cecílio Fonseca é madrinha de Alberto Júnior Soares Dias. ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 29
  • www.childfundbrasil.org.br Programa de Apadrinhamento “Gostaria de dizer que o ChildFund Brasil está de parabéns. Conheci meu apadrinhado Pablo Daniel e fiquei muito feliz com o Projeto Criança Feliz – Fortaleza (CE). O local é lindo, e todas as crianças parecem contentes.” A madrinha Cíntia Carneiro iniciou sua participação no Programa de Apadrinhamento em 2011Compromisso com nossos doadoresA Promessa ao Padrinho é o compromisso do ChildFund Brasil com todos os doadores que participamdo Programa de Apadrinhamento. Essa promessa está fundamentada no acompanhamentodo desenvolvimento da criança em relação à situação educacional, ao estado de saúde e aomonitoramento da presença e da participação de cada uma nos programas e projetos sociais. PROMESSA AO PADRINHO Ao inscrever uma criança no Programa de Apadrinhamento, o ChildFund Brasil tem o seguinte comprometimento com padrinhos e madrinhas: Envidar esforços para assegurar que as crianças possam se desenvolver plena- mente durante a infância e a juventude, capacitando-as para se tornarem líderes de mudanças perenes; Utilizar o Programa de Apadrinhamento e outros meios para firmar parcerias com famílias, comunidades e instituições locais para estabelecer ou reforçar programas e mecanismos de apoio que valorizem, protejam e promovam os direitos e o valor das crianças.Política de Conduta Ética para com a CriançaConsistente com sua missão e estruturado pela Convenção das Nações Unidas sobre os Direitosda Criança, o ChildFund Brasil envida todos os esforços para promover os interesses das crianças ecriar ambientes positivos nos quais as crianças possam crescer em meio ao respeito, à esperançae à justiça social.Com esse propósito, o ChildFund Brasil adota uma conduta ética para com a criança, replicadapara todos os seus representantes e a rede parceira que atua diretamente com as crianças. ORelatório de Atividades 2011 30
  • APADRINHE UMA CRIANÇAPrograma de Apadrinhamento AGORA!princípio que norteia o ChildFund Brasil é a responsabilidade de proteger as crianças e de promoveros direitos de cada uma, buscando assegurar o desenvolvimento saudável de que tanto precisam.A política aborda os seguintes temas relacionados com a proteção e o bem-estar da criança:• Discriminação;• Assédio Moral;• Assédio Sexual;• Exploração;• Exploração Sexual;• Prostituição e Tráfico Sexual;• Abuso, Negligência e Segurança da Criança e do Adolescente;• Código de Conduta.Em casos de descumprimento das normas, as denúncias são estimuladas, exigidas e sigilosas. Paragarantir a proteção das crianças apadrinhadas e preservar a privacidade dos doadores, a políticatambém proíbe encontros, telefonemas e troca de e-mails entre padrinhos e afilhados, sem oacompanhamento do ChildFund Brasil ou das organizações sociais parceiras.Relatório de Progresso 2011 Anualmente todos os padrinhos e madrinhas recebem o Relatório de Progresso das crianças apadrinhadas. O relatório contém importantes informações sobre o desenvolvimento da criança na educação, saúde e na participação nos programas e projetos do ChildFund Brasil. Em 2011, os padrinhos puderam acompanhar as oficinas e as mobilizações comunitárias realizadas por meio do Blog “Vem Comigo” (www.vemcomigo.org.br). O tema ‘Vem Comigo fazer um mundo diferente?’ foi um convite paratodos os padrinhos que participam do Programa de Apadrinhamento. Durante as oficinas para opreenchimento do relatório foram realizadas várias atividades lúdicas e de reflexão sobre comocada criança pode tornar o mundo em um lugar melhor para viver. MultiplicadordeSorrisosEm 2011, o ChildFund Brasil convidou padrinhos e madrinhas para apoiarem na divulgação doprograma de apadrinhamento e na captação de padrinhos. Durante a campanha Multiplicadorde Sorrisos, os padrinhos receberam um kit com informações sobre o Programa de Apadrinhamentopara ser compartilhada a experiência do apadrinhamento com seus amigos, colegas de trabalhoe parentes e os convidar para também apadrinhar uma criança. O resultado da campanha foi oapadrinhamento de 51 crianças. ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 31
  • www.childfundbrasil.org.br Programa de ApadrinhamentoDia do Padrinho FELIZDIA DOPADRINHO DAMADRINHA E 15 de junhoNo dia 15 de junho, o ChildFund Brasil comemora o “Dia do Padrinho”. Nessa data muito especial,as organizações sociais parceiras e as crianças fazem, com muita alegria, entusiasmo e gratidão,diversas homenagens para padrinhos e madrinhas – essas pessoas tão importantes na vida dasfamílias e das comunidades.Em 2011, várias comunidades celebraram a data com muita música, danças, atividades esportivas,brincadeiras, gincanas e festividades comunitárias.Em Fortaleza, a organização social parceira Frente Beneficente para a Criança realizou aFeira das Nações. Na oportunidade, os visitantes da feira puderam conhecer o significado doapadrinhamento e a importância de padrinhos e madrinhas na vida das crianças. Na oportunidade,também conheceram um pouco da cultura dos países que têm padrinhos da organização: Brasil,Alemanha, Estados Unidos e França.Para completar, as crianças expressaram o seu muito-obrigado em inglês, alemão, francês eportuguês, com direito à cara pintada com a bandeira de cada país. Esse foi apenas um dosdiversos eventos de 2011 que aconteceram nas comunidades para comemorar a data.Relatório de Atividades 2011 32
  • APADRINHE UMA CRIANÇANossos Parceiros AGORA!Nossos ParceirosPara promover o bem-estar de crianças, adolescentes e jovens e o respeito ao direito dedesenvolvimento e transformação de suas vidas, o ChildFund Brasil conta com uma consistenterede de parceiros. A parceria começa com as famílias e as organizações sociais que executam osprogramas e projetos sociais nas comunidades.Com a finalidade de aprimorar a sua governança e buscar resultados, são estabelecidas tambémparcerias com organizações do meio acadêmico e mercadológico.Conheça os parceiros do ChildFund Brasil: Universidade de São Paulo - USP Fundação Dom Cabral Apoio a projetos sociais Programa Parceria com Instituto Brasileiro de Organizações Sociais (POS) Governança Corporativa Ramacrisna RGarber Estatística e Inovação Parceria na implantação do Fiat Automóveis Sistema de Gestão de Processos Pesquisas de Mercado Projeto Esportista Cidadão Oracle Implantação do Sistema Peoplesoft GIFE – Grupo de Institutos, Empresas e Fundações Geraldo Lustosa - Laboratório Médico Divulgação do Programa de Apadrinhamento Farmácias Pague Menos Campanha Doe seu Troco Omnni Consultoria Dotz Apoio na Gestão de Processos Campanha Doe seus Dotz Universidade Federal de Minas Gerais Apoio a projetos sociais ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 33
  • www.childfundbrasil.org.br Nossos Parceiros Engetec Ícone Informação Virgulinas - Agência deApadrinhamento Corporativo Clipping eletrônico Comunicação Comunicação Digital Noir Interclip Ideia Fixa - Gestão da Informação Produção audiovisual Clipping digital Clipping impresso Rede Rede de Organizações de Desenvolvimento Sustentável (RODS) Seja nosso parceiro O ChildFund Brasil oferece diversas opções para as empresas que desejam fortalecer as estratégias e ações de responsabilidade social. Veja como a sua organização pode participar: 1. Apadrinhando uma ou mais crianças; 2. Implantando, entre os colaboradores, programas de estímulo ao apadrinhamento (match); 3. Divulgando o trabalho do ChildFund Brasil; 4. Realizando doações financeiras aos projetos desenvolvidos pelo ChildFund Brasil; 5. Doando bens e serviços; 6. Apadrinhando uma organização social parceira do ChildFund Brasil; 7. Implantando um projeto de desenvolvimento social em comunidades onde o ChildFund Brasil não está presente; 8. Incentivando colaboradores à prática do voluntariado não presencial. Entre em contato conosco pelo 0300 313 2003 ou comunicacao@childfundbrasil.org.br e comece agora mesmo a contribuir para o desenvolvimento social de comunidades brasileiras. Relatório de Atividades 2011 34
  • APADRINHE UMA CRIANÇAPesquisas AGORA!PESQUISASPequenas Vozes, Grandes SonhosDeborah Sales participou da pesquisa “Pequenas Vozes, Grandes Sonhos” na organização social parceira Grupo deEducação, Desenvolvimento e Apoio ao Menor (Gedam), localizada na Vila Ventosa, em Belo Horizonte (MG)Em 2011, cerca de 5 mil crianças de 10 a 12 anos na pesquisa. O resultado revelou  sonhos,que vivem em 44 países em desenvolvimento esperanças e preocupações das crianças.e desenvolvidos economicamente situadosna África, Ásia, nas Américas e na Europa Quando indagadas sobre qual seria a suaparticiparam da pesquisa “Pequenas Vozes, principal prioridade para ajudar a melhorar asGrandes Sonhos”. vidas das crianças, caso fossem presidentes do seu país, praticamente a metade (49,3%)Encomendada pela rede internacional de todas as crianças dos países em desenvol-ChildFund, a pesquisa foi realizada pela empresa vimento afirmaram que elas melhorariam asIpsos Observer para levantar informações escolas. A resposta foi quatro vezes maiorimportantes sobre o ponto de vista das do que “prover mais alimento”, que ficou emcrianças. Temas, como segurança, educação, segundo lugar (10,5 %), seguida de “melhorar aalimentação e proteção, foram explorados assistência médica” (8,9 %).As crianças do Brasil foram representadas por 144 participantesentre 10 e 12 anos de idade, dos estados de Minas Gerais e Ceará. As crianças mineiras sãoresidentes na região do Vale do Jequitinhonha e em comunidades urbanas localizadas em BeloHorizonte. As crianças do Ceará são de diversos municípios, como Crato, Itapiúna, Campos Sales,Itapipoca, Ibaretama e Limoeiro do Norte. 41% são meninos e 59%, meninas. Sobre aDentre os participantes,expectativa das crianças brasileiras em relação à escolha daprofissão, 26% desejam se tornar médicos ou veterinários e 18% aspiram ao professorado.Jogar futebol é o sonho de 17% das crianças. Outros 12% pretendem exercer a carreira militar, eapenas 6% preferem a vida artística, como cantores, modelos, atores. Outros 21% pretendem atuarno mercado de trabalho, como motoristas, mecânicos e marceneiros. ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 35
  • www.childfundbrasil.org.br Pesquisas o que consideram mais importante para seAo serem questionadas sobresentirem seguras e com saúde, 29% das crianças apontaram a família. Em segundolugar, a alimentação teve 23% das respostas. Saúde (19%) e religião (4%) também aparecemcomo aspectos considerados importantes pelas crianças. “Se você fosse presidente do seuQuando foram questionadas com a perguntapaís, o que você faria para melhorar as vidas das crianças?”,33% demonstraram uma preocupação significativa com a educação. A alimentação e a saúdetambém apresentam um percentual importante: 22%. Reduzir a violência e proteger as criançasé um desejo revelado por 15% delas. O lazer é uma variável considerada também por 15% dascrianças. Com 6% de respostas, a empregabilidade da família foi outro aspecto indicado napesquisa.De acordo com a pesquisa, o local onde as crianças se sentemmais seguras é a própria casa (88%). A escola aparece em segundo lugar, com9%, e a igreja representa 2%.Se fossem “presidentes do Brasil”, 31% das crianças brasileirasiam aumentar a segurança para proteger as crianças. Criar abrigos etirar as crianças das ruas é a opinião defendida por 24% das respondentes. Oferecer mais escolasfoi uma medida considerada importante para 13% das crianças entrevistadas.Os 44 países que participaram da pesquisa Paraguai. Ásia - Afeganistão, Índia, Indonésia,foram: África - Angola, Benin, Burkina Faso, Laos, Filipinas, Sri Lanka, Tailândia, Timor-Leste,Cabo Verde, Etiópia, Gana, Guiné, Quênia, Vietnã, Mongólia. Crianças da Austrália,Libéria, Mali, Moçambique, Senegal, Serra Leoa, Dinamarca, Irlanda, Coreia do Sul, NovaGâmbia, Togo, Uganda, Zâmbia. Américas - Zelândia, Suécia, Canadá e dos Estados UnidosBolívia, Brasil, Dominica & São Vicente, Equador, também participaram da pesquisa.Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, “A pesquisa “Pequenas Vozes, Grandes Sonhos” é um poderoso instrumento para identificar expectativas e anseios das crianças em relação a assuntos pertinentes ao futuro delas. Além disso, as respostas oferecem indicadores importantes relacionados com direitos básicos, como educação, proteção e saúde. Ouvir a “voz da criança” é fundamental para promover uma atuação estratégica e focada no desenvolvimento das ações de apoio a elas” Gerson Pacheco, diretor nacional do ChildFund Brasil.Relatório de Atividades 2011 36
  • APADRINHE UMA CRIANÇAPesquisas AGORA!Perfil do Padrinho e da Madrinha - ChildFund BrasilEm 2011, o ChildFund Brasil realizou outra pesquisa por amostragem para identificar o perfil dosdoadores. Os levantamentos foram realizados em parceria com a empresa RGarber Estatística eInovação. O resultado foi a obtenção do perfil de doadores do ChildFund Brasil delineado com asseguintes características: Idade acima de 30 anos Alto nível educacional Com filhos Feminino 34% 38% 75% entraram em contato obtiveram informações vão apoiar a com o ChildFund Brasil sobre o ChildFund Brasil divulgação, relatando por indicação via internet suas experiências com o programa de apadrinhamento93% indicam o trabalho do ChildFund Brasil ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 37
  • www.childfundbrasil.org.br PesquisasO perfil da generosidade no BrasilNos últimos anos ocorreram mudanças no per- centes à classe A que estão regulares  nofil das classes sociais econômicas do Brasil. Cer- país. “Os ricos brasileiros subitamente passaramca de 30 milhões de brasileiros ascenderam à a crer que não era mais necessário ajudar osclasse C, que se tornou a mais numerosa do pobres. Eles entenderam que estavam fazendopaís, com 94 milhões de pessoas. Essa evolução isso pagando impostos ao governo”, diz Rogériorefletiu diretamente no  perfil  e na motivação Garber, diretor da RGarber Estatística.para as pessoas fazerem doações para enti-dades filantrópicas. O único segmento da população que apresen- tou aumento na participação de doações foiAtento  a essas mudanças, em 2011, o a classe C. Composta por famílias com rendaChildFund Brasil solicitou à consultoria RGarber mensal que varia entre R$ 1,2 mil e R$ 5,174 mil,Estatística e Inovação um estudo mais deta- a classe C ganhou 1 milhão  de  doadores. Oslhado sobre o assunto. Para entender melhor o novos doadores elevaram a média de con-comportamento das classes sociais, a consulto- tribuição mensal de R$ 15,50 para R$ 17,00.ria cruzou os dados da Pesquisa de Orçamen- Mesmo sendo o único crescimento positivo notos Familiares (POF) e dos censos demográficos comparativo, o valor fica abaixo do mínimodo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatís- necessário principalmente para as crianças.tica (IBGE). O objetivo principal foi dimensio-nar a população de doadores no Brasil e suas características sociodemográficas, além dedescobrir as reais motivações para fazeremdoação ao ChildFund Brasil.Ficou constatado que houve uma mudançabrusca nas doações. O resultado colocaem risco aqueles que tanto precisam deajuda. Apenas 10% da população brasileirafaz doações regulares no país. Quase todasas classes socioeconômicas tiveram quedaexpressiva nas doações. Somente a classe Crevelou números positivos. A classe A registrou queda de 37% nas doações.Atualmente são 14,9% de  doadores  perten-Relatório de Atividades 2011 38
  • APADRINHE UMA CRIANÇAPesquisas AGORA!O mais impactante é que o crescimento das doações da classe C não compensou a perda verifi-cada nas demais classes socioeconômicas, porque a média mensal de doação da classe A é deR$ 63,00.O resultado da pesquisa constatou também: Quanto maior o poder de compra, maior a proporção de doadores e a doação média; Doações, doadores e doação média caíram em 2009 em relação a 2003; Quanto menor a renda, maior a parte dedicada à doação. O resultado indica que quanto mais pobre, mais generoso é o doador; As regiões Sul e Sudeste representam as áreas com mais doadores proporcionalmente à sua população; A fonte das doações está na Região Sudeste. Mas se for analisada a doação como pro- porção da renda, a Região Norte tem doadores mais generosos; Quanto à  doação média, o Nordeste se destaca por estar abaixo da média nacional; Considerando simultaneamente a classe social e a região, os doadores da Região Sudeste pertencentes à classe B representam a maior fonte de doação; A mulher tende a ser mais doadora que o homem, mas o valor médio da doação do homem é maior; O nível de escolaridade apresenta uma forte relação com a propensão a doar. Além   disso, as pessoas com mais escolaridade, em média, doam valores maiores; A faixa etária tem forte influência sobre o ato de doar. Quanto mais velho, maior a propen- são à doação. Porém, em termos de doação média, a faixa dos 40 aos 50 anos é a que doa valores maiores.Reconhecimento Social ao longo dos anos1997 Prêmio Cidadania Mundial, da Comunidade Bahá’í1998 Prêmio Bem Eficiente da Kanitz e Associados2000 Prêmio As maiores equipes de voluntários da Kanitz e Associados2001 Prêmio Bem Eficiente da Kanitz e Associados2003 As 300 Maiores Empresas de Minas Gerais - Jornal Estado de Minas, Associados Minas e Sistema da Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG)2004 Prêmio Bem Eficiente da Kanitz e Associados Homenagem da Assembleia Legislativa de Minas Gerais Prêmio Criança Abrinq da Fundação Abrinq As 300 Maiores Empresas de Minas Gerais - Jornal Estado de Minas, Associados Minas e Sistema da Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG)2005 As 300 Maiores Empresas de Minas Gerais - Jornal Estado de Minas, Associados Minas e Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG)2006 Finalista do Prêmio ANA da Agência Nacional de Águas Prêmio Bem Eficiente da Kanitz e Associados2007 Certificada pelo Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2007 com a iniciativa “Redescobrindo a Brinquedoteca”2008 Finalista do Prêmio Criança 2008 (Fundação Abrinq) - Projeto “Animador Comunitário: Ação comunitária desenvolvendo a primeira infância 2010 Segundo lugar no 9º Prêmio Furnas Ouro Azul - Projeto Vigilantes da Água ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 39
  • www.childfundbrasil.org.br Canais de ComunicaçãoCANAIS DE COMUNICAÇÃOCom o objetivo de fortalecer a marca ChildFund Brasil e tornar a organização cada vez mais co-nhecida, os esforços para ampliar os canais de comunicação e estreitar o relacionamento com osdiversos públicos são constantes.Em 2011, o novo site institucional(www.childfundbrasil.org.br)recebeu uma nova identidadee atualizações diárias com afinalidade de manter os usuáriosbem-informados sobre projetos,atividades e iniciativas doChildFund Brasil. O hotsite www.apadrinhamento.org.br também foi reformulado. Agora o espaço disponibiliza uma série de informações para quem quer apadrinhar uma criança. Além disso, a ferramenta disponibiliza diversos arquivos para quem deseja divulgar o Programa de Apadrinhamento.Em 2011, o ChildFund Brasil fortaleceu as estratégias de comunicação digital da organização. Ofacebook, o twitter, o youtube, o blog e outras mídias sociais foram utilizados para expandir a dis-seminação das ações do ChildFund Brasil e da rede de organizações sociais parceiras. +Relatório de Atividades 2011 40
  • APADRINHE UMA CRIANÇACanais de Comunicação AGORA!A assessoria de imprensa também foi uma estratégia de comunicação retomada em 2011. O obje-tivo foi fortalecer a imagem institucional e promover a visibilidade por meio da mídia espontânea.A estratégia tem gerado bons resultados, inclusive o aumento do número de apadrinhamentos. Artigo sobre as dez entidades filantrópicas da Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG) que desenvolvem um trabalho sério e indicado para investor o seu dinheiro. Revista Encontro 1º/01/2011 Artigo assinado pelo diretor nacional do ChildFund Brasil no Jornal Estado de Minas 01/12/2012 Pesquisa sobre o perfil de doadores brasileiros publicada na Revista Veja 03/08/2011Pesquisa sobre o perfil de doadoresbrasileiros - Jornal Estado de Minas30/08/2011 ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 41
  • www.childfundbrasil.org.br Administração e FinançasPág. 7 ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Prestação de Contas 2011-2010 Resumo * Completo no anexo Demonstrações Econômico e2011 -2010Gerencial Desempenho Financeiras Financeiro Demonstrativo Financeiro Gerencial Demonstrativo Financeiro Gerencial Receitas(R$) 2011 Doações do exterior 17.553.617 Doações locais 4.874.672 Intermediação de presentes 3.982.835 Isenção INSS 516.081 Financeiras 12.549 Outras 326.344 Total 27.266.098 Despesas 2011 Gastos com projetos sociais 20.752.189 Apoio direto aos programas sociais 2.073.439 Gerais e administrativas 3.802.812 Despesas financeiras 176.930 Isenção INSS 516.081 Depreciação e amortização 267.437 Total 27.588.888 Desembolsos do ChildFund Brasil - 2011 (em reais) 75% Distribuição das Despesas 2011 Investimentos em projetos 83% Programas Sociaisdireto aos programas sociais Apoio (R$22.825.630) Gerais e administrativas1% 2% 1% Despesas financeiras Administrativo (R$3.675.486) INSS 4% 13% 14% Depreciação e amortização 7% Mobilização de Recursos (R$1.087.772) Relatório de Atividades 2011 42
  • APADRINHE UMA CRIANÇAAdministração e Finanças AGORA! Demonstrações FinanceirasBalanço PatrimonialBalanço PatrimonialAtivo 2011 2010CirculanteCaixa e equivalentes de caixa 1.328.265 1.449.657Adiantamento a terceiros 17.659 12.365Adiantamento a funcionários 53.504 54.720Despesas do exercício seguinte 6.827 5.956Total do ativo circulante 1.406.255 1.522.698Não CirculantePropriedades para investimento 2.073.009 687.712Investimentos 6.222 6.222Imobilizado 3.387.821 4.882.862Intangíveis 400.874 316.477Total do ativo não circulante 5.867.926 5.893.273 Total do Ativo 7.274.181 7.415.971Passivo 2011 2010CirculanteFornecedores 173.832 66.867Impostos e contribuições a recolher 58.593 61.705Doações a repassar 272.122 147.082Subvenções a repassar 956.616 991.441Provisões de férias e encargos 204.457 217.525Total do passivo circulante 1.665.620 1.484.620Não CirculantePatrimônio social 1.897.267 1.897.267Reserva de reavaliação 4.227.420 4.390.064Déficit acumulado (516.126) (355.980)Total do patrimônio social 5.608.561 5.931.351 Total do Passivo 7.274.181 7.415.971 ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 43
  • www.childfundbrasil.org.br Administração e FinançasDemostrações do Superávit (Déficit)Demonstrações do Superávit (Déficit)Para os exercícios findos em de de dezembro de 2011dede 2010 (em Reais)Para exercício findos em 31 31 dezembro de 2011 e e 2010 (em reais) 2011 2010 Receitas Ordinárias Doações do exterior 17.553.617 18.967.615 Doações locais 4.874.672 4.549.721 Total 22.428.289 23.517.336 Despesas Ordinárias Subsídios - Organizações sociais parceiras (16.569.901) (17.580.414) Verbas especiais a projetos (199.453) (394.110) Apoio a Programas Sociais (2.073.439) (2.055.341) Total (18.842.793) (20.029.865) Superávit Ordinário 3.585.496 3.487.471Receitas e (Despesas) Operacionais 2011 2010Pessoal e encargos (2.036.007) (1.923.242)Impostos e taxas (8.331) (21.404)Serviços de terceiros (575.314) (648.344)Despesas INSS - isenção (516.081) (511.994)Receita gratuidade isenção INSS 516.081 511.994Despesas com depreciação e amortização (267.437) (255.268)Despesas gerais (1.173.329) (1.078.325)Receitas financeiras 12.549 57.092Despesas financeiras (176.930) (164.697)Receitas de aluguéis 325.784 79.436Alienação ou baixas de bens ativo imobilizado (9.831) (14.674)Outras receitas (despesas) 560 -Total (3.908.286) (3.969.426) Déficit do exercício (322.790) (481.955)Relatório de Atividades 2011 44
  • APADRINHE UMA CRIANÇA AGORA!ANEXOS As demonstrações financeiras a seguir, referentes ao período de 2011 e 2010 foram publicadas com o antigo nome da organização, Fundo Cristão para Crianças. O relatório foi publicado antes da alteração da razão social, que a partir de 2012 passou a se chamar ChildFund Brasil – Fundo para Crianças. 45
  • Anexoswww.childfundbrasil.org.brAnexo Demonstrações Financeiras Fundo Cristão para Crianças 31 de dezembro de 2011 e 2010 Com Relatório dos Auditores Independentes ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 46
  • APADRINHEwww.childfundbrasil.org.br UMA CRIANÇA AGORA! Fundo Cristão para Crianças Demonstrações Financeiras 31 de dezembro de 2011 e 2010 Índice Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras .....................11 Demonstrações Financeiras Auditadas Balanços patrimoniais .........................................................................................................33 Demonstrações do resultado ..............................................................................................5 5 Demonstração das mutações do patrimônio líquido............................................................6 6 Demonstração dos fluxos de caixa .....................................................................................7 7 Notas explicativas às demonstrações financeiras ...............................................................8 8Relatório de Atividades 2011 47
  • www.childfundbrasil.org.brAnexos Edifício Phelps Offices Tower Rua Antonio de Albuquerque, 156 11º andar - Savassi 30112-010 – Belo Horizonte, MG, Brasil Tel: (5531) 3232-2100 Fax: (5531) 3232-2106 www.ey.com.br Relatório dos Auditores Independentes Sobre as Demonstrações Financeiras Aos Conselheiros e Administradores do Fundo Cristão Para Crianças Examinamos as demonstrações financeiras do Fundo Cristão Para Crianças, que compreendem o balanço patrimonial em 31 de dezembro de 2011 e as respectivas demonstrações do resultado, das mutações do patrimônio líquido e dos fluxos de caixa para o exercício findo naquela data, assim como o resumo das principais práticas contábeis e demais notas explicativas. Responsabilidade da administração sobre as demonstrações financeiras A administração da entidade é responsável pela elaboração e adequada apresentação dessas demonstrações financeiras de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil aplicáveis às pequenas e médias empresas (NBC TG 1.000), e pelos controles internos que ela determinou como necessários para permitir a elaboração de demonstrações financeiras livres de distorção relevante, independentemente se causada por fraude ou erro. Responsabilidade dos auditores independentes Nossa responsabilidade é a de expressar uma opinião sobre essas demonstrações financeiras com base em nossa auditoria, conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria. Essas normas requerem o cumprimento de exigências éticas pelos auditores e que a auditoria seja planejada e executada com o objetivo de obter segurança razoável de que as demonstrações financeiras estão livres de distorção relevante. Uma auditoria envolve a execução de procedimentos selecionados para obtenção de evidência a respeito dos valores e divulgações apresentados nas demonstrações financeiras. Os procedimentos selecionados dependem do julgamento do auditor, incluindo a avaliação dos riscos de distorção relevante nas demonstrações financeiras, independentemente se causada por fraude ou erro. Nessa avaliação de riscos, o auditor considera os controles internos relevantes para a elaboração e adequada apresentação das demonstrações financeiras da Entidade para planejar os procedimentos de auditoria que são apropriados nas circunstâncias, mas não para fins de expressar uma opinião sobre a eficácia desses controles internos da Entidade. Uma auditoria inclui, também, a avaliação da adequação das práticas contábeis utilizadas e a razoabilidade das estimativas contábeis feitas pela administração, bem como a avaliação da apresentação das demonstrações financeiras tomadas em conjunto. Acreditamos que a evidência de auditoria obtida é suficiente e apropriada para fundamentar nossa opinião. Ernst & Young Terco| 1 1 Ernst & Young Terco ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 48
  • APADRINHE UMA CRIANÇAwww.childfundbrasil.org.br AGORA! Opinião sobre as demonstrações financeiras Em nossa opinião, as demonstrações financeiras acima referidas apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial e financeira do Fundo Cristão Para Criança em 31 de dezembro de 2011, o desempenho de suas operações e os seus fluxos de caixa para o exercício findo naquela data, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil aplicáveis às pequenas e médias empresas. Belo Horizonte, 30 de março de 2012 ERNST & YOUNG TERCO Auditores Independentes S.S. CRC 2SP 015.199/O-6-F-MG Luis Guilherme Villela Alves Contador CRC - MG-067.509/O-8 Ernst & Young Terco| 2 Ernst & Young Terco 2Relatório de Atividades 2011 49
  • www.childfundbrasil.org.brAnexosAnexo Fundo cristão para crianças Balanços patrimoniais Em 31 de dezembro 2011 e de 2010 (Valores expressos em reais) ATIVO 2011 2010 CIRCULANTE Caixa e equivalentes de caixa (nota 4) 1.328.265 1.449.657 Adiantamento a terceiros 17.659 12.365 Adiantamento a funcionários 53.504 54.720 Despesas do exercício seguinte 6.827 5.956 Total do ativo circulante 1.406.255 1.522.698 NÃO CIRCULANTE Investimentos (nota 5) 6.222 6.222 Propriedades para investimento (nota 6) 2.073.009 687.712 Imobilizado (nota 7) 3.387.821 4.882.862 Intangíveis (nota 8) 400.874 316.477 5.867.926 5.893.273 TOTAL DO ATIVO 7.274.181 7.415.971 Ernst & Young Terco 3 ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 50
  • APADRINHE UMA CRIANÇAwww.childfundbrasil.org.br AGORA! PASSIVO 2011 2010 CIRCULANTE Fornecedores 173.832 66.867 Impostos e contribuições a recolher 58.593 61.705 Doações a repassar (nota 9) 272.122 147.082 Subvenções a repassar (nota 10) 956.616 991.441 Provisões de férias e encargos (nota 11) 204.457 217.525 Total do passivo circulante 1.665.620 1.484.620 NÃO CIRCULANTE Patrimônio social (nota 12) 1.897.267 1.897.267 Reserva de reavaliação 4.227.420 4.390.064 Déficit acumulado (516.126) (355.980) Total do patrimônio social 5.608.561 5.931.351 TOTAL DO PASSIVO 7.274.181 7.415.971 As notas explicativas são parte integrante das demonstrações financeiras. Ernst & Young Terco 4Relatório de Atividades 2011 51
  • www.childfundbrasil.org.br Fundo cristão para crianças Demonstrações do resultado Para os exercícios findos em 31 de dezembro 2011 e de 2010 (Valores expressos em reais) 2011 2010 RECEITAS ORDINÁRIAS Doações do exterior (nota 13) 17.553.617 18.967.615 Doações locais (nota 13) 4.874.672 4.549.721 22.428.289 23.517.336 DESPESAS ORDINÁRIAS Subsídios - Projetos conveniados (nota 14) (16.569.901) (17.580.414) Verbas especiais a projetos (nota 14) (199.453) (394.110) Apoio a Programas Sociais (nota 14) (2.073.439) (2.055.341) (18.842.793) (20.029.865) SUPERÁVIT ORDINÁRIO 3.585.496 3.487.471 RECEITAS (DESPESAS) OPERACIONAIS Pessoal e encargos (2.036.007) (1.923.242) Impostos e taxas (8.331) (21.404) Serviços de terceiros (575.314) (648.344) Despesas INSS - isenção (nota 18) (516.081) (511.994) Receita gratuidade isenção INSS (nota 18) 516.081 511.994 Despesas com depreciação e amortização (nota 17) (267.437) (255.268) Despesas gerais (nota 16) (1.173.329) (1.078.325) Receitas financeiras 12.549 57.092 Despesas financeiras (176.930) (164.697) Receitas de aluguéis 325.784 79.436 Alienação ou baixas de bens ativo imobilizado (9.831) (14.674) Outras receitas (despesas) 560 - (3.908.286) (3.969.426) DÉFICIT DO EXERCÍCIO (322.790) (481.955) As notas explicativas são parte integrante das demonstrações financeiras. Ernst & Young Terco 5 Ernst & Young Terco| 5 ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 52
  • APADRINHEAnexos UMA CRIANÇA AGORA!Fundo cristão para criançasDemonstrações das mutações do patrimônio líquidoPara os exercícios findos em 31 de dezembro 2011 e de 2010(Valores expressos em reais) Patrimônio Reservas de Déficit social Reavaliação Acumulado Total SALDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2009 2.741.456 4.516.039 (844.189) 6.413.306 Incorporação do déficit acumulado (844.189) - 844.189 - Realização da reserva de reavaliação - (125.975) 125.975 - Déficit do exercício - - (481.955) (481.955) SALDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 1.897.267 4.390.064 (355.980) 5.931.351 Realização da reserva de reavaliação - (162.644) 162.644 - Déficit do exercício - - (322.790) (322.790) SALDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011 1.897.267 4.227.420 (516.126) 5.608.561 As notas explicativas são parte integrante das demonstrações financeiras.Ernst & Young Terco| 6 Ernst & Young Terco 6Relatório de Atividades 2011 53
  • www.childfundbrasil.org.br Fundo cristão para crianças Demonstração dos fluxos de caixa Para os exercícios findos em 31 de dezembro 2011 e de 2010 (Valores expressos em reais) 2011 2010 FLUXO DE CAIXA PROVENIENTE DAS OPERAÇÕES Déficit do exercício (322.790) (481.955) Depreciação e amortização 267.437 255.268 Baixa de ativos imobilizado 1.924.131 - Baixa de investimentos - 18.372 1.868.778 (208.315) Redução (aumento) nos ativos: Adiantamentos (4.078) 4.179 Despesas do exercício seguinte (871) 2.433 Depósitos Judiciais - 7.357 (4.949) 13.969 Aumento (redução) nos passivos: Fornecedores 106.965 (24.891) Impostos e contribuições a recolher (3.112) 8.025 Doações a repassar 125.040 62.720 Provisões de férias e encargos (13.068) 7.860 Provisões p/ demandas judiciais - (7.357) Subvenções ( 34.825) 844.289 Contas correntes credoras - ( 44.487) 181.000 846.159 RECURSOS LÍQUIDOS PROVENIENTES DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS 2.044.829 651.813 FLUXO DE CAIXA UTILIZADO NAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS Adições do investimento (1.904.800) (6.225) Adições do imobilizado (147.479) (64.487) Adições do intangível (113.942) (261.321) RECURSOS LÍQUIDOS PROVENIENTES DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTO (2.166.221) (332.033) (Redução) aumento no caixa e equivalentes de caixa (121.392) 319.780 Caixa e equivalentes de caixa no início do exercício 1.449.657 1.129.877 Caixa e equivalentes de caixa no final do exercício 1.328.265 1.449.657 (Redução) aumento no caixa e equivalentes de caixa (121.392) 319.780 As notas explicativas são parte integrante das demonstrações financeiras. Ernst & Young Terco| 7 Ernst & Young Terco 7 ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 54
  • APADRINHE Anexos UMA CRIANÇA AGORA! Fundo Cristão Para Crianças Notas explicativas às demonstrações financeiras--Continuação Em 31 de dezembro de 2011 e de 2010 (Valores expressos em reais) 1. Informações sobre a Entidade O Fundo Cristão Para Crianças ou “FCC” é uma sociedade civil de caráter filantrópico e sem fins lucrativos, reconhecida de utilidade pública em âmbitos Federal, Estadual e Municipal. Iniciou suas atividades no Brasil em 1966. Com atuação em quatro Estados (Minas Gerais, Ceará, Pernambuco e Rio Grande do Norte) apóia, técnica e financeiramente, entidades que desenvolvem programas de atendimento a crianças, adolescentes, famílias e comunidades carentes e/ou em situação de risco, urbanas e rurais, creches, escolas e centro de serviços de acordo com as políticas básicas de atendimento determinadas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente e Convenção Internacional dos Direitos da Criança. A ênfase maior do trabalho do FCC está no processo de socialização, com a participação da família e da comunidade. O FCC atua em mais de 800 comunidades, sediadas em 54 municípios. Atende mais de 140 mil crianças, jovens e adolescentes, em 93 organizações parceiras, beneficiando aproximadamente 220 mil pessoas entre crianças, adolescentes e suas famílias. É mantido exclusivamente pelo sistema de apadrinhamento e de doações especiais de grupos de pessoas e empresas. Em 2011 foram investidos mais de R$ 22 milhões em programas sociais e atualmente conta com cerca de 5.000 voluntários. O Fundo Cristão é uma entidade que não faz distinção de raça, cor, credo religioso ou político. Sua Administração é composta por uma Assembléia Deliberativa, por um Conselho Fiscal e por um Órgão de Direção Geral. A Entidade, em conformidade com o seu estatuto social, não distribui qualquer parcela de seu patrimônio ou de seu superávit como lucro ou participação em resultados, aplicando integralmente os seus recursos no País, na manutenção e no desenvolvimento de seus objetivos refletidos, devidamente, em seus demonstrativos financeiros. Ernst & Young Terco| 8 Ernst & Young Terco 8Relatório de Atividades 2011 55
  • www.childfundbrasil.org.br Fundo Cristão Para Crianças Notas explicativas às demonstrações financeiras--Continuação Em 31 de dezembro de 2011 e de 2010 (Valores expressos em reais) 2. Base de apresentação e preparação das demonstrações financeiras--Continuação 2.1 Base de apresentação As demonstrações financeiras para os exercícios findos em 31 de dezembro de 2011 e 2010 foram elaboradas e estão sendo apresentadas de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil aplicáveis às pequenas e médias empresas (NBC TG 1.000). A Entidade está sujeita ainda à observância da Norma Brasileira de contabilidade, NBC T 10.19 - Entidade Sem Finalidade de Lucros, do Conselho Federal de Contabilidade. As presentes demonstrações financeiras foram aprovadas pela diretoria da Entidade em 10 de abril de 2012. 2.2 Políticas Contábeis a. Receitas e despesas As receitas oriundas de doações, subvenções e contribuições são registradas conforme determina a NBCT 10.19 (Entidades sem fins lucrativos) mediante documento hábil, quando da efetiva entrada dos recursos. Todas as demais receitas e as despesas necessárias à manutenção de suas atividades são registradas pelo regime contábil da competência. As receitas de doações, subvenções e contribuições, recebidas para aplicação especifica, mediante constituição ou não de fundos, são registradas em contas próprias, segregadas das demais contas da Entidade. b. Estimativas contábeis As demonstrações contábeis incluem estimativas e premissas, como a mensuração de estimativas do valor justo de determinados instrumentos financeiros, provisões para passivos contingentes, estimativas da vida útil de determinados ativos e outras similares. Os resultados efetivos podem ser diferentes dessas estimativas e premissas. c. Caixa e equivalentes de caixa Os equivalentes de caixa são mantidos com a finalidade de atender a compromissos de caixa de curto prazo, e não para investimento ou outros fins. A Entidade considera equivalentes de caixa uma aplicação financeira de conversibilidade imediata em um montante conhecido de caixa e estando sujeita a um insignificante risco de mudança de valor. Por conseguinte, um investimento, normalmente, se qualifica como equivalente de caixa quando tem vencimento de curto prazo, por exemplo, três meses ou menos, a contar da data da contratação. Ernst & Young Terco| 9 Ernst & Young Terco 9 ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 56
  • APADRINHEAnexos UMA CRIANÇA AGORA! Fundo Cristão Para Crianças Notas explicativas às demonstrações financeiras--Continuação Em 31 de dezembro de 2011 e de 2010 (Valores expressos em reais) 2. Base de apresentação e preparação das demonstrações financeiras--Continuação 2.2 Políticas Contábeis--Continuação d. Propriedade para investimento Propriedades para investimento são inicialmente mensuradas ao custo, incluindo custos da transação. O valor contábil inclui o custo de reposição de parte de uma propriedade para investimento existente à época em que o custo for incorrido se os critérios de reconhecimento forem satisfeitos; excluindo os custos do serviço diário da propriedade para investimento. Após o reconhecimento inicial, propriedades para investimento são apresentadas ao valor justo, que reflete as condições de mercado na data do balanço. Ganhos ou perdas resultantes de variações do valor justo das propriedades para investimento são incluídos na demonstração do resultado no exercício em que forem gerados. Propriedades para investimento são baixadas quando vendidas ou quando a propriedade para investimento deixa de ser permanentemente utilizada e não se espera nenhum benefício econômico futuro da sua venda. A diferença entre o valor líquido obtido da venda e o valor contábil do ativo é reconhecida na demonstração do resultado no período da baixa. Transferências são feitas para a conta de propriedade para investimento, ou desta conta, apenas quando houver uma mudança no seu uso. Se a propriedade ocupada por proprietário se tornar uma propriedade para investimento, a Companhia contabiliza a referida propriedade de acordo com a política descrita no item de imobilizado até a data da mudança no seu uso. e. Imobilizado O ativo imobilizado é demonstrado ao custo de aquisição ou construção, deduzido dos impostos compensáveis, quando aplicável, e da depreciação acumulada. A Entidade utiliza o método de depreciação linear definida com base na avaliação da vida útil de cada ativo, estimada com base na expectativa de geração de benefícios econômicos futuros. A avaliação da vida útil estimada dos ativos é revisada anualmente e ajustada se necessário. Um item de imobilizado é baixado quando vendido ou quando nenhum benefício econômico futuro for esperado do seu uso ou venda. Eventual ganho ou perda resultante da baixa do ativo (calculado como sendo a diferença entre o valor líquido da venda e o valor contábil do ativo) são incluídos na demonstração do superávit (déficit) no exercício em que o ativo for baixado. Ernst & Young Terco| 10 Ernst & Young Terco 10Relatório de Atividades 2011 57
  • www.childfundbrasil.org.br Fundo Cristão Para Crianças Notas explicativas às demonstrações financeiras--Continuação Em 31 de dezembro de 2011 e de 2010 (Valores expressos em reais) 2. Base de apresentação e preparação das demonstrações financeiras--Continuação 2.2 Políticas Contábeis--Continuação f. Ativos e passivos não circulantes Compreendem os bens e direitos realizáveis e deveres e obrigações vencíveis após doze meses subseqüentes a data base das referidas demonstrações financeiras, acrescidos dos correspondentes encargos e variações monetárias incorridas, se aplicável, até a data do balanço. g. Ajuste a valor presente de ativos e passivos Os ativos e passivos monetários de longo prazo, quando existentes, são atualizados monetariamente e, portanto, estão ajustados pelo seu valor presente. O ajuste a valor presente de ativos e passivos monetários de curto prazo é calculado, e somente registrado, se considerado relevante em relação às demonstrações contábeis tomadas em conjunto. 3. Julgamentos, estimativas e premissas contábeis significativas A preparação das demonstrações financeiras da Entidade requer que a administração faça julgamentos e estimativas e adote premissas que afetam os valores apresentados de receitas, despesas, ativos e passivos, bem como as divulgações de passivos contingentes, na data base das demonstrações financeiras. Contudo, a incerteza relativa a essas premissas e estimativas poderia levar a resultados que requeiram um ajuste significativo ao valor contábil do ativo ou passivo afetado em períodos futuros. As principais premissas relativas a fontes de incerteza nas estimativas futuras e outras importantes fontes de incerteza em estimativas na data do balanço, envolvendo risco significativo de causar um ajuste significativo no valor contábil dos ativos e passivos no próximo exercício financeiro, são discutidas a seguir. a) Redução a valor recuperável de ativos não financeiros O imobilizado e outros ativos não circulantes são revistos anualmente para se identificar evidências de perdas não recuperáveis, ou ainda, sempre que eventos ou alterações nas circunstâncias. b) Provisões para Riscos Tributários, Cíveis e Trabalhistas A Entidade reconhece provisão para causas tributárias, cíveis e trabalhistas. A avaliação da probabilidade de perda inclui a avaliação das evidências disponíveis, a hierarquia das leis, as jurisprudências disponíveis, as decisões mais recentes nos tribunais e sua relevância no ordenamento jurídico, bem como a avaliação dos advogados externos. As provisões são revisadas e ajustadas para levar em conta alterações nas circunstâncias, tais como prazo de prescrição aplicável, conclusões de inspeções fiscais ou exposições adicionais identificadas com base em novos assuntos ou decisões de tribunais. Ernst & Young Terco| 11 Ernst & Young Terco 11 ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 58
  • APADRINHEAnexos UMA CRIANÇA AGORA! Fundo Cristão Para Crianças Notas explicativas às demonstrações financeiras--Continuação Em 31 de dezembro de 2011 e de 2010 (Valores expressos em reais) 4. Caixa e equivalentes de caixa A posição de caixa e equivalentes, em 31 de dezembro, estava assim representada: 2011 2010 Caixa e Bancos 467.147 314.687 Banco Programa Esportista Cidadão – PEC 826 926 Aplicações Financeiras 12.468 244.790 Aplicação Financeira Programa Esportista Cidadão – PEC 847.824 889.254 1.328.265 1.449.657 5. Investimentos 2011 2010 Título de capitalização (i) 6.222 6.222 6.222 6.222 (i) O titulo de capitalização se refere a pagamento de caução à SJ Administradora de Imóveis Ltda, como garantia da locação da sala 807 localizada á Rua Pedro Borges, nº 20, a qual está situada o escritório do Fundo Cristão para Crianças em Fortaleza/CE. O titulo tem vigência de um ano, tendo iniciado em 19/07/2010 e é reaplicado automaticamente a cada 12 meses, sendo atualizado pela Taxa de Remuneração Básica aplicada às cadernetas de poupança (TR) que corresponde ao rendimento das cadernetas de poupança sem a parcela de juros mensais. 6. Propriedades para investimento 2011 2010 Imóveis (i) 2.647.800 743.000 (Depreciação) (574.791) (55.288) 2.073.009 687.712 (i) As propriedades para investimentos da Entidade incluem salas do Edifício Work Center, à Av. Afonso Pena, no. 3.111, em Belo Horizonte – MG. No ano de 2011 foram transferidos para propriedades para investimento os imóveis não residenciais situados à Rua Luis Guimarães, 261 e à Rua Alberto Ferreira, 564, salas no Edifício Top Center, todos situados na cidade de Fortaleza, reavaliadas de acordo com Laudo no. 481, em 31 de outubro de 2006. Os referidos imóveis são alugados a terceiros conforme preços de mercado e suas rendas revertidas ao objeto social da Entidade. Ernst & Young Terco| 12 Ernst & Young Terco 12Relatório de Atividades 2011 59
  • www.childfundbrasil.org.br Fundo Cristão Para Crianças Notas explicativas às demonstrações financeiras--Continuação Em 31 de dezembro de 2011 e de 2010 (Valores expressos em reais) 7. Imobilizado Os bens imobilizados da Entidade, grupo de edificações, foram reavaliados conforme Laudo de Reavaliação emitido pela empresa Dhisa Auditores Associados, no. 481, datado de 31 de outubro de 2006, quando suas taxas de depreciação, vida útil remanescente e valores foram ajustados conforme laudo. Taxa de depreciação ao ano % 2011 2010 Terrenos 798.000 1.167.000 Edificações 2,5% a 4,0% 2.240.900 3.776.700 Máquinas e equipamentos 8,0% a 11,0% 115.672 102.689 Móveis e utensílios 8,0% a 10,0% 30.971 28.649 Veículos 6,0% a 20% 340.195 260.700 Computadores e periféricos 11% a 25% 262.024 256.386 3.787.762 5.592.124 Depreciação/Amortização acumulada (399.941) (709.262) 3.387.821 4.882.862 A Entidade não alterou a forma de utilização do seu imobilizado, como também, não identificou desgastes e quebra relevante inesperada, progresso tecnologico e mudanças nos preços de mercado que indicassem que o valor residual ou vida útil dos ativos necessitassem de modificação. 8. Intangível 2011 2010 Saldo anterior 316.477 83.499 Adições do período 113.942 271.179 (-) Baixas - (1.538) (-) Amortizações (29.545) (36.663) 400.874 316.477 Com o objetivo de melhorar seus processos de gestão, em 2010 o Fundo Cristão para Crianças iniciou o processo de implementação do software de gestão integrada Peoplesoft doado pela empresa Oracle Sistemas do Brasil, incorrendo em gastos no valor de R$ 367.914. Ernst & Young Terco| 13 Ernst & Young Terco 13 ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 60
  • APADRINHEAnexos UMA CRIANÇA AGORA! Fundo Cristão Para Crianças Notas explicativas às demonstrações financeiras--Continuação Em 31 de dezembro de 2011 e de 2010 (Valores expressos em reais) 9. Doações a repassar No momento do recebimento, as doações são registradas na rubrica “Doações não idenficadas a repassar”. Ao serem identificadas, estas são reclassificadas de acordo com sua natureza. Eventualmente, o saldo residual desta conta, refere-se a recursos ainda em processo de reconhecimento. Em 2011, o saldo residual foi de R$ 272.122 (R$ 147.082 em 2010), conforme a seguir: 2011 2010 Saldo anterior 147.082 84.362 Doações recebidas e não identificadas 8.987.195 9.288.667 Doações recebidas e identificadas conforme sua natureza (8.862.155) (9.225.947) Doações não identificadas a repassar 272.122 147.082 O Fundo Cristão para Crianças controla em contas patrimoniais os efeitos de gratuidade dos presentes de padrinhos destinados às crianças apadrinhadas (DFC´s – Designated Fund Certificate), mantendo em seu passivo circulante os valores arrecadados para posterior repasse. O saldo de DFC´s repassado no exercicio foi: 2011 2010 DFC´s de doações internacionais 2.650.990 3.426.716 DFC`s de doações nacionais 1.331.845 1.228.911 3.982.835 4.655.627 10. Subvenções a repassar A Entidade reconhece as subvenções quando há segurança de que cumprirá as condições estabelecidas pelos parceiros e de que a subvenção será recebida ou quando já foi recebida. Em 31 de dezembro a Entidade possuia em seus livros os seguintes registros: Subvenções a apropriar passiva 2011 2010 Subvenção campanha Pague Menos 99.390 86.948 Subvenção Programa Esportista Cidadão - PEC 848.650 888.628 Subvenção outros 8.576 15.865 Total das subvenções a realizar 956.616 991.441 Ernst & Young Terco| 14 Ernst & Young Terco 14Relatório de Atividades 2011 61
  • www.childfundbrasil.org.br Fundo Cristão Para Crianças Notas explicativas às demonstrações financeiras--Continuação Em 31 de dezembro de 2011 e de 2010 (Valores expressos em reais) 11. Provisões de férias e encargos A posição de provisão de férias e encargos, em 31 de dezembro, estava assim representada: 2011 2010 Provisão para férias 187.575 199.334 Encargos s/ férias 16.882 18.191 204.457 217.525 12. Patrimônio Social Os resultados dos períodos são mantidos na rubrica “Superávit/Déficit acumulado’’, enquanto não aprovados pela Assembléia Deliberativa e, após a sua aprovação, são transferidos para a conta de Patrimônio Social. O patrimônio social da Entidade em 31 de dezembro de 2011, no montante de R$ 1.897.267 (R$ 1.897.267 em 2010), representa o montante inicial aportado para inicio das atividades da Entidade, sendo aumentado ou reduzido anualmente em função do superávit ou déficit apurado. 13. Doações A Entidade recebeu doações e subvenções durante o exercício registradas em contas de receita da seguinte forma: 2011 2010 Subsídios internacionais 13.676.257 14.863.101 Verbas do orçamento operacional 3.717.891 3.668.675 Outras doações recebidas 159.469 435.839 Doações externas 17.553.617 18.967.615 Subsídios brasileiros 2.780.473 2.767.276 Arrecadações nacionais para custeio 1.925.462 1.696.073 Outras doações recebidas 168.737 86.372 Doações locais 4.874.672 4.549.721 22.428.289 23.517.336 As receitas com doações auferidas pela Entidade são provenientes do Brasil e do exterior, na forma de subsídios a organizações parceiras e verbas especiais a projetos. Não são registrados como receitas os presentes às crianças apadrinhadas (DFCs), que são tratados em contas patrimoniais até sua efetiva entrega aos destinatários. Essas receitas são proporcionadas pelo sistema de apadrinhamento e outras doações eventuais. A Entidade possui aproximadamente 10 mil crianças apadrinhadas por brasileiros e 46 mil crianças apadrinhadas por estrangeiros. Em função desta característica, o Fundo Cristão para Crianças no Brasil fica exposta a realização efetiva dos repasses da entidade internacional para manutenção dos seus objetivos. Ernst & Young Terco| 15 Ernst & Young Terco 15 ChildFund Brasil - Fundo para Crianças 62
  • APADRINHEAnexos UMA CRIANÇA AGORA! Fundo Cristão Para Crianças Notas explicativas às demonstrações financeiras--Continuação Em 31 de dezembro de 2011 e de 2010 (Valores expressos em reais) 14. Concessão de Gratuidades (Repasse a Organizações Parceiras) As gratuidades convertidas à comunidade carente estão registradas dentro do grupo de despesas ordinárias, conforme demonstrado a seguir: 2011 2010 Subsídios – Organizações Parceiras 16.569.901 17.580.414 Verbas especiais a projetos 199.453 394.110 Apoio a Programas Sociais 2.073.439 2.055.341 18.842.793 20.029.865 As verbas e subsídios recebidos foram aplicados em organizações parceiras à Entidade, firmados e lançados em conta específica de despesa, sendo as seguintes principais organizações parceiras: GEDAM, Grupo de Apoio do Cabana, GCRIVA, Conselho de Pais Criança Feliz, PROCAJ (Sede), APLANT, AMPLIAR, PROSESC, APRISCO, AMAI, ABITA, ARAI, ASSOCIAR (Sede), ACHANTI, CONACREJE, ASCOPP, ASCAI, ARAIC, Projeto do Bem Estar Comunitário, Assoc. Sonho Infantil, Projeto Criança Feliz, Projeto União, Projeto Alegria da Criança, Projeto Feliz Jornada, Frente Beneficente para Criança, Frente de Ass. A Criança Carente, Conselho B.C. e T. Quitaius, Sociedade de E. S. a Família, União Popular Pela Vida, Sociedade de A. a Criança, Sociedade de apoio a família, Centro de Apoio a Criança, Assoc. de Moradores de Frutilândia, entre outras. A finalidade dessas organizações parceiras é, principalmente, a de apoiar programas sociais e de desenvolvimento de acordo com os planos de atividades. A Entidade mantém controle financeiro e realiza acompanhamento permanente sobre todas as verbas repassadas às organizações parceiras. A cada repasse, a respectiva prestação de contas é obrigatória e, necessariamente, enviada ao FCC no prazo máximo de 20 dias do mês posterior ao do repasse, viabilizando o acompanhamento da coerência na aplicação das verbas. A verba destinada a “Apoio a Programas Sociais” são utilizadas para monitoramento da execução das atividades nas Organizações Parceiras. 15. Despesas das Organizações Parceiras A partir de 2010, a Entidade passou a custear despesas específicas de suas Organizações Parceiras de modo a fazer uma melhor gestão destes referidos gastos, dos quais podemos destacar: 2011 2010 Honorários de Auditoria 414.553 458.889 Serviços de Tradutores 160.824 207.349 Despesas c/ postais 332.431 312.342 Outras 39.940 56.496 947.748 1.035.076 Ernst & Young Terco| 16 Ernst & Young Terco 16Relatório de Atividades 2011 63
  • www.childfundbrasil.org.br Fundo Cristão Para Crianças Notas explicativas às demonstrações financeiras--Continuação Em 31 de dezembro de 2011 e de 2010 (Valores expressos em reais) 16. Despesas Gerais O grupo de despesas gerais considera diversas despesas necessárias à operacionalidade da Entidade, sendo as mais relevantes: 2011 2010 Despesas c/ publicidade e propaganda 3.300 28.428 Despesas c/ viagens 189.878 180.100 Despesas c/ postais 129.413 173.465 Despesas entre escritórios 253.330 157.437 Despesas c/ telecomunicações 113.291 69.261 Despesas c/ reuniões, conferências e eventos 7.375 24.509 Despesas c/ taxa de condomínio 98.497 81.108 Despesas c/ material de escritório 49.657 32.389 Despesas c/ energia elétrica 53.201 59.528 Despesas c/ taxas diversas 17.409 37.822 Despesas c/ alimentação 36.593 40.612 Despesas c/ manutenção de instalações e equipamentos 18.378 27.194 Despesas c/ material de limpeza/higiene 11.184 12.496 Despesas c/ combustíveis 7.996 8.001 Despesas c/ estacionamento 25.479 14.893 Despesas c/ peças para veículos 20.932 16.298 Despesas c/ aluguel 13.222 3.945 Despesas c/ fotocópias 9.089 15.777 Bens de pequeno valor 29.642 10.906 Outras 85.463 84.156 1.173.329 1.078.325 17. Despesas com depreciação e amortização Após reavaliação dos bens do ativo imobilizado, conforme laudo emitido pela empresa Dhisa Auditores Associados, no. 481, em 31 de outubro de 2006, a Entidade passou a registrar os efeitos da depreciação dos bens reavaliados no resultado do exercício, com base na vida útil informada no laudo, sendo a reserva correspondente simultaneamente transferida para a rubrica “Déficit ou Superávit acumulado no Patrimônio Líquido’’. Os efeitos de depreciação correspondentes à reavaliação e ao custo original no resultado do exercício podem ser assim demonstrados: 2011 2010 Despesas de depreciações (custo líquido) 109.298 85.615 Despesas de amortizações 11.821 12.286 Despesas de depreciações/amortizações (custo reavaliado) 146.318 157.367 267.437 255.268 Ernst & Young Terco| 17 Ernst & Young Terco 17 64
  • APADRINHE UMA CRIANÇA AGORA!Fundo Cristão Para CriançasNotas explicativas às demonstrações financeiras--ContinuaçãoEm 31 de dezembro de 2011 e de 2010(Valores expressos em reais)18. Isenções Em função da isenção tributária quanto ao INSS patronal, por se tratar de entidade sem fins econômicos, devidamente regularizada nos órgãos normativos, não foram recolhidos nos exercícios de 2011 e 2010 os seguintes valores: 2011 2010 INSS Patronal - Fopag 465.565 451.644 INSS Patronal – Autônomos 38.755 48.650 INSS Patronal – Cooperativas 11.761 11.700 516.081 511.99419. Instrumentos financeiros Os valores de mercado dos ativos e passivos financeiros foram determinados com base em informações de mercado disponíveis e metodologias de valorização apropriadas. O uso de diferentes premissas de mercado e/ou metodologia de estimativa poderão ter um efeito diferente nos valores estimados de mercado. Baseada nessa estimativa, a Administração entende que o valor contábil dos instrumentos financeiros equivale aproximadamente a seu valor de mercado, conforme descrito abaixo. Em 31 de dezembro de 2011, os principais instrumentos financeiros estão descritos a seguir: ► Caixa e equivalentes de caixa - está apresentado ao seu valor de mercado, que equivale ao seu valor contábil. Nos exercícios de 2011 e 2010 a Entidade não realizou operações com derivativos.20. Seguros Em 31 de dezembro de 2011, a Entidade mantinha cobertura de seguros para seu imobilizado em montante considerado pela mesma suficiente para cobrir eventuais sinistros.21. Eventos subsequentes Fundamentado na sólida experiência para a superação da pobreza infantil e diante de novos desafios da organização frente ao contexto em que atua, o Fundo Cristão para Crianças mudou o seu nome, para ChildFund Brasil – Fundo para Crianças, com o objetivo de refletir a amplitude e o alcance internacional do trabalho desenvolvido junto as crianças, famílias e comunidades em situação de vulnerabilidade social. Esta mudança está sendo realizada em todos os escritórios da Organização no mundo. O objetivo institucional, porém, continua o mesmo: possibilitar que as crianças brasileiras realizem profundas mudanças positivas em suas famílias e comunidades.Ernst & Young Terco| 18 Elvira Maria do Amaral Contadora - CRC MG 085628/0-7 Ernst & Young Terco 18 Fundo Cristão para Crianças 65
  • www.childfundbrasil.org.br 66
  • TRANSFORMANDO VIDAS w w w. c h i l d f u n d b r a s i l . o r g . b r TRANSFORMANDO VIDAS 0300 313 2003 w w w. c h i l d f u n d b r a s i l . o r g . b r 0300 313 2003Siga o ChildFund Brasil nas redes sociais Siga o ChildFund Brasil nas redes sociais