CF1203Caso de InovaçãoFIAT AUTOMÓVEIS – Estratégia de InovaçãoCarlos Arruda, Fabian Salum e Luísa RennóA empresaFábrica da...
I taliana, com matriz em Turim, a Fiat chegouao Brasil em 1976 e se instalou em Betim. O                                  ...
desenvolvimento de um veículo no Brasil, contando     O Polo conta ainda com uma estrutura completacom as áreas:          ...
O novo contexto da                                    Parte da Engenharia de Produto, que antesinovação na Fiat           ...
UMA NOVA GESTÃO PARA INOVAÇÃO                         empresa. Está relacionada ao dia a dia da fábrica,                  ...
importante que a empresa tenha claro o que está       no país, com o objetivo de desenvolver tecnologiasbuscando, quais sã...
Dentro dessa perspectiva e mais real do que um        de utilizar automóveis para o nosso deslocamento?carro-conceito, mas...
•• Documento “Inovação – Um modelo de gestão   para a FIAT?”   disponível em: http://www.brasileconomico.com.•• Matéria Br...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

FIAT Automóveis – Estratégia de Inovação

9,953

Published on

Estudo de caso da FIAT Automóveis – Estratégia de Inovação realizado pelo Núcleo Bradesco de Inovação da FDC.

Published in: Education
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
9,953
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
185
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "FIAT Automóveis – Estratégia de Inovação"

  1. 1. CF1203Caso de InovaçãoFIAT AUTOMÓVEIS – Estratégia de InovaçãoCarlos Arruda, Fabian Salum e Luísa RennóA empresaFábrica da FIAT em Betim – MG.Fonte: Divulgação - Fiat
  2. 2. I taliana, com matriz em Turim, a Fiat chegouao Brasil em 1976 e se instalou em Betim. O Fiat Finanças; e as unidades de serviços Fundação Fiat, Fiat Services, FIDES e Isvor – universidadeprimeiro carro montado, um Fiat 147 a álcool, foi corporativa do Grupo. Para promoção de educaçãouma grande inovação para a época. Hoje, 35 anos e cultura, o grupo mantém a Fundação Torino e adepois, a montadora de Betim é a maior fábrica Casa Fiat de Cultura. A receita líquida do Grupode automóveis da marca, em tamanho e em Fiat em 2010 foi de R$ 36,6 bilhões.produção, ultrapassando a matriz. A capacidade Para o triênio 2011-2014, os investimentos emde produção é de 3.200 carros por dia, operando Minas Gerais serão da ordem de R$ 7 bilhões. Noem três turnos ininterruptos que chegam a uma estado de Pernambuco, onde a Fiat constrói novacapacidade de quase 800 mil veículos por ano. fábrica e polo automotivo, com capacidade paraSão 2,25 milhões de m2 de área total e cerca de 200 mil unidades/ano, o investimento no triênio25 mil empregos, diretos e indiretos. é de R$ 3 bilhões. A Fiat é líder no mercado brasileiro há dez anos, com uma fatia de 22,5% do mercado interno de automóveis e VCL (Veículos Comerciais Leves). Centro de Desenvolvimento e Pesquisa Mais do que uma reprodutora da matriz em Turim, a unidade da Fiat em Betim está se tornando uma desenvolvedora, o que significa que o Brasil é cada vez mais importante dentro do processo de inovação da Fiat. A trajetória de inovação da montadora se consolidou com a criação do Polo de DesenvolvimentoFiat 147. de Produtos Giovanni Agnelli, em 2003. OFonte: Divulgação - Fiat local é considerado o mais completo centro de desenvolvimento da empresa fora da Itália, com laboratórios e recursos de última geração,No ano de 2010, a fábrica da Fiat em Betim foi capazes de simulações e testes dinâmicos ema que mais produziu automóveis no mundo, escala real.entregando cerca de 750 mil unidades (uma acada 20 segundos). Seu mercado consumidor é,principalmente, no Brasil – 90% da produção dafábrica – e em alguns países da América Latina,com destaque para a Argentina. Hoje, a unidadefabril é considerada pelo Grupo mais do queuma filial, é uma desenvolvedora. A matriz contacom a operação brasileira para elaborar veículosdiferenciados e com características de ponta.No Brasil, o Grupo Fiat – dividido em FIAT S.p.A.(Società per Azioni) e Fiat Industrial – conta com16 empresas, 16 fábricas, gera cerca de 38.500empregos diretos e controla oito Centros dePesquisa e Desenvolvimento. Fazem parte do grupoas montadoras Fiat, Iveco, Case Construction, Centro Estilo Fiat. Fonte: Divulgação - FiatCase Agriculture, New Holland Constrution e NewHolland Agriculture; as fábricas de componentesMagnetti Marelli, Teksid, Fiat Powertrain e Comau; Reunindo cerca de mil profissionais, a estruturaos serviços financeiros Banco Fidis, CNH Capital e do Polo de Desenvolvimento possibilita o inteiro Casos FDC - Nova Lima - 2012 - CF1203 2
  3. 3. desenvolvimento de um veículo no Brasil, contando O Polo conta ainda com uma estrutura completacom as áreas: para gerenciar os projetos numa ótica de otimização de custos, qualidade e tempo de •• Centro Estilo – onde são desenvolvidas as desenvolvimento. soluções de design dos automóveis. Com perfil jovem, porém bastante consolidado, a •• Engenharias de Projeto de Chassi, Carroceria, Engenharia de Produto da Fiat vem investindo, nos Interiores e Eletroeletrônica – que desenvolvem últimos anos, na capacitação de seus profissionais, o projeto e a simulação dos componentes e com programas de formação, como mestrados sistemas do automóvel. e especializações na área automotiva e cursos •• Engenharia Experimental e de Materiais – técnicos focados no perfil dos colaboradores. responsável pelos testes em bancada e em Outros investimentos importantes são realizados pista dos protótipos. na aquisição de novos sistemas informatizados •• Planejamento de Engenharia e controle de e equipamentos, como a moderna sala de Custos – que cuidam do planejamento das realidade virtual recém-inaugurada. Ali são atividades e do monitoramento dos custos realizadas avaliações do estilo dos automóveis envolvidos. de forma virtual, com a ajuda de equipamentos •• Homologação e Normas. que possibilitam a visualização de um modelo em escala real.Sala Virtual.Fonte: Divulgação - FiatA Engenharia Experimental conta com A simulação virtual é uma atividade que tambémequipamentos modernos, como o laboratório de recebe grandes investimentos, com a aquisiçãocompatibilidade eletromagnética, pioneiro no país, de softwares e formação de pessoal especializado.câmaras climáticas e simuladores de estrada, que Hoje são realizadas simulações que vão da áreapermitem a simulação em bancada de diversas estrutural a termo fluidodinâmica, passandocondições de utilização do veículo com variações ainda pela simulação de dinâmica veicular e dede tipo de estrada e de condições climáticas. arquitetura eletroeletrônica dos modelos. Casos FDC - Nova Lima - 2012 - CF1203 3
  4. 4. O novo contexto da Parte da Engenharia de Produto, que antesinovação na Fiat correspondia a um “setor de inovação”, foi deslocada para transformar-se num nova área deAté pouco tempo, a estrutura do Polo de trabalho, ligada à diretoria Business Development.Desenvolvimento de Produtos respondia por todo O novo posicionamento da equipe que iria trabalharo histórico de inovação da montadora no Brasil. A diretamente com inovação era importante, porqueinovação focada em tecnologia e novos produtos o assunto passou a ser tratado como estratégicotrouxe para a Fiat os seus maiores sucessos (Linha e vital na fábrica.Adventure, Mille on-line, entre outros exemplos)e um bom reconhecimento, especialmente dopúblico externo, de que a empresa faz inovaçãode ponta. No entanto, ao olhar para dentro, a Fiatnão se enxergou como uma empresa inovadora.Ao menos não da forma como gostaria de ser.O DIAGNÓSTICOEm 2009, em parceria com a empresa deconsultoria Strategos, a Fiat iniciou uma pesquisae desenvolveu um diagnóstico. Envolvendo maisde 300 pessoas, entre funcionários da fábrica, Mudança na gestão da inovação na Fiat Automóveis.fornecedores e concessionárias, buscou-se Fonte: Paulo Matos, Fiat (2011)entender o que é e como é feita a inovação na Fiat.O resultado foi o reconhecimento de uma fábricacriativa, capaz de gerar grandes novidades – como A Fiat busca um crescimento que tenha a inovaçãoo carro-conceito Fiat Mio – mas pouco processual, como principal sustentação. Busca sair do patamarcom uma cultura de inovação não sistematizada. da inovação tecnológica em produtos e serviços eA maior parte da inovação praticada na Fiat era elevar a gestão da inovação a outras dimensões,tecnológica e incremental, num sistema típico da a novos modelos de negócios, ao nível estratégicoindústria automotiva. da empresa e que seja transversal, ou seja, a inovação deve chegar a todos os níveis e áreasGrande parte dos componentes de um automóvel da empresa. Assim foram definidos os objetivosé terceirizada, o que faz da indústria automotiva, estratégicos e uma nova metodologia de gestãose observada sob esse aspecto, uma indústria da inovação.aberta. Assim, algumas práticas de inovação sãorealizadas junto a fornecedores. No entanto, aFiat não considera que faz Inovação Aberta daforma como gostaria, precisando ainda caminharem direção à centralização, condução e aoorquestramento de uma rede de inovação. Agestão de Open Innovation teve, nesse sentido,um grande caso de sucesso com o Fiat Mio, no qualenvolveu consumidores numa plataforma aberta,que enviavam sugestões para o desenvolvimentode um novo carro. A experiência foi consideradainteressante e rendeu bons frutos, emboratenha sido feita apenas para um carro-conceitoe não para um produto que entraria em linha deprodução e ganharia o mercado.LINHAS ESTRATÉGICAS Fonte: Paulo Matos, Fiat (2011)Com o panorama atual da inovação traçado,em 2011, a Fiat começou a desenhar as linhasestratégicas e os objetivos que busca para ainovação na organização. Casos FDC - Nova Lima - 2012 - CF1203 4
  5. 5. UMA NOVA GESTÃO PARA INOVAÇÃO empresa. Está relacionada ao dia a dia da fábrica, à cultura de inovação, ao DNA. Corresponde àA nova gestão foi construída em torno de oito qualidade, aos programas, como WCM (Worldpilares, chamados building blocks: Class Manufacturing) e BIS – programa de geração 1. Estratégia e objetivos de ideias pelos funcionários –, processos que já estão sedimentados na empresa. 2. Processos e metodologias 3. Métricas 4. Plataformas de suporte REDE INTERNA 5. Organização C a d a u m a d a s F á b r i c a s , p a ra o b t e r u m funcionamento otimizado, deve contar com uma 6. Comunicação rede de pessoas da organização que possam 7. Treinamento contribuir com conteúdo e análises necessárias 8. Rede para o processo caminhar. Enquanto a Fábrica Exploratória está ligada ao planejamento estratégico e, por isso, relacionada a uma redeOs pilares são a base dos três macroprocessos, de mais alto nível da organização, a Fábricatambém chamados de Fábricas: Incremental procura colocar na sua rede os funcionários que lidam diariamente com a operação de construir um automóvel.Processo de Planejamento Estratégico ou Para construir o planejamento estratégico daFábrica Exploratória inovação, foi montada uma estrutura em rede queLigado ao planejamento estratégico da empresa, conta com 70 “pivôs” (ou “nós” da rede) e umao processo de inovação exploratória vai trabalhar plataforma que conta com quase 600 participantes.análise de tendências, cenários, espaços Quando a nova estratégia foi lançada, as pessoasde oportunidades, espaço de crescimento e diretamente ligadas ao processo se reconheceramdesdobramento das estratégias de inovação em ali, passando a ser também responsáveis pelosestratégias da empresa. Esse processo relaciona- rumos que a empresa estava tomando.se diretamente com o nível hierárquico mais altoda empresa. ELEMENTOS DA FÁBRICA DE INOVAÇÃOProcesso de Geração de Novos Modelos de Equipe core: conduz o processo e organiza asNegócios ou Fábrica Disruptiva informações. Tem a metodologia necessária.Com estratégia, objetivos, visão de oportunidades Rede: gera conteúdos e contribui com a dinâmica.e espaço de crescimento, a Fábrica Disruptiva São as pessoas que têm mais aderência ecomeça a trabalhar inovação visando à constituição proximidade com a metodologia.de novos negócios. Os desafios são colocados Envolvimento: de todos os níveis, em diferentespela empresa e trabalhados com uma série de intensidades. Desde a alta direção, envolvida noferramentas até que surjam três ou quatro novas planejamento estratégico da inovação, até osmaneiras de solucionar a questão. O importante, operários, com quem se explora o modus operandi,nesse processo, não é fazer melhor, é fazer novo. passando por todos os setores da indústria.Ou seja, não é para corrigir erros de processos jáexistentes, e sim para fazer de um jeito totalmente Processo: dita o encadeamento das ações, para quediferente. Nesse processo, não estão procurando, a inovação consiga ocorrer sistematicamente.por exemplo, novas formas de reduzir o consumo Ciclo: dita a periodicidade e intensidade. Parado automóvel e sim novos combustíveis que são que a inovação possa ser enxergada dentroconsumidos de forma alternativa. do planejamento estratégico, os processos precisam ter começo, meio e fim, para que, após o encerramento, possam ser mensurados eProcesso de inovação incremental ou Fábri- reorganizados de melhores formas.ca IncrementalAinda que pareça mais interessante o processodisruptivo, a inovação incremental é vital para a Resultados: representam a inovação gerada. É Casos FDC - Nova Lima - 2012 - CF1203 5
  6. 6. importante que a empresa tenha claro o que está no país, com o objetivo de desenvolver tecnologiasbuscando, quais são os seus objetivos e aonde que levem mais conectividade aos carros.pretende chegar.Carros conceito:tecnologia e designAlguns dos projetos de inovação e novastecnologias desenvolvidas pela Fiat no Brasilestão sendo aplicados em veículos totalmentedesenvolvidos pela empresa no país. Os chamados“carros conceito” são vitrines das pesquisas quea montadora vêm conduzindo para o público.Apresentados em grandes eventos, eles trazemnovos materiais, novos combustíveis, possibilidades Palio Weekend Elétricode conectividade e design diferenciado, apontando Fonte: Divulgação – Fiat.tendências do mercado automobilístico.Uma das inovações trazidas pelos Fiat Concept Car O Fiat Mio é um carro conceito, apresentadoé a utilização de fibras naturais, pesquisadas na ao público em 2010, que reúne todas essasflora brasileira – que possui vasta diversidade e inovações e ainda representa uma gestão demuito potencial para o desenvolvimento desse tipo projeto inédita, executada em um processo dede material. O Fiat Concept Car II é um exemplo. inovação em plataforma aberta, com participaçãoO veículo tipo “bugue”, apresentado ao público intensa do consumidor, que gerou 1,5 milhãoem 2008, é elétrico e sua carroceria foi produzida de visitas no site do projeto e mais de 17 milcom materiais reforçados por fibras naturais. No ideias sobre propulsão, materiais, segurança,entanto, há desafios logísticos para que o material ergonomia e design.natural inovador seja colocado em linha, incluindopreocupações com a cadeia de abastecimento. Fiat Mio Fonte: Divulgação – Fiat.Fiat Concept Car II.Fonte: Divulgação – Fiat. Inovação para a SustentabilidadeOutro item presente na lista de inovações Muitos dos projetos de inovação da Fiat têmbrasileiras é o biocombustível e alternativas, o objetivo de preparar os carros para umcomo o motor elétrico. A Fiat foi a primeira futuro inevitável e cada vez mais próximo, omontadora brasileira a ter uma solução de carro da sustentabilidade e da conectividade. Porelétrico nacional, com o Palio Weekend Elétrico. A isso os carros-conceito estão utilizando algunseletroeletrônica é outra frente de inovação da Fiat elementos inovadores e “verdes”, como novos tipos de biocombustíveis ou motores elétricos. Casos FDC - Nova Lima - 2012 - CF1203 6
  7. 7. Dentro dessa perspectiva e mais real do que um de utilizar automóveis para o nosso deslocamento?carro-conceito, mas ainda não disponível para Ou apenas mudará a forma como consumimos ocomercialização, é o Palio Weekend Elétrico, que automóvel? O veículo do futuro terá marca?teve 50 unidades produzidas para empresas de Para responder a essas questões, que sequerenergia elétrica em todo o Brasil. possuem respostas prontas ou certas, a FiatAntes de o projeto de um carro elétrico se tornar entende que precisa, mais do que nunca, dereal, os carros Flex já começavam a se sobrepor inovação. Especialmente inovação nos modelos deaos carros exclusivamente à gasolina. Hoje, negócio. Hoje não é possível mais fazer inovação99% dos carros vendidos pela Fiat são Flex, uma somente em produto, ou em serviços, ou emtecnologia precursora dos novos biocombustíveis relacionamento com os clientes. É na articulaçãoe importante alternativa para o mercado como de tudo isso que surgirão respostas e novossolução menos poluente. negócios.Como fábrica, a Fiat também utiliza pesquisa Para inovar, algumas competências são necessárias.e desenvolvimento para inovar e tornar mais A competência tecnológica, da ciência, engenhariasustentáveis seus processos internos. Foi a e técnica, diz o que é possível fazer. A competênciaprimeira montadora a certificar o seu Sistema de mercadológica, de marketing e comercialização,Gestão Ambiental, em 1998. Isso resultou numa diz o que é possível vender. Com essas duasredução de todo o volume de resíduos e poluentes competências, qualquer empresa faz inovaçãoque era gerada pela montadora. O consumo de e coloca no mercado o resultado. No entanto,energia elétrica, que era de 795 kWh, passou a ser é numa terceira competência que moraria ade 346 kWh. O volume de resíduo produzido por diferença: a competência para fazer as pessoasveículo era de 400Kg. Foi reduzido para 231Kg. O desejarem o produto.lixo doméstico foi de 440t/mês para 106t/mês. O A Fiat entendeu que é na interseção entre essasconsumo de água por veículo produzido diminuiu três competências que ela conseguiria sobreviverde 8,0 m3 para 2,19 m3, sendo que o recírculo num cenário futuro de incertezas. E especialmentede água agora é de 99%, enquanto antes era nebuloso quando se trata de um cenário bemde 60%. Os gases produzidos nos processos de próximo, com a entrada maciça dos automóveispintura, secagem e solda são coletados, filtrados e chineses no mercado brasileiro. A aposta dapurificados, eliminando as substâncias poluentes. montadora é no fato de que os chineses podemA Fiat foi a primeira montadora do Brasil a imitar tecnologia e conseguir comercialização, maseliminar totalmente as emissões de solventes na no desejo da marca eles sairiam perdendo.atmosfera. Hoje, 100% dos resíduos gerados nafábrica são reciclados. E para o desejo da marca ser cada vez mais latente, respondendo às questões e incertezas do cenário futuro, a inovação precisa ser, mais do que nunca, estratégica.Cenário automotivo edesafios para o futuroO automóvel, hoje, representa uma dicotomia nasociedade. Enquanto ainda pode ser consideradoum dos grandes sonhos de consumo de todas Bibliografia,as classes sociais, é também o vilão em outrasfrentes: trânsito, acidentes, poluição atmosférica, entrevistas ealto gasto nos orçamentos familiares comcombustível, seguro, impostos etc. Por outro lado, referênciasa indústria automotiva é um dos grandes motoresda economia brasileira, responsável por boa parte •• Visita à fábrica da Fiat em Betim feita no diado PIB nacional. O carro tem um peso grande na 21/09/2011, guiada por:vida das pessoas, desde a sua mobilidade até as ▪▪ Eng. Paulo Matos, Supervisor de Projetos dequestões macroeconômicas que, alguma hora, Inovação na Fiat eafetarão os seus bolsos. ▪▪ Eng. Gilmar Laignier, Gerente de EngenhariaA Fiat vem trabalhando para conseguir visualizar de Experimentaçãoo cenário atual e futuro e, através de inovação, •• Documento “FIAT Institucional 2011”poder se adiantar ao mercado. Deixaremos um dia Casos FDC - Nova Lima - 2012 - CF1203 7
  8. 8. •• Documento “Inovação – Um modelo de gestão para a FIAT?” disponível em: http://www.brasileconomico.com.•• Matéria Brasil Econômico de 16/09/2011, br/noticias/fiat-faz-aposta-em-conectividade-e-novos- materiais_107001.html•• Consultas ao site http://www.fiat.com.br/ mundo-fiat/institucional.jsp durante o mês de•• Consultas ao site Fiat Press, em: http://www. novembro/2011 fiatpress.com.br/, durante o mês de fevereiro de 2012•• Entrevista com o Eng. Paulo Matos, responsável pela Inovação na Fiat Automoveis no dia 07/12/2011. Casos FDC - Nova Lima - 2012 - CF1203 8

×