Seminário Direitos das Crianças e Princípios Empresariais UNICEF
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Seminário Direitos das Crianças e Princípios Empresariais UNICEF

on

  • 518 views

 

Statistics

Views

Total Views
518
Views on SlideShare
483
Embed Views
35

Actions

Likes
1
Downloads
1
Comments
0

4 Embeds 35

https://cursosrapidosonline.com.br 18
https://www.xn--cursosonlinedaeducao-7yb1g.com.br 8
https://cesbonline.com.br 8
https://www.cursosonlinecursos.com.br 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Seminário Direitos das Crianças e Princípios Empresariais UNICEF Seminário Direitos das Crianças e Princípios Empresariais UNICEF Presentation Transcript

    • Direitos das Crianças e PrincípiosEmpresariais19 March 2013Karla Parra Corrêa24 de maio de 2013, Seminário Fundação Abrinq
    • “Nós não somos as fontes de problemas, somos osrecursos que são necessários para resolvê-los. Nós nãosomos despesas; somos investimentos. Nós não somosapenas pessoas jovens, somos pessoas e cidadãos destemundo.”Fórum Infantil realizado entre 5 e 7 de maio de 2002, Sessão Especial daOrganização das Nações Unidas sobre as Crianças.“Nós não estamos pedindo às empresas que façam algodiferente de seu negócio usual; nós estamos pedindo aelas que façam este negócio usual de forma diferente.”Secretário-Geral das Nações Unidas, Kofi Annan
    • Agenda• Alguns dados• Histórico• Rationale• 10 Princípios• Ferramentas UNICEFAGENDA
    •  Existem 2,2 bilhões de crianças menores de 18 anosno mundo – quase 1/3 da população mundial. Adolescentes entre 10 e19 anos de idaderepresentam 18% da população total. 1 bilhão de crianças são privadas de um ou maisserviços essenciais para a sua sobrevivência edesenvolvimento. Em todo o mundo, 2 milhões de crianças com idadeinferior a 15 anos estão vivendo com o HIV. 215 milhões de crianças realizam trabalho infantil. 101 milhões de crianças não frequentam o ensinofundamental. 51 milhões de crianças não são registradas aonascer.
    • 27-May-135Histórico• Convenção sobre os Direitos da Criança (1989) e seusProtocolos Facultativos. 193 países são atualmente “EstadosPartes”• Convenções da Organização Internacional do Trabalho Nº182 sobre as Piores Formas de Trabalho Infantil e Nº 138sobre a Idade Mínima• DCPE (2011): Trazem um aprofundamento sobre os padrõesexistentes para as empresas, como os 10 Princípios do PactoGlobal das Nações Unidas e os Princípios Orientadores paraEmpresas e Direitos Humanos, aprovados pelo Conselho deDireitos Humanos da Organização das Nações Unidas
    • Dentre os princípios consagradas pela Convenção, estão odireito à vida, à liberdade, as obrigações dos pais, da sociedadee do Estado em relação à criança e adolescente. Os estadossignatários ainda comprometem-se a assegurar a proteção dosmenores contra as agressões, ressaltando em seu artigo 19 ocombate aos maus tratos, à exploração e à violência sexual. Participação Sobrevivência e desenvolvimento Interesse superior da criança Não-discriminaçãoPrincípios gerais da CDC
    • 27-May-137Princípios Orientadores para Empresas e DireitosHumanosTarefa do Estado dePROTEGERResponsabilidadecorporativa deRESPEITARDireitos das vítimas deacessar formasefetivas sobrecomoREMEDIAR
    •  Crianças menores de 18 anos correspondem a quase um terço dapopulação mundial. Em muitos países, as crianças e os jovensconstituem quase metade da população nacional. É inevitável queas empresas, sejam elas de pequeno ou grande porte, venham ainteragir e ter um efeito sobre as vidas das crianças, tanto diretacomo indiretamente. As crianças são stakeholders fundamentais para as corporações –seja como consumidores, familiares de funcionários, jovenstrabalhadores, ou como futuros funcionários e liderançasempresariais. Ao mesmo tempo, as crianças são membrosimportantes das comunidades e locais onde as empresas operam. As crianças estão entre os membros mais marginalizados evulneráveis da sociedade, e isso se evidencia pela falta de meiospara que elas se expressem publicamente.Algumas considerações
    •  Os efeitos que as empresas têm sobre as crianças podem serduradouros e até mesmo irreversíveis. A infância é um períodoúnico, de rápido desenvolvimento físico e psicológico, durante oqual a saúde física, mental, emocional e o bem-estar dos jovenspodem ser permanentemente afetados para melhor ou para pior.Uma alimentação adequada, água limpa, cuidados e carinhodurante a fase de desenvolvimento de uma criança são essenciaispara sua sobrevivência e saúde. Até mesmo o impacto dos riscos cotidianos afetam as crianças demaneira diferente e mais severa do que os adultos. Devido à suafisiologia, as crianças absorvem uma maior porcentagem depoluentes a que estão expostos, e portanto os seus sistemasimunológicos sofrem maior comprometimento e ficam maisvulneráveis.Algumas considerações
    • Algumas considerações Sustentabilidade significa fundamentalmentetornar o mundo um local melhor para as próximasgerações. Os Princípios Empresariais buscam aprofundar oreconhecimento da responsabilidade das empresas paracom as crianças para além da prevenção ou eliminação dotrabalho infantil. Isso inclui o impacto de todas as suas operaçõescomerciais – tais como seus produtos e serviços, seusmétodos de marketing e suas práticas de distribuição – ede suas relações com os governos no âmbito local enacional, além dos investimentos nas comunidades locais.
    • 27-May-1311Responsabilidade Corporativa deRESPEITAR os Direitos da CriançaCompromisso Corporativo deAPOIAR os Direitos da Criança0OS DIREITOS DAS CRIANÇAS E OS PRINCÍPIOSEMPRESARIAIS (2012)
    • ResponsabilidadedeRESPEITARCompromissodeAPOIARPRINCÍPIO 1 – OS PILARES12
    • Em todas as atividades e relacionamentos dos negócios…“Os Princípiosextrapolam o focolimitado de atuaçãodos negócios,encorajando-os aexaminar as formasmais diversas emenos óbvias deimpacto de suasoperações na vida dascrianças.”GuardianSustainableBusiness
    • No ambiente de trabalho, todas asempresas devem…
    • No mercado de trabalho, todas asempresas devem…
    • Na comunidade, todas asempresas devem…
    • 27-May-13 Strategic Framework on Corporate Social Responsibility17Ferramentas em desenvolvimento pelo UNICEF:Estágios do processo de devida diligência
    • WORKBOOK UNICEF Integrar os Direitos da Criança na estratégia de negócios1. Compromisso político de respeitar e apoiar os Direitos daCriança2. Avaliar os impactos (riscos e oportunidades) nos Direitos daCriança3. Integração e ação pelas Crianças4. Acompanhar performance e relatar resultados5. Remediar casos de violação de direitos6. Colaborar com governos para apoiar os Direitos da Criança
    • Não se trata de uma receita de bolo
    • Obrigada!UNICEF no BrasilCaptação de Recursos e Relação com o Setor Privadoparcerias@unicef.orgkcorrea@unicef.org