Your SlideShare is downloading. ×
Francisco Velásquez   CCBB-DF 08/02/12
Velho                                 Novo                                      -O professor : Orientador,estimula, desper...
Como essa tecnologia pode ser usada na educação:•Para sustentar (apoiar) o que já se faz (Conservador)•Para suplementar (e...
Jogo é uma das atividades humanas mais antigas que temos notícia.Jogo vem do latim Jocus(lúdico).Jogo: Divertimento, passa...
Estudo de paulista é premiado nos EUA ao provar que    Palavras cruzadas? Crochê? Que nada! A  videogames ajudam no tratam...
Faturamento nas primeiras 24h do                                                lançamento:                               ...
“Aprendizado tangencial” - Os games podem estimular oaprendizado a partir do interesse despertado pela experiênciade jogo....
“O jogo é uma brincadeira, mas sabendo trabalhar,       vira uma ótima ferramenta didática”.          (Rodrigo, professor ...
•O ambiente, avatares e objetos – O jogador vê e interage durante o jogo.•Jogo e estratégia- As regras do jogo e possíveis...
Pé de Vento- Alfabetização                             O Zuuum é um jogo divertido e interativo para treinar as           ...
• Um mundo virtual com desafios e gincanas.• Que use Realidade Aumentada.• Que possa incluir as ações da SME-RJ .• Que os ...
Horizonte de até um ano:   -ebooks (Livro Eletrônico)   -mobiles (Uso de celular)Horizonte de até três anos:   -realidade ...
Game ON -CCBB Bsb2012
Game ON -CCBB Bsb2012
Game ON -CCBB Bsb2012
Game ON -CCBB Bsb2012
Game ON -CCBB Bsb2012
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Game ON -CCBB Bsb2012

1,837

Published on

Games na Educação
Com Francisco Velasquez (SME RJ), Lynn Alves
(UEB), Carla Castanho (UNB) e Kao Tokyo (ACIRGAMES) durante a exposição Game ON- O Jogo apenas começou no CCBB BSB.

Published in: Education
2 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
1,837
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
12
Comments
2
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Game ON -CCBB Bsb2012"

  1. 1. Francisco Velásquez CCBB-DF 08/02/12
  2. 2. Velho Novo -O professor : Orientador,estimula, desperta a-O professor: aulas expositivas. curiosidade e motiva.-O aluno: passivo. -Aluno : sujeito da-Sala de aula: ambiente de escuta e aprendizagem, autônomo, busca o conhecimento. Forma seus próprios conceitos erecepção. opiniões.-Aluno: estuda por obrigação. -Sala de aula: ambiente de colaboração.-Conteúdos: fixos e rígidos. -Troca de experiências: aluno/aluno e professor/aluno.-Tecnologia: Ameaça. O professor -O aluno : Prazer na busca do conhecimento.teme ser substituído. -Conteúdos : flexíveis e abertos -Tecnologia: Instrumento incorporado. A TV, o PC, Web. O professor usa a tecnologia para estimular a aprendizagem -Jogos: possibilidades abertas.
  3. 3. Como essa tecnologia pode ser usada na educação:•Para sustentar (apoiar) o que já se faz (Conservador)•Para suplementar (estender) o que se faz (Reformador)•Para subverter (transformar) o que se faz (Inovador) A tecnologia pode mudar, mas as boas estratégias pedagógicas são universais e flexíveis, adaptáveis às necessidades locais. Ensinar o aluno a pensar, a ser autônomo, a trabalhar em grupo, a analisar e sintetizar informações, a ser criativo, ético, respeitoso. Cristiana Mattos Assumpção
  4. 4. Jogo é uma das atividades humanas mais antigas que temos notícia.Jogo vem do latim Jocus(lúdico).Jogo: Divertimento, passatempo e brinquedoJogar significa: Arriscar, perder, aventurar-se.Quando se está jogando, os seguintes Desafios Cognitivos sãocolocados: (...) Decidir, calcularobjetivos, avaliar, escolher, administrar recursos e buscarrecompensas. (Lynn Alves, 2011 apud Johnson, 2005)
  5. 5. Estudo de paulista é premiado nos EUA ao provar que Palavras cruzadas? Crochê? Que nada! A videogames ajudam no tratamento portadores centenária Kathleen Connell dá a receita da longevidade: jogar videogame! de déficit de atenção e hiperatividade. Fonte: Oglobo 02/02/12Autor do estudo : Matheus Manupella, 17 anos.Fonte: MSN jogos.
  6. 6. Faturamento nas primeiras 24h do lançamento: Cinema: Lua Nova : US$ 73 milhões. Livros: Harry Potter e as Relíquias da Morte: US$ 220 milhões. Games: Call Of Duty: Modern Warfare 2 : US$ 400 milhões.“É um romance baseado em um filme adaptado Fonte: ABRAGAMES/2011de um artigo de revista que foi inspirado porum vídeo game.”
  7. 7. “Aprendizado tangencial” - Os games podem estimular oaprendizado a partir do interesse despertado pela experiênciade jogo. Não precisa ser educativos para trazer benefícios aosjogadores. (James Portnow, 2010) O relacionamento entre jogo e educação é anterior ao surgimento dos jogos eletrônicos digitais/games, incluindo o surgimento de softwares para a educação. (Mattar, 2010)“O que os vídeo games podem nos ensinar sobre oaprendizado e a capacidade de ler e escrever” Aprendizagem colateral O importante não éNesse ambiente os estudantes são consumidores ativos e simplesmente o que se pensa quando se estáengajados em simulações que permitem interação e jogando, mas sim como se pensa enquantomanipulação dos mundos virtuais. Aprendem a pensar, agir joga. (Johnson, 2005 e Dewey 1991).e avaliar a situações colocadas no jogo. (James Paul Gee,2004)
  8. 8. “O jogo é uma brincadeira, mas sabendo trabalhar, vira uma ótima ferramenta didática”. (Rodrigo, professor de Física). OGloboEducação, acessado em 05/10/11 http://goo.gl/dfdOA)E no Rio de Janeiro ? Escola de Ensino Fundamental em Nova York tem seu currículo baseado em games. Os alunos criam games próprios, além de jogar e modificar outros para ter inspiração para as criações. http://q2l.org/ Em toda a parte só se aprende com quem se gosta... (Goethe)
  9. 9. •O ambiente, avatares e objetos – O jogador vê e interage durante o jogo.•Jogo e estratégia- As regras do jogo e possíveis estratégias podem seradotadas para alcaçar resultados.• Competições e dinâmica – Cada jogo deve incluir um elemento deconcorrência. Deve haver dinamismo entre ações e resultados dependentes deescolhas estratégicas do jogador.• Imersão e interação – O jogo deve fazer o jogador submergir no ambiente edeve ainda permitir interação com esse ambiente, objetos e avatares. Essainteração pode e deve ser de diversas maneiras.
  10. 10. Pé de Vento- Alfabetização O Zuuum é um jogo divertido e interativo para treinar as competências e habilidades de língua portuguesa e matemática para os alunos do 5º e 9º anos, seguindo a Matriz de Referência da Prova Brasil. Ele está disponível em versão online e offline.
  11. 11. • Um mundo virtual com desafios e gincanas.• Que use Realidade Aumentada.• Que possa incluir as ações da SME-RJ .• Que os avatares dos alunos e professores possam interagir, colaborar e competir.• Que tenham mini-jogos com assuntos relacionadas as disciplinas.• Que as equipes das escolas recebem pontos por competições no mundo real e no mundo virtual.• Que converse com os celulares, use QR Codes gerando respostas aos problemas da escola e na cidade. Enfim, o jogo só está começando...
  12. 12. Horizonte de até um ano: -ebooks (Livro Eletrônico) -mobiles (Uso de celular)Horizonte de até três anos: -realidade aumentada -aprendizagem baseada em games
  13. 13. franciscopedro@gmail.com franciscopedrovelasquez @professorcronus http://bit.ly/q7gIax

×