Your SlideShare is downloading. ×
Museu Goeldi Obras Raras
Museu Goeldi Obras Raras
Museu Goeldi Obras Raras
Museu Goeldi Obras Raras
Museu Goeldi Obras Raras
Museu Goeldi Obras Raras
Museu Goeldi Obras Raras
Museu Goeldi Obras Raras
Museu Goeldi Obras Raras
Museu Goeldi Obras Raras
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Museu Goeldi Obras Raras

1,068

Published on

Workshop Coleção de Obras Raras Essenciais: governança, operação e digitalização, no período de 3 a 5 de fevereiro de 2010, em São Paulo – SP, Brasil.

Workshop Coleção de Obras Raras Essenciais: governança, operação e digitalização, no período de 3 a 5 de fevereiro de 2010, em São Paulo – SP, Brasil.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,068
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
11
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. MCT/MUSEU PARAENSE EMÍLIO GOELDI COORDENAÇÃO DE INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO COLEÇÃO DE OBRAS ANTIGAS, RARAS E VALIOSAS DA BIBLIOTECA DOMINGOS SOARES FERREIRA PENNA Fev/2010
  • 2. ORIGEM
    • A coleção de obras raras antigas e valiosas da Biblioteca do Museu Goeldi tem sua origem nas aquisições feitas pelo próprio Emílio Goeldi, nas doações de pessoas ilustres e na permuta do Boletim do Museu com publicações científicas internacionais.
  • 3. ACERVO
    • Consta do acervo da Coleção obras valiosas dos séculos XVI a XX, totalizando aproximadamente 3000 exemplares, sendo 276 In-fólios;
    • A coleção cobre as áreas de História Natural e Viagens e explorações, formando um núcleo de expressivo valor para o estudo clássico acerca da Região Amazônica e do mundo antigo;
    • A obra mais antiga do acervo é a coletânea de viagens e crônicas “ Delle Navigationi et Viaggi “, organizada por Giovanni Battiste Ramusio e impressa em Veneza na tipografia dos Giunti, entre os anos de 1554 a 1574.
  • 4. INSTRUMENTOS NORMATIVOS
    • “ Manual de Identificação, Conservação e Gestão de Obras Raras da Biblioteca do Museu Paraense Emílio Goeldi” – Berenice Bacelar (Curadora)
    • “ Normas de Consulta, Reprodução e Empréstimo para Estudo, Pesquisa e Exposição da Coleção de Material Raro do MPEG”
  • 5. PRODUTOS IMPRESSO
    • “ Catalogus Librorum Musaei Goeldiani I. Cimelia; Catálogo Descritivo de Obras dos Séculos XVI ao XVIII” organizado por Marisa Rotemberg e Rosemarie E. Horch, Belém : CNPQ/MPEG, 1987. 258 p.
    • “ Catalogus Librorum Musaei Goeldiani II. Botânica; Catalogo Descritivo de Obras sobre Botânica, dos séculos XIX e XX, organizado por Marisa Rotemberg e Rosemarie E. Horch, Belém : CNPQ/MPEG, 1988. 218 p.
  • 6. PRODUTO ON-LINE
    • BASE OBRAS RARAS – Base de Dados Bibliográficos compatível com Formato MARC disponível em :
    • http://www.museu-goeldi.br/informacaocientifica/WebMPEG/Caribew.asp
    • Contém, 382 registros visando dar continuidade da série de catálogos impressos.
  • 7. ESTRUTURA FÍSICA
    • “ Projeto Catalogação, Higienização e Acondicionamento da Coleção de Obras Raras do MPEG”, aprovado em 2007 com financiamento BNDES/FIDESA, oportunizou um novo espaço para a Coleção de Obras Raras que irá garantir o acondicionamento adequado e segurança da coleção;
    • Visando o alcance dos objetivos do projeto já foi realizado o inventário descritivo e higienização dos In-fólios e está em processo o inventário dos livros.
  • 8. DIAGNÓSTICO PRELIMINAR
  • 9. Projeto - “Digitalização e Publicação On-line de uma Coleção de Obras Raras Essenciais em Biodiversidade das Bibliotecas Brasileiras”
    • Expectativas:
    • 1) Digitalização do Boletim do Museu Paraense de História Natural e Ethnographia (Museu Goeldi) volumes 1 a 12 (1894 a 1914)
    • 2) Preservação do acervo raro em face a digitalização;
    • 3) Ampliação da Disseminação e contribuição científica e maior visibilidade da Coleção;
    • 4)Capacitação da equipe do MPEG na metodologia em digitalização de acervos;
    • 5)Dispor da tecnologia necessária para dar continuidade a novos processos de digitalização da Coleção;
    • 6) Contribuir para a formação da Biblioteca de Obras Raras Essenciais em Biodiversidade .
  • 10.
    • Astrogilda Ribeiro
    • (Tecnologista)
    • [email_address]
    • Francileila Jatene Cavalcante
    • (Analista em C&T)
    • [email_address]

×