Your SlideShare is downloading. ×
Estudo: Games Sociais: Jogar agora é colaborativo
Estudo: Games Sociais: Jogar agora é colaborativo
Estudo: Games Sociais: Jogar agora é colaborativo
Estudo: Games Sociais: Jogar agora é colaborativo
Estudo: Games Sociais: Jogar agora é colaborativo
Estudo: Games Sociais: Jogar agora é colaborativo
Estudo: Games Sociais: Jogar agora é colaborativo
Estudo: Games Sociais: Jogar agora é colaborativo
Estudo: Games Sociais: Jogar agora é colaborativo
Estudo: Games Sociais: Jogar agora é colaborativo
Estudo: Games Sociais: Jogar agora é colaborativo
Estudo: Games Sociais: Jogar agora é colaborativo
Estudo: Games Sociais: Jogar agora é colaborativo
Estudo: Games Sociais: Jogar agora é colaborativo
Estudo: Games Sociais: Jogar agora é colaborativo
Estudo: Games Sociais: Jogar agora é colaborativo
Estudo: Games Sociais: Jogar agora é colaborativo
Estudo: Games Sociais: Jogar agora é colaborativo
Estudo: Games Sociais: Jogar agora é colaborativo
Estudo: Games Sociais: Jogar agora é colaborativo
Estudo: Games Sociais: Jogar agora é colaborativo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Estudo: Games Sociais: Jogar agora é colaborativo

1,605

Published on

Estudo sobre a evolução dos games sociais feita com os termos relacionados a jogos em mídias sociais.

Estudo sobre a evolução dos games sociais feita com os termos relacionados a jogos em mídias sociais.

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,605
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
48
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. EstudoGAMES SOCIAIS: JOGAR AGORA É COLABORATIVO
  • 2. Índice Introdução.......................................................................03 O fenômeno dos jogos sociais........................................04 Quais os principais jogos................................................05 Como os usuários brasileiros veem os jogos sociais....05 O caso Zynga..................................................................08 Escândalos envolvendo games sociais...........,..............12 Panorama geral da imprensa...............................,..........13 Expectativas para o futuro..............................................15 Aplicabilidade..................................................................17 Metodologia.....................................................................18 Ficha Técnica..................................................................19 2
  • 3. GAMES SOCIAISAtualmente, as redes sociais como Facebook e Orkut integram mensagens privadas, bate-papo instantâneo, fotos,vídeos, eventos, aplicativos e jogos. Se pensarmos, há dez anos (ou menos), usávamos todas essas funções demaneira totalmente independente e não tínhamos nem ideia da convergência que estava por vir no cyberespaço. E issonão é somente no meio online. O celular de hoje parece um canivete suíço quando comparado a um aparelho de 15anos atrás, cujo uso se limitava a fazer chamadas e armazenar contatos.Aliás, a diferença entre um smartphone de última geração e um laptop mediano esbarra praticamente no poder dealguns componentes e no tamanho do objeto. Alguém aproveitou a oportunidade de suprir a lacuna existente entresmartphones e notebooks - Steve Jobs - e deu início a era dos tablets no ano passado, lançando o iPad. Em resumo, oaparelho não tem uma configuração (chips e peças) muito superior aos smartphones. Porém, torna-se mais portátil queum notebook e também mais eficiente e confortável do que smartphones para certas tarefas, como ver vídeos e jogargames.Da mesma forma, vemos todo tipo de tecnologia e meios se juntarem: há câmeras fotográficas com WiFi, celularescom GPS, videogames com sensor de movimento, instrumentos musicais 100% virtuais, canetas que filmam, ospróprios tablets acoplados a carros e até roupas inteligentes com chips e sensores.Ao imaginarmos um meio de comunicação mais tradicional como o rádio (que foi criado há pouco mais de 100 anos),podemos observar que hoje ele se integrou a praticamente todas as mídias que o sucederam: em canais de TV paga,nos celulares, na sala de cinema enquanto se espera o filme e também nas webradios via internet. 3
  • 4. O fenômeno dos jogos sociaisComo afirma Henry Jenkins em seu livro “Cultura da Convergência”, as novas mídias e velhas mídias entraram em totalrota de colisão — o que pode ser aplicado também às tecnologias e, claro, às redes sociais. Um mercado em plenaexpansão em meio a tudo isso é o dos social games (jogos sociais), que já representa um terço do faturamento total dosetor. Trata-se de games, como o próprio nome sugere, inseridos dentro de redes sociais e com a experiênciacompartilhada entre os amigos e contatos que compartilham do mesmo jogo.Evolução de novos usuários de Social Games 2010 86.381.000 2009 52.743.234 2008 34.189.154 2007 10.100.432 2006 2.617.192 0 20.000.000 40.000.000 60.000.000 80.000.000 100.000.000 *Fonte: BigPoint.Como se pode ver no gráfico acima, o crescimento de usuários que aderem aos jogos sociais é vertiginoso. Assimcomo o Wii trouxe uma nova proposta de diversão para os gamers (o que invariavelmente também cativou um novopúblico), os jogos sociais também devem seu sucesso a um público mais variado: jogadores casuais, que não estãodispostos a ficar horas desvendando todos os segredos e possibilidades de um jogo e nem se aprofundando emtramas complexas.Para o usuário comum o jogo está ali, e com poucos cliques tem acesso diretamente em seu perfil inicial do Facebookou do Orkut. De fácil e rápida instalação, bem como de simples assimilação, esses tipos de games não trazem grandesnovidades de jogabilidade ou gráficos. Eles fazem mais sucesso pelo contexto de compartilhamento que estãoinseridos — o que rendeu um faturamento de 20 bilhões de dólares no ano passado. 4
  • 5. Evolução de usuários ativos de jogos sociais no Facebook (por gênero) *Fonte: ScreenDigestQuais os principais jogos?Apesar de existirem pouco mais de 350 milhões de usuários ativos em games no estilo gerenciamento, isso nãosignifica que mais da metade dos usuários do Facebook (cerca de 600 milhões) os joga. Isso porque uma só pessoapode participar de dois, três, quatro ou até mais games ao mesmo tempo.O grande crescimento entre 2009 e 2010 se deve ao surgimento do game que impulsionou o mercado, lançado emjunho de 2009. O FarmVille foi rapidamente aderido pelos usuários do Facebook e, segundo a consultoria AppData,conta hoje com 50 milhões de usuários mensais. Em 2011, o CityVille, uma versão “evoluída” do FarmVille, passou afigurar como o jogo mais popular da rede, com quase 95 milhões de usuários ativos mensais.Como os usuários brasileiros veem os jogos sociais?No alto dos seus quase 15 milhões de usuários no Brasil, o Facebook também é terreno fértil para os jogos por aqui.Porém, o Orkut — maior rede social do país com aproximadamente o dobro de usuários do Facebook (ainda que nãonecessariamente ativos na rede) — concentra também uma quantidade enorme de gamers. 5
  • 6. Buscando entender sobre como os usuários se manifestam sobre os jogos nas próprias redes sociais, como Facebook,Twitter, Blogs, Fóruns e YouTube, realizamos um monitoramento contemplando os jogos sociais mais populares daweb.Observe abaixo os resultados do volume de interações gerados sobre cada um dos principais jogos avaliados em umperíodo de 5 dias:Interações por palavras-chave - plataforma postX Happy Pets Petville Yoville Carmen Sandiego Mafia Wars BuddyPoke Minha Música Mini Fazenda CaféMania Colheita Feliz Farmville Cityville 0% 0% 2% 0% 1% 2% 3% 10% 27% 11% 18% 27%  FarmVille e CityVille, os mais populares do Facebook, foram responsáveis por mais da metade das interações de games. Entretanto, os jogos seguintes (Colheita Feliz, Café Mania e Mini Fazenda) pertencem ao Orkut, somando mais de 40% das menções.  BuddyPoke e Minha Música, apesar de não serem jogos, foram contabilizados por estarem entre os cinco maiores aplicativos do Orkut (somente o BuddyPoke tem mais de 30 milhões de usuários). Só que, mesmo assim, ambos tiveram pouca repercussão — talvez a simplicidade e a rapidez de sua utilização fizeram com que não houvesse muitos comentários a respeito. 6
  • 7. Acompanhe a seguir quais foram as redes sociais mais utilizadas para relatos sobre os games sociais:Interações por mídia social - plataforma postX Twitter Facebook Youtube Blogs 0,10% 3,07% 37,88% 58,95%  O Twitter, apesar de não possuir aplicativos e jogos, possui mais menções devido ao seu caráter de agregador de conteúdo — é lá onde os usuários contam espontaneamente sobre experiências simples de jogo e sobre suas conquistas e preferências.  O Facebook, rede social base para os dois jogos mais comentados, vem em seguida com uma quantidade significativa, pouco mais de um terço das interações.  Alguns vídeos do YouTube geralmente capturando a tela dos jogos (screen record) e poucas postagens em blogs completam a porcentagem de mídias. 7
  • 8. O caso ZyngaA Zynga, empresa líder do mercado de games sociais, hoje está avaliada em US$ 10 bilhões, um valor maior do que oestipulado para o Twitter. A companhia é detentora do FarmVille e CityVille (os dois maiores jogos do Facebook), alémdo Mafia Wars (que já esteve mais em evidência, mas hoje ainda contabiliza cerca de 15 milhões de usuários ativos nomundo).Abaixo segue a uma tabela comparando o lucro da indústria dos games no ano passado, que além dos games daZynga já citados acima, ainda contém o Zynga Poker e o FrontierVille: *Fonte: IGN, 02/2011. 8
  • 9. Segundo estatísticas, um em cada cinco gamers paga por itens em jogos gratuitos do Facebook — e é isso, junto àpublicidade integrada aos jogos, que rende lucro aos criadores. O último passo da Zynga no Brasil provém de umaparceria com a sua maior concorrente por aqui, a Mentez, que é responsável pelos maiores jogos da nossa rede socialmais popular (Orkut).Trata-se de um acordo para vender cartões pré-pagos para se utilizar nos jogos. Os Zynga Game Cards e os Pins,créditos utilizados para aquisições online, serão distribuídos oficialmente em lugares como bancas de jornal, lanhouses, supermercados e até farmácias em todo o país.O objetivo dos créditos é ajudar a alcançar um crescimento de 50% para o setor em 2011, o que é equivalente a umlucro de R$300 milhões (R$100 milhões a mais que em 2010). O crescimento do acesso à banda larga e da venda desmartphones auxiliaram a formar um cenário positivo para os jogos sociais no Brasil, que hoje conta com 25 milhões deusuários.Para compor um cenário mais aprofundado sobre os games sociais e as empresas que estão por traz desses projetossão avaliados — por quem joga e por quem não joga — nas redes sociais, monitoramos as duas principaisdesenvolvedoras do segmento, a líder latino-americana Mentez e a líder mundial Zynga.Interações por palavras-chave - plataforma postX Mentez Zynga 39,59% 60,41%  A Zynga foi um pouco mais citada que a Mentez durante o período. 9
  • 10.  Ambas foram comentadas de maneira bastante neutra, em replicações de notícias sobre a nova empreitada do setor (os cartões pré-pagos vendidos em pontos estratégicos).Confira agora o paralelo da tonalidade das empresas, a partir da avaliação de uma amostra de 20%:Tonalidade por palavra-chave “Mentez” - plataforma postX Negativo 8,33 Neutro Negativo Neutro 91,67 10
  • 11. Tonalidade por palavra-chave “Zynga” - plataforma postX Positivo Neutro Negativo Negativo 25,00% Neutro 67,65% Positivo 7,35%  As duas empresas são pouco lembradas positivamente quando citadas nas mídias sociais. No caso da Zynga, o fator relevante dessas citações foi a notícia divulgando as altas margens de lucro da empresa em 2010.  Os comentários negativos, em sua maioria, disseram respeito a problemas de funcionamento e bugs dentro dos jogos. Os usuários, quando prejudicados em suas jogadas, costumam extravasar na rede, às vezes de maneira intensa, como vemos em alguns exemplos abaixo. 11
  • 12. Casos e escândalos envolvendo os games sociaisAlguns casos recentes ultrapassaram os limites das redes sociais e ganharam muita repercussão no Brasil e nomundo. O vídeo do screen abaixo (http://www.youtube.com/watch?v=h-N7LLXEpy4), publicado em novembro de 2010,mostra toda a revolta da jovem senhora perante a insatisfação com algumas regras do Colheita Feliz que adesfavoreceram.A jogadora já foi assistida por mais de meio milhão de pessoas e ganhou fama ao continuar com a jornada, seproclamando “Web Diva”, lançando um blog e comentando sobre vários outros fatos cotidianos com o tom crítico quelhe garantiu sucesso.Outro caso — esse com contornos mais trágicos — foi o de uma mulher americana de 22 anos que matou seu filho porque o bebê a incomodava enquanto ela jogava FarmVille. Por mais absurdo que pareça, foi real e aconteceu emjaneiro do ano passado. Contudo, a sentença para a acusação ainda não saiu, sendo que a ré pode pegar entre 25 e50 anos de cadeia.Esses dois casos não retratam o público predominante que joga socialmente, embora ilustre motivos de grandepreocupação da sociedade moderna com o aspecto de isolamento presencial que o mundo virtual às vezes podecausar. Segundo pesquisa recente da Flurry, 53% dos participantes dos social games são mulheres e 47% homens.Uma realidade bastante diferente de quando se fala em gamers tradicionais (de consoles e PC’s), em que as mulheressempre foram minoria e hoje representam cerca de 40%. 12
  • 13. Panorama geral da imprensaPara contrastar com o monitoramento realizado nas mídias sociais, também realizamos um monitoramento naimprensa online com as mesmas palavras-chave:Notícias por palavras-chave - plataforma Clipping Express Café Mania Cityville Colheita Feliz Farmville Happy Pets Mafia Wars Mentez Minha Música Mini Fazenda Social Games Games Games 23,91% Social Games 5,8% Mini Fazenda 0,72% Minha Música 0,72% Mentez 18,12% Mafia Wars 6,52% Happy Pets 0,72% Farmville 18,84% Colheita Feliz 11,59% Cityville 9,42% Café Mania 3,62%  Observamos que a situação se inverteu na imprensa: a palavra “FarmVille” foi mais citada que “CityVille”. Entretanto a diferença entre os termos “Mentez” e “Zynga” permaneceu praticamente equivalente.  O que gerou mais repercussão à Mentez no período foi o novo aplicativo de geolocalização chamado Tôaki, uma espécie de concorrente do FourSquare, que está sendo lançando com a parceria do Guia Mais.  Os termos “Buddy Poke”, “Carmen Sandiego”, “YoVille” e “PetVille” também foram monitorados, mas não foram citados na imprensa durantes as datas. Os outros games em si, no entanto, foram citados como exemplos de social games, sem matérias dedicadas exclusivamente a eles. 13
  • 14. Notícias por categoria de veículo - plataforma Clipping Express Agência de Notícias Especializado Grande Imprensa On Line Regional Regional 2,17% On Line 40,58% Grande Imprensa 13,77% Especializado 42,75% Agência de Notícias 0,72%  Conforme o gráfico acima, a maioria do conteúdo foi publicado em veículos especializados e na imprensa online.  Os dados só refletem uma realidade ainda comum na imprensa nacional: mesmo a indústria dos games estando à frente da indústria cinematográfica e fonográfica em faturamento, ela não ganha tanto destaque na grande imprensa e na replicação de conteúdo. 14
  • 15. Expectativas para o crescimento futuroUma categoria de gadgets que vem ganhando espaço e promete se destacar esse ano são os superphones, que nadamais são do que smartphones “vitaminados”, com placas de vídeo e processador superiores, mais memória e outrostipos de saída (HDMI, por exemplo) — o que os coloca acima dos tablets em performance.Com essas configurações, o que ganha destaque nos aparelhos é a capacidade de rodar jogos com gráficos maiselaborados e de executar programas mais robustos. Em alguns testes realizados durante a feira CES 2011, odesempenho de alguns superphones surpreendeu tanto os visitantes, ao ponto do portátil conseguir trabalhar comqualidade de jogos próxima ao Playstation 3.Dessa forma, a tendência já afirmada do crescimento dos games sociais perante os tradicionais deve seguir forte em2011. Todos os avanços tecnológicos devem convergir para o progresso dos jogos inseridos nos canais sociais aqui noBrasil. O Plano Nacional de Banda Larga trará mais conectividade ao público, que passará a acessar mais ainda asredes sociais, que já são preferência nacional. A evolução dos aparelhos, junto à queda dos preços de planos deinternet via celular, também devem aquecer o mercado dos games colaborativos que, ao que parece, vão perdurar porlonga data — diga-se de passagem, pelo tempo em que as redes sociais continuarem a brilhar no mundo digital. 15
  • 16. Comentários sobre as plataformas – postXAtravés do monitoramento do postX foi possível verificar qual a posição ocupada pelas mídias sociais na hora dopúblico se reportar sobre jogos sociais. Após a captura das palavras-chave relacionadas, tivemos acesso a umconteúdo filtrado e relevante para saber o que o brasileiro pensa sobre o tema. As avaliações possibilitadas pelaplataforma ajudaram a exemplificar e aprofundar as considerações do estudo.Comentários sobre as plataformas – Clipping ExpressO serviço de monitoramento do Clipping Express foi usado para quantificar as notícias publicadas pela imprensa noperíodo estabelecido e assim compreender os fatos de destaque da imprensa, que foram relevantes ao tema. Osdados obtidos servem de base para comparação com as repercussões nas mídias sociais. 16
  • 17. Aplicabilidade do estudoA compreensão da dinâmica nos canais sociais é essencial para quem está presente e busca aprimorar sua atuaçãoou para as empresas que pretendem iniciar este processo. A imagem do consumidor sobre as marcas, seja positiva ounegativa, influencia diretamente na projeção e percepção das mesmas pela população em geral, tendo como aliadasou ameaças as redes sociais.O monitoramento, além de filtrar as informações relevantes de maneira funcional, pode possibilitar um trabalhoestratégico mais avançado, capaz de garantir resultados a partir de um acompanhamento contínuo do feedback damarca, concorrência e mercado. 17
  • 18. MetodologiaAs mídias sociais representam uma área movimentada para qualquer debate, principalmente quando se fala naindústria de games. Para analisar o buzz gerado pelo internauta, realizamos um monitoramento de 5 dias nas mídiassociais envolvendo as palavras-chave de referência. Utilizando a plataforma postX como ferramenta de rastreamento,conseguimos uma cobertura do Twitter, Facebook, YouTube, Blogs, Fóruns e Sites de Reclamação.As mídias online foram utilizadas para mensurar a representatividade do tema estudado perante mais de 3500 veículosde comunicação monitorados, através da plataforma Clipping Express. A plataforma permitiu embasar o conteúdoapresentado como cenário atual sobre o tema e mensurar seu reflexo quantitativo nas mídias online por palavras-chave.Os dados coletados para este estudo de apresentação são quantitativos e qualitativos através de uma amostragem de20%, revelando em números o quanto as palavras-chave tiveram repercussão nas mídias sociais e mídias online. 18
  • 19. Ficha TécnicaPlataforma postX:Período monitorado: 21/01/2011 a 25/01/2011.Total de interações: 10.416Interações por palavra-chave:  Café Mania: 1.105.  PetVille: 19.  YoVille: 23.  Carmen Sandiego: 128.  BuddyPoke: 183.  CityVille: 2.648.  Colheita Feliz: 1.697.  FarmVille: 2.648.  Happy Pets: 8.  Mafia Wars: 162.  Mentez: 268.  Minha Música: 290.  Mini Fazenda: 828.  Zynga: 409. 19
  • 20. Plataforma Clipping Express:Período monitorado: 21/01/2011 a 25/01/2011.Total de notícias: 138 notícias.Notícias por palavra-chave:  Café Mania: 5 notícias.  CityVille: 13 notícias.  Colheita Feliz: 16 notícias.  FarmVille: 26 notícias.  Happy Pets: 1 notícia.  Mafia Wars: 9 notícias.  Mentez: 25 notícias.  Minha Música: 1 notícia.  Mini Fazenda: 1 notícia.  Social Games: 8 notícias.  Zynga: 33 notícias. 20
  • 21. Esse estudo foi desenvolvido pela MITI Inteligência.Acesse nosso site: HTTP://miti.com.brSiga-nos no Twitter: HTTP://twitter.com/fontemiti 21

×