Loading…

Flash Player 9 (or above) is needed to view presentations.
We have detected that you do not have it on your computer. To install it, go here.

Like this document? Why not share!

Análise: Televisão - do surgimento ao recomeço

on

  • 7,040 views

Análise realizada pela MITI sobre os 60 anos da televisão no Brasil.

Análise realizada pela MITI sobre os 60 anos da televisão no Brasil.

Statistics

Views

Total Views
7,040
Views on SlideShare
7,040
Embed Views
0

Actions

Likes
2
Downloads
105
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Análise: Televisão - do surgimento ao recomeço Análise: Televisão - do surgimento ao recomeço Document Transcript

  • Análise A TELEVISÃO – DO SURGIMENTO AO RECOMEÇO
  • Índice Introdução.......................................................................03 Evolução.........................................................................05 Análise dos Gráficos – Mídia Social...............................06 Análise dos Gráficos – Mídia Online...............................13 Conclusão.......................................................................15 Método de pesquisa........................................................16 Ficha Técnica do Estudo.................................................17 2
  • A TELEVISÃO – DO SURGIMENTO AO RECOMEÇO Está no ar a TV no Brasil Há 60 anos a televisão desembarcava em solo brasileiro e iniciava uma história que mudaria a vida da população, acostumada a buscar informações e entretenimento através do rádio. Em setembro de 2010 foi comemorado o aniversário da primeira transmissão televisiva no Brasil. Essa história de sucesso que mudou o comportamento da nossa sociedade começou em 1950 através da figura de Assis Chateaubriand. Dono de um dos maiores grupos de comunicação do país, os Diários Associados. Ele pretendia impulsionar seus negócios, com a chegada da televisão no Brasil. Assim, investiu e trouxe dos Estados Unidos centenas de televisores, além dos equipamentos básicos para sua transmissão. Com as condições mínimas garantidas e alguns testes, no dia 18 de setembro de 1950 entrou no ar a TV Tupi, na cidade de São Paulo. Com um transmissor instalado no centro da cidade e imagens geradas em um estúdio, foi ao ar a primeira transmissão de TV do país. O registro histórico do feito ficou marcado pela frase: ''Está no ar a televisão no Brasil''. Como a população não tinha os aparelhos de televisão, Chateaubriand espalhou estrategicamente pela cidade de São Paulo 200 aparelhos, possibilitando maior exposição da novidade recém chegada ao país. Foi nos anos 60 que a televisão obteve seus maiores avanços, principalmente com a chegada do videotape, que possibilitou programas gravados e reprises. O videotape impulsionou uma onda de mais de 25 novas emissoras no Brasil. Nesta década, também surgiu outro marco: a fundação da TV Excelsior. Emissora que revolucionou os padrões existentes, focando suas produções em telenovelas. Emissoras como a TV Globo do Rio de Janeiro e TV Bandeirantes também abrem suas portas. Os pólos de produção de programas fortaleceram-se em São Paulo e Rio de Janeiro, raízes que se mantém até os dias atuais. Nos anos 70 os programas de jornalismo e de auditório começam a obter um espaço de destaque na programação. O grande fator de sucesso foi a chegada da TV em cores, que possibilitou programas de maior qualidade e atraiu ainda mais a atenção dos espectadores. Nas décadas seguintes a televisão brasileira acompanhou a evolução pautada pelo modelo americano, com uma programação cada vez mais profissional, que incluía jornalismo forte, avanços tecnológicos significativos, a produção de telenovelas de qualidade, além do tempero nacional. 3
  • Os anos 2000 marcam um novo capítulo na história, que fica conhecido como a “Era da TV digital”. Televisores com tecnologia de ponta e imagem digital fazem com que a qualidade atinja um nível até então impensável. Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) realizada em 2009, existem mais domicílios com televisor do que com geladeiras no Brasil. Esses números demonstram a importância que a televisão conquistou no país no decorrer das décadas, mostrando-se indispensável para os brasileiros. O gráfico abaixo mostra a variação percentual de posse dos principais bens duráveis pela população entre 2004 e 2009. Fonte: PNAD 4
  • Evolução dos Aparelhos de TV Os primeiros aparelhos de televisão foram desenvolvidos nos anos 20, e eram aparelhos similares aos rádios, mas acoplados com um dispositivo que possuía um tubo de néon com um disco giratório mecânico, que produzia uma imagem avermelhada e muito pequena. Na década de 40, foi desenvolvido o iconoscópio, que utilizava tubos de raios catódicos que geravam imagem com uma definição um pouco maior. Ou seja, a televisão recebia as ondas de rádio- frequência e as transformava em imagem. A definição da imagem evoluía de 30 linhas até 405 linhas. Em 1945 a empresa americana RCA produziu o primeiro aparelho tubo de TV, o Orticon que se popularizou e foi vendido em todo mundo. Na década de 50 foram realizadas nos Estados Unidos as primeiras transmissões coloridas, com 50 linhas de definição, que logo foram se expandindo para substituir as TVs em preto e branco em todo mundo. Nas décadas que se seguiram, os aparelhos ainda utilizando tubo de imagem, ficaram cada vez mais portáteis e de tamanhos variados. As transmissões passaram a ser via satélite, onde os sinais chegavam com maior qualidade. Nos anos 2000 iniciou-se a era da TV digital que atingiu níveis incríveis de definição de imagens e a abertura para a tecnologia 3D. O mercado tornou-se muito competitivo, instigando os consumidores a adquirirem aparelhos cada vez mais potentes e modernos. Sessenta anos após a primeira transmissão no Brasil, temos hoje televisores que encantam o consumidor, como os aparelhos LCD (com tela de cristal líquido), Plasma (imagem a partir de raios ultravioletas) e LED (painel de emissores de luz), que transformaram a forma de ver televisão, tornando-a um produto ainda mais cobiçado e indispensável. A MITI monitorou pelo período de 10 dias os três modelos de televisão de última geração para identificar quais foram as interações mais recorrentes. 5
  • Interações por palavra-chave – plataforma postX  Os modelos de LED e LCD possuem maior número de citações pelo fato de possuírem lançamentos no mercado. Principalmente o LED, que é a tecnologia de televisores mais modernos, e isso refletem no número de citações.  Já o modelo de Plasma, por ter a tecnologia menos avançada, possui o menor volume de interações do período. É o modelo mais antigo dentre os avaliados, pois foi o primeiro a se apresentar neste novo formato de “televisor de parede”, e por isso, não gera buzz entre os internautas.  Os picos de comentários observados, dois de LED e um de LCD, se devem a promoções disseminadas via Twitter, ocasionando vários retweets e um número maior de citações. 6
  • Tonalidade por palavra-chave Plasma – plataforma postX  O modelo de Plasma é o mais acessível para boa parte da população e, portanto, o que foi mais vendido. É por esse motivo que é um dos modelos que mais recebe elogios e críticas. Tonalidade por palavra-chave LCD – plataforma postX  Muitos comentários recorrentes ao modelo LCD são avaliados como neutros (91,72), pois são citações sobre promoções de aparelhos.  Os exemplos de retweets de promoções abaixo foram responsáveis pelo grande número de citações do modelo LCD: RT @mundowalmart: #presentepravoce Será pergunta e resposta rápida, porém na promoção que leva TV LCD 55"+Home Theater+PS3 será concurso cultural! Gostaram? RT [LCD] RT @lognetinfo: Boa tarde!! Anunciamos que em breve será lançado nosso #sorteio de uma TV / MONITOR LCD 20" 2033M - SAMSUNG - Siga @lognetinfo 7
  • Tonalidade por palavra-chave LED – plataforma postX  O modelo de LED é o que mais obteve avaliações positivas (25,62%) pelo fato de ser a tecnologia mais recente. Elogios são feitos pela qualidade de suas imagens que são bastante superiores aos outros dois modelos.  Grande parte das avaliações positivas é referente ao desejo do consumidor em possuir a TV deste modelo LED. 8
  • Abaixo, apresentamos as mídias sociais onde as interações envolvendo as três tecnologias são mais presentes. Interações por mídia social – plataforma postX  Por referir-se a produtos de bens de consumo e que despertam o interesse do consumidor, os fabricantes aproveitam a ferramenta do Youtube para divulgação de seus produtos, ocupando a segunda colocação nas mídias sociais avaliadas no período com 34,18% É através desta rede que são disponibilizados vídeos promocionais demonstrando as qualidades e diferenciação dos aparelhos de televisão conforme a tecnologia utilizada.  A principal rede social que possui interações a respeito dos modelos de TV é o Twitter. A maioria dos internautas (60,28%) procura nesta ferramenta informações sobre os modelos de televisor, opiniões de outros usuários e concorrem a promoções e sorteios de aparelhos de TV. 9
  • A Paixão pela televisão reflete na internet O envolvimento dos brasileiros com a televisão é notório quando analisamos os índices de audiência. Programas e novelas levam milhões de pessoas para frente da TV todos os dias. Através das redes sociais é possível identificar a importância da televisão para o dia a dia dos brasileiros. No orkut as comunidades sobre televisão são bastante populares - A comunidade ''Viciados em Televisão'' conta com o maior número de membros, 5.837. As duas comunidades mais ativas ''Eu AMO ver TV'' e ''Eu amo televisão'' possuem 3.390 e 2.167 membros respectivamente. Através destas comunidades e também em Fóruns, os internautas interagem através de enquetes sobre programas diversos, tramas, filmes, atores, fofocas e repercussão na imprensa. É neste espaço também que aproveitam para opinar e sugerir. As comunidades oficiais da TV Record e Rede Globo são as que mais possuem membros com 526.542 e 308.342, respectivamente. No Youtube é muito grande o volume de conteúdo replicado, virando uma espécie de replay do que é exibido no ar. Quase tudo que passa na TV está disponível minutos depois no Youtube. Lá o internauta tem a possibilidade de manifestar opinião e indicar outros vídeos. Em grande parte dos lares brasileiros, independente da classe social, a televisão ocupa um local de destaque. É através dela que as pessoas buscam informações capazes de ajudar no processo de formação de opinião e no entretenimento, refletindo uma junção de rádio, teatro e cinema, levando conhecimento e emoção aos locais mais distantes, diminuindo as fronteiras e apresentando o mundo. Novelas Outra paixão dos brasileiros e um dos maiores segredos do sucesso da televisão no Brasil está nas telenovelas. O gênero começou a encantar o telespectador em 1951, ainda baseado nas radionovelas que já eram sucesso nas emissoras da época. Com o advento da televisão e a sua necessidade de criar uma programação que despertasse o interesse de acompanhamento dos telespectadores, essas novelas foram migrando do rádio para a televisão. A primeira novela exibida na TV foi Sua vida me pertence, apresentada na TV Tupi. A aceitação do público foi muito grande, como previsto, e outras emissoras também começaram a apostar no gênero, com destaque para a Excelsior. Em 1964 surge a Rede Globo, emissora que aos poucos foi centralizando todas as produções de telenovelas no Brasil. Com alto investimento com a contratação dos melhores atores e atrizes, tornou- se rapidamente sinônimo de qualidade do gênero em todo mundo. Junto com ela, a TV Tupi e 10
  • Excelsior produziram a maioria das novelas apresentadas, consolidando como um produto indispensável para o brasileiro. No início da década de 70 a Rede Globo confirma-se como a principal produtora de teledramaturgia no país, passando a exibir novelas diárias em três horários (19h, 20h e 22h). Com o passar dos anos a Excelsior e TV Tupi não suportam a pressão da Rede Globo e encerram as atividades no anos 80. O fim da TV Tupi acaba gerando outras duas emissoras, SBT e Manchete, que também passam a investir em novelas. Mais tarde, emissoras como a Band e Record também incluem em suas programações as novelas, por estas serem responsáveis pelos maiores índices de audiência da televisão brasileira, representando informação e entretenimento através de suas tramas, baseadas em assuntos de interesse da sociedade e da realidade do país. Nos dias atuais as novelas continuam como um dos passa-tempos favoritos de muitos brasileiros e a MITI monitorou as principais novelas do momento nas redes sociais – Ti-ti-ti e Passione (Rede Globo) e Ana Raio e Zé Trovão (SBT). Juntas, as três novelas obtiveram 5.088 interações. Interações por palavras-chave– plataforma postX  A novela Passione obteve a grande maioria de posts (88,13%) e também de comentários (96%), consolidando o fato de ser a novela de maior audiência da TV brasileira na atualidade (média de 30 pontos de audiência diariamente, segundo o IBOPE).  Ana Raio e Zé Trovão, apesar de ser exibida pelo SBT, emissora que investe menos que a Globo na produção de telenovelas, apresentou interação quase quatro vezes maior que a novela Ti-ti-ti. Destaque também pelo fato da novela ser uma reprise. 11
  • Canais abertos x fechados As maiores audiências nas televisões brasileiras são registradas nos canais abertos, aqueles que não cobram para exibir a programação. As principais emissoras são a Rede Globo e a Record, fontes de informações e entretenimento para a grande maioria dos brasileiros. A programação das televisões por assinatura, canais fechados, atraem cada vez mais os brasileiros e, devido à popularização dos pacotes de assinatura, o número de lares no Brasil com as chamadas TVs por assinatura aumenta a cada ano. Desde 1990 o mercado nacional abriu as portas para os canais do exterior e também canais nacionais com programação diferenciada, segundo a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), atualmente 26,5 milhões de brasileiros têm acesso à TV paga. Os canais como a Globo News e GNT são exemplos de boa aceitação no Brasil. Baseados nas principais emissoras presentes no país, a MITI realizou um monitoramento para analisar tudo que foi mencionado na mídia nacional, contemplando os dois principais canais abertos de televisão e dois canais fechados de grande audiência. 12
  • Notícias por palavras-chave - plataforma Clipping Express  A Record mostrou maior volume de citações na grande imprensa. Apesar da Rede Globo ainda ser líder em audiência na maioria da programação, obteve 274 notícias a menos.  Isso demonstra um crescimento da Record em reconhecimento, confirmando a conquista crescente de mais espaço na mídia e nas residências, comemorando quase dois anos na vice- liderança em audiência de canais abertos do país.  O canal fechado GNT obteve 74 citações a mais que a Globo News no período monitorado.  Este volume é devido a uma participação do humorista Marcelo Madureira no programa Manhattan Connection, da GNT, exibido no dia 3 de outubro. Durante o programa o humorista ofendeu o presidente Lula e o assunto repercutiu na grande mídia. O fato das reprises do programa irem ao ar com as declarações retiradas repercutiu ainda mais, sob o tema de censura 13
  • Notícias por categoria de veículo - plataforma Clipping Express  Os veículos regionais ainda são maioria ao noticiar as emissoras de televisão, mas destaca-se o grande número de matérias veiculadas nas mídias on-line, responsáveis por 529 citações envolvendo as duas emissoras.  A Rede Globo, apesar de deter menor volume total de notícias, aparece na Grande Imprensa com um número de matérias superior em relação ao noticiado sobre a Record.  No caso dos canais fechados, a participação dos veículos regionais foi muito significativa no monitoramento da GNT.  Avaliando a Grande Imprensa, o volume de notícias apresentado por ambas as emissoras foi equilibrado, ambas com 26 matérias veiculadas. 14
  • O futuro da televisão Com o passar dos anos, a televisão foi assumindo um papel importante na sociedade brasileira. Mas será que ela continuará reinando mesmo com o avanço de tecnologias como a internet? A resposta para essa pergunta só o tempo irá dizer, mas com base na história de evolução dos veículos de comunicação, podemos nos lembrar que o próprio advento da televisão trouxe este mesmo questionamento a respeito da sobrevivência do rádio e, no entanto, houveram mudanças no processo, mas jamais o decreto final do canal anterior. Acreditamos que apesar de todas as melhorias na acessibilidade aos canais virtuais e o maravilhoso mundo digital que temos nas mãos, ainda teremos muitos anos com a televisão representando a principal fonte de informações e entretenimento do país, principalmente quando nos referimos à população em massa. Hoje, seis décadas depois, a televisão chega renovada à residência do telespectador com benefícios tecnológicos que a fortalecem e dão sustentação para continuar sua trajetória, inclusive acoplada à internet, condição gerada por uma das últimas novidades recebidas por aqui, o Monitor/TV. A tendência é que exista uma interação cada vez maior entre estes dois meios, com a televisão possibilitando o acesso à internet; a internet disponibilizando programas de televisão e ambas, monitorando e acompanhando os reflexos no consumidor. É inegável a importância e dependência da TV para a sociedade brasileira, apesar de apenas 60 anos de vida, a televisão consegue integrar todas as regiões do país, independente de suas diferenças sociais, econômicas e culturais. A televisão está presente na vida da maioria das pessoas e pode exercer grande influência sobre elas, ditando moda, tendências, regras, estilos, conceitos e claro, sua arma mais poderosa, manifestando e impulsionando opiniões com abrangência massiva para todos os públicos. 15
  • Método de pesquisa As mídias sociais representam uma área movimentada para qualquer discussão e análise de informações, principalmente quando o assunto é televisão. Para analisar os 60 anos da televisão no Brasil e a repercussão de um tema tão importante para os brasileiros, realizamos um monitoramento de dez dias nas mídias sociais envolvendo as palavras-chave de referência. Utilizando a plataforma postX como ferramenta de rastreamento, conseguimos uma cobertura do Twitter, Orkut, YouTube, Blogs, Fóruns e Sites de Reclamação – Reclame Aqui, Reclamão e Reclamando. As mídias online foram utilizadas para mensurar a representatividade do tema estudado perante mais de 4000 veículos de comunicação monitorados, através das plataformas de Clipping Retroativo e Clipping Express. As plataformas permitiram embasar o conteúdo apresentado como panorama anterior e cenário atual sobre o tema e mensurar seu reflexo quantitativo e qualitativo nas mídias online, apresentados graficamente por palavras-chave, por região, por estado e por categorização de veículos de comunicação. Os dados avaliados para esta análise de apresentação são principalmente quantitativos, revelando em números o quanto as palavras-chave tiveram repercussão nas mídias sociais e mídias on line. Os dados qualitativos permitiram a avaliação de uma amostragem de 10% dos resultados obtidos pelas plataformas, apresentando a tonalidade das citações como positivas, neutras ou negativas, conforme os assuntos relacionados, visto que as plataformas possibilitam sob vários aspectos e diversos gráficos avaliações quantitativas, qualitativas e categorizadas sobre toda a captura abrangida. 16
  • Ficha Técnica da Análise PostX Palavras-chave: Plasma, LCD e LED Período monitorado: 28/09/2010 a 07/10/2010 Total de interações: 8.425 posts e 53.982 comentários Interações por palavra-chave Plasma: 1.618 posts e 8.321 comentários LCD: 3.704 posts e 15.201 comentários LED: 3.103 posts e 30.460 cometários Clipping Express Palavras-chave: Rede Globo, Record, Globo News e GNT Período monitorado: 28/09/2010 a 07/10/2010 Total de notícias: 2251 Notícias por palavra-chave Globo News: 100 GNT: 174 Rede Globo: 865 Record: 1112 17
  • Essa análise foi desenvolvida pela MITI Inteligência. Acesse nosso site: miti.com.br Siga-nos no Twitter: twitter.com/fontemiti 18