SEDUC/CEFAPRO/MT BULLYING NAS ESCOLAS FLÁVIA CUNHA LIMA   (PROFESSORA FORMADORA DA DIVERSIDADE) CEFAPRO – BARRA DO GARÇAS ...
^ ESTOU FORA!!!
Você já foi alvo de gozação ou viu alguém sendo ofendido constantemente? Não era brincadeira. Era o bullying em ação.
O QUE É BULLYING ?
O QUE É VIOLÊNCIA? <ul><li>Vem do latim vis=força; </li></ul><ul><li>É uma  força (ação destrutiva) se exerce contra uma p...
VIOLÊNCIA É USAR A FORÇA PARA: <ul><li>Oprimir; </li></ul><ul><li>Coagir; </li></ul><ul><li>Submeter; </li></ul><ul><li>Vi...
VIOLÊNCIA É USAR A FORÇA PARA: <ul><li>Abusar </li></ul><ul><li>Excluir </li></ul><ul><li>Ridicularizar </li></ul><ul><li>...
VIOLÊNCIA Ex:Apelidos de mau gosto... = violência verbal, gestos, ameaças Violência física
<ul><li>O QUE É BULLYING ? </li></ul><ul><li>É toda agressão feita com a intenção de machucar outra pessoa ou até uma turm...
... Mas esse comportamento vai além dos apelidos maldosos. Ele também é uma característica de quem gosta de ofender, humil...
<ul><li>Ninguém nasce com um &quot;gene do bullying&quot;. Isso não é um defeito de fabricação. Normalmente, o chamado &qu...
<ul><li>Quando ela se torna adolescente, leva suas &quot;brincadeirinhas&quot; de mau gosto na bagagem e atinge seus coleg...
VIOLÊNCIA
AS   CONSEQUÊNCIAS ... <ul><li>Quem já sofreu com o bullying sabe que não é fácil esquecer a humilhação. Por isso, é comum...
<ul><li>... Por isso, se você já foi , ou está sendo  alvo de maldades, não tenha vergonha nem receio de procurar ajuda pr...
PALAVRAS DA CULTURA DA PAZ!!! PAZ; DIÁLOGO; HUMANIDADE; LUTA; MEDIAÇÃO DOS CONFLITOS; RESPEITO; SOLIDÁRIO; NÃO-VIOLÊNCIA.
 
 
Bullying <ul><li>Conjunto de atitudes agressivas sem razões aparentes, decorrentes ou recorrentes, que causam angústia e s...
bullying <ul><li>Bullying, palavra de origem inglesa, é a prática de violência física e psicológica, intencional, repetiti...
bullying <ul><li>Alunos vítimas =  </li></ul><ul><li>Jovens que não tem poder para se ver livre do problema; </li></ul><ul...
bullying Alunos testemunhas  =Se acostumaram com problema e não se mobilizam para a mudança, não se importam com o que est...
Brincadeiras que machucam a alma... A vítima  se isola, muitas vezes não quer mais estudar. Gera medo.... Se sente excluíd...
<ul><li>Se buscarmos o conceito no dicionário Houaiss(2001)” identifica-se que é ação exercida com ímpeto e uso da força e...
Violência gera violência !
Diga  não  para a violência urbana! TENHA  atitudes positivas SEJA FELIZ........ Diálogo
TEM DIREITO, QUEM ANDA DIREITO!!!
RESPEITO RESPEITE AS PESSOAS MAIS VELHAS E APRENDAM COM ELAS. NÓS NÃO SEREMOS ETERNOS JOVENS....
Pratique esportes...
Pratique  a leitura...
Viver em amizade pra vencer as dificuldades
Aprender a saber ouvir as pessoas, contribuir e dar opiniões. Aprender ajudar as pessoas.....
Cuidar da natureza, dos animais, do seu ambiente, do nosso mundo....
Família... Participação da família na escola é muito importante, seja composta de avós, tios...
LEMBRETES SEGURANÇA PESSOAL <ul><li>Procure ficar dentro da escola no início das aulas, no término vá para casa ou aguarde...
RESPEITO À DIFERENÇA EVITA O BULLYING Bullying machuca dentro e fora
<ul><li>BULLYING </li></ul>= (inglês) Valentão, brigão.  (verbo) Ameaçar, amedrontar, tiranizar, oprimir, intimidar, maltr...
AS CONSEQUÊNCIAS <ul><li>Para o agressor: </li></ul><ul><li>Dificuldade de conviver com outras pessoas; </li></ul><ul><li>...
<ul><li>Para a vítima: </li></ul><ul><li>Timidez exagerada, insegurança e baixa alto-estima; </li></ul><ul><li>Traumas psi...
<ul><ul><li>Implantar política anti-bullying nas escolas, envolvendo professores, funcionários, alunos e pais. </li></ul><...
COMO RESOLVER O PROBLEMA <ul><li>Esclarecer o que é bullying; </li></ul><ul><li>Aplicação de um questionário aos alunos pa...
<ul><li>Estimular lideranças positivas entre os alunos, prevenindo futuros casos; </li></ul><ul><li>Interferir diretamente...
“ A escola não deve ser apenas um local de ensino formal mas também de formação cidadã, de direitos e deveres, amizade, co...
ATRAVÉS DA ESCOLA E DA FAMÍLIA, PODEMOS MUDAR O...
Bullying no Cinema
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Bullying apresentação-flávia.

3,752

Published on

Bullying

Published in: Education
1 Comment
3 Likes
Statistics
Notes
  • Best counseling come from parents who should take responsibility in teaching their kids about the consequences of bullying. As a way of helping everyone especially the parents, who still find it quite hard to manage issues like this, I found this great application which featured a safety app which gets me connected to a Safety Network or escalate my call to the nearest 911 when needed, it has other cool features that are helpful for your kids with just a press of a Panic Button. #SafekidZone, Check it here: http://bit.ly/ZjYchC
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total Views
3,752
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
7
Actions
Shares
0
Downloads
81
Comments
1
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Bullying apresentação-flávia.

  1. 1. SEDUC/CEFAPRO/MT BULLYING NAS ESCOLAS FLÁVIA CUNHA LIMA (PROFESSORA FORMADORA DA DIVERSIDADE) CEFAPRO – BARRA DO GARÇAS EMAIL.: [email_address]
  2. 2. ^ ESTOU FORA!!!
  3. 3. Você já foi alvo de gozação ou viu alguém sendo ofendido constantemente? Não era brincadeira. Era o bullying em ação.
  4. 4. O QUE É BULLYING ?
  5. 5. O QUE É VIOLÊNCIA? <ul><li>Vem do latim vis=força; </li></ul><ul><li>É uma força (ação destrutiva) se exerce contra uma pessoa ou coisa; </li></ul>
  6. 6. VIOLÊNCIA É USAR A FORÇA PARA: <ul><li>Oprimir; </li></ul><ul><li>Coagir; </li></ul><ul><li>Submeter; </li></ul><ul><li>Violar; </li></ul><ul><li>Torturar; </li></ul><ul><li>Constranger. </li></ul>
  7. 7. VIOLÊNCIA É USAR A FORÇA PARA: <ul><li>Abusar </li></ul><ul><li>Excluir </li></ul><ul><li>Ridicularizar </li></ul><ul><li>Fragilizar </li></ul><ul><li>Estigmatizar </li></ul><ul><li>Aterrorizar </li></ul><ul><li>Intimidar </li></ul><ul><li>Provocar </li></ul><ul><li>Ameaçar </li></ul><ul><li>Ofender </li></ul><ul><li>Atormentar </li></ul><ul><li>Tiranizar </li></ul>
  8. 8. VIOLÊNCIA Ex:Apelidos de mau gosto... = violência verbal, gestos, ameaças Violência física
  9. 9. <ul><li>O QUE É BULLYING ? </li></ul><ul><li>É toda agressão feita com a intenção de machucar outra pessoa ou até uma turma inteira. Mas, pra ser considerado bullying de verdade, também é preciso que essa atitude agressiva se repita uma porção de vezes. </li></ul>
  10. 10. ... Mas esse comportamento vai além dos apelidos maldosos. Ele também é uma característica de quem gosta de ofender, humilhar, discriminar, intimidar, enfim, de quem se diverte fazendo tudo o que faça uma menina (ou o menino) sofrer.
  11. 11. <ul><li>Ninguém nasce com um &quot;gene do bullying&quot;. Isso não é um defeito de fabricação. Normalmente, o chamado &quot;agressor&quot; começa com atitudes ruins na infância. &quot;Um exemplo é o caso da criança que fala palavrão, todo mundo acha bonitinho e ninguém impõe limites&quot;. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Quando ela se torna adolescente, leva suas &quot;brincadeirinhas&quot; de mau gosto na bagagem e atinge seus colegas da mesma idade. &quot;O agressor impõe o seu comportamento dentro do grupo e, com isso, atrai seguidores, que passam a fazer maldades também. </li></ul>
  13. 13. VIOLÊNCIA
  14. 14. AS CONSEQUÊNCIAS ... <ul><li>Quem já sofreu com o bullying sabe que não é fácil esquecer a humilhação. Por isso, é comum a vítima levar esse trauma para a vida adulta. Os efeitos mais comuns dessa agressão são depressão, insegurança, problemas na escola e síndrome do pânico. Em casos mais extremos, a vítima pode tornar-se violenta com os colegas ou, até mesmo, querer se matar. </li></ul>
  15. 15. <ul><li>... Por isso, se você já foi , ou está sendo alvo de maldades, não tenha vergonha nem receio de procurar ajuda profissional. Um psicólogo poderá auxilia-lo a superar esses traumas e a reagir com mais facilidade diante das agressões. Uma outra forma de livrar-se desse peso é desabafar com um@ amig@ bacana ou com alguém em quem você confia pra valer. </li></ul>
  16. 16. PALAVRAS DA CULTURA DA PAZ!!! PAZ; DIÁLOGO; HUMANIDADE; LUTA; MEDIAÇÃO DOS CONFLITOS; RESPEITO; SOLIDÁRIO; NÃO-VIOLÊNCIA.
  17. 19. Bullying <ul><li>Conjunto de atitudes agressivas sem razões aparentes, decorrentes ou recorrentes, que causam angústia e sofrimento. </li></ul><ul><li>As brincadeiras de mau gosto, disfarçadas por um duvidoso senso de humor, é bullying, mas é usado quando crianças e adolescentes recebem apelidos que os ridicularizam e sofrem humilhações, ameaças, intimidação, roubo e agressão moral e física por parte dos colegas. </li></ul>
  18. 20. bullying <ul><li>Bullying, palavra de origem inglesa, é a prática de violência física e psicológica, intencional, repetitiva e sem motivação evidente. Pode ser praticada por um indivíduo (bully) ou grupos contra uma ou mais pessoas para intimidá-la ou agredi-la. </li></ul>Bullying = crime, sofrimento Alunos agressores = jovens populares(relação familiar-autoritarismo ou agressores) = reflete na vida adulta Cyber bullying- sites para ridicularizar colegas
  19. 21. bullying <ul><li>Alunos vítimas = </li></ul><ul><li>Jovens que não tem poder para se ver livre do problema; </li></ul><ul><li>Fora dos padrões(mais inteligente, gordo, magro, usa óculos....); </li></ul><ul><li>Baixa auto-estima; </li></ul><ul><li>Não aceita que é vítima. </li></ul>
  20. 22. bullying Alunos testemunhas =Se acostumaram com problema e não se mobilizam para a mudança, não se importam com o que está acontecendo. = Tem medo que sejam a próxima vítima. = se levarem a diante não vai acontecer nada. Podem se transformar em equipes de jovens solidários.
  21. 23. Brincadeiras que machucam a alma... A vítima se isola, muitas vezes não quer mais estudar. Gera medo.... Se sente excluída...
  22. 24. <ul><li>Se buscarmos o conceito no dicionário Houaiss(2001)” identifica-se que é ação exercida com ímpeto e uso da força e, portanto, a indisciplina ou transgressão que se surge pela força e pela prepotência caracteriza a violência”. </li></ul>
  23. 25. Violência gera violência !
  24. 26. Diga não para a violência urbana! TENHA atitudes positivas SEJA FELIZ........ Diálogo
  25. 27. TEM DIREITO, QUEM ANDA DIREITO!!!
  26. 28. RESPEITO RESPEITE AS PESSOAS MAIS VELHAS E APRENDAM COM ELAS. NÓS NÃO SEREMOS ETERNOS JOVENS....
  27. 29. Pratique esportes...
  28. 30. Pratique a leitura...
  29. 31. Viver em amizade pra vencer as dificuldades
  30. 32. Aprender a saber ouvir as pessoas, contribuir e dar opiniões. Aprender ajudar as pessoas.....
  31. 33. Cuidar da natureza, dos animais, do seu ambiente, do nosso mundo....
  32. 34. Família... Participação da família na escola é muito importante, seja composta de avós, tios...
  33. 35. LEMBRETES SEGURANÇA PESSOAL <ul><li>Procure ficar dentro da escola no início das aulas, no término vá para casa ou aguarde o veículo escolar na frente da escola. </li></ul><ul><li>Se você perceber que tem alguém seguindo você, peça ajuda de um adulto, entre em um estabelecimento comercial. </li></ul><ul><li>Procure andar em grupo para deslocar-se para a escola ou residência. </li></ul>
  34. 36. RESPEITO À DIFERENÇA EVITA O BULLYING Bullying machuca dentro e fora
  35. 37. <ul><li>BULLYING </li></ul>= (inglês) Valentão, brigão. (verbo) Ameaçar, amedrontar, tiranizar, oprimir, intimidar, maltratar. (português) Violência moral, vitimização, ou maltrato entre pares. Fora da escola, no ambiente de trabalho, tem outro nome assédio moral
  36. 38. AS CONSEQUÊNCIAS <ul><li>Para o agressor: </li></ul><ul><li>Dificuldade de conviver com outras pessoas; </li></ul><ul><li>Distanciamento e desinteresse dos objetivos escolares; </li></ul><ul><li>Conduta violenta na vida adulta; </li></ul><ul><li>Problemas de adaptação a vida profissional; </li></ul><ul><li>Delinqüência. </li></ul>
  37. 39. <ul><li>Para a vítima: </li></ul><ul><li>Timidez exagerada, insegurança e baixa alto-estima; </li></ul><ul><li>Traumas psicológicos; </li></ul><ul><li>Problemas de saúde: dor de cabeça, dor de estômago e tonturas; </li></ul><ul><li>Estresse, depressão (suicídio); </li></ul><ul><li>Queda de rendimento e evasão escolar. </li></ul>AS CONSEQUÊNCIAS
  38. 40. <ul><ul><li>Implantar política anti-bullying nas escolas, envolvendo professores, funcionários, alunos e pais. </li></ul></ul><ul><ul><li>Informar; </li></ul></ul><ul><ul><li>Sensibilizar; </li></ul></ul><ul><ul><li>Conscientizar; </li></ul></ul><ul><ul><li>Mobilizar. </li></ul></ul>O QUE FAZER PARA COMBATER O BULLYING NAS ESCOLAS.
  39. 41. COMO RESOLVER O PROBLEMA <ul><li>Esclarecer o que é bullying; </li></ul><ul><li>Aplicação de um questionário aos alunos para identificar como o bullying ocorre na instituição; </li></ul><ul><li>Conversar com os alunos e escutar atentamente reclamações ou sugestões; </li></ul><ul><li>Estimular os estudantes a informar os casos (agressores e vítimas); </li></ul><ul><li>Reconhecer e valorizar as atitudes da garotada no combate ao problema; </li></ul>
  40. 42. <ul><li>Estimular lideranças positivas entre os alunos, prevenindo futuros casos; </li></ul><ul><li>Interferir diretamente nos grupos; </li></ul><ul><li>Prestar atenção nos mais tímidos e calados. Geralmente as vítimas se retraem . </li></ul>COMO RESOLVER O PROBLEMA
  41. 43. “ A escola não deve ser apenas um local de ensino formal mas também de formação cidadã, de direitos e deveres, amizade, cooperação e solidariedade.”
  42. 44. ATRAVÉS DA ESCOLA E DA FAMÍLIA, PODEMOS MUDAR O...
  43. 45. Bullying no Cinema
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×