O espelho - texto autobiográfico

546 views
307 views

Published on

Composição realizada no âmbito da disciplina de português, cujo objetivo era escrever um texto autobiográfico de um objeto do quotidiano.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
546
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

O espelho - texto autobiográfico

  1. 1. (Ir)Realidade Eu sou a reflexão da realidade. Rodeado por muitos mais objetos de valor, retrato o que se passa à minha frente. Presencio tudo o que acontece: desde a agitação de uma ordinária manhã até ao momento de descanso em que a família se reúne à mesa, a contar as aventuras e desventuras que viveram. A minha face voltada de frente para o mundo vê tudo, mas ao mesmo tempo não vê nada. Eu sou a reflexão da irrealidade. Apenas mostro aquilo que está à mostra. Não sei se as pessoas que passam por mim e que se riem estão realmente felizes, ou se é apenas uma máscara para disfarçar como se sentem. Não sei de nada. Mas gostava de saber tudo. Qual o interesse de ser o que sou, se tudo aquilo que tomo como certo pode não corresponder à verdade? Vejo a rapariga mais velha a arranjar-se à minha frente. Como posso saber se é realmente bonita, se apenas reflito o seu aspeto e não o seu caráter nem a sua personalidade? Fixado à parede, aqui estou eu, o espelho. Não sou um mero objeto usado no quotidiano. Sou muito mais. Sou como as pessoas: superficial.

×