Your SlideShare is downloading. ×
A Clave - Março 2013
A Clave - Março 2013
A Clave - Março 2013
A Clave - Março 2013
A Clave - Março 2013
A Clave - Março 2013
A Clave - Março 2013
A Clave - Março 2013
A Clave - Março 2013
A Clave - Março 2013
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

A Clave - Março 2013

83

Published on

Jornal da Filarmónica Recreativa Cortense, edição de março de 2013.

Jornal da Filarmónica Recreativa Cortense, edição de março de 2013.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
83
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1.   Jornal da Filarmónica Recreativa Cortense Ano IV ♫ número 59 ♫ março 2013 ♫ 0,50 pautas Editorial Pág.2 Publicidade Pág.6 Reportagem Pág.7 Neve e Granizo Pág.3 Correio dos Leitores Pág.5 Notícias F.R.C. As notícias da Banda. Pág.8 “A Clave” Página 1 março 2013
  • 2. m arço, é o mês onde se dá início à Primavera, a 20 de março, já algo esperada devido à muita chuva e frio com que o tempo nos tem presenteado e se espera que dê tréguas e venha os dias mais soalheiros e mais quentes. É também o mês onde se insere o Dia de Páscoa (31 de março) e todas as suas celebrações, rituais e tradições, onde a FRC dá o seu contributo e vai fomentando e participando em algumas dessas ações culturais. A par destas comemorações, este mês destacamos, o assinalar do Dia Internacional da Mulher (dia 8 de março), do Dia do Pai (19 março), do Dia da Árvore (21 de março) e o Dia da Água (22 de março), entre alguns outros. O que é neve? O que é granizo? O que é chuva de pedra? Por que a neve é branca? A água está em movimento constante na natureza. Sua evaporação forma a humidade do ar que, quando encontra temperaturas mais frias, condensa-se formando as precipitações. Quando a precipitação é em forma líquida é chamada de chuva, mas sabemos que a chuva não é o único tipo de precipitação. Existem também a neve e o granizo. Confira a resposta a estas perguntas na nossa Reportagem. Descontraiam, com os nossos Passatempos e enviem-nos comentários, histórias, artigos, etc., que gostassem de ver publicados para a secção do Correio dos Leitores. Nas Notícias da F.R.C., fique com um resumo das atividades desenvolvidas e a agenda das atividades a desenvolver pela Filarmónica Recreativa Cortense a curto prazo. Boa leitura, uma Páscoa Feliz e… até abril! Ficha Técnica: Diretor: Alexandre Barata Redação: Alexandre Barata, Adriano Esteves Colaboradores: Samuel Barata, Carolina Pontífice, Mafalda Santos, Rute Esteves Edição: Filarmónica Recreativa Cortense Tiragem: 75 exemplares Distribuição: Filarmónica Recreativa Cortense Apoio: IPDJ – Instituto Português do Desporto e da Juventude, I.P. “A Clave” Página 2 março 2013
  • 3. A neve e o granizo. A NEVE Nas zonas temperadas e nas zonas frias, quando a temperatura está abaixo de zero, o vapor contido no ar congela. Quando isso acontece, e essa água se solidifica sob a forma de cristais hexagonais, minúsculos flocos de gelo precipitam-se lentamente. É a neve. Chamamos a esse tipo de precipitação de precipitação nival. A neve é branca porque é formada por cristais. Ao refletir a luz, esses cristais mostram-se de cor branca. As partículas de neve que chegam ao solo têm formas e tamanhos muito variados, embora, algumas vezes, a olho nu, tenham aspeto idêntico. Ao olharmos um floco de neve através de um microscópio, veremos um cristal, e cada floco apresenta-se como um cristal diferente do outro. A variedade estrutural dos cristais de neve depende de vários fatores, tais como a temperatura do ar e a quantidade de moléculas de água existentes no ar. “A Clave” Página 3 março 2013
  • 4. Às vezes a neve forma-se em elevadas altitudes e lá permanece. Porém, quando a temperatura cai bastante e se conserva baixa por um tempo prolongado, a neve cai. A neve pode parecer gelo, mas é diferente. O gelo forma blocos, é uma matéria dura. A neve forma flocos, cai nessa forma, e chega a ser macia, como se fosse de algodão. Caindo normalmente, a neve transmite beleza à paisagem. Mas quando cai abundantemente, pode gerar perigosas tempestades que chegam a isolar localidades. O GRANIZO O vapor de água ao subir para a atmosfera concentra-se em forma de nuvens. Quando essas nuvens, carregadas de gotículas de água, encontram uma massa de ar extremamente fria, há o congelamento dessas gotas que acabam por formar pedrinhas de gelo. A precipitação dessas pedras de gelo é a chamada chuva de pedra ou chuva de granizo. Ocorrem quase que exclusivamente durante temporais violentos ou prolongados, quando a temperatura no nível do solo está acima de 0ºC. O granizo, frequentemente, é encontrado nas camadas de ar límpido que circundam as tempestades. As pedras de granizo grandes requerem, para sua formação, alta velocidade vertical do ar, grande quantidade de água em suspensão e nuvens que se estendam por largas extensões acima do ponto de congelamento. O granizo pode avariar aviões e causar estragos às plantações. “A Clave” Página 4 março 2013
  • 5. Este pequeno jornal é elaborado todos os meses no intuito da “abertura” da FRC à comunidade envolvente, bem como pode servir de veículo de informação de todos os que pretenderem utilizá-lo para divulgação dos mais variados assuntos ou até de eventos tanto da freguesia como da região. Gostaríamos de saber a Vossa opinião sobre este aspeto e sobre os temas e rubricas apresentados, se são do Vosso agrado ou se gostavam que fossem focados outros temas. Enviem-nos as Vossas sugestões, opiniões, notícias e propostas para temas que desejem ver abordados por este jornal, façam-no para o correio eletrónico filarmonicacortense@iol.pt ou entreguem, a qualquer elemento da Filarmónica Recreativa Cortense. Lembramos aqui todos os nossos assinantes de que estão a pagamento as assinaturas para o ano de 2013 deste jornal! “A Clave” Página 5 março 2013
  • 6. PUBLICIDADE Assine “A Clave” Este espaço pode ser seu. Assinatura anual de 6,00 pautas para a distribuição em mão ou via e-mail, no envio por correio acresce o valor dos portes de envio. Divulgue este jornal pelo seu círculo de amigos e familiares. A FRC agradece! Publicite o seu negócio e apoie assim a F.R. Cortense. Contacte-nos. “A Clave” Página 6 março 2013
  • 7. PARA RIR – Carnaval  Era uma mulher tão gorda, tão gorda, tão gorda... Que a única fotografia que a filha tinha dela tinha sido tirada por satélite.  Por que é que o boi muge quando a vaca passa? Porque não sabe assobiar.  O que é um pontinho brilhante na relva? É uma formiga com aparelho.  O que é amarelo, fofinho e muito perigoso? Um pintainho com uma metralhadora.  Qual é o cúmulo da estupidez? Um restaurante fechar para almoço.  A mulher pergunta ao marido, muito irritada: - Ouve lá, deste um peido? - Porquê, querias que o vendesse?  Qual é o tipo de música que os balões mais odeiam? Música pop. “A Clave” Página 7 março 2013
  • 8. Escola de Música FRC Continua em funcionamento a Escola de Música FRC onde os alunos mostram interesse e entusiasmo com o decorrer das aulas, mais pelas práticas do que pelas teóricas, mas prática sem teoria não vale de nada. Força e continuação de boa aprendizagem para todos os alunos, é o que deseja a FRC. Atividade Pascal FRC. “Encomendar das Almas” A FRC, sempre que as condições meteorológicas o permitiram, levou a cabo a realização do tradicional “Encomendar das Almas”. Atividade esta que tem o seu cumprimento às 24h00 de todas as sextas feiras do tempo da Quaresma, com a exceção da “Sexta Feira Santa”. A FRC aproveita a oportunidade para agradecer a todos quantos se associaram e fizeram com que esta tradição se tivesse a sua realização. “Via Sacra” A FRC irá colaborar com a igreja de Cortes do Meio e participar na representação “Paixão de Cristo” ou mais conhecida por “Via Sacra”. “Enterro do Senhor” O “Enterro do Senhor” realiza-se este ano na sexta feira dia 29 de março e tal como o nome o indica, trata-se da representação do funeral que se realizou após o dia da morte de Jesus Cristo. A FRC irá também associar-se à igreja nesta celebração solene e irá participar no que seja necessário e irá acompanhar esse cortejo fúnebre pelas ruas de Cortes do Meio, interpretando a imortal marcha fúnebre de Chopin. “Procissão da Aleluia” No último dia de março, domingo dia 31, a igreja celebra a ressurreição de Jesus Cristo, dia esse também chamado de “Domingo da Ressureição” ou da “Aleluia”. A FRC irá participar neste ato de manifestação religiosa com a arruada de convite à celebração eucarística e com o acompanhamento musical da “Procissão da Aleluia”, pelas ruas de Cortes do Meio, onde estreará uma nova marche grave. “A Clave” Página 8 março 2013
  • 9. Agenda FRC Festa em Honra de Santo Antão - Vela A FRC irá abrilhantar a Festa em Honra de Santo Antão, em Vela, no dia 6 e 7 de abril. No sábado, dia 6 de abril, pelas 20h30, acompanhará a procissão da Capela para a Igreja da Vela e no domingo realizará a Alvorada pelas 8h300, seguindo-se a arruada pelas ruas da localidade e anexas. Às 14 horas será realizada a eucaristia seguida da procissão pelas principais ruas da Vela, pelas 16 horas realizará um concerto seguindo-se atividades no recinto de festas até às 19 horas, quando será realizada a procissão do regresso da imagem de Santo Antão para a sua Capela e o término da atividade da FRC na festa. “A Clave” Página 9 março 2013
  • 10. Torneio 25 de Abril em Futsal - Cortes do Meio Durante os dias 24, 25 e 27 de Abril de 2013, realiza-se o Torneio 25 de Abril em Futsal, no Pavilhão Gimnodesportivo de Cortes do Meio, numa organização conjunta da Junta de Freguesia de Cortes do Meio com as associações: Grupo Desportivo Recreativo Estrela de Cortes, Grupo Desportivo Animação Cultural da Bouça e Filarmónica Recreativa Cortense. A par da organização, a FRC conta também com a participação na arruada comemorativa do “Dia da Liberdade”, a efetuar pelas ruas da freguesia, às 0h00 do dia 25 de abril, interpretando a célebre música de Zeca Afonso e que agora está muito em voga, a “Grândola Vila Morena”. “A Clave” Página 10 março 2013

×