Your SlideShare is downloading. ×
A Clave julho 2011
A Clave julho 2011
A Clave julho 2011
A Clave julho 2011
A Clave julho 2011
A Clave julho 2011
A Clave julho 2011
A Clave julho 2011
A Clave julho 2011
A Clave julho 2011
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

A Clave julho 2011

284

Published on

Jornal da Filarmónica Recreativa Cortense, na sua edição nº40, julho de 2011.

Jornal da Filarmónica Recreativa Cortense, na sua edição nº40, julho de 2011.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
284
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1.  Jornal da Filarmónica Recreativa Cortense Ano IV ♫ número 40 ♫ julho 2011 ♫ 0,50 pautasEditorial Pág.2 Primeiros SocorrosReportagem Pág.6 Publicidade Pág.8 Pág.9 Pág.3 Notícias F.R.C.Correio dos Leitores Acompanhe as notíciasPág.5 da “nossa Banda”. Pág.10 “A Clave” Página 1 julho 2011
  • 2. J ulho é o mês no qual muitas famílias começam a ter as suas férias, depois de um ano de trabalho ou estudo e quando ocorre a volta à sua terra natal, de muitosemigrantes para estarem ao pé dos seus familiares, aos quaisdesejamos uma boa viagem de vinda e de regresso aos seuslocais de permanência durante o resto do ano e onde labutampara uma melhor vida.Nesta edição e na Reportagem, apresentamos aos nossosleitores a Musicoterapia, uma ciência que utiliza a músicacomo método terapêutico, uma ciência que pode curaratravés da música.Vai ficar a saber também, rúbrica de Primeiros Socorros,como deve ou não proceder no caso de sofrer, ou alguémpróximo a si, uma queimadura, bem como vai ficar aconhecer qual a classificação dos graus das queimaduras e omodus operandi para o socorro à vítima.Descontraia com os nossos Passatempos e remeta-nos asolução do Enigma do Mês.Nas Notícias da F.R.C., acompanhe as participações mais recentes da“nossa” banda, bem como pode consultar e colocar na agenda aspróximas participações da FRC nas chamadas “Festas de Verão”.Boa leitura e, se for o caso, boas férias. Encontramo-nos em agosto! Ficha Técnica: Diretor: Alexandre Barata Redação: Alexandre Barata, Adriano Esteves Colaboradores: Samuel Barata, Carolina Pontífice, Mafalda Santos Impressão: Filarmónica Recreativa Cortense Dobragem: Centro de Apoio a Crianças e Idosos de Cortes Tiragem: 75 exemplares Distribuição: Filarmónica Recreativa Cortense Apoios: IPJ – Instituto Português da Juventude; Fundação INATEL “A Clave” Página 2 julho 2011
  • 3. BENEFÍCIOS DA MÚSICA PARA A SAÚDE - MUSICOTERAPIAPerturbações mentais, depressões, hipertensão, dificuldades de aprendizagem ede comunicação são alguns dos problemas que a Musicoterapia pode ajudar aresolver.Os benefícios desta ciência para a saúde são reconhecidos por psicólogos,médicos e enfermeiros de todo o mundo, os quais procuram divulgar a influênciados sons no tratamento de males do espírito e do corpo.Além de funcionar como uma espécie de catalisador de emoções, a música podeser um aliado nos processos de reabilitação física, destacando as vantagens dosritmos nas intervenções com idosos, deficientes, ou jovens problemáticos.Mas, nem todos os seres são iguais, numindivíduo com certo diagnóstico, osresultados podem ser muito diferentes deum outro com essas mesmas necessidades,sublinhe-se que na musicoterapia não seaplicam os princípios das receitas médicas,cada caso é um caso.Segundo os especialistas, a músicaharmónica também pode provocar nosseres humanos, oito tipos de efeito:1. antineurótico2. anti distónico3. antisstress4. sonífero e tranquilizante5. regulador psicossomático6. analgésico e/ou anestésico7. equilibrador do sistema cardiocirculatório8. equilibrador do metabolismo profundo.Para os estudiosos, a influência da música atinge diversos órgãos e sistemas docorpo humano: o cérebro, com suas estruturas especializadas, como ohipotálamo, a hipófise, o cerebelo; o córtex cerebral, o tálamo, o plexo solar, ospulmões, todo o aparelho gastrointestinal, o sangue e o sistema circulatório (comação vasoconstritora e vasodilatadora, agindo, portanto, na pressão sanguínea),a pele e as mucosas, os músculos e o sistema imunológico.O médico polaco Andrzes Janicki, especializado em musicoterapia, após realizarmuitas experiências nesse campo, concluiu também positivamente a respeito dainfluência da música no sistema nervoso central, no sistema endócrino, nosistema nervoso autónomo (simpático eparassimpático), nas funções de numerososórgãos internos, na função psíquica e namemória. Tais influências revelam-se diretamentenos seguintes aspetos:  ritmo cardíaco  pressão arterial  secreção do suco gástrico  tonicidade muscular  equilíbrio térmico  metabolismo geral  volume do sangue  redução do impacto dos estímulos sensoriais  funcionamento das glândulas sudoríparas  redução da sugestionabilidade e do medo. “A Clave” Página 3 julho 2011
  • 4. Confira 10 benefícios da música!1- A música provoca um forte impacto no cérebroe deve ser encorajada nas crianças desde cedo;2-Tocar instrumentos fortalece e melhora acoordenação motora;3- O estudo musical amplia o raciocínio nascrianças na escola;4- Crianças que estudam música têm melhorcomportamento em salas de aula e apresentamuma redução de problemas disciplinares;5- Pessoas de mais idade envolvidas em fazermúsica têm melhorias significativas na saúde;6- O fazer musical altera algumas regiões docérebro para combater o mal de Alzheimer;7- O desenvolvimento musical faz reduzir ossentimentos de ansiedade, solidão e depressão;8- A música diminui o stress e reforça o sistema imunológico;9- Estudos comprovam que aulas de piano ou teclado para idosos provocamaumento do hormônio do crescimento, colaborando no aumento do nível deenergia, das funções sexuais e da massa muscular, evitando osteoporose erugas;10- Em todas as idades, a música reforça o sentimento e convivência em grupo,proporcionando melhorias no relacionamento interpessoal.Independentemente da música que cada um gosta de ouvir, todos precisamos dealgum som para escutar. Um mundo sem canções seria algo sem graça, pois, asmelodias e harmonias fazem parte de nossas vidas. Numa vida contemporâneacada vez mais barulhenta, elas se tornam cada vez mais necessárias. Você nuncaouviu alguma música que lhe tranquilizou? Ou, alguma que fez com querespirasse fundo, pois retratava algum momento especial da sua vida? Pois é,muitas canções, através de suas palavras e notas musicais remetem-nos parauma sensação de paz e felicidade e nos transporta para um estado até mesmode graça.Não é de hoje que o homem sabe que a música faz bem à sua saúde. Desde aGrécia antiga já havia estudos sobre isso. O filósofo Aristóteles, por exemplo, no século V a.C, reparou que as canções causavam uma influência positiva sobre o corpo humano e passou a utilizá-las para ajudar pessoas que sofriam com problemas psicológicos. Em 1500 a.C, Papiros de Kahun, percebeu que a música trazia benefícios a mulheres grávidas e passou a usufruir dela, para ajudar durante a gestação. Mas, foi somente após a primeira guerra mundial, que as melodias passaram a serem utilizadas em hospitais como terapia para veteranos de batalhas. A partir de então, essa ciência não parou de evoluir. Nos dias atuais existem até cursos que formam profissionais que tratam pacientes com problemas físicos, mentais e sociais através do uso da música esons. Através da utilização de instrumentos musicais, vocais ou ruídos é possíveltratar diversos problemas. Portadores de distúrbios da fala, pessoas comdeficiências auditivas, mentais, estudantes com dificuldades de aprendizagem ou “A Clave” Página 4 julho 2011
  • 5. até mesmo pacientes com autismo, depressão, cancro ou sida, podem ser tratados por musicoterapeutas, que são os profissionais que estudam essa área. Pelo forte impacto causado pela música no cérebro humano, recomenda-se que ela seja introduzida na vida das crianças desde cedo. Ela ajuda na prevenção de mal de Alzheimer e reduz a ansiedade e a solidão podendo assim evitar a depressão. Por diminuir o stress, ela permite que o corpo fique mais relaxado, deixando o sistema imunológico livre para trabalhar no seu potencial máximo, ajudando assim a combater doenças quotidianas, como as gripes e constipações, etc. São inúmeros os benefícios que a música traz à nossa saúde e mente. Ela torna-nos mais humanos, ajudando-nos a entender o sentimento do próximo, melhorando o relacionamento com as pessoas. Através da música é possível protestar, impor uma opinião, mover multidões, podendo assim mudar toda uma geração. A música não faz bem somente a uma pessoa e sim ao mundo todo. Respeitando o gosto de cada um e não abusando da altura do som, a música só tende a fazer o bem. Por isso cante, ouça, sinta todo o poder que um som pode trazer. Este pequeno jornal é elaborado todos os meses no intuito da “abertura” da FRC à comunidade envolvente. Gostaríamos de saber a Vossa opinião sobre este aspeto esobre os temas e rubricas apresentados, se são do Vosso agrado ou se gostavam que fossem focados outros temas. Enviem-nos as Vossas sugestões, opiniões, notícias e propostas para temas que desejem ver abordados por este jornal, façam-no para o correio eletrónico filarmonicacortense@iol.pt ou entreguem, a qualquer elemento da Filarmónica Recreativa Cortense. Este espaço é de, e para todos os leitores. Participem nele! “A Clave” Página 5 julho 2011
  • 6. Solução do enigma de junhoPrimeiro atravessam os homens de 60kg e 65 kg e volta um deles. Atravessa o de 80 kg sozinho, volta o outro que ficou na outra margem e atravessam novamente os dois primeiros. “A Clave” Página 6 julho 2011
  • 7. Enigma do mês de julho PalitosTem 6 palitos dispostos como mostra a figura.Movendo apenas 1 palito, faça com que estaigualdade seja verdadeira (não vale colocar 1 palitosobre o sinal de igual tornando-o em diferente). “A Clave” Página 7 julho 2011
  • 8. PUBLICIDADE Este espaço pode ser Assine “A Clave” seu. Assinatura anual de 6,00 pautas para a Publicite o seu negócio e apoie distribuição em mão ou via e-mail, no envio por correio acresce o valor dos assim a F.R. Cortense. portes de envio. Contacte-nos. Divulgue este jornal pelo seu círculo de amigos e familiares. A FRC agradece. “A Clave” Página 8 julho 2011
  • 9. Para assinalar o Prémio Amália que distinguiu, entre outros, os “Deolinda” e a vinda deste agrupamento à Covilhã mais precisamente à Feira de S. Tiago,deixamos estas PALAVRAS CRUZADAS dedicadas à sua vocalista.PARA RIR - TIAS  PãoP: Qual é a diferença entre um pão e uma tia?R: O pão tem miolo!  Teste de gravidezBom dia, doutor! Pode dar-me o resultado do meu teste de gravidez?- Negativo! - responde calmamente o médico.A tia furiosa: - Ah, é?! Então vou consultar outro médico!  Conta quilómetrosUma tia queria vender o seu carro velho mas estava difícil porque o conta quilómetros marcava 250.000Km. Após muito refletir, ela decide pedir um conselho a uma amiga, que lhe perguntou:- Estás pronta para fazer algo ilegal?- Sim! - respondeu a tia - Quero vendê-lo, custe o que custar!- Então, vais ter com o meu amigo que é mecânico. Ele vai por o conta quilómetros em 50.000 Km.A tia vai ao tal mecânico e este coloca de novo o contador em 50.000 Km.Alguns dias mais tarde, a amiga pergunta à tia: - Vendeste o carro?- Estás doida? Agora que ele só tem 50.000 Km, fico com ele!  RouboUma tia liga para o 112 para participar um assalto ao seu carro.Completamente histérica gritava: - Roubaram-me o tablier, o volante, o travão e até o acelerador...- Calma - diz a voz do outro lado - dentro de 5 minutos estará aí um agente da PSP.Ainda não tinham passado 2 minutos, a tia liga novamente e diz:- Olhe, deixe estar! Afinal sentei-me no banco de trás por engano...  Um olhoDuas tias passeiam num parque quando uma diz:Oh! Olha para aquele cão só com um olho!A outra, tapando um olho com a mão, pergunta: - Onde? Onde? “A Clave” Página 9 julho 2011
  • 10. Corpo de Deus - Cortes do Meio A FRC acompanhou, tal como o tem vindo a fazer em todos os anos em que está disponível, a procissão do “Corpo de Deus”, que este ano teve a sua realização no dia 23 de junho. Foi mais uma colaboração com a Paróquia de Cortes do Meio, nesta execução de caráter e veneração religiosos. Festival de Folclore do Rancho Folclórico Cultural Eradense A FRC esteve presente, em colaboração e apoio ao Rancho Folclórico Cultural Eradense, no Festival de Folclore que se realizou durante nos dias 22, 23 e 24 de julho. Esta possibilidade surgiu após o convite do RFC Eradense para presença da “nossa” banda para a animação de uma noite do seu Festival de Folclore e que se consumou na apresentação em concerto que teve lugar na noite do dia 22 de julho, sexta-feira e realizado conjuntamente com a Filarmónica Recreativa Eradense que também foi convidada no mesmo intuito. A FRC agradeceu o honroso convite endereçado e aceitou prontamente este apoio interassociativo. Agradece também aos Cortenses que se deslocaram a esta localidade vizinha para assistirem ao concerto. A todos Bem-Haja!"Festas de Verão” Leomil Pelo sétimo ano consecutivo, a FRC irá abrilhantar a Festa de S. António em Leomil (concelho de Almeida), desta feita no dia 6 de agosto, sábado. “Vamos pra Leomil... Vamos pra Leomil...”SouropiresA FRC estará presente na localidade de Souropires, aldeiado concelho de Pinhel, no dia 7 de Agosto, domingo, aabrilhantar a Festa de S. Lourenço e S. Sebastião,padroeiros daquela paróquia. Quinta do Clérigo A FRC irá abrilhantar a Festa em Honra de Nª Srª do Carmo, pela segunda ocasião consecutiva, na localidade de Quinta do Clérigo, uma anexa da freguesia de Águas Belas (concelho do Sabugal). Esta festa realiza-se de três em três ou de quatro em quatro anos no dia 15 de agosto. A última realização foi em 2007 e este ano sucede à segunda-feira. “A Clave” Página 10 julho 2011

×