• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Rosário meditado
 

Rosário meditado

on

  • 14,034 views

Rosário meditado com animação para que todos possam rezar e meditar as orações....

Rosário meditado com animação para que todos possam rezar e meditar as orações.
Projeção para se rezar o santo rosário meditado. Quando baixar verá as animações que ao clicar se terá a posição em que se está no terço. Ótimo para se rezar em família ou com um número muito grande de pessoas.

Statistics

Views

Total Views
14,034
Views on SlideShare
14,001
Embed Views
33

Actions

Likes
0
Downloads
194
Comments
2

5 Embeds 33

http://blogdaciloca.blogspot.com.br 26
http://www.blogdaciloca.blogspot.com.br 3
http://www.blogger.com 2
http://www.carismacarisma.blogspot.com 1
http://carismacarisma.blogspot.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

12 of 2 previous next

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • AMÉM
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Não consegui baixar ainda
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Rosário meditado Rosário meditado Presentation Transcript

    • Meditado Santo Rosário
      • Pelo sinal  da Santa Cruz, livrai-nos, Deus,  Nosso Senhor, dos nossos  inimigos.
      • Em nome do Pai, e do Filho,  e do Espírito Santo. Amém.
      • Ó Deus,  vinde em meu socorro.
      • Senhor, apressai-Vos em me socorrer.
      • Orações Preparatórias
      • V. Concedei-me que eu Vos louve. ó Virgem santa.
      • R. Dai-me força contra os vossos inimigos.
      • V. Senhor, abri os meus lábios.
      • R. E a minha boca anunciará o vosso louvor.
      • V. Vinde. ó Deus. em meu auxílio.
      • R. Apressai-Vos, Senhor. em me socorrer.
      • V. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
      • R. Assim como era no principio. agora e sempre, e por todos os séculos dos séculos.
      • Amém.
      • Oferecimento
      • Divino Jesus, nós Vos oferecemos este Terço que vamos rezar contemplando os mistérios de nossa Redenção. Concedei-nos, pela intercessão de Maria, vossa Mãe Santíssima, a quem nos dirigimos, as virtudes necessárias para bem rezá-Io e a graça de ganhar as indulgências anexas a esta devoção.
        • Ofereço-Vos particularmente este Terço. t pelo aumento e santificação das vocações sacerdotais.
        • O Maria, Rainha do Clero, rogai por nós; obtende-nos numerosos e santos sacerdotes
    • Pai Nosso que estais no céu... Ave Maria cheia de graça... Ave Maria cheia de graça... Ave Maria cheia de graça... Glória ao Pai... Ó meu Jesus... Creio em Deus Pai...
    • Intenções do Terço
      • Para que Nossa Senhora proteja a juventude e as crianças contra as garras da droga, da imoralidade e do ateísmo.
      • Intenção pessoal...
    • MISTÉRIOS GOZOSOS MISTÉRIOS DOLOROSOS MISTÉRIOS GLORIOSOS Às segundas e quintas-feiras Às terças e sextas-feiras Às quartas-feiras, sábados e domingos
    • Primeiro Mistério Gozoso Ave, Maria... Glória ao Pai... Ó meu Jesus... Pai nosso... Deus quer a salvação de todos. Quanta bondade! O Arcanjo São Gabriel é enviado a Nazaré para anunciar à Maria o mistério da Encarnação. Entrando à casa de Nossa Senhora o Arcanjo lhe diz: "Ave, cheia de graça; o Senhor é contigo". Ela fica perturbada e reflete no significado da saudação. O Arcanjo a tranqüiliza: "Não temas, Maria, pois achaste graça diante de Deus". "Eis que conceberás e darás à luz um filho e lhe porás o nome de Jesus". Maria pergunta: "Como poderá ser isto?" O Arcanjo responde: "O Espírito Santo descerá sobre ti e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra". Maria aceita: "Eis a escrava do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra". E o Filho de Deus se encarnou e habitou entre nós. Eu vos saúdo, ó Maria, Mãe de Deus e minha Mãe. Eu vos adoro e agradeço, ó Trindade Santíssima. Contemplamos a Anunciação do Arcanjo São Gabriel à Virgem Maria e a Encarnação do Verbo
    • Segundo Mistério Gozoso Ave, Maria... Glória ao Pai... Ó meu Jesus... Pai nosso... Santa Isabel aguarda o nascimento de seu filho, S. João Batista. A humildade e a caridade de Maria levam-na a visitar a sua prima. Viagem difícil por estradas de montanhas. Minha Mãe, ensinai-me a amar o próximo. À saudação de Maria. Isabel é cheia do Espírito Santo e S. João Batista é santificado no ventre de sua mãe. Isabel exclama: "Bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre". Maria responde: "A minha alma glorifica o Senhor e o meu espírito exulta em Deus meu Salvador". "Porque o Poderoso fez em mim grandes coisas, e santo é o seu nome". Senhor, tudo quanto possuo é vosso. Maria serve a sua prima durante três meses. Ensinai-me a humildade, ó Maria. Quero sacrificar-me para fazer o bem. Contemplamos a visita de Maria Santíssima à sua prima Santa Isabel
    • Terceiro Mistério Gozoso Ave, Maria... Glória ao Pai... Ó meu Jesus... Pai nosso... O recenseamento ordenado por César Augusto leva Nossa Senhora e São José à Belém. Chegados à Belém, em vão procuram alojamento na cidade. Ensinai-me, ó Maria, a sofrer com paciência. Em humilde gruta, nos arredores de Belém, nasce o Menino Jesus. Maria acolhe nos braços seu Divino Filho e O coloca na manjedoura. Os anjos cantam: “Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens de boa vontade". Maria e José adoram, em extase, o Divino Infante. Eu Vos adoro, ó Rei divino, Jesus Salvador do mundo. Os pastores avisados pelos Anjos, vem adorar o Messias. Os Reis Magos guiados por uma estrela, chegam à Belém e oferecem a Jesus incenso, ouro e mirra. Ofereço-vos, ó Jesus Menino, todo o meu coração. Glória a Deus no mais alto dos céus. Contemplamos o Nascimento do Menino Jesus em Belém.
    • Quarto Mistério Gozoso Ave, Maria... Glória ao Pai... Ó meu Jesus... Pai nosso... Maria e José levam o Menino Jesus a Jerusalém, para O apresentarem ao Senhor. Embora imaculada, Maria quer submeter-se à lei da purificação. Oferece duas pombinhas – o sacrifício dos pobres. Para falar com Deus na oração, devo eu purificar-me. A santa confissão será o sacrifício da minha humildade. O santo velho Simeão toma o Menino Jesus nos braços. Na santa comunhão eu sou mais feliz do que ele. Simeão exclama: "Agora, Senhor, podeis deixar ir o vosso servo em paz". "Porque os meus olhos viram o Vosso Salvador”. "Este está posto para a ruína e para a ressurreição de muitos corações". E Simeão ainda diz a Maria: "Uma espada transpassará a tua alma". Quero consolar à Maria comungando frequentemente. Contemplamos a apresentação do Menino Jesus no templo e a purificação de Nossa Senhora
    • Quinto Mistério Gozoso Ave, Maria... Glória ao Pai... Ó meu Jesus... Pai nosso... Jesus aos doze anos vai a Jerusalém com seus pais por ocasião da Páscoa. Terminada a festa o Menino Jesus deixa-se ficar em Jerusalém. Os seus pais procuram-nO ansiosamente. Quantas vezes perco Jesus pelo pecado! Maria e José finalmente O encontram no templo entre os doutores. Maria diz: "Filho porque procedeste assim conosco?" Jesus responde: "Não sabíeis que me devo ocupar das coisas do meu Pai? Quando se trata dos interesses de Deus, não devo estar sujeito à criatura alguma". Jesus regressa à Nazaré e é submisso a seus pais. Submeter-me à Maria é imitar a Jesus. Jesus progredia em idade sabedoria e graça diante de Deus e dos homens. Santificai-me, Senhor. Contemplamos a Perda e o Encontro do Menino Jesus no Templo
    • Agradecimentos
      • Infinitas graças Vos damos, soberana Rainha, pelos benefícios que todos os dias recebemos de vossas mãos liberais. Dignai-Vos, agora e sempre, tomar-nos debaixo de vosso poderoso amparo e, para mais Vos obrigar, Vos saudamos com uma Salve -Rainha.
    • Agradecimentos
      • Salve Rainha, Mãe de misericórdia, vida e doçura esperança nossa, salve! A Vós bradamos, os degredados filhos de Eva. A Vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas. Eia, pois, advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei e depois deste desterro mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa, ó doce sempre Virgem Maria.
      • Rogai por nós, Santa Mãe de Deus.
      • Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.
    • Em nome do PAI em nome do Filho em nome do ESPÍRITO SANTO. AMÉM! Voltar Início
    • Primeiro Mistério Doloroso Ave, Maria... Glória ao Pai... Ó meu Jesus... Pai nosso... Terminada a última ceia Jesus se dirige com os Apóstolos para o Jardim das Oliveiras. Chegando, toma consigo a Pedro, a Tiago e a João e os convida a rezar. Afastando-se um pouco deles, Jesus ora ao Pai: Meu Pai, se for possível, afasta de mim este cálice". E acrescenta: Mas não se faça a minha vontade, senão a tua". Pai Celestial, cumpra-se em mim a vossa vontade, nas alegrias e nos sofrimentos. Em agonia espiritual Jesus sua sangue. Purificai-me, Jesus, com o vosso sangue precioso. Aos Apóstolos adormecidos diz: "Como? Não pudestes velar uma hora comigo?" Vigiai e orai para não cairdes em tentação", Perdoai-me, Senhor, todas as indiferenças ao vosso amor Judas atraiçoa o seu Mestre com um beijo. Divino Mestre que eu jamais me aparte de Vós. Contemplamos a Oração de Nosso Senhor Jesus Cristo no Jardim das Oliveiras.
    • Segundo Mistério Doloroso Ave, Maria... Glória ao Pai... Ó meu Jesus... Pai nosso... O povo instigado pelos fariseus pede a morte de Jesus. Pilatos esperando movê-Ios à compaixão, condena Jesus à flagelação. Jesus despido e amarrado à uma coluna e barbaramente flagelado. A sua carne virginal é rasgada e triturada pelos açoites. O sangue corre-lhe em borbotões das feridas abertas. Eterno Pai pelo sangue preciosismo de Jesus misericórdia. O corpo de Jesus é transformado numa chaga viva dos pés à cabeça. O meu Jesus, eu beijo com amor as vossas santíssimas chagas. Jesus já não tem formosura; assemelha-se a um leproso. Desatado da coluna, cai por terra numa poça de sangue. Com tais sofrimentos Jesus expia os pecados impuros. Senhor, perdoai-me e a todos os pecadores. Contemplamos a flagelação de Nosso Senhor Jesus Cristo.
    • Terceiro Mistério Doloroso Ave, Maria... Glória ao Pai... Ó meu Jesus... Pai nosso... Os soldados conduzindo Jesus ao pátio do pretório, resolvem tratá-Ia como a um louco. Revestem-no com um manto de púrpura. Colocam-Lhe nas mãos uma cana por cetro. Entrelaçam uma coroa de espinhos que lhe aplicam à cabeça. O sangue verte abundante banhando os cabelos e o rosto do Mártir divino. Sem dizer palavra Jesus suporta o martírio cruel. Ele expia especialmente os pensamentos ambiciosos e impuros de seus seguidores. Meu bom Jesus, Misericórdia ! Por zombaria, os soldados genufletem diante de Jesus, saudando-O por Rei dos Judeus. Dão-Lhe bofetadas, escarramdo-lhe no rosto, batem-Lhe na cabeça com a cana. Pilatos apresenta Jesus ao povo: "Eis aqui o homem". Senhor Jesus, eu Vos adoro como verdadeiro Rei do céu e da terra. Contemplamos a Coroação de espinhos de Nosso Senhor Jesus Cristo.
    • Quarto Mistério Doloroso Ave, Maria... Glória ao Pai... Ó meu Jesus... Pai nosso... O povo grita a Pilatos: Crucifica-O! Crucifica-O!" É condenado à morte como malfeitor. Aquele que passara entre os homens a fazer o bem. Jesus abraça e beija a pesada cruz que Lhe põem aos ombros. Senhor, aceito com amor todas as cruzes que me enviardes. Pela fraqueza extrema Jesus cai várias vezes debaixo da cruz. Livrai-me, Cordeiro de Deus, das recaídas no pecado. Encontro dolorosíssimo de Maria com seu amado Filho. Mãe Santíssima, ensinai-me a sofrer. O Cirineu ajuda Jesus a levar, a cruz. Jesus convida as piedosas mulheres a chorarem por si mesmas e pelos próprios filhos. A Verônica enxuga a face divina. Imprimi, Senhor, no meu coração a memória da vossa paixão. Contemplamos Jesus Cristo carregando a cruz ao Calvário
    • Quinto Mistério Doloroso Ave, Maria... Glória ao Pai... Ó meu Jesus... Pai nosso... No Calvário os algozes despem Jesus, reabrindo-Lhe as chagas. Jesus é estendido e pregado na cruz. Elevado do solo sob os gritos ferozes dos seus inimigos, Jesus agoniza por entre dores inexprimíveis. Ó Jesus, por meus pecados crucificado, tende piedade de mim. Jesus murmura uma prece cheia de misericórdia: "Pai, perdoai-Ihes, porque não sabem o que fazem". Perdoa ao bom ladrão e promete-lhe o paraíso. Quando Jesus vê sua Mãe e o discípulo que Ele amava, diz à sua Mãe: "Mulher, eis aí o teu filho". Depois diz ao discípulo: "Eis aí a tua Mãe”. Ao fim de três horas de terrível martírio: "Pai, em tuas mãos encomendo o meu espírito". Um soldado com a lança abre o Coração Santíssimo de Jesus. A Virgem desolada acolhe em seu regaço o corpo exânime do Redentor. Virgem dolorosíssima, rogai por mim. Contemplamos a Crucificação de Nosso Senhor Jesus Cristo
    • Agradecimentos
      • Infinitas graças Vos damos, soberana Rainha, pelos benefícios que todos os dias recebemos de vossas mãos liberais. Dignai-Vos, agora e sempre, tomar-nos debaixo de vosso poderoso amparo e, para mais Vos obrigar, Vos saudamos com uma Salve -Rainha.
    • Agradecimentos
      • Salve Rainha, Mãe de misericórdia, vida e doçura esperança nossa, salve! A Vós bradamos, os degredados filhos de Eva. A Vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas. Eia, pois, advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei e depois deste desterro mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa, ó doce sempre Virgem Maria.
      • Rogai por nós, Santa Mãe de Deus.
      • Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.
    • Em nome do PAI em nome do Filho em nome do ESPÍRITO SANTO. AMÉM! Voltar Início
    • Primeiro Mistério Glorioso Ave, Maria... Glória ao Pai... Ó meu Jesus... Pai nosso... Jesus ressuscita glorioso na manhã festiva de Páscoa. Eu vos saúdo, ó Jesus, triunfador da morte e do pecado! Entrando no sepulcro as santas mulheres não encontraram o corpo do Senhor. Dois anjos lhe dizem: “Porque procurais entre os mortos o Vivo? Não está aqui, mas ressuscitou”. Jesus aparece, por certo, à sua Mãe Santíssima. Exultai e alegrai-vos, ó Virgem Maria, Aleluia! Porque o Senhor ressuscitou verdadeiramente, aleluia! Jesus aparece à penitente Madalena. Muito lhe foi perdoado, porque muito amou. Aparece a Pedro que já tinha chorado seus pecados. Mostra-se aos Apóstolos reunidos no Cenáculo, dizendo: “A paz seja convosco”. Censurando a incredulidade de Tomé proclama: “Bem-aventurados os que acreditarem sem ver”. Aumentai a minha fé, Senhor. Contemplamos a Oração de Nosso Senhor Jesus Cristo no Jardim das Oliveiras.
    • Segundo Mistério Glorioso Ave, Maria... Glória ao Pai... Ó meu Jesus... Pai nosso... Jesus aparece pela primeira vez aos seus discípulos. Fala do reino dos céus e promete enviar o Espírito Santo. Encaminha-se para o monte das Oliveiras em companhia de 120 discípulos. Consola aos discípulos dizendo-lhes: “Eis que estarei convosco todos os dias até à consumação dos séculos”. O Salvador, quarenta dias depois da sua ressurreição, eleva-se da terra. Sobe lentamente entre o júbilo e a maravilha dos presentes. Uma nuvem O esconde aos olhos dos discípulos. Eles continuam com os olhos fitos no céu. Dois anjos lhes dizem que o Redentor há de descer outra vez do céu assim como O viram subir. Jesus ingressa triunfante na Glória, escoltado por toda a corte celeste. Intercede por mim, mostrando ao Pai as sua Santas chagas. A vós só, meu Deus, toda a honra e glória, eternamente. Contemplamos a flagelação de Nosso Senhor Jesus Cristo.
    • Terceiro Mistério Glorioso Ave, Maria... Glória ao Pai... Ó meu Jesus... Pai nosso... Reunidos no Cenáculo, os apóstolos perseveram unânimes em oração... Com Maria, Mãe de Jesus. De repente, vem do céu um ruído semelhante ao soprar de impetuoso vendaval. E o Divino Espírito Santo desce sobre os presentes sob a forma de línguas de fogo. Enchem-se todos do Divino Espírito Santo e começam a falar várias línguas. Verdadeira multidão acode e se pasma, pois cada qual ouvia-os falar na sua própria língua. São Pedro fala à multidão e converte 3.000 pessoas. Deus Santificador continua a descer sobre as almas, principalmente no Batismo e no Crisma. Vinde, Espírito Santo, e concedei-me os vossos sete dons. Oh! Vinde Pai dos pobres, distribuidor dos dons, luz dos corações! Consolador supremo, doce hóspede da alma, doce refrigério. Ó luz beatíssima, enchei até ao íntimo o meu coração. Inflamai a minha alma de santo amor! Contemplamos a Coroação de espinhos de Nosso Senhor Jesus Cristo.
    • Quarto Mistério Glorioso Ave, Maria... Glória ao Pai... Ó meu Jesus... Pai nosso... A Santíssima Virgem morre num êxtase de amor. O seu corpo virginal é sepultado. Ressuscita e é levada ao Céu em corpo e alma. Deus Pai acolhe a sua Filha predileta, a obra prima da criação. Jesus abraça a sua Mãe bendita O Divino Espírito Santo felicita a sua Esposa imaculada. Todos os Anjos e Santos saúdam a sua Rainha. Bendita seja a vossa santa e imaculada Conceição, ó Virgem Maria, Mãe de Deus e nossa. Fazei-me puro de corpo e de alma, ó Maria. Sede, ó Mãe, o meu refúgio, a minha fortaleza. E depois deste desterro, ó Virgem da Assunção, levai-me para o Céu. Desejo seguir-Vos sempre, ó Senhora da Glória, nos vôos do amor-pureza. Contemplamos Jesus Cristo carregando a cruz ao Calvário
    • Quinto Mistério Glorioso Ave, Maria... Glória ao Pai... Ó meu Jesus... Pai nosso... Maria é gloriosamente coroada Rainha do céu e da terra. Rainha dos Anjos, porque Mãe de Jesus, Rei Divino da Glória. Rainha de Todos os Santos, porque a fidelíssima na observância da vontade divina. Ó clemente, ó piedosa, ó doce sempre Virgem Maria. Rainha dos mártires, porque mais do que todos sofreu por amor de Deus. Rainha das Virgens, por ser a Puríssima entre todas. Rainha da humanidade, porque escolhida por Deus para Corredentora e Medianeira das graças divinas. Salve, Rainha, Mãe de misericórdia, vida, doçura, esperança nossa, salve! A Vós bradamos, os degredados filhos de Eva. A Vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas. Eia, pois, advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei. E depois deste desterro mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre. Contemplamos a Crucificação de Nosso Senhor Jesus Cristo
    • Agradecimentos
      • Infinitas graças Vos damos, soberana Rainha, pelos benefícios que todos os dias recebemos de vossas mãos liberais. Dignai-Vos, agora e sempre, tomar-nos debaixo de vosso poderoso amparo e, para mais Vos obrigar, Vos saudamos com uma Salve -Rainha.
    • Agradecimentos
      • Salve Rainha, Mãe de misericórdia, vida e doçura esperança nossa, salve! A Vós bradamos, os degredados filhos de Eva. A Vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas. Eia, pois, advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei e depois deste desterro mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa, ó doce sempre Virgem Maria.
      • Rogai por nós, Santa Mãe de Deus.
      • Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.
    • Em nome do PAI em nome do Filho em nome do ESPÍRITO SANTO. AMÉM! Voltar Início
      • Meu Deus! Eu creio, adoro, espero e amo-Vos. Peço-Vos perdão para os que não crêem, não adoram, não esperam e Vos não amam.
      • Santíssima Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo, adoro-Vos profundamente e ofereço-Vos o Preciosíssimo Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Jesus Cristo, presente em todos os sacrários da terra, em reparação dos ultrajes, sacrilégios e indiferenças com que Ele mesmo é ofendido. E pelos méritos infinitos do seu Santíssimo Coração e do Coração Imaculado de Maria, peço-Vos a conversão dos pobres pecadores.