Your SlideShare is downloading. ×
3 globalização
3 globalização
3 globalização
3 globalização
3 globalização
3 globalização
3 globalização
3 globalização
3 globalização
3 globalização
3 globalização
3 globalização
3 globalização
3 globalização
3 globalização
3 globalização
3 globalização
3 globalização
3 globalização
3 globalização
3 globalização
3 globalização
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

3 globalização

510

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
510
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
21
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. A distância e limites entre os países hoje não é mais definida por fronteiras e oceanos.GLOBALIZAÇÃO... Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA LOPES, disciplina de Geografia
  • 2. • 5% da População • 0,4% da Superfície das terras Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA LOPES, disciplina de Geografia
  • 3. •500 maiores empresas financeiras e industriais• Governos e instituições que pesam sobre o mundo(Casa Branca e Pentágono Banco Mundial e Fundo Monetário Internacional em Washington; as Nações Unidas eWall Street em Nova York; os centros financeiros de Tóquio, Frankfurt e Londres • Os membros do G-7 aí residem, como os presidentes e os primeiros-ministros, que freqüentam as “conferências de cúpula”. • Dos novos conhecimentos, 90% se elaboram nos laborató- rios dos países onde se encontram essas megalópoles. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA LOPES, disciplina de Geografia
  • 4. O PODERIO MUNDIAL SE EXERCE NUMACONCENTRAÇÃO GEOGRÁFICA DOS PODERES Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA LOPES, disciplina de Geografia
  • 5. MUNDO Indicadores Sociais: Índice de desenvolvimento humano - 2006 Ruanda 0,435 África País Índice Localização Costa do Marfim 0,431 África 1-Islândia 0,968 Europa Guiné 0,423 África 2-Noruega 0,968 Europa Mali 0,391 África América do Chade 0,389 África 3-Canadá 0,967 Norte Etiópia 0,389 África 4-Austrália 0,965 Oceania Guiné-Bissau 0,383 África 5-Irlanda 0,96 Europa Burundi 0,382 África Burkina Faso 0,372 África 6-Holanda 0,958 Europa Níger 0,37 África 7-Suécia 0,958 Europa Moçambique 0,366 África 8-Japão 0,956 Ásia Libéria 0,364 África 9-Luxemburgo 0,956 Europa República Democrática 10-França 0,955 Europa do Congo 0,361 África 11-Suíça 0,955 Europa República 12-Finlândia 0,954 Europa Centro 13-Dinamarca 0,952 Europa Africana 0,352 África 14-Áustria 0,951 Europa Serra Leoa 0,329 África 15-Estados América doUnidos da Am. 0,95 Norte Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA LOPES, disciplina de Geografia
  • 6. Nasceu em 1975 como G-6, França, Estados Unidos Alemanha, Reino Unido, Itália e Japão. No ano seguinte, o Canadá passou a fazer parte, e o grupo transformou-se em G-7. Em 1997, a Rússia foi admitida como membro do fórum, que passou a ser denominado G-8.Por caracterizar-se como um fórum, o G-8 não tem uma sede fixa, e a cada ano o encontroacontece em um país-membro. Nessa ocasião são debatidas as questões mundiais de seuinteresse. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA LOPES, disciplina de Geografia
  • 7. AS 10 MAIORES ECONOMIAS DO MUNDO (PNB) País População PNB (milhões de hab) (bilhões de $) 1.EUA 291 10 946 2.Japão 127 4 390 3.Alemanha 83 2 085 4.Reino Unido 59 1 680 5.França 60 1 523 6.China 1 288 1 417 7.Itália 58 1 243 8.Canadá 32 757 9.Espanha 41 698 10.México 102 637 ... ... ... 13.Brasil 177 479 16.Rússia 143 375Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA LOPES, disciplina de Geografia
  • 8. Com os avanços tecnológicos na informática e nas telecomunicações, ampliaram- se as possibilidades de investimentos no mercado mundial. Há diversas modalidades de investimentos de capitais no sistema financeiro globalizado: ações, títulos da dívida pública, moeda estrangeira etc. RISCO-PAÍS Basicamente, o mercado usa o Risco Brasil para medir a capacidade de um país honrar os seus compromissos financeiros. A interpretação dos investidores é de que quanto maior a pontuação do indicador de risco, mais perigoso fica aplicar no país. Entenda a classificação: •As agências internacionais de classifica- ção de risco (ou rating) avaliam a capaci- dade de países e de empresas de pagar 24/06/09 suas dívidas•Os conceitos vão de A (o mais alto) a C (o mais baixo). A classificação é um dos parâmetros analisadospelos investidores para aplicar seu dinheiro•Quanto maior for a chance de o país não honrar seus compromissos, pior a nota dada pelas agências.Assim, mais altos são os juros cobrados pelos investidores para cobrar dinheiro. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA LOPES, disciplina de Geografia
  • 9. Notas de classificação de risco (Agência Mood’ys) Agências internacionais -Moody`s -Standard & Poor`s -FlitchApresentação elaborada pela Professora FERNANDA LOPES, disciplina de Geografia
  • 10. DO G8 fazem parte os 7 países com as maiores economias do mundo, mais a Rússia. O G8 se auto proclama “uma força para o bem” mas na realidade eles possuem uma rígida agenda neo-liberal e servem aos interesses do grande capital. Os encontros do G8 discutem anualmente a melhorforma de vender a idéia de um mundo melhor. Na prática isso é traduzido por uma impiedosa aplicação capitalista:abrir novos mercados para as Corporações TransNacionais O G8 detém as chaves da economia mundial e tem o poder de abrir as portas dos mercados através do globo pela Professora FERNANDA LOPES, disciplina de Geografia Apresentação elaborada
  • 11. O G20 foi criado em 1999, ao final de uma década marcada por turbulências na economia (na Ásia, noMéxico e na Rússia). Além de resposta a essas crises, a formação do grupo foi uma forma de os países ricosreconhecerem o peso dos emergentes, que se mostraram capazes de ameaçar os mercados com suasinstabilidades.Em 1998, reuniões mais amplas que as do G8, com até 33 países,deram início à inserção dos emergentes na conversa. O movimentoresultaria na formação do G20. Brasil, Argentina, México, China, Índia, Austrália, Indonésia, Arábia Saudita, África do Sul, Coréia do Sul e Turquia (+ a União Européia, em bloco, que é o membro de número 20) G5 é composto por cinco países em desenvolvimento Brasil, México, Índia, África do Sul e China, também pode ser chamado de grupo dos cinco Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA LOPES, disciplina de Geografia
  • 12. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA LOPES, disciplina de Geografia
  • 13. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA LOPES, disciplina de Geografia
  • 14. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA LOPES, disciplina de Geografia
  • 15. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA LOPES, disciplina de Geografia
  • 16. O QUE É BRIC E QUAL SUA IMPORTÂNCIA NA ECONOMIA MUNDIAL?Especialistas acreditam que os países do grupo ocuparão o topo no rankingdas maiores economias do planeta nas próximas décadas.-BRIC é uma sigla formada pelas letras iniciais de Brasil, Rússia, Índia e China, criada em 2001pelo economista Jim ONeill-estudo de previsão de crescimento econômico no mundo para os próximos cinquenta anos, echegou à conclusão de que justamente essas quatro nações eram as que mais se destacavam-dentro das próximas décadas, esses países ocuparão o topo no ranking das maiores economiasdo mundo.COMENTÁRIO André Roberto Martin, professor de Geografia Política (USP)"Nos últimos anos, vem crescendo a ideia de que o BRIC está tirando dos Estados Unidos, União Européia eJapão - que chamamos de trilateral - o dinamismo da economia mundial", comenta o professor. Juntas, asquatro nações respondem por 15% do produto interno bruto (PIB) do mundo e concentram cerca 40% dapopulação total do planeta. "Brasil e Rússia possuem abundância de recursos naturais, enquanto China eÍndia, de mão-de-obra. É isso que lhes dá esse potencial de crescimento. Já a trilateral, embora possuacapital, não tem mais para onde crescer". O especialista acrescenta que a crise econômica que atingiu oplaneta no segundo semestre de 2008 contribuiu para que mundo voltasse seus olhos ao grupo. "Depois dacrise, que afetou principalmente Estados Unidos e Europa, ficou muito clara a dependência econômicamundial desses quatro países". Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA LOPES, disciplina de Geografia
  • 17. O BRIC não é um bloco econômico, trata-se de um conceito que está ligado aos grandesmercados emergentes, mas que nada diz sobre o modelo econômico ou a situação política esocial de cada uma de suas quatro nações. "Nessa questão ainda há muito a percorrer,principalmente para a China e a Índia, que possuem milhões de pessoas em condições muitoprecárias de vida", afirma André Martin.Ainda assim, os quatro países têm buscado uma aproximação política e, em junho de 2009, foirealizado o primeiro encontro formal e independente do BRIC, na cidade de Ecatemburgo, naRússia. "O que saiu de lá foi uma crítica à hegemonia do dólar, mas não se pensou em umamoeda alternativa. Ou seja, eles têm força para se opor ao domínio da economia americana, mas ainda não têm poder para substituí-la", comenta o especialista. "Agora o momento é de dúvida se elas vão se consolidar como um grupo geopolítico ou não". A próxima reunião de cúpula do grupo será sediada no Brasil, em 2010. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA LOPES, disciplina de Geografia
  • 18. a tendência comercial é aCom a economia mundial globalizada,formação de blocos econômicos. Estes são criados com afinalidade de facilitar o comércio entre os países membros. Adotam redução ou isenção deimpostos ou de tarifas alfandegárias e buscam soluções em comum para problemas comerciais.UNIÃO EUROPÉIAA União Européia ( UE ) foi oficializada no ano de 1992, através do Tratado de Maastricht. Estebloco é formado pelos seguintes países : Alemanha, França, Reino Unido, Irlanda, Holanda(Países Baixos), Bélgica, Dinamarca, Itália, Espanha, Portugal, Luxemburgo, Grécia, Áustria,Finlândia e Suécia. Este bloco possui uma moeda única que é o EURO, um sistema financeiro ebancário comum. Os cidadãos dos países membros são também cidadãos da União Européia e,portanto, podem circular e estabelecer residência livremente pelos países da União Européia.A União Européia também possui políticas trabalhistas, de defesa, de combate ao crime e deimigração em comum. A UE possui os seguintes órgãos : Comissão Européia, ParlamentoEuropeu e Conselho de Ministros. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA LOPES, disciplina de Geografia
  • 19. NAFTAFazem parte do Nafta ( Tratado Norte-Americano de Livre Comércio ) os seguintes países :Estados Unidos, México e Canadá. Começou a funcionar no início de 1994 e oferece aos paísesmembros vantagens no acesso aos mercados dos países. Estabeleceu o fim das barreirasalfandegárias, regras comerciais em comum, proteção comercial e padrões e leis financeiras.Não é uma zona livre de comércio, porém reduziu tarifas de aproximadamente 20 mil produtosMERCOSULO Mercosul ( Mercado Comum do Sul ) foi oficialmente estabelecido em março de 1991. Éformado pelos seguintes países da América do Sul : Brasil, Paraguai, Uruguai e Argentina.Futuramente, estuda-se a entrada de novos membros, como o Chile e a Bolívia. O objetivoprincipal do Mercosul é eliminar as barreiras comerciais entre os países, aumentando ocomércio entre eles. Outro objetivo é estabelecer tarifa zero entre os países e num futuropróximo, uma moeda única. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA LOPES, disciplina de Geografia
  • 20. PACTO ANDINOOutro bloco econômico da América do Sul é formado por: Bolívia, Colômbia, Equador, Peru eVenezuela. Foi criado no ano de 1969 para integrar economicamente os países membros. Asrelações comerciais entre os países membros chegam a valores importantes, embora os EstadosUnidos sejam o principal parceiro econômico do bloco.APECA APEC (Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico) foi criada em 1993 na Conferência deSeattle (Estados Unidos da América). Integram este bloco econômicos os seguintes países: EUA,Japão, China, Formosa (também conhecida como Taiwan), Coréia do Sul, Hong Kong (regiãoadministrativa especial da China), Cingapura, Malásia, Tailândia, Indonésia, Brunei, Filipinas,Austrália, Nova Zelândia, Papua Nova Guiné, Canadá, México e Chile. Somadas a produçãoindustrial de todos os países, chega-se a metade de toda produção mundial. Quando estiver empleno funcionamento, será o maior bloco econômico do mundo. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA LOPES, disciplina de Geografia
  • 21. NAFTAFazem parte do Nafta ( Tratado Norte-Americano de Livre Comércio ) os seguintes países :Estados Unidos, México e Canadá. Começou a funcionar no início de 1994 e oferece aos paísesmembros vantagens no acesso aos mercados dos países. Estabeleceu o fim das barreirasalfandegárias, regras comerciais em comum, proteção comercial e padrões e leis financeiras.Não é uma zona livre de comércio, porém reduziu tarifas de aproximadamente 20 mil produtosMERCOSULO Mercosul ( Mercado Comum do Sul ) foi oficialmente estabelecido em março de 1991. Éformado pelos seguintes países da América do Sul : Brasil, Paraguai, Uruguai e Argentina.Futuramente, estuda-se a entrada de novos membros, como o Chile e a Bolívia. O objetivoprincipal do Mercosul é eliminar as barreiras comerciais entre os países, aumentando ocomércio entre eles. Outro objetivo é estabelecer tarifa zero entre os países e num futuropróximo, uma moeda única. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA LOPES, disciplina de Geografia
  • 22. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA LOPES, disciplina de Geografia

×