Apostila portugues

26,372 views
25,984 views

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
26,372
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
385
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apostila portugues

  1. 1. Nível Médio - VIP Profª. Helena Prestes Português AULA 1 Orações Sem Sujeito SINTAXE Há verbos que não têm sujeito.TERMOS DA ORAÇÃO 1) Com os verbos que indicam fenômenos da natureza. Três são os termos da oração: essenciais, (anoitecer, trovejar, nevar, escurecer, chover,integrantes e acessórios. relampejar). Os termos essenciais compreendem o sujeito e o Exemplo:predicado. Trovejou muito, mas não choveu. Os termos integrantes compreendem o complementoverbal(objeto direto e objeto indireto), o complemento 2 - Com verbo HAVER (significando existir).nominal e o agente da passiva. Exemplos: Os termos acessórios compreendem o adjunto Haverá eleições em 2006.adnominal, o adjunto adverbial, o aposto e o vocativo. Há flores no jardim.Termos essenciais da oração 3) Com o verbo FAZER e ESTAR indicando tempo (decorrido ou não)Sujeito Exemplos:"É o temo da oração que indica a pessoa ou a coisa de Está frio esta manhã.que afirmamos ou negamos uma ação ou Faz cinco minutos que o ônibus passou.qualidade"(Evanildo Bechara).Exemplos 4) Com o verbo SER indicando tempo decorrido.O aluno aplicado sempre tira boas notas. Exemplos:Os professores adoram os alunos aplicados. Foi em maio que me casei.O sujeito, segundo a Nomenclatura Gramatical Brasileira(NGB), pode ser: Praticando nos concursosSujeito Simples 1(FMU) "Ouviram do Ipiranga as margens plácidas /É o termo que tem um só núcleo representativo. De um povo heróico o brado retumbante..." O sujeitoExemplo: desta afirmação com que se inicia o Hino Nacional é:Ele viajou a negócios. Ele representa uma pessoa que a) indeterminadopratica a ação de viajar, logo, o sujeito é simples porque b) um povo heróicotem um só núcleo. c) as margens plácidas do Ipiranga d) do IpirangaSujeito Composto: é o termo que tem mais de um e) o brado retumbantenúcleo representativo.Exemplos: 2. (FCMSC-SP) Observe as orações seguintes:Helena e Júlia viajaram. (ordem direta) 1) Dizem por aí tantas coisas...Viajaram Helena e Júlia. (ordem inversa) 2) Nesta faculdade acolhem muito bem os alunos. 3) Obedece-se aos mestres.Sujeito Oculto = este é o mesmo sujeito simples. Ele O sujeito está indeterminado:não aparece na frase, mas está subentendido. Por a) somente na 1exemplo: Sou apaixonado por você. (subentende-se que b) na 2 somenteo sujeito é a primeira pessoa do singular = Eu). c) na 3 somenteObservação: O sujeito simples(claro ou oculto) e o d) em duas delas somentecomposto são chamados de sujeito determinado. e) nas três oraçõesSujeito Indeterminado 3. (FAENQUIL-SP) No período: "Ser amável e serSUJEITO INDETERMINADO é o que não se nomeia ou egoísta são coisas distintas", o sujeito é:por não se querer ou por não se saber fazê-lo. Podemos a) indeterminadodizer que o sujeito é indeterminado quando o verbo não b) "ser amável"se refere a uma pessoa determinada, ou por se c) "coisas distintas"desconhecer quem executa a ação ou por não haver d) "ser amável e ser egoísta"interesse no seu conhecimento e) n.d.aa) O verbo se encontra na 3ª pessoa do plural. Exemplo: Deixaram-me na praia de Guaratuba. 4. (UFPR) Qual a oração sem sujeito?b) Com Verbo Transitivo Indireto e Intransitivo na 3ª a) Falaram mal de você.pessoa do singular acompanhados do pronome se b) Ninguém se apresentou.Exemplos: c) Precisa-se de professores.a) Precisa-se de secretárias. A palavra "se" é índice de d) A noite estava agradável.indeterminação do sujeito, pois não se pode dizer quem e) Vai haver um campeonato.precisa de secretárias. (precisar é um VTI) 5. (FMU) Há crianças sem carinho / Disseram-me ab) Vive-se bem aqui. verdade / Construíram-se represas. Os sujeitos das orações acima são, respectivamente: a) inexistente, indeterminado, simples b) indeterminado, implícito, indeterminado c) simples, indeterminado, indeterminado d) inexistente, inexistente, simples e) indeterminado, simples, inexistente Atualizada 07/08/2006 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 1
  2. 2. Nível Médio - VIP Profª. Helena Prestes Português6. (PUC) "Em 1949 reuniram-se em Perúgia, Itália, a Verbo bitransitivo(ou transitivo direto e indireto) =convite da quase totalidade dos cineastas italianos, pede, ao mesmo tempo, os dois objetos: direto e indireto.seus colegas de diversas partes do mundo." O Por exemplo: O pai deu um presente ao filho. (presentenúcleo do sujeito de "reuniram-se" é: = objeto direto, filho = objeto indireto).a) cineastasb) convite Verbo intransitivo = não pede objeto direto nem objetoc) colegas indireto. Por exemplo: O pássaro fugiu.d) totalidadee) se Verbo de ligação = não dá noção ao predicado, apenas liga(daí o nome) uma palavra ao sujeito, chamada7. (OMEC-SP) Assinale a frase em que há sujeito predicativo do sujeito. Por exemplo: A casa eraindeterminado: espaçosa. (espaçosa = predicativo do sujeito).a) Compram-se jornais velhos.b) Confia-se em suas palavras. Predicativoc) Chama-se José o sacerdote.d) Choveu muito. Em análise sintática, predicativo é o adjetivo, substantivoe) É noite. ou pronome que caracteriza o sujeito (predicativo do sujeito) ou o objeto (predicativo do objeto).8. (UM-SP) O sujeito é simples e determinado em:a) Há somente um candidato ao novo cargo, doutor? Predicativo do sujeito = ele se refere ao sujeito. Porb) Vive-se bem ao ar livre. exemplo: O mar é belo. (belo é predicativo do sujeitoc) Na reunião de alunos, só havia pais. mar).d) Que calor, filho!e) Viam-se eleitores indecisos durante a pesquisa. Predicativo do objeto = ele se refere ao objeto. Por exemplo: Nomearam José secretário. (secretário é9. (UM-SP) Preencha a segunda coluna conforme o predicativo do objeto José).código estabelecido na primeira e assinale aalternativa correta de acordo com essa relação: Praticando nos concursos(1) sujeito determinado simples(2) sujeito indeterminado 11. (UFGO) Em uma das alternativas, o predicativo(3) sujeito desinencial (implícito na terminação verbal) (4) inicia o período. Assinale-a:sujeito paciente a) A dificílima viagem será realizada pelo homem.(5) sujeito inexistente b) Em suas próprias inexploradas entranhas descobrirá a alegria de conviver.(...) Era um mistério curioso aquela vida. c) Humanizado tornou-se o sol com a presença humana.(...) No auge da rebelião, houve um tiroteio de quinze d) Depois da dificílima viagem, o homem ficará satisfeito? minutos entre policiais e bandidos. e) O homem procura a si mesmo nas viagens a outros(...) Quando se dispõe de força interna, vive-se melhor. mundos.(...) Corrigiram-se os artigos após a última emenda do jornalista. 12. (UEBA) Assinale a alternativa correspondente ao(...) Nem quererá despejá-lo imediatamente. período onde há predicativo do sujeito:a) 5 - 3 - 2 - 1 - 4 a) Como o povo anda tristonho!b) 5 - 3 - 2 - 4 - 1 b) Agradou ao chefe o novo funcionário.c) 1 - 5 - 2 - 4 - 3 c) Ele nos garantiu que viria.d) 1 - 3 - 5 - 2 - 4 d) No Rio, não faltam diversões.e) 1 - 5 - 3 - 2 - 4 e) O aluno ficou sabendo hoje cedo de sua aprovação.10. (UF-UBERLÂNDIA) Èramos três velhos amigos na 13. (FGV) Aponte a correta análise do termopraia quase deserta. O sujeito desta oração é: destacado: "Ao fundo, as pedrinhas claras pareciama) subentendido tesouros abandonados."b) claro, composto e determinado a) predicativo do sujeitoc) indeterminado b) adjunto adnominald) inexistente c) objeto diretoe) claro, simples e determinado d) complemento nominal e) predicativo do objeto diretoPREDICAÇÃO VERBAL 14. (Urcamp _RS) Aponte a alternativa em que ocorre É o modo pelo qual o verbo forma o predicado. Quanto verbo intransitivo.à predicação, o verbo pode ser: a) Esporte traz emoções. b) Os americanos têm sob o basquete um império feitoVerbo transitivo direto = pede objeto direto. Por para funcionar.exemplo: Ele não encontrou a casa. (casa = objeto c) O esporte exige o máximo de vida.direto). d) Guerra só traz euforia nacional ou tragédia. e) Ela nasce casualmente.Verbo transitivo indireto = pede objeto indireto. Porexemplo: Ele confia em Deus. (Deus = objeto indireto).2 Atualizada 07/08/2006 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores
  3. 3. Nível Médio - VIP Profª. Helena Prestes Português15.(ITA _ SP) Considere estes versos de Olavo Bilac: PREDICADO1) “Longe do turbilhão estéril da rua, / Beneditino, escreve!” É aquilo que se declara do sujeito se a oração o possui.2) “ De tal modo que a imagem fique nua [...]” Há três tipos de predicado:3) “E, natural, o efeito agrade,/ Sem lembrar os andaimes do edifício”. Verbal = quando o núcleo do predicado for um verboOs verbos em destaque classificam-se, transitivo ou intransitivo e, também, sem a presença derespectivamente, como: um predicativo qualquer. Por exemplo: O aluno leu oa) intransitivo – de ligação – transitivo direto. livro. (o verbo ler é transitivo direto e o livro é objetob) transitivo direto – intransitivo – intransitivo. direto).c) transitivo – intransitivo – transitivo.d) transitivo – de ligação – intransitivo. Nominal = é aquele no qual figura um verbo dee) transitivo direto – de ligação – transitivo direto e ligação(ser, estar, ficar, parecer, permanecer, continuar) indireto. devidamente acompanhado de um predicativo do sujeito. Por exemplo: O professor é experiente. (o verbo ser é de16.(UM-SP) ligação e experiente é predicativo do sujeito).“ Muito bom dia, senhora,Que nessa janela está; Verbo-nominal = possui um verbo não de ligação e umSabe dizer se é possível predicativo qualquer como núcleos do predicado. PorAlgum trabalho encontrar? “ exemplo: Eu considero você inteligente. (o verbo João Cabral de Melo Neto considerar é transitivo direto, você é objeto direto eNo verso: “Que nessa janela está”, o verbo é: inteligente é o predicativo do objeto).a) transitivo diretob) de ligação Praticando nos concursosc) transitivo indiretod) transobjetivo 20.(Unimep – SP) Compare estas orações e assinalee) intransitivo a alternativa correta: I. Paulo está adoentado.17. Assinale a alternativa em que o verbo é II. Paulo está no hospital.transitivo direto.a) Comprei um terreno e construí a casa. a) O predicado é verbal em I e II.b) Os guerreiros dormem agora. b) O predicado é nominal em I e II.c) O cego não vê. c) O predicado é verbo-nominal em I e II.d) João parece zangado. d) O predicado é verbal em I e nominal em II.e) n.d.a e) O predicado é nominal em I e verbal em II.18. (MACK) No período: "O homem andava triste 21. (UEBA) Considere os enunciados.porque não conseguiu que seu irmão lhe desse apoio I. Vieram as chuvas repentinamente.naquela difícil empresa.", os verbos andar, conseguir, II. Alguns soldados voltaram feridos do combate.dar classificam-se, respectivamente, em: III. Naquele grupo ninguém era herói.a) intransitivo, transitivo direto, transitivo indireto Com relação aos tipos de predicados e de sujeitos,b) de ligação, transitivo direto, transitivo direto e indireto temos:c) de ligação, transitivo direto e indireto, transitivo direto e indireto a) I. predicado verbal e oração sem sujeito;d) transitivo direto, transitivo direto, transitivo direto e II. predicado verbal e sujeito composto; indireto III. predicado nominal e sujeito indeterminado.e) intransitivo, transitivo direto, transitivo direto b. I. predicado nominal e sujeito simples;19. (UEPB) Considere os versos de Mário de II. predicado verbo-nominal e sujeito composto;Andrade: III. predicado verbal e sujeito simples.“Trabalhar nós trabalhamosporém para comprar as pérolas c) I. predicado verbal e sujeito simples;do pescocinho da moça II. predicado verbo-nominal e sujeito simples;do deputado Fulano III. predicado nominal e sujeito simples.[...] d) I. predicado verbo-nominal e sujeito composto;Seringueiro, dorme! II. predicado verbo-nominal e sujeito composto;Num amor de amigo enorme[...] III. predicado nominal e sujeito indeterminado.Os verbos em destaque nesses versos são: e) I. predicado nominal e oração sem sujeito;a) intransitivos II. predicado verbal e sujeito inexistente;b) transitivos diretos III. predicado nominal e sujeito inexistente.c) transitivos indiretos 22. (F.Araraquara- SP) O professor entrou apressado.d) transitivos diretos e indiretos O destaque indica:e) de ligação a) predicado nominal b) predicado verbo-nominal c) predicado verbal d) adjunto adverbial e) n.d.a Atualizada 07/08/2006 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 3
  4. 4. Nível Médio - VIP Profª. Helena Prestes Português23. (FMU) Assinale uma das alternativas em que quem? - se o objeto for pessoa.aparece um predicado verbo-nominal: Exemplos = Mataram o passarinho. Mataram o quê?a) Os viajantes chegaram cedo ao destino. Resposta = o passarinho - aí está o objeto direto).b) Demitiram o secretário da instituição. Encontrei os rapazes no shopping. (Encontrei quem?c) Nomearam as novas ruas da cidade. Resposta = os rapazes - aí está o objeto direto).d) Compareceram todos atrasados à reunião. Encontra-se o objeto indireto, fazendo também perguntae) Estava irritado com as brincadeiras. após o verbo, porém empregando sempre na pergunta uma preposição.24. (PUC) Na oração: "A inspiração é fugaz, violenta", A quê? De quê? Em quê? Etc.- se o objeto for animalpodemos afirmar que o predicado é: ou coisa.a) verbo-nominal, porque o verbo é de ligação e vem A quem? De quem? Em quem? Etc.- se o objeto for seguido de dois predicativos. pessoa.b) nominal, porque é verbo de ligação. Exemplos = Os alunos confiam de mim. (confiam emc) verbal, porque o verbo é de ligação e são atribuídas quem? Resposta = em mim - aí está o objeto indireto). duas caracterizações ao sujeito. Gosto de morango. (Gosto de que? Resposta = ded) verbo-nominal, porque o verbo é de ligação e vem morango - aí está o objeto indireto). seguido de dois advérbios de modo.e) nominal, porque o verbo tem sua significação Complemento nominal completada por dois nomes que funcionam como É a palavra que integra a significação transitiva do adjuntos adnominais. substantivo, do adjetivo ou do advérbio. Por exemplo: Agiram favoravelmente a você. (favoravelmente a quem?25. (FCMPA-MG) Assinale a alternativa em que Resposta = a você, complemento nominal).apareça predicado verbo- nominal:a) A chuva permanecia calma. Agente da passivab) A tempestade assustou os habitantes da vila. É o responsável por aquilo que o verbo na voz passivac) Paulo ficou satisfeito. indica na frase. Por exemplo: A cidade foi cercada pelod) Os meninos saíram do cinema calados. exército. (o agente da voz passiva é pelo exército, pois foie) Os alunos estavam preocupados. o exército o agente da ação de cercar a cidade).26. (UF-UBERLÂNDIA) "O sol entra cada dia mais Termos acessórios da oraçãotarde, pálido, fraco, oblíquo." "O sol brilhou umpouquinho pela manhã." Pela ordem, os predicados Adjunto adnominaldas orações acima classificam-se como: Assim se denominam, em análise sintática, os artigos, osa) nominal e verbo-nominal adjetivos, as locuções adjetivas, os numerais e osb) verbal e nominal pronomes adjetivos. Por exemplo: Na biblioteca, o alunoc) verbal e verbo-nominal só encontrou três livros de poesia. ( o artigo O, o numerald) verbo-nominal e nominal TRÊS, e a locução adjetiva DE POESIA, são todose) verbo-nominal e verbal adjuntos adnominais).27. (Cefet- PR) Assinale a alternativa que classifica Diferença entre adjunto adnominal e complementocorretamente , e pela ordem, os predicados das nominalfrases. Há nomes que, por não terem sentido completo, exigemI. Os filhos consideram falsa a atitude da mãe. um termo para completá-los. Esse termo é chamadoII. A atitude da mãe parecia falsa. complemento nominal e inicia-se sempre por preposição.III. Finalmente, os filhos consideram a atitude da mãe. Exemplos:a) verbal, nominal, verbo-nominal Impedimos a derrubada da mata.b) verbo-nominal, nominal, verbal DERRUBADA: nome incompleto (substantivo)c) nominal, verbo-nominal, verbald) verbo-nominal, verbal, nominal DA MATA: complemento nominale) verbal, verbo-nominal, nominal Você é igual a ele.28.(UFPR) Qual é a oração sem sujeito? IGUAL: nome incompleto (adjetivo)a) Falaram mal de você.b) Ninguém se apresentou. A ELE: complemento nominalc) Precisa-se de professores. Todos tiveram medo do ladrão.d) A noite estava agradável.e) Vai haver um campeonato. MEDO: nome incompleto (substantivo) DO LADRÃO: complemento nominalTermos integrantes da oração OBSERVAÇÃO. O adjunto adnominal pode, às vezes, Complemento verbal ser iniciado por preposição.É a palavra que completa o sentido de um verbo,chamado verbo transitivo. O complemento verbal Exemplo: A casa de madeira caiu.compreende o objeto direto e o objeto indireto. Encontra-se o objeto direto, fazendo pergunta após o verbo. Apergunta pode ser:o quê? - se o objeto for animal ou coisa.4 Atualizada 07/08/2006 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores
  5. 5. Nível Médio - VIP Profª. Helena Prestes PortuguêsQuando um termo estiver se referindo a um nome e Adjunto adverbialestiver iniciado por preposição, ele será ou adjunto Todos os advérbios e locuções adverbiais recebem aadnominal ou complemento nominal. Para distinguir um denominação de adjunto adverbial em análise sintática. Édo outro, é conveniente usar, como critério auxiliar da apenas uma troca de nomenclatura. Diz-se advérbio emanálise, as orientações seguintes: morfologia e adjunto adverbial em sintaxe. Por exemplo: Amanhã não iremos ao parque. (há três adjuntosPrincipais diferenças entre o complemento nominal e adverbiais: amanhã, de tempo; não, de negação e aoo adjunto adnominal. parque, de lugar). É o termo de valor adverbial que indica circunstância do1.ª diferença: fato expresso pelo verbo, intensifica o sentido do verbo,O adjunto adnominal só se refere a substantivos (tanto do adjetivo ou do advérbio:concretos como abstratos). Todos trabalharam muito.O complemento nominal refere-se a substantivos (só Elza é muito bonita.abstratos), a adjetivos e a advérbios. Ele dorme muito bem. Morfologicamente, o adjunto adverbial pode vir2.ª diferença: representado por advérbio ou por expressão adverbialO adjunto adnominal pratica a ação expressa pelo nome formada de preposição + substantivo (locução adverbial):a que se refere. O curitibano fala pouco.O complemento nominal recebe a ação expressa pelo Com certeza, haverá prova.nome a que se refere. Classificação do Adjunto Adverbial3.ª diferença: O adjunto adverbial é classificado de acordo com aO adjunto adnominal pode indicar posse. circunstância que expressa, que pode ser:O complemento nominal nunca indica posse. 1. de afirmação: Certamente eles compararão a casa.Exemplos de aplicação dos critérios acima: 2. de assunto:As ruas de terra serão asfaltadas. Falaram sobre corrupção.RUAS: nome (substantivo) 3. de causa:DE TERRA é adjunto adnominal ou complemento Eu estava morrendo de tuberculose.nominal? 4. de companhia: Altamirando saiu com os amigos.Note que DE TERRA refere-se ao nome RUAS, que é um 7. de dúvida:substantivo concreto (considerando a classe gramatical). Talvez chova.Pelo 1.º critério, podemos concluir que DE TERRA só 8. de exclusão:pode ser adjunto adnominal, pois o complemento nominal Os homens correram para a vitória, exceto o meu primo.não se refere a substantivo concreto. Então, DE TERRA: 9. de fim:adjunto adnominal. Ele vive para a esposa 10. de instrumento:A rua é paralela ao rio. Feriu-se com a faca. 11. de intensidade:PARALELA: nome (adjetivo) Estudei muito.AO RIO: complemento nominal ou adjunto adnominal? 12. de lugar:O termo AO RIO está se referindo a PARALELA, que é O Papa assiste no Vaticano.um adjetivo (considerando a classe gramatical). Usando 13. de matéria:o 1.º critério, podemos concluir que ao rio só pode ser Ganhou um anel de ouro.complemento nominal, já que o adjunto adnominal nunca 14. de meio:se refere a adjetivo. Os noivos viajaram de avião. 15. de modo:As críticas ao diretor eram infundadas. Ele saiu apressadamente.CRÍTICAS: nome (substantivo) 16. negação:AO DIRETOR: complemento nominal ou adjunto Não recebi os documentos.adnominal? 17. oposição:Observe que CRÍTICAS expressa uma ação (ação de O brasileiro luta contra a corrupção.criticar). O termo AO DIRETOR é que recebe as críticas 18. de origem:(o diretor é criticado). Usando o segundo critério, Venho de família pobre.podemos concluir que AO DIRETOR é um complemento 20. de tempo:nominal. Eles conversaram pela manhã.As críticas do diretor eram infundadas. ApostoCRÍTICAS: nome (substantivo) É o termo de base substantiva que se refere a umAgora, o termo DO DIRETOR é adjunto adnominal, pois substantivo ou pronome esclarecendo, seu sentido.ele pratica a ação expressa pelo nome CRÍTICAS. O aposto pode indicar explicação, especificação, enumeração ou resumo. Pode ser então:Do livro Novo Manual Nova Cultural – Redação, 1. explicativo:Gramática e Literatura. Professores: Emília Amaral, Esta é Camila, minha filha.Severino Antônio e Mauro Ferreira do Patrocínio. 2. especificativo: A cidade de Curitiba é agradável. Atualizada 07/08/2006 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 5
  6. 6. Nível Médio - VIP Profª. Helena Prestes Português3. enumeração: Comprei muitas frutas: ameixa, amora, 30.(Fuvest-SP) Assinalar a oração que começa commelancia, goiaba e maçã. um adjunto adverbial de tempo.4. resumidor: comprei pêra, melancia, manga, uva e a) Com certeza, havia um erro no papel do branco.goiaba, tudo custou 23,00 reais. b) No dia seguinte, Fabiano voltou à cidade. c) Na porta, (...) enganchou as rosetas das esporas... Vocativo d) Não deviam tratá-lo assim.Vocativo é a palavra ou expressão usada quando nos e) O que havia era safadeza.dirigimos a um ou mais seres. Por ser palavra ouexpressão de entonação exclamativa, é sempre separado 31.(FCMSC-SP) Observe as duas frases seguintes:do resto da oração por vírgula, ponto exclamativo ou I. O proprietário da farmácia saiu.travessão: II. O proprietário saiu da farmácia.Paulo, venha cá. Sobre elas são feitas as seguintes considerações:Doutor! qual é o problema? Na I, da farmácia é adjunto adnominal.Onde iremos, querido? Na II, da farmácia é adjunto adverbial.Escuta, ó Deus, as nossas preces. Ambas as frases têm exatamente o mesmo significado.Crianças! Venham lanchar. Tanto em I quanto em II, da farmácia tem a mesma função sintática. EXERCÍCIO RESOLVIDO Dessas quatro considerações: a) Apenas uma é verdadeira.Analise morfológica e sintaticamente todos os termos da b) Apenas duas são verdadeiras.oração abaixo: c) Apenas três são verdadeiras.As duas meninas bonitas e simpáticas chegaram muito d) As quatro são verdadeiras.felizes ao colégio hoje. e) Nenhuma é verdadeira. 32. (BB) "Ande ligeiro, Pedro".Morfológica a) sujeitoAs: artigo definido b) objeto diretoDuas: numeral c) vocativoMeninas: substantivo d) apostoBonitas: adjetivo e) adjuntoE: conjunçãoSimpáticas: adjetivo 33. (F. TIBIRIÇA-SP) Na oração "José de Alencar,Chegaram: verbo romancista brasileiro, nasceu no Ceará", o termoMuito: advérbio destacado exerce a função sintática de:Felizes: adjetivo a) apostoAo: combinação da preposição a + o artigo o b) vocativoColégio: substantivo c) predicativo do objetoHoje: advérbio d) complemento nominal e) n.d.aSintática 34. (CARLOS CHAGAS) Dê a função sintática do termo destacado em: "Amanhã, sábado, não sairei de casa."Sujeito simples: as duas meninas bonitas e simpáticas a) objeto diretoNúcleo: meninas b) objeto indiretoAdjuntos adnominais: as, duas, bonitas e simpáticas c) agente da passivaPredicado verbo-nominal: chegaram muito felizes ao d) complemento nominalcolégio hoje. e) apostoNúcleos: chegaram, felizes 35. (PUCC) Dê a função sintática do termo destacadoChegaram: verbo intransitivo em: "Não digo nada de minha tia materna, DonaPredicativo do sujeito: felizes Emerenciana":Adjunto adverbial de intensidade: muito a) sujeitoAdjunto adverbial de lugar: ao colégio b) objeto diretoAdjunto adverbial de tempo: hoje c) objeto indireto d) adjunto adverbial Praticando nos concursos e) aposto29.(Unimep- SP) 36. (PUCC) Dê a função sintática do termo destacadoI. Ele é muito simpático. em: "Voltaremos pela Via Anhangüera":II. Ele trabalha muito pouco. a) sujeitoIII. Há muito livro interessante. b) objeto diretoMuito é: c) agente da passivaa) adjunto adverbial em I e II e adjunto adnominal em III. d) adjunto adverbialb) adjunto adverbial em I e adjunto adnominal em II e III. e) apostoc) adjunto adverbial em II e adjunto adnominal em I e III. 37. (UFPR) Na oração "O alvo foi atingido por umad) adjunto adverbial em I, II e III. bomba formidável", a locução por uma bombae) adjunto adnominal em I, II e III. formidável tem a função de: a) objeto direto b) agente da passiva c) adjunto adverbial d) complemento nominal e) adjunto adnominal6 Atualizada 07/08/2006 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores
  7. 7. Nível Médio - VIP Profª. Helena Prestes PortuguêsGABARITO DA AULA 8E 18B 28E01 9C 19A 29A 10A 20E 30B1C 11C 21C 31B2E 12A 22B 32C3D 13A 23D 33A4E 14E 24B 34E5A 15A 25D 35E6C 16E 26E 36D7B 17A 27B 37B AULA 2 SEMÂNTICASignificação das palavrasQuanto à significação, as palavras podem ser:a) Sinônimas: sentidos semelhantes. (belo, bonito)b) Antônimas: sentidos opostos. (gordo, magro)c) Homônimas: escritas ou pronunciadas de modo idêntico, mas diferentes quanto ao significado.• Perfeitos : mesma grafia e mesma pronúncia. (ama – verbo amar) e ama(mulher que amamenta criança alheia)• Imperfeitos: mesma grafia, mas pronúncia diferente. Colher(verbo) colher(substantivo)d) Parônimas: assemelham-se na forma, mas têm significados diferentes.(descrição / discrição) HOMÔNIMASAcender (pôr fogo) ascender (subir)Acento (sinal gráfico) assento (lugar onde se senta)Acerto (ato de acertar) asserto(afirmação)Apreçar (ajustar o preço) Apressar ( tornar rápido)Bucho(estômago) Buxo(pequeno arbusto)Caçar (perseguir animais) Cassar (tornar sem efeito)Cegar (deixar cego) Segar ( ceifar, cortar)Cela (pequeno quarto) Sela (arreio, forma do verbo selar)Censo (pesquisa) Senso (juízo)Céptico (descrente) Séptico (que causa infecção)Cerração (nevoeiro) Serração (ato de serrar)Cerrar (fechar) Serrar (cortar)Cervo( veado) Servo (criado)Chá (bebida) Xá (antigo soberano do Irã)Cheque (forma de pagamento) Xeque (lance no jogo de xadrez)Círio (vela) Sírio (natural da Síria)Cito (forma do verbo citar) Sito (situado)Concertar ( ajustar, combinar) Consertar ( corrigir, reparar)Coser (costurar) Cozer ( cozinhar)Espectador ( aquele que assiste) Expectador ( aquele que espera)Esperto ( perspicaz) Experto (perito, experiente)Espiar ( observar) Expiar (pagar pena)Espirar ( soprar) Expirar (terminar)Estático (imóvel) Extático (admirado)Esterno (osso do peito) Externo ( exterior)Estrato (camada) Extrato ( o que se extrai de)Incipiente (principiante) Insipiente ( ignorante)Laço (nó) Lasso (frouxo)Ruço (grisalho) Russo ( natural da Rússia)Tacha (pequeno prego) Taxa ( imposto, tributo) PARÔNIMOSAbsolver ( perdoar) Absorver ( sorver)Apóstrofe (figura de linguagem ) Apóstrofo (sinal gráfico)Aprender (tomar conhecimento) Apreender ( guardar)Arrear (pôr arreios) Arriar ( descer, cair)Bebedor ( aquele que bebe) Bebedouro ( lugar )Cavaleiro (aquele que cavalga) Cavalheiro (homem cortês)Comprimento (extensão) Cumprimento (saudação)Deferir ( atender) Diferir ( retardar)Delatar ( denunciar) Dilatar ( alargar)Descrição (ato de descrever) Discrição ( reserva)Descriminar ( tirar a culpa) Discriminar (distinguir) Atualizada 07/08/2006 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 7
  8. 8. Nível Médio - VIP Profª. Helena Prestes PortuguêsDespensa (cômodo) Dispensa ( ato de dispensar)Docente (relativo a professores) Discente (relativo a alunos)Emigrar ( deixar um país) migrar (entrar num país)Eminente (elevado) Iminente ( prestes a ocorrer)Estada (permanência de pessoas) Estadia ( permanência de veículos)Flagrante ( evidente) Fragrante (perfumado)Imergir ( afundar) Emergir ( vir à tona)Infligir ( aplicar pena) Infringir ( violar)Mandado (ordem judicial) Mandato ( procuração)Peão ( aquele que amansa cavalos) Pião ( brinquedo)Precedente ( que vem antes) Procedente ( que tem fundamento)Ratificar (confirmar) Retificar ( consertar)Recrear (divertir) Recriar ( criar novamente)Soar ( produzir som) Suar ( transpirar)Tráfego ( trânsito) Tráfico ( comércio ilegal)Vultoso ( volumoso) Vultuoso ( atacado de congestão na face) b) conjunção temporal. ESTUDO DOS PORQUÊS Mal chegou, começou a chover. c) substantivo EXERCÍCIOS O mal não tem cura.EMPREGAR por que, por quê, porque, porquê Exercíciosa) São esses os motivos ---------- decidimos adotar uma criança. Complete com mal ou mau.b) É difícil a situação ------------passam milhões de a) Os políticos vivem ___ humorados. brasileiros. b) Eles vivem de ___ humor.c) Quero saber o ---------de você ter ido embora. c) ____ entrou em casa, o telefone tocou.d) Regressamos,------------? d) ____ amanheceu, saímos, pois a distância era longa.e) Ela me fez isso, ------------, se eu a amo tanto? e) Nenhum de nós sabe dizer por que o cidadão sef) Você sabe ----------estrada os bandidos seguiram? portou tão___.g) O filho optou ---------carreira ?h) Não sei --------você fez isso. Há / ai) --------------Brasília foi construída?j) ----------- há tanta apreensão na primeira noite de um Há: equivale ao verbo fazer, indicando tempo decorrido. homem? Ele saiu há duas horas.k) O ----------- de tanto apreensão, só eles sabem. A: é preposição. O ônibus sairá daqui a cinco minutos.l) Não sabemos o ----------- de sua recusa.m) ---------- Capitu estava emocionada durante o enterro Exercícios de Escobar? Complete com a ou hán) O rapaz não ouve o chamado______ é deficiente a) Daqui __ três dias completarei dezoito anos. auditivo. b) ___ seis anos não viajo para a Europa.o) Agora já conheço as razões ---------- mentiu. c) A aula terminará daqui ___ dez minutos.p) Estou desorientada -------- você foi embora. d) De Curitiba ___ São Paulo ___ uma distância de maisq) Acabamos de estudar as funções dos ----------- . de quatrocentos quilômetros. e) ____ dias que não encontro Júlia, porém daqui ___Onde / aonde uma semana, encontrá-la-ei.Emprega-se aonde com os verbos que dão idéia demovimento. Ao invés de / em vez de Exercícios Ao invés de significa ao contrário de.1. Empregue onde/ aonde Ao invés do que previu a meteorologia, fez muito sola) _______ você vai com tanta pressa, querido? ontem.b) _______ nos leva com tanta rapidez?c) _____ você fica nas férias? Em vez de significa no lugar ded) Já sei ____ você mora. Em vez de ir à praia, fomos ao cinema.Mal/ mau Ao encontro de / de encontro aMau é sempre um adjetivo e refere-se, portanto, a um Ao encontro de significa estar a favor de, aproximar-sesubstantivo. de:O menino não é um mau aluno. Seu defeito é falar Assim que a vi, fui ao seu encontro e a abracei comdemais. carinho.Mal pode ser: De encontro a significa indica oposição, choque.a) advérbio de modo. O carro foi de encontro ao muro.Comportou-se mal durante a festa.8 Atualizada 07/08/2006 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores
  9. 9. Nível Médio - VIP Profª. Helena Prestes PortuguêsAcerca de/ há cerca de 3 (TRT) O ..................... do prefeito foi ......................... ontem.Acerca de - locução prepositiva = a respeito de a) mandado - caçadoDiscutimos acerca de um documento extraviado. b) mandato - cassado c) mandato - caçadoHá cerca de – tempo transcorrido, equivale a faz. d) mandado - casçadoHá cerca de uma hora, estávamos falando de você. e) mandado - cassado 4. (UFSC) Assinale a alternativa que apresenta erroDemais / de mais / dê mais quanto ao sentido dos homônimos abaixo: a) cerrar = fecharserrar = cortarDemais é advérbio de intensidade muito. b) cela = arreio de cavalgadura sela = aposento deOs alunos estão estudando demais. religiosos• pode-se também ser usado como substantivo. c) incipiente = principiante insipiente = ignorante Convocaram quinze jogadores para a seleção d) círio = vela grande de cera sírio = da Síria brasileira, os demais ficaram a ver navios. e) caçar = perseguir a caça cassar = anularDe mais é locução prepositiva, possui sentido oposto a 5. (CESCEM) Na ...... plenária estudou-se a ...... dede menos. direitos territoriais a ..... .Não haviam feito nada de mais. a) sessão - cessão - estrangeiros b) seção - cessão - estrangeirosDê mais( dê corresponde ao verbo dar) c) secção - sessão - extrangeirosDê mais exemplos aos seus filhos. d) sessão - seção - estrangeiros e) seção - sessão - estrangeirosÀ-toa / à toa 6. (FUVEST) Indique a alternativa correta:À-toa = adjetivo a) O ladrão foi apanhado em flagrante.Trata-se de uma mulher à-toa.(desprezível) b) Ponto é a intercessão de duas linhas.À toa = advérbio de modo c) As despesas de mudança serão vultuosas.Estava à toa na vida, o meu amor me chamou (...) = (a d) Assistimos a um violenta coalizão de caminhões.esmo, sem razão) e) O artigo incerto na Revista das Ciências foi lido porEla reclamou dos produtos à toa. (inutilmente) todos nós.Dia-a-dia / dia a dia 7. (FUVEST) No último .......... da orquestra sinfônica, houve .......... entre os convidados, apesar de ser umaDia-a-dia = substantivo festa .......... .O dia-a-dia dos taxistas é estressante. a) conserto - flagrantes descriminações - beneficente b) concerto - fragrantes discriminações - beneficienteDia a dia é advérbio. c) conserto - flagrantes descriminações - beneficienteDia a dia os alunos vêm à aula. d) concerto - fragrantes discriminações - beneficente e) concerto - flagrantes discriminações - beneficenteA fim de / afimA fim de é locução prepositiva e significa finalidade. 8. (DASP) Assinale a única alternativa que apresentaEstou a fim de ir embora, pois o clima está erro no emprego dos "porquês":insuportável. a) Por que insistes no assunto? b) O carpinteiro não fez o serviço porque faltou madeira.Afim é adjetivo e significa semelhante, por afinidade. c) Não revelou porque não quis contribuir.O genro é um parente afim. d) Ele tentou explicar o porquê da briga.Temos idéias afins. e) Ele recusou a indicação não sei por quê.Praticando nos concursos 9. (ESAP) Considerando o uso apropriado do termo1. (UEL-PR) Assinale a alternativa que preenche sublinhado, identifique em que sentença do diálogocorretamente as lacunas da frase. abaixo há um erro de grafia:Gestos _____ eram uma das expressões de sua______ . a) Por que você não entregou o trabalho ao professor?a) majestáticos – extroverção b) Você quer mesmo saber o porquê?b) majestáticos – extroversão c) Claro. A verdade é o princípio por que me oriento.c) magestáticos – extroversão d) Pois, acredite, eu não sei porque fiz isso.d) magestáticos – extroverção e) Você está mentindo. Por quê?e) magestáticos - estroverção 10. (UE PONTA GROSSA-PR)2. (TTN) Assinale a alternativa em que a palavra - .......... me julgas indiferente? - .......... tenho meu pontosublinhada foi empregada erroneamente: de vista.a) O Diretor-Geral retificou a Portaria 601 que fora - E não o revelas ..........? - Nem sei o .......... . publicada com incorreções. Assinale a alternativa que preenche adequadamenteb) Este assunto é confidencial, conto, portanto, com sua as lacunas: descrição. a) Por que, Porque, por que, por quêc) O Superintendente da Receita Federal deferiu aquele b) Por que, Porque, por quê, porquê nosso pedido. c) Porque, Por que, porque, por quêd) Recuso-me a defender aquele réu, pois foi pego em d) Por quê, Porque, por que, porquê flagrante. e) Porque, Porque, por quê, por quêe) Este fiscal vai trabalhar na seção de Tributação. Atualizada 07/08/2006 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 9
  10. 10. Nível Médio - VIP Profª. Helena Prestes Português11. (FUVEST) Assinale a frase gramaticalmente • as paroxítonas terminadas em l, i(s), n, u(s), r, x, ps,correta: ã(s), ão(s), um(uns), ôo(s) e ditongo oral(seguido ou nãoa) Não sei por que discutimos. de s).b) Ele não veio por que estava doente. Exemplos: miserável, táxi, pólen, bônus, açúcar, tórax,c) Mas porque não veio ontem? fórceps, órfã, órgãod) Não respondi porquê não sabia.e) Eis o porque da minha viagem. OBS: Paroxítonas terminadas em –n antecedido de e não recebem acento no plural.(hifens, polens)12. (Esc. Sup. Agric. Mossoró – RN) Há erro de grafia • todas as proparoxítonasem: Exemplos: médico, cirúrgica, válvulaa) O governo autorizou a cessão de terras. • os ditongos abertos: céu, anéis, anzóis, paióis.b) Na última sessão, o plenário aprovou o regimento. • as letras i e u em hiatos desde que:c) Eu voto numa seção em que há grande número de Representem a segunda vogal do hiato; eleitores. Apareçam sozinhas (ou seguidas de s) na sílaba tônica;d) Entrei na loja e dirigi-me à sessão de brinquedos. Não estejam seguidas de nh.e) À sessão compareceram muitos administradores. Exemplos: juízes, balaústre, moinho13.(FEB) Há uma alternativa errada. Assinale-a: • com acento circunflexo o primeiro o do hiato ôo,a) cozer = cozinhar; coser = costurar seguido ou não de s: abençôo, enjôo, corôo, perdôo,b) imigrar = sair do país; emigrar = entrar no país vôos etc.c) comprimento = medida; cumprimento = saudaçãod) consertar = arrumar; concertar = harmonizar • Mantém-se o acento circunflexo do singular crê, dê, lê,e) chácara = sítio; xácara = verso vê nas formas do plural desses verbos - crêem, dêem, lêem, vêem - e de seus compostos - descrêem,14. (UFPR) Complete as lacunas usando desdêem, relêem, revêem etc.adequadamente mas / mais / mau / mal.Pedro e João ....... entraram em casa, perceberam que as • as palavras terminadas em ditongo oral átono, seguidocoisas não estavam bem, pois sua irmã caçula escolhera ou não de s: área, ágeis, importância, jóquei, lírios,um ....... momento para comunicar aos pais que iria viajar mágoa, extemporâneo, régua, tênue, túneis etc.nas férias; ....... seus dois irmãos deixaram os pais .......sossegados quando disseram que a jovem iria com as Acento diferencialprimas e a tia.a) mau, mal, mais, mas O acento diferencial é utilizado para distinguir umab) mal, mal, mais, mais palavra de outra que se grafa de igual maneira.c) mal, mau, mas, mais • côa/côasd) mal, mau, mas, mas (verbo coar) coa/coas(com + a/as)e) mau, mau, mas, mais • pára/ para pára(3.ª pessoa do sing. do pres. do ind. de parar)15. (UEMT) Aponte a alternativa que completa para(preposição)corretamente a frase.O grande ------- da -------- é que ela não foi orientada • péla/pélas e pélapelo bom ---- (verbo pelar e subst.) pela/pelas(per + a/as)a) mau – discussão - senso • pêlo/pêlos e pélo(subst. e verbo pelar) pelo/pelos(perb) mau – discussão - censo + o/os)c) mal – discução – senço • pôde / poded) mal – discussão - senso (pret. perf. do ind. de poder)/(pres. do ind. de poder)e) mau – discução - censo • pôr (verbo) por(preposição)16. (RUI BARBOSA) Assinale a resposta Praticando nos concursoscorrespondente à alternativa que completacorretamente os espaços em branco: "Detesto os ... 17. (FGV-SP) Os dois hiatos das formas verbaisque não sabem conter o seu ...... ." devem ser acentuados apenas na alternativa:a) mau-humorados / mau-humor a) refluir – instituindob) maus-humorados / mau-humor b) caida – saistec) mal-humorados / mal-humor c) instruido – intuird) mal-humorados / mau-humor d) refluira – destruindoe) mau-humorados / mal-humor e) construindo – destruidoACENTUAÇÃO 18.(Aman- RJ) Das palavras abaixo, uma admite duas formas de justificar o acento gráfico, por enquadrar-Acentuam-se: se em duas regras de acentuação:• as monossílabas tônicas terminadas em a(s); e(s); o(s). a) combustívelExemplos: lá, pés, nó b) está• as oxítonas terminadas em a(s); e(s); o(s); em(ns). c) trêsExemplos: Paraná, café, até, cipó, ninguém, parabéns. d) países e) veículos10 Atualizada 07/08/2006 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores
  11. 11. Nível Médio - VIP Profª. Helena Prestes Português19 (Aman-RJ) Assinale o vocábulo acentuado 27. (CARLOS CHAGAS) Terminado o .........., o ..........graficamente por imposição de regra diferente das recebeu .......... aplausos.demais. a) vôo - herói - veemêntesa) Inúmeros b) voo - heroi - veemêntesb) calmíssima c) vôo - heroi - veementesc) cédula d) voo, herói, veemêntesd) cálculo e) vôo, herói, veementese) uísque 28. (ESPCEX) Assinale a alternativa cujas palavras20.(UM-SP) Assinale a alternativa que completa estão corretas quanto à acentuação:corretamente as frases: a) Luis, apôio, nódoa, próton, chapéuzinho1. Normalmente ela não ----- em casa. b) gratuíto, eu apóio, ítem, pêras, álbuns2. Não sabíamos onde ----- os discos. c) sanduíche, averigúe, refém, puni-lo, amável3. De algum lugar ------ essas idéias. d) âmago, ônus, amá-lo-íeis, itens, taxia) pára – pôr – provém e) biquini, juíz, áureo, joquei, eles mantémb) para – pôr – provêmc) pára – por – provêem Gabaritod) pára – pôr – provêm 1Be) para – por – provém 2B 3B21. (EPCAR) Assinale a série em que todos os 4Bvocábulos devem receber acento gráfico: 5Aa) Troia, item, Venus 6Ab) hifen, estrategia, albuns 7Ec) apoio (subst.), reune, faisca 8Cd) nivel, orgão, tupi 9De) pode (pret. perf.), obte-las, tabu 10B 11A22. (BB) Não leva acento: 12Da) atrai-la 13Bb) supo-la 14Cc) conduzi-la 15Dd) vende-la 16De) revista-la 17B 18E23. (CARLOS CHAGAS) À luz de seu magnífico 19E............-de-sol, ..............., parece uma cidade ............... 20Da) por, Paranavaí, tranquila 21Bb) por, Paranavai, tranqüila 22Cc) por, Paranavai, tranqüila 23Dd) pôr, Paranavaí, tranqüila ] 24Ae) pôr, Paranavaí, tranquila 25E 26B24.(BB) Opção com as duas palavras grafadas 27Eincorretamente: 28Ca) repôr, ítemb) contínuo, órgão AULA 3c) atribuía, alô CLASSES DE PALAVRASd) revólver, parabéns Substantivoe) apóio, jaburú • primitivo X derivado (piano X pianista) • simples X composto ( sol X girassol)25 (TRT) Assinale a alternativa em que todas as • comum X próprio (rio X Curitiba)palavras são paroxítonas (foram omitidos os • concreto X abstrato (flor X limpeza)acentos): • Gênero (masculino X feminino)a) rubrica - avaro - pegada - acrobata biformes - uma forma para masculino e outra parab) mister - filantropo - misantropo - condor feminino. (aluno X aluna, garotoXgarota).c) pegaso - prototipo - arquetipo - rubrica São substantivos heterônimos aqueles que fazemd) necromancia - quiromancia - rubrica - nobel distinção de gênero através do radical. (boi X vaca,e) nenhuma das anteriores homem X mulher) uniformes - uma única forma para ambos os gêneros.26. (ESAF) Em todas as alternativas as palavras Dividem-se em:foram acentuadas corretamente, exceto em: • epicenos - usados para animais de ambos os sexosa) Eles têm muita coisa a dizer. (macho e fêmea) – cobra, jacaré, pulga.b) Estude os dois primeiros ítens do programa. • comum de dois gêneros - designam pessoas,c) Afinal, o que contém este embrulho? fazendo a distinção dos sexos por palavrasd) Foi agradável ouvir aquele orador. determinantes - dentista, manequim, cliente .e) Por favor, dêem-lhe uma nova chance. Atualizada 07/08/2006 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 11
  12. 12. Nível Médio - VIP Profª. Helena Prestes Português• sobrecomuns - um só gênero gramatical para 2. (UERJ) Flexão é processo de fazer variar umdesignar pessoas de ambos os sexos - algoz, cônjuge, vocábulo, em sua estrutura interna, para neletestemunha, criança. expressar dadas categorias gramaticais como gêneroObs: alguns substantivos, quando mudam de gênero, e número. A partir desse conceito, a palavramudam de sentido. (o caixa X a caixa); (o cura X a cura); sublinhada que admite flexão de gênero é:( o capital X a capital ) a) "Fez-se de triste o que se fez amante" ( Vinícius de• Número (singular X plural) Moraes) b) Paisagens da minha terra , / Onde o rouxinol nãoColetivos canta"( Manuel Bandeira)alavão - ovelhas leiteiras c) "Sou um homem comum/ de carne e de memória/ dearmento - gado grande (búfalos, elefantes etc.) osso e de esquecimento" ( Ferreira Gullar)assembléia (parlamentares, membros de associações) d) "Meu amigo, vamos cantar,/ vamos chorar de mansinho/ e ouvir muita vitrola"( Carlos Drummond dePlural dos substantivos compostos: Andrade)flexionam-se os dois elementos, quando formados de:substantivo + substantivo = couve-flor e couves-flores 3.(FAAP-SP) Define-se como substantivo abstratosubstantivo + adjetivo = amor-perfeito e amores-perfeitos aquele cuja existência depende de outro ser, como,adjetivo + substantivo = gentil-homem e gentis-homens por exemplo, o destacado em:numeral + substantivo = terça-feira e terças-feiras a) “Deus vem vindo [...]”.flexiona-se somente o segundo elemento, quando b) “[...] me dá o medo pavor!”formados de: c) “E, outra coisa; o diabo, é as brutas[...]”verbo + substantivo = guarda-roupa e guarda-roupas d) “[...] da faquinha só se achava o cabo[...]palavra invariável + palavra variável = alto-falante e alto- e) “O cabo - por não ser de metal[...]falantespalavras repetidas ou imitativas = reco-reco e reco-recos 4. (UFSM-RS) Leia:flexiona-se somente o primeiro elemento, quando Numa aparente contradição à famosa lei da oferta e daformados de: procura, o livro no Brasil é caro porque o brasileiro nãosubstantivo + preposição clara + sub. = pé-de- cabra e lê.pés-de-cabra substantivo + preposição oculta + sub. = No texto acima, uma das palavras a seguir não fazcavalo-vapor e cavalos-vapor parte da classe dos substantivos. Aponte-a .permanecem invariáveis, quando formados de: a) contradiçãoverbo + advérbio = o bota-fora e os bota-fora b) ofertaverbo + substantivo no plural = o saca-rolhas e os saca- c) procurarolhas d) caroverbos opostos = o leva-e-traz e os leva-e-traz e) brasileiroGraus do substantivo 5.(FMU-SP) O plural dos substantivos couve-flor, pão-Grau aumentativo - indica o aumento do tamanho do ser. de-ló e amor-perfeito é:Classifica-se em: a) couves-flores, pães-de-ló, amores- perfeitosAnalítico = o substantivo é acompanhado de um adjetivo b) couves-flor, pão-de-lós, amores- perfeitosque indica grandeza. Por exemplo, nariz grande. c) couves-flores, pão-de-lós, amor-perfeitosSintético = é acrescido ao substantivo um sufixo d) couves-flores, pão-de-ló, amor- perfeitosindicador de aumento. Por exemplo, narigão. e) couves-flores, pão-de-lós, amor-perfeitosGrau diminutivo - indica a diminuição do tamanho do 6. (ITA-SP) Dadas as palavras:ser. Pode ser: 1. esforçosAnalítico = substantivo acompanhado de um adjetivo 2. portosque indica pequenez. Por exemplo, nariz pequeno. 3. impostosSintético = é acrescido ao substantivo um sufixo verificamos que o timbre da vogal tônica é aberto:indicador de diminuição. Por exemplo, narizinho. a) apenas na palavra 1 b) apenas na palavra 2Alguns substantivos que sofrem metafonia no plural: c) apenas na palavra 3abrolho, caroço, corcovo, corvo, coro, despojo, destroço, d) apenas nas palavras 1 e 3escolho, esforço, estorvo, forno, forro, fosso, imposto, e) em todas as palavrasjogo, miolo, poço, porto, posto, reforço, rogo, socorro,tijolo, toco, torno, torto, troco Artigo a) definidos: o, a, os, as Praticando nos concursos b) indefinidos: um, uma, uns, umas1. (UFJF-MG) Assinale a alternativa onde aparecemsubstantivos simples, respectivamente, concreto e Propriedades dos artigosabstrato: a) transformar palavras em substantivos. Exemplos: oa) água, vinho rico, o cantarb) Pedro, Jesus b) determinar ou indeterminar um substantivo. Exemplos:c) Pilatos, verdade li o livro; li um livro.d) Jesus, abaixo-assinado c) Caracterizar o gênero e o número dos substantivos.e) Nova Iorque, Deus Exemplos: o caderno/ os caderno. d) Distinguir os homônimos e definir o seu significado. Exemplos: o cura / a cura.12 Atualizada 07/08/2006 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores
  13. 13. Nível Médio - VIP Profª. Helena Prestes PortuguêsUso dos artigos: 9. (FESP) Assinale a opção em que o A é,1. Emprega-se o artigo definido: respectivamente, artigo, pronome pessoal e• Antes de outro, para determiná-lo. preposição:Pedro e Maria viajaram; os outros só foram ao parque. a) Esta é a significação a que me referi e não a que• Após o numeral ambos, seguido de substantivo. entendeste.Ambos os meninos foram ao parque. b) A dificuldade é grande e sei que a resolverei a curto• Antes de pronomes de tratamento senhor, senhora, prazo.senhorita... c) A escrava declarou que preferia a morte à escravidão,A senhorita me daria o prazer de sua companhia? d) Esta é a casa que comprei e não a que vendi a ele.• Com o superlativo relativo. Não consegui resolver as e) A que cometeu a falta receberá a punição.questões mais difíceis.• Depois do indefinido todo quando se quer dar idéia de 10. (UM-SP) Assinale a alternativa em que há erro:inteiro, totalidade. Ele comeu todo o bolo. a) Li a notícia no Estado de São Paulo. b) Li a notícia em O Estado de São Paulo.OBS: c) Esta notícia, eu a vi em A Gazeta.• uso do artigo definido é facultativo diante de d) Vi essa notícia em A Gazetapossessivos e diante das palavras quão e quanto. e) Foi em O Estado de São Paulo que li a notícia.• Não se emprega artigo depois dos relativos cujo, cuja,cujos, cujas. 11. (ITA) Determine o caso em que o artigo tem valor de qualificativo:• Não se une com preposição o artigo que faz parte do a) Estes são os candidatos de que lhe falei.nome de revistas, jornais e obras literárias. b) Procure-o, ele é o médico. Li a notícia em O Estado de São Paulo. c) Certeza e exatidão, estas qualidades não as tenho. d) Os problemas que o afligem não me deixamCLASSIFICAÇÃO DE O, A(S) descuidado.• artigo definido: Antecedendo a substantivos. A vida é e) Muita é a procura; pouca a oferta.bela• pronome pessoal substituindo a ele(s), ela(s), você(s). 12. (UFUB-MG) "foram intimados a comparecer ...";Ex.: Não o encontrei.(=ele) "... não a fizeram..."; "... a sua oração.." As três• pronome substantivo demonstrativo: substituindo ocorrências do a são, respectivamente:aquele(s), aquela(s), aquilo, isto. a) preposição, pronome, preposição Levante-se o da direita.(=aquele) b) artigo, artigo, preposição Passar, todos querem; estudar, ninguém o deseja.(= c) pronome, artigo, preposiçãoisto) d) preposição, pronome, artigo• preposição essencial: equivalente a até, para, em e) artigo, pronome, pronomedireção a,... Ex.: Fui a esta praia.(=até, para) 13. (FUVEST) "... levaram a adotar"; "a sua morte..."; Recomendei-o a você.(=para) "... não a pôs..." As três ocorrências do a são, respectivamente: Praticando nos concursos a) preposição, pronome, preposição b) pronome, artigo, preposição7. (UNIFOR-CE) Na frase: "Passaram dois homens a c) preposição, artigo, pronomediscutir, um a gesticular e o outro com a cara d) artigo, artigo, preposiçãovermelha", o termo a está empregado, e) artigo, pronome, pronomesucessivamente, como:a) artigo, preposição, preposição 14. (BB) O João é jogador indisciplinado. O artigob) pronome, preposição, artigo transmite idéia de:c) preposição, preposição, artigo a) admiraçãod) preposição, pronome, preposição b) indeterminaçãoe) preposição, artigo, preposição c) intimidade d) inferioridade8. (FESP) Assinale a alternativa correspondente à e) superioridadeclasse gramatical da palavra a, respectivamente:Esta gravata é a que recebi; 15. (BANESPA) Assinale a alternativa em que o termoEstou disposto a tudo; grifado é artigo indefinido:Fiquei contente com a nota; a) As amigas não puderam ajudá-la.Comprei-a logo que a vi. b) Anime-se, meu amigo, a garrafa ainda não está cheia.a) artigo - artigo - preposição - preposição c) Uma árvore caiu na estrada.b) preposição - artigo - pronome demonstrativo - artigo d) Por favor, abra a porta.c) pronome demonstrativo - preposição - artigo - e) O pobre homem entregou-se ao vício. pronome pessoald) pronome pessoal - preposição - artigo - pronome 16. (FEI-SP) Há exemplo de adjetivo substantivado pessoal em:e) nenhuma das alternativas a) ‘É de sonho e de pó”. b) “Minha mãe, solidão”. c) “O meu pai foi peão”. d) “Só queria mostrar”. e) “O destino de um só”. Atualizada 07/08/2006 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 13
  14. 14. Nível Médio - VIP Profª. Helena Prestes PortuguêsADJETIVO Praticando nos concursosAdjetivo é a palavra variável em gênero, número e grauque caracteriza o substantivo ou qualquer outra palavra 17. (CESGRANRIO) Assinale a oração em que o termocom valor de substantivo, indicando-lhe atributo, estado cego(s) é um adjetivo:ou modo de ser. a) Os cegos habitantes de um mundo esquemático,Rapaz bonito, simpático, rico. sabem onde ir... b) O cego de Ipanema representava naquele momentoOs adjetivos classificam-se em: todas as alegorias da noite escura da alma ...Primitivos: não provêm de outra palavra da língua c) Todos os cálculos do cego se desfaziam naportuguesa: belo, triste turbulência do álcool.Derivados: provêm de outra palavra da língua d) Naquele instante, chamei o cego.portuguesa: cuidadoso, carinhoso e) ... da Terra que é um globo cego girando no caos.Simples: Apresentam um único radical: menino surdo,diamante negro 18. (FMU_SP) Na oração: “Os jovens estão mais ágeisCompostos: apresentam mais de um radical: blusa que seus pais” temos:azul-marinho a) um superlativo absoluto de superioridadeUniformes: Apresentam uma única forma para os dois b) um comparativo de superioridadegêneros:feliz, triste c) um superlativo absolutoBiformes: Apresentam uma forma para o masculino e d) um comparativo de igualdadeoutra para o feminino: e) um superlativo analítico de ágil claro, clara, branco, branca 19.(F.C.CHAGAS –BA) Selecione a alternativa quePlural dos Compostos completa corretamente as lacunas da fraseRegra geral apresentada : Os acidentados foram encaminhados a1º elemento _ invariável diferentes clínicas ______2º elemento: substantivo= invariável; Adjetivo = variável a) médicas-cirúrgicas b) médica- cirúrgicasExceções c) médico –cirúrgicasinvariáveis: azul-marinho, azul celeste d) médicos – cirúrgicasambos variáveis: surdo-mudo, novo-rico, claro-escuro, e) médica – cirúrgicospele-vermelha 20. (FECLT – SP) Assinale o item que apresenta oFlexão de grau adjetivo incorretamente relacionado ao substantivo:O adjetivo pode apresentar-se no grau comparativo e no a) leite – lácteosuperlativo. Neste, a qualidade expressa pelo adjetivo b) coração - hepáticoapresenta-se amplificada e naquele, há uma comparação c) ilha – insularentre dois seres ou dois aspectos do mesmo ser. d) orelha – auricular e) n. d. aOs políticos são tão corruptos quanto os bicheiros. (comparação entre dois seres) 21. (FAAP-SP) Acentuadíssimas – adjetivoO piloto brasileiro, Rubinho Barrichelo, é mais azarado acentuadas flexionado no grau:que incompetente.(comparação entre dois aspectos do a) comparativo de superioridademesmo ser) b) comparativo de igualdade c) superlativo relativo de superioridadeO empresário casou-se com uma mulher belíssima. d) superlativo absoluto sintético e) superlativo absoluto relativoA mudança do grau do adjetivo pode ser obtida pelosseguintes processos: 22. (ITA-SP) O plural de “terno azul claro” e “ternoa) sintético: através de uma única palavra ( friíssima) verde-mar” é:b) analítico: através do acréscimo de alguma palavra a) ternos azuis-claros; ternos verdes-mares.que modifique o adjetivo.(muito, mais) b) ternos azuis-claros; ternos verde-mares. c) ternos azul-claro; ternos verde-mar.Grau comparativo d) ternos azul-claros; ternos verde-mar.a) de igualdade: tão + adjetivo +quanto/como e) ternos azuis-claros; ternos verde-mar.Esta sala é tão confortável quanto(como) aquela.b) de superioridade: mais + adjetivo + (do) que 23.(F. Objetivo-SP) Assinale a alternativa incorretaPedro é mais estudioso que José. quanto ao emprego do adjetivo.c) de inferioridade: menos + adjetivo + (do) que a) força de leão = força leoninaEsta sala é menos confortável (do) que aquela. b) perímetro da cidade = perímetro urbano c) homem sem cabelo = homem imberbeCasos especiais d) máquina de guerra = máquina bélicaAdjetivo comp. de sup. analítico e) agilidade de gato = agilidade felina comp. de sup. sintéticoBom mais bom MelhorMau mais mau piorGrande mais grande maiorPequeno mais pequeno Menor14 Atualizada 07/08/2006 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores

×