Your SlideShare is downloading. ×
0
Didática geral e aplicada como planejar.
Didática geral e aplicada como planejar.
Didática geral e aplicada como planejar.
Didática geral e aplicada como planejar.
Didática geral e aplicada como planejar.
Didática geral e aplicada como planejar.
Didática geral e aplicada como planejar.
Didática geral e aplicada como planejar.
Didática geral e aplicada como planejar.
Didática geral e aplicada como planejar.
Didática geral e aplicada como planejar.
Didática geral e aplicada como planejar.
Didática geral e aplicada como planejar.
Didática geral e aplicada como planejar.
Didática geral e aplicada como planejar.
Didática geral e aplicada como planejar.
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Didática geral e aplicada como planejar.

446

Published on

didática, 3na

didática, 3na

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
446
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
43
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. DIDÁTICA GERAL E APLICADA Por que planejar? Como planejar? Tereza Cristina Leandro de Faria
  • 2. Planejamento: é um processo que se preocupa com para onde ir e quais as maneiras adequadas de chegar lá, tendo em vista a situação presente e possibilidades futuras, para que o desenvolvimento da educação atenda tanto as necessidades do desenvolvimento da sociedade, quanto as do indivíduo.
  • 3. Passos para planejar √Conhecimento e análise da realidade do aluno, do professor, da escola e da comunidade. √Definição dos objetivos dos alunos professores em relação a disciplina. e dos √Delimitação dos conteúdos mais significativos para atingir os objetivos. √Escolha dos melhores procedimentos e técnicas de ensino.
  • 4. √Seleção dos possíveis humanos e materiais. e melhores recursos √Estabelecimento dos melhores processos de avaliação, assim como as melhores técnicas e instrumentos.
  • 5. Sondagem: alunos, professores, escola e comunidade. ●Seus objetivos, interesses, motivos, gostos pessoais. ●Suas habilidades individuais, expectativas e tendências. ●Suas necessidades e possibilidades humanas e materiais. ●As capacidades individuais e grupais. ●O domínio de determinados conteúdos ou conhecimentos.
  • 6. ●Suas carências sociais, culturais e de conhecimentos. ●Seus hábitos de estudo. ●As influências que sofrem fora da escola. As carências humanas, na família, na escola e na sociedade. ●O comportamento individual e social. ●A herança cultural, social e familiar. ●A vivência social.
  • 7. Definição dos objetivos O objetivo é um propósito ou alvo que se pretende atingir. Os objetivos indicam as linhas, os caminhos e os meios para toda a ação. Características para uma boa definição de objetivos ●Clareza (o objetivo deve descrever e comunicar o que se quer alcançar) ●Simplicidade ●Validade ●Operacionalidade ●Observável (resultado concreto e observável)
  • 8. Níveis dos objetivos de ensino ●Objetivos Gerais ●Objetivos Específicos ●Objetivos Operacionais Objetivos Gerais Amplos Abrangentes Observáveis a longo prazo Objetivos específicos Concretos Delimitados Observáveis a médio e a curto prazo
  • 9. Exemplos de objetivos ●Objetivo geral Desenvolver a comunicação oral e escrita da Língua Portuguesa. ●Objetivos específicos Identificar as regras de pontuação. Definir os diferentes substantivos. Conjugar o verbo cantar em todos os tempos e modos. Citar as regras básicas da pontuação. Identificar as classes gramaticais.
  • 10. ●Objetivos operacionais Escrever três regras da pontuação, após a explicação do professor. Identificar cinco palavras acentuadas com suas respectivas regras, consultando a gramática.
  • 11. Critérios para a seleção dos conteúdos Significação Validade Utilidade Possibilidade de reelaboração Flexibilidade Interesse Adequação às necessidades culturais e sociais
  • 12. Seleção dos procedimentos Planejados, tendo como ponto de referência os objetivos. Adequados aos conteúdos. Adequados ao nível dos alunos. Adequados às possibilidades da escola, do professor e dos alunos. Relacionados aos demais elementos do plano. Possíveis de serem aplicados na ação concreta na sala de aula.
  • 13. Seleção e organização dos recursos didáticos Os recursos são elementos indispensáveis, que facilitam e apoiam, em conjugação com os métodos, todos os tipos de atividades de ensino aprendizagem (El curriculum, 1980, p. 55). Os recursos didáticos podem ser: Humanos Materiais
  • 14. Processo de avaliação ●Professor Um meio de diagnosticar a realidade dos alunos a fim de poder realizar um ação pedagógica, a partir da realidade e das necessidades dos alunos. ●Aluno Através da avaliação o aluno pode conhecer a sua situação. “Pois o verdadeiro significado da avaliação resume-se em capacitar o educando a se conhecer melhor” (FLEMING, 1970, p. 493).
  • 15. Instrumentos de avaliação objetivos, aos conteúdos da características da disciplina) (adequados aos disciplina e às Testes dissertativos Testes objetivos Exercícios individuais ou grupais Trabalhos de pesquisa Apresentações por escrito ou orais Participação nas atividades Interesse etc.
  • 16. Referências MENEGOLLA, M.; SANT’ANNA, I. M. Por que planejar? Como planejar? Petrópolis: Vozes, 13. ed. 2003.

×