“ O papel do educador do Jornalismo Científico” Laura Barcha
<ul><li>Hoje: conhecimento é condição fundamental para inserção social, política e econômica </li></ul><ul><li>importância...
Jornalismo Científico e Educação <ul><li>Jornalismo científico: vínculo estreito com a educação </li></ul><ul><li>Toda prá...
Prática educadora e prática jornalística <ul><li>Diferenciais do jornalista científico: </li></ul><ul><li>Elaboração da pa...
Educação para a saúde <ul><li>As novas descobertas médicas influenciam a vida das pessoas </li></ul><ul><li>Há 3 pontos im...
Revista Época e TV Globo <ul><li>Época têm circulação nacional, lançada há 5 anos com o intuito de concorrer com a Veja e ...
Gêneros jornalísticos e educação <ul><li>Gêneros jornalísticos divididos em 3 categorias, são elas: </li></ul><ul><li>Info...
<ul><li>Considerações finais </li></ul><ul><li>Entre as 16 matérias consideradas educadoras, houve um equilíbrio quanto ao...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Tr51 carolina boros

369

Published on

Published in: Education, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
369
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Tr51 carolina boros

  1. 1. “ O papel do educador do Jornalismo Científico” Laura Barcha
  2. 2. <ul><li>Hoje: conhecimento é condição fundamental para inserção social, política e econômica </li></ul><ul><li>importância da divulgação científica </li></ul><ul><li>O jornalista científico precisa se sentir comprometido com a educação, atuando também como um “educador informal” </li></ul><ul><li>Intermediador entre o fato científico e a sociedade </li></ul><ul><li>Objetivo do trabalho: discutir a importância social do jornalismo científico </li></ul><ul><li>Para isso o autor realizou análises de conteúdo de medicina e saúde da revista Época, da editora Globo, nos meses de julho de 2001 e julho de 2002 </li></ul>
  3. 3. Jornalismo Científico e Educação <ul><li>Jornalismo científico: vínculo estreito com a educação </li></ul><ul><li>Toda prática de jornalismo científico deve estar permeada pelo questionamento, pois apenas este é capaz de propiciar o entendimento </li></ul><ul><li>Paulo Freire: definiu um novo princípio pedagógico para a educação. Tais conceitos podem se inserir no cotidiano e nas redações especializadas em ciência e tecnologia </li></ul><ul><li>Paulo Freire: concepção de “educação bancária”, é necessário passa da “educação bancária” para a libertadora, ou problematizada </li></ul><ul><li>A educação bancária produziu números alarmantes de analfabetos </li></ul><ul><li>Ciência faz parte do cotidiano social </li></ul><ul><li>O acesso às informações científicas e tecnológicas, além de ser um direito social, é um instrumento para a construção da cidadania. </li></ul>
  4. 4. Prática educadora e prática jornalística <ul><li>Diferenciais do jornalista científico: </li></ul><ul><li>Elaboração da pauta; </li></ul><ul><li>Interpretação dos fatos. </li></ul><ul><li>O jornalista científico deve: </li></ul><ul><li>Não ser ingênuo; </li></ul><ul><li>Entender as leis de consumo, não se sujeitando a elas; </li></ul><ul><li>Divulgar novas tecnologias; </li></ul><ul><li>Usar uma linguagem clara e acessível; </li></ul><ul><li>Ter compromisso com a alfabetização científica dos não iniciados. </li></ul><ul><li>Dessa forma, o jornalismo científico está cumprindo seu papel de educador, porque vai conferindo sentido àquela gama de conteúdos </li></ul>
  5. 5. Educação para a saúde <ul><li>As novas descobertas médicas influenciam a vida das pessoas </li></ul><ul><li>Há 3 pontos importantes: </li></ul>-Há um lobby muito grande dos produtores de ciência para manipular a opinião pública; -Milhões de pessoas são excluídas dos avanços da medicina; -Em países subdesenvolvidos, a comunicação de saúde se torna mais urgente do que em qualquer país desenvolvido.
  6. 6. Revista Época e TV Globo <ul><li>Época têm circulação nacional, lançada há 5 anos com o intuito de concorrer com a Veja e Istoé </li></ul><ul><li>Hoje uma das que mais crescem no Brasil </li></ul><ul><li>Seu conteúdo influenciado pelo cotidiano televisivo </li></ul>Relação de assuntos de medicina e saúde Revista Época – jun/2001 a jul/2002 Assuntos N°. matérias Câncer 7** Clonagem/genética* 7** Boa Forma 5 Coração 5 Aids 2 Dengue 2
  7. 7. Gêneros jornalísticos e educação <ul><li>Gêneros jornalísticos divididos em 3 categorias, são elas: </li></ul><ul><li>Informação; </li></ul><ul><li>Interpretativa; e </li></ul><ul><li>Opinativa. </li></ul><ul><li>O gênero interpretativo é o que mais se amolda à revista Época </li></ul>Gêneros jornalísticos Revista Época – jun/2001 a jul/2002 <ul><li>Nem todas as matérias interpretativas conseguiram atingir uma função educativa </li></ul><ul><li>Para Burkett todo jornalista que escreve sobre ciência, tem que primar pelo questionamento </li></ul><ul><li>Burkett: “os redatores de ciência também devem moderar seu entusiasmo por novos tratamentos e novas drogas [...]”, já que, podem levantar “[...] falsas esperanças em pacientes para quem um novo tratamento ou droga não é adequado ou não oferece um prognóstico melhor” </li></ul>Gêneros N°. matérias Informativas 21 Interpretativas 12 Opinativas - Entrevista* 1 Total 34
  8. 8. <ul><li>Considerações finais </li></ul><ul><li>Entre as 16 matérias consideradas educadoras, houve um equilíbrio quanto ao gênero jornalístico, pois 8 foram classificadas como interpretativas e 7 como informativas. Entretanto, ao se avaliar as 12 matérias consideradas não-educadoras, 10 foram consideradas informativas e apenas 2 interpretativas; </li></ul><ul><li>Os veículos de comunicação só podem realizar a educação científica quando tiverem especialistas em divulgação científica em seus quadros profissionais. O jornalista especializado, minimiza a chance de erros e distorções; </li></ul><ul><li>O jornalista científico consegue perceber a ciência até mesmo quando esta é sutil, e tirar pautas esclarecedoras desses contatos imperceptíveis aos olhos de leigos; </li></ul><ul><li>Quando o jornalista assume uma postura de compromisso com a educação, essas pautas vão ser também instrumentos de formação social. </li></ul>
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×