Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Ppt por thaisa bacco   tr 55 - educomunicação como estratégia de fortalecimento da reputação
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Ppt por thaisa bacco tr 55 - educomunicação como estratégia de fortalecimento da reputação

  • 647 views
Published

 

Published in Technology , Business
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
647
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
9
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Educomunicação como estratégia de fortalecimento da reputação: uma incongruência? (TR 55 - Rita Monte, 2009) Aluna: Thaisa Sallum Bacco Professor: Dr. Ismar Oliveira Soares Disciplina: Educomunicação 15/06/2010
  • 2.
    • MONTE, Rita. Educomunicação como estratégia de fortalecimento da reputação: uma incongruência? In: Educomunicação e reputação organizacional: pontes possíveis na gestão de comunicação de uma rede social no Terceiro Setor. Monografia final do Curso de Gestão da Comunicação, 2009. p.86-99.
  • 3. Educomunicação e reputação organizacional
    • Quais são as pontes existentes entre os universos da Educomunicação e a Reputação ?
    • Qualquer organização pode tomar a Educomunicação como paradigma para sua gestão de comunicação e de projetos? Ou existem organizações onde não é possível praticar a Educomunicação?
  • 4. Educomunicação e reputação organizacional
    • Considerar que as práticas educomunicativas ocorrem em organizações que almejam cidadania , autonomia e solidariedade , por meio da democratização da palavra, das relações horizontais e da participação dialógica.
  • 5. Educomunicação e reputação organizacional
    • As organizações são zonas cinzentas, preocupadas com sua imagem na área de responsabilidade social e sustentabilidade (ambiental, financeira e profissional). Assim, uma empresa pode praticar ações verdadeiras, transparentes e coerentes com os ideais de cidadania , autonomia e solidariedade .
  • 6. Educomunicação e reputação organizacional
    • Reputação: manter canais abertos para falar e para ouvir os diversos públicos de interesse da organização.
    • Para a construção da reputação é necessário agir com foco na coerência entre discurso e ação. A comunicação dialógica pode favorecer a desejada transformação social , tão almejada no Terceiro Setor.
  • 7. Educomunicação e reputação organizacional
    • A Educomunicação como paradigma orienta a Comunicação por esta coerência e pode fortalecer a reputação de uma organização, sempre construída pelo outro.
    • Estudo de caso: Portal Arte na Escola , que ajudou na construção da reputação positiva para o Instituto Arte na Escola
  • 8.  
  • 9. Portal Arte na Escola
    • Instituto Arte na Escola (ONG da Fundação Iochpe) voltado para qualificar os professores de arte das escolas brasileiras.
    • Queriam ampliar o atendimento aos docentes usando a Internet, por meio de convênios com universidades e outras instituições públicas e privadas.
  • 10. Portal Arte na Escola
    • Monica Kondziolková, que era gestora do Instituto, encabeçou a proposta de criar uma plataforma virtual educomunicativa que tinha duas missões:
      • 1) Veicular o discurso institucional
      • 2) Servir à comunidade
  • 11. Portal Arte na Escola
    • Novo site estava baseado nos princípios de acesso e interação e buscou:
      • Fortalecer a identidade visual do Instituto;
      • Posicionar o Instituto frente a um público mais amplo;
      • Adequar o conteúdo à lógica da Internet;
      • Melhorar a usabilidade ;
      • Oferecer novas ferramentas interativas;
      • Criar espaço aos Pólos da Rede.
    • Mudanças foram feitas com base em uma pesquisa que levantou o perfil do público (desejos, preferências e hábitos de consumo)
  • 12. Portal Arte na Escola
    • Depois da reformulação, o trabalho de “gestão da comunicação no espaço educativo começou”, com acompanhamento das ações do público (na Internet isso é possível porque a aferição é precisa)
    • 2004 a 2009 – Portal superou as expectativas mostrando ser um “ novo e estimulante ambiente onde a organização poderia realizar ações para qualificar o ensino da Arte no Brasil.” (MONTE, p.97)
  • 13. Portal Arte na Escola
    • Processo dialógico permitiu que a instituição repensasse sobre o que oferecia, assim houve o fortalecimento da reputação do Arte na Escola e consequentemente a melhora de relacionamento com o público.
    • Resultado: Portal Arte na Escola venceu a categoria Ação Social do Prêmio Top Educação de marcas mais lembradas no segmento de educação na Internet, em 2008.