Your SlideShare is downloading. ×
Ppt por ana lucia tr61_contesting_norms_on_china's_internet
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Ppt por ana lucia tr61_contesting_norms_on_china's_internet

229
views

Published on

Published in: Education, Technology, Business

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
229
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Ana Lúcia Mendes Lopes [email_address] GRUPO 2 Luciana, Thaisa, Wania, Ana Lúcia Contesting Norms on China’s Internet? The party-state, youth, and social change TR 61 Johan Lagerkvist In: Tufte T, Enghel F. Youth engaging with the world. Media, communication and social change. The International Clearing House on Children, Youth and Media, NORDICOM, Sweden, 2009, p. 215-231.
  • 2.
    • “ A criatividade, inovação e experimentação dos jovens chineses na Internet caminha a passos largos apesar de estarem sob o que é considerado o mais sofisticado sistema de censura à Internet existente no mundo”
    • Como isto é possível?
    • Os recursos dirigidos ao controle dos jovens bloggers e jornalistas não é efetivo?
    • O comportamento dos usuários chineses da Internet estaria solapando a legitimidade do governo?
    • Ou, ao contrário, estaria apoiando o governo, como no episódio dos distúrbios no Tibet (Lhasa) em 2008?
  • 3.
    • “ The Chinese people seem to be way ahead of Americans in living a digital life”
    • Barry Diler – “InterActive Corp” Chairman - em discurso proferido na Universidade de Pequim
    • Em julho de 2008 os chineses superaram os americanos em número de usuários na Internet.
    • Os adolescentes chineses estão mais aptos a usar a Internet de novas maneiras
    • Em 2009: 338.000.000 usuários
    • 68.4% entre 20 e 30 anos
    • 5.7% em torno de 15 anos
    • 162.000.000 blogs
    • 33% dos jovens chineses entre 20 e 30 anos atualizam seus blogs
    • são: homens profissionais do meio urbano
  • 4. O contexto social e normativo das blogosferas Chinesas Agências de Estado Mundo dos negócios Jovens
    • O contexto social e normativo no qual as medidas legais e as disposições políticas, emanadas do governo central, regulam e controlam a Indústria da Internet na China é o que determina o comportamento na Internet e na blogosfera chinesa.
    Opinião pública Conteúdo insalubre x conteúdo normal, moderno
  • 5. A blogosfera chinesa e o surgimento do jornalismo cidadão
    • O conteúdo dos blogs chineses corresponde à visão do típico usuário: jovem estudante ou profissional – professor ou “colarinho branco” com boa renda, portanto, por enquanto não representa a sociedade chinesa de modo ampliado.
    • Trata-se da vanguarda da representação de enormes mudanças sociais em curso na sociedade chinesa, relacionadas à identidade e visão de mundo.
    Sister Fu Rong 2005 Mu Zimmei 2004 Denúncias Sobre Trabalho escravo ou infantil
  • 6. A blogosfera chinesa e o surgimento do jornalismo cidadão
    • Geração proveniente da “política do filho único”, os bloggers tendem a agir individualmente, desprezando as crenças, as tradições culturais, a hierarquia e o coletivismo. No entanto, unem-se como comunidade ao serem provocados em seus sentimentos nacionalistas
    • O estado chinês está perdendo a habilidade de influenciar os jovens
    • No entanto, atualmente a maior parte dos chineses ( como os pais, usuários e não usuários -83,5%, 2006) acha necessário o controle sobre o conteúdo (político inclusive - 44%)e o acesso à Internet devido às fraudes, corrupção e notícias falsas.
  • 7. A blogosfera chinesa e o surgimento do jornalismo cidadão
    • Para abordar assuntos políticos usam de linguagem adaptada
    • Também aproveitam eventos de maior impacto para manifestarem sua crítica social e institucional
    • Há bloggers que usam táticas de auto censura: deletam o que pode ser ofensivo; adaptam-se às normas se há interesse comercial; usam de ironia, sutileza e ambivalência como forma de resistência
    • Há predominância de jogos e entretenimento mas como o sistema oficial de mídia é controlado, as notícias de corrupção surgem antes na Internet
    Jornalista Zhou Shuguang (Zola) Contaminação do leite 2008
  • 8. "Great Firewall of China"
    • A "Great Firewall of China" (GFW), oficialmente conhecida como a Golden Shield Project ( 金盾 工程 ), é o sistema que filtra, bloqueia e censura o fluxo de informações on-line dentro da República Popular da China, sancionada pelo governo a fim de " proteger "os seus cidadãos de conteúdo que considere prejudicial à estabilidade da sociedade (ou" harmonia ", como chamam). É um sistema multi-facetado, composto por elementos tecnológicos e humanos que, quando combinados criam uma versão “jardim murado” da Internet, desprovida de todas as coisas que o governo não gosta (http://www.randomwire.com/how-the-great-firewall-of-china-works ).
  • 9. A blogosfera chinesa e o surgimento do jornalismo cidadão
    • Várias entidades oficiais forçam a regulação da Internet
    • Há repressão policial a conteúdos vistos como inadequados pelo partido
    • Estratégia de pagar jovens agentes para usarem linguagem característica do meio jovem e da Internet a fim de supervisionarem comportamentos nos fóruns, blogs e salas de bate-papo (ordem do presidente Hu Jintao)
    • Melhores condições econômicas e de vida na China, com menos pobreza parece provocar a aceitação das normas a fim de manter o status quo
    • No entanto a propaganda do governo chinês tem seu papel cada vez mais difícil, sendo necessário procurar novo modelo de disseminação da informação.
  • 10. A blogosfera chinesa e o surgimento do jornalismo cidadão
    • A propaganda usa o crescimento econômico chinês como fator de legitimidade de suas diretrizes
    • O “adiamento democrático” da China não deve ser atribuído apenas ao rápido crescimento econômico
    • Apesar da evolução da Internet, do aumento de programas alternativos de rádio e TV, da multiplicação de revistas e jornais, a maior parte dos jovens, dos jornalistas e dos usuários de Internet ainda obedecem à posição hegemônica do PC e às políticas do governo.
  • 11. A blogosfera chinesa e o surgimento do jornalismo cidadão
    • Quando os ideais das leis se confrontam com as realidades normativas da sociedade é que há maior dificuldade de implantar normas reguladoras da Internet, segundo o partido Leninista
    • A liberdade de cultivar a própria opinião evoluiu na era pós-Mao, mas ainda persistem na China o constrangimento político e as condições sistêmicas
    • Usuários da blogosfera, sociedade e governo se unem contra os blogs anônimos, mas como não conseguem garantir a privacidade e integridade, bem como falta tecnologia para a verificação da identidade, o governo teve que voltar atrás na lei de “auto disciplina para blog services”, que obrigava o uso do nome real do dono do blog.
  • 12.
    • Um grupo de bloggers não identificados, usando também SMS e postagens em sites de relacionamento e de bate papo, influencia a política local e estrangeira, funcionando como um “tribunal popular” de assuntos políticos e sociais, contribuindo com a formação de opinião online na China
    • Podem atuar anonimamente em temas como racismo, imigração, intolerância, formando opinião e mobilizando, nem sempre por causas eticamente justas ou com informação suficiente (devido à censura)
    O protesto em Weng'an 2008 contra alegado encobrimento à policia pela morte de uma jovem de 16 anos Passeata contra o Japão 2005 Lhasa,Tibet,2008
  • 13.
    • Lagervist argumenta que os “ideais normativos” foram completados por uma outra poderosa norma na sociedade, a “norma parental”, de não usuários da Internet.
    • Estas normas são impugnadas pelos indivíduos na blogosfera, na intenção de proteger sua integridade pessoal, enquanto tentam obter reparação para as injustiças do mundo físico.
    • Também argumenta que o uso da motivação moral de regulação cultural proporcionou um controle da Internet segundo os interesses do partido e do governo chinês
    • O Google, a Microsoft e Yahoo ao não estarem acima dos princípios de não censura aos clientes, acabam por legitimar a regulação dos web cafés na China e tornam a manipulação da opinião pública pelo governo mais fácil, na direção de uma Internet mais“harmoniosa e saudável”.
  • 14. O poder de permanência do Partido Comunista/Estado na era da Internet.
    • Observadores apontaram para o desaparecimento da ideologia socialista ante o crescimento econômico, mas não consideraram a importância do nacionalismo como crucial componente ideológico, bem como a reengenharia da propaganda na manutenção da legitimidade do partido Comunista Chinês
    • A expansão da blogosfera implica em mais discussões de problemas sociais, levando a uma menor confiança no poder
    • Fica a dúvida se o Estado se sobrepujará à ampliação dos jovens que usam a Internet, inclusive entre imigrantes e camponeses, se o pais continuar aberto às influências globais e de mídia