Your SlideShare is downloading. ×
A verdadeira historia_da_mulher
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

A verdadeira historia_da_mulher

90

Published on

Published in: Travel, Entertainment & Humor
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
90
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. A verdadeira história da mulher Conta uma lenda que, no princípio do mundo, quando Deus decidiu criar a mulher, viu que havia esgotado todos os materiais para fazer o homem. Diante do dilema e depois de uma profunda meditação, fez o seguinte: Agarrou a forma arredondada da lua, As suaves curvas das ondas, A terna aderência das bromélias, O trémulo movimento das folhas, A forma esbelta da palmeira, A nuance delicada das flores, O amoroso olhar do cervo, A alegria do raio de sol, As gotas do choro das nuvens, A inconstância do vento, A fidelidade do cão, A vaidade do pavão, A suavidade da pena do cisne, A dureza do diamante, A doçura da pomba,A crueldade do tigre, O ardor do fogo, E a frieza da neve. Misturou ingredientes tão diferentes e formou a mulher! E colocou-a ao lado do homem.Depois de uma semana, o homem veio e disse-Lhe : - Senhor, a criatura que concebeu para estar ao meu lado dá cabo de mim, quer toda a minha atenção, nunca me deixa sozinho, fala sem parar, chora sem motivo e diverte-se fazendo-me sofrer. Venho devolvê-la porque não posso viver com ela. - Está bem, respondeu Deus, segurando a mulher. Uma semana passou e o homem voltou e disse-Lhe: - Senhor, estou muito sozinho desde que devolvi a criatura que fizeste para mim, ela cantava e brincava ao meu lado, olhava-me com ternura e o seu olhar era uma carícia, ria e o seu riso era música, era bonito de se ver e suave ao tacto. Devolva-ma! Não posso viver sem a mulher!!!<br />

×