Your SlideShare is downloading. ×
Redução de custos na Movimentação e Frete E-commerce
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Redução de custos na Movimentação e Frete E-commerce

2,951
views

Published on

Palestra sobre

Palestra sobre


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,951
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
88
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Como reduzir custos na Armazenagem, Movimentação e Frete Prof. Felippi Perez 03/03/2012
  • 2. Expectativas dos Consumidores de E-commerce quanto a Logística  Agilidade  Rastreabilidade  Qualidade  Baixo Custo  Confiabilidade
  • 3. Atividades Logísticas dentro do E-commerce 1ª FasePlanejamento da Demanda Compras Chegada dos Produtos
  • 4. Atividades Logísticas dentro do E-commerce 2ª Fase Recebimento Conferência Armazenagem
  • 5. Atividades Logísticas dentro do E-commerce 3ª FaseRecebimento dos Pedidos Separação (Picking) Conferência Embalagem e Etiquetagem Emissão de DOC fiscais
  • 6. Atividades Logísticas dentro do E-commerce 4ª Fase Expedição Distribuição (Transporte)
  • 7. Reduzindo Custos Através da Armazenagem Custos relacionados Endereçamento Estruturas de Armazenagem
  • 8. Custos relacionados aos Estoques Custo de Aquisição Custo de manutenção do Estoque Custo do espaço de armazenagem Custo de Capital Custo de Risco Custo por falta de estoque
  • 9. Endereçamento R R R R R U U U U U A A A A A A B C D EUm exemplo clássico de endereçamento num CD é a identificação dalocalização através da construção de “ruas”, onde cada uma tem os níveis dearmazenagem numerados e comporta pallets ou contenedores.A numeração é ímpar no lado esquerdo destas “ruas” e par no lado direito, e deacordo com a “altura” ou andar recebe a codificação 101, 201 e assim por dianteconforme os apartamentos num edifício. Essas três coordenadas (rua, número ealtura) constituem o “sistema de referência”.
  • 10. EndereçamentoLado Esquerdo RUA A Lado Direito RUA A R R R R R U U A 306 A 301 A A 303 A 305 U A 302 U A 304 U A A A A A B A 202 A 204 A 206 A 201 A 203 A 205 C D E A 101 A 103 A 105 A 102 A 104 A 106Com os três dados, qualquer operário do armazém ou CD temsempre a posição correta onde buscar ou colocar os produtos.
  • 11. Estruturas Para ArmazenagemBINS Pequenos Pouca quantidade Grande Movimentação
  • 12. Estruturas Para Armazenagem GavetasPrateleiras Pequenos e Médios Pouca quantidade Grande Movimentação Média quantidade
  • 13. Estruturas Para ArmazenagemPorta Paletes Grandes Quantidade Elevada Grande/Média / Pequena Movimentação
  • 14. Reduzindo Custos Na Movimentação  Técnicas de Separação de Pedidos  Organização da Expedição
  • 15. Problemas mais comuns na separação de pedidos Não Contagem achar o errada produto Falta de Troca do comunicação Físico produto x Fiscal Perda do Erro de Código volume no Produto Erro na emissão Erro na da NF etiquetagem
  • 16. Separação de Pedidos (Picking)  Tratar os pedidos “diferentes” de formas diferentes  Planejar a separação  Utilizar equipamentos e recursos realmente necessários Obs. É possível conseguir ganhos de tempo de atendimento e entrega de produtos, reduzindo o tempo da separação
  • 17. Regras Básicas para Movimentação de Carga Fracionada 17
  • 18. Analise frequentemente os dados operacionais Estude Quanto menor a cada distância, maior a cliente produtividade Procure facilitar o As necessidades de picking reduzindo a Infraestrutura devem distância entre os ser avaliadas e produtos de maior reavaliadas movimentação periodicamente Dispor de recursos que Manter osfacilitam a movimentação de pequenas quantidades de endereços de produtos Picking abastecidos Não colocar 2 ou mais SKU s Realizar a classificação em um mesmo endereço ABC, utilizando como (Demanda mais tempo e critério a movimentação induz ao erro)
  • 19. Expedição dos Pedidos  Roteirizar as entregas, de acordo com distância, valor, dificuldade de acesso e prazos  Conferência dos produtos também no carregamento
  • 20. Reduzindo Custos de Transporte  Custos Relacionados  Características Gerais
  • 21. Custos relacionados ao Transporte Custo do frete Custo da operação Custo de Risco Custo por falta ou atraso
  • 22. Infra Estrutura de Transportes Brasileira Condições das Estradas, Portos e Aeroportos Leis de RestriçãoCongestionamento
  • 23.  Auxiliar ao Máximo o trabalho da transportadora ou courier parceiro  Ter sempre mais de um parceiro para a distribuição  Consolidar a maior quantidade de pedidos na mesma coletaA transportadora invariavelmente não conseguirá “tirar” o atrasogerado pela falta de gestão da logística interna.
  • 24. Indicadores de DesempenhoIndicadores de desempenho são métricas quantitativas que refletem aperformance de uma organização na realização de seus objetivos e estratégias.Podem ser chamados de KPIs (Key Performance Indicators) ou Indicadores-Chavede Desempenho, Indicadores de Performance, Métricas de Desempenho, Medidasde Performance, etc. Pedido PerfeitoMede a % de pedidos atendidos no prazo negociado com o Cliente EntregaMede a % de entregas realizadas dentro do prazo combinado com o Cliente. > 95% Acuracidade do InventárioMede a % de acuracidade entre o estoque físico e contábil. > 98% ( Depende doPeríodo)
  • 25. Potenciais Parceiros Logísticos ORGANIZAÇÃO SERVIÇOSTransportadoras, Courier Entregas, Coletas, Logística Reversa, Distribuição, Cross Docking , troca e acompanhamento.Empresas de Manuseio Montagem de Kits, Embalagem, Nacionalização, Verificação e UnitizaçãoArmazéns Gerais Espaço para armazenagemOperadores Logísticos Consolidação das funções das transportadoras ou courier, Empresas de Manuseio, Armazéns Gerais e ainda: gerenciamento de pedidos, emissão de documentos fiscais, recebimento, conferências, Planejamento e Controle de compras, gestão de espaços e recursos e Administração dos demais parceiros na cadeia Logística (Fulfiment )
  • 26. Vantagens 1. Ganhos de agilidade e qualidade nos processos de: Recebimento, armazenagem, se paração, expedição e distribuição. 2. Aumento da capacidade operacional3. Redução de custos Operacionais4. Redução de custos comTransportes5. Eficiência nos controles6. Segurança
  • 27. Vantagens7. Sistema de Gerenciamento de Estoque8. Permite que o cliente foque em seu Core Business9. Embalagem adequada a cada tipo de produto10. Capacidade de manuseio e montagem de Kits
  • 28.  Sentimento de “perda” de controle, por parte daempresa ou dos proprietários Desvantagens Cumprir procedimentos e prazos Todo produto necessita ter um código e omesmo deve estar impresso, colado ou identificadoem cada unidade Um mesmo produto não pode ter dois ou maiscódigos Custos. Apesar de ser variável, o custo daoperação representa um percentual sobre ofaturamento. Percentual que a empresa não estavaacostumada. Dificuldades em entender que a terceirizaçãologística não significa “Passar meus problemas deestoque para outra empresa” e sim “Utilizar umterceiro para me trazer vantagens perante meusconcorrentes”
  • 29. Indicação de LivroVantagens Competitivas no E-commerce através da Logística www.editoralexia.com.br
  • 30. felippi@keepers.com.brwww.logisticananet.blogspot.com@felippiperezFelippi Perez www.slideshare.net/felippi