Abominaçâo

270 views

Published on

O que era abominação na época de Levítico, teria sido apenas praticas sexuais fora do casamento ou homossexualismo ou algo mais sério como um culto que incluía orgias e até sacrifícios humanos? Este estudo vai revelar algo que poucos jamais imaginaram.

Published in: Science
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
270
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
103
Actions
Shares
0
Downloads
9
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Abominaçâo

  1. 1. A adoração ao deus Moloque era considerada uma grande abominação na época de Moises, ele deu sérias advertências ao povo hebreu de quão terrível era este culto a este deus que era adorado com orgias, mutilações e até sacrifícios de Crianças. Neste estudo você vai entender porque as regras dadas em Levítico eram tão rígidas inclusive com pena de morte.
  2. 2. Ao sair do Egito e conduzir o povo Hebreu para uma nova terra, Moisés deu regras rígidas sobre a santificação e como o povo escolhido por Jeová deveria viver, até hoje muitas destas leis são mal compreendida por muitas pessoas. Agora os Hebreus estavam vivendo junto ao povo Cananeu e haviam costumes e crenças no qual eles deviam se manter distante. Moisés viu como o povo se inclinava a idolatria mesmo no deserto, eles desejaram adorar o bezerro de ouro e até a serpente de metal que Deus havia ordenado como símbolo para escapar da maldição das serpentes. No Livro de Levítico que era um tipo de código da santidade Moisés cita quais os tipos de praticas o povo devia se manter longe, todas estas praticas estavam relacionadas o culto que era oferecidos a diversas divindades pagã entre elas o deus Moloque. De acordo com 1 Reis 11;07 próprio rei Salomão se desviou da palavra de Deus e passou a adorar outros deuses, assim como o deus Moloque.
  3. 3. A aparência de Moloque era de corpo humano com a cabeça de boi ou leão, no seu ventre havia uma cavidade em que o fogo era aceso para consumir sacrifícios. Moisés advertiu em Levítico sobre as praticas de adoração de Moloque. Os deuses recebem outros nomes, mas são todos os mesmos, os gregos identificaram este deus cananeu que recebia sacrifícios de criança como Cronos.
  4. 4. Cronos (deus saturno) segundo a mitologia engolia os filhos ao nascerem. Por isto as oferendas de crianças ao este terrível deus. Cronos Comeu todos filhos exceto Zeus, que Reia sua mãe conseguiu salvar enganando Cronos enrolando uma pedra em um pano, o qual ele engoliu sem perceber a troca.
  5. 5. O culto a Moloque em volvia todas aquelas praticas abomináveis condenadas em Levítico, marcas ou golpes no corpo, sexo diante da divindade com o prostitutos e as prostitutas, e até com animais. O próprio deus Moloque tinha cabeça de boi, é possível que a pratica de sexo com animais tenha alguma referência com a adoração com destes animais, há uma referência em Genesis que em Sodoma aqueles moradores estavam indo após outra carne, que pode ser uma referência a sexo com anjos caídos e até com animais. A prostituição a Moloque levava famílias inteiras a cometer incesto, adultérios e fornicação com pessoas do mesmo sexo ou da mesma família.
  6. 6. Por isto havia todas aquelas regras sobre a santidade sexual, já que estas praticas aconteciam envolvendo o culto a Moloque e não propriamente no meio familiar. Aquilo que se chama de homossexualismo hoje é bem diferente do contexto do que acontecia naquela época, homens se deitavam com outros homens por motivos de culto e prostituição sagrada, por isto Levítico classificava aqueles que participavam do culto a Moloque se prostituindo e oferecendo crianças no fogo como uma pratica abominável.
  7. 7. Veja que o culto a Moloque é bem detalhado em Levítico 18, jogar crianças para serem consumidas no fogo, homens praticando orgia com homens e até com animais. Os cultos a estas divindades sempre incluía orgias sexuais, basta pesquisar as relações que existem entre a mitologia destes deuses com suas praticas de adoração que fica bem claro porque isto acontecia. Como dito Saturno (do latim Saturnus) é um deus romano do tempo equivalente ao grego Cronos. Moloque , Saturno ou Cronos, na verdade são os mesmo deus. Cronos é um dos titãs, que com uma foice dada por sua mãe arrancou o penis do seu pai, Urano com uma foice de ferro, com esta mutilação d o pênis de Urano dá origem a deusa Afrodite, deusa da fertilidade, da fecundação. Por isto há toda esta relação com culto ao sexo orgia e até mutilação.
  8. 8. Os tempos e as culturas mudam, mas os deuses são os mesmo, apenas usando novas roupagens, entre os deuses do panteão romano havia uma celebração especialmente dedicadas a Saturno, Cronos. Entre os dias 17 e 23 do mês de Dezembro,celebração chamada de Saturnais. As celebrações iniciavam-se com um sacrifício em honra ao deus no templo de Saturno, ao pé da colina do Capitólio e prosseguiam com um banquete público que dava azo à mais absoluta permissividade e libertinagem. Há um baixo-relevo no museu do Capitólio, uma réplica de um modelo grego, apresenta-o como Cronos, sentado no trono, recebendo das mãos de sua mulher (por vezes chamada Ops ou Cíbele) Daí temos um entendimento da relação que existe do Culto de Cibele com Cronos, no culto de Cibele havia muitas praticas de orgias sexuais e homens se fazendo afeminado e se mutilando, arrancando seu pênis fora. Cronos mutilando pênis de Urano seu pai.
  9. 9. Bom finalizamos então este estudo por aqui, acho que deu pra compreender a relação do culto aos deuses com as praticas de mutilação, orgias e sacrifícios humanos, chamados de Abominação. Uma pesquisa mais aprofundada pode dar mais clareza ao que apresentamos, mas acredito ser o ponto de partida para uma melhor compreensão.

×