Métricas para Contratação de Fábrica de Software - Pontos de Função - ENCOSEP TI Agosto/2013

1,652 views
1,351 views

Published on

A apresentação discute como (e por que) a Análise de Pontos de Função (APF) tornou-se uma opção interessante para contratos de serviços de software. Aborda-se também como a APF funciona, o modelo de custeio baseado em PFs, dificuldades para transição e benefícios em pontencial.
Apresentação feita no Encontro sobre Contratação de Produtos e Serviços de TI na Administração Pública realizado em São José dos Campos em Agosto de 2013 promovido pelo Centro de Computação da Aeronáutica (CCA-SJ).

Published in: Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,652
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
42
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Métricas para Contratação de Fábrica de Software - Pontos de Função - ENCOSEP TI Agosto/2013

  1. 1. Métricas para Contratação de Fábricas de Software - Pontos de Função Guilherme Siqueira Simões guilherme.simoes@fattocs.com.br ENCOSEP TI 2013 Encontro sobre Contratação de Produtos e Serviços de TI na Administração Pública São José dos Campos, 13 a 14 de Agosto de 2013 © FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattoCS.com.br 1
  2. 2. Agenda Terceirização de Serviços de TI Modelos de Contratação de Serviços de Software A Análise de Pontos de Função (APF) O Modelo de Custeio por Ponto de Função Dificuldades para a Transição Perspectivas Benefícios Possíveis © FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattoCS.com.br 2
  3. 3. Terceirização de Serviços de TI A década de 1990 foi caracterizada no Brasil pela Terceirização, inclusive em Tecnologia da Informação Até então o desenvolvimento e manutenção de sistemas era executado majoritariamente por equipes internas (analistas de sistemas e programadores) Atualmente as organizações buscam manter a sua equipe de TI com foco no seu negócio principal (analistas de negócio) e contratam fornecedores com mais especialização em TI para execução dos serviços © FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattoCS.com.br 3
  4. 4. Modelos de Contratação de Serviços de Software Homem-Hora (Body Shopping / Time and Material) Preço Global Fixo Preço Unitário © FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattoCS.com.br 4
  5. 5. Contratação por Homem-Hora Serviços (nem sempre projetos) executados pela alocação de profissionais terceirizados – Remuneração pela qualificação da equipe e esforço gasto – Contrato de gestão mais simples Agilidade na resposta à mudanças de requisitos – Não demanda negociação contratual Remuneração desvinculada dos resultados entregues – Antítese da produtividade Custo do projeto é orientado pelos aspectos internos do trabalho (quanto de esforço e nível de especialização). Estes aspectos estão sob controle do fornecedor © FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattoCS.com.br 5
  6. 6. Contratação por Preço Global Fixo Custo do projeto definido em função do escopo apresentado pelo cliente – Escopo precisa ser bem definido – Preço embute risco do escopo (ônus do fornecedor) Previsibilidade de custo (?) – E se o preço foi mal estabelecido? – E se o escopo mudar? – O “fixo” torna-se variável e leva a nova negociação, mas em que condições? Como trabalhar num preço fixo e escopo fechado se a única certeza sobre um projeto de software é que mudanças de requisitos irão ocorrer? © FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattoCS.com.br 6
  7. 7. Contratação via Preço Unitário Quando a unidade de remuneração representa uma entrega de valor para o cliente, há mais equilíbrio entre riscos e responsabilidades entre cliente e fornecedor – Produtividade – Escopo Fornecedor Cliente O desafio é ter uma unidade que seja: – Medida de forma consistente e uniforme – Orientada ao negócio do cliente – Auditável Daí PF para medir de contratos de fábrica de software © FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattoCS.com.br 7
  8. 8. Análise de Pontos de Função (APF) Técnica de medição das funções de um software sob o ponto de vista do usuário – Onde Usuário é qualquer pessoa ou coisa que se comunica ou interage com o software a qualquer momento – Ponto de Função (PF) é a sua unidade de medida © FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattoCS.com.br 8
  9. 9. Objetivos da APF Medir funções – Solicitadas e recebidas pelo usuário do software – De projetos de desenvolvimento e manutenção de software de forma independente de sua implementação Ser um método de medição – Consistente: pessoas diferentes medindo devem chegar ao mesmo resultado – Simples: o esforço de medição deve onerar o mínimo o esforço total do projeto © FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattoCS.com.br 9
  10. 10. Como é feita a medição? A análise “quebra” o sistema em funções que – Permitem ao usuário interagir com o sistema – Funções de Transação – E armazenar dados – Funções de Dados Atribui um peso (pontos de função) para cada uma delas consultas externas entradas externas saídas externas Fatto Sistemas __________________ Sumário Executivo de Projeto Projeto : BR01020 Cliente : Banco Istabel Base : 31/05/1998 Custos x Faturado ...................... ...................... ...................... ...................... ...................... ...................... ...................... arquivos de interface externa © FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattoCS.com.br arquivos lógicos internos fronteira da aplicação 10
  11. 11. Exemplo de Medição de 31 PFs  Cada função identificada é classificada quanto ao tipo e à complexidade ALI SE EE EE EE © FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattoCS.com.br CE 11
  12. 12. Requisitos e a ISO/IEC 14.143 © FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattoCS.com.br 12
  13. 13. Modelo de Custeio por PF EsforçoH TamanhoPF Taxa de En trega Produtivid ade Taxa Entrega H PF Horas ou R$ Pontos de Função Pontos de Função Homem / Mês PRODUTIVIDADE - razão de bens ou serviços produzidos por unidades de trabalho e custo © FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattoCS.com.br 13
  14. 14. Qual indicador H/PF usar? EsforçoH TamanhoPF Taxa Entrega H PF Classificação de projetos por similaridade 9 H/PF 8 H/PF 15 H/PF 14 H/PF 12 H/PF 9 H/PF ?? H/PF 14 H/PF 5 H/PF © FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattoCS.com.br 14
  15. 15. Indicadores derivados do tamanho (PF) O tamanho em PF junto com outras métricas “primárias”, permitem a geração de vários indicadores: Produtividade – Horas / PF – Custo = R$ / PF – Capacidade = PF / Homem-Mês Qualidade – Densidade de Defeitos = Defeitos / PF Escopo – Estabilidade dos requisitos = PFatual / PFinicial – Baseline da organização – Tamanho do backlog = ∑ PF Projetos © FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattoCS.com.br 15
  16. 16. Acordos de Nível de Serviço (SLA’s) Gestão com base em aspectos externos ao projeto e reconhecidos pelo contratante Prazo: Limite derivado do tamanho funcional (PF) Qualidade: Densidade de erros e defeitos por PF Capacidade: Volume de PFs entregues no mês Produtividade: O SLA é o próprio preço! Uma boa prática é prever um período inicial (ex.: 90 dias) de estabilização do contrato para que as SLAs possam ser aplicadas Vejamos um exemplo de SLA aplicada a um projeto de um sistema com 08 CRUDs (~300 PFs) © FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattoCS.com.br 16
  17. 17. Exemplo de SLA de Prazo  Caixa - utiliza a fórmula (calibrada) do prazo do COCOMO II Tamanho E 168 Prazo J 300 PF em 4,02 Meses em 10 Hh/PF TDev 3,67 K SCED % 100 5 SF j 0 , 28 PM NS Tamanho (PF) J E >=45 e <=300 2 2,5 0,75 x Fator de Produtividade > 1000 e < 3000 3 500 0,50 x Fator de Produtividade > 300 e <=1000 j 1 1,00 x Fator de Produtividade © FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattoCS.com.br K 0,31888 17
  18. 18. Dificuldades para a Transição Implantar a cultura de projeto (planejar!) Estabelecer o modelo com referência em dados históricos próprio (preço, produtividade, SLA’s) Segregar atividades ligadas a desenvolvimento/manutenção de software – Nem toda atividade de TI é relacionada a isso – Fábrica de software serve para desenvolver/manter software Aprender a medir corretamente “Saber pedir” corretamente. Usar a regra do jogo a seu favor © FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattoCS.com.br 18
  19. 19. Perspectivas O uso de PFs em contratos é feito desde final de 1990 – Difusão moderada mas consistente e crescente A partir de 2008, a adoção ao uso de PFs acelerou-se no governo federal por causa da IN04 – Governos estaduais e municipais tem seguido a mesma diretriz O mercado privado também vem usando a abordagem: Bradesco, OI, TAM, Porto Seguro, Redecard, Totvs Brasil é o país com maior quantidade de usuários da APF © FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattoCS.com.br 19
  20. 20. Benefícios Possíveis Quando aplicado adequadamente, o modelo de contratação de fábrica de software por ponto de função possibilita – Aumento na vazão das demandas (interesse do fornecedor é maximizar as entregas e com isso seu faturamento) – Redução de custos (correção de defeitos e improdutividade é ônus do fornecedor) – Melhoria na qualidade de requisitos dos projetos, gerando menos retrabalho (a APF ajuda indiretamente a verificar e validar requisitos) – Visibilidade dos resultados entregues no serviço © FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattoCS.com.br 20
  21. 21. Saiba mais sobre Ponto de Função... Perguntas frequentes sobre APF www.fattocs.com.br/faq.asp Livro “Análise de Pontos de Função: Medição, Estimativas e Gerenciamento de Projetos de Software” © FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattoCS.com.br 21
  22. 22. Encerramento Obrigado pela atenção e participação! Guilherme Siqueira Simões guilherme.simoes@fattocs.com.br (11) 4063-4658 © FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattoCS.com.br 22

×