Seminario Projeto Estruturador Dez 09 V7
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Seminario Projeto Estruturador Dez 09 V7

on

  • 897 views

 

Statistics

Views

Total Views
897
Views on SlideShare
888
Embed Views
9

Actions

Likes
0
Downloads
6
Comments
0

2 Embeds 9

http://www.simi.org.br 8
http://www.slideshare.net 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Seminario Projeto Estruturador Dez 09 V7 Presentation Transcript

  • 1.
  • 2. Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado
    Rede de Inovação Tecnológica
    “Ampliar a capacidade de inovação tecnológica do setor produtivo”
  • 3. REDE DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
    Empresas Inovadoras
    ICT
    Agentes
    EDITAIS
    INDUZIDOS
    ARCABOUÇO LEGAL
    PLATAFORMA SIMI
    TIB
    D
    ESI
    GN
    GESTAO
    CENTRAL
    D E
    PROJETOS
    PARCERIAS
    PROJETOS
    ESPECIAIS
    Parques Tecnológicos
    Incubação
    NIT
    Programa de Incentivo a Inovação – PII
    Empreendedorismo
  • 4. REDE DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
    Empresas Inovadoras
    ICT
    Agentes
    EDITAIS
    INDUZIDOS
    ARCABOUÇO LEGAL
    PLATAFORMA SIMI
    TIB
    D
    ESI
    GN
    GESTAO
    CENTRAL
    D E
    PROJETOS
    PARCERIAS
    PROJETOS
    ESPECIAIS
    Parques Tecnológicos
    Incubação
    NIT
    Programa de Incentivo a Inovação – PII
    Empreendedorismo
  • 5. Fomento à cultura empreendedora
    Escopo: incitar o surgimento e o desenvolvimento do perfil empreendedor nos cidadãos mineiros, jovens e adultos.
    Meta: Empreendedor capacitado
  • 6. Fomento à cultura empreendedora
    Realizações 2009:
    • Jovens Empreendedores: Professores Capacitados em 2009: 365
    • 7. Núcleo de Apoio ao Empreendedor: 2 Encontros no ano de 2009 com a participação de 53 CVTs
    • 8. Prospecção de novas metodologias/tecnologias (CTBC)
    Entregas 2010:
    • 200 alunoscertificados no curso de empreendedorismoaté o final do ano
    • 9. 60 professorescapacitados no ProjetoJovensEmpreendedoresatéjulho
    • 10. Melhoria da infraestrutura de 10 Núcleos de ApoioaoEmpreendedor
  • REDE DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
    Empresas Inovadoras
    ICT
    Agentes
    EDITAIS
    INDUZIDOS
    ARCABOUÇO LEGAL
    PLATAFORMA SIMI
    TIB
    D
    ESI
    GN
    GESTAO
    CENTRAL
    D E
    PROJETOS
    PARCERIAS
    PROJETOS
    ESPECIAIS
    Parques Tecnológicos
    Incubação
    NIT
    Programa de Incentivo a Inovação – PII
    Empreendedorismo
  • 11. Programa de Incentivo a Inovação
    Escopo: Projetos de pesquisa de ICT’s transformados em inovações tecnológicas.
    Meta: APL/ ICT com Programa de Incentivo a Inovação implantado
  • 12. Programa de Incentivo à Inovação - PII
    HISTÓRICO (Até outubro 2009)
  • 13. Programa de Incentivo à Inovação - PII
    Entregas 2010
    • Finalização de Protótipos de PII's em andamento
    • 14. Viçosa - atémarço
    • 15. UFMG - atéoutubro
    • 16. Agroenergia (UFLA) - atédezembro
    • 17. PII's em inicialização (instrumentosjurídicospactuados)
    • 18. PII Juiz de Fora 2
    • 19. PII TriânguloMineiro (UFU)
    • 20. PII Fiocruz
    • 21. PII CETEC
    • 22. PII Biotecnologia
    • 23. Toolkit PII e Rede IDEA
    • 24. Recursosadicionaiscaptados com o SEBRAE
    • 25. Modelagem da Redejádefinida
  • REDE DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
    Empresas Inovadoras
    ICT
    Agentes
    EDITAIS
    INDUZIDOS
    ARCABOUÇO LEGAL
    PLATAFORMA SIMI
    TIB
    D
    ESI
    GN
    GESTAO
    CENTRAL
    D E
    PROJETOS
    PARCERIAS
    PROJETOS
    ESPECIAIS
    Parques Tecnológicos
    Incubação
    NIT
    Programa de Incentivo a Inovação – PII
    Empreendedorismo
  • 26. Consolidação e ampliação da capacidade das Incubadoras
    Escopo: Promoção do movimento de incubação com o objetivo de gerar empresas de base tecnológica inovadoras e competitivas.
    Meta: Empresas graduadas
  • 27. Consolidação e ampliação da capacidade das Incubadoras
    Investimentos significativos
    PrincipaisImpactos
    • Faturamento total de empresas incubadas e graduadas: R$ 64.674.811,22;
    • 28. Empresas Graduadas: 200 (desde que iniciou o movimento de incubação);
    • 29. 280 novos produtos e serviços de alta tecnologia lançados;
    • 30. 7.732 postos de trabalho gerados direta e indiretamente;
    • 31. Total de impostos gerados apenas pelas empresas incubadas: R$ 2.681.761,68;
    • 32. Crescimento global no faturamento de 2009 (empresas incubadas): 50,65%
    Entregas 2010
    • Prointec -Reforma da incubadoraconcluída em setembro
    • 33. Inova/UFMG - Reforma da incubadoraconcluída em maio
    • 34. 26 empresasgraduadas em 2010 até o final do ano
    • 35. 4 incubadoras com processos certificados
  • Consolidação e ampliação da capacidade das Incubadoras
    PROINTEC – Santa Rita do Sapucaí.
  • 36. REDE DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
    Empresas Inovadoras
    ICT
    Agentes
    EDITAIS
    INDUZIDOS
    ARCABOUÇO LEGAL
    PLATAFORMA SIMI
    TIB
    D
    ESI
    GN
    GESTAO
    CENTRAL
    D E
    PROJETOS
    PARCERIAS
    PROJETOS
    ESPECIAIS
    Parques Tecnológicos
    Incubação
    NIT
    Programa de Incentivo a Inovação – PII
    Empreendedorismo
  • 37. NIT - Núcleo de Inovação Tecnológica
    Escopo: Ampliação, estruturação e consolidação dos NITs nas ICTs.
    Meta: Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) consolidado
  • 38. NIT - Núcleo de Inovação Tecnológica
    Realizações 2009:
    • Implantação dos NIT’s em todas as ICT’s mineiras
    • 39. Edital 2007: 15 centros apoiados
    • 40. Edital 2008: 17 centros apoiados
    • 41. Fortalecimento da RMPI – Rede Mineira de Propriedade Intelectual
    • 42. Aquisição de bases de dados internacionais
    • 43. Desenvolvimento do Portal
    • 44. Indicador do Banco Mundial
    • 45. SeminárioBanco Mundial: Comercialização e Transferência de Tecnologia
    Entregas 2010:
    • 3 novos NIT's estruturados com pedido de propriedadeintelectualdepositadoaté o final do ano
  • REDE DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
    Empresas Inovadoras
    ICT
    Agentes
    EDITAIS
    INDUZIDOS
    ARCABOUÇO LEGAL
    PLATAFORMA SIMI
    TIB
    D
    ESI
    GN
    GESTAO
    CENTRAL
    D E
    PROJETOS
    PARCERIAS
    PROJETOS
    ESPECIAIS
    Parques Tecnológicos
    Incubação
    NIT
    Programa de Incentivo a Inovação – PII
    Empreendedorismo
  • 46. Implantação de Parques Tecnológicos
    Escopo: Prover a infra-estrutura física e lógica para atração de investimentos intensivos em tecnologia e promover a inovação.
    Meta: Parque Tecnológico Implantado
  • 47. Implantação de Parques Tecnológicos
    • BHTEC
    • 48. Problemas de cálculoestrutural do edifícioinstitucional
    • 49. Definição da ida da FIOCRUZ para o Parque
    • 50. Estudoimobiliário em andamento
    • 51. Viçosa
    • 52. Fase 1 do Parque em finalização
    • 53. Definição da instalação da Rizoflora
    • 54. Itajubá
    • 55. Obras da Fase 1 em andamento
    • 56. 2 centrosjá em operação
    • 57. Juiz de Fora
    • 58. Compra do terreno do Parque
    • 59. Estudos de viabilidadefinalizados
    • 60. Lavras
    • 61. Conclusão e homologação dos estudos iniciais de viabilidadetécnica e econômica
  • Implantação de Parques Tecnológicos
    • Dificuldades de Liberação dos Recursos da FINEP
    • 62. 2a Reunião de Parques Tecnológicos – Itajubá
    Entregas 2010:
    • Belo Horizonte
    • 63. Prédioentregue em agosto com modelo de ocupaçãodefinido
    • 64. Itajubá
    • 65. Inauguração dos Prédios em março
    • 66. Infra-estruturaurbana da Fase 1 entregue em novembro
    • 67. Viçosa
    • 68. Obras da Fase 2 entregues em junho
  • Implantação de Parques Tecnológicos
    BHTEC
    Itajubá
    Viçosa
  • 69. Atração de Empreendimentos para os Parques
    Escopo: Atração de empresas de base tecnológica, laboratórios de P&D, Centros de Excelência, etc., e suporte aos escritórios dos Parques e ações de âmbito ambiental.
    Meta: Empreendimento Atraído para os Parques Tecnológicos
  • 70. Atração de Empreendimentos para os Parques
    Realizações 2009:
    • 6 empreendimentos atraídos
    • 71. Crisefinanceira
    • 72. Criação do “Comitê de Alinhamento e Atração de Empreendimentos”
    Entregas 2010
    • 16 empreendimentos atraídos
    • 73. 5 Parques associados à IASP (International Association of Science Parks) com perfilestratégicodefinidopelaassociação
    • 74. Participação em feira em São José dos Campos - SP
  • REDE DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
    Empresas Inovadoras
    ICT
    Agentes
    EDITAIS
    INDUZIDOS
    ARCABOUÇO LEGAL
    PLATAFORMA SIMI
    TIB
    D
    ESI
    GN
    GESTAO
    CENTRAL
    D E
    PROJETOS
    PARCERIAS
    PROJETOS
    ESPECIAIS
    Parques Tecnológicos
    Incubação
    NIT
    Programa de Incentivo a Inovação – PII
    Empreendedorismo
  • 75. Centro Minas Design
    Escopo: design como um recurso estratégico para a competitividade das empresas mineiras.
    Meta: Empresas atendidas
  • 76. Centro Minas Design
    Realizações 2009:
    • Efetivação de parceria com a Politécnica de Torino, com a realização de intercâmbio de estudantes e reconhecimentointernacional de diplomas naárea de engenhariamecatrônica.
    • 77. O Centro Minas Design foiescolhidopeloMinistério do Desenvolvimento para ser o organizador da Bienal do Design de 2011.
    • 78. Entregas2010
    • 79. 25 empresasatendidaspelo Centro Minas Design até o final do ano
    • 80. Ano do Design 2010
    • 81. Realização de eventos do Ano do Design em maio e novembro
    • 82. Design Social
    • 83. Mostras de Design em 3 comunidades (julho, novembro e dezembro)
    • 84. RedesSetoriais de Design
    • 85. Implantação de Plano de Ação para 5 RedesSetoriais de Design até o final do ano
  • Laboratório Integrado de Design de Embalagens
    Escopo: Implantação e operacionalização do Laboratório para contribuir estrategicamente no incremento da competitividade dos produtos e serviços do Estado.
    Meta: Laboratório implantado e em operação
  • 86. Laboratório Integrado de Design de Embalagens
    • Problemas com a licitação: paralisação
    • 87. Dependendo de volta da arrecadação em 2010 para suplementação
    • 88. Possibilidade de ir para o BHTEC
  • REDE DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
    Empresas Inovadoras
    ICT
    Agentes
    EDITAIS
    INDUZIDOS
    ARCABOUÇO LEGAL
    PLATAFORMA SIMI
    TIB
    D
    ESI
    GN
    GESTAO
    CENTRAL
    D E
    PROJETOS
    PARCERIAS
    PROJETOS
    ESPECIAIS
    Parques Tecnológicos
    Incubação
    NIT
    Programa de Incentivo a Inovação – PII
    Empreendedorismo
  • 89. Tecnologia Industrial Básica
    Escopo: Promover a Inovação nas empresas não intensivas em Tecnologia através da homologação dos Laboratórios de Metrologia de MG e da capacitação de seus parceiros/clientes.
    Meta: Laboratório Homologado
  • 90. Tecnologia Industrial Básica
    Realizações 2009:
    • Implantação da Rede Metrológica:
    • 91. Parceiros: SEBRAE, IEL, SECTES, IPEM, INMETRO
    • 92. RMMG constituída juridicamente
    • 93. Encontro de Inovação e Seminário de TIB realizados.
    • 94. Disseminação da TIB:
    • 95. Edital FAPEMIG: modernização de laboratórios, cerca de R$1.400.000 investidos.
    • 96. Assinatura do Convênio SIBRATEC – extensão tecnológica.
    Entregas 2010:
    • 18 processos de homologação de laboratórioconcluídos
    • 97. Operacionalização do Sibratec em todo o Estado até o final do ano
  • REDE DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
    Empresas Inovadoras
    ICT
    Agentes
    EDITAIS
    INDUZIDOS
    ARCABOUÇO LEGAL
    PLATAFORMA SIMI
    TIB
    D
    ESI
    GN
    GESTAO
    CENTRAL
    D E
    PROJETOS
    PARCERIAS
    PROJETOS
    ESPECIAIS
    Parques Tecnológicos
    Incubação
    NIT
    Programa de Incentivo a Inovação – PII
    Empreendedorismo
  • 98. CENTRAL DE PROJETOS
    Escopo: acompanhar a apresentação de projetos (monitoramento projetos em andamento) e orçamentos junto a FAPEMIG: projetos especiais, estruturadores e endogovernamentais.
    Meta: Projetos elaborados e submetidos a captação
  • 99. CENTRAL DE PROJETOS
    Realizações 2009:
    • A Central de Projetosiniciou em meados de 2009 o monitoramento dos projetosestruturadores, especiais e endogovernamentais, em parceria com a FAPEMIG
    • 100. Em 2009 foramsubmetidos, por meio da Central,126 projetos, totalizando o montante de 65,6 milhões
    Entregas 2010:
    • 57 Projetosmapeados e monitorados
  • REDE DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
    Empresas Inovadoras
    ICT
    Agentes
    EDITAIS
    INDUZIDOS
    ARCABOUÇO LEGAL
    PLATAFORMA SIMI
    TIB
    D
    ESI
    GN
    GESTAO
    CENTRAL
    D E
    PROJETOS
    PARCERIAS
    PROJETOS
    ESPECIAIS
    Parques Tecnológicos
    Incubação
    NIT
    Programa de Incentivo a Inovação – PII
    Empreendedorismo
  • 101. EDITAIS INDUZIDOS
    Escopo: implementação estratégica da inovação no Estado.
    Meta: Edital lançado
  • 102. EDITAIS INDUZIDOS
    Editais induzidos em 2009:
    • TIB
    • 103. Incubadoras
    • 104. NIT
    • 105. Apoio ao design nas empresas
    • 106. Cadeia produtiva automotiva
    • 107. Mestre e Doutores nas Empresas
    • 108. Editais de Mestres e DoutoresnasEmpresas em parceria:
    • 109. FIAT: captação de R$1 milhão
    • 110. Braskem: captação de R$700 mil
    Entregas 2010:
    • 4 editaisinduzidoslançadosatéoutubro
    • 111. Corte Financeiro
  • REDE DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
    Empresas Inovadoras
    ICT
    Agentes
    EDITAIS
    INDUZIDOS
    ARCABOUÇO LEGAL
    PLATAFORMA SIMI
    TIB
    D
    ESI
    GN
    GESTAO
    CENTRAL
    D E
    PROJETOS
    PARCERIAS
    PROJETOS
    ESPECIAIS
    Parques Tecnológicos
    Incubação
    NIT
    Programa de Incentivo a Inovação – PII
    Empreendedorismo
  • 112. Sistema Mineiro de Inovação - SIMI
    Escopo: articular e integrar os agentes de inovação no Estado.
    Meta: Inovação Incorporada
  • 113. Sistema Mineiro de Inovação - SIMI
    Realizações 2009:
    • 10 encontros de inovaçãorealizados
    • 114. O número de usuários do SIMI triplicou em
    2009
    Entregas 2010:
    • 7 novas funcionalidadesimplantadas no portal
    SIMI até o final do ano
    • Realização do 2o FórumMineiro de Inovação em
    abril
    • Promoção de 5 Encontros de Inovaçãoaté o final do ano
    Crescimento de 100% da base de usuários do portal até o final do ano
    • Promoção de interação de 50 interações físicas/virtuais entre
    pesquisadores, empresas e agentes de apoioaté o final do ano
  • 115. REDE DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
    Empresas Inovadoras
    ICT
    Agentes
    EDITAIS
    INDUZIDOS
    ARCABOUÇO LEGAL
    PLATAFORMA SIMI
    TIB
    D
    ESI
    GN
    GESTAO
    CENTRAL
    D E
    PROJETOS
    PARCERIAS
    PROJETOS
    ESPECIAIS
    Parques Tecnológicos
    Incubação
    NIT
    Programa de Incentivo a Inovação – PII
    Empreendedorismo
  • 116. Matriz de Causa e Efeito
  • 117. EstruturaLógica do Projeto
  • 118. Fatores de contexto
  • 119. Matriz da estrutura lógica – RIT (modelo)
    Objetivos
    Produtos
    Resultados
    Ações
    Impactos
    Monitoramento - GERAIS
    Avaliação - EpR
    Central de Projetos
    Monitoramento operacional
    Eficiência
    Efetividade
    Eficácia
    Otimização dos recursos utilizados (insumos X resultados)
    Grau de alcance dos resultados
    Objetivos pretendidos X resultados
  • 120. Matriz de Interações
    • RIT: transversalidade
    • 121. Verarquivo excel