Your SlideShare is downloading. ×
Analise dos Processos para Tomada de Decisoes
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Analise dos Processos para Tomada de Decisoes

2,390
views

Published on


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,390
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
108
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide
  • Boa Tarde
  • A minha apresentação segue o seguinte roteiro: os objetivos e a motivação da minha tese, vamos apresentar a definição formalizada de ontologia, o problema do Povoamento de Ontologias e as áreas de conhecimento Processamento da Linguagem Natural, Aprendizagem de Máquina e Extração de Informação. Um estudo comparativo das técnicas atuais para o Povoamento de Ontologias, finalizando com as conclusões e os trabalhos futuros.
  • A minha apresentação segue o seguinte roteiro: os objetivos e a motivação da minha tese, vamos apresentar a definição formalizada de ontologia, o problema do Povoamento de Ontologias e as áreas de conhecimento Processamento da Linguagem Natural, Aprendizagem de Máquina e Extração de Informação. Um estudo comparativo das técnicas atuais para o Povoamento de Ontologias, finalizando com as conclusões e os trabalhos futuros.
  • A minha apresentação segue o seguinte roteiro: os objetivos e a motivação da minha tese, vamos apresentar a definição formalizada de ontologia, o problema do Povoamento de Ontologias e as áreas de conhecimento Processamento da Linguagem Natural, Aprendizagem de Máquina e Extração de Informação. Um estudo comparativo das técnicas atuais para o Povoamento de Ontologias, finalizando com as conclusões e os trabalhos futuros.
  • A aquisição de conhecimento é um trabalho tedioso, tendo que o especialista de domínio identificar manualmente as instâncias, consome muito tempo e é complexo.
  • A minha apresentação segue o seguinte roteiro: os objetivos e a motivação da minha tese, vamos apresentar a definição formalizada de ontologia, o problema do Povoamento de Ontologias e as áreas de conhecimento Processamento da Linguagem Natural, Aprendizagem de Máquina e Extração de Informação. Um estudo comparativo das técnicas atuais para o Povoamento de Ontologias, finalizando com as conclusões e os trabalhos futuros.
  • A minha apresentação segue o seguinte roteiro: os objetivos e a motivação da minha tese, vamos apresentar a definição formalizada de ontologia, o problema do Povoamento de Ontologias e as áreas de conhecimento Processamento da Linguagem Natural, Aprendizagem de Máquina e Extração de Informação. Um estudo comparativo das técnicas atuais para o Povoamento de Ontologias, finalizando com as conclusões e os trabalhos futuros.
  • A minha apresentação segue o seguinte roteiro: os objetivos e a motivação da minha tese, vamos apresentar a definição formalizada de ontologia, o problema do Povoamento de Ontologias e as áreas de conhecimento Processamento da Linguagem Natural, Aprendizagem de Máquina e Extração de Informação. Um estudo comparativo das técnicas atuais para o Povoamento de Ontologias, finalizando com as conclusões e os trabalhos futuros.
  • A minha apresentação segue o seguinte roteiro: os objetivos e a motivação da minha tese, vamos apresentar a definição formalizada de ontologia, o problema do Povoamento de Ontologias e as áreas de conhecimento Processamento da Linguagem Natural, Aprendizagem de Máquina e Extração de Informação. Um estudo comparativo das técnicas atuais para o Povoamento de Ontologias, finalizando com as conclusões e os trabalhos futuros.
  • A minha apresentação segue o seguinte roteiro: os objetivos e a motivação da minha tese, vamos apresentar a definição formalizada de ontologia, o problema do Povoamento de Ontologias e as áreas de conhecimento Processamento da Linguagem Natural, Aprendizagem de Máquina e Extração de Informação. Um estudo comparativo das técnicas atuais para o Povoamento de Ontologias, finalizando com as conclusões e os trabalhos futuros.
  • Transcript

    • 1. Fábio Vieira Orientadora: Profª Drª. Rosario Girardi Análise dos Processos para Tomada de Decisões Análise dos Sistemas Baseados em Conhecimento para Apoio às Decisões
    • 2. Roteiro
      • Objetivos
      • Motivação
      • Processo de tomada de decisão em uma organização
      • Decisões em ambientes diferentes
      • Técnicas para tomada de decisões
      • Metodologias para tomada de decisões nas organizações
      • Conclusões e Trabalhos Futuros
      26 de Outubro de 2011 Fábio Vieira- UFMA
    • 3. Roteiro
      • Objetivos
      • Motivação
      • Processo de tomada de decisão em uma organização
      • Decisões em ambientes diferentes
      • Técnicas para tomada de decisões
      • Metodologias para tomada de decisões nas organizações
      • Conclusões e Trabalhos Futuros
      26 de Outubro de 2011 Fábio Vieira- UFMA
    • 4. Objetivos
      • Objetivo Geral:
        • Conhecer os processos de tomada de decisão.
      • Objetivos Específicos:
        • Estudo das decisões em ambientes diferentes.
        • Estudo das técnicas para tomada de decisões.
        • Estudo das metodologias no processo de tomada de decisões.
      26 de Outubro de 2011 Fábio Vieira- UFMA
    • 5. Roteiro
      • Objetivos
      • Motivação
      • Processo de tomada de decisão em uma organização
      • Decisões em ambientes diferentes
      • Técnicas para tomada de decisões
      • Metodologias para tomada de decisões nas organizações
      • Conclusões e Trabalhos Futuros
      26 de Outubro de 2011 Fábio Vieira- UFMA
    • 6. Motivação
      • Processo de tomada de decisões
        • Tipos e níveis de decisão
      • Decisões em diversos tipos de ambientes
      • Técnicas e metodologia para tomada de decisões
      26 de Outubro de 2011 Fábio Vieira- UFMA
    • 7. Roteiro
      • Objetivos
      • Motivação
      • Processo de tomada de decisão em uma organização
      • Decisões em ambientes diferentes
      • Técnicas para tomada de decisões
      • Metodologias para tomada de decisões nas organizações
      • Conclusões e Trabalhos Futuros
      26 de Outubro de 2011 Fábio Vieira- UFMA
    • 8. PROCESSO DE TOMADA DE DECISÃO EM UMA ORGANIZAÇÃO
      • Problemas complexos
      26 de Outubro de 2011 Fábio Vieira- UFMA
      • Riscos
      • Incerteza
    • 9. PROCESSO DE TOMADA DE DECISÃO EM UMA ORGANIZAÇÃO
      • Análise
      Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011
    • 10. PROCESSO DE TOMADA DE DECISÃO EM UMA ORGANIZAÇÃO Tipos de Problemas de Decisão Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011 Tipo de Decisão Descrição Estruturada Apresenta procedimento operacional padrão, bem definido e claramente projetado Semi-estruturada Não é totalmente bem definida, porém incluem aspectos de estruturação Não-estruturada Não apresentam qualquer padrão de procedimento operacional, não se repetem
    • 11. PROCESSO DE TOMADA DE DECISÃO EM UMA ORGANIZAÇÃO Níveis de Problemas de Decisão Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011 Nível Descrição Estratégico Decisão para dois a cinco anos. É aquela que se preocupa principalmente com problemas externos, ou com a empresa e seu ambiente em geral Tático Decisão para alguns meses a até dois anos. Preocupa-se com a estruturação dos recursos da empresa, de modo a criar alternativas de execução que visam os melhores resultados Operacional Alguns dias ou alguns meses. Visa maximizar a eficiência do processo de conversão dos recursos, a rentabilidade das operações correntes Liberação Decisão para algumas horas ou alguns dias
    • 12. PROCESSO DE TOMADA DE DECISÃO EM UMA ORGANIZAÇÃO
      • Um problema de decisão não pode ser resolvido apenas por meios científicos, fato comprovado através das crises financeiras mundiais provocadas pelos especuladores financeiros.
      Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011
    • 13. PROCESSO DE TOMADA DE DECISÃO EM UMA ORGANIZAÇÃO O que Pode Contribuir para o Sucesso no Processo de Tomada de Decisões? Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011 Item Descrição Responsabilidade e transparência Existem leis e penalidades que devem ser obedecidas pelas decisões tomadas pelas pessoas Especialização A tomada de decisão deve estar baseada em conhecimentos profundos de um especialista Coordenação As melhores alternativas de decisão não são suficientes sem uma coordenação atuante Líder Uma decisão pode dar resultado negativo, mas a força do poder econômico aliada ao bom-senso nas decisões podem cobrir eventuais fracassos em algumas batalhas Tempo Permite aguardar o aparecimento de uma oportunidade favorável, por outro lado, o tempo curto pode maximizar a incerteza, além de aumentar o risco de uma decisão precipitada
    • 14. ESTRUTURA BÁSICA DE UM SISTEMA DE APOIO ÀS DECISÕES Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011
      • Um Sistema de Apoio às Decisões (SAD) é um sistema de informação baseado em computador que serve de suporte para a tomada de decisões organizacionais.
      • (SHIMIZU, 2001)
    • 15. ESTRUTURA BÁSICA DE UM SISTEMA DE APOIO ÀS DECISÕES Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011
      • O SAD tem por objetivo:
        • ser um sistema flexível e expansível
        • capaz de dar apoio a analise ad hoc dos dados e dos modelos de decisão
        • obter resultados eficazes no planejamento de longo, médio e curto prazo.
    • 16. ESTRUTURA BÁSICA DE UM SISTEMA DE APOIO ÀS DECISÕES Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011 Componente Descrição Sistema de linguagem Permite a comunicação entre os usuários e os sub-sistemas do SAD. (Gestão de Dados, Gestão de Modelos, Gestão do Conhecimento, Interface com o Utilizador) Sistema de conhecimento Armazena os dados, os procedimentos e as informações inteligentes disponíveis Sistema para processar problemas
        • Estrutura e executa os modelos para resolver os problemas apresentados.
    • 17. ESTRUTURA BÁSICA DE UM SISTEMA DE APOIO ÀS DECISÕES Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011
      • Um SAD, caracteriza-se por:
        • Direcionar-se, principalmente, para problemas não estruturados, que ocorrem com mais frequência nos altos níveis gerenciais;
        • Combinar a utilização de técnicas de modelagens e analíticas, com funções tradicionais de acesso e recuperação de informações;
        • Ter sua interface construída com os usuários visando, principalmente, a facilidade de uso;
        • Enfatizar a flexibilidade e adaptabilidade para acompanhamento das mudanças.
        • (SPRAGUE; WATSON , 1989)
    • 18. ESTRUTURA BÁSICA DE UM SISTEMA DE APOIO ÀS DECISÕES Para que o SAD auxilie no processo de tomada de decisão é preciso ser composto: Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011 Item Descrição Base de dados Estão presentes os dados internos e os externos, que podem ser acessados diretamente pelo usuário ou entram como input para a base de modelos Base de modelos Provê a capacidade de análise para o SAD, onde os algoritmos servem para gerar informação para auxiliar a tomada de decisão usando uma representação matemática do problema Diálogo Uma combinação de software, hardware e pessoas, que permite uma interação entre o usuário e o SAD
    • 19. Roteiro
      • Objetivos
      • Motivação
      • Processo de tomada de decisão em uma organização
      • Decisões em ambientes diferentes
      • Técnicas para tomada de decisões
      • Metodologias para tomada de decisões nas organizações
      • Conclusões e Trabalhos Futuros
      26 de Outubro de 2011 Fábio Vieira- UFMA
    • 20. DECISÃO SEM RISCO, COM MÚLTIPLOS OBJETIVOS E MÚLTIPLOS CENÁRIOS Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011
      • Incerteza
    • 21. DECISÃO SEM RISCO, COM MÚLTIPLOS OBJETIVOS E MÚLTIPLOS CENÁRIOS Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011
      • Cenário
      • Sonho?
      • Realidade!
    • 22. DECISÃO SEM RISCO, COM MÚLTIPLOS OBJETIVOS E MÚLTIPLOS CENÁRIOS Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011
      • Construir e utilizar-se de cenários prospectivos é analisar múltiplos futuros, ou seja, não se trata de prescrição, menos ainda de previsão ou adivinhação, é lidar com as incertezas, preparando-se para maior adaptabilidade no curto prazo e maior robustez no longo prazo (HEIJDEN, 2004).
    • 23. DECISÃO SEM RISCO, COM MÚLTIPLOS OBJETIVOS E MÚLTIPLOS CENÁRIOS Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011
      • Os cenários são ferramentas de presciência – discussões e documentos cujo propósito não é obter uma previsão ou um plano, mas uma mudança na mente das pessoas que as utilizam.
    • 24. DECISÃO EM SITUAÇÃO DE INCERTEZA OU RISCO Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011
      • Em muitos problemas de decisão, as alternativas que compõem um cenário ocorrem com certo nível de possibilidade ou probabilidade denominado risco.
    • 25. DECISÃO COM RISCO, COM MÚLTIPLOS OBJETIVOS E MÚLTIPLOS CENÁRIOS Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011
      • A percepção do risco é um processo complexo e subjetivo, isto porque dois componentes influenciam diretamente nossas percepções: o fator medo e o fator controle.
    • 26. DECISÃO COM RISCO, COM MÚLTIPLOS OBJETIVOS E MÚLTIPLOS CENÁRIOS Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011
    • 27. DECISÃO COM RISCO, COM MÚLTIPLOS OBJETIVOS E MÚLTIPLOS CENÁRIOS Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011
      • Gary Klein, psicólogo cognitivo - um cartógrafo da mente humana, mapeia como as pessoas percebem e observam, pensam e raciocinam, agem e reagem. Ele escreveu o livro baseado nos depoimentos de pessoas que, sob altíssima pressão, tem que tomar decisões de vida ou morte, como: enfermeiras de UTI’s, pilotos de combate (caças e helicópteros), bombeiros e até pilotos de tanques de guerra M-1.
    • 28. DECISÃO COM RISCO, COM MÚLTIPLOS OBJETIVOS E MÚLTIPLOS CENÁRIOS Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011 Diz a teoria clássica da Tomada de Decisões que você deve: a)  Identificar opções. b)  Avalia-as. c)  Dar notas (prós e contras). d)  Escolher a maior nota.
    • 29. Roteiro
      • Objetivos
      • Motivação
      • Processo de tomada de decisão em uma organização
      • Decisões em ambientes diferentes
      • Técnicas para tomada de decisões
      • Metodologias para tomada de decisões nas organizações
      • Conclusões e Trabalhos Futuros
      26 de Outubro de 2011 Fábio Vieira- UFMA
    • 30. DECISÃO COM OTIMIZAÇÃO Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011 Técnica Descrição Programação Linear É uma das técnicas da Pesquisa Operacional das mais utilizadas com problemas de otimização, pois buscam a distribuição eficiente de recursos limitados para atender um determinado objetivo Simplex É o algoritmo que sistematiza o processo de obtenção da solução ótima para qualquer número de variáveis e equações de restrição Solver É uma ferramenta do excel , se nas opções indicarmos que o problema é linear, ele utiliza o simplex caso contrário, um algoritmo de busca por gradiente, que não é o simplex Programação Não-Linear Quando ocorrem equações não lineares, o problema de otimização deve ser resolvido por esta técnica ou Programação Dinâmica, cuja resolução em geral é bastante trabalhosa
    • 31. TÉCNICAS HEURÍSTICAS Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011 A heurística trata de métodos ou algoritmos exploratórios para solução de problemas, onde, as soluções são buscadas por aproximações sucessivas, avaliando-se os progressos alcançados, até que o problema seja resolvido.
    • 32. DECISÃO COM USO DE TÉCNICAS HEURÍSTICAS Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011 O problema do caixeiro viajante, o qual procura a melhor sequencia para visitar N cidades, e precisa examinar N!, sequencias ou rotas possíveis. 2! 2x1 2 rotas 3! 3x2 6 rotas 4! 4x6 24 rotas 10! 3.628.800 rotas
    • 33. DECISÃO COM USO DE TÉCNICAS HEURÍSTICAS Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011 Esse crescimento do número de rotas que devem ser examinadas é denominado crescimento não polinomial, conhecido como problemas com dificuldade Não Polinomial ou NP. 2! 2x1 2 rotas 3! 3x2 6 rotas 4! 4x6 24 rotas 10! 3.628.800 rotas
    • 34. DECISÃO EM PROBLEMAS DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011 A TI redefiniu a natureza da competição entre as organizações. Tornou-se um elemento-chave de sucesso.
    • 35. DECISÃO EM PROBLEMAS DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011 Os executivos estão mal preparados, não possuem base sólida, para analisar e tomar decisões sobre os problemas de TI.
    • 36. DECISÃO EM PROBLEMAS DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011
      • Alguns exemplos de problemas na área de TI:
      • Desenvolvimento e manutenção;
      • Centralização x descentralização;
      • Seleção de tecnologias de P&D;
      • Escolhas para implantação e substituição de plataformas H/S;
      • Escolhas de sistemas: comunicação, SAD, etc.
    • 37. DECISÃO EM PROBLEMAS DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011 Para os japoneses, a TI está totalmente integrada ao cenário da empresa, fazendo com que a mesma não necessite de uma estratégia especial.
    • 38. Roteiro
      • Objetivos
      • Motivação
      • Processo de tomada de decisão em uma organização
      • Decisões em ambientes diferentes
      • Técnicas para tomada de decisões
      • Metodologias para tomada de decisões nas organizações
      • Conclusões e Trabalhos Futuros
      26 de Outubro de 2011 Fábio Vieira- UFMA
    • 39. METODOLOGIAS PARA ESTRUTURAÇÃO E AVALIAÇÃO DA DECISÃO NAS ORGANIZAÇÕES Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011 Método Descrição Q-sort É um processo em que os participantes estruturam seu ponto de vista sobre determinado problema por meio de ordenação de um conjunto de declarações. ISM É uma metodologia que estrutura a hierarquia de um problema, composto por elementos relacionados entre si. Dematel É um processo derivado do ISM, que ao contrário do seu sucessor, ele atribui valor um ou zero para indicar a existência ou não-existência do relacionamento Delphi É conhecido como um método de geração, esclarecimento, estruturação e contribuição de ideias. É utilizado para coletar e avaliar informações ou opiniões dos especialistas a respeito de um tema. Soda É um método de estruturação orientado a visão global e à resolução de problemas complexos por parte de um pequeno grupo.
    • 40. METODOLOGIAS PARA ESTRUTURAÇÃO E AVALIAÇÃO DA DECISÃO NAS ORGANIZAÇÕES Métodos Usados para a Escolha da Melhor Decisão Fábio Vieira- UFMA 26 de Outubro de 2011 Método Descrição Teoria da utilidade (UT) A teoria da utilidade assume que um tomador de decisão deseja fazer uma escolha que corresponde ao maior nível de satisfação ELECTRE É um algoritmo de decisão para problemas com múltiplos critérios e que reduz o tamanho do conjunto das alternativas possíveis por sua classificação de acordo com o critério da dominância de uma alternativa sobre a outra Analytic Hierarchy Process (AHP) A estruturação de um problema AHP começa na definição de um objetivo global desejado. Após isso, definem-se os sub-objetivos ou critérios numa estrutura de árvore, em que o objetivo global é a raiz
    • 41. Roteiro
      • Objetivos
      • Motivação
      • Processo de tomada de decisão em uma organização
      • Decisões em ambientes diferentes
      • Técnicas para tomada de decisões
      • Metodologias para tomada de decisões nas organizações
      • Conclusões e Trabalhos Futuros
      26 de Outubro de 2011 Fábio Vieira- UFMA
    • 42. Conclusões
      • Tipo de decisão: estruturada – Nível: estratégico e tático.
      • Decisão sem risco com múltiplos objetivos.
      • Decisão com otimização.
      • UT
      26 de Outubro de 2011 Fábio Vieira- UFMA
    • 43. Trabalhos Futuros
      • Efetuar novas pesquisas sobre sistema especialista, sistema de apoio a decisão inteligente.
      • Pesquisar sobre como o SBC pode otimizar o processo de tomada de decisões.
      26 de Outubro de 2011 Fábio Vieira- UFMA
    • 44.
      • Obrigado!!!