Your SlideShare is downloading. ×
Raio-X das Relações Bilaterais Brasil - China (Fevereiro 2011)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Raio-X das Relações Bilaterais Brasil - China (Fevereiro 2011)

627
views

Published on

Levantamento mensal das trocas comerciais entre Brasil- China. …

Levantamento mensal das trocas comerciais entre Brasil- China.
Estudo realizado pela área de Análise Econômica do Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior da FIESP.

Published in: Business, Economy & Finance

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
627
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Fevereiro | 2011 FIESP prevê queda no saldo comercial Brasil-China para 2011: O saldo da Balança Comercial Brasil-China deverá ter uma queda de 38,5% neste ano, segundo estimativas da FIESP, saindo dos atuais US$ 5,2 bilhões para US$ 3,2 bilhões. A derrubada do saldo é puxada pelas importações que, estima-se, crescerão 46,9% contra um crescimento de 32,5% das exportações. Brasil tem déficit com China de US$ 800,0 milhões no acumulado de janeiro e fevereiro de 2011. Desde 2006, o Brasil vem apresentando saldo deficitário com a China nos dois primeiros meses do ano. Grande parte desse déficit é explicado pelas baixas exportações de soja cujo movimento é sazonal. Em geral, as vendas deste produto – que representam entre 25% e 30% do total das exportações do Brasil para a China – são mais expressivas a partir de março e abril. Projeções apontam aprofundamento do déficit de manufaturados: A balança comercial de manufaturados com a China, que já apresenta um déficit histórico para o Brasil, poderá atingir US$36,0 bilhões em 2011, de acordo com projeções da FIESP. Este será o maior saldo negativo já observado nas relações bilaterais. Minérios de ferro e óleo bruto de petróleo seguem concentrando 75% das exportações brasileiras para a China: Com um aumento de 145% no acumulado do ano, em relação ao mesmo período do passado, as exportações de minérios de ferro para a China alcançaram US$ 2,1 bilhões. Em segundo lugar no ranking, aparecem óleos brutos de petróleo, representando 11% do total da pauta de exportados. Importações de manufaturados da China crescem acima das importações totais de manufaturados: Enquanto as importações brasileiras totais de manufaturados cresceram 29% no primeiro bimestre do ano – em comparação com o mesmo período de 2010 –, os manufaturados importados da China cresceram 44%, saindo de US$ 3,1 bilhões em janeiro-fevereiro de 2010 para US$ 4,5 bilhões no mesmo período de 2011. Elaboração: DEREX / Área de Análise Econômica do Comércio Exterior – Fevereiro de 2011
  • 2. Raio-X do Comércio Exterior Brasileiro Fevereiro de 2011 Evolução da Balança Comercial Brasil-China (US$ bilhões) 3,5 3,3 3,2 3,3 2,8 2,7 2,7 2,6 2,5 2,6 2,6 2,32,1 2,4 2,4 2,3 2,2 2,3 2,2 2,4 1,8 2,0 1,8 1,6 1,7 1,2 1,6 0,5 0,9 0,8 0,9 0,8 0,1 0,5 0,3 -0,4 -0,4 -0,2 -0,6 fev/10 mar/10 abr/10 mai/10 jun/10 jul/10 ago/10 set/10 out/10 nov/10 dez/10 jan/11 fev/11 Exportação Importação Saldo Evolução da Balança de Manufaturados Brasil-China (US$ bilhões) 2,3 2,3 2,7 2,5 2,6 2,1 2,3 2,3 2,0 1,8 1,9 1,6 1,60,1 0,1 0,1 0,1 0,1 0,1 0,1 0,2 0,1 0,1 0,1 0,2 0,1 -1,5 -1,5 -1,9 -1,7 -1,8 -2,2 -2,2 -2,5 -2,4 -2,0 -2,1 -2,2 -2,4fev/10 mar/10 abr/10 mai/10 jun/10 jul/10 ago/10 set/10 out/10 nov/10 dez/10 jan/11 fev/11 Exportação Importação Saldo Composição da Pauta - Fevereiro de 2011 Exportações Importações 11% 3% 5% 84% 97% Básicos Manufaturados SemimanufaturadosElaboração: DEREX / Área de Análise Econômica do Comércio ExteriorFonte: AliceWeb/MDIC 01
  • 3. Raio-X do Comércio Exterior Brasileiro Fevereiro de 2011 Exportações - Principais Produtos (US$ milhões) jan a fev jan a fev Part. 2011 Var. 2010 2011Total 2.338,0 3.973,0 100% 70% Básicos 1.766,0 3.328,0 83,8% 88% Minérios de ferro não aglomerado e seus concentrados 862,6 2.116,0 53% 145% Óleos brutos de petróleo 639,9 713,0 18% 11% Minérios de ferro aglomerado e seus concentrados 63,5 319,1 8% 402% Soja mesmo triturada 95,5 52,9 1% -45% Miúdesas comestíveis 19,1 50,0 1% 162% Minérios de manganês 25,1 22,2 1% -12% Granito cortado em blocos 10,6 16,8 0% 58% Cromitas 3,4 7,1 0% 108% Materiais vegetais 3,7 6,9 0% 85% Outros 42,4 24,0 1% -43% Semimanufaturados 377,7 427,9 10,8% 13% Celulose 114,7 170,7 4% 49% Ferroniobio 45,1 82,7 2% 84% Celulose para dissolução 43,2 38,9 1% -10% Óleo de soja bruto 29,5 27,1 1% -8% Ferro fundido bruto não ligado 0,0 17,4 0% - Couro bovino 19,2 12,4 0% -35% Outros 126,2 78,5 2% -38% Manufaturados 192,9 214,6 5,4% 11% Aviões 29,6 32,4 1% 10% Sucos e laranja Papéisdecartões para escrita 8,8 7,3 24,3 15,4 1% 0% 176% 112% Polipropileno sem carga 17,3 14,2 0% -18% Cloreto de etileno 0,0 9,0 0% - Motocompressor 8,5 6,8 0% -20% Glicerol em bruto 2,4 5,0 0% 114% Turbinas e rodas hidraúlicas 1,6 4,0 0% 156% Acessórios para tubos de ferro fundido 0,0 4,0 0% - Poletileno linear 5,8 3,9 0% -33% Outros 111,7 95,6 2% -14%Elaboração: DEREX / Área de Análise Econômica do Comércio Exterior 02Fonte: AliceWeb/MDIC
  • 4. Raio-X do Comércio Exterior Brasileiro Fevereiro de 2011 Importações - Principais Produtos (US$ Milhões) jan a fev jan a fev Part. Var. 2010 2011 2011Total 3.207,6 4.709,9 100% 47% Básicos 42,8 143,6 3,0% 236% Coques de Hulha 0,0 67,3 1,4% - Filés de peixe congelados 4,0 22,4 0,5% 459% Feijões 0,0 7,6 0,2% - Hortaliças secas em pedaços 3,7 6,5 0,1% 76% Alhos frescos ou refrigerados 15,7 5,6 0,1% -65% Bacalhau 1,2 4,0 0,1% 244% Outros 18,3 30,3 0,6% 66% Semimanufaturados 11,0 11,0 0,2% 0% Antimonio em formas brutas 0,9 1,7 0,0% 88% Manganes bruto 1,8 1,2 0,0% -29% Ligas de Ferromanganes 0,7 1,2 0,0% 82% Cacau em pó sem acúçar 1,8 1,0 0,0% -48% Sucos e extratos vegetais 0,4 0,7 0,0% 98% Outros 5,5 5,2 0,1% -6% Manufaturados 3.153,8 4.555,3 96,7% 44% Aparelhos receptivos de televisão e telefonia 141,8 160,2 3,4% 13% Aparelhos de telefonia 48,4 79,1 1,7% 64% Aparelhos de ar-condicionado 22,8 73,3 1,6% 221% Partes de máquinas de aparelhos de ar-condicionado 18,0 61,5 1,3% 241% Tela para microcomputdores 46,0 59,0 1,3% 28% Telas de LCD 83,0 56,6 1,2% -32% Circuito impresso 33,4 42,6 0,9% 27% Lâmpadas fluorescentes 45,1 39,5 0,8% -12% Terminais de telefones celulares 19,9 35,5 0,8% 79% Partes de aparelhos transmissores ou receptores 28,5 34,8 0,7% 22% Outros circuuitos integrados 29,0 32,2 0,7% 11% Pisos e revestimentos cerâmicos 13,4 30,3 0,6% 127% Adubos ou fertilizantes 0,0 29,7 0,6% - Máquinas automáticas para proc. de dados 14,1 29,4 0,6% 108% Partes para máquinas automáticas para proc. de dados 19,1 28,1 0,6% 47% Outros 2.591,4 3.763,5 79,9% 45%Elaboração: DEREX / Área de Análise Econômica do Comércio Exterior 03Fonte: AliceWeb/MDIC
  • 5. Raio-X do Comércio Exterior Brasileiro Fevereiro de 2011 Participação da China nas importações brasileiras em fevereiro de 2011 US$ milhões Participação15 Maiores Produtos fev/10 fev/11 fev/10 fev/11 Partes e aparelhos de televisão e transmissores 79,0 85,5 46% 38% ▼ Aparelhos de ar condicionado 10,5 37,5 69% 80% ▲ Circuitos impressos e aperelhos de telefonia 25,6 35,8 50% 53% ▲ Adubos ou fertilizantes 0,0 28,9 0% 64% ▲ Transmissores e receptores de telefonia celular 10,1 28,3 41% 60% ▲ Maquinas para processamento de dados 18,0 26,0 89% 94% ▲ Aparelhos de ar condicionado 7,6 21,2 100% 99% ▼ lampadas,tubos eletricos e farois 21,0 19,7 91% 82% ▼ Circuitos impressos 15,4 19,5 53% 60% ▲ Telas de LCD 39,6 19,3 39% 74% ▲ Circuitos impressos para aparelhos de telefonia 15,3 18,7 41% 41% ▼ Circuitos integrados e microconjuntos eletronicos 15,4 17,3 23% 21% ▼ Demais produtos manufaturados 7,2 15,1 93% 96% ▲ Outros aparelhos transmissores ou receptores 0,2 13,9 8% 86% ▲ Video-cassete e outros aparelhos videofonicos 12,1 13,0 94% 92% ▼ Comparação do preço médio das importações brasileiras da China e do Mundo em fevereiro de 2011 US$ / Kg15 Maiores Produtos China Mundo Diferença Partes e aparelhos de televisão e transmissores 19,9 22,9 -13% Aparelhos de ar condicionado 5,0 5,9 -16% Circuitos impressos e aperelhos de telefonia 121,1 132,0 -8% Adubos ou fertilizantes 0,4 0,4 -4% Transmissores e receptores de telefonia celular 183,6 252,2 -27% Maquinas para processamento de dados 93,9 95,4 -2% Aparelhos de ar condicionado 4,1 4,2 -1% lampadas,tubos eletricos e farois 7,8 7,0 11% Circuitos impressos 35,1 42,3 -17% Telas de LCD 91,0 93,7 -3% Circuitos impressos para aparelhos de telefonia 323,6 445,1 -27% Circuitos integrados e microconjuntos eletronicos 3.476,1 1.008,8 245% Demais produtos manufaturados 0,3 0,3 -2% Outros aparelhos transmissores ou receptores 44,5 42,9 4% Video-cassete e outros aparelhos videofonicos 9,7 10,3 -6%Elaboração: DEREX / Área de Análise Econômica do Comércio ExteriorFonte: AliceWeb/MDIC 04