Geraldo B. Martha, Jr.
Análisis económicos de recuperación de
pasturas degradadas y sistemas de
producción bovina en pasto...
Estilo de Crescimento da
Pecuária no Brasil
Fatores de Crescimento na Produção de Carne Bovina (1950-2006)
Produção 3,36%
Área de pasto Produtividade animalX
Taxa de ...
Índice de Preços Reais da Carne Bovina (Jan/1970=100)
Martha Jr. et al. (2010).
Recuperação de Pastagens
Degradadas
Martha Jr., 2009 1 @ = 30 kg PV
Custo Total na Pecuária Extensiva x Produtividade e Escala
O Processo de Degradação de Pastagens
Produtividade Animal em Pastagens
Produtividade Animal
(kg eq.carc./ha)
Desempenho Animal (kg
eq.carc./cab.)
Taxa de Lotaç...
Avaliação de Tecnologias (Algumas Considerações)
• Qual tecnologia será substituída?
• Alternativas tecnológicas;
• Exigên...
Desempenho Animal (tempo para o abate)
Bezerros desmamados mais
pesados
Elevado ganho de peso pós-
desmama
Foco no Desempe...
Desempenho Animal e Resposta Econômica
Efeitos econômicos do peso à desmama
Martha Jr. et al. (trabalho em andamento).
Resposta econômica do ganho de peso pós-desmama
Martha Jr. et al. (trabalho em andamento).
Desempenho Animal e Resposta Ec...
Adubação de
pastagens
Integração lavoura-
pecuária
Pastagens consorciadas
Foco na Taxa de Lotação
Martha Jr. et al. (2006)
Estratégias para Aumentar a Eficiência da Pecuária
Avaliação de Tecnologias (Algumas Considerações)
• Quais as mudanças necessárias no sistema atual?
• Investimentos em anim...
Avaliação de Tecnologias (Algumas Considerações)
• Quais os custos incrementais (e os riscos) associados com
a adoção da n...
Martha Jr. et al. (2011).
Custo de Oportunidade da iLP
RBILP = receita bruta na iLP;
CTILP = custo total na iLP;
RLEsp. = ...
Análise de Sensibilidade para o Custo de Produção na iLP
Martha Jr. et al. (2011).
Efeito do Preço da Soja e da Produtivid...
Martha (2009).
Análise de Risco na Pecuária
Pecuária de Baixo Carbono
Gouvello (2010), Barioni et al. (2010), Martha, Jr. (2009).
Demanda de Recursos (Investimento e ...
Avaliação de Tecnologias (Algumas Considerações)
• Quais as restrições à adoção da nova tecnologia e potenciais impactos n...
Cezar (2001)
Investimentos em PastagensR$/ha
Cezar et al., 2001
Avaliação de Tecnologias (Algumas Considerações)
• Quais as restrições à adoção da nova tecnologia e potenciais impactos n...
Past. Degr.
Past. Trad.
iLP
Martha Jr. (2009).
Avaliação de Tecnologias (Dimensão Ambiental)
MCT (2010).
Avaliação de Tecnologias (Dimensão Ambiental)
G.B.Martha Jr. (trabalho em andamento).
Desempenho Zootécnico x efeito poupa-terra
Avaliação de Tecnologias (Dimensão Ambi...
Avaliação de Tecnologias (Algumas Considerações)
• Quais os benefícios públicos e privados associados à
adoção da nova tec...
Comentários Finais
Considerações Finais
“A adoção de novas tecnologias (“poupa-
recursos”) vai depender de desempenho superior
(risco inclusi...
Considerações Finais
“A adoção de tecnologias mais
intensivas em capital, em larga
escala, depende de preços
relativos mai...
Oferta de Alimentos vs. Incentivos vs. Resultados
Ação Área total
(M ha)
Redução de emissão de GEE
(M t CO2-e/ano)
Plantio...
Oferta de Alimentos vs. Incentivos vs. Resultados
Plano Agrícola e Pecuário 2011/2012 (BB)
Fonte: Banco do Brasil, elabora...
Obrigado!
geraldo.martha@embrapa.br
+55 61 3448-1734
A única forma de prever o futuro é
construí-lo! (Antonio Delfim Netto...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Análisis económicos de recuperación de pasturas degradadas y sistemas de producción bovina en pastoreo

605 views
480 views

Published on

Geraldo B Martha, Jr. EMBRAPA
XII Reunión de la CODEGALAC
Asunción, Paraguay, 6 de noviembre de 2012

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
605
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Análisis económicos de recuperación de pasturas degradadas y sistemas de producción bovina en pastoreo

  1. 1. Geraldo B. Martha, Jr. Análisis económicos de recuperación de pasturas degradadas y sistemas de producción bovina en pastoreo XII Reunion de la CODEGALAC 2012, Asunción, 06 de Noviembre de 2012
  2. 2. Estilo de Crescimento da Pecuária no Brasil
  3. 3. Fatores de Crescimento na Produção de Carne Bovina (1950-2006) Produção 3,36% Área de pasto Produtividade animalX Taxa de lotaçãoDesempenho animal X ~ 21% ~ 79% ~ 38% ~ 62% Martha, Jr. et al. (2012). Efeito poupa-terra: 525 M ha
  4. 4. Índice de Preços Reais da Carne Bovina (Jan/1970=100) Martha Jr. et al. (2010).
  5. 5. Recuperação de Pastagens Degradadas
  6. 6. Martha Jr., 2009 1 @ = 30 kg PV Custo Total na Pecuária Extensiva x Produtividade e Escala
  7. 7. O Processo de Degradação de Pastagens
  8. 8. Produtividade Animal em Pastagens Produtividade Animal (kg eq.carc./ha) Desempenho Animal (kg eq.carc./cab.) Taxa de Lotação (cab./ha)X Manejo do Pasto Manejo do Pasto • qualidade da forragem; • sanidade animal; • genética animal; • produção de forragem;
  9. 9. Avaliação de Tecnologias (Algumas Considerações) • Qual tecnologia será substituída? • Alternativas tecnológicas; • Exigências de clima/solo; • Escalas possíveis de produção; • Características agronômicas e zootécnicas; • Potenciais benefícios ambientais;
  10. 10. Desempenho Animal (tempo para o abate) Bezerros desmamados mais pesados Elevado ganho de peso pós- desmama Foco no Desempenho Animal
  11. 11. Desempenho Animal e Resposta Econômica Efeitos econômicos do peso à desmama Martha Jr. et al. (trabalho em andamento).
  12. 12. Resposta econômica do ganho de peso pós-desmama Martha Jr. et al. (trabalho em andamento). Desempenho Animal e Resposta Econômica
  13. 13. Adubação de pastagens Integração lavoura- pecuária Pastagens consorciadas Foco na Taxa de Lotação
  14. 14. Martha Jr. et al. (2006) Estratégias para Aumentar a Eficiência da Pecuária
  15. 15. Avaliação de Tecnologias (Algumas Considerações) • Quais as mudanças necessárias no sistema atual? • Investimentos em animais para engorda, máquinas, equipamentos, infra-estrutura, etc.; • Acompanhamento periódico de assistência técnica (pecuária, lavouras, floresta); • Acompanhamento periódico das tendências de preços de produtos e insumos; • Maior adoção de mecanismo de gestão de risco;
  16. 16. Avaliação de Tecnologias (Algumas Considerações) • Quais os custos incrementais (e os riscos) associados com a adoção da nova tecnologia? (inclui efeitos sinérgicos) • Custo de produção é uma ferramenta para melhorar a tomada de decisão – o conhecimento dos erros cometidos ajudam no planejamento futuro; • Menor custo significa que a tecnologia é mais robusta que à alternativa quanto à queda do preço do produto; • É preciso acessar, também, a capacidade de resposta da tecnologia ao incremento do preço do produto;
  17. 17. Martha Jr. et al. (2011). Custo de Oportunidade da iLP RBILP = receita bruta na iLP; CTILP = custo total na iLP; RLEsp. = renda líquida no sistema especializado (pecuária ou soja.); “Na segunda etapa de análise, é necessário computar as taxas de retorno do empreendedor, que medem o retorno do empreendimento por R$ de custo total.”
  18. 18. Análise de Sensibilidade para o Custo de Produção na iLP Martha Jr. et al. (2011). Efeito do Preço da Soja e da Produtividade Pecuária na iLP
  19. 19. Martha (2009). Análise de Risco na Pecuária
  20. 20. Pecuária de Baixo Carbono Gouvello (2010), Barioni et al. (2010), Martha, Jr. (2009). Demanda de Recursos (Investimento e Outras Despesas) para os Sistemas Prototípicos (22 anos)
  21. 21. Avaliação de Tecnologias (Algumas Considerações) • Quais as restrições à adoção da nova tecnologia e potenciais impactos no meio ambiente? • Custo de aquisição de capital / Limitações de crédito; • Na impossibilidade de anualizar o investimento via empréstimo, o produtor teria que arcar com o custo total do investimento no início do projeto. O retorno ao investimento teria que ocorrer em um menor período de tempo para que a prática alternativa fosse adotada (Antle & Diagana, 2003).
  22. 22. Cezar (2001) Investimentos em PastagensR$/ha Cezar et al., 2001
  23. 23. Avaliação de Tecnologias (Algumas Considerações) • Quais as restrições à adoção da nova tecnologia e potenciais impactos no meio ambiente? • Capacitação do produtor / Conhecimentos da assistência técnica; • Estratégias exitosas de introdução de novas tecnologias demandas ação coordenada com a extensão rural, que demanda treinamento compatível com as metas traçadas. • Considerar, no plano operativo, a consistência das ações propostas com a capacidade efetiva dos agentes envolvidos.
  24. 24. Past. Degr. Past. Trad. iLP Martha Jr. (2009). Avaliação de Tecnologias (Dimensão Ambiental)
  25. 25. MCT (2010). Avaliação de Tecnologias (Dimensão Ambiental)
  26. 26. G.B.Martha Jr. (trabalho em andamento). Desempenho Zootécnico x efeito poupa-terra Avaliação de Tecnologias (Dimensão Ambiental)
  27. 27. Avaliação de Tecnologias (Algumas Considerações) • Quais os benefícios públicos e privados associados à adoção da nova tecnologia? Martha, Jr. et al. (2010). Impacto de Incentivos no Desempenho Econômico
  28. 28. Comentários Finais
  29. 29. Considerações Finais “A adoção de novas tecnologias (“poupa- recursos”) vai depender de desempenho superior (risco inclusive) às tecnologias em uso, preços relativos mais favoráveis, de incentivos.” • Maiores produtividades (terra) aumentam a demanda por insumos modernos e bens de capital; • A alta demanda por capital aumenta o risco financeiro;
  30. 30. Considerações Finais “A adoção de tecnologias mais intensivas em capital, em larga escala, depende de preços relativos mais elevados e de linhas de crédito adequadas (volume de recursos e prazos de pagamentos).”
  31. 31. Oferta de Alimentos vs. Incentivos vs. Resultados Ação Área total (M ha) Redução de emissão de GEE (M t CO2-e/ano) Plantio direto de qualidade 8 16 a 20 Fixação biológica de nitrogênio 5,5 16 a 20 Recup. pastagens degradadas 15 83 a 104 Integração lavoura-pecuária 4 18 a 22 Fonte: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). • Recursos de 3,4 bilhões; • Limite de R$ 1 milhão por tomador; • Carência de até 8 anos, prazo de pagamento de até 15 anos; • Taxa de juros de 5,5% ao ano; Plano Agrícola e Pecuário 2012/2013 (Programa ABC)
  32. 32. Oferta de Alimentos vs. Incentivos vs. Resultados Plano Agrícola e Pecuário 2011/2012 (BB) Fonte: Banco do Brasil, elaborado pela SAE/Casa Civil.
  33. 33. Obrigado! geraldo.martha@embrapa.br +55 61 3448-1734 A única forma de prever o futuro é construí-lo! (Antonio Delfim Netto, Maio de 2012)

×