Manual de canteiro 1010
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Manual de canteiro 1010

on

  • 6,491 views

 

Statistics

Views

Total Views
6,491
Views on SlideShare
6,491
Embed Views
0

Actions

Likes
2
Downloads
174
Comments
1

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Manual de canteiro 1010 Presentation Transcript

  • 1. MANUAL DE CANTEIRO Este Manual objetiva a padronização da montagem dos canteiros de obra, garantindo todos os aspectos construtivos, layout, atendimento ao meio ambiente e comunicação visual para a obra. O manual está dividido em capítulos, e deverá ser montado em fichário, para que as revisões um determinado capítulo, não resulte na necessidade de revisão e impressão de todo o documento. Processo: Obra Identificação: OUT.8.001 Revisão: 1 Página: 1
  • 2. ITEM Página  Introdução.................................................................................................. 03  Lista de responsáveis pelas informações do manual.......................................... 04  Sistema de entrada de energia elétrica........................................................... 04  Comunicação Prévia junto ao Ministério do Trabalho......................................... 05  Sistema de distribuição provisória de energia elétrica....................................... 06  Sistema de abastecimento de água................................................................ 08  Tapume das obras em São Paulo e outros Estados............................................ 09  Container (Escritório / Almoxarifado / Vestiário / Inst. sanitárias)....................... 16  Refeitório.................................................................................................... 22  Diretrizes para implantação de canteiro........................................................... 25  Guarita....................................................................................................... 26  Escritório Setin Engenharia(mobílias).............................................................. 31  Escritórios Setin Engenharia(Quadros de cortiça).............................................. 33  Escritórios e Almoxarifados de empreiteiros (definições).................................... 34  Áreas de vivência (definições de padrões)........................................................ 35  Área de lazer (Definições e modelos de mesas p/ jogos).................................... 38  Meio Ambiente (Sistema de lava-rodas).......................................................... 39  Meio Ambiente (Lavatório de pincéis).............................................................. 41  Meio Ambiente (Conjunto de Coleta seletiva c/ rodas)....................................... 42  Meio Ambiente (Gabarito p/ coleta seletiva nos pavimentos).............................. 43  Meio Ambiente (Gabarito p/ coleta seletiva Bags)............................................. 44  Comunicações Visuais (Identificação de materiais)........................................... 45  Comunicações Visuais (Kit de emergência)...................................................... 46  Comunicações Visuais (Produto perigoso)....................................................... 47  Comunicações Visuais (identificação de ambientes).......................................... 48  Comunicações Visuais (Localização dos ambientes).......................................... 49  Comunicações Visuais (Política de Gestão Integrada)........................................ 51  Comunicações Visuais (Indicação de andares).................................................. 52  Sites de referência........................................................................................ 53 Índice Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 2
  • 3. Dentro deste manual segue uma prévia do projeto do Canteiro de Obras que deve ser elaborada pelo Engenheiro residente e aprovada pelo Gerente Técnico, antes do início da obra. Aprovado o projeto, o mesmo deve ser passado para AutoCAD e inserido no PQO da obra. Nesse manual destinamos aos Engenheiros padrões pré-estabelecidos pela empresa, conforme o índice na página seguinte. O Projeto do canteiro pode sofrer alterações conforme a necessidade especifica de cada obra e de cada etapa em que a obra se encontra, porém, deve conter a locação de todas as dependências listadas anteriormente. Introdução Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 3
  • 4. Responsáveis das áreas pelas informações técnicas deste manual Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 4 Sistema elétrico (entrada de energia) Pré-obra 3795-4255 Sistema elétrico (Distribuição provisória) Ger. de Instalações 3795-4220 Comunicação Prévia (M.T.E) Coord. Seg. Trabalho 7718-0396 Tapume Pré-obra 3795-4255 Container Coord. Seg. Trabalho 7718-0396 Refeitório (mesas padrões) Coord. Seg. Trabalho 7718-0396 Diretrizes para implantação do canteiro Super. de Engenharia 3795-4215 Mobiliário para escritório Coord. Seg. Trabalho 7718-0396 Quadro de acompanhamento de processos Coord. de Gestão 3795-4260 Áreas de vivência Área de lazer (Jogos) Coord. Seg. Trabalho Coord. Seg. Trabalho 7718-0396 7718-0396 Lava Rodas Sistema/estruturas de coleta seletiva Comunicações Visuais Branding Coord. Seg. Trabalho Coord. de Gestão 3795-4260 7718-0396 2823-1991 Descrição Responsável ContatoCap. I III V VII IX XI XIII II IV VI VIII X XII XIV Rev. 00 00 00 00 00 00 00 00 00 00 00 00 00 00
  • 5. Esse documento deve ser preenchido pelo engenheiro da obra contendo os seguintes dados: • Endereço da Obra; • Endereço completo e qualificação do contratante; • Tipo de Obra; • Datas previstas de início e conclusão da obra; • Número máximo de trabalhadores previsto na obra. O documento deverá ser assinado pelo Diretor de Engenharia conforme modelo anexo. Comunicação Prévia de Início de Obra Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 5
  • 6. Cabe ao setor de pré-obra da empresa, prever junto a concessionária local a ligação provisória de energia elétrica do canteiro, dentro das seguintes especificações: • Carga mínima para ligação * Empreendimento com 1 torre: 150KVA * Empreendimento com 2 ou mais torres: 250KVA • Verificar com a concessionária local qual o limite de carga para ligação em baixa tensão; • Caso não seja possível realizar a ligação em baixa tensão para a carga demandada, contratar a execução de uma torre de transformação para entrada em média tensão; • Medidas da caixa de medição e altura de postes devem seguir as orientações das concessionárias locais; • Instalar a entrada de energia em pontos onde não haja interferência dos subsolos e acessos definitivos do empreendimento; • Nunca instalar a entrada provisória na mesma posição da entrada definitiva do empreendimento; • Cabe ao Engenheiro Responsável da obra, prever a distribuição das redes elétricas pelo canteiro; • Esta distribuição deve ser prevista em projeto (planta baixa do canteiro), de acordo com a NR10 – Segurança em instalações e serviços em eletricidade, como também o diagrama unifilar das mesmas; • A obra também deve manter atualizados os laudos de aterramento de seus equipamentos elétricos durante a execução da obra. Sistema de Entrada Provisória de Energia elétrica Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 6
  • 7. . Quadros Geral, Robôs e Quadros de Concretagem: Para as obras, teremos um quadro geral de onde saem todas as alimentações para as bombas provisórias, iluminação provisória de canteiro, área de vivência, quadros parciais, vestiários, etc. Descrição Quadro Geral: 01 quadro geral sobrepor 1000 x 1000 01 disjuntor tripolar de 250A 04 disjuntores bipolar de 15A 02 disjuntores bipolar de 20A 02 disjuntores tripolar de 40A 01 disjuntor tripolar de 15A 01 disjuntor tripolar de 63A 01 tomadas S-4549 63A 3P+T 01 tomadas S-4549 63A 2P+T 01 tomadas S-4049 16A 3P+T 02 tomadas S-0249 32A 3P+T 02 tomadas S-3046 16A 3P+T 03 tomadas S-3046 16A 2P+T (referência Strahl ou similar) 04 tomadas S-2057 16A 2P+T 02 plugues S-4579 3P+T 63A 01 plugues S-4079 3P+T 16A 02 plugues S-4279 3P+T 32A 04 plugues S-30762P+T 16A 10 plugues S-1151 2P+T 16A 02 Barras de cobre eletrolítico Sistema de Distribuição Provisória de Energia Elétrica Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 7
  • 8. Teremos também quadros robôs, sendo 01 a cada 02 andares, para que as empresas liguem seus equipamentos de trabalho, como furadeiras, aparafusadeiras, lâmpadas, serra mármore, máquinas de solda, etc. Descrição Quadro Robô dos Pavimentos: 01 Centro de distribuição sobrepor plástico 310x230x120 04 Tomadas 16A 3P+T 06 Plugues 16A 2P+T 01 Plugues 16A 3P+T (referência Strahl ou similar) 06 Plugues 16A 3P+T 01 Disjuntor tripolar 40A curva C 3KA Descrição Quadro Para Acompanhamento das Concretagens: 01 Centro de distribuição sobrepor plástico 310x230x120 01Disjuntor tripolar 32A curva C, 3KA 04 Tomadas S-4079 16A 3P+T 04 Plugues S-4079 3P+T Luminárias das Áreas de Vivência e Escadarias Com relação as luminárias provisórias, serão instaladas luminárias fluorescentes. 2x40Wx220V Para uso em escritórios e áreas de vivência 2x20Wx220V Para uso nas escadarias, e áreas de circulação. Refletores Com relação aos refletores, usaremos refletores com lâmpadas vapor metálico de 400 watts ou 1000 Watts, dependendo do tamanho da obra. Grua iluminar a área de concretagem. Para realizar os laudos e recolher ART, será escopo da empresa que fazer a distribuição de energia do canteiro. Sistema de Distribuição Provisória de Energia Elétrica Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 8 (referência Strahl ou similar)
  • 9. Os Tapumes devem ser posicionados no alinhamento do terreno, ou dependendo da necessidade da obra, seguindo um projeto específico. As instalações provisórias da obra (escritórios, vestiários,etc.) não deverão ser utilizadas como tapume. Para a construção devem ser consideradas as condições de declividade da rua. A altura “dentes” na parte superior do tapume obedecerá à situação do local, porém devem sempre estar distanciados horizontalmente de forma homogênea, um do outro. Os pontaletes devem ser concretados na base. Utilizar telhas metálicas pré pintadas (Azul Del-Rey Brilhante da linha nova cor) Os tapumes são compostos por placas de um 1m de largura por 2,10 m de altura e só poderão ser aplicados em 5m, após isso a arte será repetida, alternando apenas a cor do contorno dos logos da base e da parte superior conforme as figura 3 e 7. Para logomarcas utilizar adesivos padrão. Tapume Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 9
  • 10. Figura 1 – Tapume – corte Tapume Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 10
  • 11. Figura 2 – Tapume – vista interna Tapume Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 11
  • 12. Figura 3 – Tapume – vista frontal externa Tapume Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 12
  • 13. Figura 4 – Tapume para Obras Localizadas em São Paulo Figura 5 – Tapume para Obras em cidades fora de São Paulo com a Setin Engenharia Tapume Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 13
  • 14. Figura 6 – Tapume para Obras em cidades fora de São Paulo, apenas Klabin Segall com outra Construtora Tapume Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 14
  • 15. Figura 7 – Exemplo da locação dos logotipos Tapume Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 15
  • 16. Essa página do manual, destina-se á etapa de início da obra. Locação em projeto dos containers, onde o Engenheiro estará locando–os e destinando-os para cada setor sem interferir no início dos serviços até que os ajustes para a implantação definitiva do canteiro se concretizem. Sabendo-se que esses modelos são apenas uma idéia onde as dimensões dos containers podem ser alteradas e até mesmo inseridos módulos para se adequar a geometria de cada canteiro. Padrões mínimos: DIMENSÕES: Comprimento: 6.200 mm / 4.000 mm Largura : 2.300 mm Altura : 2.600 mm FECHAMENTO EXTERNO Paredes e teto em chapa de aço galvanizado com perfil trapezoidal com 0,65 mm JANELAS Duas janelas maxim-ar de 800 x 800 mm em alumínio e acrílico. INSTALAÇÃO ELÉTRICA Entrada elétrica com interruptor, tomada e 2 pontos de luz Instalação embutida no forro e eletrodutos fixados na parede BANHEIRO 1 vaso sanitário, 1 lavatório, 1 ponto de chuveiro, incluindo entrada externa de água e saída para esgoto Container Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 16
  • 17. Container Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 17 Figura 1 – Planta Container Escritório Figura 3 – Vista Lateral Figura 2 – Vista Frontal
  • 18. Container Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 18 Figura 4 – Container Conjugado 1 - Skid: Pés de apoio em chapa de aço carbono 1010/1020 dobradas a frio com 15 mm de altura. 2 - Piso: Quadro em chapa de aço 1010/1020 dobrada a frio e com piso de chapa de compensado de pinho naval 15 mm. 3 - Fundo: Com janela maxim-ar 80x80 cm e com chapa trapezoidal galvanizada 16. 4 - Frente: Em chapa trapezoidal galvanizada 16 com porta e janela. 5 - Lateral esquerda: Em chapa trapezoidal galvanizada 16. 6 - Lateral direita: Em chapa trapezoidal galvanizada. 7 - Teto: Com telhas em chapas trapezoidal galvanizada 16 e calhas com câmara termo acústica com isopor de 25 mm e eucaplac branco.
  • 19. Container - Almoxarifado Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 19 Figura 5 – Container Almoxarifado O container deve conter um arquivo com gavetas para pasta suspensa e devidamente identificado conforme modelo definido pelo sistema de gestão, para a guarda dos seguintes documentos: a) Controle de requisição de materiais e documentos fiscais. O armazenamento dos materiais deve ser feito em gôndolas devidamente identificadas conforme CM 1. No caso de produtos químicos, deve ser disponibilizado um kit de emergência para caso de derramamento, conforme CM 2, sinalização de produto químico perigoso e uma cópia da FISPQ do produto junto a este, conforme CM 3. Quando for possível a transferência do Almoxarifado para o corpo do prédio, este deve ser instalado no térreo, mezanino ou subsolo, dando preferência sempre pelo uso de iluminação e ventilação natural, principalmente no caso de armazenamento de produto químico.
  • 20. O Vestiário deve conter armários de aço com divisórias e tranca (cadeado ou fechadura) para a guarda de roupas e objetos pessoais dos funcionários (1 para cada empregado) e banco de madeira entre os armários para facilitar a utilização do vestiário pelos funcionários. Figura 6 – Container Vestiário Container - Vestiário Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 20
  • 21. A Instalação Sanitária deve ser constituída de lavatório, vaso sanitário e mictório, na proporção de 1 (um) conjunto para cada grupo de 20 (vinte) trabalhadores ou fração, bem como de 1 chuveiro, na proporção de 1 (uma) unidade para cada grupo de 10 (dez) trabalhadores ou fração. Os vasos sanitários devem ter assento, porta papel higiênico e cestos de lixo, a área de banho deve conter porta sabonete e estrados plásticos em todos os chuveiros. A Instalação Sanitária deve ser implantada próximo ao Vestiário, evitando que os colaboradores da obra percorram grandes distâncias com trajes indevidos. Quando for possível a transferência da Instalação Sanitária para o corpo do prédio, esta deve ser instalada no térreo, ou subsolo, dando preferência sempre pelo uso de iluminação e ventilação natural. Nesta fase, sempre que possível, utilizar a caixa de saída de esgoto definitiva da edificação. Figura 7 – Container Instalação Sanitária Container - Instalação Sanitária Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 21
  • 22. Deve estar fora das proximidades das instalações sanitárias e dispor de dimensões adequadas para atender a obra, podendo ser construído conforme Figuras 4 e 5, em compensado de 10mm na posição horizontal, apoiado sobre uma fiada de bloco com altura de 20cm. O fechamento sobre o compensado deve ser em tela tipo mosqueteiro, a cobertura em telhas onduladas e o piso deve ser lavável (sugerido cimento queimado, inclusive na parede lateral do bloco de apoio do compensado servindo como rodapé para proteger o compensado quando da lavagem do piso). O Refeitório deve ser pintado internamente de branco e externamente de Azul Del Rei, conforme cor padrão da empresa. Devem ser utilizadas mesas com tampo liso e lavável, um aquecedor tipo banho-maria para esquentar a refeição dos funcionários que optem por trazer almoço, bebedouros com água filtrada (01 para cada 25 empregados) e cesto de lixo com tampa. A quantidade de lugares no refeitório depende do número de funcionários na obra, no entanto, todos devem ser atendidos. Para isso é possível definir turnos para a realização das refeições. Quando for possível a transferência do Refeitório para o corpo do prédio, este deve ser instalado no térreo ou mezanino, dando preferência sempre pelo uso de iluminação e ventilação natural. O refeitório poderá ser utilizado como área de vivência, sala de treinamento de pessoal e sala de aula, desde que devidamente autorizado e orientado pela gerência da obra. Refeitório Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 22
  • 23. Figura 1 – Refeitório – planta baixa Figura 2 – Refeitório – elevação Refeitório Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 23
  • 24. Refeitório Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 24 Características Mesa com tampo retangular em fórmica com borda em PVC e mochos escamoteáveis em fórmica. Com 10 lugares. Cor Bege Dimensões 2,50 x 0,70 x 0,75 Segue modelo padrão de mesa, que será utilizado nos refeitórios das obras conforme figura nº 10. Segue também modelo do Bebedouro que será instalado para cada 25 funcionários, tanto no refeitório como no térreo de cada torre que estiver em execução. Figura 3 – Mesa para refeitório Características Gabinete em chapa de aço carbono galvanizada com pintura à pó por processo eletrostático ou em chapa de aço inoxidável. Tampa-pia em chapa de aço inoxidável. Torneiras em latão cromado. Dimensões 37 cm x 27 cm x 95 cm Figura 4 – Bebedouro de jato inclinado
  • 25. Para o dimensionamento das áreas de trabalho nos ambientes administrativos, devem ser considerados as medidas abaixo. Deverá ser previsto também pelo engenheiro residente, um local de trabalho(ambientes), para os seguintes cargos e/ou finalidades. - Gerenciadora - Gerente de obras (caso necessário) - Planejamento - Engenheiro residente / estagiários Estes ambientes deverão ser dimensionados, - Administrativo e Auxiliar baseando-se no efetivo total que a obra virá a - Mestre de Obras e Encarregados possuir na área administrativa. - Técnico de Segurança e estagiário - Sala de Reuniões - Sala de Treinamento para equipe de produção Diretrizes Para Implantação de Canteiro Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 25
  • 26. A Guarita deve possuir uma abertura (janela) onde o porteiro irá atender os visitantes. Internamente, esta deve ter um balcão onde será realizado o controle de entrada e saída de funcionários e visitantes, conforme Figura 8. A mesma deverá sempre estar locada próxima ao portão principal da obra, e deve ser pintada internamente de Branco e externamente de branco e azul Del-Rey (faixa com 1,00m de altura em relação ao piso, e acima da faixa pintado de branco). O controle de entrada e saída de funcionários será feito pelo porteiro conforme padrão do sistema de gestão. Guarita Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 26
  • 27. Figura 1 – Planta Guarita Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 27
  • 28. Figura 2 – Vista Lateral Guarita Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 28
  • 29. Figura 3 – Vista Frontal Guarita Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 29
  • 30. Escritório (Móveis - Mesas ) Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 30 MESA DE REUNIÃO Mesa oval em laminado melaminico (fórmica) varias cores com tampo sobreposto na cor azul, acabamento da borda do tampo em perfil de PVC semi circular (180°) com 18mm de espessura. Estrutura tubular de aço pintada em epóxi, ponteiras de fechamento dos tubos em ABS de alto impacto e deslizadores reguláveis de nylon na cor preta. Medidas: 3,30 x 1,20 mt na cor azul. MESA DE TRABALHO RETA Mesa reta 60cm(largura) em laminado melaminico (fórmica) varias cores com tampo inserido entra as estruturas, acabamento da borda do tampo em perfil de PVC semi circular (180°) com 18mm de espessura. Estrutura tubular de aço pintada em epóxi com acabamento lateral em madeira (cores iguais as dos tampos) com bordas em perfil de PVC idem ao do tampo, ponteiras de fechamento dos tubos em ABS de alto impacto e deslizadores reguláveis de nylon.. Medidas: 1,20X0,60X0,74 mt MESA DELTA TAMPO ÚNICO Mesa Delta tampo único espessura 18mm em laminado melaminico várias cores com acabamento das bordas em perfil de PVC 180°. estrutura tubular de aço pintada em epóxi com acabamento com ponteiras de nylon. Possui deslizadores reguláveis. Medidas: 1,40 X 1,40 X 0,74 com 2 gavetas As salas de administração, engenharia, segurança do trabalho, almoxarifado e sala de reuniões, devem ser implantadas as mobílias que seguem abaixo: Figura 1 – Mesa administração Figura 2 – Mesa administração Figura 3 – Mesa de Reuniões
  • 31. Escritório (Móveis - Assentos) Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 31 POLTRONA DIRETOR GIRATÓRIA (SETOR ADMINISTRATIVO) Estofamento em espuma injetada de alta densidade com apoio lombar, encosto alto, revestimento em tecido de poliéster, acabamento das bordas do assento e encosto em perfil de PVC de alto impacto, apoio de braços em poliuretano integral. Base giratória com cinco patas com regulagem de altura a gas, com ou sem relax pintada em epóxi com proteção da coluna em poliestireno. Medidas: 1) Encosto 0,45Lx0,48A mt 2) Assento 0,49Lx0,48C mt 3) Altura do solo (assento) 0,38 a 0,55 mt Cor – Azul Royal CADEIRA SECRETÁRIA FIXA (SALA DE REUNIÕES) Estofamento em espuma injetada , encosto articulado, revestimento em tecido de poliéster, pro- teção em perfil de PVC de alto impacto no assento e encosto. Estrutura em tubo de aço tratado com quatro pés, continua ou ski pintada em epóxi. Medidas: 1) Encosto 0,36Lx0,29A mt 2) Assento 0,43Lx0,390C mt 3) Altura do solo (assento) 0,45 mt Cor – Azul Royal LONGARINA SECRETÁRIA (SALA DE TREINAMENTOS) Estofada em espuma injetada de alta densidade, 4 lugares, revestida em tecido de poliéster, aca- bamento das bordas em perfil de PVC de auto impacto. Estrutura em tubo de aço com encosto em L duplo pintada em epóxi com deslizadores reguláveis de nylon. Medidas: 1) Encosto 0,36Lx0,29A cm 2) Assento 0,43Lx0,39C cm 3) Altura do solo (assento) 0,45cm Cor – Azul Royal Figura 4 – Cadeira de administração Figura 5 – Cadeira da sala de reuniões Figura 6 – Conj. de sala de treinamento
  • 32. Escritório de Engenharia - Quadro de Acompanhamento de processos Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 32 Dimensões do quadro do engenheiro residente: 2,00m x 1,00m Itens: 1 – Programação Mensal de Serviços; 2 – Programação Semanal de Serviços; 3 – Política de Gestão Integrada / Visão / Missão / Valores 4 – Cronograma de Concessionárias; 5 – Previsão do Tempo 6 – Ata de reunião 7 – Canteiro de obras 8 – Cronograma Geral 9 – Tempo Caminho No escritório do engenheiro residente, fixar quadro contendo os seguintes documentos/planilhas/projetos, conforme indicadas no modelo abaixo. Figura 1 – Quadro de cortiça
  • 33. Escritório de Administração – Quadro de Acompanhamento de processos Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 33 No escritório do administrativo da obra, deve estar fixado o quadro abaixo, e constar os documentos/planilhas indicadas conforme modelo. OBRA PNº - NOME DA OBRA - BAIRRO 1 3 4 2 5 Dimensões do quadro do administrativo da obra: 1,20m x 1,00m Itens: 1- Controle de extintores; 2- Controle de calibração; 3- Previsão e Programação do Efetivo da Obra; 4- Política de Gestão Integrada / Visão / Missão / Valores; 5- Telefone úteis Figura 2 – Quadro de cortiça
  • 34. A montagem e instalação dos Escritórios e Almoxarifados de empresas terceirizadas é responsabilidade do empreiteiro, no entanto, deverão respeitar os locais destinados pela gerência da obra para sua montagem. A pintura das instalações é também responsabilidade do empreiteiro, devendo ser pintado externamente de branco e azul (faixa com 1,00m de altura em relação ao piso, e acima da faixa pintado de branco). Ficará a cargo dos empreiteiros o fornecimento de prateleiras, estrados ou gôndolas o para armazenamento de materiais. Escritório e Almoxarifado de Empreiteiro Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 34
  • 35. Áreas de Vivência Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 35 MICTÓRIO TIPO CALHA Fabricado em aço inoxidável AISI 304, chapa de 0,8mm - #22, acabamento escovado. Altura 0,51m. Largura 0,255m. Comprimento 2,00m. A área de vivência é um local destinado para uso dos funcionários da produção, e este local deve ser previsto de condições que propiciem o bem-estar dos mesmos. A empresa com a responsabilidade de melhorar estes ambientes, estabelece as diretrizes para estes ambientes. Referência da Norma Regulamentadora – 18 Chuveiros – 1 para cada grupo de 10 pessoas; Lavatório e Mictório - 1 para cada grupo de 20 pessoas (Quando for do tipo calha, considerar 0,60m para cada grupo de 20 pessoas). Bacia Sanitária – 1 para cada grupo de 20 pessoas; Bebedouro – 1 para cada grupo de 25 pessoas; LAVATÓRIO TIPO CALHA Fabricado em aço inox AISI 304, chapa 0,8mm #22, acabamento escovado com película de proteção. Altura 0,345m. Largura 0,44m. Comprimento 2,00m
  • 36. Áreas de Vivência Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 36 DUCHA (UTILIZADA EM SISTEMA DE AQUECIMENTO À GÁS) Chuveiro Ducha Frio Grande 10" Branco ESTRADO DE PLÁSTICO PARA ÁREA DE BANHO Dimensões: 5,0 x 50,0 x 50,0cm SABONETEIRA PARA ÁREA DE BANHO
  • 37. Áreas de Vivência Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 37 SABONETEIRA PARA USO NOS LAVATÓRIOS Saboneteira plástica giratória 500ml ROUPEIROS EM AÇO, COM PORTAS GRANDES A obra deve prever a compra dos armários, descrevendo a quantidade de portas em um mesmo conjunto, para melhor adequação aos espaços disponíveis.
  • 38. Área de Lazer Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 38 A obra deverá prever um local destinado a área de lazer aos funcionários. Este ambiente deve possuir mesa de bilhar, mesa de pebolim; mesas para jogos de cartas e/ou dominó. Esta área deverá ser aberta aos funcionários no horário que compreenda o intervalo de almoço de todas as equipes/frentes de trabalho, e ser fechada logo após o término do último intervalo de almoço. A estrutura desta área de lazer deve estar programada em no máximo até a execução da 3º laje tipo, onde que é um prazo suficiente para que o engenheiro possa disponibilizar uma área adequada para instalação da mesma. Abaixo seguem alguns modelos de mesas que a obra deverá estar adquirindo. Dimensões = 2,20 x 1,20m Dimensões = 1,40 x 0,80m Dimensões = 1,20m Figura 1 – Mesa de Bilhar Figura 2 – Mesa de Pebolim Figura 3 – Mesa de cartas/dominó
  • 39. O Lava-rodas deve ser implantado na obra de modo a evitar a sujeira das vias públicas no entorno do empreendimento, principalmente quando da remoção de terra da obra (fundação e escavação). Para a construção do Lava-rodas deve ser considerado o projeto de logística da obra, uma vez que o mesmo deve estar posicionado no principal portão de acesso de veículos da obra. O Lava-rodas deve ser construído conforme orientação das Figuras 41, 42 e 43. Figura 1 – Lava-rodas – planta baixa Lava-rodas Meio Ambiente Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 39
  • 40. Figura 2 – Lava-rodas – corte AA Figura 3 – Lava-rodas – corte BB Lava-rodas Meio Ambiente Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 40
  • 41. Figura 4 – Lavatório de pincéis – corte transversal O Lavatório de pincéis deve ser implantado na obra de modo a possibilitar a lavagem das ferramentas utilizadas na pintura e evitar o descarte inadequado desses resíduos. Para a construção do Lavatório de pincéis deve ser analisado o projeto de canteiro da obra, uma vez que o mesmo deve estar posicionado em local ventilado, coberto e protegido da ação da chuva e longe das áreas de vivência da obra. Todo o resíduo gerado no Lavatório de pincéis deve ser devidamente identificado e acondicionado até a sua remoção. O Lavatório de pincéis deve ser construído conforme orientação das Figuras 15 e 16. Figura 5 – Lavatório de pincéis – corte longitudinal Lavatório de pincéis Meio Ambiente Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 41
  • 42. A segregação dos resíduos nos locais próximos ao setor administrativo da obra, deve ser feita através do uso do conjunto de coleta seletiva de 120 Lts, devidamente identificados e organizadas conforme Figura 23. Conjunto de Coleta Seletiva com Rodas Meio Ambiente Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 42 CONJUNTO DE COLETA SELETIVA DE 120 LTS. Modelo: Europeu com 2 rodas Material: Em polietileno de alta densidade. Dimensões: Altura: 0,93 - Largura: 0,48 - Profundidade: 0,55 Cores: Vermelho (Plástico); Amarelo (Metal); Verde (Vidro); Cinza (não recicláveis) Marrom (Orgânico); Azul (Papel); Preto (Madeira). Figura 6 – Conjunto de Coleta seletiva.
  • 43. A segregação dos resíduos nos andares deve ser feita através do uso de bombonas devidamente identificadas e organizadas conforme Figura 24. A identificação de coleta seletiva é feita através e adesivos padrão conforme modelo abaixo. Figura 7 – Gabarito para bombonas Planta baixa do gabarito Vista frontal do gabarito (h=35 cm) Gabarito para coleta de resíduos Meio Ambiente Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 43 Modelo de adesivo medidas:30x20cm
  • 44. No desenho abaixo, foi esquematizado um modelo de estrutura de sustentação dos bags. Estes bags são destinados para o correto acondicionamento dos resíduos oriundos dos andares. A local de instalação desta estrutura na obra deve provida de cobertura contra ação de intempéries, e que também possua fácil acesso no momento de sua retirada para o destino final (reciclagem). A estrutura de sustentação dos bags, podem ser confeccionadas com pontaletes e também com barras de aço CA-50 com 20mm de diâmetro. Figura 8 – Planta Estrutura para coleta de resíduos (Bags) Meio Ambiente Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 44 Figura 9 – vista lateral
  • 45. A comunicação visual na obra deve seguir os padrões definidos pela empresa, conforme segue: Figura 1 – Placa de identificação de materiais: Dimensões: 0,10 x 0,15 m Placa com ganchos para fixação em gôndolas e espaço para escrita com pincel atômico. Dimensões: 0,40 x 0,20 m Placa com pontalete para fixação em material a granel e sem pontalete para outros materiais, e espaço para escrita com pincel atômico. Comunicação Visual Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 45
  • 46. Adesivo para identificação do kit de emergência em caso de derramamento. Figura 2 – Kit de emergência em caso de derramamento Dimensões: 0,15 x 0,20 m Comunicação Visual Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 46
  • 47. Adesivo para identificação de produto perigoso armazenado ou em uso. Figura 3 – Produto perigoso Dimensões: 0,10 x 0,15 m Comunicação Visual Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 47
  • 48. Estas placas devem ser confeccionadas, conforme a necessidade da obra em possuir ou não os ambientes listados abaixo:  Gerenciadora  Gerente de Obras  Planejamento  Engenharia  Administração  Segurança do Trabalho  Mestre de Obras  almoxarifado  Sala de Treinamentos  Sala de Reuniões  Sanitários e Chuveiros  Vestiário Portaria Favor Identificar-se  Lava-Rodas  Sala de Jogos Figura 4 – Modelo de placa de identificação das áreas de trabalho e de vivência: Dimensões: 0,40 x 0,20 m Comunicação Visual Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 48
  • 49. Figura 5 – Placa de sinalização das áreas de vivência: Dimensões: 0,50 x 0,40 m Placa com setas adesivas que permitem a adequação aos diversos layouts de canteiro. Seta adesiva Comunicação Visual Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 49
  • 50. Figura 6 – Placa com a Política da Empresa: Dimensões: xx x xx m Comunicação Visual Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 50
  • 51. Figura 7 – Placa com a Política da Empresa: Dimensões: 1,00 x 1,00 m Comunicação Visual Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 51
  • 52. Figura 8 – Placa com identificações de andar e saída de emergência, e mensagens de segurança do trabalho e de meio ambiente. Dimensões: 40 x 55 cm – confeccionadas em placa de PVC com 1mm de espessura. Comunicação Visual Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 52
  • 53. *Containers: www.fla-con.com.br *Sistema de Coleta Seletiva:www.naturallimp.com.br *Estações de trabalho, poltronas e mesa de reunião:www.ambientesa.com.br *Lavatório tipo cuba: www.ramada.com.br *Mesas de Refeitório: www.dimovesc.com.br *Mesas de Jogos: www.mesetec.com.br *Ducha: www.balaroti.com.br *Saboneteira: www.solostocks.com.br *Mictório e lavatório tipo calha: www.palmetal.com.br Sites de Referência Projeto de Canteiro Processo: Obra Identificação: OUT.5.001 Revisão: 1 Página: 53