Your SlideShare is downloading. ×
Arquitetura da Informação como Ferramenta Indispensável em Estratégias Corporativas no meio digital Parte 1
Arquitetura da Informação como Ferramenta Indispensável em Estratégias Corporativas no meio digital Parte 1
Arquitetura da Informação como Ferramenta Indispensável em Estratégias Corporativas no meio digital Parte 1
Arquitetura da Informação como Ferramenta Indispensável em Estratégias Corporativas no meio digital Parte 1
Arquitetura da Informação como Ferramenta Indispensável em Estratégias Corporativas no meio digital Parte 1
Arquitetura da Informação como Ferramenta Indispensável em Estratégias Corporativas no meio digital Parte 1
Arquitetura da Informação como Ferramenta Indispensável em Estratégias Corporativas no meio digital Parte 1
Arquitetura da Informação como Ferramenta Indispensável em Estratégias Corporativas no meio digital Parte 1
Arquitetura da Informação como Ferramenta Indispensável em Estratégias Corporativas no meio digital Parte 1
Arquitetura da Informação como Ferramenta Indispensável em Estratégias Corporativas no meio digital Parte 1
Arquitetura da Informação como Ferramenta Indispensável em Estratégias Corporativas no meio digital Parte 1
Arquitetura da Informação como Ferramenta Indispensável em Estratégias Corporativas no meio digital Parte 1
Arquitetura da Informação como Ferramenta Indispensável em Estratégias Corporativas no meio digital Parte 1
Arquitetura da Informação como Ferramenta Indispensável em Estratégias Corporativas no meio digital Parte 1
Arquitetura da Informação como Ferramenta Indispensável em Estratégias Corporativas no meio digital Parte 1
Arquitetura da Informação como Ferramenta Indispensável em Estratégias Corporativas no meio digital Parte 1
Arquitetura da Informação como Ferramenta Indispensável em Estratégias Corporativas no meio digital Parte 1
Arquitetura da Informação como Ferramenta Indispensável em Estratégias Corporativas no meio digital Parte 1
Arquitetura da Informação como Ferramenta Indispensável em Estratégias Corporativas no meio digital Parte 1
Arquitetura da Informação como Ferramenta Indispensável em Estratégias Corporativas no meio digital Parte 1
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Arquitetura da Informação como Ferramenta Indispensável em Estratégias Corporativas no meio digital Parte 1

490

Published on

Conteúdo referente a palestra ministrada no dia 03/09/2011 na Faculdade Impacta

Conteúdo referente a palestra ministrada no dia 03/09/2011 na Faculdade Impacta

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
490
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
17
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Arquitetura de Informação emEstratégias CorporativasUX & Branding Prof.a Thaïs Campas
  • 2. Sim, a INTERNET pode pulverizar a forçada marca e o negócio de grandescorporações e formadores de opinião.
  • 3. Caem os paradigmas dacomunicação da forma como temosaplicado durante décadas edécadas.
  • 4. A comunicação Convencional estáfundamentada no “UM para Muitos”.•É uma via de mão única. Não existe diálogo, neminteração com o meio de comunicação utilizado.•São mensagens e conceitos fechados.•É uma comunicação dirigida a públicos, mercados esegmentos.•É uma comunicação monitorada por pesquisas demercado e opinião como mecanismo de feedback.
  • 5. A comunicação Interativa está fundamentadano “UM para UM” e no “Muitos para Muitos”.•É uma via de mão dupla. Existe diálogo e interação com omeio de comunicação utilizado e através do meio decomunicação utilizado.•São mensagens e conceitos absolutamente abertos, comuma dinâmica livre e caótica.•É uma comunicação dirigida a segmentos de público,usuários e personas.•É uma comunicação monitorada através de pesquisas deaudiência, testes de usabilidade e processos interativos.
  • 6. A maioria das empresas não sabemcomo lidar com ambientes onde oconhecimento é gerado porcomunidades de usuários•As empresas não desenvolvem produtos centrados naexperiência do usuário.•As empresas não conseguem se adaptar à comunicaçãointerativa porque não estavam preparadas para ofeedback gerado por ela.•As empresas reproduzem seus próprios modelosmentais em suas estratégias de comunicação na internet.
  • 7. O arquiteto de informação é…“O indivíduo capaz de organizarpadrões inerentes aos dados,tornado clara sua complexidade, ecapaz de criar estruturas ouplanejamento de informações quepermitam aos outros encontraremseus caminhos pessoais para oconhecimento.”Richard Saul Wurman, 1976
  • 8. A Arquitetura de Informação se foca naconsistência de sistemas de rotulação enavegação.•Conteúdos institucionais, produtos e serviços devem serapresentados em hierarquias e nomenclaturas constantes emtodas as publicações e iniciativas digitais da corporação.•Regras de Negócios devem estar claras na lógica deinteração e nos fluxos de tela.
  • 9. Branding também significa: Melhorar aExperiência do Usuário.
  • 10. Experiência de Marca &Experiência do Usuário
  • 11. Projetos UX centered xProjetos centrados no negócio.
  • 12. Projetos centrados noNegócio:Projetos centrados no negóciosão centrados nodesenvolvimento do produto. Projetos UX centered: Projetos centrados no usuário são centrados na experiência que o produto proporciona ao usuário.
  • 13. Elementos da Experiência do Usuário Conteúdo Contexto UX Cenário Usuários
  • 14. Cenário de UsoVariáveis materiais comomáquina, conexão, ambiente(rede segura, via celular, bandalarga, acesso de casa, dotrabalho e etc).O cenário de uso tem que serselecionado a partir das keyfeatures. Exemplo de Cenário: (uso de GPS) Trânsito com condições diversas - é uma situação de mobilidade e sujeita a surpresas. Também é uma situação em que o usuário é levado a executar mais de uma tarefa ao mesmo tempo e sofre a pressão para definir caminhos de acordo com as necessidades do momento: pode estar com pressa, preferir vias principais ou secundárias, e etc.
  • 15. Contexto de Uso éMotivação imediata do usuário em interagir comum objeto, interface e/ou sistema.Situação ou circunstância em que isso acontece.Condições básicas e imediatas em que a interaçãoocorre. Exemplo de Contexto: (uso de GPS) Motivação: Usuário busca endereço e trajeto do ponto onde se encontra até o destino pretendido. Situação: Usuário está dirigindo veículo em via pública urbana. Condições básicas e imediatas: condições do trânsito são tensas e não há local de parada para manipular o equipamento.
  • 16. Mas…Como mapear aexperiência doUsuário?
  • 17. Testes e estudos com usuários: O que observamos? Ou…O que devemos observar?
  • 18. Testes e estudos com usuários:•Card Sorting:Revela o modelo mental dos usuários. Amaneira como eles organizam suas idéiase suas hierarquias internas.•Testes de Usabilidade: Revela como as pessoas utilizam atecnologia e as interfaces (serviços eprodutos interativos).
  • 19. Branding em Projetoscentrados no Negócio:Afetado pela consistência naapresentação do produto ou serviçoao usuário em estratégias decomunicação convencionais edigitais. Branding em Projetos UX centered: Afetado pela experiência que o produto ou serviço oferece ao usuário.
  • 20. UX & Branding:Final – PalestraThaïs CampasA.I. Sr/ UX expertthcampas@gmail.com@thcampas

×