A MACONHA
A PLANTA Planta herbácea denominada Cannabis sativa. Possui folhas  digitadas e flores pequenas, amarelas e sem perfume. ...
SUBSTÂNCIAS DA MACONHA A planta da maconha contém mais de 400 substâncias  químicas. O tetra-hidrocarbinol (THC) é um tip...
EFEITOS   Os efeitos variam se a droga é fumada ou tomada, e dependem da    quantidade usada. Com doses baixas há euforia...
PODE OCASIONAR DEPENDÊNCIA?   A dependência pode ocorrer por uso repetido, durante    bastante tempo. Pode haver tolerânc...
QUAL DEVE SER A CONDUTA QUANDO SEDESCOBRE UM AMIGO USUÁRIO DE DROGAS?   O usuário não deve sentir-se abandonado por amigo...
LEGALIZAÇÃO DA MACONHA, VOCÊ É CONTRAOU A FAVOR?   Um dos argumentos que fundamentam a importância    da legalização para...
O OXI
DEFINIÇÃO•    Oxidado, crack oxidado ou oxi é um tipo    de droga derivada da cocaína de uso altamente    viciante. Trata-...
PADRÕES DE CONSUMO•   A droga é fumada assim como o crack.    Utiliza-se cachimbo ou lata    de alumínio perfurada que que...
EFEITOS FISIOLÓGICOS•   Os efeitos do oxi ainda não são totalmente conhecidos, podendo    variar dependendo da concentraçã...
POPULARIZAÇÃO DO CONSUMO•   Há um grande aumento no consumo da droga em    relação ao crack. Um dos principais motivos par...
REAÇÕES      As reações são muito fortes, devido aos componentes químicos. Ela   causa vômitos, diarréias, aparecimento de...
COMPARATIVOCARACTERÍSTICA(CRACK)            CARACTERÍSTICA (OXI)Composição: Bicarbonato de  sódio + água + pasta base de  ...
TRABALHO SOBRE A MACONHA E O OXI. Integrantes: Jallison Victor Andreia Bruno Malonne Karla
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Trabalho sobre a maconha e o oxi

7,646 views

Published on

Trabalho sobre a Maconha e o OXI.

Published in: Education
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
7,646
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
48
Actions
Shares
0
Downloads
159
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Trabalho sobre a maconha e o oxi

  1. 1. A MACONHA
  2. 2. A PLANTA Planta herbácea denominada Cannabis sativa. Possui folhas digitadas e flores pequenas, amarelas e sem perfume. É uma planta dioica que apresenta talos com flores masculinas que endurecem mais rápido, morrendo após a floração e também com flores femininas permanecem com uma cor verde-escura até um mês após a floração. Os primeiros relatos dessa erva no Brasil datam do século XVIII quando era usada para a produção de fibras chamadas de cânhamos. Essas fibras fortes e duráveis foram usadas como velas de navios por séculos e até hoje são utilizadas em cordas, cabos, esponjas, tecidos e fios. As sementes com muitas proteínas e carboidratos são utilizadas na alimentação de pássaros domésticos, e em cereais e granolas. Do óleo extraído das sementes fazem-se tintas, vernizes, sabões e óleo comestível.
  3. 3. SUBSTÂNCIAS DA MACONHA A planta da maconha contém mais de 400 substâncias químicas. O tetra-hidrocarbinol (THC) é um tipo de canabinoides e é a substância mais associada aos efeitos que a maconha produz no cérebro. A concentração de THC na planta depende de alguns fatores, como solo, clima, por isso os efeitos podem variar bastante de uma planta para outra. Existem algumas maneiras que a cannabis pode ser consumida, mas a forma mais comum é através do fumo. Ao inalar a fumaça da maconha, o THC vai diretamente para os pulmões. Minutos depois de inalado, o THC cai na corrente sanguínea, chegando até o cérebro.
  4. 4. EFEITOS Os efeitos variam se a droga é fumada ou tomada, e dependem da quantidade usada. Com doses baixas há euforia e risos, quando em grupo, ou há relaxamento e sonolência, se está sozinho. A memória fica prejudicada e a pessoa não consegue executar tarefas múltiplas. Há aceleração do tempo, fazendo minutos parecerem horas, e confusão entre passado, presente e futuro. Os sentidos ficam aguçados, mas o indivíduo tem menor equilíbrio e força muscular. Os olhos ficam vermelhos, a boca seca, e aumenta a vontade de comer doces. O pulso fica acelerado e causando tontura. Com doses mais altas iniciam os delírios, alucinações e a pessoa sente que não é mais ela mesmo, o que podem atingir um nível de psicose tóxica. Nestes estágios de intoxicação a pessoa pode sentir-se muito mal, mostrando-se agitada e confusa. Causa bronquite, asma, faringite, enfisema e câncer, há maior risco de sofrer acidentes de trânsito, diminui a imunidade e se for usada durante a gravidez, existe a possibilidade de prejudicar o feto.
  5. 5. PODE OCASIONAR DEPENDÊNCIA? A dependência pode ocorrer por uso repetido, durante bastante tempo. Pode haver tolerância de forma que a pessoa passa a fazer uso diário da droga, no entanto, a suspensão abrupta do uso não produz sintomas físicos. O dependente se afasta da família, do trabalho e do lazer, para ficar usando a droga. Alguns podem perder o interesse por cuidar de sua saúde ou higiene.
  6. 6. QUAL DEVE SER A CONDUTA QUANDO SEDESCOBRE UM AMIGO USUÁRIO DE DROGAS? O usuário não deve sentir-se abandonado por amigos ou familiares, pois ficará mais próximo da droga. Ele deve ser motivado a procurar ajuda especializada, pois os tratamentos trazem melhores resultados naquelas pessoas que querem ser ajudadas. Devemos estar bem informados a respeito de drogas e dispostos a conversar sem preconceitos sobre o assunto. Esta pode ser uma boa maneira de auxiliá-lo, porque estaremos mostrando que a opção de não usar drogas está fundamentada.
  7. 7. LEGALIZAÇÃO DA MACONHA, VOCÊ É CONTRAOU A FAVOR? Um dos argumentos que fundamentam a importância da legalização para a sociedade é o uso da maconha para combater a falta de apetite, ânsias e vômitos, principalmente no tratamento de pacientes com alguns tipos de câncer, AIDS e Esclerose Múltipla. Em alguns países já existem medicamentos feitos a partir dos princípios ativos da maconha, o canabidiol e o Marinol são alguns deles, nos Estados Unidos e na Holanda o uso desses remédios é autorizado. No entanto, o maior contra da legalização da maconha é a relação existente entre o uso desta droga com a evolução dos usuários para outras inda mais potentes. Atualmente as penas cabíveis a usuários da maconha não são aplicáveis, exceto nos casos de tráfico em que o praticante é preso, mas na maioria dos casos não permanece muito tempo preso. Sendo assim, a legalização da maconha, que deu certo em alguns países, pode não ser tão benéfica para o nosso país.
  8. 8. O OXI
  9. 9. DEFINIÇÃO• Oxidado, crack oxidado ou oxi é um tipo de droga derivada da cocaína de uso altamente viciante. Trata-se de uma mistura de base livre de cocaína oxidada, cerca de 80% da composição da droga, e combustível, entre eles, os de uso principal, o querosene, gasolina e diesel com cal ou pe rmanganato de potássio.• Surgiu no Brasil quando entrou pelo Acre, vinda da Bolívia e Peru, na década de 1980. Na zona sul de São Paulo foi apreendido o primeiro tijolo da droga.
  10. 10. PADRÕES DE CONSUMO• A droga é fumada assim como o crack. Utiliza-se cachimbo ou lata de alumínio perfurada que queima as pedras. Em alguns casos é utilizado triturado, incluído com cigarros de tabaco ou maconha, ou ainda, em pó, onde é sugado pelo nariz.
  11. 11. EFEITOS FISIOLÓGICOS• Os efeitos do oxi ainda não são totalmente conhecidos, podendo variar dependendo da concentração e frequência com que a droga é consumida. Logo que consumida, a droga provoca queimaduras nos lábios e fossas nasais e possível perda dos dentes. Quando chega aos pulmões, a droga entra na corrente sanguínea pelos alvélolos pulmonares em até oito segundos. Já na corrente sanguínea, causa taquicardia e contrai os vasos sanguíneos, aumentando os riscos de o usuário predisposto a doenças cardíacas ter hipertensão e infarto. No sistema digestório, acelera os movimentos peristálticos podendo causar vômitos e diarreia e pode inflamar o fígado e os rins. As doenças e os efeitos imediatos que podem ser causadas pelo oxi são, entre outros, enfisema, derrame cerebral, dificuldades no raciocínio e memória, infarto, desidratação, causada por vômitos e diarreias, alucinações, insônia e aumento da agressividade. A droga é conhecida por ter efeito muito mais devastador se comparado a outras substâncias utilizadas no Brasil.
  12. 12. POPULARIZAÇÃO DO CONSUMO• Há um grande aumento no consumo da droga em relação ao crack. Um dos principais motivos para isso é o seu preço, em média, de dois reais. Seus efeitos também produzem uma desejo maior de consumo, promete euforia duas vezes maior que a causada pela cocaína. Ainda não se tem dados exatos sobre o quanto a droga está difundida, não sendo conhecida a sua real circulação.
  13. 13. REAÇÕES As reações são muito fortes, devido aos componentes químicos. Ela causa vômitos, diarréias, aparecimento de lesões precoces no sistema nervoso central e a degeneração das funções hepáticas.Boca• Causa necrose dos tecidos; os dentes ficam fracos e os lábios se queimam.Pulmão• Enfisema causado pela cal.Sistema circulatório• Em 8 segundos chega ao cérebro.Cérebro• Eleva os níveis de dopamina. Pode causar derrame, e dificuldades de memorização.Coração• Aumenta o ritmo cardíaco e causa vasoconstrição.Sistema digestivo• Causa enjoo e diarreia devido a presença de resíduos do combustível, além de danos ao esôfago.
  14. 14. COMPARATIVOCARACTERÍSTICA(CRACK) CARACTERÍSTICA (OXI)Composição: Bicarbonato de sódio + água + pasta base de Composição: Pasta base de coca ou coca ou cocaína refinada. cocaína refinada + combustível + cal virgemConcentração de cocaína : Concentração de oxi: 40% 80% Aspecto: Branco (mais cal); AmareloAspecto: Branco (mais gasolina); Roxo (quantidades iguais de cal e gasolina)Fumaça : Cor clara e com Fumaça: Cor escura com resíduo cinzas. oleoso
  15. 15. TRABALHO SOBRE A MACONHA E O OXI. Integrantes: Jallison Victor Andreia Bruno Malonne Karla

×