Your SlideShare is downloading. ×
Características Gerais dos Animais - Estudo Nerd
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Características Gerais dos Animais - Estudo Nerd

52,971
views

Published on

Características Gerais dos Animais - Estudo Nerd …

Características Gerais dos Animais - Estudo Nerd
Acessem: estudonerd.blogspot.com

Published in: Education

2 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
52,971
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
523
Comments
2
Likes
5
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS ANIMAIS Introdução ao Reino AnimaliaAcessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 2. REINO ANIMALIA Inclui grande variedades de organismos, distribuídos em cerca de 35 filos. Animais são organismos eucarióticos, multicelulares e possuem uma nutrição heterotrófica. Os animais com exceção das esponjas, possuem dois tecidos corporais exclusivos: tecido muscular e tecido nervoso.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 3. PRINCIPAIS FILOS ANIMAIS Porifera (Poríferos) Cnidaria (Cnidários) Platyhelminthes (Platelmintos) Nematoda (Nematódeos) Mollusca (Moluscos) Annelida (Anelídeos) Arthropoda (Artrópodes) Echinodermata (Equinodermos) Chordata (Cordados)Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 4. PORIFERA (PORÍFEROS) O filo Porifera (poríferos ou esponjas) reúne animais aquáticos com o nível de organização mais simples do reino Animalia. Eles não apresentam tecidos nem órgãos. A maioria das espécies é marinha e vive fixada a rochas e objetos submersos.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 5. CNIDARIA (CNIDÁRIOS) O filo Cnidaria (cnidários) reúne animais aquáticos com apenas dois tecidos embrionários (ectoderma e endoderma). Todos os outros animais, exceto as esponjas que não apresentam tecidos, possuem três tecidos embrionários. Representante: águas-vivas, corais, anêmonas-do-mar e caravelas. A maioria é marinha, alguns vivem fixados a objetos submersos, outros nadam livremente.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 6. PLATYHELMINTHES (PLATELMINTOS) O filo Platyhelminthes (platelmintos) reúne animais com corpo achatado dorsoventralmente, que vivem em água doce ou salgada, em ambientes de terra firme úmida ou no interior de outros animais, como parasitas. A forma de vida livre, aquáticas ou terrestres, são conhecidas como planárias. Representantes do parasitas são as tênias e os esquistossomos.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 7. NEMATODA (NEMATÓDEOS) O filo Nematoda (nematódeos) reúne animais de corpo cilíndrico e afilado nas duas pontas. Habitat: água doce ou salgada, na terra úmida ou no interior do corpo de animais e plantas, como parasitas. Representantes: lombrigas, ancilóstomos e as filárias.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 8. MOLLUSCA (MOLUSCOS) O filo Mollusca (moluscos) reúne animais de corpo mole, em geral revestido por uma concha calcária rígida. A maioria é marinha, mas também são encontrados em água doce e terra firme. Representantes: caramujo, mexilhões, lesmas, polvo, lulas etc.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 9. ANNELIDA (ANELÍDEOS) O filo Annelida (anelídeos) reúne animais de corpo cilíndrico e dividido em segmentos transversais. Habitat: água doce ou salgada e em solo úmido. Representantes: minhocas, sanguessugas, poliquetos.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 10. ARTHROPODA (ARTRÓPODES) O filo Arthropoda (artrópodes) reúne a maior diversidade de organismos do reino Animalia, principal característica é a presença de uma armadura corporal rígida, o exoesqueleto de quitina. Os Artrópodes podem ser divididos em: Crustáceos Quelicerados Insetos MiriápodesAcessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 11. ARTHROPODA (ARTRÓPODES) A maioria dos crustáceos é aquática, seus representantes mais conhecidos são camarões, lagostas, caranguejos, siris, tatuzinhos-de-jardim etc. Quelicerados, representados pelas aranhas, escorpiões, carrapatos e ácaros, tipicamente de terra firme. Insetos habitam a terra firme e constituem a maioria das espécies. Miriápodes, representados pelos piolhos-de- cobra (diplópodes) e pelas centopeias (quilópodes).Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 12. ECHINODERMATA (EQUINODERMOS) O filo Echinodermata (equinodermos) reúne animais exclusivamente marinhos. Representantes: estrelas-do-mar, os ouriços- do-mar, as bolachas-do-mar e os pepinos- do-mar (holotúrias).Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 13. CHORDATA (CORDADOS) O filo Chordata (cordados) reúne animais que em alguma fase do desenvolvimento possuem notocorda, estrutura embrionária que dá sustentação ao tubo nervoso. O filo compreende os protocordados (ex:anfioxos) e todos os craniados: peixes- bruxa, lampreias, peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 14. DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO DOSANIMAIS Em alguns filos animais ocorre a reprodução assexuada (ex: esponjas, cnidários), geralmente se reproduzem por brotamento. Entretanto, em todos os filos animais a reprodução mais comum é a sexuada, em que duas células haplóides (óvulo e espermatozóide) se unem formando a célula diplóide (zigoto). O desenvolvimento do zigoto origina um conjunto maciço de células, a mórula, que logo se transforma em uma bola com uma cavidade interna – a blástula.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 15. ANIMAIS DIBLÁSTICOS E TRIBLÁSTICOS Na maioria dos animais, o desenvolvimento da blástula leva ao estágio embrionário denominado gástrula.É nesse estágio que se diferenciam os tecidos embrionários básicos conhecidos como folhetos germinativos.OBS: Os poríferos são os únicos que não formam nem gástrula nem folhetos germinativos. Os Cnidários só apresentam dois folhetos germinativos (ectoderma e endoderma), são chamados de diblásticos ou diploblásticos. Em todos os outros filos animais eles, apresentam três folhetos germinativos (endoderma, ectoderma e mesoderma), são os triblásticos ou triploblásticos. Cavidade interna da gástrula delimitada pelo endoderma (arquêntero).Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 16. CAVIDADES CORPORAIS Em platelmintos o mesoderma preenche todo o espaço entre o ectoderma e o endoderma, de modo que esses animais tem corpo maciço.Eles não possuem cavidades corporais além da cavidade digestória.Pelo fato de não apresentarem cavidade corporal são denominados de acelomados. Nos nematódeos o mesoderma cresce aderido ao ectoderma, deixando um espaço que o separa do endoderma que reveste o arquêntero. Esse espaço é denominado pseudoceloma, por apresentarem pseudoceloma são chamados pseudocelomados.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 17. CAVIDADES CORPORAIS Com exceção dos dois filos mencionados anteriormente, os representantes de todos os outros filos são dotados de celoma, uma cavidade corporal completamente revestida por mesoderma, por isso são denominados celomados. O celoma pode forma-se de duas maneiras: a partir de fendas internas que surgem nos blocos de mesoderma do embrião (esquizocélica) ou a partir do espaço interno das bolsas mesodérmicas que se evaginam do teto arquêntero(enterocélica). Moluscos, anelídeos e artrópodes (esquizocelomados). Equinodermos e Cordados (enterocelomados).Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 18. ANIMAIS PROTOSTÔMIOS E DEUTEROSTÔMIOS O blastóporo é a abertura de comunicação entre o arquêntero e o meio externo, ela pode originar a boca ou o ânus, dependendo do grupo de animais. Aqueles que o blastóporo da origem à boca são chamados de Protostômios (Moluscos, anelídeos e artrópodes), todo protostômio é esquizocelomados. Aqueles que o blastóporo da origem ao ânus são chamados de Deuterostômios (equinodermos e cordados), todo deuterostômio é enterocelomados.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 19. PRINCIPAIS ESTRATÉGIAS QUE MARCARAM AHISTÓRIA EVOLUTIVA DOS ANIMAIS Multicelularidade Formação dos tecidos corporais especializados Desenvolvimento da simetria corporal Cefalização Desenvolvimento da Cavidade Corporal Desenvolvimento da Segmentação Corporal Desenvolvimentos dos Sistemas EsqueléticosAcessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 20. MULTICELULARIDADE E TECIDOS CORPORAIS Todos os animais são multicelulares. A multicelularidade adquire sua maior expressão nos animais, em que se associam para constituir tecidos altamente especializados. Tecidos são grupos de células semelhantes especializadas no desempenho de determinada função.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 21. SIMETRIA Uma estrutura apresenta simetria se, cortada real ou imaginariamente por um plano que passe por seu centro (plano de simetria), origina duas metades equivalentes Simetria Esférica: Qualquer plano que passe por seu centro divide-a em metades simétricas.Ex: Bola Simetria Radial: Metades simétricas são obtidas apenas por planos de corte longitudinais, orientados como os raios de uma circunferência. Ex: Maçã Simetria Bilateral: em que um único plano (plano sagital) divide o objeto em metades simétricas.Ex: Corpo HumanoAcessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 22. SIMETRIA Animais com simetria radial, não tem cabeça nem cauda, não têm lado direito nem esquerdo, não tem dorso nem ventre. Seu eixo corporal vai da região da boca (região oral), à região oposta (região aboral).Ex: poucas esponjas, cnidários e nas formas adultas dos equinodermos. Todos os outros animais têm simetria bilateral. Possuem região anterior e posterior, lado esquerdo e direito, região ventral e dorsal.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 23. CEFALIZAÇÃO Processo pelo qual os principais órgãos sensoriais e células nervosas responsáveis pelo processamento de informações tenderam a se concentrar na região anterior do corpo, leva a diferenciação da cabeça.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 24. CAVIDADES CORPORAIS Relembre que com exceção dos poríferos e dos cnidários, os animais podem ser acelomados, pseudocelomados e celomados. Vantagens: Facilitar a distribuição de substâncias para as células e a eliminação das excreções. Acomodação e a proteção de órgãos internos. Sustentação ao animal e pode funcionar como esqueleto.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 25. SEGMENTAÇÃO CORPORAL OU METAMERIA Está presente em anelídeos, artrópodes e cordados e consiste na organização do corpo em segmentos iguais ou semelhantes, os metâmeros, que se repetem ao longo do comprimento. Ex: minhoca. Vantagens: uma musculatura organizada em pacotes musculares capazes de se contrair independentemente garante ao corpo maior flexibilidade e variedade de movimentos.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 26. SISTEMAS ESQUELÉTICOS Uma característica presente na maioria dos animais é a capacidade de se movimentar por meio de contrações dos músculos corporais. Para que a contração resulte em movimento, os músculos necessitam de pontos de apoio, fornecidos pelo esqueleto. Os animais podem apresentar três tipos de esqueleto: esqueleto hidrostático, exoesqueleto e endoesqueleto.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 27. ESQUELETO HIDROSTÁTICO Nematódeos e anelídeos possuem cavidades corporais repletas de líquido que servem de apoio para as contrações da musculatura e permitem a movimentação e alteração da forma do corpo, (esqueleto hidrostático), uma vez que é o fato de a água ser incompressível que permite sustentar a ação muscular.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 28. EXOESQUELETO Cobertura rígida que envolve o corpo do animal totalmente (exoesqueleto completo) ou parcialmente (exoesqueleto incompleto), protegendo os órgãos internos e fornecendo pontos de apoio para a musculatura. O exoesqueleto completo é típico dos artrópodes. Apesar de eficiente na proteção e movimentação do corpo, ele limita o crescimento do animal. Para crescer, o animal sai do exoesqueleto e substituindo por um novo exoesqueleto, enquanto este é ainda flexível, o animal pode crescer. Esse processo é denominado muda ou ecdise.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 29. EXOESQUELETO O exoesqueleto é típico dos moluscos, constituído de uma ou mais placas rígidas de carbonato de cálcio, a concha, que recobre parcialmente o corpo. Ao contrário do exoesqueleto completo dos artrópodes, o exoesqueleto incompleto permite o crescimento contínuo do corpo.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 30. ENDOESQUELETO Equinodermos e a maioria dos animais cordados têm estruturas esqueléticas internas responsáveis pela sustentação corporal e pela fixação dos músculos, por ser interno, esse tipo de esqueleto é denominado endoesqueleto.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 31. TENDÊNCIAS EVOLUTIVAS NA FISIOLOGIAANIMAL Sistema Digestório Sistema de Transporte Corporal Sistema Respiratório Sistema excretorAcessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 32. SISTEMA DIGESTÓRIO Ao longo da evolução, os animais desenvolveram um sistema capaz de transformar o alimento obtido para melhor aproveitá-lo. S.D. Incompleto: Alguns filos animais há apenas uma abertura de comunicação da cavidade digestória para o exterior, está presente em cnidários e em platelmintos. A única abertura serve tanto para a ingestão de alimentos como para a eliminação dos restos digeridos.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 33. SISTEMA DIGESTÓRIO S.D. Completo: Moluscos, nematódeos, anelídeos, artrópodes, equinodermos e cordados possuem S.D. Completo, com duas aberturas: a boca, por onde o alimento entra na cavidade digestória, e o ânus, por onde são eliminados os restos alimentares não absorvidos.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 34. SISTEMA DE TRANSPORTE CORPORAL Os nutrientes absorvidos na cavidade digestória e o gás oxigênio absorvido na superfície corporal ou em órgãos respiratórios precisam chegar rapidamente, e em quantidades adequadas, a todas as células do corpo.Maneiras: Transporte por Difusão Sistema Circulatório Fechado Sistema Circulatório AbertoAcessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 35. TRANSPORTE POR DIFUSÃO Ocorre nos poríferos, cnidários e platelmintos. Embora lento, nesse animais o processo de difusão é eficiente porque eles são relativamente pequenos e todas as suas células estão próximas da cavidade digestória e das superfícies respiratórias.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 36. SISTEMA CIRCULATÓRIO FECHADO Ocorre nos animais mais complexos, que consiste em um conjunto de tubos ramificados (vasos sanguíneos) no interior dos quais circula um fluído. Nos anelídeos e nos cordados, os vasos do S. Circulatório são contínuos, de modo que o fluído circula em um circuito fechado, daí o nome. O fluído que se desloca nos vasos de sistemas circulatórios fechados denomina-se sangue.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 37. SISTEMA CIRCULATÓRIO ABERTO Na maioria dos moluscos e artrópodes, os vasos circulatórios têm extremidades abertas, pelas quais o fluído passa para cavidades corporais chamadas hemocelas.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 38. SISTEMA RESPIRATÓRIO Respiração consiste na realização de trocas gasosas com o ambiente. Respiração: Cutânea Branquial Pulmonar TraquealAcessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 39. SISTEMA RESPIRATÓRIO Respiração Cutânea: Animais que vivem na água ou ambiente úmido, como poríferos, cnidários, platelmintos, nematódeos, alguns anelídeos e anfíbios Respiração Branquial: Ambiente aquático, peixes, crustáceos, diversos anelídeos e moluscos.Possuem estruturas respiratórias denominadas brânquias. Respiração Pulmonar: Animais de terra firme, alguns moluscos, maioria dos anfíbios adultos, répteis, aves e mamíferos, as trocas gasosas com o ar ocorrem nos pulmões. Respiração Traqueal: Em artrópodes, troca de gases com o ambiente realizadas pelas traqueias.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 40. SISTEMAS EXCRETORES Responsável pela eliminação de substâncias que precisam ser eliminadas do corpo. Substâncias excretadas: Amônia, ureia e ácido úrico. Tipos de Sistemas Excretores: Protonefrídios Canais Excretores Metanefrídios Gândulas Antenais e Gândulas Coxais Túbulos de Malpighi RinsAcessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 41. SISTEMAS EXCRETORES Protonefrídios: Boa parte da excreção dos platelmintos, protonefrídio consiste em uma célula flagelada, a célula-flama, e em um tubo excretor ao qual ela se liga. Canais Excretores: Nematódeos, situados nas laterais do corpo. Metanefrídios: Anelídeos e Moluscos, o metanefrídio é um tubo aberto nas duas extremidades.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 42. SISTEMAS EXCRETORES Gândulas Antenais e Gândulas Coxais: Crustáceos, duas glândulas que se abrem na base das antenas (G. Antenais). Na maioria das aranhas a excreção é realizada pelas glândulas excretoras localizadas na base das pernas (G. Coxais). Túbulos de Malpighi: Insetos, algumas espécies de aranha e os miriápodes. Realizam excreção por meio dos túbulos de Malpighi. Cada tubo liga uma das extremidades no intestino a outra terminando em fundo cego. Rins: Vertebrados, estruturas excretoras chamadas de nefros, ficam localizadas nos rins.Acessem: www.estudonerd.blogspot.com
  • 43. CRÉDITOS Jalison Costa Acessem: www.estudonerd.blogspot.com Estudo Nerd – Sua Escola Virtual Matéria: Biologia Assunto: Características Gerais dos AnimaisAcessem: www.estudonerd.blogspot.com