Devolucao Censo Agricola

1,385 views
1,264 views

Published on

Slide sobre ações do CENSO AGRÍCOLA realizado pela Escola MARIA DALVA em Umãs, Salgueiro.

Published in: Education, Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,385
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
210
Actions
Shares
0
Downloads
7
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Devolucao Censo Agricola

  1. 1. ESCOLA MARIA DALVA Comunidade Umãs – Salgueiro DEVOLUÇÃO DE CENSO AGRÍCOLA
  2. 2. APRESENTAÇÃO Desde 2005 a Escola Maria Dalva, vem trabalhando com a PEADS, a mesma mostra ao professor(a) do campo que com ela pode acontecer mudanças na escola, pois o estudo passa a ter mais significado para o aluno porque trabalha com a realidade dos mesmos e com o propósito de conhecer melhor nossa clientela e qual a principal fonte de sustento da comunidade. A Escola Maria Dalva e PETI realizaram o Censo Agrícola, e a partir daí surgiram os subprojetos de HORTA NA ESCOLA, MEIO AMBIENTE, ERVAS MEDICINAIS,PLANTAS ORNAMENTAIS, DESERTIFICAÇÃO e o 4º Roteiro do selo Unicef: CADÊ A TERRA E A VEGETAÇÃO DO SEMI-ÁRIDO? buscando ensinar através dos mesmos os conceitos de como ter uma vida saudável, preservando os recursos naturais para que as gerações futuras possam viver melhor no campo.
  3. 3. OBJETIVOS 1. Conhecer a realidade da clientela OBJETIVOS
  4. 4. 2. Valorizar o trabalho e o(a) trabalhador(a) do campo
  5. 5. 3. Conhecer a principal fonte de sustento da comunidade
  6. 6. 4. Construir o conhecimento através da realidade do aluno
  7. 7. 5. Alertar a comunidade da necessidade de desenvolver atitudes de respeito ao meio ambiente.
  8. 8. 6. Aproveitar os espaços da escola para o cultivo de horta orgânica, plantas: medicinais, ornamentais, frutíferas e nativas que servirão de exemplo para Umãs e região.
  9. 9. 7. Incentivar os alunos para que aproveitem os espaços dos quintais, cultivando plantas frutíferas, hortaliças e outras.
  10. 10. 8. Conhecer os perigos do uso de agrotóxicos e incentivar a produção de adubo e defensivo orgânico
  11. 11. 9. Conhecer e preservar os recursos naturais, solo, água, vegetais etc.
  12. 12. 10.Produzir viveiro de mudas para reflorestamento .
  13. 13. 11. Construir cisternas para aproveitamento da água da chuva
  14. 14. AÇÕES 1. Reunião de professores (as) para construção do censo. AÇÕES
  15. 15. 2. Reunião com os pais para divulgação do censo
  16. 16. 3. Pesquisa nas comunidades dos alunos
  17. 17. RENDA QUE DÁ SUSTENTO ÀS FAMÍLIAS O RESTANTE NÃO INFORMOU 4. Construção de gráficos com os resultados da pesquisa. Dados dos meses de julho e agosto de 2006.
  18. 18. O restante não informou Dados dos meses de julho e agosto de 2006.
  19. 19. O restante não declarou Dados dos meses de julho e agosto de 2006.
  20. 20. O restante não informou Dados dos meses de julho e agosto de 2006.
  21. 21. 5. Palestra com mãe de aluno sobre plantas medicinais.
  22. 22. 6. Passeata pelas ruas com cartazes destacando a importância da água e os cuidados que se deve ter para economizá-la.
  23. 23. 7. Excursão à barragem quebrada
  24. 24. PARÓDIA ASA BRANCA LUIZ GONZAGA Quando olhei o lixo aumentando Pensei como está o sertão Eu perguntei a Deus do céu ai Por que tamanha judiação. São homens seres humanos Que destrói esse mundão Causando doença e miséria Para toda a população. Se o povo se educasse Buscando a transformação Acabaria tanta sujeira E tanta degradação. Ter saúde a terra e homem Os riachos, as árvores, o ar O sertanejo será feliz No semi-árido o seu lugar. Texto coletivo : professora e alunos do 5º ano. 8. Construção do conhecimento com os dados adquiridos .
  25. 25. 9. Entrevista para resgatar a história de um curandeiro da comunidade (Joaquim Rafael)
  26. 26. 10. Construção do minhocário.
  27. 27. 11. Confecção de lixeiras para as ruas de Umãs e para os pavilhões da escola, reaproveitado materiais recicláveis.
  28. 28. 12. Realização do seminário sobre agrotóxicos.
  29. 29. 13. Construção da horta . 14. Cultivo de mudas de plantas ornamentais, nativas, frutíferas e medicinais.
  30. 30. 15. Entrevista sobre as espécies da mata nativa.
  31. 31. 16. Aula passeio na mata para conhecer as plantas nativas.
  32. 32. 17. Entrevista com gari para saber o destino do lixo.
  33. 33. 18. Volta a barragem recuperada para reflorestamento da mata ciliar.
  34. 34. Foi no desdobramento dessas temáticas que chamamos a atenção, fomos reconhecidos por quem também está preocupado, envolvido e comprometido com essa causa. Nesse contexto, nosso projeto foi reconhecido em rede nacional de televisão destacado na Educação Ambiental o Dia Temático do Projeto Amigos da Escola, exibido no Fantástico em março de 2009 na Rede Globo, lá mostramos a nossa preocupação para a promoção da saúde e da qualidade de vida. Sabemos que não podemos mudar hábitos e atitudes tão depressa , mas estamos praticando boas ações para a qualidade de vida das futuras gerações, pois queremos um viver saudável para todos. O viver saudável inclui diversos aspectos relacionados ao modo como vivemos. Dependem da cultura, da crença e dos valores que compartilhamos com a comunidade em que fomos criados. DEPENDE DE NÓS.
  35. 35. COMUNIDADES PESQUISADAS Umãs, Santana, Recanto, Sítios Novos, Tamboril, Pedreira, Hipólito, Contendas, Cacimba Velha, Baixio do Gravatá, Angico, Pau-Preto, Pocinhos, Gravatá Terra Nova, Gravatá – Salgueiro, Várzea Redonda, Destino-Cabrobó, Destino-Terra Nova. NÚMERO DE PESSOAS ENTREVISTADAS 2.292
  36. 36. Projeto Jovens pela Educação Convivência com o Semi-Árido Escola Municipal Maria Dalva Gonçalves de Barros Rua: Antonio Pereira Dum Nº 540 Vila Umãs – Salgueiro – PE Fone: (87) 3946-2093 Blog: www.escolasdereferencia.blogspot.com AGRADECIMENTOS A Equipe Escolar A Equipe do PETI Alunos e pais de alunos Comunidades Pesquisadas Secretaria de Educação Governo Municipal e demais Secretarias SERTA UNICEF

×