Your SlideShare is downloading. ×
CoordenaçãO Projectos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

CoordenaçãO Projectos

762
views

Published on

Projectos 2009/2010

Projectos 2009/2010


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
762
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Clubes Projectos Outros Som Ciência Área Viva Projecto Ambiente PREAA 5ºA Luta Contra Teatro SIDA 5ºB P. Civil 6ºA Jornalismo 6ºB 7ºA Património Natureza e 7ºB Aventura 8ºA B Expressões 8ºC Desporto Escolar 9º A B
  • 2. Clube de Som Horário de Funcionamento: •Quintas-feiras das 12:05-12:50 horas •Sextas-Feiras das 12:05 – 12:50 horas Alunos do Clube: Quintas – feiras: Ângela Isabel Calisto Encarnação Nº 3 9ºB Sextas – feiras: Paulo Jorge da Silva Protásio Nº 14 7ºA e João Pedro Francisco Martins Nº10 9ºB •Este Clube de Som destina-se a alunos com Necessidades Educativas Especiais que têm um currículo diferente dos outros alunos. O Clube funciona em sessões de Musicoterapia, em que não sendo o setting mais adequado – Sala de aula (sala de Música) ou Auditório, a terapeuta (professora de Música) tem como objectivo trabalhar a comunicação verbal e não verbal através do som, de forma a atingir uma relação de confiança com os pacientes. •Segundo a Federação Mundial de Musicoterapia «Musicoterapia é uma disciplina de especialização no âmbito da saúde mental que engloba a intervenção terapêutica através da música, com aplicação nas áreas da medicina, da saúde mental, da Educação Especial e Intervenção Comunitária. (…) A Musicoterapia é a utilização da música e/ou de seus elementos (som, ritmo, melodia e harmonia) por um musicoterapeuta qualificado num processo de forma a facilitar e a promover a comunicação, o relacionamento, a aprendizagem, a mobilização, a expressão e organização de processos psíquicos de um ou mais indivíduos para que eles recuperem as suas funções, desenvolvendo o seu potencial e adquirir melhor qualidade de vida.» •Depois de ter acesso ao historial de cada aluno (fornecidos pela professora do Ensino Especial), a terapeuta inicia um trabalho – conhecimento dos pacientes, bem como das suas necessidades, procederá à Avaliação Musicoterapêutica através da Anamnese Sonora e entra no processo da comunicação verbal e não verbal com os pacientes, tentando manter uma relação de confiança para que estes facilitem a comunicação. As interacções de comportamentos musicais são desenvolvidas de acordo com cada caso e tendo em conta as necessidades de cada paciente. As intervenções são individuais e consistem em actividades musicais como: escuta musical, canto, improvisação instrumental e vocal, expressão corporal e outras que envolvam música, som e movimento. No final de cada período, a terapeuta entrega um relatório de cada aluno ao Director de Turma e outro à Professora do Ensino Especial. «La musicoterapia es el uso de la música en contextos educativos y terapêuticos com el fin de ofrecer posibilidades de desarrollo a indivíduos com desventajas sociales, psíquicas o físicas» Bruscia, K. International Newsletter of Music Therapy (vol.2), American Association for Music Therapy, Nueva York; 1984. Voltar
  • 3. Clube de Ambiente Objectivos Desenvolver o trabalho de equipa. Sensibilizar a comunidade escolar para a necessidade de tomada de atitudes de respeito para com o meio. Compreender a importância da educação ambiental no quotidiano da actividade humana. Actividades Recolha de recicláveis. Limpeza do Aquário Dinamização do Placard das Ciências. Actividades Experimentais. Organização do espaço destinado ao funcionamento dos Clubes. Voltar
  • 4. Clube de Teatro •Terças-feiras – Das 11.05 às 11.50 – Organização e planeamento das actividades – Prof. Isabel Silva •Quartas-feiras – Das 15.30 às 16.15 – Grupo 1 – Alunos do 4º, 5º E 7º Anos de Escolaridade – Prof. Assunção Furtado e Prof. Isabel Silva •Quintas-feiras – Das 12.50 às 13.35 – Grupo 1 – Alunos do 6º, 8º, e 9º Anos de Escolaridade – Prof. Isabel Silva •O Clube destina-se a alunos do 1º. 2º e 3º ciclos. •O Clube funciona em tempos de 45 minutos por semana para cada grupo de alunos. •A formação dos grupos de alunos está condicionada ao número de tempos atribuídos às docentes para este efeito. •Cada grupo não deverá ter mais de 10 alunos. •Os alunos inscrevem-se no Clube no início do ano lectivo. •Os critérios de selecção dos alunos (em caso de muitas inscrições) para os grupos são: 1º Terem já frequentado o Clube; 2º Necessitem de frequentar o clube por dificuldades (de aprendizagem, problemas emocionais, etc), 2º Nunca terem frequentado o clube e já o terem solicitado várias vezes sem sucesso. •No Clube de Teatro, os alunos deverão desenvolver uma série de competências (físicas, pessoais, relacionais, cognitivas, técnicas) de forma a que possam expressar-se criativamente, improvisando e interpretando. Neste processo de aprendizagem, os alunos irão utilizar o corpo e a voz perspectivados duma forma integrada como veículos fundamentais da expressão/comunicação. Actividades •Invenção, escrita, encenação e representação de histórias. •Exercícios de expressão dramática( técnicas de oralidade, exercícios de expressão corporal, exercícios de interiorização de sentimentos, ideias e pensamentos). •Elaboração de adereços, fantoches e cenários. •Apresentação à comunidade escolar dos trabalhos realizados ao longo do ano. •Organização e planeamento da Festa do Clube de Teatro e do Encontro de Fantoches. •XI ENCONTRO TEATRO DE FANTOCHES NAS ESCOLAS ALGARVIAS – 6 Maio 2010. •“ FESTA DO CLUBE DE TEATRO”- 8 Junho de 2010. Voltar
  • 5. Clube de Protecção Civil Voltar
  • 6. Clube de Jornalismo OBJECTIVOS •Estimular a prática de um jornalismo escolar crítico e imaginativo; •Aumentar a importância da utilização do jornal escolar no processo de ensino/aprendizagem e na construção da identidade da escola; •Fazer dos jornais escolares um instrumento cívico para a discussão de temas relevantes para a comunidade escolar e para a promoção de relações entre a escola e o meio envolvente (designadamente as famílias, as colectividades, as instituições e as autarquias); •Aprofundar o conhecimento das virtualidades e limitações da actividade jornalística; •Contribuir para o desenvolvimento da Educação para os Media; •Promover a utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação na produção de jornais escolares; •Utilizar o jornal escolar como um instrumento de divulgação científica. ACTIVIDADES •Manutenção do jornal on-line; •Edição de uma versão em papel por período. Voltar
  • 7. Clube de Património Temas Objectivos Actividades Instrumentos/ Meios Calendarização Avaliação Conhecer o Criação de um Blog Carta Militar do Concelho 1, 2º e 3º Final do 3º Património Local Identificação de Património da Vila Registo Foto digital em Períodos Período Pré-História Vestígios Da Monumentos do Bispo em mapa digital on line aplicação específica Megalíticos Caminhadas de Exploração da Freguesia da Vila do Bispo Conhecer o Visita Guiada à Ermida de Guia da Direcção Regional de 2º Período Final do 2º Património Local Guadalupe Cultura do Algarve Período Medievais Arte Medieval Registo Foto digital Vestígios Conhecer o Visita à Fortaleza de Sagres Serviços Educativos 1º,3º Período Final do 3º Descobrimentos Património Local Viagem de Traineira – Clube de Aventura Período Vestígios da Época dos Reconhecer o papel Fortificações Da Costa Registo Foto digital estratégico da região Conhecer as raízes da Campeonato de: PHARAOH, ZEUS, Jogos/ computadores 1º, 2º Períodos Final do 2º Civilizações civilização ocidental e CEASER, EMPEROR Sala de informática Período Clássicas Grandes da identidade local Voltar
  • 8. Clube de Natureza e Aventura Objectivos •Promoção do conhecimento e valorização do património ambiental do Concelho: Ecossistema intertidal (entre-marés); interface mar-terra. •Promoção de comportamentos geradores de bem-estar físico e de protecção da natureza; Desporto de aventura: mergulho e coastering. •Despertar a curiosidade acerca do mundo natural à sua volta e criar um sentimento de admiração, entusiasmo e interesse pela Ciência. Ecossistema intertidal (entre- marés); interface mar-terra. • Reconhecimento da necessidade de desenvolver hábitos de vida saudáveis e de segurança, numa perspectiva biológica, psicológica e social. Desporto de aventura: mergulho e coastering. •Reconhecimento da importância da criação de parques naturais e protecção das paisagens e da conservação da variabilidade de espécies para a manutenção da qualidade ambiental. •Reconhecimento que os desequilíbrios podem levar ao esgotamento dos recursos, à extinção das espécies e à destruição do ambiente. •Identificação de relações entre a diversidade de seres vivos, seus comportamentos e a diversi-dade ambiental. Ecossistema intertidal (entre-marés); interface mar- terra. •Reconhecimento da actividade pesqueira tradicional, como actividade económica fundamental no Concelho. Actividades previstas para o 1º ano. •Saída (Semi-rígido) - observação de cetáceos e peixes? •Pequena formação sobre cetáceos: na escola ou sede da empresa (90 min) •Saída (Semi-rígido) - observação de aves aquáticas. •Pequena formação sobre aves aquáticas existentes na nossa costa.(90 min) •Saída (traineira)- Caracterização da costa- Viagem pela costa toda do Concelho. Burgau –Murração •Saída (traineira ) –Técnicas tradicionais de pesca e iniciação na pesca á linha. •Pequena formação sobre técnicas tradicionais de pesca/espécies mais significativas de peixe. (90 min.) •Iniciação ao mergulho: •Gradual feita em 4 sessões (piscina ) •Pequena formação sobre mergulho técnicas/segurança( 90 min) •Pequena formação sobre espécies: mais facilmente avistadas na nossa costa.(90 min) •1 mergulho de mar até 6 metros. •2 Saídas à praia Castelejo/Cordoama, para fazer levantamento das espécies existentes na poças de maré. •Saída cabo de S.Vicente para observação de aves marinhas migratórias. Voltar
  • 9. Clube de Expressões O Clube de Expressão Plástica tem como objectivo promover o gosto pela Educação Artística. As actividades a desenvolver são o desenho, pintura, escultura e colagem. Voltar
  • 10. Desporto Escolar Voltar
  • 11. Área de Projecto – 5ºA Alunos Tema Trabalho Produto Nilton, Renato, Aves de rapina Águia Powerpoint Paulo Mário, Tetyana Pré-História A evolução do Cartaz Homem Joaquim, Pablo Rochas e minerais Pedras preciosas e Livro semi-preciosas Ana, Catarina Animais domésticos Cavalos, gatos, cães Cartaz Disa, June, Tatiana, O espaço O sistema solar Cartaz Samanta Miguel, Manuel Surf História, Powerpoint equipamento e manobras Voltar
  • 12. Área de Projecto – 5ºB Nesta Turma está a ser desenvolvido o tema "Educação Ambiental". A turma foi dividida em grupos e cada um desses grupos encontra-se a elaborar um trabalho de investigação relativo ao tema principal. Os temas que os grupos estão a desenvolver são: •Energias Renováveis •Animais em vias de extinção da região •Como proteger a natureza •Política dos 3 R´s •Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina Voltar
  • 13. Área de Projecto – 6ºA Estão a ser tratados dois temas: •Animais •Cães •Cobras •Pandas •Desporto •Atletismo. Voltar
  • 14. Área de Projecto – 6ºB Voltar
  • 15. Área de Projecto – 7ºA Elementos do grupo Nome do grupo Temas Débora, Juliana, Mariana Colgate Animais do Mar Bruno Leal, Ricardo (Não têm nome) Artes Marciais e Música Leila, Filipa, Pedro Chiclete “O Universo” Andreia, Rafael “Anónimos” Animais em vias de extinção Yuri, Miguel, Elliot We are the family 2º Guerra Mundial Bruna, Inês Brunês Dança clássica e contemporânea Bruno Carrilho Jogos de computador Paulo Protásio Animais do campo Nota: Dado os alunos Bruno carrilho e Paulo Protásio serem alunos com Necessidades Educativas Especiais, optei em diálogo com os alunos pela realização de um trabalho individual. Os trabalhos propostos e apresentados dizem respeito ao 1º período. A docente, Maria Alexandra Senra Vila do Bispo, 16 de Dezembro de 2009 Voltar
  • 16. Área de Projecto – 7ºB O 7.ºB está, por agora, a tratar de um projecto que consiste na criação de pequenos ecopontos para espalhar pela escola. Irão aproveitar as caixas do papel de cópia (reutilização) e nas decorações serão usados provérbios e alguns traços patrimoniais da região (património móvel, imóvel, tangível, intangível, ambiental, arquitectónico, oral, laboral,...). De seguida iremos aplicar mosaico numa das paredes atrás da escola. Já decidimos partir da imagem de um moinho e adulterá-lo da melhor maneira… Voltar
  • 17. Área de Projecto – 8ºA e B As duas turmas estão a desenvolver o tema "Conhecimento do mundo de trabalho e das profissões" Voltar
  • 18. Área de Projecto – 8ºC Estão a ser tratados 4 temas: •Cinema •Música •Desporto •Internet Voltar
  • 19. Área de Projecto – 9ºA e B Nas turmas do 9º ano estamos a trabalhar a alimentação (até ao final deste período) e no 2º e 3º períodos vamos abordar as profissões e a educação sexual. Voltar
  • 20. Ciência Viva 1º Período “Ver o invisível” No âmbito do projecto de Ciência Viva - “Ver o Invisível”, realizaram-se observações de preparações temporárias ao microscópio, para se identificar e gravar os diferentes seres vivos que existem num ecossistema isolado, como é o caso do aquário de água quente da sala 25. Estas actividades também se desenvolveram no Clube do Ambiente, onde os alunos fizeram preparações temporárias da água do aquário e das folhas do musgo de Java. Foram fotografadas as observações, onde foi possível encontrar microrganismos para serem identificados. A docente: Isabel Centeio Voltar
  • 21. Dia Mundial de Luta Contra a SIDA Na disciplina de Ciências Naturais, a professora Aurora Coelho, colaborou com a Instituição ABRAÇO, no XIV Peditório Nacional que decorreu de 27 de Novembro a 4 de Dezembro do corrente ano, no âmbito do Dia Mundial de Luta Contra a SIDA. Envolveu alunos das Turmas: 8º A; B; C; D e 9ºA, perfazendo um total de 51 alunos. Na Turma do 9ºA, os alunos fizeram um enquadramento do filme intitulado “A bola humana” retirado da Internet e exibiram-no no dia 2 de Dezembro no átrio da Escola E.B.2/3 de Vila do Bispo, desde as 10 horas até às 13:30. Durante o tempo que o filme esteve a ser exibido, em todos os Intervalos, toda a Turma do 9º A, esteve a distribuir laços, símbolo da ABRAÇO e um panfleto elaborado pelos próprios alunos, com informação de como se transmite/não transmite o VIH. E a fazer o peditório, para angariação de fundos, com as latinhas enviadas pela Instituição. Este filme, assim como vários exemplares do referido panfleto foram enviados a todas as Escolas do 1ºCiclo pertencentes a este Agrupamento, para que desta forma se pudesse chamar a atenção sobre este problema tão actual. Os objectivos foram alcançados e consistiam em : -Sensibilizar a Comunidade Escolar do Agrupamento para esta temática. -Desmistificar alguns conceitos sobre a transmissão do VIH. -Desenvolver o sentido de responsabilidade. -Desenvolver o espírito de solidariedade. Vila do Bispo, 11 de Dezembro de 2009 Docente _____________________________ (Aurora Coelho) Voltar