A saúde do corpoSAÚDE E ALIMENTAÇÃO
Higiene alimentar
A higiene é muito importante, durante a preparação dos alimentos, cuidados básicos com a higienização pode prevenir alguma...
Alimentação   Ter hábitos alimentares saudáveis não significa fazer              uma alimentação restritiva ou monótona. P...
ObesidadeA obesidade infantil está associada aodesenvolvimento de outras doençasgravesUma criança obesa está em risco devi...
anorexiaDoença de fundo psicológicocaracterizada por um transtornoalimentar. Entre os sintomas estão amagreza excessiva e ...
Saúde e poluição
Doenças provocadas pelosdiferentes tipos de poluiçãoSão vários os elementos que condicionam a vida humana e que contribuem...
Saúde e consumo de drogasO consumo de álcool, tabaco e outras drogas prejudica gravemente a saúde.O álcool não alimenta, n...
Saúde e exercício físico
Exercício físico na saúdeO Exercício Físico, como todo mundo já sabe, faz muito bem à saúde. Traz muitos benefícios aosSis...
Trabalho realizado por
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

A saúde do corpo joao f. e juliana

316

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
316
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6
Actions
Shares
0
Downloads
10
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A saúde do corpo joao f. e juliana

  1. 1. A saúde do corpoSAÚDE E ALIMENTAÇÃO
  2. 2. Higiene alimentar
  3. 3. A higiene é muito importante, durante a preparação dos alimentos, cuidados básicos com a higienização pode prevenir algumasdoenças como infeções gastrointestinais causadas por bactérias, que podem provocar forte diarreia e vômito, além de levar aproblemas nos rins.
  4. 4. Alimentação Ter hábitos alimentares saudáveis não significa fazer uma alimentação restritiva ou monótona. Pelosaudável contrário, um dos pilares fundamentais para uma alimentação saudável é a variedade. Quanto mais variada for a sua seleção alimentar, melhor! Diferentes alimentos contribuem com diferentes nutrientes o que, potencialmente, enriquece o dia alimentar de cada pessoa. Ao optar por hábitos alimentares mais saudáveis, não tem que abdicar daqueles alimentos menos saudáveis de que tanto gosta. O importante é que o consumo desses alimentos constitua a exceção e não a regra do seu dia a dia alimentar. Produtos hortícolas, frutos, cereais e leguminosas são alimentos ricos em fibra, vitaminas, sais minerais e com baixo teor de gordura, por isso devem ser os “alimentos base” do seu quotidiano. Isto é, a maior parte das calorias que consome diariamente devem ser provenientes destes alimentos de origem vegetal. Fazer uma alimentação saudável deve ser encarado como uma oportunidade para expandir o seu leque de escolhas e experimentar novos pratos, deste modo enriquece os seus hábitos alimentares e evita que a sua alimentação se torne rotineira e monótona.
  5. 5. ObesidadeA obesidade infantil está associada aodesenvolvimento de outras doençasgravesUma criança obesa está em risco devir a sofrer de sérios problemas desaúde durante a sua adolescência e naidade adulta. Tem maiorprobabilidade de desenvolver doençascardiovasculares, hipertensão,diabetes, asma, doenças do fígado,apneia do sono e vários tipos decancro. De acordo com a OrganizaçãoMundial de Saúde, a obesidade é asegunda principal causa de morte nomundo que se pode prevenir, a seguirao tabaco.São também graves os problemassociais e psicológicos que enfrentamas crianças obesas. Estão mais sujeitasa ataques de bullying e outros tipos dediscriminação. O que poderá provocarconsequências diretas na suaautoestima e a quebra no seurendimento escolar. Se nãoreceberem apoio especializadopoderão sofrer ainda de depressão ououtras doenças do foro psicológicoquando atingirem a idade adulta.
  6. 6. anorexiaDoença de fundo psicológicocaracterizada por um transtornoalimentar. Entre os sintomas estão amagreza excessiva e a ausência damenstruação. Essencialmente é ocomportamento persistente que umapessoa apresenta em manter seu pesocorporal abaixo dos níveis esperadospara sua estatura, juntamente a umaperceção distorcida quanto ao seupróprio corpo, que leva o paciente a ver-se como “gordo”. Apesar das pessoas emvolta notarem que o paciente estáabaixo do peso, que está magro oumuito magro, o paciente insiste emnegar, em emagrecer e perder maispeso. O paciente anorético costuma usarmeios pouco usuais para emagrecer.Além da dieta é capaz de submeter-se aexercícios físicos intensos, induzir ovômito, jejuar, tomar diuréticos e usarlaxantes.Aos olhos de quem não conhece oproblema é estranho como alguém“normal” pode considerar-se acima dopeso estando muito abaixo. Não háexplicação para o fenômeno mas deveser levado muito a sério pois 10% doscasos que requerem internação paratratamento morrem por inanição,suicídio ou desequilíbrio doscomponentes sanguíneos
  7. 7. Saúde e poluição
  8. 8. Doenças provocadas pelosdiferentes tipos de poluiçãoSão vários os elementos que condicionam a vida humana e que contribuem para a boa saúdedos indivíduos, o ar é um deles. Quando este ar se encontra poluído o nível de vida daspopulações desce. Mas de que forma é que os poluentes afetam o Homem? Que parte concretado corpo humano é atingida e que doenças estes poluentes acarretam? E quais as faixas etáriasou grupos mais atingidos? Bom, segundo estudos: os efeitos dos poluentes podem ir desdedesconforto até à morte. Para os medir são feitos testes a curto e a longo prazo. As partículaspoluentes podem ter efeitos imediatos provocando a irritação das vias respiratórias podendohaver mesmo necessidade de hospitalização. Nem todos os indivíduos são afetados do mesmomodo pelos poluentes; um indivíduo que se encontre em quimiotaxia, isto é, perfeitamentesaudável, só irá sentir os efeitos da poluição a longo prazo. Contudo, um indivíduo que nãoesteja saudável a sua resistência aos poluentes pode diminuir a curto prazo. Do mesmo modo,as crianças, idosos e grávidas têm uma maior probabilidade de serem afetadas pela poluição.
  9. 9. Saúde e consumo de drogasO consumo de álcool, tabaco e outras drogas prejudica gravemente a saúde.O álcool não alimenta, não mata a sede, não dá força e atrasa o crescimento.O abuso do álcool pode provocar várias doenças (cirroses, tremura das mãos, hipertensão...).O tabaco constitui uma ameaça para a saúde pública. Contém substâncias que prejudicamgravemente a saúde. Podem causar doenças graves: bronquite, asma, cancro, doenças cardíacas...As drogas (cocaína, heroína, haxixe, marijuana, ópio, etc.) provocam a dependência, o vício, a doençae a morte.
  10. 10. Saúde e exercício físico
  11. 11. Exercício físico na saúdeO Exercício Físico, como todo mundo já sabe, faz muito bem à saúde. Traz muitos benefícios aosSistemas Respiratório e Cardiovascular, fortalece os músculos, é bom para regularizar ointestino, baixar o colesterol, perder peso e muitas outras coisas.É recomendado para todas as idades, sendo que para os idosos é sempre melhor consultar ummédico antes de começar a rotina dos exercícios físicos. Para um bom desenvolvimento ecrescimento, começar a atividade física desde criança é o ideal. Jovens e adultos levam uma vidamais tranquila e saudável quando tem o hábito de se exercitarem.
  12. 12. Trabalho realizado por
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×