Aula Resumo Politicas de Saude & Legislacao de Saude

42,297 views
42,029 views

Published on

Dentro da apresentaçao existe uma video-aula de outro autor que foi usado somente para enriquecer a experiencia. Obrigado ao autor.

Published in: Health & Medicine, Technology
0 Comments
43 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
42,297
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
162
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
43
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula Resumo Politicas de Saude & Legislacao de Saude

  1. 1. Políticas de Saúde Políticas de Saúde e Saúde da Família ..:: SUS ::.. ® Projeto de Epidemiologia Eletrônica Aplicada à Gestão Municipal do SUS. Igor Lemos Alves. ∑-pidemiologist Contato: Gestor.SUS@gmail.com
  2. 2. Cronograma de capacitação para profissionais do PSF 2 Fases 10 Dias 56 Horas Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  3. 3. Cronograma de capacitação para profissionais do PSF 1a Fase 2a Fase 45 Dias Dispersão Supervisionada Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  4. 4. Cronograma - PSF 1a Fase 40 Horas Dia 1 Dia 2 Dia 3 Dia 4 Dia 5 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  5. 5. Cronograma - PSF 1a Fase Dia 1 Dia 2 Dia 3 Dia 4 Dia 5 Conteúdo Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  6. 6. Cronograma - PSF 1a Fase Dia 1 Dia 2 Dia 3 Dia 4 Dia 5 Manhã Tarde Políticas de Saúde Processos de Trabalho no PSF Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  7. 7. Cronograma - PSF 1a Fase Dia 1 Dia 2 Dia 3 Dia 4 Dia 5 Manhã Tarde Territorialização Mapeamento Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  8. 8. Cronograma - PSF 1a Fase Dia 1 Dia 2 Dia 3 Dia 4 Dia 5 Manhã Tarde Indicadores Sistema de Epidemiológicos na Informação Gestão Local Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  9. 9. Cronograma - PSF 1a Fase Dia 1 Dia 2 Dia 3 Dia 4 Dia 5 Manhã Tarde PPLS Controle Social Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  10. 10. Cronograma - PSF 1a Fase Dia 1 Dia 2 Dia 3 Dia 4 Dia 5 Manhã Tarde Execução de Discussão e Cronogramas de Tarefas de Trabalho em USF Dispersão Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  11. 11. Cronograma - PSF 1a Fase Dia 1 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  12. 12. Dia 1 Políticas de Saúde Manhã Processos de Trabalho no PSF Tarde Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  13. 13. Dia 1 Políticas de Saúde Objetivos: • Contextualizar o PSF • Entender que se trata de um processo em construção Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  14. 14. Dia 1 Políticas de Saúde Objetivos: 08:00 – 10:00 • Contextualizar o PSF • Entender que se trata de um processo em construção • Apresentação de Slides 10:00 – 10:20 • Discussão 10:20 – 11:00 11:00 – 11:30 11:30 – 12:00 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  15. 15. Dia 1 Políticas de Saúde Objetivos: 08:00 – 10:00 • Contextualizar o PSF • Entender que se trata de um processo em construção 10:00 – 10:20 Intervalo 10:20 – 11:00 11:00 – 11:30 11:30 – 12:00 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  16. 16. Dia 1 Políticas de Saúde Objetivos: 08:00 – 10:00 • Contextualizar o PSF • Entender que se trata de um processo em construção 10:00 – 10:20 Filme 10:20 – 11:00 11:00 – 11:30 11:30 – 12:00 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  17. 17. Dia 1 Políticas de Saúde Objetivos: 08:00 – 10:00 • Contextualizar o PSF • Entender que se trata de um processo em construção • Leitura de texto 10:00 – 10:20 • Fazer tabela prós-contra PSF • Justificar 10:20 – 11:00 • O que você modificaria e como? 11:00 – 11:30 11:30 – 12:00 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  18. 18. Dia 1 Políticas de Saúde Objetivos: 08:00 – 10:00 • Contextualizar o PSF • Entender que se trata de um processo em construção 10:00 – 10:20 Discussão 10:20 – 11:00 11:00 – 11:30 11:30 – 12:00 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  19. 19. Políticas de Saúde Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  20. 20. Políticas de Saúde Como tudo começou ? Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  21. 21. Políticas de Saúde Em caso de doença onde podemos ter assistência ? Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  22. 22. Políticas de Saúde Em caso de doença onde podemos ter assistência ? Setor Público Setor Privado Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  23. 23. Políticas de Saúde Setor Público Setor Privado Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  24. 24. Políticas de Saúde Setor Público Setor Privado Gratuito $ Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  25. 25. Políticas de Saúde Setor Público Setor Privado Gratuito $ 80% 20% Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  26. 26. Políticas de Saúde Setor Público Setor Privado Gratuito $ 80% 20% Pop 144.000.000 36.000.000 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  27. 27. Políticas de Saúde Brasil Atual Setor Público Setor Privado Gratuito $ 80% 20% 144.000.000 36.000.000 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  28. 28. Políticas de Saúde Mas nem sempre foi assim ... Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  29. 29. Políticas de Saúde Nem sempre a saúde foi gratuita e acessível para todos... Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  30. 30. Políticas de Saúde Brasil Colônia Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  31. 31. Políticas de Saúde Brasil Colônia Medicina pouco desenvolvida Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  32. 32. Políticas de Saúde Brasil Colônia Medicina pouco desenvolvida Profissionais Liberais Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  33. 33. Políticas de Saúde Brasil Colônia Medicina pouco desenvolvida Militares Profissionais Liberais Altos funcionários da corte Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  34. 34. Políticas de Saúde Brasil Colônia Medicina pouco desenvolvida Militares Profissionais Liberais Altos funcionários da corte Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  35. 35. Políticas de Saúde Brasil Colônia Medicina pouco desenvolvida Medicina Popular Como o acesso ao tratamento médico era para poucos e a necessidade era de todos, desenvolveu-se uma prática médica mais barata e informal mesclando-se informações trazidas pelos povos das 3 principais culturas predominantes no Brasil Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  36. 36. Políticas de Saúde Brasil Colônia Medicina pouco desenvolvida Medicina Popular Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  37. 37. Políticas de Saúde Brasil Colônia Medicina pouco desenvolvida Medicina Popular Profissionais liberais & Curandeiros Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  38. 38. Políticas de Saúde Brasil Colônia Medicina pouco desenvolvida Para aqueles que não tinham dinheiro suficiente para pagar Medicina Popular serviços médicos Profissionais liberais & Curandeiros Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  39. 39. Políticas de Saúde Brasil Colônia Medicina pouco desenvolvida Para aqueles que não tinham dinheiro suficiente para pagar Medicina Popular serviços médicos Classe média colonial Profissionais liberais & Curandeiros Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  40. 40. Políticas de Saúde Brasil Colônia Medicina pouco desenvolvida Para aqueles que não tinham dinheiro suficiente para pagar Medicina Popular serviços médicos Classe média colonial Profissionais liberais & Curandeiros Fusão de práticas indígenas, africanas e e européias Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  41. 41. Políticas de Saúde Brasil Colônia E o restante da população? Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  42. 42. Políticas de Saúde Brasil Colônia Os que não eram da corte, nem militar, e não tinham dinheiro? Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  43. 43. Políticas de Saúde Brasil Colônia Os que não eram da corte, nem militar, e não tinham dinheiro? Santas Casas de Morriam sem assistência Misericórdia Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  44. 44. Políticas de Saúde Brasil Colônia Os que não eram da corte, nem militar, e não tinham dinheiro? Santas Casas de Morriam sem assistência Misericórdia Maior parte da População Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  45. 45. Políticas de Saúde Brasil Colônia Resumindo Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  46. 46. Políticas de Saúde Brasil Colônia Resumindo Sem dinheiro Com dinheiro Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  47. 47. Políticas de Saúde Brasil Colônia Resumindo Sem dinheiro Com dinheiro Morte sem Santas Casas Assistência de uma prática médica assistência de Misericórdia precária e pouco resolutiva Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  48. 48. Políticas de Saúde Brasil Colônia Resumindo Sem dinheiro Com dinheiro Morte sem Santas Casas Assistência de uma prática médica assistência de Misericórdia precária e pouco resolutiva Maior parte da população Menor parte da população Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  49. 49. Políticas de Saúde Brasil Colônia x Brasil Atual Comparando Setor Público Setor Privado Sem dinheiro Com dinheiro Gratuito $ Morte sem Santas Casas Assistência de uma prática assistência de Misericórdia 80% 20% médica precária e pouco resolutiva Maior parte da população Menor parte da população 144.000.000 36.000.000 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  50. 50. Políticas de Saúde Alguns séculos depois continuamos na mesma? Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  51. 51. Políticas de Saúde Com uma diferença: Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  52. 52. Políticas de Saúde Hoje a assistência à saúde é um dever do Estado Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  53. 53. Políticas de Saúde E um direito de todos Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  54. 54. Políticas de Saúde E desde quando a saúde é um direito? E como isso aconteceu? Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  55. 55. Políticas de Saúde Foi um presente que ganhamos ? Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  56. 56. Políticas de Saúde Ou foi fruto de um processo histórico de lutas e conquistas? Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  57. 57. Políticas de Saúde Vejamos uma breve revisão do processo Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  58. 58. Políticas de Saúde Antes de 1923 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  59. 59. Políticas de Saúde Saúde Pública (...... - 1923) Saúde Privada Câmaras Municipais Medidas sanitárias pontuais a cada epidemia Família Real no Brasil UFBA (1808) - Medicina 1º esboço de organização sanitária no país Caráter Repressivo e centralizador diante das doenças pestilenciais Conselho de Saúde Pública – (1890) Caráter consultivo Diretoria Geral de Saúde Pública – (1897) Inspetoria Geral de Higiene Reorganização dos Serviços Sanitários Terrestres Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  60. 60. Políticas de Saúde Saúde Pública (...... - 1923) Saúde Privada Oswaldo Cruz – (1904) Epidemia de Varíola – vacinação obrigatória Reforma da Organização Sanitária do Brasil Organizou e Implementou as Instituições Públicas de Higiene e Saúde no Brasil Ampliou as competências da Diretoria Geral de Saúde Pública Criou serviços e programas de Saúde Pública Campanhas Sanitárias Epidemias Urbanas Endemias Rurais Nível Central Missão Amazônia Saúde como questão de polícia Intervencionista Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  61. 61. Políticas de Saúde 1920 - 1930 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  62. 62. Políticas de Saúde Saúde Pública (1920 - 1930) Saúde Privada Departamento Nacional de Saúde Pública – (1920) Lei Eloy Chaves – (1923) Reforma Carlos Chagas – (1920-1930) Início da Previdência Social no Brasil Aumenta a intervenção do Estado na saúde Concretizou o Sanitarismo Campanhista Organização das CAPs Vertical Pontual Caixas de Aposentadorias e Pensões Sem assistência Hospitalar Saneamento Terrestre / Marítimo Desenvolvimento da Política Sanitária Criação do Código Sanitário Novo regulamento do Departamento Nacional de Saúde Pública Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  63. 63. Políticas de Saúde Saúde Pública (1920 - 1930) Saúde Privada Departamento Nacional de Saúde Pública – (1920) Lei Eloy Chaves – (1923) Reforma Carlos Chagas – (1920-1930) CAPs Novo regulamento do Departamento Organizadas por empresas Nacional de Saúde Pública Civil / Privadas Função Criação de 3 Diretorias Benefício pecuniários Serviços Sanitários Terrestres Serviços de Saúde Saneamento e Profilaxia Marítimo / Fluvial Criada para os Trabalhadores da Empresa Financiada Saneamento e Profilaxia Rural Recursos dos Empregados Ampliação de Atribuições Recursos das Empresas Atenção à Infância Administração Controle Representantes dos Empregados Representantes das Empresas Tuberculose Hanseníase Participação do Setor Público DSTs Resolvendo conflitos entre as partes Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  64. 64. Políticas de Saúde Saúde Pública (1920 - 1930) Saúde Privada Assistência Médica é atribuição das CAPs através de serviços próprios Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  65. 65. Políticas de Saúde Saúde Pública (1920 - 1930) Saúde Privada Assistência Médica é Dicotômica no Brasil Saúde Pública x Médico - Hospitalar Coletiva Individual Prevenção Previdenciária Controle Filantrópica Liberal Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  66. 66. Políticas de Saúde 1930 - 1964 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  67. 67. Políticas de Saúde Saúde Pública (1930 - 1964) Saúde Privada Prevalência de Doenças da Pobreza Criação das IAPs Doenças Modernas Transição Demográfica IAPs Incorporação de categorias não Ministério da Educação e Saúde cobertas pelas CAPs Ministério do Trabalho Trab. Urbanos + Famílias Função Medicina Previdenciária e Ocupacional Benefício pecuniários Organização de Saúde no Brasil Serviços de Saúde - Diminui Criada para os Trabalhadores da Empresa Estatal MS Financiada Saúde Pública Medicina Previdenciária Recursos dos Empregados + Contribuição MT Saúde do Trabalhador Recursos das Empresas Privado Administração Medicina Liberal Federal Hospitalar Filantrópicos Participação do Setor Público Lucrativos Participação formal do estado Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  68. 68. Políticas de Saúde Saúde Pública (1930 - 1964) Saúde Privada Características desse período: Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  69. 69. Políticas de Saúde Saúde Pública (1930 - 1964) Saúde Privada Com o desenvolvimento das IAPs Saúde Pública x Médico - Hospitalar Coletiva Individual Prevenção Previdenciária Controle Filantrópica Liberal Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  70. 70. Políticas de Saúde 1920 a 1930 Aumento da intervenção do Estado na Saúde 1808 – UFBA - Medicina 1º esboço de organização Decisões Questão sanitária no país centralizadas policial Caráter Repressivo e Campanhas centralizador Sanitárias diante das doenças pestilenciais Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  71. 71. Políticas de Saúde O SUS é tanto para Quanto para os os 144.000.000 36.000.000 mais ricos mais pobres Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  72. 72. Políticas de Saúde O SUS é tanto para Quanto para os os 144.000.000 36.000.000 Ex: Hemodiálises Grandes cirurgias e transplantes Tratamento de AIDS ETC Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  73. 73. Políticas de Saúde Mas se Pois o direito é de todos os 144.000.000 os 36.000.000 também teriam tivessem uma assistência de boa qualidade Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  74. 74. Políticas de Saúde Por que Pagam para ter uma péssima assistência à manutenção da saúde e uma razoável assistência os 36.000.000 ao tratamento de doenças? Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  75. 75. Políticas de Saúde Por que o SUS, “não presta” São induzidos a pensar que a assistência dos 144.000.000 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  76. 76. Políticas de Saúde Por que assim ? São induzidos a pensar Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  77. 77. Políticas de Saúde Por que e é gratuito se perceberem a viabilidades do SUS, que preza pela manutenção da saúde Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  78. 78. Políticas de Saúde deixariam ao mês de pagar a assistência privada R$ 14.400.000.000 36.000.000 x (+/-) R$400,00 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  79. 79. Políticas de Saúde deixariam ao mês de pagar a assistência privada R$ 14.400.000.000 14 BILHOES 36.000.000 x (+/-) R$400,00 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  80. 80. Políticas de Saúde 14 BILHOES MENSAIS É O TAMANHO DO MERCADO DA SAÚDE PRIVADA NO BRASIL DE 2009 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  81. 81. Dia 1 Políticas de Saúde Fim do 1º Turno Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  82. 82. Dia 1 Processos de Trabalho no PSF Objetivos: • Identificar os tipos e modelos de assistenciais vigentes: •Hegemônico •Vigilância da Saúde • Identificar e construir as competências dos profissionais do PSF • Entender a descentralização e a hierarquização no SUS - PSF Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  83. 83. Dia 1 Processos de Trabalho no PSF Objetivos: 14:00 – 16:00 • Identificar os tipos e modelos de assistenciais vigentes: •Hegemônico • Apresentação de Slides 16:00 – 16:20 • Leitura de Textos •Vigilância da Saúde • Identificar e construir as • Peça teatral competências dos profissionais 16:20 – 17:00 do PSF • Entender a descentralização e a hierarquização no SUS - PSF 17:00 – 17:30 17:30 – 18:00 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  84. 84. Dia 1 Processos de Trabalho no PSF Objetivos: 14:00 – 16:00 • Identificar os tipos e modelos de assistenciais vigentes: •Hegemônico 16:00 – 16:20 Intervalo •Vigilância da Saúde • Identificar e construir as competências dos profissionais 16:20 – 17:00 do PSF • Entender a descentralização e a hierarquização no SUS - PSF 17:00 – 17:30 17:30 – 1:00 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  85. 85. Dia 1 Processos de Trabalho no PSF Objetivos: 14:00 – 16:00 • Identificar os tipos e modelos de assistenciais vigentes: • Apresentar slides sobre a hierarquização no •Hegemônico 16:00 – 16:20 município •Vigilância da Saúde • Definição de • Identificar e construir as competências dos competências dos profissionais profissionais do psf 16:20 – 17:00 do PSF • Entender a descentralização e a hierarquização no SUS - PSF 17:00 – 17:30 17:30 – 18:00 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  86. 86. Dia 1 Processos de Trabalho no PSF Objetivos: 14:00 – 16:00 • Identificar os tipos e modelos de assistenciais vigentes: •Hegemônico 16:00 – 16:20 Cada equipe irá fazer uma Tabela •Vigilância da Saúde das funções de cada profissional • Identificar e construir as competências dos profissionais 16:20 – 17:00 do PSF • Entender a descentralização e a hierarquização no SUS - PSF 17:00 – 17:30 17:30 – 18:00 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  87. 87. Dia 1 Processos de Trabalho no PSF Objetivos: 14:00 – 16:00 • Identificar os tipos e modelos de assistenciais vigentes: •Hegemônico 16:00 – 16:20 Apresentação e discussão tabelas •Vigilância da Saúde das equipes • Identificar e construir as competências dos profissionais 16:20 – 17:00 do PSF • Entender a descentralização e a hierarquização no SUS - PSF 17:00 – 17:30 17:30 – 18:00 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  88. 88. Dia 1 Processos de Trabalho no PSF Fim do 2º Turno Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  89. 89. Cronograma - PSF 1a Fase Dia 2 Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com
  90. 90. Dia 2 Territorialização Manhã Mapeamento Tarde Igor Lemos Alves Gestor.sus@gmail.com

×